Page 17

Ei, Kristen Stewart me chamou de Duda? Desde quando ela sabe meu nome? Um pequeno pensamento se instala em minha mente. Será que Kristen Stewart leu a carta que enderecei à Summit Entertainment e veio agradecer pessoalmente pelo carinho e dedicação prestados? Afinal de contas, foram linhas e linhas em que eu a parabenizei por sua calorosa atuação em Crepúsculo, o filme que deu a ela a oportunidade de mostrar ao mundo seu par de cílios freneticamente piscantes. Ai, meu Deus! Será? Porque, sabe como é, sou uma total ignorante em se tratando da língua inglesa e, por isso mesmo, redigi a carta em português. Será que Kristen Stewart fala português? Então abro os olhos, esperançosa. No primeiro instante, porém, não vejo Kristen Stewart. Vejo um vulto estranho misturando-se de forma fantasmagórica ao fundo escuro. Em seguida, tenho certeza: estou diante de um monstro humano, gosmento e assassino. Ou talvez seja Kristen Stewart fazendo do meu quarto O Quarto do Pânico. — Ah! — berro e puxo o lençol por sobre a cabeça, escondendome atrás das tramas translúcidas do tecido. Encolho-me na cama quando a luz do quarto é acesa. — Fala sério, Eduarda Maria! Finalmente reconheço a voz. Não é Kristen Stewart. É Susana Maria. Minha irmã. Tudo de repente faz sentido. Sempre desconfiei que a “frivolidade em forma de gente” alimentasse um desejo secreto de me matar. Ai, meu Deus! Será que Susana descobriu que eu descobri que um tal de Augusto ligou para ela? Será que ela sabe que eu sei que a melhor amiga dela é completamente louca por ele? Merda. Susana puxa o lençol, descobrindo-me inteira e, ao fazer isso, sua figura ridícula, sentada na beirada da cama, revela-se para mim. Seu cabelo louro oxigenado está preso num coque bagunçado. O rosto, 18

Profile for Grupo Editorial Pensamento

Como (quase) namorei Robert Pattinson_Degustação  

Como namorei Robert Pattinson qu as e Carol Sabar

Como (quase) namorei Robert Pattinson_Degustação  

Como namorei Robert Pattinson qu as e Carol Sabar

Advertisement