Page 12

Eu prometi que ficaria dois meses sem despejar qualquer mísera gota de álcool na boca se Vitor Hugo, o sujeito mais chato e antissocial da PUC, parasse de me perseguir e infernizar minha pobre vida. Eu decididamente não estou aberta a nenhum tipo de envolvimento com aquele rosto em erupção vulcânica abrasadora que ele tem, ou com seu cabelo longamente emplastrado, muito menos com aqueles movimentos que ele faz com seu piercing lingual quando me vê. Eca! E nunca vou estar. Nunquinha. Como é que ele ainda não percebeu? Tudo bem que a promessa de abstinência não está sendo lá um sacrifício imenso. Até parece que sou alcoólatra. Mas, pelo menos, o jejum alcoólico vem funcionando. Quer dizer, não faço a menor ideia de quanto tempo fiquei dormindo nesta praia (que praia é esta?), mas, de acordo com os meus cálculos, ontem fez 26 dias desde o último telefonema de Vitor Hugo. Tudo bem que, por causa dele, troquei o número do meu celular, o que significa que não posso considerar a ausência de chamadas do infeliz uma estatística realmente válida. Mas mesmo assim. Ontem fez 26 dias desde o último e-mail de Vitor Hugo. Conclusão: como estou em jejum alcoólico, não posso estar bêbada, certo? Mas acabei de ver Robert Pattinson passando óleo bronzeador em mim. Partindo do princípio de que não estou ficando louca, então... Já sei! Eu morri! E papai e mamãe largaram a redação da Rede Globo na China e vieram ao Rio de Janeiro para velar meu corpo podre num cemitério qualquer. Neste momento, devem estar se debulhando em lágrimas, debruçados sobre meu caixão vermelho, branco e preto (as cores da saga Crepúsculo) enquanto recordam, aos soluços, os momentos felizes de nossa vida juntos. Na lápide: Aqui jaz a Crepuscólica. Se bem que papai e mamãe nada sabem a respeito de minha segunda identidade. Não sabem que Crepuscólica e Eduarda Carraro são a mesma pessoa. Ninguém sabe, para falar a verdade. Viva! Eu morri! E Robert Pattinson também! E estamos juntos num paraíso ensolarado, tomando caipirosca geladinha de limão! E ele está passando óleo bronzeador em mim! 13

Profile for Grupo Editorial Pensamento

Como (quase) namorei Robert Pattinson_Degustação  

Como namorei Robert Pattinson qu as e Carol Sabar

Como (quase) namorei Robert Pattinson_Degustação  

Como namorei Robert Pattinson qu as e Carol Sabar

Advertisement