Page 1

UM VISLUMBRE PARA 2017

N

o Universo tudo está em movimento. As coisas, as pessoas, tudo está em constante transformação. Não poderia ser diferente na astrologia. Embora os planetas sigam

determinados padrões de movimento, isso não significa que não possa haver mudanças. Astrologicamente, a evolução acontece através dos grandes ciclos planetários. No ano de 2016, terminamos um grande ciclo do Sol, de 36 anos, (1981-2016) e, em 2017, teremos o início do grande ciclo de Saturno, que terminará no final de 2052. Dentro desses ciclos mais longos de 36 anos, temos também ciclos anuais menores, que formam um total de sete ciclos de sete anos. Cada um deles está sob a regência de um dos sete planetas, começando por Saturno em 2017, Júpiter em 2018, Marte em 2019, Sol em 2020, Vênus em 2021, Mercúrio em 2022, Lua em 2023, e assim por diante. Esses são os regentes dos anos.

1

Almanaque 2017.indd 1

27/09/16 15:57


Saturno será o planeta regente de 2017. O que isso significa?

S

aturno não é visto como um planeta leve ou alegre. Ele cobra resultados e não está para brincadeiras; é rigoroso e justo. É preciso ficar atento, proceder corretamente e dar o melhor de

si, para não ter problemas e obter sucesso naquilo que se pretende. Saturno nos mostra a importância de aceitar os limites e percalços da vida, e também de perseverar apesar das dificuldades que chegam, inexoravelmente, para todos. Cronos, na antiga Grécia, como o senhor do tempo, nos faz lembrar de que tudo na natureza tem o seu próprio ciclo, ou seja, de que tudo tem um começo, um meio e um fim. Ele também significa a sabedoria que advém das experiências vividas e do trabalho, além da perseverança, da responsabilidade e da disciplina para que nossos ideais se realizem. É em meio a essas crises, turbulências e adversidades que adquirimos mais força para seguir em frente. Há uma maior conscientização por parte do povo de que a responsabilidade por melhorias ou soluções, no plano social, político ou econômico, não pode mais ficar na mão de alguns poucos que detêm todo o poder de decisão. Cada indivíduo pode e deve agir com mais consciência, a fim de não permitir abusos e injustiças, participando efetivamente de ações que visem o bem-estar da coletividade, minimizando o atual estado de desequilíbrio planetário. 2

Almanaque 2017.indd 2

27/09/16 15:57


Num ano regido por Saturno, o progresso pode ser mais lento, mas os resultados são constantes e certos. De que o nosso planeta está atravessando enormes desafios ninguém mais duvida. A questão que se coloca é: o que fazer diante dessa situação? Assim, cada vez mais, a união e o esforço coletivo em torno de um ideal comum são fundamentais para a sobrevivência de todos nós. E isso independentemente de raça, condição geográfica, clima, cultura, ideologias ou história, seja ela pessoal ou coletiva. Depende muito do sentido de urgência, da conscientização e da responsabilidade do ser humano – coisas que não se vendem em supermercados. Essa consciência nasce no interior do ser e na reflexão sincera de cada um. Só apontar os culpados não basta. Estamos no mesmo barco, precisamos remar com mais vontade e disposição para que as mudanças que desejamos possam acontecer. De fato, não existem ventos favoráveis para aquele que desconhece seu porto de destino.

Quanto mais simples se torna a nossa vida, mais nos voltamos para a luz interior que surge para orientar corretamente a nossa ação. Isso é clareza, uma espécie de conhecimento interior que nos conduz com facilidade e leveza ao que é correto. — Extraído de Meditando com os Anjos, de Sônia Café, Ed. Pensamento.

3

Almanaque 2017.indd 3

27/09/16 15:57


HORÓSCOPO 2017

O

ano de 2017 é o trigésimo sétimo do atual ciclo solar. Seu regente é Saturno, o princípio que favorece a firmeza nos projetos, apesar de eles sofrerem certa lentidão no seu

desenvolvimento. O regente do ano confere determinação, simplicidade, aconselha prudência nos negócios, muita paciência e maturidade. Os Arcanos Cabalísticos referentes a este ano são 37, 17 e 54. O 37, que é o número do atual ciclo, tem no Tarô a denominação de O Senhor da Copa (A Estrela Real). Amizade sincera, empresas felizes, prazer, benevolência útil de um homem poderoso. No horóscopo feminino: belo e rico casamento; amor de uma alta personagem. O 17 tem no Tarô a denominação de A Estrela dos Magos (A luz interna, influência, domínio, elevação, esperança). Liberta-te das tuas paixões e dos teus erros para estudar os mistérios da verdadeira ciência e sua chave te será dada. Um raio da Divina Luz iluminará o teu interior e mostrar-te-á o caminho da felicidade. Qualquer que seja a crise em tua vida, nunca destruas as flores da esperança. O 54 indica no Tarô – O Escravo da Espada – conspiração, perigos de emboscada ou morte violenta. Grandes perigos provenientes de inimigos obscuros e vis. Fatalidade. Más notícias; embaraços.

4

Almanaque 2017.indd 4

27/09/16 15:57


HORÓSCOPO PARA O BRASIL EM

N

2017

tampouco à pressão da sociedade e, portanto, precisam ser revistas. O Congresso precisará agir com cautela e muita diplomacia para que consiga fazer as reformas necessárias em benefício da coletividade. Saturno em quadratura com Netuno em Peixes no mapa expressa tensões e divisões no mundo político, as velhas ideologias em si não encontram sustentação nos mercados, e precisam de uma oxigenação para fazer frente ao dinamismo dos mesmos. A economia combalida precisa de reformas urgentes para melhorar a sua balança comercial. Em contrapartida, Vênus em Libra na Casa IX faz sextil a Saturno, criando oportunidades favoráveis para novos acordos, negociações e parcerias produtivas no comércio externo, bons acordos diplomáticos que viabilizam novos investimentos. Por sua vez, apesar das dificuldades apontadas, o Congresso deverá agir de forma mais responsável e pragmática, pois depende mais da aprovação dos seus eleitores. Júpiter e Mercúrio juntos em Virgem ocupam também a Casa IX, relacionada à esfera do Poder Judiciário, trazendo destaque também para mundo diplomático, mudanças positivas na política externa, as embaixadas, as exportações, as universidades, intercâmbios culturais e o turismo internacional. O poder judiciário tende a ter

o dia 7 de setembro de 2016, o Ascendente da Revolução Solar do Brasil estava voltado para o signo de Capricórnio, que é regido por Saturno. Mais uma vez, podemos perceber a importância da compreensão da natureza simbólica deste planeta que, como veremos a seguir, também irá presidir o ano de 2017. O Sol da Revolução Solar encontra-se pressionado por Netuno na Casa II do mapa e em quadratura com Saturno em Sagitário na Casa Xl. É bem provável que este ano ainda seja marcado por falta de recursos e de restrições na área econômica. Resiliência, paciência e perseverança serão palavras-chave para a superação de muitas adversidades. O Congresso deverá continuar pressionado, lidando com questões ainda não resolvidas e deve haver muita tensão entre os parlamentares que disputam o poder a qualquer preço. As estruturas engessadas na forma de se fazer política devem ser reformuladas e as resistências a essas mudanças serão muito marcantes. Saturno estará novamente próximo a Marte, agora no signo de Sagitário, mostrando a dificuldade de retomada do crescimento na indústria e, consequentemente, na economia de um modo geral. As leis do país já não se adequam mais à realidade orçamentária da nação,

5

Almanaque 2017.indd 5

27/09/16 15:57


um papel marcante neste ciclo, atuando de forma a melhor atender as expectativas de todos. Deve haver priorização para a área da educação e ao ensino técnico, voltado para a profissionalização. A vida cultural tende a expandir-se mais, com destaque para a área da literatura, assim como eventos filosóficos e de cunho espiritual, que podem estar em alta. A Lua, que representa o povo e o feminino, está em destaque na Casa X do mapa da Revolução Solar no signo de Escorpião, fazendo aspectos positivos com Sol, Plutão e Netuno em Peixes. A população está consciente de que há um sacrifício a ser feito, mas ele propiciará uma transformação profunda em termos de novos ideais de interação social. Esse posicionamento lunar pode manifestar

uma maior conscientização e participação das mulheres na vida social e política. Isto tende a se manifestar como uma sintonia mais profunda e pragmática com as necessidades reais da sociedade em geral. As transformações já ocorridas pela intensa atuação da população em geral levaram a essa percepção de que deveres e direitos precisam ser respeitados. O trígono entre Plutão em Capricórnio e o Sol em Virgem deste mapa também corroboram com esse processo de conscientização coletiva que tem sido marcante na vida da nação. A famosa citação de Sobral Pinto se encaixa muito bem a esse aspecto, quando afirma o princípio da nossa constituição que diz: “Todo o poder emana do povo e em seu nome será exercido”.

Trânsitos do Brasil para 2017 No início de 2017, teremos Urano e Júpiter fazendo aspectos positivos com o Ascendente do Brasil. Esse momento é marcado por um ciclo de mais confiança, pela preparação de novas ideias e propostas de ações que possibilitem mudanças mais rápidas e efetivas para a retomada de crescimento do país. Renovação e otimismo. Vale lembrar que em 2015 (mês de outubro) e em 2016 (meses de abril, maio e junho) tivemos a conjunção de Júpiter no Sol do Brasil (14o do signo de Virgem), o que representa o impulso para um novo ciclo de crescimento e que deve durar por volta de 12 anos. Em 2017, portanto, novas sementes gradativamente devem germinar, embora

Todo processo evolutivo, seja pessoal ou coletivo, é dinâmico e complexo. Ele se dá através de crises e rupturas, uma vez que nada é fixo ou permanente. Hoje, com a velocidade obtida pelos recursos tecnológicos e pelas redes sociais, as decisões e mudanças necessárias ocorrem de forma cada vez mais abrangente e momentânea. Os trânsitos planetários sobre o mapa natal do Brasil devem se alternar durante todo o ano de 2017 entre períodos marcados por mais produtividade e expansão e outros de maior retração, dúvidas e instabilidades. Os meses aqui assinalados representam o período exato em que ocorrem tais trânsitos, que também se repetem ao longo dos meses. 6

Almanaque 2017.indd 6

27/09/16 15:57


o ritmo dos acontecimentos tenha uma natureza lenta e intermitente, levando-se em conta que as estruturas necessárias para que mudanças aconteçam ainda não estão consolidadas. Júpiter em Libra na Casa IX, em sextil com a Vênus do país (meses de abril, julho e agosto), sinaliza um esforço frutífero em novas parcerias e alianças internas que tendem a projetar uma imagem mais positiva do país no exterior. Há maiores chances e oportunidades para investimentos externos, avanços diplomáticos e intercâmbios culturais. Novos acordos comerciais e abertura de mercados devem trazer mais prosperidade e benefícios para a população. No entanto, teremos o trânsito de Netuno em Peixes em oposição ao Sol do Brasil (nos meses de abril, maio, junho e julho), o que pode configurar decepções e instabilidades na vida política, implicando na necessidade de dissolução de valores e crenças que ainda moldam a identidade do país. A “cultura da propina”, entre outras coisas, não se dissolverá sem grande esforço coletivo. As temidas epidemias ainda podem estar em nossos noticiários e perturbar o nosso cotidiano. Isso vem a ser corroborado pelo trânsito difícil entre Saturno em Sagitário sobre o Mercúrio natal do Brasil (meses de junho, julho e outubro). Ele mostra a existência de empecilhos estruturais e burocráticos que fazem parte de uma mentalidade que emperra o ritmo do desenvolvimento esperado e a consolidação de melhoras nas atividades comerciais e econômicas em geral. As dívidas acumuladas e o orçamento

deficitário serão um enorme desafio a ser vencido. Em outubro, Júpiter adentrará o signo de Escorpião, fazendo um sextil com Netuno e Urano do mapa da nação. Esses aspectos assinalam uma movimentação positiva em assuntos relacionados à justiça, e ao Congresso, que se torna mais atento e capaz de legislar, e fazer reformas que estejam em sintonia com as necessidades reais da população. Pode haver investimentos mais significativos na área de pesquisa e ciência, da tecnologia em geral, na implantação de energias renováveis, como a solar, eólica, biomassa etc. Os recursos hídricos e elétricos devem receber mais atenção, e por consequência, mais ações efetivas relacionadas ao saneamento básico. Em dezembro de 2017, a quadratura entre Saturno já em Capricórnio e Plutão do céu natal do Brasil aponta que o “lixo embaixo do tapete” ainda não foi totalmente varrido e que as consequências da corrupção ainda comprometem o dia a dia e a qualidade de vida de muitos brasileiros. Tudo aquilo que está estagnado, ultrapassado ou ineficaz precisará ser eliminado. Em contrapartida, também em dezembro Júpiter fará sextil ao Sol do Brasil, já antecipando sua entrada na Casa X do mapa da nação. Esse deve ser um momento favorável, em que a sensação de justiça e credibilidade deve prevalecer sobre as mazelas anteriores, enquanto as esperanças podem se renovar no espírito de todos. Ou seja, um futuro melhor já pode ser sonhado e desejado. 7

Almanaque 2017.indd 7

27/09/16 15:57


Saturno, Regente de 2017 Saturno é o planeta que rege o signo de Capricórnio, sendo corregente do signo de Aquário, junto com Urano. Em 2017, estarão dinamizados os valores e princípios simbólicos referentes a esses dois signos. O primeiro, Capricórnio, está associado à participação e integração do indivíduo na sociedade, tendo em vista seu desempenho profissional, assim como suas metas de realização e sucesso. Tem relação com os seus mais altos propósitos de vida e com o legado que vai deixar para o mundo. Esse signo tem também relação com os governantes e todas as formas de poder e de projeção profissional. O segundo signo, Aquário, diz respeito aos projetos voltados à coletividade, que devem estar direcionados ao bem-estar ou à evolução de todos os seres. Seus propósitos envolvem a liberdade dos padrões vigentes, a autonomia e a criatividade de um modo geral. Saturno é o arquétipo do Velho Sábio, um indivíduo que já adquiriu conhecimento e sabedoria, e pode apresentar as respostas mais adequadas e inteligentes, para que novas metas ou prioridades sejam realizadas. Saturno como Deus do Tempo, ou Cronos, na mitologia grega, nos ensina as virtudes da perseverança, da disciplina, da seriedade e da responsabilidade em relação às nossas ações. A capacidade de organizar e planejar o futuro para então realizar um destino também diz respeito aos princípios saturninos. Que todos nós possamos fazer bom uso dessas qualidades, tanto no plano individual quanto no coletivo. Do ponto de vista pessoal, Saturno deve incidir sobre as casas do nosso mapa astrológico individual. Veja a seguir em quais assuntos você deverá fazer uso da experiência desse símbolo de sabedoria e perseverança, conforme seu signo Ascendente.

Casa X

o status, a carreira, seu lugar no mundo e na sociedade.

Casa XI

a relação com grupos e amizades, a participação social.

Casa IX

as viagens longas, estudos superiores, ideais e filosofia de vida.

Casa X

o status, a carreira, seu lugar no mundo e na sociedade.

ÁRIES

TOURO

8

Almanaque 2017.indd 8

27/09/16 15:57


Casa VIII

as transformações profundas, as experiências psíquicas, os legados e as crises.

Casa IX

as viagens longas, estudos superiores, ideais e filosofia de vida.

Casa VII

os relacionamentos pessoais, as parcerias e as associações.

Casa VIII

as transformações profundas, as experiências psíquicas, os legados e as crises.

Casa VI

o trabalho cotidiano, o serviço, a relação com patrões e subordinados.

Casa VII

os relacionamentos pessoais, as parcerias e as associações.

Casa V

a vida amorosa, os filhos, a criatividade, o lazer.

Casa VI

o trabalho cotidiano, o serviço, a relação com patrões e subordinados.

Casa IV

as raízes, o lar, a vida familiar, as emoções profundas.

Casa V

a vida amorosa, os filhos, a criatividade, o lazer.

Casa III

a comunicação, o intelecto, a relação com os irmãos, viagens curtas.

Casa IV

as raízes, o lar, a vida familiar, as emoções profundas.

Casa II

as posses, as riquezas, os recursos, os valores materiais.

Casa III

a comunicação, o intelecto, a relação com os irmãos, viagens curtas.

GÊMEOS

CÂNCER

LEÃO

VIRGEM

LIBRA

ESCORPIÃO

SAGITÁRIO

CAPRICÓRNIO

Casa I ou do o corpo, a vitalidade, a aparência física, Ascendente a personalidade. Casa II

as posses, as riquezas, os recursos, os valores materiais.

Casa XII

a saúde psíquica, os obstáculos, o isolamento, a espiritualidade.

AQUÁRIO

Casa I ou do o corpo, a vitalidade, a aparência física, Ascendente a personalidade. Casa XI

a relação com grupos e amizades, a participação social.

Casa XII

a saúde psíquica, os obstáculos, o isolamento, a espiritualidade.

PEIXES

9

Almanaque 2017.indd 9

27/09/16 15:57


PARTICULARIDADES E CORRESPONDÊNCIAS ASTROLÓGICAS DE SATURNO Elemento: Terra Signos que rege: Capricórnio e Aquário Ritmos: Cardinal e fixo Funções psíquicas: Sensação e pensamento Natureza: Pragmática, realista, perseverante, materialista e racional Metal: Chumbo Pedras: Ônix, turmalina preta e obsidiana Cores: Preto, nuances de cinza e marrom Animais: Cabra montanhesa, tartaruga, camelo e jumento Flores: Magnólia, lírio tigrado e flor de cacto Dia da semana: Sábado Árvores: Carvalho e cipreste Símbolos: A cruz da matéria sobre o semicírculo ou fase crescente da Lua; a foice de Cronos. A cruz está associada à Terra, enquanto a semicircunferência lunar é associada à Água e às emoções. A foice foi um dos primeiros instrumentos agrícolas, sendo assim um atributo das divindades agrícolas, como foi Saturno/Cronos Anatomia do corpo que rege: Dentes, ossos, articulações, pele, cabelos e unhas Patologias: Atrofias, paralisias, problemas ósseos, artroses, vitiligo, alergias, cálculos renais, reumatismo, surdez Atividades e profissões relacionadas a Saturno: Executivos, técnicos, políticos, matemáticos, engenheiros, mineradores, professores, fazendeiros Características positivas: Ambição, perseverança, realização, determinação, responsabilidade, planejamento, eficiência, cautela, resiliência Características negativas: Frieza, distanciamento, ironia, ceticismo, pessimismo, melancolia, timidez, inflexibilidade, medos, materialismo excessivo, avareza, depressão

10

Almanaque 2017.indd 10

27/09/16 15:57


SATURNO NA ASTRONOMIA, NA MITOLOGIA E NA ASTROLOGIA u

Saturno na Astronomia

Saturno leva 29 anos e meio, aproximadamente, para completar o período de translação em torno do Sol. Do ponto de vista astronômico, é o segundo maior planeta do nosso Sistema Solar, atrás apenas de Júpiter, sendo um espetáculo visível a olho nu. É bastante conhecido como o “planeta dos anéis”, que há muito tempo lhe confere uma aura especial entre os demais planetas. Seu sistema de anéis é extremamente fino, mas amplo, tendo menos de um quilômetro de espessura, embora se estenda por cerca de 420 mil quilômetros da superfície do planeta. Esse planeta também se distingue pelo fato de ser o menos denso do Sistema Solar: se fosse colocado em um oceano gigantesco, flutuaria. Sua estrutura é semelhante à de Júpiter, composta quase exclusivamente de hélio e hidrogênio, sendo seu núcleo rochoso e revestido de hidrogênio metálico e líquido. É ele também o planeta que possui a maior família de luas, que totalizam mais de sessenta. Embora tenham aparência sólida, os anéis são compostos de bilhões de pedaços de gelo. A força gravitacional das luas de Saturno tem marcante influência no formato desses anéis. Seu maior satélite é Titã, a única lua conhecida que possui uma atmosfera densa e com nuvens. Em seu sistema de satélites, somente nove luas possuem diâmetro superior a 100 quilômetros. Temos, entre eles, Encélado, Tétis e Mimas, este último minúsculo, com apenas 390 quilômetros de diâmetro. Reia, outro satélite, apresenta regiões muito brilhantes, e Jápeto é um satélite exterior aos anéis. Janos é o mais interno dos grandes satélites, e Febo, o mais distante do núcleo do planeta, que possui movimento retrógrado. Outras pequenas luas são: Pandora, Epimeteu e Atlas. u

Saturno na mitologia

Na Cosmogonia, Saturno – ou Cronos na mitologia grega – era o filho caçula de Urano, o Céu, e de Gea, a Mãe Terra, que eram o casal primordial. O céu estrelado é masculino, e a terra, feminina; sendo assim, essas duas forças opostas geraram inúmeros filhos: os Titãs, que formaram a primeira dinastia da mitologia grega, os Ciclopes e os gigantes Hecatônquiros. No entanto, Urano não suportava seus filhos e não permitia que saíssem do ventre materno. Espremidos dentro do ventre de Geia, faziam sua mãe gemer de dor e tristeza. Revoltada com essa situação, ela pediu ajuda ao seu filho mais novo, o Titã 11

Almanaque 2017.indd 11

27/09/16 15:57


Cronos, dando a ele uma foice. Cronos aceitou o desafio de destruir o pai e, com a foice, cortou-lhe os testículos e os lançou ao mar. Do sangue de Urano que caiu na terra nasceram as Erínias, os Gigantes e as Ninfas. Do esperma que caiu no mar nasceu Afrodite, a mais bela das deusas, dentro de uma concha de madrepérola. Gemendo de dor, Urano bateu em retirada, afastando-se de Geia. Cronos, assim, libertou seus irmãos: Oceano, Ceos, Crio, Hiperião, Jápeto e as Titânidas (Teia, Reia, Têmis, Mnemosine, Febe e Tétis). Desde então, o espaço entre o Céu e a Terra ficou livre, e pudemos assistir ao nascimento do dia e da noite, que passaram a se intercalar continuamente. Depois de castrar o pai, Cronos tomou o poder e instaurou a segunda dinastia. Casou-se com sua irmã, Reia, e com ela teve seis filhos: Héstia (Vesta), Deméter (Ceres), Hera (Juno), Hades (Plutão), Posêidon (Netuno) e Zeus (Júpiter). Cronos sabia da existência de uma profecia segundo a qual ele seria destronado por um filho. Assim, com medo, acabou devorando seus cinco primeiros filhos assim que nasceram. Reia, que não mais suportava essa violência, fugiu para Creta. Dentro de uma caverna, deu então à luz seu caçula, Zeus, que ficou aos cuidados das Ninfas, e sendo amamentado pela cabra Amalthéa. Reia voltou rápido para Cronos, levando consigo uma pedra envolta em um pedaço de pano. O marido, achando que era o seu filho recém-nascido, engoliu-a imediatamente. Já em idade adulta, com a ajuda de Métis, Zeus voltou para casa e fez seu pai beber uma poção mágica chamada pharmakon. Mal Cronos a engoliu, começou a vomitar todos os seus filhos, agora já adultos. Houve então uma grande batalha pelo poder do mundo que durou longos dez anos. Ao final, Zeus, o futuro deus invencível do Olimpo, foi o vencedor. A vitória de Zeus restabeleceu a ordem no mundo. Cronos foi viver na Península Itálica, sendo lá hospedado por Janos. Na Itália, viveu então o que foi chamada a Idade de Ouro, quando a terra tudo produzia de forma abundante. Saturno (Cronos) foi, portanto, um herói civilizador, tendo sido cultuado como deus da agricultura e da fertilidade no início da civilização romana. u

Saturno na Astrologia

Como já vimos, Saturno é o regente do ano de 2017. Esse ciclo deixará em evidência os valores a ele relacionados, tais como perseverança, participação e responsabilidade na vida social. Saturno é o Senhor do Tempo e de tudo o que se consolida através das formas visíveis, das estruturas sólidas, da ação, do pragmatismo e da razão. É o símbolo da sabedoria que o indivíduo alcança, geralmente, na idade madura. Saturno é o último planeta visível a olho nu, 12

Almanaque 2017.indd 12

27/09/16 15:57


significando também os limites da natureza. É ele quem pode estruturar as formas e promover a integração de valores, leis e conhecimentos, que devem estar presentes nas instituições. Estas, por sua vez, dão sustentação às organizações sociais. Saturno também está relacionado ao poder do Estado, dos políticos e dos governantes. No mapa individual, Saturno pode indicar barreiras internas, isolamento, temores e pontos vulneráveis de um indivíduo, além de suas perdas e restrições, que fazem parte da história de cada um. Os obstáculos existem para que o desenvolvimento de algo ou de alguém possa acontecer. A atitude simbólica relacionada a Saturno não representa meramente um ato heroico, de luta ou superação de um problema ou desafio. Tem a ver também com aceitação, aprendizado e maturidade, que acabam por promover uma força interior, que muitos chamam de resiliência. E relaciona-se ainda à capacidade de saber conviver com uma realidade específica, seja ela de dor, ou delimitação. Isso não é sinônimo de resignação, mas de poder “resignificar” uma ação ou um evento de outra forma, sob um novo olhar. Saturno em trânsito no mapa natal é um ciclo que pode vir acompanhado por uma sensação de estar preso ou imobilizado no tempo. Assuntos do passado podem reaparecer, para que sejam enfrentados e reavaliados de outra maneira. Isso permite o encerramento de um ciclo e o início de outro, com mais maturidade emocional ou psicológica. Saturno em trânsito nos informa a importância de aceitar e não resistir à passagem do tempo, às mudanças, ao inexorável envelhecimento do corpo e à finitude da vida. u

Saturno e o tarô

Na simbologia de Saturno e da carta IX do Tarô, O Eremita, é possível observar muitas semelhanças. Essa carta pode ser entendida em dois níveis: espiritual e tangível. No primeiro, a carta representa o mestre espiritual que direciona seus esforços de forma a alcançar um objetivo superior. Ela diz respeito à necessidade de meditação, pois no silêncio é possível obter insights ou importantes revelações. No plano tangível, essa carta manifesta autoesclarecimento, autodisciplina, coragem, conhecimento secreto, sabedoria, prudência, renúncia, solidão e tradição. No aspecto divinatório, O Eremita indica um período de exílio ou recolhimento da vida mundana. Esse aparente sacrifício da agitação externa pode e deve promover humildade, paciência e sabedoria. Na carta IX, O Eremita carrega uma lamparina. 13

Almanaque 2017.indd 13

27/09/16 15:57

1º capítulo almanaque pensamento 2017  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you