Page 129

Notas O estilo chamado de se constitui na apresentação de elementos da decoração em tom claro sobre fundo negro. 2 O mesmo caso se aplica à documentação literária. 3 Na imagem que corresponde a face B, temos à direita Pélias sentado e vestido com um chitón longo e manto, tendo em sua mão esquerda um cajado, cuja extremidade superior foi perdida. Seu cabelo e barba são uma mistura de branco e vermelho. Diante dele uma filha vestida com chitón, manto e sákkos no cabelo, que se dirige à primeira figura. À esquerda, duas outras Pleiâdes voltadas frente à frente e vestidas como a personagem da direita. A imagem apresenta duas inscrições em grego: kalós e naikai. 4 As Plêiades são sete irmãs que foram divinizadas e convertidas nas sete estrelas da constelação homônima. Eram filhas do gigante Atlas e de Plêione (GRIMAL, 2000, p. 379). 5 O método de leitura semiótica de imagens proposto por Claude Calame pressupõe a necessidade de: 1º. verificarmos a posição espacial dos personagens, dos objetos e dos ornamentos em cena; 2º. fazermos um levantamento dos adereços, mobiliário, vestuários e os gestos estabelecendo repertório dos signos; 3º. observarmos os jogos de olhares dos personagens. 3.1. olhares de perfil: o receptor da mensagem do vaso não está sendo convidado a participar da ação. Neste caso, o personagem deve servir como exemplo para o comportamento do receptor; 3.2. olhares de três quartos: o personagem que olha tanto para o interior da cena quanto para o receptor está possibilitando, a este último, participar da cena; 3.3. olhares em frontal: personagem convida o receptor a participar da ação representada (CALAME, 1986). 6. Museu Nacional de Atenas, inv. 1629. O epínetron era usado pelas mulheres para cardar a lã. 1

128

Núcleo de Estudos da Antiguidade

Medeia mito e magia  
Medeia mito e magia  
Advertisement