Page 1

ANO 1 - NO 11 - OUTUBRO DE 2017

condomínio

BARRA BONITA

em revista

VERÃO AMEAÇADO? A praia mais próxima do bairro está interditada. Um transtorno para os frequentadores e um grave problema para a economia local.

BRINCADEIRA DE CRIANÇA A praça foi palco de muita folia e diversão no mês delas. Confira a folia da meninada!

E AINDA: Arte, gastronomia, meio ambiente e segurança. Tudo o que acontece no bairro.


ANÚNCIO


BARRA BONITA

em revista

4 expediente

DIRETOR EXECUTIVO Paulo Roberto Mesquita DIRETORES E CONSELHEIROS DA ASSOCIAÇÃO PRESIDENTE: William Andrade Nogueira VICE-PRESIDENTE: Vago DIRETOR FINANCEIRO: Vago DIRETOR ADMINISTRATIVO: Lincoln Franklin Fernandes DIRETORA DE OPERAÇÕES: Fabíola Pombo CONSELHO FISCAL: Felipe Marcelo M. de Carvalho / Ivone dos Santos Dias / Valdinez Gonçalves de Lima

CONDOMÍNIOS E SÍNDICOS ASSOCIADOS ALOHA CLUB RESIDENCE Síndica Fabíola Pombo CONDOMÍNIO CHOICE RECREIO RESIDENCE Síndica Camila Lopes CONDOMÍNIO LUAU DO RECREIO Síndico Lincoln Franklin Fernandes CONDOMÍNIO HOME WAYS RESIDENCE Síndico Jorge da Silva Carneiro CONDOMÍNIO PUERTO MADERO RESIDENCE Síndico Silmar Cavalieri CONDOMÍNIO RECREIO TOP DUPLEX Síndica Márcia Gama CONDOMÍNIO RESIDENCIAL VILLA BELLA Síndica Virgínia Sobral Moraes CONDOMÍNIO RESIDENCIAL LA VISTA Síndico Antônio Carlos de Assis Silva CONDOMÍNIO RESIDENCIAL PABLO PICASSO Síndica Ana Cristina Lucidi CONDOMÍNIO SUMMER CLUB RESIDENCE Síndico Paulo Monjardin CONDOMÍNIO VARANDAS DE BARRA BONITA Síndico José Antônio

BARRA BONITA É FORMADO POR 18 CONDOMÍNIOS: ALOHA (168 APARTAMENTOS) CHOICE (360) CONDE DO RECREIO (80) HOME WAYS (80) JARDIM DO ALTO (252) LA VISTA (242) LUAU DO RECREIO (312) NATURA RECREIO (392) PABLO PICASSO (100) PUERTO MADERO (228) SUMMER (62) SUNSET (320) TOP DUPLEX (220) UP LIFE (440) VARANDAS (224) VILLA BELLA (80) VILLA FIRENZE (63) VILLA VENEZIA (80)

DIRETORA ADMINISTRATIVA Rebeca Maia EDITORA-CHEFE Tereza Menezes Dalmacio SUGESTÃO DE PAUTA (21) 97374-6674 editora@grupocoruja.com

COMERCIAL (21) 3471-6799 REPÓRTER Aldi Mafra Debora Monken ESTAGIÁRIA DE JORNALISMO Katharine Alves FOTOGRAFIA Lourrayne Lima ESTAGIÁRIO DE FOTOGRAFIA Marcos Alcantara REVISÃO Laila Silva DIREÇÃO DE ARTE E DIAGRAMAÇÃO Rachel Sartori DESIGN Allan Nascimento Marcilia Almeida Renato Passos www.grupocoruja.com Tel.: 21 3471-6799 Avenida Armando Lombardi, 205, salas 211 a 215, Esquina da Barra Barra da Tijuca - Rio de Janeiro Barra Bonita em revista é uma publicação

FALE COM A ASSOCIAÇÃO Nós estamos disponíveis para atendê-lo através dos canais abaixo: 97021-2627 2025-2485

CASAS ASSOCIADAS

contato@novabarrabonita.org.br

MARIA ALICE E ANTÔNIO CARLOS VERÔNICA GOMES LUIZ CÉSAR CRONER AURELY CANTUÁRIA PAULO AMORIM RICARDO DE OLIVEIRA RANGEL ALFREDO LOPES JOSÉ LUIZ DE OLIVEIRA JOAQUIM MARIANO TÂNIA MARA SOARES

/NovaBarraBonita NovaBarraBonita.org.br A produção da Revista Barra Bonita não gera custo para a Associação Nova Barra Bonita. Toda a despesa (produção, criação, impressão e veiculação) é paga com o que é arrecadado com a venda de anúncios.


A MAMMA JAMMA CHEGOU AO RECREIO SHOPPING M A MM A J A M M A PIZZERIA RUSTICA

PEÇA ONLINE! WWW.MAMMAJAMMA.COM.BR DELIVERY RECREIO (21) 3689-5900

MAMMA JAMMA RECREIO SHOPPING Recreio Shopping Expansão | Av. das Américas, 19019 | Loja 118 Domingo a quinta de 12h - 00h | Sexta e sábado de 12h - 1h


6 palavra do presidente

O QUE ACONTECE AQUI fundamental terceirizarmos uma parte administrativa para ganharmos agilidade, mais transparência e organização.

M

AIS UM CONDOMÍNIO ASSOCIADO | A Associação Nova Barra Bonita tem crescido ao longo dos anos e recentemente tivemos a adesão de mais um condomínio como associado, o condomínio Choice Recreio Residencial, com 360 unidades familiares. Já somos 11 condomínios associados, contribuindo para as melhorias em Barra Bonita, seja na qualidade de vida dos moradores ou na própria valorização de nossos imóveis. Seja bem-vindo, Choice! PROFISSIONALIZANDO PARA CRESCER | As demandas na associação são cada vez maiores; sem dúvida, há muito trabalho a ser feito. Temos que cuidar da segurança, da manutenção, da jardinagem, do atendimento aos moradores, da ampliação do Clube de Vantagens, da Revista, enfim, são muitos os desafios. Para que isso acontecesse, era

Todas as cobranças e pagamentos da associação serão feitos pela administradora de condomínios, que nos ajudará na parte financeira e na administração do novo funcionário. O trabalho da administradora será acompanhado e avaliado constantemente pela diretoria e pelos conselheiros fiscais da associação para garantir que o trabalho seja executado com qualidade e pontualidade. Em breve, os síndicos associados terão acesso direto ao sistema da administradora para consultarem as informações financeiras, balancetes, documentos e comunicados importantes. MUDANDO O TIME | O processo de mudanças continua na associação para que possamos continuar aprimorando os processos administrativos. Neste sentido, houve uma mudança no quadro funcional da associação com a contratação do Allan, que nos ajudará a melhorar os processos internos e nos auxiliará na busca da certificação ISO 9001. Nossa missão é promover melhorias na qualidade de vida dos moradores de Barra Bonita, e o Allan já está à disposição dos moradores para

atender e ajudar no que for possível. Allan, seja bem-vindo ao time! PROJETO DE DESPOLUIÇÃO DO TRECHO DO CANAL DAS TAXAS EM BARRA BONITA – CONTINUIDADE | Como informamos na edição passada, o processo está em andamento, mas ainda depende do cumprimento de uma série de exigências para que a prefeitura faça a liberação das licenças. Infelizmente, o Canal continua assoreado, com mau cheiro e com gigogas que contribuem para a proliferação dos mosquitos. É notório que o Canal está agonizando, recebendo cargas de esgoto seja da própria Cedae, bem como de casas, condomínios e invasões que fazem seus despejos direto no Canal, e é uma pena que para essa questão não haja qualquer tipo de burocracia ou impedimento. Vamos continuar tentando e buscando cada vez mais soluções para a solução desse problema. Barra Bonita, eu amo, eu cuido! William Andrade Nogueira Pres. da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita e morador.


8 capa

FORÇA DA NATUREZA OU DESCASO DO PODER PÚBLICO? M

orar em Barra Bonita é ter o “verão” na porta de casa. Praias belíssimas e eternizadas por belas canções. Entre elas, no vozeirão de Tim Maia, na bela música do “do Leme ao Pontal”. Mas a região perdeu o tom e o compasso. Há mais de um mês, o calçadão da praia vem sendo engolido pelo o mar. A última ressaca, que aconteceu no dia 24 de outubro, destruiu mais ainda o local, e ameaça as construções que ficam na orla. Feio pra quem vê, aflição para quem convive com o drama. O mar levou mais que a possibilidade de um verão vibrante, levou a perspectiva de bons negócios para comerciantes e hoteleiros.


No entanto, especialistas recomendam um investimento de 50 milhões e a implantação do projeto da Coppe/UFRJ, que propõe a construção de um quebra-mar como solução definitiva para a área. As obras foram mal executadas, e desde a sua inauguração, em 2013, a estrutura já afundou 7 vezes; tanto a população quanto o Ministério Público denunciaram que o problema já se estende há anos. Em entrevista ao G1, Paulo Rosman, doutor em engenharia costeira pelo MIT (um dos mais renomados centros tecnológicos do mundo), declarou: “esta é uma faixa que não pode ser ocupada e, pelo gerenciamento costeiro, existe até lei federal pra isso. Avançou-se com benfeitorias, que a princípio são muito bacanas, como calçadão e ciclovia, mas que foram construídas em direção ao mar, entende-se, infelizmente, que isso reduziu ainda mais a faixa de areia. O que avançou ali foram as construções numa área que deveria ser preservada. A faixa de proteção deveria ser de 300 metros”. Fato é que a força da natureza é pujante, indomável. Mas a responsabilidade do poder público também é gritante. A reportagem da Revista acompanha o caso e na próxima edição trará mais detalhes. Dê a sua opinião, escreva para a nossa redação e participe: editora@grupocoruja.com.

9 capa

O desmoronamento começou em setembro, mas a reposta da prefeitura aconteceu somente em meados de outubro. Segundo a prefeitura, as obras de reconstrução da orla custarão 14,5 milhões e levarão 120 dias para ficar prontas. Um prazo que muitos duvidam que será cumprido.


10 Acorda, Rio!

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES M

ediante um cenário de desordem pública, insegurança e interesses políticos surge o movimento “ACORDA, RIO!”. A motivação inicial para a sua criação foi a aprovação do aumento do IPTU pelos vereadores. A indignação foi tão grande, que os representantes das diversas associações de moradores e câmaras comunitárias do Rio de Janeiro resolveram se unir com o objetivo de reivindicar as demandas da população. O movimento, que foi iniciado em setembro, se consolidou na última reunião que aconteceu no dia 24 de outubro, no Royal Tulip em São Conrado, foi uma iniciativa da Câmara Comunitária da Barra da Tijuca (CCBT), AMAB, Associação de Moradores e Amigos de São Conrado (Amasco) e AMALEBLON..


Então, foi acordado entre os presentes um ato público que será realizado em novembro contra esses parlamentares. O presidente da Associação de Condomínios de Barra Bonita, William Nogueira, esteve no en-

contro, apoiou as ideias expostas e salientou: “já passou da hora de observarmos o que acontece na cidade em relação aos poderes Executivo e Legislativo. Acredito que a união das associações para discutir a posição dos vereadores é muito importante, afinal de contas eles estão lá para nos representar e não para votar em algo que não é de nossa vontade. O movimento é importante para acordar os vereadores, porque eles são votados e escolhidos, e precisam estar em consonância com a sociedade“. O presidente convoca todos os moradores de Barra Bonita para participar da manifestação, que será realizada, às 10h, no dia

刀攀挀爀攀椀漀 搀漀猀 䈀愀渀搀攀椀爀愀渀琀攀猀  ⴀ 䄀瘀⸀ 搀愀猀 䄀洀爀椀挀愀猀Ⰰ ㄀㔀⸀㔀㜀㤀 ⴀ ㈀㐀㌀㜀ⴀ ㌀㤀㜀 䈀攀渀ǻ挀愀 ⴀ 刀⸀ 匀攀渀愀搀漀爀 䈀攀爀渀愀爀搀漀 䴀漀渀琀攀椀爀漀Ⰰ ㈀㠀  ㌀㘀 ⴀ ㌀㈀㠀㤀ⴀ㈀㤀㐀㐀

挀愀猀愀爀愀漀氀甀猀琀爀攀猀氀琀搀愀

挀愀猀愀爀愀漀开氀甀猀琀爀攀猀  眀眀眀⸀挀愀猀愀爀愀漀氀甀猀琀爀攀猀⸀挀漀洀⸀戀爀

11 Acorda, Rio!

Durante a reunião, o presidente da CCBT, Delair Dumbrosck, ressaltou a importância de acabar com a troca de favores que existe entre os políticos e afirmou a necessidade de organizar um movimento de rua. “Temos que preparar um movimento pra rua, nós levaremos uma placa com o nome de cada vereador que votou a favor do aumento do IPTU”, disse Delair.

26 de novembro, no Posto 5, na orla de Copacabana. “Com certeza estaremos envolvidos e vamos participar”, finalizou o presidente da associação.


12 CCS

SEGURANÇA EM DEBATE N

a última reunião do Conselho Comunitário de Segurança (CCS) estiveram presentes à mesa: Luiz Cláudio Pedra (supervisor do Recreio e Camorim); Gustavo Souza (subcomandante da 4ª Inspetoria); Michell Olever (supervisor do Itanhangá); Glauco Lorite Motta (comandante do 2º Grupamento Marítimo); Marco Almeida (administrador regional da Barra); coronel Luciano Sarmento (comandante do 1º Grupamento de Busca e Salvamento), Ricardo Magalhães (presidente do Conselho de Segurança); coronel Sérgio Schalioni (comandante do 31º BPM); Márcia Julião (delegada da 42ª DP); Isabella Conti (delegada assistente da 16ª DP); coronel Carlos Magno Ribeiro Cabral (superintendente da Barra) e Cláudio Carneiro (presidente da OAB-Barra). Entre tantos assuntos tratados sobre segurança, foram também apresentadas informações sobre o Recreio. O Superintendente Carlos Magno relatou uma ação realizada na Praça 6, conhecida como Praça da Zefa, onde foram apreendidos um vendedor de drogas, motos e carros sem documentos. “Tivemos esse resultado de polícia”, comentou. Na mesma ocasião, Marcia Julião, delegada da 42ª DP falou da apreensão de 1 tonelada de maconha na região e da importância de os pais estarem atentos ao uso da internet por parte da crianças e adolescentes. “Cuidado com a internet. Se a criança fica muito tempo nas redes sociais, vigie-a, pois recebi um caso de possível estupro de vulnerável. Precisamos quebrar o tabu da sexualidade também e conversar mais com nossos filhos sobre o tema”, ressaltou Marcia. A próxima reunião do 31º CCS será no dia 28 de novembro, no Hotel Ramada do Recreio, localizado próximo ao Recreio Shopping.


14 entrevista chef

TEMPERO CASEIRO C

omo em um passe de mágica, a moradora do Luau do Recreio Margô Porcel viu sua paixão virar profissão. A personal chef começou atendendo aos pedidos dos vizinhos e hoje é um dos nomes mais requisitados para dar workshops sobre o tema. “Achei meio estranha a ideia de passar a produzir quentinha, mas lembro que em uma quarta-feira resolvi fazer o teste. Meu marido adora feijoada. Então, ele foi comprar os ingredientes para o prato e eu pedi para aumentar a quantidade e comprar embalagens para viagem. Foram apenas 20 unidades, eu avisei somente no salão que frequento e na administração do condomínio. Vendi as 20 e ainda faltou”, comenta. A produção de comfort food, como ela mesma chama, foi adquirindo clientes fieis que passaram a divulgar o trabalho de Margô. “Foi indo no boca a boca, porque eu não faço propaganda nenhuma. Quem já é cliente acaba indicando para outras pessoas. Com isso, criei um grupo no WhatsApp, onde coloco todo dia à noite o cardápio do dia seguinte. Começou aqui no prédio e hoje tenho clientes em todo Barra Bonita”, conta. A comidinha caseira de verdade e feita na hora traz memórias de infância e ganhou variações para atender todo o tipo de público.


15 entrevista chef

“Tenho opção de comida fit e mais dois grelhados com o acompanhamento à escolha do cliente. A demanda do cardápio fitness é grande, as pessoas comem certas coisas achando que são saudáveis, sem ter noção de que o prato precisa completar a grade nutricional”, explica. Para cozinhar tanta variedade com amor leva tempo. Ela afirma que já passou 16 horas na cozinha. E quem pensa que acaba por aí, está enganado. Margo ainda mantém o trabalho de personal chef em pequenos eventos – onde faz uma consultoria com o cliente para montar um cardápio que o agrade da melhor forma –, faz treinamento de donas de casa e ministra workshops. “Hoje em dia, a gente tem um número elevado de obesidade no mundo por causa da quantidade de processados. Comidas com produtos orgânicos contêm menos sódio, quase zero de gorduras saturadas e trans. É difícil ter todos esses ingredientes em casa, mas não é impossível. O sabor da comida muda, fica muito melhor e não prejudica a nossa saúde”, finaliza.

SEU AMBIENTE PRONTO PARA SER USADO NO MESMO DIA, SEM QUEBRA QUEBRA

Pisos e revestimentos Pisos laminados (nacionais e importados) Pisos de madeira nobre (maciço e estruturado) Pisos Vinílicos Persianas (costinhas e tecidos) Moveis de Demolição Drywall Forros em geral Papel de parede Revestimento de parede Laminados auto-colantes (produzidos com garrafas PET ecológico) Acústica em geral Rua Mario Piragibe, 49 – Lins de Vasconcelos | Tel.: 2576 0046 Rua Érico Veríssimo 1000, loja 121 – Barra | Tel.: 3145 2004

www.lamiart.com.br

Mais de 40 anos no mercado


16 em cena

ESBANJANDO TALENTO TEATRO, CINEMA, TV, ARTES PLÁSTICAS, FOTOGRAFIA, LITERATURA E MUITO MAIS. A SEÇÃO EM CENA ENTREVISTA MORADORES QUE SE DESTACAM NA ARTE. GENTE QUE VIVE AQUI E LEVA O SEU TRABALHO PARA TODA A CIDADE. NESTA EDIÇÃO, APRESENTAMOS A HISTÓRIA DA CANTORA FERNANDA, MORADORA DE BARRA BONITA.

Fernanda de Carvalho Venetillo, carioca, 25 anos, começou a entrevista dizendo que a música está em sua vida desde a infância, aos 11 anos, quando se apresentou em um evento da escola. De lá pra cá, essa paixão só cresceu. “Eu sempre gostei muito de música. Comecei minha carreira de cantora com o pop romântico e depois fui para um pop rock. Decidi parar durante um tempo, mas quando o sertanejo chegou ao Rio, me estimulou a voltar aos palcos”, disse Fernanda. Mas não apenas música mexe com o coração dela, a arte cênica e o esporte também. “Sempre fiz muitas atividades ao mesmo tempo. Eu estudava, jogava vôlei, fazia teatro e cantava. Depois, no meu último ano no time juvenil, comecei a me dedicar mais à música, e assim fui parando com as outras aulas gradativamente”, explicou.

Foto: Hanny Lisbôa

O sertanejo é algo recente em sua trajetória, são apenas 8 meses se dedicando a esse estilo: “fui me apaixonando mais pelo segmento com o surgimento do sertanejo universitário. O apoio da minha família foi muito importante. Meu pai é meu empresário e tenho muito orgulho disso. Sempre tive o apoio de todos os meus amigos e familiares e sou muito grata a isso”. No total são 10 anos de carreira e nesse tempo aconteceram algumas dificuldades, vários bons momentos e mudanças de estilos. “Antes eu cantava pop com o nome de Fernan-


A cantora ainda relembra um momento muito especial de sua carreira: “nunca vou esquecer os shows na região dos lagos, em que ouvi uma multidão cantar minha música de trabalho na época, ‘Já foi’, de composição de Allan Lima e Suel, do Imagina Samba. Isso é muito gratificante. Receber o carinho do público é a melhor parte. Sem contar que meu sonho é levar felicidade para o maior número de pessoas possíveis. Eu AMO cantar, e a música tem esse poder de transmitir coisas boas. Quando se trabalha com amor, a carreira vinga da melhor maneira possível. E eu sempre busco dar o meu melhor, fazer o melhor show, me divertir e divertir as pessoas que estão me assistindo. Isso que é sucesso pra mim”. A atual música de trabalho de Fernanda, ‘Bora pro Open Bar’, composição de Lana Ribeiro, já faz sucesso nas rádios. Entre um sucesso e outro, Fernanda se refugia em Barra Bonita. “Eu gosto muito de morar no condomínio. É perto do comércio, do shopping e é um lugar super calmo. O ambiente é bem familiar e os vizinhos são ótimos. Eu cantei em um dos eventos realizados aqui no bairro, e foi um momento muito especial, pois me senti muito acolhida”, finalizou.

17 em cena

da Venetillo, e no meu retorno, resolvi fazer uma homenagem à minha mãe e usar o sobrenome dela. Voltei como Fernanda Ayres, para desvincular minha imagem do pop. Esse meio é muito difícil, mas agora, graças a Deus, estou com pessoas que acreditam de verdade no meu trabalho”, informou.


20 lazer

ÁLBUM

de família

Esta seção é o ponto de encontro de quem escolheu o Barra Bonita como casa e segue registrando o jeito leve e descontraído de viver aqui. As áreas externas e comuns a todos são um convite ao bem-estar. Confira mais um dia ensolarado.

Michele Clementino (Choice) e a filha, Milene (2 anos), brincam juntas no parquinho sempre. A mãe comenta a facilidade de morar em um condomínio que tenha comércio próximo: “é prático, pois assim não precisamos pegar o carro e enfrentar o trânsito para ir ao shopping, por exemplo. Ter um parquinho na praça é um grande incentivo pata a convivência das crianças e a formação de novas amizades”.

Danielle Sales (Luau do Recreio) e o filho, Pedro (1 ano e 6 meses), escolheram viver em Barra Bonita pela proximidade com o trabalho e pela praça: “este é um ótimo espaço de lazer para crianças e adultos. Antes morávamos em Santos, mas, mesmo tendo chegado há pouco tempo aqui, meu filho já se adaptou”.


21 lazer

01 DE NOVEMBRO

09 DE NOVEMBRO

ESTREIA EM 11/NOV

14 DE NOVEMBRO

15 DE NOVEMBRO

16 DE NOVEMBRO

17 DE NOVEMBRO

18 DE NOVEMBRO

24 DE NOVEMBRO

25 E 26 DE NOVEMBRO


22 lazer

Para Ailin Sudo (moradora da região), mãe de Maria Vitoria (2 anos), viver no condomínio é muito tranquilo e seguro: “gostamos muito de morar aqui e sempre frequentamos a praça e o shopping. Ter tudo por perto é bom pra todo mundo, ainda mais para quem tem filhos pequenos, como eu”.


24 associação

RENOVAÇÃO E TRANSPARÊNCIA A

Associação de Condomínios de Barra Bonita está renovada, pois acabou de contratar um novo funcionário para dar mais agilidade ao trabalho administrativo: o assistente administrativo Allan Oliveira, de 28 anos. “Sou formado em Ciências Contábeis e tenho técnico em Administração. Fui auditor interno da ISO 9001 pela ABNT e trabalhei no estado do Rio de Janeiro por 5 anos com prestação de contas em cursos profissionalizantes. Durante 2 anos me dediquei à implementação de um sistema que hoje é utilizado pelo MEC e serve de base para o novo ensino médio. E em todas essas atividades tive grande vivência com o poder público. Hoje, a minha missão é colaborar com a associação para que consigamos organizar toda a documentação necessária para a certificação de qualidade ISO 9001. Para mim, será um desafio agregar valor neste sentido. A ISO 9001 requer procedimentos para certificação, como ter pastas catalogadas de forma diferenciada, documentos digitalizados etc. Eu cheguei agora e já percebi a preocupação da diretora em manter os procedimentos de forma transparente e com o máximo de zelo possível. Percebi também que o trabalho da associação visa a satisfação do morador de Barra Bonita, e que o meu trabalho será atendê-los da melhor forma possível, sempre com o intuito de ajudar ou esclarecer dúvidas. Vou me empenhar para que a associação continue sendo uma referência no que faz”, finalizou.


26 dia das crianças

DOMINGO NA PRAÇA D

ia animado na praça de Barra Bonita! Mães, pais, avós, filhos e amigos se reuniram na pracinha para comemorar. A festa promovida pelo colégio Notre Dame, contou com o apoio da Associação de Condomínios de Barra da Bonita e foi uma grande celebração à infância, com pula-pula, barraca de amoeba, que foi sucesso entre a molecada, troca-troca de brinquedos, capoeira e jogos cooperativos.


27 dia das crianças Alessandra, Craig e a filha Alice (5 anos)moram em uma casa em Barra Bonita e acharam ótima a ideia do troca-troca de brinquedos. “É uma boa oportunidade para incentivar as crianças a desapegar dos brinquedos e fazer esse troca-troca”, disse Alessandra. A filhota trocou seu coelhinho pelo Pluto e ficou toda feliz.

Maria Cristal (5 anos), seu irmão Diego (1 ano) a e mamãe Fernanda, moradores do Jardim Barra Bonita, pintaram juntos uma linda flor na tenda de corte e colagem.

Mais do que vizinhas, Simone (Natura do Recreio), Fernanda (Jardim Barra Bonita), Michele e sua filha Olivia (5 anos), moradoras da região, são amigas e costumam ir às festas promovidas pelo condomínio. Enquanto as mamães conversavam, os filhos se divertiam. Olivia adorou brincar com a amoeba (geleca).


28 dia das crianças O papai Paulo e o filho Pedro (3 anos), moradores do Luau, se divertiram pintando e montando um sapinho.

A pequena Laís (5 anos) posou para a foto, segurando o pintinho e o porquinho que fez junto com a mamãe Lívia (Top Duplex).

Cynthia, Guilherme, Luiza (4 anos) e Mila (2 anos) são do prédio Up Life e adoram o condomínio. “Aqui é ótimo para as crianças. Tem muitos benefícios e as festas são sempre divertidas”, falou Guilherme.

Moradores do Maison du Jardim, Flávio e Letícia (5 anos) batem ponto na pracinha. “Moramos há 10 anos aqui e sempre que tem festa, nós estamos aqui”, disse Flávio.

Sabe do que a Beatriz (8 anos) mais gosta? “Do pula-pula”, disse a menina animada. Já Pedro (4 anos) estava empolgado com a capoeira. O papai Bruno (Aloha) ficou surpreso com a alegria do filho com jogo.


29 dia das crianรงas


O corpo, o movimento e a aprendizagem A Educação Infantil compreende um período do desenvolvimento no qual a criança tem a necessidade de agir para pensar. Sua maturação psicológica e cognitiva se dá através da motricidade, sua ação e seu brincar.

Por isso, na Educação Infantil, o instrumento mais adequado de trabalho e aprendizagem é o corpo e as experiências vividas, proporcionando o desenvolvimento da descoberta do próprio corpo e das relações que ele pode estabelecer.

Nesta fase, a criança se expressa principalmente através de seu corpo e seus movimentos. Suas ações, comportamentos, brincadeira e jogos, sua linguagem oral e desenhos são, literalmente, a expressão de sua história.

Nesta abordagem de pensamento, o Colégio Notre Dame Recreio, planeja sua prática pedagógica na Educação Infantil através de projetos, vivências, atividades lúdicas e concretas, para que as crianças cresçam e se desenvolvam neste trajeto que leva da ação à representação. Sempre que desejamos trabalhar algum conceito, ele inicialmente precisa ser vivido para somente depois passar à fase da representação.

Tornou-se costume observar o ser humano pela perspectiva dicotômica e as escolas, geralmente, não fogem a essa regra. Quase sempre, tentam separar o corpo e mente, como se fosse possível matricular só a cabeça, deixando o corpo do lado de fora nas aulas. Por conta disso, corremos um sério risco em tornar a aprendizagem de nossos pequenos totalmente mecânica e fora do contexto adequado, dificultando uma aprendizagem efetiva. Neste contexto torna-se inadequado propor práticas pedagógicas que não considerem o mais rico e adequado meio de aprendizagem: o corpo em movimento. É neste sentido que se dá a importância de considerar a Psicomotricidade na prática pedagógica. Ela está relacionada ao processo de maturação, em que o corpo é a origem das aquisições cognitivas, afetivas e orgânicas. Esta prática envolve o movimento, o intelecto e o afeto.

A criança aprende brincando. Brinca com seu corpo - rola, brinca com os pés, com as mãos, explora objetos, se relaciona com o outro, fala, rabisca, desenha, escreve e lê. Desta maneira, diante de um desenvolvimento harmonioso, tem a possibilidade de existir de forma única, de se expressar, de agir, de pensar e de aprender. Alessandra Marassi Coordenadora Pedagógica – Educação Infantil Colégio Notre Dame Recreio


Vantagens CLUBE DE

O Clube de Vantagens da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita foi criado para oferecer vantagens e descontos aos moradores associados. Para usufruir dos benefícios do nosso Clube, basta apresentar a carteirinha nos estabelecimentos conveniados e aproveitar os descontos concedidos. O associado que possuir a carteirinha terá direito aos descontos nas lojas parceiras. O empresário que desejar participar do Clube de Vantagens, deve entrar em contato pelo e-mail contato@novabarrabonita.org.br.


Ainda não fez sua carteirinha? Entre em contato conosco por meio do telefone 2025-2485 para maiores informações.


Revista Barra Bonita  
Revista Barra Bonita  

Ed. 11

Advertisement