Page 1

NOTÍCIAS

C u ltu ra é fo rç a tra n s fo rm a d o ra D i r et o r :I s aí as A .d o s S an t o s F i l h o ( J a i r zi n h o )

JUSA um novo modelo de administração envolvendo adolescentes e sustentabilidade

pag 03

A n o 2 - E d iç ã o 2 6

Vila São Paulo A presença dos moradores em reunião foi vital para as futuras conquistas do bairro

N o v em b ro d e 2010

R $ 1 ,0 0

Começa no próximo dia 25 de novembro a 10ª edição das olímpiadas escolares de pag 05 Ferraz de Vasconcelos

pag 07

Instalação de usina de lixo irá gerar mais de 400 novos empregos Edital de licitação será publicado em 30 de novembro, e a empresa que vencer deverá investir aproximadamente 220 milhões.

A cidade de Ferraz de Vasconcelos, terá uma usina de lixo com a mais moderna tecnologia em reciclagem, destinação final de resíduos e recuperação de áreas degradadas com a instalação de aterros na região do Alto Tiete. Essa foi a boa notícia dada pelo presidente da Associação dos Municípios do Alto Tiete – a AMAT, prefeito de Ferraz Jorge Abissamra (PSB), um dia após reassumir seu lugar como chefe do executivo municipal, durante entrevista coletiva, concedida na última quarta-feira, na sede da entidade na cidade de Suzano. Doutora Elaine (PSB), esposa de Abissamra se juntou à comitiva, após se reunir na França com o Eduardo Campos governador de Pernambuco, que é presidente nacional do PSB. No encontro discutiram a participação no governo da predisente eleita Dilma. O PSB com 6 governadores eleitos e uma forte bancada o partido quer mais espaço no governo federal. Drª Elaine foi eleita suplente com quase 56 mil votos. Durante sua campanha a médica pediatra propôs um multirão para conscietizar a população em relação ao lixo. “Encontrar soluções para essa questão é essencial para saúde das pessoas de Ferraz e de nossa região”.disse ela. pag. 03

Técnicos Coreanos mostram instalações à comitiva da AMAT

Prefeitura adquiri 3 ônibus escolares

O prefeito Dr. Jorge Abissamra voltou dos seus 15 dias de licença, da sua viagem feita à Coréia na busca do projeto de usinas de lixo para cidade. E logo em seu retorno, a prefeitura juntamente com a secretaria de Educação adquiriu 3 ônibus que serão utilizados no transporte dos alunos das escolas municipais de Ferraz de Vasconcelos, levando e buscando as crianças no período de aula. Um deles vai fazer o trajeto da escola Luciano Poletti. Os ônibus vão substituir os veículos de empresa privada que faz o trajeto. Cada um custou 288 mil reais, foi um recurso próprio da prefeitura. Eles são da Mercedes-Benz, comportam 40 crianças, são super confortáveis e os motoristas todos profissionais, deste modo garantindo o transporte adequado para os alunos da rede municipal. Esses ônibus vieram em um pacote de veículos que a prefeitura adquiriu.

pag 05

“Maracatu” Com novo estabelecimento Ferraz agora conta com restaurante-conceito

O governo participativo é uma inovação da administração, que atenderá as necessidades do cidadão. Criando uma interatividade da população com o município e fazendo com que os cidadãos participem ativamente no governo.

VILA ULO A P O Ã S

Pq São Francisco Jd Figueiredo Jd Ipanema

pag. 04

TEMAS

PanfletoOK.indd 1

“Rolleta” Nova Loja inaugurada na cidade traz nova pag. 04 opção de compras para a cidade.

A SEREM

DISCUTIDOS:

29/10/2010 17:31:35

A próxima reunião do Governo participativo será no Parque São FranciscoJd Figueiredo e Jd Ipanema, e está agendada no próximo dia 04 de dezembro.


EDITORIAIS

Parábola

Isaías A. dos Santos Filho ( Jairzinho )

O problema é nosso. Um rato olhando pelo buraco na parede vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo em que tipo de comida poderia ter ali. Ficou aterrorizado quando descobriu que era uma ratoeira. Foi para o pátio da fazenda advertindo a todos: Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa. A galinha, que estava cacarejando e ciscando, levantou a cabeça e disse: Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que é um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda. O rato foi até o porco e disse a ele: Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira. Desculpe-me, sr. Rato, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser rezar. Fique tranqüilo que o senhor será lembrado nas minhas preces. O rato dirigiu-se então à vaca. Ela disse: O que, sr. Rato, uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que não!Então o rato voltou para a casa,

cabisbaixo e abatido, para encarar a ratoeira do fazendeiro. Naquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeira pegando sua vítima. A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego. No escuro, ela não viu que a ratoeira pegou a cauda de uma cobra venenosa. A cobra picou a mulher. O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre. Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal. Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la. Para alimentá-los o fazendeiro matou o porco. A mulher não melhorou e acabou morrendo. Muita gente veio para o funeral O fazendeiro então sacrificou a vaca para alimentar todo aquele povo. Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito lembre-se que, quando alguém corre risco, todos correm

O nosso dia a dia Djalma M Messias de Ferraz de Vasconcellos

Todos nós sabemos que a educação é um dos pilares do desenvolvimento, temos a escola, nas suas diversas formas, um local onde podemos crescer intelectualmente, socialmente e afetivamente. Quase sempre esses princípios se perdem em meio a tantas prioridades no qual estamos envolvidos, e que fazem parte do nosso dia a dia. A mídia nos mostra diariamente a face da realidade de lugares, territórios, não tão comum a todas as pessoas. Há na sociedade muita gente discutindo sobre tudo, genericamente, e tem muita gente discutindo (sem saber) e sem base nenhuma, mudanças no contexto da educação no Brasil. Acrescentar disciplinas no currículo do ensino, somente por questões políticas, é fazer da educação um grande “pinico” e isso não deve ser levado a sério.A Educação no país avançou, não foi ainda o bastante, mas nos últimos anos, mais e mais crianças estão dentro das escolas, apesar de apresentamos indicadores ruins quanto a

qualidade em algumas regiões do país.Em algumas cidades, inclusive na nossa, parece que todos os habitantes são especialistas em educação. Todos sabem, todos conhecem. Que bom seria se realmente fosse assim. Além das pessoas físicas entenderem do pedagógico, alguns órgãos também estão investindo na área. Aqui na região a Vigilância Sanitária está dando seus pulinhos e seus colaboradores crêem que entendem de projeto político pedagógico, e pasmem, até o Conselho Tutelar está entendendo de processo político pedagógico. A conclusão a que chegamos é que os que menos entendem de projeto político-pedagógico são os especialistas em educação. Será?Outro tema interessante é a falta de educação (isso mesmo) de algumas pessoas da região. As pessoas não estão respeitando as faixas de pedestres, a sinalização dos sinais de trânsito, não utilizam da seta em seus veículos, jogam lixo em qualquer lugar, se agridem a toa e assim por diante. Parece que vivemos no século

passado.Por outro lado, a prefeitura vem investindo na transformação dos ferrazenses. O poder público está mudando o padrão de placas de sinalização. Assim como a sinalização das faixas de pedestres foi bem recebida, esperemos que a população aceite e aprenda a respeitar o novo padrão de placas, que de certa forma é uma ação educativa, que vem colaborar com a mudança de patamar da cidade, com um novo conceito de morar. E falando em morar, quem está de casa nova é uma já conhecida loja de calçados da região, que acredita no potencial do varejo de Ferraz e investiu em mais uma loja no centro. Enquanto temos o sonho de criar um lugar “ótimo” para se viver, o Rio de Janeiro passa por maus bocados. Entretanto, já havia passado da hora de se tomar uma atitude mais drástica nos morros da cidade. Aqui em Ferraz, mantivemos o nível de violência estagnado, sem grandes problemas apresentados. Assim sendo, já existe investidores vendendo títulos públicos do país ibérico e comprando dólares. Isso também não é bom.

Novo Plano Nacional de Educação Djalma M Messias de Ferraz de Vasconcellos

O novo Plano Nacional da Educação (PNE), a ser lançado esta semana, dia 29, pelo Ministério da Educação (MEC), desperta expectativas nos especialistas do setor. O PNE passará pela apreciação dos parlamentares no Congresso Nacional ainda neste ano, para, então, servir de diretriz para as políticas educacionais brasileiras – em todas as esferas de poder – de 2011 a 2020.O texto será composto por poucas metas – ponto em que o novo PNE difere bastante do plano vigente, este último composto por 295 objetivos.O MEC divulgou poucas informações a respeito da nova lei. De acordo com as informações obtidas será um conjunto de 20 metas que se desdobram em várias estratégias. Um modelo mais sintético em relação às metas. O compromisso era que este plano se alimentasse das resoluções da Conferência Nacional de Educação (Conae). A Conae aconteceu de 28 de março a 1º de abril deste ano e contou com a participação de mais de 3 mil representantes da sociedade, que discutiram os rumos da Educação Brasileira e elaboraram um documento final.

Entre os pontos destacados durante a conferência, está a constituição do Sistema Nacional de Educação, que se espera ver contemplada no novo PNE. O SNE daria mais condições de operar as metas, dentro de um sistema organizado e estruturante para a política de Educação. O que incomoda no plano é que, a participação das prefeituras, dos Estados e da União na Educação brasileira não está clara, dificultando a responsabilização dos gestores e a conquista de melhores resultados de aprendizagem. Responsabilização de gestores Os especialistas que discutiram o assunto, alegam que não pode faltar no plano as ferramentas para responsabilizar os gestores pela qualidade do ensino e pelo desenvolvimento das políticas públicas do setor. Se espera encontrar no texto, dispositivos que obriguem as unidades da federação e os municípios a criarem ou adequarem seus planos de Educação. Ainda hoje, após uma década da vigência do atual PNE, há muitos municípios que não elaboraram seus planos – segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2009,

44% das cidades ficaram sem planejamento educacional. Uma forma de punir estados e municípios que não adaptarem os planos seria interromper o repasse de transferências voluntárias da União, no entanto, os mecanismos de responsabilização dos gestores devem ser precisos para não penalizarem ainda mais a população. De certa forma, o que não deveria acontecer é a falta de participação e envolvimento da comunidade local no debate dos planos de Educação nas cidades. Diversidades e financiamentos Nova mudança nos investimento para a Educação estão previstos no PNE. O novo plano deverá fixar uma proporção do Produto Interno Bruto (PIB) a ser investida na Educação. No entanto conforme especialistas, a medida é insuficiente para garantir uma Educação de qualidade para todos. O novo PNE também deve contemplar metas que tratem do enfrentamento da diversidade na sala de aula, principalmente da questão racial. Alegam que uma forma de tratar a questão seria implementando, de fato, a lei que obriga o ensino da cultura e da história afrobrasileira.

Diretor Responsável: Isaías A . dos Santos Jornalista: Pedro Marcelo Colaboradores: Clayton Cassiano Projeto Gráfico: José Carlos Manoel da Silva www.grupocenario.com.br email: redacao@grupocenario.com.br Redação: 4674 - 2593

Tiragem: 5000 Impresso na Gráfica do Diário Circulação: Ferraz de Vsconcelos e Poá

P2

Tendências e Debates Djalma Marques de Messias sim.nospodemos@hotmail.com

Uma boa (ou má) equipe econômica A palavra equipe, segundo os dicionários da nossa língua, significa “conjunto ou grupo de pessoas aplicadas a uma mesma tarefa ou trabalho” Gerenciar uma equipe de trabalho depende de uma enorme capacidade de coordenação de tarefas realizadas por varias pessoas em diferentes lugares. Nesse momento o país está em ebulição. Dilma Rousseff, nossa nova Presidenta, está compondo sua equipe de trabalho. Uma das coordenadoras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) na Casa Civil quando Dilma Rousseff era a ministra-chefe da pasta, Miriam Belchior foi apresentada como a próxima titular do Ministério do Planejamento. Na sua apresentação, Miriam reforçou a necessidade de avanço na gestão publica dos recursos. “A futura ministra afirmou que iria assumir, tendo como foco, maior esforço no planejamento das ações de governo, e em uma melhora dos gastos e da gestão pública”. Sua responsabilidade maior será em manter o ciclo virtuoso do governo Lula na área social. Em qualquer situação de gestão publica, em qualquer esfera, sempre é bom lembrar que um melhor planejamento das ações permite um gerenciamento mais competente da atuação na busca de um objetivo, no caso do governo federal, de um crescimento que reduza ainda mais as desigualdades do país. O ministro Guido Mantega já havia afirmado que o governo Dilma Rousseff buscará fazer um corte de gastos, mas sem prejuízo de investimentos e que tudo já está sendo negociado com os ministros de outras pastas. Bem, reduzir gastos e manter investimentos é declarar publicamente que se “gastava” mais do que o necessário. Isso é preocupante. Com as definições desses últimos dias, Dilma Rousseff oficializou o núcleo da equipe econômica do governo. Com a confirmação de Guido Mantega, na Fazenda, Miriam Belchior, no Planejamento, e Alexandre Tombini, na presidência do Banco Central (indicação que terá de ser aprovada pelo Senado Federal). Desse modo, já temos praticamente definido o novo Conselho Monetário Nacional (CMN), que é

formado pelo justamente pelos três indicados, sob a presidência do ministro da Fazenda e secretariado pelo presidente do Banco Central. Lembro que cabe ao CMN estabelecer as diretrizes gerais das políticas monetária, cambial e de crédito. É este conselho que define as metas de inflação, base da política monetária, cuja ação, no regime de câmbio flutuante adotado no Brasil, impacta diretamente o câmbio, bem como, numa outra direção, o volume e a velocidade de expansão do crédito. Desde 2004, o presidente do Banco Central ganhou status de ministro de Estado, respondendo diretamente ao Presidente da Republica. O presidente do BC preside uma autarquia que, mesmo vinculada ao Ministério da Fazenda, a ele não se subordina. É tudo junto e misturado. A autonomia do BC não é formal, mas também não é exatamente informal. Retirá-la, (presume-se), exigiria mais do que uma simples decisão verbal do presidente da República, diferentemente do que alguns imaginam. No mercado, existem controvérsias sobre o grau de efetividade desse poder, mas não há dúvida de que a independência implicaria numa necessária maior transparência nas ações da instituição. O economista Alexandre Tombini, em sua primeira entrevista coletiva, como presidente indicado do BC, reafirmou ter recebido da presidente eleita garantia de “autonomia operacional total”, na condução do Banco Central. Não poderia ser diferente. Os primeiros discursos dos indicados, marcam um compromisso com a austeridade fiscal. De acordo com Guido Mantega, 2011 não será ano para aumento de gastos e sim de aumento da poupança pública. Parece que, retoricamente, o governo pretende usar a política fiscal para equilibrar o ritmo da demanda na economia à capacidade de se ofertar bens e serviços, de forma a dar espaço para se reduzir os juros no longo prazo. Djalma Marques de Messias Economista Vice-Presidente da ONG “SIM, NÓS PODEMOS”

Associação Amigos do Bairro do Jardim São João EDITAL DE CONVOCAÇÃO A Presidente da ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO BAIRRO DO JARDIM SÃO JOÃO, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, e em conformidade com seus estatutos sociais, vem expressamente convocar os seus associados para a Assembléia Geral Extraordinária, a ser realizada no dia 11 de Dezembro, às 14 horas, na sede da entidade, onde será tratado o seguinte assunto: Eleição da nova Diretoria e Conselho Fiscal. Ferraz de Vasconcelos, 25 de Novembro de 2010. Linda Maura Marques de Almeida Presidente

Chupa

essa

Manga

JURAST GUMP: O Contador de históras Não sei se era pra rir, ou para chorar, a história que um certo vereador contou no lançamento do JUSA. O conto retratava a agonia de um pai que em seu leito de morte, sugeriu ao seu filho que se matass enforcado. A sorte do rapaz foi, que pelo fato de estar acima do peso o pau que sustentava a forca cedeu. É brincadeirinha Na verdade não foi bem assim. A parábola contada é das piores. Na verdade o pai queria era motivar o filho a não desperdiçar uma segunda chance de ter uma vida digna. Tá vendo ai vereador, não sou tão mal assim. Estou até pensando contratar você para escrever na coluna de parábloas aqui do Cénario. A coluna vai se chamar: Não deu pra ser deputado. Agora eu conto história. Na ponta da espada.

O sinal amarelo está aceso, na prefeitura. Quem não se movimentar e começar mostrar serviço tem tudo para perder a cabeça. Vários rumores de que o Dr Jorge vai mandar secretários pra “conxinchina” estiveram nos jornais de toda região, nesta semana. Só sei de uma coisa... Se não tem folego para andar com Abissamra! É melhor parar e sair da frente. Descobri Já sei o nome completo do novo presidente da camara de Ferraz. Fábio Willians Faria de Vallet Khouri. Proposta recusada Ismael Obaminha recebeu na tarde de quinta feira passada, a proposta de um partido politico - antigo da cidade para que ele abandonasse seu atual partido o (PSB) e se filiasse em seu partido. Perguntado o motivo deste convite, a pessoa disse que Obaminha seria convidado para ser vice-prefeito em sua chapa em 2012. Adivinha a resposta de Ismael.


P

ACONTECE

Instalação de usina de lixo irá gerar mais de 400 novos empregos Edital de licitação será publicado em 30 de novembro, e a empresa que vencer deverá investir aproximadamente 220 milhões. Pedro Marcello de Suzano

A cidade de Ferraz de Vasconcelos, terá uma usina de lixo com a mais moderna tecnologia em reciclagem, destinação final de resíduos e recuperação de áreas degradadas com a instalação de aterros na região do Alto Tiete. Essa foi a boa notícia dada pelo presidente da Associação dos Municípios do Alto Tiete – a AMAT, prefeito de Ferraz Jorge Abissamra (PSB), um dia após reassumir seu lugar como chefe do executivo municipal, durante entrevista coletiva, concedida na última quarta-feira, na sede da entidade na cidade de Suzano. Ao fazer um balanço de sua viagem pela Ásia e Europa, ele relatou as visitas feitas em instalações de usinagem na Coréia do Sul e em Palma de Maiorca, na Espanha. O secretário executivo da AMAT, senhor Pedro Campos e representantes do Centro de Estudos sobre Destinação de Resíduos da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a UFRJ, estavam na comitiva e acompanharam Abissamra, dando o suporte técnico para as avaliações que foram feitas nas instalações e nos equipamentos utilizados em todo o processo. Segundo Abissamra, “esse roteiro fechou uma série de estudos, audiências e viagens internacionais, para conhecer experiências de sucesso nesta área. Foi um coroa-

Na Coréia, o prefeito Dr. Jorge houve explicação dos técnicos

mento do trabalho de quase dois anos da comissão de prefeitos do Alto Tiete, constituída no âmbito da AMAT, para buscar soluções para a questão do lixo na nossa região.” Dr. Jorge, já havia visitado instalações na Itália e em Portugal em agosto de 2009, durante as primeiras atividades desta Comissão de Prefeitos do Alto Tiete. Como resultado daquelas viagens, foram feitos estudos técnicos mais aprofundados que serviram como base para a ela-

boração de um modelo próprio viável para a instalação de uma usina de reciclagem de lixo para as cidades do Alto Tiete. A tecnologia de usinagem utilizada pelos coreanos é recomendada pelo Núcleo de Estudos da Universidade Federal do Rio de Janeiro – a UFRJ, e segundo o prefeito Dr. Jorge “é a mais moderna, organizada e eficiente forma de tratar o lixo já depositado nos aterros. Fiquei impressionado”A empresa corea-

na Forcebel criou uma máquina que faz a “mineração do lixo”. Pelo que explicou Abissamra, com tal tecnologia seria possível recuperar as áreas da região que foram degradadas, destinando o que resultou da mineração para reciclagem e/ou reutilização industrial. Questionado sobre os motivos para a escolha da tecnologia coreana, o socialista afirmou que a utilização deste equipamento coreano vai garantir um ciclo de

Projeto Juventude sabida

JUSA: uma nova filosofia administrativa Agência Ferraz Notícias

Num evento, realizado na tarde da última quinta-feira no Parque Municipal Nosso Recanto, foi lançado o Projeto Juventude Sabida (JUSA). O objetivo é envolver adolescentes de 14 a 18 anos, com histórico de vulnerabilidade social, para criar um “esquadrão verde”, com o objetivo de promover a cultura da sustentabilidade e da preservação ambiental junto à população. A motivação dos primeiros selecionados ficou evidente durante a cerimônia. Cerca de 500 pessoas, na sua maioria pais, parentes e amigos dos adolescentes do projeto acompanharam o lançamento. Marconi Silva é um dos coordenadores do projeto. Segundo ele, os integrantes do projeto receberão bolsa-auxílio

de R$ 100,00 mensais e poderão escolher um curso profissionalizante que será oferecido gratuitamente. Durante seu discurso no lançamento do projeto, o prefeito Dr. Jorge afirmou que na próxima semana enviará a Câmara uma emenda ao projeto que criou o JUSA, ampliando para de seis para nove meses a permanência no projeto, reduzindo de 15 para 14 anos a idade mínima dos adolescentes e o valor da bolsa-auxílio de R$ 100 para R$ 200,00 reais mensais. “Vamos fazer um esforço adicional para que projeto seja um sucesso.”, afirmou Abissamra. Já para a coordenadora da Promoção Social Elisabete Bento, “os benefícios mais importantes que estes jovens terão são o exercício

da cidadania, a orientação sócio-educativa e cultural que receberão durante sua passagem pelo projeto. E a magnífica oportunidade de ao final dele, poderem quem sabe conquistar seu espaço no mercado de trabalho, dando uma nova perspectiva não só para eles, mas também para suas famílias. Uma nova filosofia de trabalho O JUSA marcou também, a inauguração de uma nova filosofia administrativa no governo de Ferraz, segundo o prefeito Dr. Jorge. “Depois de 6 anos todo governo fica cansado, por isso vamos revigorar as forças. De agora em diante, temos um protocolo que deverá ser seguido por todas as secretarias, determinando que os

conceitos de sustentabilidade, preservação e consciência ambiental estejam presentes nas atividades das pastas”, disse Abissamra.Pelo que apurou a reportagem do Jornal Cenário, foi a expressiva votação de Marina Silva (PV) em Ferraz de Vasconcelos (24,40% dos votos válidos), bem acima da sua média nacional de 19,33 % dos votos, que motivou Abissamra, à implementação dessa filosofia. Ainda segundo, nossa reportagem, uma reforma administrativa baseada neste novo conceito não está descartada. Incluindo a extinção de secretárias e possível troca de secretários. Porém, o prefeito estaria empenhado em fazer as alterações mantendo o princípio da união da equipe que deu norte ao seu governo.

sustentabilidade ambiental para uma nova e inédita cadeia econômica, gerada apartir do reuso total do lixo.A decisão de instalar esta usina de reciclagem em Ferraz, teve como parâmetros alguns princípios, que para Abissamra são fundamentais para o futuro da cidade e da região. São eles: 1º) O respeito integral à legislação ambiental brasileira, estabelecida pelo Ministério do Meio Ambiente, pela Secretaria Estadual de Verde e do Meio

Ambiente e pela CETESB, que é a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo; 2º) redução de até 30 % (por cento) do custo das prefeituras com o lixo; 3º) a geração de emprego na cidade com a inclusão de catadores, organizados em cooperativas de coleta e, finalmente o compromisso de atender somente as cidades do Alto Tiete.A prefeitura de Ferraz realizou estudos buscando uma área adequada para que pudesse acolher a instalação da usina. Tal área foi declarada como de interesse público. Esse é o primeiro passo para a usina seja uma realidade, num prazo de até 2 anos. Inicialmente, deverão ser criados cerca 400 novos empregos diretos. Devido as obras necessárias para a adequação da area em que será instalada a usina, o prefeito disse acreditar que o número de empregos deverá ser maior ainda.Segundo Abissamra, cerca de dez empresas já estão em contato com o poder público municipal interessadas na publicação do edital de licitação do projeto. “Esta é a prova da viabilidade de um empreendimento como este. O Brasil vive literalmente na pré-história quando o assunto é o tratamento do lixo. Tenho certeza que Ferraz e o Alto Tiete estão saindo na frente ao conquistar sua usina de reciclagem do lixo”. Ao final da coletiva, foi anunciado o lançamento do edital para o dia 30 de novembro.


PP

ACONTECE

Com Maracatu Ferraz agora conta com um restaurante-conceito Esse tipo de restaurante é próprio das grandes cidades do mundo, uma realidade nas principais metrópoles brasileiras e a agora chega na cidade. Pedro Marcello

Foto Arquivo

de Ferraz

O Restaurante Maracatu, fica localizado na Rua Lourdes de Andrade, 50 - Sítio paredão, e é fruto da sociedade entre os empresários Caio Augusto de Santana e Clenilson Lima Dias, o “Queque”.  A idéia foi oferecer um serviço de qualidade que vai desde a escolha dos fornecedores até a decoração do ambiente, passando pelo compromisso de oferecer a melhor refeição com o melhor serviço da cidade.   Segundo eles,  “o Maracatu, conseguiu ter tudo isso no ambiente mais agradável de Ferraz e ainda ter preços acessíveis. A equipe foi montada com o objetivo de prestar um serviço eficiente,  com qualidade para dar ao cliente que passar pelo Maracatu, o sentimento de ter vivido aqui mais que bons momentos: uma experiência de lazer diferenciada.”   Um ambiente exclusivo  As curiosidades do novo ponto de encontro da cidade começam pelo nome. A palavra maracatu, significa a dança de origem africana, na qual se executam passos e sapateados, ao som de instrumentos rústicos de som. A palavra é também usada para a música brasileira inspirada nessa dança. Tanto a dança quanto a música são muito populares no norte-nordeste

o almoço. No sábado, a tradicional feijoada e aos domingos, o serviço é “à la carte”, ou seja (todas as opções do cardápio), sempre após as 11:30.    Bom momento para novos negócios

Fachada do novo restaurante Maracatu espaço e conforto para os clientes

A ambientação do local mistura simplicidade com integração do mobiliário, dos utensílios e das pessoas.

do Brasil.   O Maracatu se popularizou com o surgimento do Movimento Cultural Mangue Beat – ou Maracatu Atômico, criado músico pelo Chico Science, morto em 1997 num acidente de automóvel. Ele misturou elementos tradicionais da cultura nordestina, consciência ecológica e música eletrônica.   Foi seguindo uma fórmula

parecida que nasceu o conceito do Restaurante Maracatu. As instalações são de madeira de origem sócio-ambiental comprovada. A ambientação do local mistura simplicidade com integração do mobiliário, dos utensílios e das pessoas.   O destaque na decoração são as fotos históricas de Ferraz Vasconcelos. Como por exm-

plo, a primeira escola da cidade, entre outras curiosidades.   A programação musical da casa, inclui sertanejo, pop, rock e MPB, com música ao vivo todas as sextas e sábados a partir das 20 horas.   O funcionamento do restaurante é de terça à domingo, a partir das 18 horas. Aos sábados e domingos a casa abre também para o serviço durante

Quequê, é filho da cidade. Tem 30 anos e é administrador. Construiu carreira profissional no ramo de importação e agora quer investir na sua cidade e no povo que aqui mora.   Para ele, “Ferraz é terra de gente batalhadora e simples. Um povo com vontade de vencer e que precisa de oportunidades. A cidade vive um bom momento para novos negócios. Por exemplo, o Restaurante Maracatu está localizado num complexo de serviços de entretenimento, onde hoje já temos uma Quadra Esportiva para Locação, com grama sintética importada dos Estados Unidos e com iluminação noturna”.  Segundo analisou o empresário, “as pessoas de Ferraz e da nossa região, estão cada vez mais exigentes, seja na hora do lazer e do futebol. Seja na hora do jantar com a família, os amigos ou com alguém especial. Nossa meta é atender essas exigências”.      Reservas e Informações sobre a locação da Quadra Esportiva poderão ser feitas pelo telefone (11) 4674-4949.   

Comércio

Roletta Calçados uma marca forte em Ferraz Djalma M Messias

de Ferraz de Vasconcelos

Tendo em vista o crescimento econômico, novas empresas estão se fixando em nossa cidade. E sem sombra de dúvida, o varejo está em festa. Não só pela proximidade do Natal e Ano Novo, mas pela presença bem vinda de mais uma loja da Roletta Calçados.No dia 19, foi inaugurado mais uma loja da Roletta Calçados na cidade. Com essa são 11 unidades na região do Alto Tietê. Os sócios, Jurandir e Jair não economizaram esforços na apresentação da loja para a população.Quase cinco mil pessoas marcaram presença na festa. Foram horas de lazer e brincadeiras, com a utilização de cama elástica para as crianças, e muita diversão com os palhaços Tatá e Tantan para as pessoas presentes. A localização é excelente. A nova loja fica na Praça da Independência, 26, próxima a estação e de fácil acesso. Aceita todos os cartões de débito e crédito, além

de facilitar o pagamento em até 6 vezes sem juros. A novidade é que a loja da Roletta Calçados vai atender a população de segunda a segunda. Isso agrega mais facilidade para as pessoas que não possuem tempo durante a semana, ou precisam de mais tempo para tomar decisões. O serviço de atendimento ao cliente opera pelo telefone 4674.1397. Já faz alguns anos que a Ro-

Cerca de cinco mil pessoas marcaram presença na festa. letta Calçados vem investindo em novas lojas nos municípios do Alto Tietê. Sua estratégia de aumentar seu público na região vem ao encontro dos objetivos lançados pelo poder público, que pretende transformar a cidade num dos lugares mais apropriados para se viver. O investimento

em nova loja é de grande importância à medida que gera mais movimento no varejo, contribuindo para que os recursos da população sejam utilizados aqui mesmo na cidade. As lojas da Roletta Calçados possuem uma infinidade de produtos de excelente qualidade e que, provavelmente irá atender a necessidade de sua clientela. A rede de lojas gera cerca de 200 empregos diretos e dezenas de empregos indiretos. A festa de inauguração foi um exemplo de criatividade e inovação no varejo de Ferraz de Vasconcelos, que embalada por novas expectativas econômicas, está motivando muitos empresários a projetarem suas marcas no município, marcando o início de um período de prosperidade e desenvolvimento. Parabéns aos sócios Jurandir e Jair, que desde já se prontificaram a atenderem a população no que ela mais precisa: produtos de ótima qualidade e atendimento de excelência.

Fotos divulgação

População animada participou da festa de inauguração


P

ACONTECE

Vila São Paulo garante conquistas na reunião do governo participativo Através do governo participativo bairro consegue R$ 800 mil em novos investimentos, além da solução imediata de diversas questões. Agência Ferraz Notícias

Se o objetivo da Prefeitura ao criar o Governo Participativo era ouvir o que a população tinha a dizer, tentando identificar os gargalos da administração em cada localidade e estabelecer de forma coletiva as prioridades do bairro, a primeira reunião realizada no último sábado (dia 20), na Vila São Paulo foi um sucesso.Durante a reunião ficou nítido que o governo municipal entrou numa nova etapa. Nessa nova fase, vimos durante a reunião um poder público, (ali representado pelo prefeito Dr. Jorge e seu vice-prefeito Flávio Batista – o Inha, pelos secretários e os vereadores presentes) preocupado e disposto a envolver população e sociedade organizada na formulação das políticas públicas e na escolha das prioridades para o bairro. A reportagem percebeu também que os moradores da Vila São Paulo foram preparados para debater com governo, num confronto respeitoso os presentes tiveram liberdade para expor os problemas aos secretários de

cada pasta, inclusive indicando ao prefeito as falhas do serviço publico municipal, onde elas realmente existem. Para a coordenação do projeto, esse era o objetivo.Segundo Marcelo Dearo, um dos coordenadores das reuniões do Governo Participativo “essas reuniões permitem ao prefeito identificar vários problemas que são naturais no dia a dia de uma cidade em crescimento como Ferraz. Permitindo à ele cobrar explicações e soluções de cada secretário, ali na hora.”Na Vila São Paulo, os moradores apontaram como prioridades uma base de segurança da GCM, em conjunto com a PM e uma quadra esportiva. Para Waldemir Correa, também coordenador do GP, “serão cerca R$ 800 mil reais em novos investimentos para a Vila São Paulo. É uma conquista dos moradores que compareceram em peso e discutiram com o prefeito de forma respeitosa, mas consciente”.A próxima reunião do Governo participativo será no Parque São Francisco, e está agendada no próximo dia 04 de dezembro.

Moradores aprovam as prioridades durante a reunião do governo participativo

Educação

Prefeitura adquiri 3 ônibus para transporte escolar Aline Pagliarini

de Ferraz de Vasconcelos

O prefeito Dr. Jorge Abissamra voltou dos seus 15 dias de licença, da sua viagem feita à Coréia na busca do projeto de usinas de lixo para cidade. E logo em seu retorno, a prefeitura juntamente com a secretaria de Educação adquiriu 3 ônibus que serão utilizados no transporte dos alunos das escolas municipais de Ferraz de Vasconcelos, levando e buscando as crianças no período de aula. Um deles vai fazer o trajeto da escola Luciano Poletti. Os ônibus vão substituir os veículos de empresa privada que faz o trajeto. Cada um custou 288 mil reais, foi um recurso próprio da prefeitura. Eles são da Mercedes-Benz, comportam 40 crianças, são super confortáveis e os motoristas todos profissionais, deste modo garantindo o transporte adequado para os alunos da rede municipal. Esses ônibus vieram em um pacote de veículos que a prefeitura adquiriu.

São mais 2 caminhonetes adaptadas para a troca de lâmpadas e semáforos da cidade, 3 peruas, 6 gols e 2 pólos que serão utilizados pelas secretarias. Nas horas vagas a prefeitura utilizará esses ônibus para e realizar passeios culturais e educacionais: zoológicos, teatros, parques, eventos e valorização do meio ambiente, também transportaram os professores em capacitações. Deste modo enriquecendo o desenvolvimento escolar dos alunos e trazendo

Também agradeço o belíssimo trabalho que o prefeito Flávio Batista, o “Inha”, realizou em minha ausência, um preparo melhor para o corpo docente. “A compra desses veículos auxiliará nas atividades extra-

curriculares dos alunos da rede municipal do ensino infantil e fundamental, queremos difundir com projetos pedagógicos, valores culturais para nossas crianças, ajudando no conhecimento e crescimento educacional fora do ambiente escolar”, afirmou Roseli Morilla. “A prefeitura de Ferraz de Vasconcelos investiu 1, 460 milhão na compra desse pacote de veículos, foram recursos municipais vindo dos impostos recolhidos da população ferrazense, assim diminuindo a frota de carros alugados. Em dezembro será zerado os aluguéis das empresas privadas. Esses ônibus são patrimônio próprio para uso de passeios para nossas crianças das escolas municipais. Também agradeço o belíssimo trabalho que o prefeito Flávio Batista, o “Inha”, realizou em minha ausência, a postura de competência e empenho nas aprovações dos andamentos das obras feitas na cidade”, declarou satisfeito o prefeito Dr. Jorge.

O prefeito Dr. Jorge e a secretaria de educação Roseli Morilla vistoriam o veículo


P

ACONTECE

Ferraz anuncia décima edição das olimpíadas escolares

Mais uma vez demonstrando grande apoio ao esporte, a prefeitura celebra o início da 10ª olímpiadas escolares de Ferraz de Vasconcelos Alison Santos

de Ferraz de Vasconcellos

A comissão de esportes junto do prefeito em exercício de Ferraz de Vasconcelos, Flávio Batista, o Inha, realizou durante a tarde da última sexta-feira, 19, no Núcleo de Educação Integral e Formação Pedagógica – o Núcleo Ediforp – o coquetel de inauguração da 10ª edição das Olimpíadas Escolares de 2010. O prefeito teve em sua companhia durante o ensejo, os vereadores Willians do Gás e Nicolas David e, junto deles, também estavam os representantes da Câmara Ítalo-brasileira de Indústria, Comércio e Agricultura. Ferraz de Vasconcelos é uma cidade que sempre apoiou o esporte, e que também sempre o viu como a principal ferramenta da revitalização social. E é esse fato que motivou a criação dos jogos olímpicos entre as escolas municipais ferrazenses. A cidade possui 29 escolas municipais que participarão do torneio e competirão com as também participantes escolas particulares e estaduais. Com um total de aproximadamente 6.000 estudantes-atletas, as disputas somam 19 categorias, entre elas o futsal, handebol, vôlei e basquete. O

Flávio Batista o Inha (PSB) discursa no evento

Futevôlei também estará presente nas olimpíadas, porém, como esporte de exibição e por isso não contará pontos. A classificação das escolas será realizada assim como a dos países nas olimpíadas mundiais. A cada competição de cada categoria, os alunos vitoriosos receberão medalhas de prata, ouro ou bronze. A grande escola vencedora será a que acumular o

maior número de medalhas. As grandes campeãs levarão para a instituição de ensino trofeus simbolizando a vitória nos jogos olímpicos. O período de competição irá do dia 25 de novembro até o dia 04 de dezembro. A abertura oficial ao público será no dia 27 de novembro, no ginásio municipal Marcílio Guerra, no centro de Ferraz.

Mais do que incentivar a prática esportiva, as Olimpíadas Escolares têm o objetivo de integrar escolas e estudantes da rede, neste que, milenarmente, é um dos maiores eventos de lazer, entretenimento e construção de cidadania. Ferraz possui uma série de locais para que os alunos possam treinar e praticar esportes mesmo fora das escolas. Além das

quadras dos bairros – que estão passando por uma grande reforma – a cidade possui o complexo da Vila Olímpica e também o centro de esportes aquáticos do complexo Kothard Kaesemodel Junior. Mesmo a natação não entrando como modalidade de competição nas olimpíadas escolares, é um ótimo esporte para que os alunos melhorem seu condicio-

D’GUI

EM BREVE A MAIOR CASA DE EVENTOS DO ALTO TIETÊ casamentos, aniversários e eventos em geral

namento físico, logo, as piscinas públicas se tornaram um grande espaço para o desenvolvimento dos jovens atletas ferrazenses. O secretário de Esporte e Lazer, José Souza, falou sobre a importância do incentivo à prática dos esportes desde a infância. Por ser um forte instrumento de ação social, todo investimento em infraestrutura e toda a mobilização para a realização de eventos como as Olimpíadas Escolares, tornam-se pontos positivos para a cidade. Pois irão contribuir não só para a formação física dos jovens ferrazenses, mas também para sua formação ideológica e cidadã. “Aqui nós só não temos o ritual da chama olímpica, porém, nós temos a chama do amor ao esporte dentro de nossos corações. O esporte deixou de ser apenas uma prática esportiva. Nos emociona ver nossos jovens e crianças empenhados, compenetrados e com os olhos voltados somente aos estudos e aos esportes. Em um tempo em que a sociedade está cada vez mais perigosa e violenta, é fundamental para uma prefeitura investir nessa poderosa arma social que é o esporte”, declarou Inha.


Luciana Leal Em noite iluminada Luciana recebe amigos para comemorar mais um ano de vida. Parabéns e muito sucesso!

Palhaço Tata, Jairzinho, Jurandir, Ismael palhaço TanTan e Cláudio da Lokos Bills

Geise Arruda eos proprietários da Top Mix

Geise Arruda com seu exemplar do Cenário Notícias

Rute esposa de Jurandir

e Maria Eduarda sua bela filha


26  

JUSA um novo modelo de administração envolvendo adolescentes e sustentabilidade Vila São Paulo A presença dos moradores em reunião foi vital...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you