Page 1

Maio/2012 n• 00

Vida em outra Vida Joaquim Tiago Bill

Do que trata os evangelhos bíblicos? Levar as boas novas, uma boa notícia. Quem não gosta de ouvir uma boa notícia? Principalmente quando é para nos salvar, nos tirar de um mundo de ignorância. Para tanto os evangelhos nos informa, nos ensina e nos mostra algo novo, a salvação e como recebê-la, como fazer parte desta transformação atravéz do novo homem. Como os evangelhos bíblicos faz seu trabalho dentro do que se propõem? Ele nos oferece uma religião? Um ritual?

Uma tradição? Um super-star? Um super-héroi? Uma solução financeira? Uma solução institucional? Um novo código? Uma nova verdade dentro de uma nova filosofia contendo uma nova doutrina? Os evangelhos não propõem uma nova religião, mesmo com tantas e tantos meios de tentativas para se ligar a Deus. A boa notícia reportada em sua maioria pelos díscipulos é uma nova vida na vida de Cristo Jesus para vivermos denovo. Lógico que eu respeito a religião e as religiões, são importantes, principalmente a religião cristã em toda sua tradição de mais de 2 mil anos. Quem sabe existe até uma confusão com essa palavra religião? Mas vou


me ater ao fato de que as boas novas escritas pelos evangelista, por Lucas e os apóstolos incluindo Paulo não esta tratando apenas da vida religiosa, mas da nova vida. Sabemos que isso nos confunde e em muitos casos queremos mais ser religioso do que ter uma nova vida ou em outras palavras um novo estilo de vida. Não que os religiosos vivam apenas de forma errada ou sem a forma de Cristo, mas as formas religiosas podem confundir como no caso dos farizeus zelosos que perseguiram Jesus. Se a religião estiver te confundido e você não sabe como realmente se deve proceder, leia as boas notícias bíblicas para ter uma nova vida no novo nascimento. O que propõe a religião? São tantas as propostas quanto as religiões. Um rito, uma maneira de se alcançar a paz, uma forma de se conhecer, um jeito certo de viver, uma amizade, uma comunidade de fé. Nos dias atuais as propostas giram em torno da cura, saúde, uma forma de se dar bem, de ficar rico. Como a religião pode propor um estilo de vida sem vida? O nosso desejo no momento e sempre foi é de estar ligado a fonte da vida, religar a algo que possa nos da um significado que seja completo e venha aplacar essa crise existêncial. Deus é o Criador da vida de onde nos perdemos. Como faremos para voltar ou como se estabelecerá essa ligação comigo e conosco? Nós tentamos, alias, estamos tentando fazer essa ligação desde quando o homem é homem, é nosso desejo primário. Dentro das boas novas bíblicas até a vinda de Cristo tudo foi apenas sombras, boas

tentativas ligado a obediência, símbolos e processo do que haveria de ser revelado, práticas que apontava para o verdadeiro cordeiro que tira o pecado do mundo, (leia a carta aos Hebreus, principalmente cap. 5-7). A grande boa notícia é que a inicíativa de nos ligar a Deus foi Dele mesmo e atravéz de seu filho Jesus Cristo. A maneira de nos religarmos a Deus agora não é mais por meio de um ritual, ou de práticas principalmente que dependa de nós, é somente atravéz de Cristo, na entrega em obediência de sua vida e nossa religião se resume em ser Nele uma nova vida, o culto agora é a forma de viver segundo o novo nascimento. Esta é uma boa notícia! Ele veio até nós e esta nos dando agora um novo e vivo caminho que nos levará novamente a Deus. A boa nova não para por ai, depois da primeira vinda de Cristo e sua ressureição o Pai nos enviou o Consolador e Ele esta formando um corpo onde um vai se ligar ao outro por meio do amor para poderem se ajudar multuamente com dons e serviços, edificando a todos, vencendo os desafios enfrentando o sistema perveço deste mundo. Do que se trata ser cristão se não é ser o que Cristo é? O ser se dará “numa sadia renovação em tudo quanto faz e pensa” e assim nossos corpos será “um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus” vivendo com alegria experimentando “a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (baseado em Rm 12.1,2) O ladrão vem apenas para furtar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente. João 10:10


alerta!

Encontro de oração toda quarta às 19h30

João Alexandre

sexta, 11 de maio, 20h30 Teatro Centro Cultural Usiminas Inteira - R$ 30,00 VII Festival de Hard Core de Ipatinga sábado, 19 e domingo, 20 - sempre às 15h - Garajão, Centro/Ipatinga - R$ 10,00 cada dia dia 19 apresentações: Halé (RJ), Ritual Dub (RJ), Cervical (Macaé), Expurgo (BH), Os Capiau (Ipatinga) dia 20 apresentações: xPosturax (Itabira), Hasta Cuando (Ipatinga), The Imperial Betrayer (Ipatinga), Eternal Hope (Ipatinga)

aniversÁriantes de maio aniversáriantes Sr. Joaquim (pai) Weiden Dyerley

dia 01 10 22

contato 8820 8424 8827 7812 ...

obs. Caso seu nome não esteja na lista favor nos contactar, 8879 6104.


“(...) aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus.” (Efésios 5:16 NVI) Agenda fixa Domingo

9h

Caféconzirmãos

Domingo

19h

Intercessão

Domingo

19h30

Celebração

Terça

19h30

Encontro em Fabriciano

Quarta

19h30

Encontro de Oração

Sábado

19h30

Progamações Especiais

Agenda maio dia

data

horas

Acontecimentos

ter

1

-

feriado

qua

2

19h30

Encontro de Oração

sáb

5

-

aberto

dom

6

9h

Caféconzirmãos

dom

6

19h30

Celebração com a Ceia memorial de Cristo

ter

8

19h30

Encontro em Fabriciano

qua

9

19h30

Encontro de Oração

sáb

12

19h30

Encontro no lar, a volta.

dom

13

19h30

Celebração especial A Família de Jesus

ter

15

19h30

Encontro em Fabriciano

qua

16

19h30

Encontro de Oração

sáb

19

-

aberto

dom

20

9h

Caféconzirmãos

dom

20

19h30

Celebração especial Homenagem as mães

ter

22

19h30

Encontro em Fabriciano

qua

23

19h30

Encontro de Oração

sáb

26

-

aberto

dom

27

9h

caféconzirmãos

dom

27

19h30

Celebração especial A Família de Jesus

Obs. Toda última sexta, vigília de oração, a do mês de maio será tranferida para o dia 1 de junho, sexta às 22h.

“O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.” Martin Luther King

“A missão integral da Igreja não é uma corrente teológica contemporânea, mas a explicação da missão, conforme o exemplo e o ensino de Jesus Cristo.”

Robinson Cavalcanti - Ultimato, março-abril 2012, em seu último artigo.

facebook.com/GritodeAlerta g gritoalertacomu@gmail.com


informativo  

Acompanhe nosso informativo mensal.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you