Page 1


A família Océ Arizona é a impressora UV plana mais vendida no mundo!

Arizona 6170 XTS

A linha de impressoras Océ Arizona UV, possui velocidade de até 155m²/h; Dispõe de configurações de mesa com dimensões de 1,25m x 2,50m e 2,50 x 3,05m; Possibilidade de impressão contínua (Dual Mode) e módulo opcional rolo a rolo; Qualidade de imagem e velocidade de Express à FineArt com uma grande variedade de aplicações em mídias rígidas e flexíveis.


A família Arizona incorpora uma gama de tecnologias inovadoras a fim de fornecer de forma confiável, ótima qualidade de impressão, excelente produtividade, flexibilidade inteligente e gestão versátil de suportes.

Sistema de vácuo de fluxo elevado.

Modos de impressão que podem utilizar canais adicionais de branco e verniz.

Flexibilidade para uma ampla gama de suportes e aplicações.


Sumário

Especial Softwares III

Desmistificando Softwares Em um universo tecnológico desenvolvido para o melhor desempenho da sua empresa, você precisa conhecer a fundo e decidir qual a solução ideal.

06

editorial e EXPEDIENTE

16

HISTÓRIA DE SUCESSO

08

suas impressões

A REPET de Mossoró nos conta sua trajetória para o reconhecimento na Comunicação Visual

10

38

GF PROFISSIONAL

A agenda de cursos da GF Profissional e os detalhes das últimas turmas formadas

14

KACYUMARA Uma das principais marcas nacionais do segmento cama, mesa e decoração, apresenta sua coleção na Abup Têxtil.

COLUNA ALESSANDRA ASSAD

Não sabe o que fazer com a desmotivação de sua equipe? A coluna da Alessandra Assad traz a solução

40

COLUNA CHRISTIAN BARBOSA

O e-mail é uma ferramenta muito importante da comunicação profissional, mas você qual a melhor forma de usar?

20 42

AKAD

Impressora Têxtil Novajet será o destaque do estande da Akad na FEBRATEX

44

SANSUY

Sanlux FIT é a novidade em lonas para Comunicação Visual

48

SPG PRINTS

Máquina Javelin será apresentada às Américas na FEBRATEX

50

ALPHAPRINT

Com renovação de parceria a empresa garante presença na ExpoPrint Digital 2017


UMA INOVAÇÃO REVOLUCIONÁRIA NA IMPRESSÃO EM TECIDO

EFI VUTEk FabriVu

Isso muda tudo. Conquiste o lucrativo mundo da comunicação visual em tecido com a tecnologia líder mundial em produtos têxteis de alta qualidade. A série de impressoras digitais têxteis EFITM VUTEk® FabriVU oferece imagens de alta qualidade com resolução de até 2400 dpi. Até 500m2 por hora. E até 95% de recirculação de tinta, para uma impressão mais ecológica e com baixo TCO. Saiba mais em efi.com

DEIXE-NOS IMPULSIONAR SEU SUCESSO

©2016 Electronics For Imaging, Inc. All rights reserved.


EDITORIAL Expediente Agosto 2016 | Ano 10 – nº 116

Editora/Diretora Luciana Cristina Andrade editora@grandesformatos.com REDAÇÃO/EDIÇÃO Gabriel Krambeck

Luciana Andrade Editora editora@grandesformatos.com

Atendimento ao leitor +55 (41) 3023-4979 Atendimento e Cursos capacitacao@grandesformatos.com

Queridos leitores Ensinamos nossos filhos a planejar sempre o amanhã, pensar somente no futuro. Se sobrar algum tempo na jornada intensa rumo ao futuro, eles podem se desdobrar para aproveitar algum lazer, mesmo que represente um perigo para este planejamento. E nós? Que já “chegamos” ao futuro e já vivemos nele hoje? Que vivemos intensamente após todos estes anos de busca árdua? Posso contar nos dedos de uma mão as pessoas próximas a mim que aproveitam seu “hoje”, sem planejar demais o amanhã. E eu confesso que também não me incluo nelas, que espero aquele tão promissor “ainda”! Vamos esperar até quando para praticar aquele esporte que sempre admiramos ou aquela viagem que sempre dizemos não ter tempo ou dinheiro? Até quando vamos continuar prorrogando? Enchemos nossas empresas de bons colaboradores, bons equipamentos, mais e mais dividas e menos tempo para programar qualquer coisa que seja fora do trabalho. Qual o preço? Nosso tempo. Bem mais precioso que nunca volta. A GF em todas suas inciativas é uma grande conquista pessoal. Você, leitor amado, lendo este editorial é o bem mais precioso, pois é o que o dinheiro não compra. Assim, me sinto verdadeiramente realizada profissionalmente. Mas, e o restante da realização? Por isto quero deixar um motivo para se lembrar desta conversa após sua intensa rotina: qual seu propósito? Onde quer chegar? Pense com seu CPF mesmo e não o CNPJ! Você sabe? Se não, comece a pensar antes que a vida tome as decisões por você. Grande beijo,

Anúncios atendimento@grandesformatos.com comercial@grandesformatos.com Editorial faleconosco@grandesformatos.com Administrativo/Financeiro financeiro@grandesformatos.com Criação criacao@grandesformatos.com Projeto e desenvolvimento gráfico Malorgio Studio welcome@malorgiostudio.com

A Revista GF é publicada 11 vezes ao ano pela GF Editoração Ltda

agosto de 2016 GF Editoração LTDA

Todos os direitos reservados . A reprodução total ou parcial deste material é permitida mediante autorização prévia expressa pela GF Editoração Ltda e desde que tenha citada a fonte. O conteúdo dos artigos é de responsabilidade dos autores, não expressando necessariamente a opinião da revista. Os informes técnicos são de caráter informativo, não são comercializados e a revista é imparcial, não prevalecendo nenhum fabricante em detrimento de outro. Os anúncios são de total responsabilidade dos anunciantes.

Visite nosso portal www.grandesformatos.com

6

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F


Linhas Linhas Linhas com com com qualidade qualidade qualidade e eótimo eótimo ótimo custo! custo! custo!

NaNaNa Antalis Antalis Antalis você você você encontra encontra encontra materiais materiais materiais para para para COMINICAÇÃO COMINICAÇÃO COMINICAÇÃO VISUAL VISUAL VISUAL

Uma Uma Uma linha linha linha completa completa completa dedemídias de mídias mídias digitais digitais digitais para para para impressão impressão impressão dedede grandes grandes grandes formatos, formatos, formatos, para para para uso usouso interno interno interno e externo. e externo. e externo. Encontre Encontre Encontre Lonas, Lonas, Lonas, Vinís, Vinís, Vinís, Backlit, Backlit, Backlit, Canvas Canvas Canvas e Papéis e Papéis e Papéis com com com qualidade qualidade qualidade fotográfica. fotográfica. fotográfica.

C OC MO UM C NO IUCN MAIU Ç CN Ã AIO Ç CÃA VO Ç I SÃ VUO IA SV LUIASLU A L

A linha A linha A linha Armstrong Armstrong Armstrong conta conta conta com com com uma uma uma variedade variedade variedade dedeprodutos de produtos produtos para para para seus seus seus projetos, projetos, projetos, materiais materiais materiais rígidos rígidos rígidos e flexíveis: e flexíveis: e flexíveis: Foam Foam Foam Board, Board, Board, PVC PVC PVC Expandido, Expandido, Expandido, Lonas, Lonas, Lonas, Vinís. Vinís. Vinís. Conheça Conheça Conheça também também também asasopções as opções opções dedede displays: displays: displays: X Banner X Banner X Banner e Roll e Roll e Roll Up.Up.Up.

Insumos Insumos Insumos Gráficos Gráficos Gráficos

Papéis Papéis Papéis Gráficos Gráficos Gráficos

Comunicação Comunicação Comunicação VisualVisual e Tintas Visual e Tintas e Tintas

Equipamentos Equipamentos Equipamentos

Embalagens Embalagens Embalagens

(11) Tel.: (11) 4617 (11) 4617 4617 - 8600 - 8600 - 8600 www.antalis.com.br www.antalis.com.br www.antalis.com.brTel.:Tel.: instagram.com/antalisbrasil instagram.com/antalisbrasil facebook.com/antalisbrasil facebook.com/antalisbrasil facebook.com/antalisbrasil instagram.com/antalisbrasil


SUAS IMPRESSÕES

Comentários “Sou leitor da GF+ há mais de um ano e nesse tempo muitas capas me interessaram, a minha capa preferida foi da edição especial de impressão em tecidos (Abril 2016). A revista me ajuda sempre em decisões muito importantes, como na escolha de uma nova máquina e nas formas de entrar em uma nova área de atuação, como é o caso da impressão UV. Vale muito a pena ler e acompanhar as reportagens da Grandes Formatos.”

Marco Antônio Silva, da empresa Art Viva — Patos-PB

* Em razão do espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados

8

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F


GF nas Redes Siga a

Sociais

www.facebook.com/revistagf

@grandesformatos

issuu.com/grandesformatos

www.linkedin.com/company/revista-grandes-formatos

41 9766-1962

Envie suas sugestões, comentários e críticas: E-mail: faleconosco@grandesformatos.com Cartas: GF Editoração Ltda - Revista GF Marechal Deodoro, 2413 - Sobreloja Alto da XV - Curitiba/PR - CEP 80045-235 Telefone: (41) 3023-4979 R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

9


GF Profissional

GF Profissional Gerenciamento Avançado de Cores No dia 02 de Agosto a GF+ recebeu novos alunos, que foram instruídos por Marcelo Chagas. Os alunos vieram de São Paulo e Minas Gerais para Curitiba (PR), na sede da GF+. O curso de Gerenciamento Avançado de Cores ensina quais são os procedimentos e tecnologias necessárias para garantir que as cores sejam consistentes em todo o processo de produção de conteúdo digital, desde a concepção até a publicação final.

Fechamento de Arquivos No dia seguinte, 03 de Agosto, os alunos tiveram aula com o professor Marcelo Copetti. O curso de Fechamento de Arquivos ensina de forma prática todas as soluções para o fechamento de arquivos de uma empresa de Comunicação Visual e impressão, ensinando as melhores formas de escalonar, exportar e usar as principais ferramentas. Esse mês a GF Profissional qualificou alunos das seguintes empresas: Brasil Plotter, Fera Copiadora, Log & Print, Copy City, Sinal Z e Isoflex.

10

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F


Próximas datas de cursos Avançado em Aplicação de Adesivos Instrutor Diomédes Souza 17 de Setembro O curso é prático, onde o aluno aprenderá técnicas para economia de material, finalização e acabamento, recorte, diferenciação de mídias e de superfícies de aplicação. Treina o aluno para a prática avançada de aplicação com películas simples e diferenciadas, o apresentando às principais dificuldades e às melhores soluções. O curso de Aplicação é, atualmente, o mais procurado da GF Profissional.

Técnico em Impressoras Digitais Instrutor Vinícius Timi 20 a 23 de Setembro O curso capacitará os técnicos para receber uma impressora digital em laboratório, ensinará o princípio do funcionamento de impressora digital de alta resolução. Conhece também o funcionamento dos cabeçotes de impressão, faz desmontagem completa do equipamento, aprende a fazer reforma geral da impressora, calibrações físicas e eletrônicas, montagem completa do equipamento, identificando e resolvendo os principais problemas de um equipamento. O aluno também instala e configura o Software RIP.

Os LEDs LightForce chegaram para dar mais luz e poder aos seus trabalhos

C

hegou a marca LightForce, com novos e avançados LEDs de última geração. Mais potentes (1Watt) e brilhantes, vão dar uma nova luz aos seus letreiros e placas. Além disso, são to-

talmente impermeáveis (IP-67), o que significa mais segurança e confiabilidade às instalações. E ainda são muito mais simples e práticos de instalar. Para mais informações, telefone ou nos mande um e-mail.

O poder da luz Fone: 47 3340 0157 | contato@lightforce.com.br

Torne-se nosso revendedor


gf informa

Alphaprint renova parceria e estará na ExpoPrint Digital 2017 Após conseguir excelentes resultados na ExpoPrint Digital 2016, quando celebrou seus 30 anos de história no mercado de impressão, a Alphaprint renovou a parceria e estará também expondo a alta tecnologia de suas representadas na ExpoPrint Digital 2017. O diretor de Planejamento e Marketing da Alphaprint, Hadriano Domingues, destaca o público qualificado como um diferencial da feira: “Apresentamos na ExpoPrint Digital soluções de pré-impressão, como softwares, equipamentos de impressão e suprimentos. O que percebemos é um público muito qualificado, interessado. Fizemos negócios durante a feira. A participação foi excelente e vamos ter um retorno interessante”.

12

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

A Alphaprint é uma empresa que contribui para o desenvolvimento do mercado gráfico brasileiro. Atualmente com cerca de 150 colaboradores, a empresa que atua em diversos segmentos, tais como Editorial, Promocional e Comercial, Cartonagem, Fotografia, Comunicação Visual, VDP & Transpromo, segue agregando soluções ao mercado gráfico; recentemente, passou a contar com soluções para os segmentos de impressão em Tecido e impressão de Rótulos e Etiquetas em seu portfólio. A ExpoPrint Digital 2017 acontece de 15 a 18 de março no Pavilhão Azul do Expo Center Norte, em São Paulo. A maior feira de impressão digital apresenta em quatro

dias toda a evolução deste mercado, com lançamentos em dados variáveis, baixas tiragens, impressão 3D, softwares, soluções em pré-impressão e muito mais. Ela acontece juntamente com a FESPA Brasil, voltada aos mercados de impressão digital têxtil, comunicação visual, sinalização, grandes formatos, impressão de decoração, dentre outros segmentos. Será a primeira oportunidade de ver em funcionamento no país os grandes lançamentos apresentados na drupa 2016. Cadastre-se para visitar a feira em: www. expoprintdigital.com.br/pt/ visitar/cadastro.


gf informa

Kacyumara lança Casa K e Authentic Games na Abup Têxtil 14

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

A Kacyumara, uma das principais marcas nacionais do segmento cama, mesa e decoração, apresenta sua coleção Primavera/Verão, na 2ª edição da Abup Têxtil. A feira direcionada para o mercado de artigos têxteis, acontece entre os dias 23 e 26 de agosto, no Centro de Eventos Pro Magno, em São Paulo/SP, e vai reunir os principais players do segmento. A Kacyumara é uma das âncoras do evento.


Segundo Vanderley Almeida Junior, gerente Comercial e de Marketing da Kacyumara, a expectativa da empresa para essa segunda edição do evento é muito positiva. “Estamos bem otimistas com o resultado do evento, que nos surpreendeu na 1ª edição, e no desempenho da economia no segundo semestre. Por isso, estamos lançando novos projetos, oxigenamos todas as nossas linhas com novas estampas e produtos”, disse. Conheça as principais novidades:

Casa K No evento, a Kacyumara lança sua nova marca, a Casa K, que tem produtos com base em 600 fios, produzido com pima cotton, considerado um dos melhores algodões do mundo. Para Almeida Junior, esse é um dos maiores projetos da empresa. “A Casa K é uma marca exclusiva com posicionamento para as classes A e B, com produtos sofisticados e requintados para os clientes mais exigentes. É um nicho de mercado que não atuávamos e agora, com o Casa K estamos nos posicionando na linha premium, criando um novo conceito. Estamos aumentando nosso mix de produtos”, explicou. A Casa K tem uma coleção completa que inclui jogos de cama, colchas, cobre leitos, mesa e a linha de aromas.

Authentic Games Uma das apostas de negócios da Kacyumara para o segundo semestre é o lançamento da linha de cama e almofadas Authentic Games, voltada para o público infantojuvenil. A coleção tem base 100% algodão e com 3 estampas baseadas nos personagens criados para o Minecraft pelo youtuber, Marco Túlio, considerado um fenômeno multimídia, com livro publicado, gibi e que está fazendo show pelo Brasil, com agenda lotada até o início do ano que vem. Um dos diferenciais da nova linha é a utilização da Tecnologia Illusion, que traz a perspectiva da imagem da vida real para a estamparia da roupa de cama com cores infinitas e na qual a empresa é pioneira no mercado.

“Dentro do nosso mix de produtos o Authentic Games é o maior projeto de todos os lançamentos pela força de mídia que o Túlio tem no canal dele falando para quase 7 milhões de crianças, que é o público alvo do produto. A expectativa é que as vendas sejam maiores do que quando lançamos a linha Pet, há dois anos, que é a estampa de maior sucesso da empresa. A expectativa é alta e voltada principalmente para o Dia das Crianças e Natal”, analisou Almeida

“Nós também estamos oxigenando nossas linhas #partiu, Innovi, Vida Bela e Satinée com 8 lançamentos por coleção”, adiantou Almeida Junior. Além disso, a Kacyumara terá lançamentos nas coleções de mesa, tapetes e almofadas.

Junior, acrescentando que a nova linha traz uma proposta lúdica e inocente. “Acho que o mercado está um pouco carente disso. E a Kacyumara quando pensa em criança sempre pensa nessa linha mais lúdica, de deixar a criança ser criança”.

Coleção Kacyumara Outro destaque da Kacyumara no evento é o relançamento da coleção Sofee, produzida em malha penteada, 100% algodão, com 150 gramas. A linha, composta por jogos de cama, colchas e edredons, é estampada com 7 desenhos entre florais, pets e geométricos, em tons pastéis, com destaque para a Tecnologia Illusion presente na estamparia. R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

15


HISTÓRIA DE SUCESSO

Um sucesso que merece ser repetido

Projeto da REPET na Praça do Codó de Mossoró

16

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F


REPET com 3 décadas no mercado, nos mostra como uma boa gestão pode ser a única fórmula para um negócio promissor Por Gabriel Krambeck Em 1985, na plenitude da democracia reconquistada no Brasil, uma empresa em Mossoró (RN) crescia estrategicamente dentro da cidade polo (entre as duas capitais Natal e Fortaleza). A empresa Repet veio para ficar, sem muita pretensão, mas com o potencial de se tornar um grande sucesso nacional. O município de Mossoró, com metade da população dos dias de hoje, recebeu o empreendedorismo de Michelson Frota, o nordestino que em pouco tempo focaria na tecnologia de impressão que poderia ser mais do que um sonho distante. No início o conceito inovador e pioneiro na região veio sob o título de Carimbos Repet e, em pouco tempo, percebeu que era uma área de atuação pequena, com a necessidade de se tornar mais dinâmica. Essa dinamização levou a Repet a trabalhar desde materiais escolares até, finalmente, a xerografia e a encadernação.

uma jogada que era pioneira e arriscada: o ramo de “Gráfica Rápida”. Foi dentro da Repet, nesse momento que nasceu o primeiro centro de designers e de criações de artes do Rio Grande do Norte. O crescimento foi desenfreado e conquistou um espaço para a empresa que rende frutos até os dias de hoje. O que se sucedeu foram várias investidas que até hoje podem ser consideradas de grande responsabilidade, os novos rumos da Repet voltaram seus investimentos para os mercados de sinalização computadorizada em adesivo de recorte e, então, o segmento de Grandes Formatos. Nessa etapa a empresa já era grande o suficiente para conseguir se dividir em equipes focadas no atendimento específico de cada área, até mesmo com cursos internos para que os funcionários entendessem da melhor maneira a computação gráfica. Por conta desses posicionamentos a Repet galgou aos poucos seu título na Indústria de Comunicação Visual, abastecendo até 50 cidades vizinhas de Mossoró com seus trabalhos. Saiba de algumas conquistas a mais que a Repet acumulou nessas décadas de empresa.

para o cliente dentro do website. A Equipe estará pronta para acompanhar os pedidos em tempo real, fazendo criações e alterações imediatamente para aprovação.

PRÊMIO BUREAU CRIATIVO 2015 No ano de seu 30º aniversário, a REPET desenvolveu o projeto Adesivação de Helicóptero que lhes rendeu não só a posição de finalista no Prêmio Bureau Criativo 2015 da Revista GF+, mas também levou o troféu para Mossoró vencendo a categoria Projeto de Adesivação, nos palcos da FESPA Brasil 2016.

DO PEQUENO CARIMBO AOS GRANDES FORMATOS Começando em um segmento muito pequeno e se estabelecendo nesse grande e novo mercado, a postura arriscada rendeu encomendas de tamanho, preço e alcance muito maior. A empresa hoje entrega projetos para vários eventos de grande porte, como é o caso da Oktoberfest de Guaramiranga.

WEBSITE A REPET estabelece hoje uma nova plataforma digital, está focada em se posicionar também com o e-commerce, facilitando a conversa com seus clientes e trazendo uma variedade de escolher layout de projetos, que estarão prontos REPET Projeto vencedor do Prêmio Bureau Criativo 2015

Ali nasceu uma nova paixão, um novo rumo. Atendendo a demanda maior de um negócio que começara ali a dar muito certo; o reconhecimento da reprografia em papéis, levou a empresa a adotar o nome Repet Cópias, com uma nova identidade de marca e também um nicho diferenciado de clientes. O mercado desse setor começou a crescer muito no fim dos anos 90 para frente, se afunilando e criando uma concorrência grande (algumas vezes desleal). Foi então que, em 2000, a Repet se arriscou em

R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

17


de carros blindados, atuando como representantes da Locker Blindagens de Fortaleza. E esperamos que em 2017 toda essa tecnologia esteja em Mossoró, através da REPET. Ainda falando em tecnologia, temos também a película antitérmica, que protege a pele das pessoas que estão no carro, bem como o interior do próprio veículo. A película possui proteção contra raio UV e já pode ser aplicada aqui. GF+ A REPET realiza um bom trabalho em redes sociais, com atendimento online, como é feito esse trabalho e o que isso proporciona pra empresa e para os clientes? REPET recebendo o troféu do Prêmio Bureau Criativo no palco da FESPA Brasil.

Conversamos com Michelson Frota, o empresário por trás do império e reconhecimento nacional da REPET. GF+ Como o destaque de pioneiros no ramo rendeu bons frutos até hoje para a empresa? Michelson Frota Eu gosto de utilizar sempre uma frase: quem tem coragem de sair primeiro, colhe primeiro os bons frutos. Então a questão do pioneirismo vem desde a época que nós introduzimos o nome “Gráfica Rápida”. O nome passa uma ideia para o cliente que é tudo feito express. Antigamente, quando as

18

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

pessoas encomendavam produtos nas gráficas tinham que esperar um mês, na época da tipografia. Depois trouxemos o off set, diminuindo o prazo para semanas. E hoje temos a gráfica rápida, digital, que entrega o produto praticamente no balcão ou em no máximo 24 horas. Trabalhar como gráfica rápida e com os grandes formatos nos deu esse título de pioneiros. Agora estamos investindo também pioneiramente em Mossoró, em painéis de LED. Nós sempre estudamos os nichos de mercado para começar com o pé direito e sair na frente. GF+ A empresa trabalha em pioneirismo continuamente? Quais inovações a REPET tem trazido para seus clientes nos últimos anos? Michelson Frota Estamos começando a introduzir na nossa loja um ramo diferente da comunicação visual, que é a blindagem, já no segmento da segurança. A Repet quer sair na frente e blindar o veículo dentro da nossa empresa. Hoje já estamos fazendo as manutenções

Michelson Frota Estamos investindo no nosso novo site: repetgrafica.com.br. Esse projeto já está sendo executado há mais de dois anos e hoje estamos concretizando mais esse passo: a loja virtual. Através do site, estamos introduzindo também na Repet um grupo novo, a Central de Multimídia, onde os clientes poderão adquirir pacotes de monitoramento e publicação nas redes sociais. É um mercado já consolidado que com certeza vai agregar valor aos nossos serviços. GF+ Existe um setor de criação de artes dentro da empresa, se sim, pode nos contar como ele funciona? Michelson Frota O setor de criação é voltado para a produção interna. Nós estamos com um grupo bastante qualificado de profissionais. Muitos clientes chegam aqui sem saber o que querem com relação à arte e eles têm a missão de superar expectativas. Oferecemos periodicamente treinamentos em programas de arte gráfica. Sabemos que não é fácil, porque a criatividade é um dom, mas procuramos sempre investir nesse setor. GF+ Com o Prêmio Bureau Criativo a empresa conseguiu bons resultados em projetos muito bem


realizados, como a REPET se vê em relação ao prêmio? Michelson Frota Com certeza foi uma chancela nacional. A Repet já tinha um reconhecimento em nível nacional e a partir daí, foi a consagração da nossa empresa. Esse prêmio veio em boa e excelente hora para mostrar que uma empresa genuinamente do interior de um estado nordestino pode superar as dificuldades e, dessa forma, buscar o maior nível de qualidade. Hoje temos uma das melhores equipes de adesivadores, em constante busca para aperfeiçoar ainda mais o trabalho. E não só isso. Trabalhamos também com projetos especiais. Temos equipamentos com qualidade reconhecida mundialmente. GF+ Quais os projetos que a REPET mais se orgulha de ter feito?

Michelson Frota Temos o andor de Santa Luzia, um projeto bastante capacitado, que envolveu muita criatividade, o relógio da Praça do Codó em Mossoró, o envelopamento de muitas aeronaves, ônibus de bandas, como também a frota do Café Santa Clara, que é conhecida nacionalmente. GF+ Haverá novos projetos inscritos no Prêmio? Michelson Frota Sim. Estamos trabalhando continuamente. Quando tivermos um projeto com nível de credibilidade para competir nacionalmente vamos inscrever sim. GF+ Em relação ao futuro, quais são as metas REPET? Michelson Frota A meta é procurar mais lucratividade e eficiência no nosso setor. Estamos pensando em produzir no ramo da indústria têxtil, na parte de

sublimação. Como também temos um projeto de uma grande capotaria, trabalhando com estofados, tendas, toldos e várias estruturas. Hoje já trabalhamos, mas de forma terceirizada. GF+ Pode deixar uma mensagem para nossos leitores que vivem de Comunicação Visual? Michelson Frota A Comunicação Visual deve ser feita com prazer. A mensagem que deixo é que as pessoas têm que estudar a formação de preços. Hoje os impostos estão muito elevados e muitos terminam se perdendo com uma questão de matemática simples. No nosso segmento a matemática é composta e passa pela depreciação dos equipamentos até o investimento em cada colaborador.


capa

Especial Softwares III

Desmistifican Softwares 20

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F


ndo

Em um universo tecnológico desenvolvido para o melhor desempenho da sua empresa, você precisa conhecer a fundo e decidir qual a solução ideal.

Por Gabriel Krambeck Os benefícios que os softwares trazem são cada vez mais necessários para os resultados nos empreendimentos de impressão. Já a ausência deles atrasa o tempo de produção, além de causar prejuízos constantes com desperdícios de materiais e mão de obra. Quando calculados os prejuízos quase sempre se chega à conclusão de que, ao invés de um novo equipamento, o melhor investimento é um novo software. Um equipamento a mais às vezes significa apenas mais um “ralo” aberto no lucro da empresa. Após a implantação de controles a situação muda substancialmente, resultados se multiplicam e realmente podem ser notados. Todas as vantagens da tecnologia dos softwares podem realmente mudar o rumo da sua empresa, aumentar lucro e gerar muitas economias. Já pensou na possibilidade de economizar tinta e mídia sem muito esforço? E na fácil distribuição de trabalhos por máquina e controle exato das horas trabalhadas por cada colaborador da produção? O menor desperdício de material, tempo e de trabalho dos operadores e instaladores. Isso potencializa tudo ao seu máximo aproveitamento e faz a empresa focar no que é mais importante para o cliente final: a qualidade e rapidez. Os softwares de gestão estão instalados para gerir sua empresa por completo,

desde o que seria mais simples (gastos com luz, água e telefone) até o gerenciamento dos materiais; esses softwares são especialmente desenvolvidos para o ramo de Comunicação Visual. Muitas empresas já fazem uso destes sistemas, mas grande parte só utiliza para controlar o fluxo, tanto na parte comercial, quanto na produção e administração. Os softwares de gestão podem oferecer ainda mais vantagens, por exemplo, fazer seu próprio CRM, trabalho que pode ser realizado junto a um marketing eficiente e que, certamente, trará ótimos resultados rápidos. As soluções de software em workflow, com o custo e benefício que brilha no mercado internacional, automatizam de forma inteligente toda a produção. Fazendo com que tudo seja gerido para o melhor aproveitamento. E gestão e workflow são apenas duas opções de softwares que podem impulsionar seus negócios, cabe a você descobrir qual software pode ser mais eficiente para sua empresa. Preparamos nesse terceiro especial uma seleção completa das maiores empresas do mercado, que desenvolvem grande soluções tecnológicas para impressão. Elas puderam explicar como cada tipo de software opera e o que há de mais inovador em suas novas atualizações. Saiba como usá-las para resolver os problemas da sua empresa e entenda como podem ajudar sua empresa a crescer ainda mais.

R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

21


SOFTWARE WORKFLOW O software de fluxo de trabalho (workflow) permite que as empresas de Comunicação Visual e impressão em grandes formatos em geral tenham o acesso à automação das máquinas. O campeão na melhor administração é conhecido por acabar com os gastos mais comuns no segmento e gerir sua produção.

22

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F


impulsionar os negócios com alto valor agregado. A solução integra diferentes ferramentas que elevam de forma significativa a capacidade produtiva. Ao parar uma produção para fazer uma prova, aprová-la, ter que refazê-la em um processo que pode ser repetido inúmeras

Estamos em um cenário de mudanças no país onde todas as empresas precisam de soluções que realmente impulsionem a sua capacidade produtiva eliminando os gargalos.

vezes, a empresa perde lucratividade. Uma prova fiel e qualidade consistente

Os empresários brasileiros aos poucos

de saída aliada com automação dos

estão compreendendo e acompanhando

processos dinamiza a produção. As

esse processo.

vantagens são evidentes e o investimento com a solução de Workflow se paga em um curto período.

Marcelo Tomoyose, gerente de desenvolvimento de negócios direcionados para o software Fiery, nos contou um pouco sobre a importância do workflow.

automatizar os processos, minimizar ao máximo a necessidade de intervenção manual em operações repetitivas, assegurar a qualidade do material a ser produzido e estar integrado as outras etapas dentro da cadeia produtiva. A consequência natural desses atributos é a melhoria na produtividade sem a necessidade de mão de obra extra e a redução de desperdícios ocasionados por erros operacionais. Desenvolvemos softwares com uma equipe de especialistas com base na análise das necessidades dos clientes para

compra de um software muito potente, se o equipamento não consegue produzir o

exclusivo e completamente integrado,

que a tecnologia demanda e vice-versa.

que engloba desde o envio de trabalhos e gestão comercial, até a programação da produção, a empresa consegue, com esta solução, obter visibilidade completa da área produtiva, da captura dos trabalhos de maneira rápida a custos inimagináveis. As empresas de impressão com personalização, finalização rápida de

Os fluxos de produção digitais devem

complementam. Não adianta realizar a

Por oferecer um fluxo de trabalho

têm uma melhora nos seus resultados,

Workflow é o cérebro da produção!

O software e a máquina se

documentos complexos e a possibilidade de assumir internamente trabalhos que exigem precisão na qualidade de cores. O empresário brasileiro começa a perceber que a melhora nos resultados nem sempre está relacionada com o aumento da capacidade produtiva e sim com a otimização dos processos. Principalmente nesse momento que a pressão nas margens de lucro é cada vez maior.

Um fluxo de produção inteligente pode melhorar o TCO do equipamento e dessa forma fica muito mais fácil avaliar o retorno do investimento, o aumento do potencial da empresa e a lucratividade.

Trabalhamos para melhorar a eficiência da produção de impressão com fluxos de trabalho integrados e automatizados. Entre outras funções, a solução é capaz de aumentar a capacidade e a funcionalidade do equipamento de impressão, processar mais trabalhos em menos tempo e ajudar as empresas a oferecer serviços de valor agregado mais lucrativos. Ao automatizar o controle de produção a empresa conquista muitas vantagens, principalmente na redução de erros operacionais e no aumento de produtividade. Em nosso estudo sobre fluxos digitais para impressão, encontramos provas concretas dos benefícios do Workflow. Uma das principais formas de se justificar o investimento é através de um estudo de ROI. As empresas de impressão estão cada vez mais substituindo soluções de fluxo de trabalho individuais por soluções integradas e personalizáveis.

R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

23


Um software Workflow pode ajudar em várias frentes a questão produtividade x lucratividade pois ajuda:

Integração entre as diversas tecnologias e áreas do parque gráfico (da impressora ao acabamento). Automação completa do fluxo, aumentando a produtividade e consolidando e reportando os dados.

Lucratividade, devido aos recursos de

automação avançada que identificam e alertam a existência de erros (eliminação de erros e retrabalho).

Consistência (fidelidade de cores e repetibilidade).

Eduardo Souza, gerente de Marketing da AGFA, desenvolvedora do Asanti, também conversou conosco sobre o software workflow e como ele está sendo recebido em nosso país.

Evitando devoluções de trabalhos, ou seja, lucratividade. Entre tantos benefícios, alguns já citados acima, há inúmeros casos de sucesso com clientes que apostaram nos softwares, com uma aceitação enorme. Os empresários brasileiros estão percebendo o quanto um Workflow pode ajudar no processo dele e reduzir custos e facilitar o fluxo interno. Antes o empresário preferia investir em mais equipamentos, mas com o avanço dos softwares workflow e a necessidade de controlar melhor e entregar um produto mais padronizado ao cliente final, fez com que o empresário compreendesse a importância do Workflow para gerenciar a empresa dele.

Em tempos de crise, o investimento em Workflow é uma excelente alternativa devido ao valor ser bem menor que um bem de capital e os benefícios são tão claros e fartos, que ao entender e testar, o cliente só se arrependerá de não ter investido em Workflow antes. Procure referências no mercado, entenda as diferenças entre as opções e teste o quanto um Workflow poderá ajudálo no dia-a-dia.

24

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F


SOFTWARES RIP

Software RIP é necessário, sua principal habilidade é administrar as cores e linhas do arquivo a ser impresso, mas novas versões, mais inteligentes, tem ainda mais soluções e vantagens para impulsionar sua empresa.

Gaston Giudice, diretor de desenvolvimento da América Latina da Caldera, empresa que comemorou seu 25º aniversário na Drupa. Defendeu o time dos softwares RIP com seu produto CopyRIP.

R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

25


Em nossa indústria, o software RIP pode comandar impressoras e máquinas de corte de todo o tipo, dependendo da compatibilidade delas. Desenvolvemos centenas de programas para impressoras e um considerável número de programas para corte em rígido e substratos roloa-rolo, incluindo mais de 25 diferentes marcas comuns na indústria. Outra coisa que devemos levar em conta quando falamos de equipamento é que o software deve ser instalado em um Sistema Operacional (OS) para estar preparado para funcionar. A maioria dos softwares RIP rodam no Windows, porque a maioria das pessoas costuma trabalhar com ele, mas nós claramente nos posicionamos no mercado com os sistemas operacionais Linux e Mac, por conta da segurança e da rapidez. Mac e Linux são mais estáveis e seguros para os computadores dedicados à produção, os dois ocupam menos recursos de memória que o Windows, o que significa que têm mais recursos disponíveis para o RIP e para a impressão; além de ambos serem mais protegidos contra vírus. A nossa definição de RIP inteligente não é somente uma poderosa solução ou uma solução fácil de utilizar, é também ser capaz de se adaptar e se comunicar com outros tipos de sistemas, fazendo mais simples o dia-a-dia das empresas de impressão. Em outros termos, um RIP inteligente é mais do que apenas um RIP, deve permitir que o usuário tome o controle de todo o processo de produção e impressão, fazendo uma troca máxima de informação de diferentes ferramentas de negócios.

O RIP é uma ótima base de dados, desde que seja capaz de salvar as informações do consumo de mídia e tinta, o tempo gasto em cada máquina por trabalho, o tipo de trabalho, os parâmetros da impressão em um momento específico, etc. Toda essa informação é crucial e pode

26

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

características que podem impulsionar a empresa incluem: Adobe PDF Print Engine para sombras suaves e impressões gradientes; ladrilho avançado, recursos de nidificação e layout; workflow de corte reforçado; um poderoso motor de calibração de cores ICC que incorpora a correspondência e bibliotecas de cores. Todos esses recursos ajudam a garantia de qualidade de cor e produtividade.

ser usada para alimentar o sistema da empresa (cotação, contabilidade, relacionamento com cliente, logística, faturamento, ...) com a intenção de ter um melhor monitoramento de todo o seu fluxo de trabalho. Por essa razão, é desenvolvido um ecossistema completo que proporciona ao usuário a possibilidade de administrar seu negócio totalmente, começando pela cotação, agilizando todos os processos de produção. Com produtos RIP adaptado para cada setor atingimos uma variedade de soluções - Comunicação Visual, design assistido por computador (CAD), têxtil e industrial. O controle de qualidade, que tem diferentes ferramentas de Gerenciamentos de Cor e que podem ser um produto completamente novo que pode ajudar os usuários a monitorar os trabalhos, os processos, os espectrofotômetros e as mídias; com produtos complementares, a exibição de variedade pode auxiliar com a diversidade dos canais que os novos consumidores têm a oferecer. Nossas soluções para sinalização digital e de lojas virtuais ajudam na impressão via internet, que é desenvolvida especialmente para a indústria de impressão em grandes formatos. Investir em um bom RIP é um investimento que representa à longo prazo um ganho de tempo, qualidade e dinheiro. O impressor que investe nessa solução garante um retorno dos seus investimentos através da segurança de ter um bom software, as

Para alguns, pode parecer caro, mas essas pessoas não comparam a equivalência do produto. Existem muitas marcas RIPS com propostas de preço muito baixas, mas elas oferecem soluções básicas que apenas permitem a utilização de RIP e impressão, o que é “ok”, mas muitos usuários precisam de um pouco mais de qualidade e de opções (módulos de gerenciamento de cor, por exemplo), eles acabam pagando muito mais dinheiro por isso depois. A nossa visão, como falei anteriormente, é oferecer a solução completa, que é o porquê do nosso alcance de produtos RIP incluir todos os elementos que garantem uma boa performance e qualidade, acesso a uma grande variedade de bibliotecas de cor, um perfil padrão de cores online, um módulo de corte, e vários outros módulos que permitem ao usuário uma produção perfeita, sem falhas. Nas melhorias das novas versões, especialmente para a indústria têxtil, temos a capacidade de gerar perfis RGB, com a intenção de conseguir as cores do arquivo original e reduzir o número de tentativas para encontrar a cor certa quando é impresso em tecidos. Nós também temos adicionado a possibilidade de escolha o tipo de preto, permitindo ao impressor selecionar uma mistura de tintas que para ele se encaixe melhor. Também há uma função Step & Repeat Nesting (Avançar & Repetir Assentamento) que permite criar blocos de repetição da mesma imagem para criar facilmente as provas.


2 Economizar tinta,

Marcelo Chagas, diretor de vendas da SAinternational na América Latina, empresa desenvolvedora do FlexiPRINT Power RIP, nos mostrou um pouco mais da versatilidade do software RIP. O software rip pode ser instalado em qualquer equipamento, desde uma simples impressora de mesa até um equipamento de grande formato. Sem um RIP é praticamente impossível garantir a qualidade de impressão, precisão nas cores e repetibilidade. As vantagens de se ter um RIP inteligente são várias, mas vou listar as principais:

1

Aprimorar o fluxo de produção: Um rip de qualidade, além de garantir a reprodução consistente das cores, precisa também reduzir os gargalos da produção e aumentar a produtividade com um fluxo inteligente. Um servidor RIP pode facilmente automatizar a produção, oferecendo otimização automática por tipo, mídia e prioridade dos trabalhos. As etapas de produção podem ser compartilhadas na rede reduzindo assim a sobrecarga de um ou outro componente do fluxo.

mídia e tempo: através de ferramentas de simulação é possível reduzir a quantidade de provas de cor que geralmente reduzem muito a eficiência da produção. Por ter no monitor uma simulação de cores muito próxima ao que será impresso, não será preciso parar a produção por diversas vezes para revisar se as cores impressas estão “OK” ou não. Com isto a economia de tinta e tempo é garantida pois reduzimos muito o processo de tentativa e erro.

3

Padronização de cores e ampliação de Gamut: Hoje é muito comum encontrar ambientes de produção com diversos equipamentos de marcas e tintas diferentes. Muitas vezes eu escutei: Vamos produzir com esta impressora, porque somente aqui é possível chegar em uma determinada cor... Um RIP inteligente tem a capacidade de verificar o Gamut de cada impressora e padronizar as cores de um ambiente de produção diversificado. Em outras palavras: Se é carregada a mesma mídia em todas as impressoras de uma determinada produção, as cores impressas devem sair bem próximas em um ambiente de tintas de várias marcas e qualidades. Se todas as impressoras usarem a mesma tinta, então a repetibilidade das cores é garantida, não importando a marca ou tecnologia de cada impressora.

impressoras e equipamentos de corte, além de permitir o desenvolvimento de orçamentos na nuvem e aprovação de trabalhos.

5

O RIP tem que atender todos os tipos de mercado oferecendo ferramentas para todos os mercados de impressão digital. O RIP que ficar voltado a apenas um único mercado está fadado ao esquecimento, por melhor que seja. Hoje é o custo benefício de se trocar um software RIP é mínimo. Com o avanço da tecnologia em nuvem podemos hoje conseguir RIP por assinaturas a partir de US$49.95 mensais. Para aqueles que não gostam deste sistema, existem desconto especiais de “trade in” onde o software antigo que o cliente tinha vale entre 25% e 50% de desconto na compra de uma nova ferramenta RIP. Os softwares estão em constante atualização. Lançamos recentemente o primeiro motor RIP de 32 bits do mercado e já estamos trabalhando em algo melhor. Também estamos entregando uma nova ferramenta de criação de perfis para sublimação onde conseguimos excelentes cores com um consumo mínimo de tinta. É possível agregar ao motor RIP o suporte ao Touch7 que aplica as separações na fase de projeto, utilizando o ambiente familiar do Adobe Creative Cloud enquanto a conversão de perfil de impressão final é feita no RIP, resultando em separações de qualidade superior, com transições suaves e mistura de tons. Portanto, desenvolver softwares RIP é uma realidade dinâmica e constante.

4

Oferecer ferramentas para acompanhar o que está sendo produzido à distância. Através

de um tablet ou telefone celular nossos clientes podem acompanhar o que está sendo produzido por suas R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

27


SOFTWARES DE GESTÃO O esquadrão dos softwares de gestão não está para brincadeiras e pode ser a melhor solução para administrar as contas da sua empresa, na hora da economia é imbatível.

28

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F


Jefferson Santos, proprietário da AJORS e grande desenvolvedor brasileiro do software AJORS Sign, defende a importância do software de gestão e a forma como ele será necessário em futuras consultas fiscais mais rígidas. A tecnologia está presente cada vez mais na nossa vida e, quando falamos de softwares, você pode ter certeza que em quase tudo já existe essa automação. É é através destes programas de computador que criamos uma espécie de dependência digital, é cada vez maior e crescente a quantidade de aplicativos e soluções que aparecem diariamente através de startups e empresas de tecnologia que apresentam inovações e buscam resolver os mais diversos problemas de nosso dia-a-dia. E com a computação em “nuvem” e conceitos como a Internet das Coisas (exemplo: ao sair de casa você não lembra se desligou o fogão ou o ferro de

passar, então via internet você verifica e, se for o caso, envia um comando para desligar), big data (exemplo: Facebook com volume enorme de informações que quando analisadas definem comportamentos e hábitos das pessoas que permitem alcançar o público mais específico em um anúncio), estamos praticamente conectados a tudo e todos. Somos alimentados e recebemos diariamente uma enchente de informações que mudam rapidamente cenários e negócios. Diante disso e trazendo esse conceito para o nosso mercado de Comunicação Visual não temos como negar a importância e o impacto que estas ferramentas têm nos negócios destas empresas. Estes dias conversando com um empresário, ele comentava que não se imaginava sem um Corel na vida dele, pois ele estava tão envolvido que usava para qualquer coisa, inclusive preferindo este ao Word quando elabora uma proposta comercial. Temos então softwares para tratamento de imagens, softwares RIP, relacionamento com clientes (CRM) , fluxo de trabalho e no nosso caso os softwares de gestão. Inicialmente vamos conceituar o que é um software de gestão também conhecido como ERP. Segundo a Wikipédia, o ERP é um sistema de informação que integra todos os dados e processos de uma organização em um único sistema, possibilitando a automação e o armazenamento de todas as informações do negócio; ou seja, é uma ferramenta única que deve possibilitar ao empresário e seus colaboradores alimentar e consumir informações em todas as fases e etapas do fluxo da empresa. Portanto, permite desde o contato com o cliente através de uma proposta comercial até o fechamento com a entrega e finalização do trabalho. Vemos, portanto, que um software de gestão é e será cada vez mais importante como ferramenta de apoio a qualquer empresa, independentemente de seu tamanho. O seu uso naturalmente sugere uma organização, padronização e um fluxo de trabalho a serem seguidos. Como benefícios você terá mais agilidade, redução de erros/retrabalho, aumento na confiabilidade das informações para tomada de decisões, monitoramento de cada trabalho e estará melhor preparado para o crescimento do negócio ou para enfrentar os períodos difíceis, como este que passamos em crise econômica e política.

Se observarmos até mesmo o Fisco percebeu os benefícios que a tecnologia proporciona e vem aperfeiçoando o controle sobre as empresas. Vemos claramente um ambiente sendo desenhado com o objetivo de cada vez cruzar mais informações, automatizando seus processos de análises e verificação com relação ao que está acontecendo com as empresas. A nota fiscal eletrônica já é uma realidade e outra questão que ainda é pouco comentada, mas que irá atingir principalmente as empresas maiores que não estão enquadradas no regime de tributação do Simples Nacional. Ou seja, empresas do Lucro Presumido e do Lucro Real têm a obrigatoriedade da entrega do Bloco K que faz parte do Sped. Este bloco K irá fornecer informações da empresa em relação a sua produção e estoque, ou seja, as empresas serão obrigadas a informar ao governo como ocorre o seu processo produtivo, quais as movimentações de estoque ocorridas com cada item, possibilitando desta forma o cruzamento de informações com o livro de inventário e possíveis diferenças não justificadas poderão ser consideradas como sonegação fiscal. Com isso a empresa que não estiver organizada em seus processos internos, com a equipe treinada e com um software de gestão que dê este suporte de informações, poderá ter sérios problemas com o fisco. Estes são apenas exemplos de recursos importantes para um sistema de gestão, mas além destas vantagens, acreditamos ser imprescindível aos gestores: Solução que permita acesso as informações rapidamente e em qualquer lugar. Solução que permita a empresa trabalhar com diversidade de serviços (Comunicação Visual em geral, gráfica rápida/express, produtos prontos, veiculação, ...) e com mais de uma empresa.

R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

29


Geração de orçamentos baseados em unidade de medida (m², ml, unidade, ...). Controle da Produção (PCP). Gestão de Comissões: Colaboradores, Agência, Representantes, Revendas, entre outros. Fluxo de Caixa, Plano de Contas, Faturamento, movimentação de caixa e conta bancária. Gestão de compras, pedidos, requisições e estoque. Relatórios Gerenciais. Geração de orçamentos baseados em composição de custos. Mas a eficiência de um software de gestão não depende apenas dos recursos ou funcionalidade que ele disponibiliza para as empresas. Ele é uma parte fundamental da engrenagem que gira nas empresas, porém acreditamos que junto com ele andam outros fatores de sucesso que juntos definem crescimento, lucratividade e produtividade. Estes elementos são: Colaboradores: ter no time pessoas comprometidas com o trabalho, que trabalham duro, gostam do fazem e são respeitadas, isso faz muita diferença. Produtos: entregar produtos e serviços aos clientes com qualidade e valor agregado. Vemos um cenário recorrente de anos em torno de briga de preço de m² de lona e adesivo. A tecnologia evoluiu tanto que hoje em dia praticamente não existe o que não possa ser atendido pela Comunicação Visual. Novos setores como decoração, tecidos e projetos especiais talvez possam ser opções para aumentar a lucratividade e fugir do preço que o próprio cliente já conhece antes mesmo da proposta ser apresentada. Processos: Ter claramente definido para a equipe todos os passos a serem observados, medições durante a produção, aprimorar a experiência com o cliente, que ações tomar em determinadas situações, saber a quem recorrer em momento de dúvida ou de problemas.

30

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

Não basta ter o melhor software de gestão ou de maior investimento que a empresa possa adquirir, pois é fundamental ter colaboradores capacitados, produtos alinhados com a expectativa dos clientes e processos internos que garantam qualidade e entrega. Muitas vezes o empresário define que precisa de um software gestão na sua empresa para auxiliá-lo e quando o faz tem impressão de ao invés de melhorar a situação piora. E por que isso acontece? Porque talvez a empresa ainda não esteja pronta para ter um software, ou seja, existem outros pontos ou situações que precisam ser ajustados antes para que a ferramenta se apresente como um apoio e não como algo que atrapalha. Já conversamos com empresas que são organizadas e por um período utilizaram apenas o Excel. Possuíam planilhas automatizadas com fórmulas de cálculo para orçamento, tinham seus lançamentos de contas a pagar e receber, sabiam o controle de tudo que estava sendo produzido, emitem os boletos pelo site do

banco, geram as notas fiscais através do site das prefeituras e possuem todos os resultados. O problema que estas empresas enfrentam é a quantidade de trabalho que se tem em manter todas estas informações em planilhas, na atualização das informações, quando precisam pesquisar ou resgatar algo já produzido. É claro que, a medida que a empresa cresce, este tipo de solução precisa também evoluir para um controle mais eficiente a ágil. E com o crescimento vem novas necessidades de investimento em colaboradores, equipamentos e controles. Uma das grandes preocupações dos empresários de Comunicação Visual é com o consumo de matéria-prima, suprimentos e outros que são a base de transformação para os produtos e serviços entregues aos clientes.

Tão importante quanto vender bem e com valor agregado é comprar bem e, para isso, o sistema de gestão também pode ajudá-lo informando os principais fornecedores, últimas compras com valores, prazo de entrega e outras informações que dão suporte àquele que está realizando a compra. Passada a fase de compra vem a fase de consumo deste material e novamente o software pode te auxiliar informando a quantidade disponível para ser utilizada, a quantidade prevista por um orçamento que foi baseado na composição de custos no qual é possível identificar a quantidade necessária para um determinado serviço e ainda extremamente importante, apontar no sistema o quanto exatamente foi gasto na produção do serviço, pois se estiver muito divergente do que foi planejado pode ser um indicador importante para revisar as composições de custo no sistema ou até mesmo melhorar ou ajustar algum processo que possa estar causando um consumo não previsto. Finalizada a etapa de produção ainda teremos algumas etapas que podem ser controladas pelo software até o que serviço seja entregue/instalado no cliente.


Dentre estas principais etapas podemos citar: Faturamento, geração de boletos e notas fiscais. Geração de contas a receber e pagar (comissões, terceirizados, bonificados). Controle de entrega/instalação ou envio ao cliente. Pós-venda para medir a satisfação do cliente e até mesmo usar como isca para verificar se não precisa de outros serviços. Análises de relatórios operacionais/ gerenciais, principalmente aqueles que devem ser monitorados pelo gestor da empresa: O Fluxo de Caixa. Hoje já é possível com o software de gestão analisar o desenvolvimento de um módulo novo específico para gestão de compras, de um módulo novo específico abertura de orçamentos por cliente (muito utilizado por empresas que trabalham com revendas) e até mesmo a integração com plataforma de e-commerce, que permite que sejam realizadas vendas por loja virtual e integradas ao sistema de gestão.

Finalizando é importante ressalvar que hoje existem diversas opções de software de gestão específicos para o mercado de Comunicação Visual, com diversas funcionalidades e preços. Isso permite que as empresas possam encontrar a solução que melhor se adapta ao seu fluxo de trabalho ou aquela que permite que o software seja adaptado ao que ela

precisa. É preciso quebrar o paradigma e compreender que se trata de um investimento para a empresa e não um custo ou despesa. Que o preço não seja o primeiro ou único parâmetro da escolha, e sim o conjunto de tudo que é importante e imprescindível para atender as demandas e necessidades da empresa. Feito isso analise se os benefícios justificam o preço ou o quanto a ausência desta ferramenta pode te trazer de perda no negócio e com estas informações certamente ficará mais fácil perceber se existe ou não valor na aquisição de um software de gestão.

R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

31


Maicol de Souza, diretor comercial da Vivasys, viveu a rotina de Comunicação Visual e hoje desenvolve um software de gestão pensado nas ferramentas mais necessárias para o mercado.

32

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

Ao optar por um software a empresa estará definindo seu modelo de gestão, já que cada um deles tem seu fluxo e seus resultados. Embora a maioria dos empresários encarem um software como custo, deve-se avaliar os benefícios, e quanto a empresa está disposta a se dedicar para extrair esses benefícios. Implantar um software requer mudança de cultura, o empresário só vai conseguir o resultado esperado se alimentar corretamente; esse nível de informações e a facilidade de trabalhar também deve ser levado em consideração. Alguns softwares servem para tirar pedido e fazer um gerenciamento de contas a pagar e a receber, o nosso software que nasceu da necessidade de entender custos, a fórmula de custo é “quanto custa” dividido pela produtividade, isso fazemos por setor. Entendendo esses números você consegue administrar melhor sua empresa, reduzindo despesas e percebendo, por setor e por pessoa, sua produtividade. Para administrar precisamos de números, para conseguir

números precisamos de métodos e um modelo de controle funcional e principalmente prático e aplicável. Esse tipo de questão deve ser levantada e analisada na escolha de um software, entender como é feito esse controle e de que forma são extraídos esses resultados. O software deve ser funcional e prático para facilitar a vida do colaborador e esse resultado deve ser claro para o empresário acompanhar. Em comunicação visual temos um alto índice de perda, controlar isso é não perder dinheiro, e entender e aplicar isso aos seus custos é fundamental para uma boa gestão. A cultura do m² faz que toda a carga de custos da empresa seja aplicada a impressão, o que acompanhamos nas empresas que ainda trabalham com esse método é que elas ganham na venda da impressão, mas tomam prejuízo em todos os outros setores. Ao entender custos e a produtividade por setor faz o empresário ter uma noção real da sua empresa, e tenha números para gerenciá-la, quando estancamos prejuízos consequentemente geramos mais lucros. Não existem milagres, estamos em um mercado altamente “prostituído” justamente pela falta de informação da maioria dos


empresários do setor. Essa grande maioria está passando por dificuldades, e não temos mais espaço para continuar trabalhando no escuro, entender de gestão hoje é essencial para se manter nesse momento de baixa e para voltar a crescer assim que a economia se estabilizar. Temos melhorias frequentes no software, a principal delas foi a modularização onde dividimos ele em 3 módulos para facilitar a implantação, partimos de um módulo que chamamos de essencial, como o próprio nome fala é o que consideramos essencial para uma empresa e o seu crescimento, nesse modulo iniciamos com um trabalho para entender a realidade da empresa, sua estrutura e seus custos, na sequencia iniciamos uma gestão do fluxo de produção e no terceiro um gerenciamento avançado com controle de estoque e produtividade. O nosso software nasceu da necessidade de uma empresa de entender custos, depois de uma sequência de várias consultorias além de comprovar que o método de cobrar por m² era errado, e a complexidade que é custos no meio de um setor tão dinâmico, achamos vários outros problemas administrativos. Então desenhamos o que acreditávamos ser o modelo ideal, devido à complexidade que é Comunicação Visual chegamos à conclusão que só seria possível com o desenvolvimento de um sistema. Viemos de dentro do setor de Comunicação Visual, que é muito dinâmico, tudo é muito variável. Na prática, um grande tempo de estudo e um grande investimento em consultorias cada vez mais nos levou para a raiz da Comunicação Visual, tivemos que criar uma nova forma de enxergar esse negócio e desenvolver processos necessários. Temos várias teorias administrativas que são lindas, mas não são facilmente aplicáveis em nosso setor, e essa vivência dentro de uma empresa, aplicando, alterando quantas vezes for necessária na prática, fez que conseguíssemos chegar a um resultado esperado. Sem essa vivência teríamos uma guerra entre processos e resultados, hoje nos

deparamos frequentemente com casos onde os processos existem, mas não são funcionais. Pessoas se aproveitam dessa complexidade e empurram a culpa do nãoresultado às empresas, sendo que o método aplicado não é funcional. O empresário fica sem o resultado acreditando que não tem a capacidade de aplicar o processo. Cada empresa tem sua estrutura e seu modelo de funcionamento, por isso o resultado que é bom para um nem sempre é o suficiente para outro. Além disso além de impressão as empresas tem outros setores como serralheria, serigrafia, gráfica rápida, aluguel de painéis e etc. Existe a diferença de estrutura, empresas com departamento de impressão, acabamento, instalação separados, e outras onde o impressor faz acabamento, aplica, faz cobrança, solda e leva o cachorro do cliente para passear. Temos um conceito diferenciado e flexível, um modelo desenhado para empresas pequenas, médias e grandes, mas devido a essas diferenças de estrutura e realidades diferentes de mercado o software pode encaixar melhor em uma empresa do que na outra.

Para ter crescimento primeiramente precisamos saber onde estamos, entender a realidade da empresa, onde estamos ganhando e onde estamos perdendo. A partir daí, com dados conseguiremos direcionar os rumos, focar em serviços que temos mais lucros e eliminar prejuízos. O que temos hoje é uma falta de visão devido ao método m², onde a falta de critério para formação de preço reflete na falta de dados para gerenciamento da empresa. Bom, se o gestor conseguir ter visibilidade de investir em softwares e, mesmo nesse momento de crise nacional, estiver estabilizado e de alguma maneira com controle

da sua empresa é natural que ele acredite que não precisa de software. Outro caso são empresas que estão sofrendo e mesmo assim não acreditam, por falta de conhecimento ou por que passaram por uma experiência ruim, nesse caso a principal mudança seria separar um tempo e rever esse conceito, tirar um tempo. Recomendo que analisem o maior número de softwares possíveis. As melhorias são contínuas em todas as empresas, e existem modelos diferentes de gerenciamento em cada uma delas, por isso analisar o maior número possível de opções para ver se alguma se encaixa no modo de pensar ou na realidade atual da empresa. Seja crítico, e use sua experiência para fazer essa avaliação. Caso acredite em algum desses modelos esteja preparado para lidar com as dificuldade e resistências que geram as mudanças, mas só assim conseguirá fazer novos progressos nesse mercado tão competitivo.

R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

33


software EPS

O novo queridinho do mercado é o software EPS, já é produzido em nosso país, promete medir o orçamento e o controle da sua produção.

Oscar Silverio, gerente de produto do software EFI Metrics Printware, conta as principais diferenças dessa solução e as soluções de gestão e workflow. Além de falar do importante desenvolvimento do software I-QUOTE, assinado por brasileiros. O nosso sistema de gestão é simples e inovador ao reunir e organizar todas as informações sobre a operação da empresa. A solução automatiza 34

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

tarefas, facilita a comunicação entre os departamentos e funcionários, produz indicadores para medir resultados, além de dinamizar o cumprimento das obrigações fiscais, cada vez mais dependentes do meio digital. Em decorrência do crescente uso da tecnologia pelo governo e da importância da tecnologia digital na produção das empresas de impressão, atualmente algumas atividades somente podem ser executadas com o uso de sistemas de gestão. Já sistema EPS foi desenvolvido para atender as necessidades do setor com base nas melhores práticas de gestão e controle. É um sistema inteligente, que facilita e melhora o dia-a-dia e a produtividade das empresas. Quando bem utilizada essa tecnologia proporciona a redução de custos, ganho de eficiência, além de elevar a capacidade competitiva da empresa. É preciso fazer uma boa comparação para entender o que cada software é capaz. Em geral os sistemas de controle de workflow coordenam e sequenciam tarefas e processos específicos proporcionando suporte operacional, definem quem e quando deverá tomar ação em cada operação e orquestra as interfaces entre departamentos e áreas.

Já o EPS é muito mais amplo, pois além de automatizar o fluxo e sequenciamento de tarefas e processos, como o sistema de workflow, também dá suporte às tomadas de decisões e na gestão de toda a empresa.

O nosso software EPS, focado na produtividade, possui controle total do workflow para áreas e permite definir os diferentes fluxos para gestão de cliente, estimativas de preço, controles de propostas comerciais, etc. Integrado aos workflows de planejamento e PPCP, garante suporte a todo fluxo de trabalho definido através de uma única ferramenta.

Ele foi desenvolvido pela nossa equipe brasileira de sistema e oferece mais automação e inteligência ao processo de impressão, eliminando a necessidade de especialistas para a elaboração de engenharias de produto complexas. Calcular orçamentos, controlar propostas, emitir ordens de produção, gerenciar clientes e acompanhar rentabilidade: tudo isto fica muito mais fácil e ágil com esse módulo de orçamento do sistema. Essa solução conquistou a atenção do mercado internacional com seu excelente desempenho na automação de empresas da área gráfica e de embalagens. Esse produto desenvolvido por brasileiros também foi vencedor de duas importantes premiações mundiais do setor, o InterTech Technology e o MUST SEE ‘SEM. A solução já é comercializada em países como Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, África do Sul, além de toda América Latina e está expandindo seu mercado para novos setores.


PANORAMA DO MERCADO Para fechar esse especial, conversamos com o maior presidente (CEO) da SAinternational, Mark Blundell, que nos deu sua visão do mercado atual de softwares e de Comunicação Visual e impressão em geral.

GF+ Como você vê o mercado de

grandes formatos em 2016? Mark Blundell Eu acho que nós podemos ver muito do mesmo em muitas áreas geográficas; nós fazemos uma grande variedade de negócios dentro do Brasil e da China e, além dos dois países aparentarem bem sucedidos no nosso setor, é muito difícil prever uma grande expansão, devido às condições econômicas. Com certeza pela perspectiva da SAi, vemos um aumento na EMEA (Europa, Oriente Médio e África), enquanto as coisas estão perfeitamente estáveis na América do Norte. Falando em tecnologia, espero muitas opções solventes – e até eco solventes – continuamente dando um caminho para a impressão UV e látex, que vão lado a lado em um crescimento de aplicações na indústria têxtil e cerâmica.

R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

35


GF+ Isso é interessante, nós estamos

GF+ Falando sobre uma indústria

com muita competição, como a SAi se diferencia para manter os clientes e atrair novos? Mark Blundell Fundamentalmente, há soluções generalizadas para nossos grupos de clientes e nós continuamos a investir em nossas ofertas de tecnologia principais para assegurar que os empresários de Comunicação Visual e Signmakers tenham os mais avançados recursos e softwares de ótima produtividade para as suas operações. Mas tomar isso como um fato, nós reconhecemos a necessidade de oferecer um valor extra agregado – especialmente porque os clientes irão ter necessidades e prioridades adicionais. Nós continuamos a oferecer uma série de ferramentas diferentes para garantir que há algo para todos, quer seja tratando de acompanhar desempenho empresarial pelas nossas soluções baseadas em Nuvem, monitoramento da produção por smartphone, Apple Watch ou mesmo acessando o nosso software com pacotes de assinatura.

GF+ Isso parece estar alguns passos à frente. Já estamos no meio do ano, há algum desafio ou demanda particular que você prevê para o resto deste ano?

36

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

Mark Blundell Eu vejo a continuação da necessidade de construir mais simplicidade em nossas soluções. No entanto, mesmo de acordo com a ênfase na facilidade de uso, os próximos anos focaremos em simplificar todo o processo. A rota de perfil ICC funciona bem para quem tem uma boa compreensão de cor ou das provas, mas esperamos fazer tudo muito mais simples para quem não têm essa proficiência. Ao fazer isso, queremos que aqueles que tiverem maior dificuldade e não estiverem tão familiarizado com perfis de cores, consigam também obter cores precisas.

GF+ Há alguma tendência ou tema

que você pensa que ainda podem tomar frente neste momento? Mark Blundell Uma coisa que eu penso que veremos mais, que já está em evidência com a impressão 3D é o movimento da manufatura, para mais perto do consumidor. Claro, eu não estou sugerindo que estamos perto de um desaparecimento total da linha de montagem, mas acredito que dentro da nossa indústria começaremos a ver as coisas mais próximas do ponto de consumo. Por exemplo, esse vai ser o caso das embalagens e de displays, poderia dar origem a um tipo de embalagens com prazo menor.

vendo nas notícias isso acontecer. Você tem alguma sugestão para os fornecedores de grandes formatos? Mark Blundell Eu devo dizer que, assim como os fornecedores de hardware os fornecedores de software precisam se diferenciar constantemente, reforçando suas soluções; os usuários também devem procurar atualização para se destacar entre seus concorrentes. Fazendo isso você foge do mainstream, talvez através da impressão em substratos como cerâmica ou madeira, certamente irá aumentar sua oferta de serviços. Os gerentes de marca e de marketing sempre irão olhar para as formas de maximizar o seu potencial criativo a partir do orçamento que eles têm, por isso sugira algo que agarre a atenção, para abrir possibilidades de diálogo e chances de conseguir vencer no negócio que eles estão vendendo. Agora a sinalização e o mercado de grandes formatos está cheio de potencial emocionante, a necessidade de agregar valor e se diferenciar é a chave de sucesso para todos.

Gostou da matéria? Dê a sua opinião! Envie suas impressões sobre esta matéria para faleconosco@ grandesformatos.com com seu nome, empresa, Cidade e Estado, ou ligue para: (41) 3023-4979


paolomalorgio.com


coluna

Como não desmotivar as pessoas? Jim Collins, o mais respeitado pensador do mundo de management da atualidade e considerado o sucessor de Peter Drucker (ele escreveu os “Empresas Feitas para Vencer” e “Como as Gigantes Caem”, entre outros best-sellers) afirma que a marca da mediocridade não é a falta de disposição de mudar. Para ele, a marca da mediocridade é a falta de consistência crônica. Ou você nunca parou para pensar sobre as histórias de sucesso que você conhece? A maioria das histórias de sucesso “da noite para o dia” são resultado de pelo menos 20 anos de empenho. Ele chama atenção para o fato de que sempre que as pessoas começam a confundir a nobreza de sua causa com a sabedoria de suas ações - “Somos pessoas boas tentando realizar uma causa nobre e, portanto, nossas decisões são boas e sábias” -, podem se desviar mais facilmente de suas trajetórias. “Decisões ruins tomadas com boas intenções continuam sendo decisões ruins”. Collins é categórico: “Nada grandioso

38

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

acontece sem paixão e as pessoas certas exibem uma notável intensidade em suas paixões”. Ele afirma que podemos contratar pessoas boas e ensiná-las a vender, mas não podemos contratar vendedores e ensiná-los a ser boas pessoas. A questão do caráter pesa muito, mas principalmente o discernimento com relação às suas obrigações e responsabilidades. “As pessoas não têm empregos, elas têm responsabilidades”. E no futuro, esta será uma verdade cada vez mais presente no dia a dia das organizações sérias. Por favor, não pense que esta realidade está longe de você, porque ela pode estar sim muito mais próxima do que você imagina. Às vezes, é necessário também nos darmos uma chance para descobrirmos novas paixões. Eu me lembro quando entrei na Editora Quantum para fazer a revista VendaMais - eu nunca tinha feito revista antes. E, confesso que voltei para casa com a nítida sensação de que não duraria mais que 60 dias lá. Era tudo muito novo, estranho e diferente. E as minhas ressalvas eram todas de origem psicológica. O medo do novo me fez acreditar, temporariamente, que aquilo não seria legal. Comecei a querer encontrar pelo em ovo. Mas a atividade foi mais forte. Os quase sete anos em

Nada grandioso acontece sem paixão e as pessoas certas exibem uma notável intensidade em suas paixões. Você não precisará investir seu tempo motivando-as. Apenas vai precisar descobrir o que não fazer para que esta motivação vá embora.

que trabalhei naquela empresa foram motivo de muita felicidade e realização para mim e para a minha carreira. Aprendi a amar verdadeiramente cada indivíduo que trabalhou comigo. Eu me apaixonei tremendamente por aquilo tudo, e foi lá que eu descobri que era o momento de desmembrar a minha carreira para algo maior. Se eu nunca tivesse me dado esta oportunidade para o “amor”, não teria escrito este artigo, e você não o estaria lendo agora. Pense um pouco sobre isso. Afinal, toda ação corresponde a uma reação. As excelentes organizações sabem com clareza a diferença entre seus valores essenciais, que são aqueles que nunca mudam, e as estratégias operacionais e práticas culturais, que se adaptam continuamente ao mundo em constante evolução. Se a meta não estiver em conexão com um profundo porquê, ela poderá ser boa, mas, em geral, não será a melhor. Como é que se motiva as pessoas com a dura realidade dos fatos? A motivação não flui basicamente de uma visão forte? Para Jim Collins a resposta é não. Não porque a visão não seja importante, mas porque ele acredita que gastar energia tentando motivar as pessoas é, de modo geral, uma


perda de tempo. “Se você tiver sucesso na implementação das descobertas, não precisará gastar tempo e energia motivando as pessoas. Se você tem as pessoas certas no barco, elas se automotivarão”. A verdadeira questão passa a ser: como é que se administra de forma a não desmotivar as pessoas? Um bom começo é contratando pessoas que sejam de fato apaixonadas ou possam se apaixonar, e por outro lado, escolhendo empresas para trabalhar onde você possa se sentir pleno em todos os sentidos: amar realmente o que faz e sentir que você e a empresa juntos podem contribuir de alguma forma para melhorar algum aspecto da sociedade em que vivemos. É fato que a solução para os problemas do mundo não está nas mãos de um governante e nem de uma empresa específica. Está nas mãos de todos nós, que precisamos alinhar nossos objetivos para que as coisas possam realmente acontecer com transparência, caráter e mudanças benéficas, que gerem o seu crescimento profissional, mas especialmente como ser humano. Collins acredita que empresas excelentes e duradouras não existem meramente para gerar retorno para os acionistas. Na verdade, em uma empresa que realmente

prime pela excelência, os lucros e o fluxo de caixa se tornam como o sangue e a água para um corpo saudável: são absolutamente indispensáveis à vida, mas não são a verdadeira razão da vida. Ele afirma que as empresas excelentes e duradouras preservam seus valores centrais e objetivos fundamentais, enquanto suas estratégias de negócios e práticas operacionais se adaptam infinitamente a um mundo em transformação. Esta é a combinação mágica entre “preservar o núcleo” e “estimular o progresso”. Collins afirma que quando todas as peças se encaixam, não só o trabalho se movimenta em direção à excelência, mas também à sua vida. Isto porque, para ele, é impossível ter uma vida fantástica, a menos que ela seja significativa. E é muito difícil ter uma vida significativa sem ter um trabalho significativo. Portanto, o grande desafio é você se envolver em alguma coisa com a qual você se importe a ponto de torná-la a melhor possível – não por causa do que você vai ganhar, mas simplesmente porque é possível atingir a excelência. E isso vai fazer os seus olhos brilharem e o seu coração sorrir.

Alessandra Assad é colunista da Grandes Formatos, jornalista especializada em Administração, articulista, palestrante e escritora. R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

39


coluna

5 dicas para usar o e-mail de forma correta

Christian Barbosa, colunista GF+, é o maior especialista no Brasil em administração de tempo e produtividade do país, é CEO da TriadPS, empresa multinacional especializada em programas e consultoria na área de produtividade, colaboração e administração do tempo. Considerado “Senhor do Tempo”, pela Revista Você S/A e Zero Hora. Ministra treinamentos e palestras para as maiores empresas do país e da Fortune 100. Autor dos livros “A Tríade do Tempo”; “Você, Dona do Seu Tempo”; “Estou em Reunião”; co-autor do “Mais Tempo, Mais Dinheiro”; e “Equilíbrio e resultado – Por que as pessoas não fazem o que deveriam fazer?”. Sua mais recente obra: “60 Estratégias práticas para ganhar mais tempo”. 40

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

Embora seja difícil de acreditar, grande parte das pessoas gasta algumas horas do dia de forma inútil, simplesmente, por não saber como utilizar os e-mails de forma correta. Em uma pesquisa que fizemos na TriadPS, identificamos que cerca de 25% do nosso tempo é focado em ler, responder e organizar mensagens. Ou seja, um quarto do nosso tempo de trabalho é utilizado única e exclusivamente no gerenciamento dos e-mails. Infelizmente, utilizar a caixa de mensagens da forma correta não é uma atividade que aprendemos na escola. As pessoas perdem muito tempo com isso, pois são cópias demais, e-mails desnecessários e spams. O fato é que apenas 20% dos e-mails recebidos em nossa caixa de entrada são importantes, segundo uma pesquisa feita pela minha startup Goboxi. O restante é tempo completamente desperdiçado, seja porque era algo que poderíamos ver em outro momento ou mesmo que não tínhamos a necessidade de receber. Diante da importância dessa ferramenta em nosso trabalho, defendo que é necessário entender o conceito que está por trás do e-mail. Por isso, selecionei cinco dicas que vão ajudar a transformar a ferramenta em uma aliada do seu tempo:


1 Racionalize Será que tudo precisa ser dito por e-mail? Quem sabe você não consegue resolver um problema com uma ligação ou um bate-papo no corredor da empresa. O e-mail foi feito para ajudar, mas muita gente não percebe que às vezes um telefonema é muito mais prático e eficiente.

2 Escreva pouco Caso não consiga resolver em até três parágrafos, opte por fazer uma ligação ou uma conferência via Skype. Quando alguém te mandar um e-mail grande, a regra também vale para a resposta. Isso é, para escrever mensagens longas demais, tente unificar os temas em três ou quatro tópicos.

3 Não fique com

o e-mail aberto o dia inteiro

Essa é uma ação que rouba o foco e faz a pessoa multitarefar. Ao deixar o e-mail aberto, ele se torna responsável pelas suas prioridades. Pense nisso, será que você não está trabalhando de acordo com a demanda de e-mails? Tem gente que recebe uma mensagem e já para tudo o que está fazendo para tentar resolver imediatamente. A melhor forma de lidar com isso é ver os e-mails nos intervalos entre uma tarefa e outra, dentro do seu tempo.

4 Desabilite os avisos

Avisos em geral, sejam eles de e-mails, de WhatsApp ou de Facebook, desfocam as pessoas. Desabilite todas os alertas do seu computador e de seu celular e entenda que você é quem define o momento certo de olhar as suas mensagens.

5 Mensagens

em cópia oculta

Quando for falar com a equipe, em vez de mandar um e-mail com cópia para todos, coloque todos em cópia oculta, assim evita aquelas respostas abertas para todos e torna a troca de mensagens mais eficiente. Quando o assunto é e-mail, existem várias dicas e técnicas para lidar com essa ferramenta. No entanto, o mais importante é saber planejar bem suas atividades e evitar mensagens desnecessárias que, muitas vezes, atrapalham a sua vida.


gf informa

AKAD apresentará na Febratex 2016 novos equipamentos voltados ao mercado têxtil A AKAD mantém o pioneirismo que tem sido marca da empresa ao trazer para o Brasil equipamentos inovadores. Nessa trajetória, a Novajet e Novacut tem sido marcas importantes importadas pela AKAD com exclusividade. Os equipamentos Novajet e Novacut começaram a ser trazidos ao Brasil pela AKAD em 1997 e foram considerados inovadores, pela versatilidade e facilidade de operação e rapidamente se consolidaram como dos mais importantes de mercado.

42

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

Um dos destaques é a Impressora Têxtil Novajet, ideal para impressão de moldes para enfesto de corte em confecção: A Impressora Têxtil Novajet TEX1800D aceita arquivos no formato HPGL para trabalhar com softwares de sistema CAD para indústria têxtil, é um equipamento de fácil manuseio. Possui painel de LCD, porta de comunicação USB e sistema automático de tracionamento e enrolamento da mídia impressa. Aceita mídias com largura total de 2050 mm e largura útil de impressão 1800 mm, aceita papéis de impressão jato de tinta entre 40 a 80 gr/m². A Novajet TEX1800D possui dois cabeçotes de impressão com cartuchos de tecnologia jato de tinta HP45 preto, comuns de mercado e de fácil substituição. Com isto, o equipamento possui a capacidade de impressão de até 60 m² por hora (modo rascunho). A Impressora Novajet TEX1800D é uma ótima solução para impressão de moldes usados para enfesto de corte e atende a indústria têxtil com um custo competitivo de mercado.

A linha Novajet se destaca pela linha de impressoras Sublimáticas: As impressoras Novajet vêm conquistando o mercado devido a características como o competitivo custo do investimento inicial e a praticidade de operação. Além, é claro, da gama de aplicações, tais como a solução sublimática. O processo de impressão com essa categoria de tinta ocorre por termo transferência e o resultado atinge qualidade fotográfica. Por isso é o método indicado para impressões digitais de grande formato nos setores como o de estamparia digital, moda praia, roupas esportivas, cordões corporativos, Abadás, etc. Nesta solução, a impressora com tinta sublimática imprime inicialmente no papel de transferência. Em seguida, este papel de transferência é colocado em contato com o material que receberá a impressão final. Este conjunto papel de transferência mais material é aquecido por meio de uma prensa térmica ou de uma calandra. O aquecimento transfere e fixa a tinta no material. Essas impressoras são indicadas para transferências em tecidos com no mínimo, 50% de polyester. Há também possibilidade de se utilizar outros materiais com pré-tratamento (aplicação de resina com polyester antes da transferência), como plásticos, madeiras, vidros, objetos de decoração e etiquetas.


Na AKAD, consultores especializados analisam a melhor opção para cada tipo de negócio, auxiliam os clientes a decidirem pelo produto adequado. Recomendamos sempre testar antes para definir a necessidade de pré e ou pós tratamento nos materiais. Os modelos Novajet DX7 1601S, 2302S e 3302S têm largura máxima de impressão, respectivamente, de até 1,50m, 2,20 m e 3,20m. E todos possuem sistema automático de limpeza das cabeças de impressão com apenas um comando. Além de alta qualidade na impressão final, esses equipamentos proporcionam também altos níveis de produtividade. Os plotters de recorte novacut completam a linha de equipamentos voltados ao mercado Têxtil: A linha de plotter de recorte Novacut conta com modelos de 630mm, 1260mm e 1660mm, suas características técnicas são o seu grande diferencial, equipamentos com velocidade e precisão de corte. Possui fácil manuseio operacional, devido ao seu painel de funções e display LCD. A robustez dessas máquinas também se

destaca, com o Plotter Novacut podem ser recortados: filmes termo transferíveis, vinil adesivo calandrado, alta performance, filmes rubi ou âmbar, sand blast, entre outros materiais (consulte lista de materiais homologados). Os plotters da linha Novacut CS são equipado com avançado sistema de corte de contorno, composto por sensor óptico que permite detectar as marcas de registro em imagens pré-impressas. Para a produção de apliques em filmes termo transferíveis para a indústria textil, por exemplo, através do programa opcional Novacut, o usuário unifica num arquivo as imagens, as marcas de registro e as linhas de contorno que serão impressas e recortadas. O usuário pode fazer a impressão em impressoras de grande formato Novajet e após imprimir pode enviar o arquivo do programa descrito acima para o plotter de recorte Novacut, seu sensor identifica automaticamente a posição das marcas de registro impressas, alinhando os contornos de corte com base

nas marcas de registro. Este processo permite que o usuário faça no Novacut, o corte de contorno de imagens préimpressas em outros equipamentos. Após impressos e recortados, estes apliques podem ser transferidos para tecido com a utilização de prensas térmicas, indicados para a produção de camisetas, bonés, blusas entre outros produtos têxteis. Além da indústria textil, o plotter Novacut também é indicado para recorte em aplicações nos mercados de sinalização, comunicação visual, serigráfico, indústria de vidros e de brindes promocionais.

A Febratex é maior feira para a indústria têxtil das Américas e acontecerá nos dias 09 a 12 de agosto no Parque Vila Germânica em Blumenau (SC).

R E V I S TA G F • A g o s t o 2 0 1 6

43


gf informa

Sanlux FIT é a novidade para Comunicação Visual brasileira Especialista na fabricação de laminados de PVC, a Sansuy está presente no mercado de Comunicação Visual com a linha Sanlux, que oferece lonas para as mais diversas finalidades, atendendo requisitos como resistência, durabilidade, excelente impressão e acabamento visual. Atenta às novas tecnologias e sempre aprimorando seus produtos para apresentar as melhores soluções a seus clientes, a empresa lança a lona Sanlux FIT, uma versão leve e flexível, que oferece a já conhecida qualidade Sansuy para banners e faixas. Sanlux FIT é fornecida na cor branca com acabamento fosco e avesso cinza, sendo compatível com tintas à base de solvente, látex e cura UV. Sua superfície lisa garante excelente qualidade em qualquer tipo de impressão, seja serigráfica, digital ou por adesivação.

Site exclusivo As lonas de PVC são mídias de base importantes na comunicação visual e estão presentes nas imagens que vemos nas ruas, fachadas, lojas, bancos, postos de combustível, cinemas e no nosso dia a dia, pois sua versatilidade e impacto constituem um eficiente meio de comunicação, provocando interesses, desejos, conscientização e vontades no seu público-alvo. Por isso a Sansuy oferece, dentro da linha Sanlux, materiais para aplicações distintas: banners, faixas, painéis, testeiras, empenas e outdoors, backlights e frontlights. Para facilitar a busca dos diversos materiais e suas aplicações, a empresa disponibiliza o site. Com linguagem simples e visual clean, a facilidade de acesso aos dados não exige muitos cliques para a navegação, tornando mais atrativa e prática a pesquisa pelos diversos tipos de lona. “A intenção é apresentar didaticamente cada alternativa, características e aplicações, e assim direcionar os clientes ao que há de melhor no segmento”, afirma Rogério Otsuka, gerente de produto da Sansuy. Um dos destaques do site é a Sanlux 150 II BO (Black Out), uma lona dupla-face, ou seja, que permite impressão em ambos os lados de banners e faixas, e compatível com tintas à base de solvente, látex, cura UV e adesivos. Além disso, a estrutura do material proporciona ótimo caimento ao produto final.

Perfil Sansuy Reconhecida por seus laminados flexíveis e produtos manufaturados de PVC, a Sansuy comemora em 2016 os 50 anos de sua fundação com o mesmo espírito jovem e comprometido com a busca contínua de alternativas que norteou o início de suas atividades. Empresa 100% nacional, a Sansuy se orgulha de fazer parte do dia a dia de milhões de pessoas em todo o mundo, como integrante de inúmeros produtos industrializados. Atualmente, suas unidades industriais localizadas em São Paulo e na Bahia fornecem produtos para os mais diversos segmentos: automotivo, transporte e logística, moveleiro, mineração, lazer, construção e arquitetura, agronegócios, armazenagem, papelaria, sinalização e comunicação visual, entre outros, abastecendo tanto o mercado nacional como o internacional. 44

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F


gf informa

SPGPrints apresenta Javelin às Américas na Febratex 2016 Além da impressora digital scanning, a empresa vai lançar as tintas Nebula ácidas HD para aplicações em moda praia, seda e lã, e apresentar seu mix de produtos

SPGPrints América Latina, participar da Febratex, considerada a maior feira da América Latina é importante, já que o evento reúne toda a cadeia têxtil em um mesmo ambiente. “A SPGPrints participa da Febratex desde as primeiras edições. Para nós é o momento no qual apresentamos para todo o mercado nossas novas tecnologias para o setor. Nessa edição da feira vamos apresentar a Javelin aos nossos clientes e lançar as tintas Nebula ácidas HD. Ainda temos a Pike, entre outros produtos”, destacou.

superfície do tecido, comparativamente aos 1,5 mm de distância oferecidos hoje, por outras cabeças de impressão. A maior distância do jato reduz significativamente o risco de danos na cabeça de impressão. Além disso, a Tecnologia Archer garante impressão de desenhos geométricos, detalhes de linha fina, xadrez, etc., e fundos (chapado) devido às opções de tamanho de gota, capacidade de aplicação de um volume maior de tinta e de elevada resolução, que incluem desde 2 pl a 10 pl, e as altas frequências de jato de 32 kHz.

A SPGPrints, mais conhecida como Stork, líder mundial em sistemas de impressão para o setor têxtil, apresentará para o Brasil e América Latina a impressora Javelin (scanning) - que tem como principal diferencial a Tecnologia Archer - na 15ª edição da Febratex (Feira Brasileira para a Indústria Têxtil). Durante o evento, que acontece entre os dias 09 e 12 de agosto de 2016, no Parque Vila Germânica, em Blumenau/ SC, acontecerão demonstrações regulares da Javelin, quando os visitantes poderão acompanhar de perto o seu desempenho.

JAVELIN

“Combinado com tamanhos de gotas variáveis e a precisão da Tecnologia Archer, a saturação de cor e o detalhe da imagem permitem linhas finas, padrões geométricos acentuados e fundos vibrantes. Em conjunto com as tintas Nebula (reativa, ácida, disperso direto e sublimação) garantem o melhor resultado final do produto”, explicou Alves.

Além da apresentação da Javelin, a SPGPrints vai lançar aqui no Brasil e América Latina, as tintas Nebula ácidas HD específicas para aplicações em moda praia, seda e lã. A companhia tem ainda outros destaques da sua completa linha de produtos, como a Pike (single pass), lançada ano passado na ITMA, em Milão; sua gama de tintas para várias aplicações e soluções para a impressão rotativa.

A Javelin mais um passo na impressão digital têxtil no mundo junto com a Pike, tem como diferenciais a Tecnologia Archer e sua excelente relação custo/benefício para o mercado, principalmente o brasileiro. A Tecnologia Archer oferece precisão e uma distância do jato de tinta significativamente maior que a possível com outras cabeças de impressão atualmente usadas no mercado.

Segundo José Maria Alves, diretor da 48

A g o s t o 2 0 1 6 • RE V I S TA G F

Com foco na impressão digital têxtil no mundo, a SPGPrints investiu nos últimos anos mais de 30 milhões de Euros, cerca de R$ 120 milhões, em pesquisas para desenvolver a sua nova plataforma digital que resultou na Tecnologia Archer aplicada nas impressoras Pike (single pass) e Javelin (scanning), e na modernização do portfólio de tintas. Esse investimento da empresa também representa uma revolução no mercado mundial no segmento e consolida a liderança mundial da companhia há mais de 50 anos.

As cabeças de impressão Samba (Fuji) no sistema Archer estão situadas a 4 mm da

Projetada para produzir até 2 milhões de metros lineares por ano, a Javelin é ideal para empresas que desejam dar o primeiro passo na impressão digital têxtil ou que têm necessidade de complementar sua capacidade existente. “O lançamento da Javelin fornece outra ferramenta poderosa para empresas que operam em um mercado altamente competitivo. Com a faixa de cores e a qualidade de impressão junto à digital, tempo rápido para comercialização, esta tecnologia fornece aquilo que os proprietários de marcas desejam e o que impressoras têxteis precisam para terem resultados no setor”, observou o diretor da empresa. A Javelin complementa a impressora digital


Pike, lançada em novembro de 2015, na ITMA, em Milão. A Pike é uma impressora revolucionária (single pass), baseada em 43 cabeças de impressão Samba (Fuji) por cor que permitem aplicação de diferentes tamanhos da gota em resoluções de até 1200 x 1200 dpi. Com uma velocidade média de 40 m/min, a Pike consegue produzir até 13 milhões de metros lineares por ano. As primeiras instalações incluem seis cores, mas o seu design modular permite a utilização de até nove. Sua barra de impressão de disposição fixa contém 43 cabeçotes de impressão para passada única em uma largura de 1850mm. Assim como na Javelin, o principal diferencial da Pike é a Tecnologia Archer. Segundo Alves, a impressão digital é mais do que apenas uma tecnologia para às atuais demandas de mercado. “A impressão digital têxtil é uma forma completamente nova de pensar em impressão. A transição para uma produção digital traz desafios e fazê-lo com o suporte de uma empresa como a SPGPrints pode facilitar o processo”, disse.

Tintas Ácidas Além de investir em novas tecnologias

para impressoras digitais e lançar a Pike e Javelin no mercado, a SPGPrints também investe no desenvolvimento de tintas que oferecem o maior espaço de cores (gamut) disponíveis no mercado. Na Febratex 2016, a SPGPrints vai lançar as Tintas Nebula ácidas HD, que complementam a gama de tintas da empresa. O novo produto pode ser usado em qualquer impressora com cabeças de impressão Kyocera e é uma formulação completamente nova, desenvolvida e produzida pela SPGPrints, oferecendo maior intensidade de cor e melhor execução. As Tintas Nebula ácidas HD são ideais para Lycra Poliamida (PA), itens de seda de luxo como echarpes e gravatas de alta costura, e peças em lã. As Tintas Nebula ácidas HD atendem a todas as normas da indústria para cores e resistência à água, e às especificações de todos os principais fabricantes de moda praia e estarão disponíveis a partir de setembro, inicialmente em CMYK, laranja, vermelho, azul e cinza. Alves explicou que a indústria de moda praia tem requisitos exigentes para impressoras têxteis quanto ao alto desempenho, cores vivas duráveis, e desenhos complexos com detalhes cada vez

mais elaborados. “As Tintas Nebula ácidas HD cumprem com estas demandas, estabelecendo um novo patamar para o segmento. Cada vez mais a SPGPrints vem trabalhando em pesquisas e desenvolvimentos de novos produtos para atender ao mercado, que vive em constante mudança com níveis de exigência cada vez maiores. A gama de tintas Nebula HD é a evolução contínua de a empresa apresentar novos produtos com resultados ainda mais expressivos”, destacou Alves.

Sobre a SPGPrints A SPGPrints é uma empresa líder mundial do mercado em impressão têxtil e gráfica. Disponibiliza soluções completas para sistemas de impressão rotativa e digital, no setor têxtil com equipamentos, cilindros, emulsões, serviços de gravação, software, peças de reposição, assistência técnica, engenharia de aplicação e tintas digitais. Por ser especialista em galvanoplastia, implica em que além de uma tecnologia altamente confiável, possui um extenso programa de produtos de metal de precisão.


Profile for Revista Grandes Formatos

Revista GF+ Edição nº 116 | Agosto 2016  

A nova edição da Revista GF+ é a terceira capa especial de Softwares com muito conteúdo legal para você escolher qual o software ideal para...

Revista GF+ Edição nº 116 | Agosto 2016  

A nova edição da Revista GF+ é a terceira capa especial de Softwares com muito conteúdo legal para você escolher qual o software ideal para...

Advertisement