__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1


O melhor momento da comunicação visual no Brasil! 10-13 de setembro em Fortaleza na Signs Nordeste! PROGRAMAÇÃO SIGNS NORDESTE TALKS BY GF 10 DE SETEMBRO DE 2019 15:10 ABTG COMO INOVAR NA PRODUÇÃO DA IMPRESSÃO 16:10 GRANDES EMPRESARIOS DA CV CASES DE INOVAÇÃO NA IMPRESSÃO COM EMPRESARIOS DO BR 17:15 REGINALDO PEREIRA INOVAÇÃO QUE GERA NEGOCIOS 18:15 LUCIANA ANDRADE LUCRATIVIDADE COM IMPRESSÃO EM GRANDES FORMATOS 19:15 IGOR BATISTA VENDENDO PARA TODOS OS PERFIS 20:15 DEBATE CV EMPRESARIOS DE TODO BR 11 DE SETEMBRO DE 2019 15H FRANCISCO CHUBACI IMPRESSÃO UV: TENDÊNCIA E FUTURO DA IMPRESSÃO DIGITAL 16H IARA LUZ NEUROBUSINESS NA COMUNICAÇÃO VISUAL 19H PRÊMIO GF BUREAU CRIATIVO

PATROCINADORES

APOIO

REALIZAÇÃO


8 - Revista GF |

Edição 135


EDITORIAL

DIVULGAÇÃO

LUCIANA ANDRADE Editora editora@grandesformatos.com EXPEDIENTE N. 135 / Ano 13

Queridos leitores O tema da matéria de capa causou algumas polêmicas! Muitas pessoas me ligaram querendo as devidas explicações! Depois de muitas conversas eles acabaram gostando da ideia! O fim do banner! Que parece trágico, é na verdade o começo de uma nova era da impressão, onde o Design toma conta dos PDVs! Confira na matéria a entrevista com Eduardo Gomes da Chroma Jet que nos mostra que o melhor caminho é focar em diversificar seu portfólio para PDV! Em meio a tantas notícias trágicas, as queimadas na Amazônia, os escândalos da corrupção, e tudo que deixa o Brasil “mais pobre”, nos sentimos impotentes. Se pararmos para pensar realmente não conseguimos evoluir em nada que nos propomos. Confesso que, não sou alheia aos fatos. Sempre que existir alguma forma de intervir para ajudar no processo estarei ativa nele. Porém, todos os dias, tento fazer o meu melhor dentro da nossa missão: Estimular, de todas as formas, o desenvolvimento do mercado da impressão em grandes formatos no Brasil. Utopia? Que seja! Se cada um fizer uma pequena parte para ajudar no processo o mercado todo ganha. E graças a Deus muitas empresas fazem. Ajudam as demais, participam em prol do benefício comum! Não estamos sozinhos nesta missão! Esta edição é um brinde as boas relações! A tantos de vocês que se “doam” em meio as rotinas exaustivas, ainda encontram tempo e alegria em promover o bem! A volta do Prêmio Bureau (10 edição) só está acontecendo graças a estas pessoas (nem falarei de empresas, mas sim das pessoas das empresas que fazem a diferença!). Meu agradecimento, em nome de todos os leitores da GF e participantes do Prêmio: Fábio Madeira, Herton Madeira, Helvio Pompeo Madeira JR, Helvio Pompeo Madeira, Aline Cabral, Luciara Lopes, Almir Bifulco, Evelin Wanke, Igor Paiva, Daniele Almeida, Alexandre Keese e Antonio Escobar. Sem eles o Prêmio não voltaria! Meus parabéns aos finalistas: Formas Com Visual - SC, Cromotela-PE, Uranus2-BA, Faz Com Visual-SP, Chris Signs-SP, Tecsigns-SP e Midia Vitrine-PA! Representando muitos lugares do Brasil nesta final! Na matéria sobre eles estão os projetos que fizeram a diferença! Espero cada um de vocês da Signs Nordeste! Um grande beijo!

10 - Revista GF |

Edição 135

EDITORA/DIRETORA Luciana Cristina Andrade editora@grandesformatos.com ATENDIMENTO AO LEITOR atendimento@grandesformatos.com CURSOS GF capacitacao@grandesformatos.com ANUNCIOS atendimento@grandesformatos.com faleconosco@grandesformatos.com DESIGN GRÁFICO Purim Comunicação Visual (Rogério Callamari Macadura) rogerio@purimvisual.com.br GESTÃO WEB E MIDIAS SOCIAIS Digital Sign Midia (Antonio Escobar) marketing@digitalsignmidia.com.br GF Ltda TODOS OS DIREITOS RESERVADOS A reprodução total ou parcial deste material é permitida mediante autorização prévia expressa pela GF Desenvolvimento Ltda, desde que seja citada a fonte. O conteúdo dos artigos é de responsabilidade dos autores, não expressando necessariamente a opinião da Revista GF. Os informes técnicos são de caráter informativo, não prevalecendo nenhuma marca em detrimento de outra. Os anúncios são de total responsabilidade das empresas anunciantes. Visite nosso portal www.grandesformatos.com Baixe o app: Revista GF Facebook.com/revistagf Instagram: #revistagf


PRÊMIO GF BUREAU CRIATIVO

PRÊMIO GF BUREAU CRIATIVO 2019! Esta é a 10. Edição do momento mais mágico da Comunicação Visual brasileira. Começamos com isto em 2008, quando, em meio a “holofotes” voltados para as agências, as empresas que faziam o criativo acontecer ficavam apagadas muitas vezes. Eu mesma, quando executava grandes “Jobs”, tinha que intervir em muitos projetos, não que as agências não mereçam seus prêmios, claro que sim! Elas promovem “o sonho”! Mas as empresas de comunicação visual realizam estes sonhos! Muitas vezes, (muitas mesmo!) O cliente não tem um projeto, e quem faz é o bureau. Criando e executando utilizando de soluções de própria autoria. Materiais que não teriam esta finalidade. Invenções que utilizam primeiramente a paixão por satisfazer o cliente!

Para estes “realizadores de sonhos” nasceu o Prêmio Bureau Criativo, que em sua primeira edição teve 50 pessoas em uma sala de um hotel e na última edição em Curitiba, mais de 400 pessoas de todo o Brasil presentes. A 10. Edição é uma versão “pocket”, com apenas 3 categorias para darmos sequência a uma iniciativa que promove o desenvolvimento do setor. Com um troféu nas mãos, o empresário consegue ir além. Abrir portas como especialista (o que realmente é!). Foram dezenas de projetos inscritos! Para nossa surpresa temos finalistas de todos os cantos do Brasil para disputar os troféus juntos em Fortaleza no dia 11/09, dentro da Signs Nordeste!

JURADOS DANIELE ALMEIDA

Gerente de produto (marketing) da 3M do Brasil

ALEXANDRE KEESE

Diretor da FESPA Brasil

DIOMÉDES DE SOUZA

Proprietário da empresa O Aplicador

IGOR PAIVA

Gerente de Marketing da Imprimax

PATROCINADORES

LUCIARA SOUZA APOIO

12 - Revista GF |

Edição 135

REALIZAÇÃO

Executiva de Canais Epson


PROJETOS INTERNOS

CROMOTELA MIDIA IMPRESSA OLINDA – PE PROJETO: 20. FENEARTE – MAIOR FEIRA DE ARTESANATOS DA AMÉRICA LATINA! Num período curto de produção, a equipe composta por 18 colaboradores trabalhou na montagem da 20º Fenearte - Maior feira de artesanato da America Latina, com elementos em PVC expandido e MDF cortados em CMC Router, adesivos e lonas em impressões UV, estruturas metálicas algumas das peças montadas a 12m de altura com auxílio da plataforma elevatória e rapel. As peças pensadas pelo escritório de arquitetura e executadas por nossa equipe foram alusivas à ciranda, tema do evento deste ano de 2019. Dando corpo a entrada, mais de 40 elementos recortados em Router davam boas-vindas ao público. As peças de destaque foram os 3 lustres automatizados, giratórios, compostos por 30 elementos em PVC expandido, 90 strobos e 1.050m lineares de fitas por lustre.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

AS PEÇAS DE DESTAQUE FORAM OS 3 LUSTRES AUTOMATIZADOS, GIRATÓRIOS, COMPOSTOS POR 30 ELEMENTOS EM PVC EXPANDIDO, 90 STROBOS E 1.050M LINEARES DE FITAS POR LUSTRE Edição 135 | Revista GF - 13


PRÊMIO GF BUREAU CRIATIVO

PROJETOS INTERNOS

FORMAS COMUNICAÇÃO VISUAL JOINVILLE – SC PROJETO: VOLTA AS AULAS COM FABER CASTELL tamanho gigante. Diversos testes foram aplicados para fixação correta e mobilidade dos elementos. Todo o projeto foi executado de forma individual e artesanal, passando por todos os processos produtivos conforme as tecnologias Uv, Corte Router, Mesa de Corte, Impressão digital, serralheria e Pintura especialNão existiu nenhum tipo de projeto, foi nos encaminhado uma foto simples de algo semelhante visto

em uma loja na Europa...o principal e mais difícil foi criar o caderno gigante através de uma foto sem detalhes para ficar pendurado no teto em tamanho gigante e com movimento idêntico ao tamanho de um caderno normal, inclusive das folhas do caderno. Todos os elementos de teto, bem como os lápis, borrachas, cadernos etc, foram desenvolvidos e executados pela nossa equipe de Projetos Especiais.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Foi feito um desenvolvimento criativo da equipe de projetos especiais para a construção individual de cada elemento, tanto de teto quanto de solo, elementos com base nos tamanhos normais para escala em

14 - Revista GF |

Edição 135


PROJETOS INTERNOS

MIDIA VITRINE MV BARCARENA – PA PROJETO: MEMORIAL DA FAB NA AMAZONIA Projeto com MDF, ACM, Adesivo, PVC, Acrílico e Chapa Inox, feitos em Impressão, Laser e Router. “O prazo era muito curto e fomos avaliadas como a única no Norte do Brasil a ser capaz de aceitar tal desafio. Foi extremamente trabalhoso e desafiador. Disponibilizamos uma equipe para dar atenção ao projeto quase 24 horas por dia. A parceria com a equipe da FAB também ajudou muito, houve muita cumplicidade e ajuda mútua. Ao final, recebemos muitos elogios dos comandantes locais como do comandante das Forças Armadas do Brasil. Valeu cada minuto trabalhado exaustivamente.”

Edição 135 | Revista GF - 15


PRÊMIO GF BUREAU CRIATIVO

PROJETOS EXTERNOS

FAZ COMUNICAÇÃO VISUAL SÃO PAULO – SP PROJETO: CENOGRAFIA EXTERNA CAMINHÃO COLGATE

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Projeto desenvolvido pela Colgate para levar um consultório odontológico itinerante para impactar a população no dia do dentista. O projeto consiste em bases de MDF, peças originais de um consultório odontológico. Personalização interna através de adesivos e lonas impressas presas em estrutura rollup nas laterais de todos os caminhões, MDF, cuba em louça, cadeira odontológica, torneira, adesivo, piso emborrachado, estrutura rollup, ar condicionado, porta papel, porta copo plastico e peças para decoração de ambiente.

16 - Revista GF |

Edição 135


PROJETOS EXTERNOS

CHRIS SIGNS COMUNICAÇÃO VISUAL SÃO PAULO – SP PROJETO: Arquitetura e Comunicação AQUASPORT O projeto visava uma repaginação do formato de arquitetura e comunicação da fachada original do prédio. Para tanto, nossos desenvolvedores, tiveram que obedecer todas a regras normativas referente a construção, segurança e comunicação visual, exigidas pelos órgãos competentes. Seguindo à risca todas a normativas que o projeto exigia, desenvolvemos uma nova roupagem ao formato da Fachada da Academia Aquasport. O projeto possui traços contemporâneos, com movimentos despojados, passagens limpas, que traduzem o

DNA da Academia. Na área onde se localiza a obra, por lei (Cidade Limpa SP), apenas poderíamos aplicar um Anúncio (Fachada ou Totem), e optamos pela comunicação no totem, devido ao ângulo de visão da via que nos favoreceu. Entretanto, utilizamos na fachada elementos e cores que criaram um link de comunicação visual com a publicidade. Foram utilizados 200m2 de revestimento em ACM, 30m2 de pele de vidro e 3000kg de estrutura aço metalon. Conseguimos transformar a Arquitetura e a Comunicação em um só elemento.

UTILIZAMOS NA FACHADA ELEMENTOS E CORES QUE CRIARAM UM LINK DE COMUNICAÇÃO VISUAL COM A PUBLICIDADE. FORAM UTILIZADOS 200M2 DE REVESTIMENTO EM ACM, 30M2 DE PELE DE VIDRO E 3000KG DE ESTRUTURA AÇO METALON. CONSEGUIMOS TRANSFORMAR A ARQUITETURA E A COMUNICAÇÃO EM UM SÓ ELEMENTO Edição 135 | Revista GF - 17


PRÊMIO GF BUREAU CRIATIVO

PROJETOS EXTERNOS

TECSIGN COMUNICAÇÃO VISUAL PAULÍNIA – SP PROJETO: TOTEM NOBRE JOÃO

Totem fabricado em aço carbono, sendo tubo central de 30” com acabamento em pintura automotiva e decoração em película adesiva, luminoso superior dupla-face fabricado em chapa galvanizada com soldas em estanho com acabamento em pintura automotiva, iluminação interna através de módulos de LED, telas em policarbonato leitoso 3mm recortado a laser com aplicação de adesivo impresso em alta definição com laminação transparente alto brilho, luminosos laterias fabricados em metalon galvanizado 20x20mm, revestimento lateral em ACM preto brilho, telas em policarbonato leitoso 3mm com aplicação de pe18 - Revista GF |

Edição 135

tura automotiva, fixação em base de concreto armado e instalação através de caminhão munck, altura total da peça5,00m, luminoso superior 1,70x120m, luminosos laterais 1,30x0,35m.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

lícula em recorte eletrônico, iluminação interna através de lâmpadas TUBO LED, acabamentos das flanges superior e inferior em chapa galvanizada moldada com soldas em estanho e acabamento em pin-


PROJETOS DE ADESIVAÇÃO

URANUS2 COMUNICAÇÃO VISUAL SALVADOR – BA PROJETO ENVELOPAMENTO TREM CLARO Envelopamento de 4 vagões. Serviço de produção e instalação de

adesivo CAST com cola removível impresso a 1440 DPIS.

Edição 135 | Revista GF - 19


PRÊMIO GF BUREAU CRIATIVO

PROJETOS DE ADESIVAÇÃO

FORMAS COMUNICAÇÃO VISUAL JOINVILLE – SC PROJETO HOT WEELS – A MAGIA EM VELOCIDADE REAL

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Impressão em qualidade máxima, cuidados em cada traço, aplicação do verniz de forma manual e envelopamento da frota no próprio parque. Detalhe que foram 7 carros idênticos, não podendo existir nenhuma diferença entre eles, por exigência da Marca Hot Wheels.Executamos e adesivamos também a caixa de brinquedos do carro em exposição, complementando o trabalho como um todo. O desafio foi transformar um carrinho de brinquedo em uma frota de carros fidedigna a marca, com detalhes precisos, com aprovação e fiscalização internacional do trabalho executado.

20 - Revista GF |

Edição 135


PROJETOS DE ADESIVAÇÃO

URANUS2 COMUNICAÇÃO VISUAL SALVADOR – BA PROJETO DENUNCIE O TRABALHO INFANTIL E A EXPLORAÇÃO SEXUAL

120h de trabalho, produção com instalação e retirada de adesivos com cola removível em quatro vagões do metrô, no mês de fevereiro de 2019. A instalação foi feita dentro da aérea do metrô.

E você? Para qual trabalho está torcendo? Aguardamos sua presença neste momento imperdível na Signs Nordeste em Fortaleza. As 19h do dia 11/09!

Edição 135 | Revista GF - 21


FREEPIK

ENTREVISTA

PNL aplicada nos negócios Grandes Formatos: Atualmente, a maioria das pessoas se preocupam com questões de “melhoria de performance” enquanto indivíduos. Por outro lado, vemos uma avalanche de métodos que prometem a transformação das pessoas em 2 ou 3 dias. Qual sua opinião sobre isto? Mauro de Paula Branco: Não existe curso que por si só leve a uma transformação do ser humano, quanto menos em dois ou três dias. Os cursos são condutores que levam a uma expansão da consciên22 - Revista GF |

Edição 135

cia capaz de gerar o aprimoramento pessoal. A verdadeira mudança ocorre por meio da prática diária das descobertas geradas através de formações sérias, ou seja, daqueles cursos que acima de tudo estão comprometidos com o bem estar e com a responsabilidade dos profissionais que a ele se vinculam. Ao contrário, se alguma formação prometer milagres, desconfie. GF: Nossos leitores são gestores de empresas de impressão digital em grandes formatos. A grande

maioria lidera por intuição. Como o comportamento do indivíduo pode ajudar na gestão eficaz das empresas? Como a PNL pode ajudar nisto? MB: A comunicação é determinante em qualquer relação. Se a comunicação for falha, a chance de insucesso aumenta, comprometendo o ambiente empresarial. Por outro lado, a construção de um sistema de comunicação eficaz, solidifica as metas da empresa. A questão é: como criar uma comunicação eficaz? A resposta está no trabalho


Quando o tema envolve os comportamentos humanos tudo parece mais complexo na gestão das empresas. Não importa o tamanho. Porém, quando passamos a conhecer mais sobre esta questão, tudo se torna desafiador e instigante! A PNL (Programação Neurolinguística) ainda é uma ferramenta que, apesar de estar na moda, precisa ser aplicada de forma coerente. Entrevistamos um mestre nesta arte, Mauro de Paula Branco, que é Advogado ; Conciliador da Justiça Federal da 4ª Região; Mediador de Conflitos; Mestre em Direito Empresarial e Cidadania; Especialista em Direito Administrativo; Trainer em Programação Neurolinguística e Practitioner em Neurossemântica, em entrevista exclusiva à GF, para desvendar um pouco deste universo!

em equipe, despertando no comportamento individual a busca pelo mesmo fim, que é o de crescimento institucional. A isso se dá o nome de pensamento sistêmico, o qual deve permear todos os membros que dela participem. Para tanto, a figura de um líder que dê abertura para o diálogo é essencial. GF: Como você enxerga a PNL aplicada de forma negativa? Quais os riscos? MB: Enxergo de duas formas. A primeira está ligada à falta de capacitação e falta de compromisso com a técnica, não sendo, infelizmente, incomum, tendo em vista o desencadeamento de cursos de formação em Programação Neurolinguística voltados para a obtenção de lucro, havendo uma verdadeira corrida comercial. Neste cenário, é perceptível a busca por turmas volumosas, o que se dá pelo custo cada vez mais baixo dos cursos. O problema é que, baixo custo está diretamente ligado à carga horária abaixo do mínimo. Este fenômeno certamente compromete

a qualidade da formação, pois ela será incompleta. Nesta perspectiva, pode-se vislumbrar a PNL aplicada de maneira negativa, uma vez que a pessoa não estará apta a desenvolver um trabalho de qualidade, mas que mesmo assim o fará, tendo em vista o objetivo de se cobrir o investimento realizado, ainda que este tenha sido baixo. Não há dúvida de que haverá a aplicação deficiente e perigosa de técnicas que deveriam ser prerrogativas de quem realmente as conhece. E não há outro caminho para isso, senão o da responsabilidade no uso das ferramentas oferecidas pela PNL Outra forma de aplicação negativa da Programação Neurolinguística é aquela que se utiliza da má fé para a obtenção de resultados vantajosos exclusivamente a quem a aplica. Persuasão é uma palavra forte, pois gera a sensação de malícia, de indução de um comportamento não espontâneo por quem a sofre. Isso é comum no mundo das vendas, em que a vulnerabilidade do consumidor se acentua quando aquele que oferece o produto ou

serviço utiliza de meios indevidos para a conquista do cliente. Veja que nem sempre a persuasão é maligna, pois o bom profissional pode a usar para despertar no consumidor a visão ampla do que lhe é oferecido, cabendo a ele a decisão de compra. O problema reside na utilização de técnicas para o cometimento de atos lesivos, que podem variar entre uma venda casada ou a prática de esteliona-

O PROBLEMA É QUE, BAIXO CUSTO ESTÁ DIRETAMENTE LIGADO À CARGA HORÁRIA ABAIXO DO MÍNIMO. ESTE FENÔMENO CERTAMENTE COMPROMETE A QUALIDADE DA FORMAÇÃO, POIS ELA SERÁ INCOMPLETA Edição 135 | Revista GF - 23


ENTREVISTA

to. E isso pode ser feito através de questionamentos que conduzam ao erro. No entanto, é importante frisar que há uma certa mitificação em relação à utilização da Programação Neurolinguística como instrumento desenvolvido para a persuasão. A afirmação de que a PNL em mãos erradas pode se transformar em uma “arma”, sendo que eu já ouvi esta conclusão e outras no mesmo sentido, é exagerada. E digo o porquê. As técnicas que dela se extraem são poderosas, mas quando há uma aceitação daquela pessoa a quem vai ser aplicada, pois é ela que escolhe o destino do processo. A mudança de com-

portamento está ao seu alcance, mas ela não tem o poder de mudar o próximo. As transformações no âmbito intrapessoal podem ser imensas, mas os reflexos no outro limitam-se à vontade deste último. GF: Muito se fala em “crenças limitantes”. Poderia nos explicar um pouco sobre isto e salientar os riscos aplicados na gestão de uma empresa com crenças? MB: Cada um de nós possui a sua própria estrutura de crenças, formada através da experiência subjetiva, ou seja, através do acúmulo de informações armazenadas ao longo da vida. Essas experiên-

A AFIRMAÇÃO DE QUE A PNL EM MÃOS ERRADAS PODE SE TRANSFORMAR EM UMA “ARMA”, SENDO QUE EU JÁ OUVI ESTA CONCLUSÃO E OUTRAS NO MESMO SENTIDO, É EXAGERADA cias, majoritariamente, mantêm-se no subconsciente, que por vezes são trazidas para o plano da consciência ou lá permanecerem, podendo ocorrer de forma espontânea ou provocada. Por vezes são positivas, mas muitas delas podem ser negativas. Estas experiências negativas são capazes de acarretar as chamadas crenças limitantes. Importante salientar que a experiência pode decorrer de fatos ocorridos com a própria pessoa, mas também pode ser produto de histórias ouvidas desde a sua infância, ou até mesmo do senso comum. O famoso exemplo da combinação perigosa de manga com leite. Esta é uma crença coletiva que permeia o imaginário de muitas pessoas ainda hoje. Agora, tomemos como exemplo hipotético um colaborador de determinada empresa que

24 - Revista GF |

Edição 135


atingir suas metas, deixando assim de crescer. Por isso reforço a afirmação de que o diálogo eficiente entre líder e equipe que se voltam para os fins comuns da empresa é primordial para que a instituição se mantenha no caminho do sucesso. GF: Na prática, como você orienta alguém a começar neste processo de “autoconhecimento” sem cair em armadilhas? MB: Toda vez que inicio uma turma de formação em Programação Neurolinguística, procuro saber de cada um dos alunos qual a sua profissão e quais seus objetivos. A importância dessa metodologia reside na não generalização e na não automatização dos alunos. Pois esse é um momento único e uma escolha importante na vida dessas pessoas, não tendo eu o direito de frustrá-las com a aplicação genérica dessa área do desenvolvimento humano. Então, esta primeira impressão do aluno é fundamental para que sinta que ali em sala de aula ele tem a sua identidade. Mas como saber isso preliminarmente? Antes de qualquer coisa, é saber o motivo de se estar buscando este caminho de autoconhecimento. Quais são seus objetivos? Quais seus planos? Um segundo passo é buscar conhecer o currículo dos treinadores, quais suas especialidades, qual sua experiência. Por fim, analisar a estrutura do curso, fazendo uma pesquisa de mercado que lhe dê ao menos a noção de carga horária mínima que lhe assegure uma boa formação.

DIVULGAÇÃO

tem uma grande dificuldade de se relacionar com seus colegas de trabalho, mantendo-se isolado dos demais e limitando-se ao convívio essencial por força de suas atribuições. Ele tem a convicção de que seus colegas o acham incapaz de realizar suas atividades de maneira plena, e mais, ele mesmo acredita que todos são melhores do que ele próprio. Claramente existem crenças limitantes muito fortes na vida desta pessoa. Ele não lembra, mas quando estava no primário, ainda uma criança, respondeu equivocadamente a um questionamento da professora em sala de aula, o que levou os seus colegas de turma a rirem de sua resposta, inclusive provocando uma grande zombaria, o que lhe gerou um constrangimento que o fez se calar, não apenas naquele dia, mas durante toda a sua vida escolar, transferindo para sua vida adulta. Agora imagine que em cada núcleo de trabalho, familiar, social, seja do tamanho que for, existem concorrentemente as crenças limitantes de cada um dos indivíduos que o compõem. A chance de haver conflito por incompatibilidade de crenças é gigante. E no tocante à empresa e sua gestão? Voltemos ao pensamento sistêmico e ao trabalho em equipe. Se este sistema tiver desenvolvido a consciência coletiva de que não é capaz de atingir os resultados almejados por falta de aptidão, certamente estará se criando uma crença limitante que de fato impeça a equipe, e consequentemente a empresa, de

AGORA IMAGINE QUE EM CADA NÚCLEO DE TRABALHO, FAMILIAR, SOCIAL, SEJA DO TAMANHO QUE FOR, EXISTEM CONCORRENTEMENTE AS CRENÇAS LIMITANTES DE CADA UM DOS INDIVÍDUOS QUE O COMPÕEM. A CHANCE DE HAVER CONFLITO POR INCOMPATIBILIDADE DE CRENÇAS É GIGANTE Edição 135 | Revista GF - 25


26 - Revista GF |

Edição 135


Edição 135 | Revista GF - 27


DIVULGAÇÃO

CAPA

28 - Revista GF |

Edição 135


Especialistas em materiais de PDV! Conhecemos Eduardo Alexandre Gomes, Edu, como é conhecido carinhosamente por todos. Diretor da Chroma Jet – SP desde 2004, Edu já tem quase 30 anos no mercado, com foco em desenvolvimento em materiais promocionais para PDV. Com muita simpatia, perspicácia e simplicidade, ele fez da Chroma Jet, uma das empresas com maior parque gráfico no Brasil. É de encher os olhos ver todas aquelas maquinas (e que máquinas!) Imprimindo a todo vapor, são em média 80.000m2/mês! Hoje, ele atende todo o Brasil com soluções que desenvolve sob medida para seus clientes! Reclamar do mercado? Não é com ele! Em entrevista à GF ele nos conta os diferenciais que levaram ao sucesso! Grandes Formatos: Poderia nos contar como foi a fundação da Chroma Jet? Quais eram as perspectivas de mercado? Eduardo Alexandre Gomes: Quando montei a CHROMA JET, já estava no mercado fazia uns 15 anos. O foco foi criar uma empresa

especializada em materiais promocionais para PDV, pois vinha identificando diversas necessidades com muito potencial e pouco exploradas pelas empresas do segmento. Com isso, as perspectivas eram bem otimistas, pois o mercado estava amadurecendo e tínhamos grande potencial de criação e desenvolvimento de novas peças para PDV, até porque, a meu ver, as empresas estavam tra-

TODOS OS NOSSOS CASES COM PEÇAS DE USO EXTERNO FORAM ADAPTADOS PARA USO INTERNO NOS PONTOS DE VENDA. DENTRE ESTES CASES DE SUCESSO, O MAIS COMPLETO, COM MAIS DIVERSIDADE DE PEÇAS, TEMOS APLICADO JUNTO À REDE DE LOJAS RI HAPPY / PB KIDS E ALGUNS BRINQUEDISTAS QUE VIRARAM NOSSOS CLIENTES AO PERCEBEREM NOSSAS IDEIAS E INOVAÇÕES NO PDV DA REDE

balhando muito mídias (revistas, outdoor, rádio, TV, ...) e pouco PDV. GF: Nesta trajetória, o que foi mais difícil até agora? Como superaram? EAG: Nossa maior dificuldade está na interferência de um cenário político e econômico instável impactando o crescimento do País. Por outro lado, tivemos a globalização que exigiu rápidas adaptações e novas estratégias de atuação. A superação veio, pois sempre acreditamos no negócio em todas as suas fases, nos dedicando com muito trabalho, desenvolvendo novos produtos e criando novas peças e novos caminhos que foram bem recebidos pelos clientes e pelo mercado. Todos os nossos cases com peças de uso externo foram adaptados para uso interno nos pontos de venda. Dentre estes cases de sucesso, o mais completo, com mais diversidade de peças, temos aplicado junto à rede de lojas Ri Happy / PB Kids e alguns brinquedistas que viraram nossos clientes ao perceberem nossas ideias e inovações no PDV da rede. Edição 135 | Revista GF - 29


CAPA

O CLIENTE ESTÁ SEMPRE MUDANDO. SEJA VOCÊ A MUDANÇA!

Eduardo e Raquel

30 - Revista GF |

Edição 135

Na maioria das vezes, criamos kits com peças diversificadas para o atendimento de cada campanha, podendo fazer parte: totens, adesivos de vitrine e piso, displays 2D, 3D e de cargas, faixas de gôndola, wobblers, stoppers, identificadores de preço, estantes expositoras, entre outros. Seguimos juntos como fornecedor homologado há mais de 5 anos. As peças de PDV são desenvolvidas em materiais diversos, mas grande parte das peças são feitas em PP corrugado, material leve, resistente – podendo durar até 2 anos no ponto de venda sem perda de cor e qualidade, com ótima aceitação de cores e formatos, dando muita flexibilidade nos pontos de venda, e substituindo

de forma mais eficaz peças como faixas, banners, peças em papelão corrugado, entre outros, que concorriam por espaço no ponto de venda. O PP corrugado foi considerado um divisor de águas há pouco mais de 10 anos por suas qualidades acima descritas. GF: Se pudesse voltar atrás, o que faria diferente? EAG: Não mudaria nada, pois tanto os erros como os acertos fazem parte da nossa história de crescimento. GF: Quando se deparam com um cliente que quer imprimir 300 banners de 0,80 x 1,20m por 15,00 o m2 (talvez não se depa-


Como maior prova disso, obtivemos nos últimos 3 anos certificações importantes para produções exclusivas de marcas nacionais e internacionais e estamos entregando materiais para todo o Brasil, com previsão de em breve exportação. GF: O que podemos esperar da Chroma Jet nos próximos 3 anos? EAG: Com o avanço tecnológi-

co, vimos investindo em tecnologia, que nos garante qualidade com redução do tempo de produção. Hoje, para você ter uma ideia, podemos entregar campanhas de médio porte em até 72 horas após a aprovação final da prova! GF: Qual mensagem gostaria de deixar aos empresários do setor? EAG: O cliente está sempre mudando. Seja você a mudança!

rem mais, risos!), qual o posicionamento de vocês? EAG: Nosso posicionamento é atender o cliente da melhor maneira e adequar o material para a necessidade dele, pois possivelmente temos uma solução que caiba dentro do bolso dele!

FOTOS: DIVULGAÇÃO

GF: Ao seu ver, qual o segredo do sucesso da Chroma Jet? EAG: Muito trabalho, bons relacionamentos, investimento em tecnologia. Como eu sempre digo para a equipe: “Não é o que a gente faz, mas sim como a gente faz! ” Isso exige treinamento, adequação em sistemas, investimento em tecnologia, inovação e foco na necessidade do cliente. Edição 135 | Revista GF - 31


CAPA

4% da produção em banners! os fornecedores, e muitos concorrentes. Sempre com simpatia a procura do melhor, seja em conhecimento, material ou tecnologia para seus clientes! Ele nos conta que seu foco ´é: ”Levar ao mercado de comunicação visual/ PDV envolvimento, comprometimento, respeito e muita qualidade nas impressões e instalações de cada job que produzimos. ”

Grandes Formatos: Poderia nos contar sobre esta história tão rápida em nosso mercado? Alexandre Caju: Decidi abrir a empresa quando percebi que a empresa na qual trabalhava não estava preocupada com o maior patrimônio que uma empresa pode ter, seus colaboradores e principalmente seus clientes. Comecei a receber reclamações de clientes, primeiro por

FOTOS: DIVULGAÇÃO

A Faz Comunicação Visual começou suas atividades em fevereiro de 2017. São pouco mais de 2 anos e muito sucesso neste pouco tempo! Sua produção é composta por muitos itens de PDV, porém banners, ela quase não conheceu! Alexandre Caju já se tornou amigo de todos! Participa de todos os eventos, conhece todos

32 - Revista GF |

Edição 135


qualidade nas impressões e depois por prazos não cumpridos. Foi nesse momento que percebi que se eu quisesse manter esses clientes potenciais ativos na minha carteira eu teria que ter meu próprio negócio. Depois de 7 meses de planejamento e muito estudo de mercado surge a Faz Comunicação Visual com a perspectiva de ganhar parte do mercado com excelência de atendimento, estando cada vez mais perto dos clientes para entender as “dores” de cada um deles e levar uma solução para cada projeto.

DEPOIS DE 7 MESES DE PLANEJAMENTO E MUITO ESTUDO DE MERCADO SURGE A FAZ COMUNICAÇÃO VISUAL COM A PERSPECTIVA DE GANHAR PARTE DO MERCADO COM EXCELÊNCIA DE ATENDIMENTO, ESTANDO CADA VEZ MAIS PERTO DOS CLIENTES PARA ENTENDER AS “DORES” DE CADA UM DELES E LEVAR UMA SOLUÇÃO PARA CADA PROJETO Edição 135 | Revista GF - 33


CAPA

GF: Encontraram empecilhos no início? AC: Nesta trajetória com toda certeza a maior dificuldade foi ter a oportunidade do primeiro trabalho com cada cliente. Por sermos uma empresa ainda jovem e concorrendo com grandes medalhões do mercado, as empresas ficam receosas em dar a primeira oportunidade, mas essa sensação passa assim que eles recebem o primeiro job e enxergam nosso atendimento e qualidade. Dessa forma conseguimos fidelizar a maioria deles e superar a dificuldade do início.

nhar preferimos não participar das concorrências. GF: Quais os planos futuros? AC: Continuaremos entregando relacionamento, qualidade de impressão e instalação que nossos clientes merecem. Faremos também investimentos em novas máquinas e qualificação de mão de obra de nossos colaboradores. Somente assim iremos nos tornar ainda mais competitivos.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

GF: A guerra por preços baixos é um agravante para vocês? AC: Quando nos deparamos com clientes que só querem comprar preço logo percebemos. Não existe uma receita exata para isso. Cabe a nós, com habilidade, mostrar que a qualidade que ele exige vai na contramão do que ele quer pagar. Já nos deparamos com vários cenários desse tipo,

muitos deles conseguimos reverter pedindo um arquivo para produzir uma amostra para comparação entre fornecedores. Nestes casos alguns clientes abandonam o fornecedor anterior e seguem conosco. E, claro, tem casos que o cliente não quer saber, quer preço e mais nada. Neste caso, depois de esgotar todas as possibilidades de negociação, optamos por “abrir mão” desse cliente “demitir”. Sim aqui nós demitimos alguns clientes! O processo de negociação precisa ser saudável para ambos e quando vemos que somente um dos lados quer ga-

34 - Revista GF |

Edição 135

GF: Uma mensagem: AC: Você não precisa ter muitas pessoas no seu time, você precisa ter as pessoas certas! Essa minha frase eu propago a todo tempo por onde passo! Aqui na Faz as pessoas são incríveis, tudo é conversado, desde uma simples mudança de lay out até as coisas mais complexas. Sou grato a todos. Impossível não citar aqui meu sócio, Davis Campos e nossa gerente geral Madeleine Pereira “Made”. Ambos são peças fundamentais para manter a ordem de processos e organização dos projetos dentro da empresa. Sem eles não chegaríamos onde estamos!


Consolidada em design editorial, a Purim Comunicação Visual desenvolve a identidade visual para projetos e publicações impressas e digitais para clientes de diversos setores, além de criar peças e conteúdo publicitário e editorial. A Purim também atua na área de tradução nos idiomas português e inglês. Nossa equipe de colaboradores é formada por jornalistas, revisores, ilustradores, tradutores e gráfica. Nosso objetivo é promover a comunicação da sua empresa com qualidade e criatividade.

DESIGN editorial peças PUBLICITÁRIAS IDENTIDADE visual conteúdo EDITORIAL REDES sociais TRADUÇÃO PT<>EN

rogerio@purimvisual.com.br | rogeriomacadura@gmail.com | 55 11 98382.8021

purimvisual

www.purimvisual.com.br


RICARDO KLEINE

ENTREVISTA

Conhecimentos técnicos são coisa de menina sim! Nestes 8 anos realizando treinamentos para impressão digital em grandes formatos tivemos muitos alunos com realidades diferenciadas. O que nos chamou mais atenção é que no curso técnico em impressoras digitais, até hoje, tivemos 3 mulheres apenas (em quase 1mil alunos!). Na última turma, agora em agosto, tivemos a presença de Silvia, a terceira mulher a fazer o curso. Ela participou também do Curso de Gerenciamento de Cores. Com entusiasmo de aprendizado único! Não poderíamos deixar de contar a história desta guerreira! 36 - Revista GF |

Edição 135


Grandes Formatos:   Poderia nos contar sua história? Como começou neste mercado? Silvia De Castro Silva: Brasília, 2005. Fiz uma entrevista de emprego e fui selecionada para trabalhar na Comercial Paulista, uma das maiores Revendas de Comunicação Visual da região, e essa empresa foi uma verdadeira escola! Tanto na minha vida profissional quanto pessoal. Não conhecia o mercado, não conhecia nem adesivos (risos). Muito curiosa, comecei a me interessar bastante, pois olhava para as galerias de adesivos, me encantava com todas aquelas cores. Nessa empresa, fui vendedora, compradora, entregadora, gerente, ou seja, tive uma grande oportunidade de aprender muito. Assim comecei a viajar para as Feiras, vender máquinas de Impressão e Recorte e entender melhor o Mercado de Impressão Digital.  Entre 2010 e 2012, tive a opor-

tunidade de trabalhar em Goiânia e Salvador em uma outra empresa. Isso contribuiu ainda mais para meu crescimento profissional, foi uma experiência e tanto. Há seis anos atrás, tive a oportunidade de representar a Imprimax, que mudou muito a minha vida, para melhor claro, a começar pela mudança de cidade. Hoje moro em Goiânia e atendo todo o Estado inclusive o Distrito Federal e Tocantins. Estou representando grandes empresas, como Tecno_paint, Exfak, Visual Progress, Artem. Sou muito grata por poder trabalhar com essas grandes empresas, e por elas acreditarem no meu trabalho.  GF: Quais foram os principais impasses que já enfrentou por ser mulher atuante em um mercado predominantemente masculino? SS: Honestamente, nunca senti ou enfrentei dificuldades por esse motivo, ao contrário, sempre fui muito bem recebida pelos clientes, muito bem relacionada com fornecedores. Sinto, inclusive, muito carinho por estas pessoas, pois de alguma forma, todos me ajudaram a correr atrás de informações, me especializar mais e mais. Sinto que o mercado no geral me reconhece como uma profissional focada. 

MUITO CURIOSA, COMECEI A ME INTERESSAR BASTANTE, POIS OLHAVA PARA AS GALERIAS DE ADESIVOS, ME ENCANTAVA COM TODAS AQUELAS CORES. NESSA EMPRESA, FUI VENDEDORA, COMPRADORA, ENTREGADORA, GERENTE, OU SEJA, TIVE UMA GRANDE OPORTUNIDADE DE APRENDER MUITO. ASSIM COMECEI A VIAJAR PARA AS FEIRAS, VENDER MÁQUINAS DE IMPRESSÃO E RECORTE E ENTENDER MELHOR O MERCADO DE IMPRESSÃO DIGITAL

GF: Você é uma apaixonada pela comunicação visual, é fato! Pode explicar o que mais te motiva? SS: Sim, realmente sou apaixonada. Tenho um casal de filhos que

DIVULGAÇÃO

Silvia De Castro Silva, de Goiânia-GO, é proprietária da Multiplus Sign Representações. Com 14 anos no mercado de impressão em grandes formatos hoje atende, além de Goiás, o Distrito Federal e Tocantins. Com 38 anos, casada e mãe da Geovana e do Lucatoni. Silvia é um exemplo de profissionalismo. Seus clientes veem nela uma parceira. Sempre animada e preocupada no melhor para eles! Já com planos de atuação no exterior, Silvia nos ensina que é possível sim! E as oportunidades estão nas nossas mãos!

Edição 135 | Revista GF - 37


ENTREVISTA

DIVULGAÇÃO

SS: Acredito que sair da zona de conforto nos fortalece muito. Meu principal interesse foi aprimorar o meu conhecimento afim de garantir ainda mais confiança dos meus clientes e também das empresas que trabalho. Sou Representante de tintas e adesivos, que estão diretamente ligados ao processo de impressão. Então, achei fundamental fazer estes cursos, que por sinal, foram de grande valia! O Professor Francisco Chubaci é realmente formidável! Mesmo com um bom tempo de mercado esse curso me ensinou que devemos estar sempre antenados com o que acontece fora do Brasil também. Gosto de desafios, e essa informação sobre ser a terceira mulher a fazer o curso, muito me orgulha!

merece exemplo e dedicação, na Comunicação Visual, encontrei forças para lutar por um futuro melhor para eles! Além disso, gosto muito das novidades, dos lançamentos e de toda a tecnologia envolvida nesse processo. Ver uma impressão perfeita é muito satisfatório. Sem contar as grandes amizades que conquistei ao longo do tempo.

38 - Revista GF |

Edição 135

GF: Hoje você faz um trabalho de campo em clientes com muita eficácia! Onde pretende chegar? SS: Não vejo limites para o meu trabalho. Quero ainda poder representar algumas empresas em outros países! GF:  Por que decidiu fazer um Curso Técnico em Impressoras? (em 8 anos você foi a terceira mulher!)

GF: Qual mensagem gostaria de deixar para as outras mulheres do nosso mercado, que as vezes se sentem subestimadas pelo seu trabalho? SS: Nosso mercado de Comunicação Visual é verdadeiramente um mundo de oportunidades! Não acredito que haja regras, pois, a possibilidade de reconhecimento esta unicamente no nosso trabalho. Certamente ajudará ter mais informações técnicas, bom marketing pessoal, foco e planejamento, necessários para o desenvolvimento de qualquer pessoa.  Carinhosamente agradeço a GF pela oportunidade. E também não poderia deixar de agradecer a confiança de todos os meu clientes de Brasília, Goiás e  Tocantins!


número O software

do universo para impressão e comunicação visual

64

Novo motor RIP de 64 BIT

Assinaturas por apenas R$ 200 mensais* *Em um contrato anual

thinksai.com


FREEPIK

ARTIGO

Os números de curtidas sumiram, e daí?

40 - Revista GF |

Edição 135

e demais informações bem mais relevantes. Esse é um assunto para outra matéria, ou quem sabe um curso, não é mesmo? Ficou preocupado? É simples! Foque sempre na qualidade do conteúdo, capacite sua equipe na

FOQUE SEMPRE NA QUALIDADE DO CONTEÚDO, CAPACITE SUA EQUIPE NA CRIAÇÃO DE BOAS ARTES E BONS TEXTOS E TRABALHE CAMPANHAS PROMOCIONAIS DENTRO DAS REDES SOCIAIS

criação de boas artes e bons textos e trabalhe campanhas promocionais dentro das redes sociais. Ah! Não quer se preocupar com isso? Terceirize, existem empresas especializadas na gestão de redes sociais que dão retorno garantido!

DIVULGAÇÃO

Se você não é um influencer ou agência que trabalha comprando seguidores, comentários ou visualizações, com certeza não ficou preocupado com essa mudança no Instagram, afinal seu foco não é quantidade e sim, qualidade! Qualidade no trabalhar a gestão de um conteúdo bem planejado, sem a ânsia competitiva por números e sem a irrealidade dos “seguidores fictícios” que não tem interesse pela marca, pelo produto, pelo serviço, pelo comportamento e pelo segmento e automaticamente desvalorizam a organização. Com essa mudança, o Instagram visa até minimizar efeitos psicológicos nos seus usuários, que até então adoeciam depressivos e estressados. Mesmo assim, administradores da página conseguem acesso a esses números e muitas agências no mercado realizam um trabalho sério e, por meio de algumas ferramentas possuem acesso a essas

ANTONIO ESCOBAR Especialista em gestão de redes e Diretor da Digital Sign Midia


ARTIGO

Utilizando feiras e eventos para desenvolver o seu networking Ter uma ótima rede de contatos é imprescindível para o sucesso na vida profissional - e também na vida social. Inclusive, boa parte das contratações é resultado de um excelente networking. Por

42 - Revista GF |

Edição 135

isso, é muito importante construir e fortalecer seu networking em momentos como feiras de negócio. Afinal, em apenas um lugar e em um curto espaço de tempo, é possível contatar diferentes pessoas

para se apresentar, trocar cartões e falar da sua empresa. Um networking bem feito exige uma combinação de iniciativa, estratégia e bom senso. Pensando nisso, espero que este artigo ajude


DEPOSITPHOTOS

informações em mente. Quais são os players de mercado mais importantes que você pode encontrar? Quem estará lá que pode ser interessante para o seu negócio ou para você? Em qual momento você vai iniciar um contato? O mais indicado é que você foque em conhecer as pessoas que tenham relação com o seu mercado. Além disso, esteja preparado para responder perguntas sobre você e seu negócio. Ensaie um breve discurso para quando um contato perguntar o que você faz e adapte as respostas para o perfil de público que estará na feira. Outra dica importante é estar sempre atualizado sobre as novas tendências que eventualmente poderão ser pautas para conversas, além, é claro, de se informar sobre lançamentos e fusões de produtos e serviços. 

você com as melhores dicas para fazer networking ao participar de eventos e de feiras. Quer melhorar a forma como você vem construindo novos relacionamentos para o seu negócio? Então confira estas dicas de boas técnicas de networking e saia dos próximos eventos com uma grande lista de novos contatos! Boa leitura! Prepare-se para o evento e esteja informado Você tem que saber o que exatamente vai fazer no local. Portanto, é necessário ter algumas

Pré-selecione os contatos Antes de ir para o evento, pesquise as empresas e os públicos que vão participar. Assim, você pode preparar com antecedência uma  lista dos principais fornecedores e clientes que deseja ter contato. Uma dica é procurar por pessoas que podem ser conhecidas para ajudar nesse processo. Contatos que já fazem parte da sua rede sempre podem ser acionados para expandir o networking. Saiba como se apresentar e abordar pessoas Além de estar pronto para dizer o que você faz, é fundamental demonstrar conhecimento do negócio dos outros. Mas não pressione! Procure dar espaço para que seu interlocutor também conduza a

conversa. Dessa maneira, você vai encontrar o melhor momento para falar sobre possíveis parcerias. Caso a pessoa dê liberdade, apresente-se diretamente, com um aperto de mão e um sorriso. Se o contato importante já estiver conversando com outras pessoas, procure se aproximar dele aos poucos, sem ser invasivo. Uma dica é tentar entrar na conversa e iniciar um assunto com todos os envolvidos. Desenvolva a conversa Fazer uma pergunta que seja pertinente à feira, ou ainda sobre o negócio do seu contato, é uma ótima alternativa. Iniciar essa conversa faz com que você ganhe o

ALÉM DE ESTAR PRONTO PARA DIZER O QUE VOCÊ FAZ, É FUNDAMENTAL DEMONSTRAR CONHECIMENTO DO NEGÓCIO DOS OUTROS. MAS NÃO PRESSIONE! PROCURE DAR ESPAÇO PARA QUE SEU INTERLOCUTOR TAMBÉM CONDUZA A CONVERSA. DESSA MANEIRA, VOCÊ VAI ENCONTRAR O MELHOR MOMENTO PARA FALAR SOBRE POSSÍVEIS PARCERIAS Edição 135 | Revista GF - 43


ARTIGO

EM UMA ERA TÃO TECNOLÓGICA, O DIGITAL É QUE É A MODA HOJE EM DIA. NO ENTANTO, SE VOCÊ ESTÁ EM UM EVENTO PARA EXPANDIR A SUA REDE, DEVE FOCAR  TAMBÉM NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS tempo necessário para definir o seu próximo passo. Caso a resposta seja vaga, seja cauteloso na próxima pergunta. Agora, se você sentir receptividade, é importante esquentar um pouco mais o diálogo. É fundamental que, após o evento, você não se esqueça quais pessoas estão associadas aos contatos feitos. Para evitar problemas, você pode anotar nos cartões recebidos alguma característica ou comentário feito pelo interlocutor. Mencionar esses detalhes em um contato posterior vai fazer com que a pessoa se sinta lembrada e especial. Tenha sempre um cartão de visitas em mãos Em uma era tão tecnológica, o digital é que é a moda hoje em dia. No entanto, se você está em um evento para expandir a sua  rede, deve  focar também nas relações interpessoais. Verifique se você tem uma quantidade adequada de cartões 44 - Revista GF |

Edição 135

de visita para levar. Na maioria das vezes, as pessoas não conseguem se lembrar de detalhes de tantos contatos, mas um bom cartão pode relembrá-lo após a feira. Circule por todo o evento e aproveite seu tempo Movimente-se pelo espaço e evite ficar em um canto conversando com as mesmas pessoas. Afinal, esse é o momento de otimizar o seu tempo. Não conseguiu falar com o potencial cliente que tanto gostaria? Circule pelo local e vá em busca de uma oportunidade nova. Você sempre pode retomar a  tentativa mais tarde. O que importa é: se você não estiver conversando com uma pessoa, algo está errado. Nas interações,  aprofunde diálogos com pessoas que podem render oportunidades para você e para o seu negócio. Se a conversa não estiver  alinhada com os seus propósitos, um bom aperto de mão e um “até logo” são ótimas saídas. Terminada a feira, é o momento de construir relacionamentos sólidos com os contatos que você fez. Encontre feiras e eventos para participar Uma dúvida que você pode ter é sobre como encontrar feiras relacionadas ao setor. Bom, antes de tudo, você precisa escolher bons eventos, ou seja, aqueles que já têm alguma tradição no mercado e que contam com vários expositores. É importante estar presente nas grandes feiras que são voltadas para a indústria gráfica e de comunicação visual.

Um bom exemplo é a Signs Nordeste, que acontece em Fortaleza/ CE de 10 a 13 de setembro. Nessa feira, você vai ter contato com clientes em potencial e os principais fornecedores do mercado gráfico, além de poder conversar com autoridades que conhecem as tendências do setor. É uma grande oportunidade para aumentar a notoriedade da sua  marca  e desenvolver  o negócio do seu negócio. Esperamos você lá! A dica mais valiosa de como fazer o networking dar resultado é nutrir os seus contatos. Depois da feira, não deixe de adicioná-los em sua rede social. Caso for entrar em contato por e-mail, espere alguns dias para ter certeza de que sua mensagem  vai ser lida. É comum que após esses eventos muitas pessoas entrem em contato, sobrecarregando a caixa de e-mail.

GIORDANA MADEIRA Diretora Jurídica do Febratex Group


10 a 13 2019 setembro Das 15h às 21h

FORTALEZA/CE

CENTRO DE EVENTOS DO CEARÁ - PAVILHÃO LESTE

Eventos simultâneos:

Baixe o app Febratex Group:

Fórum de Informações com +50 horas

110 estandes representando

+350 marcas

de conteúdo Inscrições gratuitas:

signsnordeste.com.br * Não é permitida a entrada e permanência de menores de 14 anos, mesmo que acompanhados dos pais e/ou responsáveis

Patrocínio:

Apoio:

Informações:

Porto Alegre: +55 51 3382 0700 - fcem@fcem.com.br São Paulo: +55 11 5589 2880 - saopaulo@fcem.com.br Portugal: +351 964 391 712 - portugal@fcem.com.br

Agência de Viagens Oficial:

Promoção:


GF PROFISSIONAL

GF Profissional – Um encontro de culturas de norte a sul do Brasil nos cursos em SP! FOTOS: DIVULGAÇÃO

son Gomes (SP), Lucas Ferreira (SP), Eleilson da Silva (AL), Kalil Tanaka (PR), João Candido (DF), Estéfano Limeira (DF), Rubens Melo (SP), Marcos Silva (TO), Cristiano Barbosa (AL) e Ricardo Gaspary (RS)!

TIVEMOS TODO O APOIO DA HP PARA CONSEGUIR REALIZAR ESTE CURSO UTILIZANDO A TECNOLOGIA LÁTEX COMO BASE! No dia 13 de agosto o GF Profissional realizou em SP mais um Curso de Gerenciamento Avançado de Cores, com o nosso mestre Marcelo Chagas! O Curso, com 13 alunos participantes, foi realizado no showroom da HP! Segundo Luciana da GF: “Tivemos todo o apoio da HP para conseguir realizar este curso utilizando a tecnologia látex como base! Agradecemos todo o apoio da Edissa Furlan da HP, da Estela Fonseca da ITM e de todos que colaboraram! ”. Alunos de todo Brasil estiveram presentes. Na sequência, nos dias 14 a 17 de agosto foi realizado mais um curso Técnico em Impressoras Digitais com o Mestre Francisco Chubaci! Na sede da GF na Barra Funda, com 12 participantes, o curso foi um sucesso! Foram 32h/aula que marcaram a vida 46 - Revista GF |

Edição 135

profissional destes profissionais que vieram de todas as partes do Brasil! Uma mistura de sotaques e culturas que traz muita alegria aos cursos! Parabéns a mais esta turma muito especial: Silvia Silva (GO), Edinéver-

Quer participar dos cursos da GF? A Bianca falará com você! Whats (41) 3023-4979 – faleconosco@ grandesformatos.com


FOTOS: DIVULGAÇÃO

GF NEWS

As vitrines do futuro Epson apresenta tecnologia de projeção para lojas no Laser Signage Solutions, evento que será realizado dias 27 e 28 de agosto em São Paulo De acordo com o estudo Digital Signage Future Trends Report de 2019, mais de 60% das marcas, instituições e fornecedores estarão focados em criar melhores experiências e promover o engajamento do cliente em sua jornada de compra nos próximos dois anos. Alinhada a esta tendência, a Epson realizará o Laser Signage Solutions, que irá apresentar - durante os dias 27 e 28 de agosto em São Paulo - novos conceitos de aplicações utilizando tecnologia de projeção em lojas, vitrines, restaurantes capazes de oferecer uma experiência única aos consumidores. O Laser Signage Solutions terá 25 projetores instalados criando diferentes ambientes para mostrar as diversas possibilidades de inovação dos pontos de venda.  As imagens serão projetadas sobre di50 - Revista GF |

Edição 135

versas superfícies, com diferentes tamanhos e formas. Entre as atrações do espaço, estarão o Túnel Imersivo, Game Interativo, Cilindro Holográfico e Vitrine Experience. Além de espaços projetados, o evento contará com palestras voltadas ao público especializado sobre “A Nova Era do Varejo Físico” e “Tendências Tecnológicas e a Transformação Digital”. A linha Laser Signage Solutions (LSS) pode ser aplicada em todos os mercados onde se utiliza o conceito de Digital Signage como aeroportos, hospitais, museus, lojas, estádios, centros de convenções e parques de diversões. “O Digital Signage é a emissão de conteúdos digitais por meio de displays como LCD, painéis de LED ou Projetores. Os projetores Epson permitem apresentar conteúdos dinâmicos

e criar uma experiência única para clientes e usuários”, explica Rodrigo Machado, Gerente de Negócios da Epson para o segmento de projetores profissionais. Os projetores LightScene, por exemplo, se adaptam a diferentes cenários e oferecem diversas opções de configuração, montagem e programação. Além disso, incluem recursos para o gerenciamento de conteúdo, edge blending, playback automático, modo foco de luz e conectividade versátil. A tecnologia 3LCD aliada à fonte de luz a laser oferece uma projeção de maior qualidade, com mais horas duração e versatilidade.   “Dentro da Jornada de compra do consumidor, a relação com a marca é algo muito importante e, o uso da tecnologia como ferramenta para criar experiências e engajamento do cliente mais eficientes e atrativas é a proposta da Epson com a tecnologia de projeção” afirma Rodrigo.

Serviço Laser Signage Solutions Local: Immensità - Av. Luiz Dumont Villares, 392, Santana - São Paulo/SP Data: 27 e 28 de agosto Horário: das 10h às 20h Inscrição gratuita: https://epson.com.br/evento-laser-signage


Linha de Vinil ARdigital

COLORIDO

• Recorte eletrônico, Serigrafia e Offset U.V • Mais de 40 opções de cores • Frontal alto brilho ou fosco • Durabilidade 05 anos • Disponível na largura 1,22x50 metros • Indicado para adesivação de frotas

(11) 3589-6557

www.arclad.com

(11) 98754-0107

brasil@arclad.com


QUINZE ANOS. E A EVOLUÇÃO CONTINUA. Só uma empresa que já percorreu tantos caminhos de inovação pode continuar enxergando longe para ajudar o seu negócio a fazer parte do futuro da impressão digital. Venha com a AMPLA, a única fabricante de impressoras genuinamente do Brasil.

41 3525 9300 www.ampladigital.com.br

Esperamos você para fechar o melhor negócio! AV. D | STAND 06


Profile for Revista Grandes Formatos

Edição nº 135| O Fim do Banner!  

Edição nº 135| O Fim do Banner!  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded