Page 1

1

GF - OUTUBRO 2011


2

GF - OUTUBRO 2011


3

GF - OUTUBRO 2011


SUMÁRIO

26 Segurança, saúde e... eficiência!

Como garantir segurança e qualidade de vida para seus funcionários e seu bureau

40 6 8

Editoriais e Expediente

10

Prêmio Bureau Criativo 2011 Finalistas da 4ª etapa

Espaço de Negócios –

Mimaki Road Tour Mimaki 2011 Suas Impressões

50 Coluna Gestão em Vendas Por Raul Candeloro

11

Espaço de Negócios –

Vulcan Vulcan supera expectativas com inovações na Feira Sign 2011

12

Espaço de Negócios – Serilon Serilon lança a lona perfurada Wideprint Mesh

14

Para Suas Dúvidas, Grandes Respostas Vale a pena fazer 3º turno no bureau?

18

Entrevista Especial Agfa – Sustentabilidade na prática

4

GF - OUTUBRO 2011

22

Espaço de Negócios – Day Brasil - Workshop Mactac

24

Bureaus pelo Brasil Made in: Jequié (BA)

38

Espaço de Negócios - F9 F9 apresenta nova logomarca que alia tecnologia e sustentabilidade

39

Evento Marbor Ênfase em atendimento!


Queridos leitores, É com imensa satisfação que convido vocês para a festa do Prêmio Bureau Criativo 2011. Para quem já esteve presente, garanto que ficarão surpresos com o que estamos preparando para o dia 24 de novembro. Para quem nunca veio, tome a atitude de participar deste momento mágico, único, em que concorrentes de mercado vibram e torcem uns pelos outros. Fabricantes se unem em um só corpo de jurados, como patrocinadores do evento, visionando um mercado melhor, um segmento com práticas mais justas, em que a capacidade de executar um projeto com criatividade faz sua empresa estar numa vitrine entre as melhores do país. O desafio está lançado e tem data confirmada! Ainda dá tempo de caprichar nas fotos de um projeto bem elaborado e concorrer a um dos troféus mais disputados do país. Basta ter iniciativa, só depende de você.

Outubro 2011 | Ano 5 – nº 63 Editora/ Diretora Luciana Cristina Andrade editora@grandesformatos.com Redação Janaína Castro – 8493/PR faleconosco@grandesformatos.com

Eu e toda equipe GF aguardamos sua presença! Assinaturas assinaturas@grandesformatos.com

Um forte abraço, Luciana Andrade Editora / Diretora editora@grandesformatos.com

Projeto e desenvolvimento gráfico Paolo Malorgio Studio paolo@paolomalorgio.com www.paolomalorgio.com

Da Redação Todos os meses, trabalhamos com dedicação para trazer conteúdos relevantes que façam a diferença para o dia a dia do seu bureau. Isso é, além de um compromisso com você, leitor, uma grande responsabilidade para nós. Falar do que é útil e vantajoso para seu negócio é importante, mas, neste mês, confesso que sinto a responsabilidade dobrar, por tratar de um assunto que deve sempre estar em primeiro lugar: a vida. Preocupar-se com a segurança dos seus funcionários é, acima de tudo, zelar e demonstrar amor e respeito pelas pessoas que fazem seu bureau funcionar, para que elas tenham qualidade em seu trabalho e mantenham a empresa sempre produtiva. Por isso, faço com todas as forças o convite para a leitura da matéria de capa dessa edição, que você encontra na página 26. Meu desejo é que todas as empresas do Brasil sigam essas orientações, mas se ao menos uma pessoa começar a se preocupar com esse assunto e se proteger de um acidente grave ou de uma doença que pudesse tirar sua vida, nossa missão estará cumprida. Nessa edição você encontra também uma reflexão sobre o trabalho no 3º turno, na seção “Para Suas Dúvidas, Grandes Respostas”, na página 14, e mais uma escala da nossa viagem pelo país com o “Bureaus pelo Brasil”. Dessa vez, desembarcamos na Bahia, confira na página 24. E veja também a entrevista especial sobre sustentabilidade que fizemos com a Agfa, nas páginas 18 a 21. E, como já sabem, temos mais finalistas do Prêmio Bureau Criativo 2011. Conheça as empresas vencedoras da 4ª etapa. Espero que gostem! Até novembro! Um abraço e boa leitura, Janaína Castro Redação faleconosco@grandesformatos.com

6

GF - OUTUBRO 2011

Anúncios Liana Andrade atendimento@grandesformatos.com

SHARE Marketing® Estratégico marcos@sharemkt.com.br www.sharemkt.com.br A Revista GF é publicada 11 vezes ao ano pela GF Conceito Editora Outubro de 2011 GF Conceito Editora LTDA Todos os direitos reservados. A reprodução total ou parcial deste material é permitida mediante autorização prévia expressa pela GF Conceito Editora Ltda e desde que tenha citada a fonte. O conteúdo dos artigos é de responsabilidade dos autores, não expressando necessariamente a opinião da revista. Os informes técnicos são de caráter informativo, não são comercializados e a revista é imparcial, não prevalecendo nenhum fabricante em detrimento de outro. Os anúncios são de total responsabilidade dos anunciantes. Visite nosso portal www.grandesformatos.com


A impressora de 1,62m com a tecnologia mais avançada do mundo Agora por:

R$66.500,00 Consulte condições de financiamento com nossos distribuidores

M

Y

Y

Y

Epson E pson Stylus Stylus Pro Pro GS6000 • • • •

Tintas Tintas tas Eco Eco o Amigáveis Amigá migávveis Epson Epson Ultra Ultra Chrome: Ultr Chrome ome: dispensam dis ensam o uso de exaustores exaus xausttores Facilidade de uso e manutenção: dispensa limpeza diária das cabeças de impressão Velocidade de impressão para alto desempenho: até 40 m²/ h Qualidade de impressão Fotográfica: até 1440 x 1440 dpi reais

Para mais informações, acesse: www.epson.com.br/ondecomprar ou ligue para 0800 880 0094

Call Center de Cor para impressoras de grande formato Epson: 0800 600 6990

dogcom.com.br

IMPRESSORA SOLVENTE ECO-AMIGÁVEL


ESPAÇO DE NEGOCIOS - ROlAND SUAS IMPRESSÕES

O que você gostaria de encontrar nas próximas edições da sua Revista? Mande sua sugestão!

@superimagem @RevistaGF ficou super linda, mais uma vez mostrando seu profissionalismo!!! TWITTER @printservicecv A @RevistaGF deste mês está imperdível! @Serilon @RevistaGF Valeu pela matéria publicada sobre o #DiálogoCriativo, o Blog Oficial da Serilon! dialogocriativo.com.br @PalestrantesOrg @profcarlosjulio RT @RevistaGF: Confira a entrevista especial com @profcarlosjulio na #GF @profcarlosjulio RT @RevistaGF: entrevista do @profcarlosjulio na #GF. Eu que agradeço o convite!

RTs do link para a versão digital de julho: @infodigital_RN, @PalestrantesOrg, @printservicecv, @profcarlosjulio FACEBOOK Publitech Luminosos: Está faltando alguma matéria falando sobre projetos em ACM! Seria muito legal! Quem curtiu o link de setembro na página da GF: Wanderley Junior Você já curte a página da GF no Facebook? Acesse já: www.facebook.com/Grandes Formatos ERRATA

@ArtworkDigital A @ArtworkDigital está na edição de maio da @RevistaGF sobre sustentabilidade

8

GF - OUTUBRO 2011

A GF e SHARE Marketing® Estratégico, responsável pelo projeto e desenvolvimento gráfico da Revista, pedem desculpas pelo erro nas legendas das fotos publicadas

na página 32 da edição nº 62 (Bureaus + Agências = Sucesso 2 , setembro 2011). Os comentários “passar para a direita” e “passar para a esquerda” eram indicações internas para posicionamento das fotos e não deveriam ter sido impressos na Revista. As legendas corretas deveriam conter apenas o nome dos entrevistados “Paulo Henrique Sampaio, da hiper Graphic Digital” e “Felipe Lopes, da Master Publicidade”.

Envie suas sugestões, comentários e críticas: E-mail: faleconosco@grandesformatos.com Cartas: GF Conceito Editora - Revista GF - Av. Presidente Affonso Camargo, nº 2491 Cristo Rei, Curitiba/PR CEP 80050-370 Telefone: (41) 3023-4979 Twitter: twitter.com/RevistaGF – Siga a GF no Twitter! Facebook: www.facebook.com/ Grandes Formatos * Em razão do espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados


Produtividade na medida certa

Fotos ilustrativas: RS-640 com sistema e rebobinamento opcional, TU2-64 e TUC-2

• Largura máxima de mídia 162 cm • Qualidade fotorrealística em até 1.440 dpi • Alta velocidade de impressão de até 21,4 m2/h • Maior produtividade com economia de tinta • Conjunto de aquecedores garantem rápida secagem • Envelope veículos, acessórios, móveis e personalize objetos • RIP Roland VersaWorks com palhetas de cor para referência • Alta performance para produção de banners e adesivos com alta durabilidade externa • Sistema de rebobinamento opcional, permite uma produção contínua Consulte a lista de revendas autorizadas em nosso site.

9

GF - OUTUBRO 2011

Grandes Formatos_setembro_RS-640_21x28.indd 1

9/26/11 10:43 AM


ESPAÇO DE NEGÓCIOS – MIMAKI

Road Tour Mimaki 2011

U

ma das líderes mundiais

venda, com assistências técnicas

poderemos entender melhor quais

no desenvolvimento de

locais e bem preparadas”.

são e desenvolvermos soluções

tecnologias de impressão,

O evento terá duração de dois dias

a japonesa Mimaki, com unidade

em cada uma das cidades. Durante

i m p o r t a nte o u v i r o q u e c a d a

técnico-comercial no Brasil desde

esse período, a Mimaki, em parceria

e m p re s a te m a n os dize r e

final de 2009, pegará a estrada e

com seus distribuidores (Marbor,

transformar esse conhecimento

apresentará parte de suas soluções

Plotertec, Serilon, Suprimarketing

em ações f uturas para melhor

d e i m p re s s ã o e m 1 0 c i d a d e s

e TS2), receberá a visita de clientes

atende-los”, explica Ribeiro.

regionais . É extremamente

diferentes com o ROAD TOUR 2011.

A Mimaki tem como filosofia global

O “ROAD TOUR MIMAKI 2011” se

o atendimento a três linhas de

iniciará no dia 18 de outubro, em

mercado: COMUNICAÇÃO VISUAL,

Cuiabá (MT), no dia 19 de outubro,

TÊXTIL e INDUSTRIAL. O Road

em Recife (PE) e se encerrará no

Tour Mimaki 2011 irá apresentar um

dia 30 de novembro em Por to

equipamento para cada mercado,

Alegre (RS). Dentro desse período,

sendo eles:

a Mimaki ainda passará nas cidades d e B e l é m (PA), M a n a u s (A M ),

potenciais para demonstraç ão

C JV30 -130 BS – impressora

Salvador (BA), Belo Horizonte (MG),

d e e q uip a m e ntos , n e g o cia ç ã o

solvente com recorte conjugado.

Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR) e

comercial, desenvolvimento de

Indicada para impressão de banners,

Joinville (SC).

soluções e testes de impressão,

adesivos e outras aplicações em

colocando-se a disposição para

comunicação visual. Disponível

qualquer atendimento técnico/

e m quatro tamanh os: 6 0 0 mm ,

relacionamento com clientes e

comercial.

1000mm, 1300mm e 1600mm.

O Ro a d To u r é u m a g r a n d e oportunidade

de

estreitar

“É

uma

grande

prospectar novos contatos, fazendo

opor tunidade de aumentarmos

com que essas empresas vejam

nosso conhecimento sobre

TS 3 -1 60 0 – impressora têx til

de perto a qualidade e tecnologia

as a plic a çõ e s d e c a da re giã o.

sublimática de excelente custo

envolvidas em um produto Mimaki.

Sabemos que cada Estado/Região

benefício.

Nas palavras de Danilo Ribeiro,

possui diferentes e específicas

Super visor Técnico da Mimaki:

necessidades e dessa forma

“Institucionalmente é importante

UJF3042 – impressora industrial UV de pequeno formato.

que todas as regiões saibam de nossa atuação em caráter nacional, tanto em vendas, por meio de

Os locais e datas dos eventos estão disponíveis no site

nossos distribuidores , como e

www.mimakibrasil.com.br, pelo email vendas@mimakibrasil.com.br

principalmente, no suporte pós

ou em contato com os distribuidores da Mimaki.

10

GF - OUTUBRO 2011


ESPAÇO DE NEGÓCIOS - VUlCAN

Vulcan supera expectativas com inovações na Feira Sign 2011

A

Feira Sign 2011 foi um

na feira deste ano, com recorde de

grande sucesso para a

visitação em nosso stand. A repercussão

multinacional brasileira,

foi grande, até hoje estamos recebendo

Vulcan Material Plástico. Desta vez, a

diversos contatos com interesse em

empresa investiu no lançamento da

nossos produtos. Este mercado busca

linha Eco, composta por nove produtos

inovação e é isso que possibilitamos” diz

(Ecolux 2000, Ecolux 2000 Plus,

Raquel Lima, coordenadora de marketing

Ecobanner, Ecobanner Tex, Ecopaper,

da Vulcan.

Ecorevest, Ecoplac, Ecopiso e Ecosol)

O grande diferencial exposto na

com nicho totalmente diferenciado,

feira foi mostrar a possibilidade que o

todos ecologicamente corretos e direcio-

consumidor tem de criar um ambiente

PARA VISUALIZAR O CATÁLOGO DA

nados ao público de comunicação visual.

totalmente personalizado, com diversas

LINHA ECO: WWW.VULCAN.COM.BR

“A Vulcan superou as expectativas

11

GF - OUTUBRO 2011

texturas e qualidade de impressão.


Espaço de Negócios - Serilon

Serilon lança a lona perfurada Wideprint Mesh Maior e mais resistente, garante máxima qualidade de impressão

E

m re s p os t a à g r a n d e

composta por fios 1000x1000 de

demanda percebida pelas

alta resistência e a qualidade de

unidades Serilon em todo

impressão especial, que fazem

o país, a distribuidora acaba de

desta lona perfurada uma excelente

lançar sua nova lona perfurada: a

alternativa para quem busca alto

Wideprint Mesh. O produto, com

desempenho.

largura diferenciada de 3,20m, é uma alternativa inovadora para as lonas nacionais, que são menores, disponíveis apenas nas larguras de 1,40m e 2,10m.

“A Wideprint Mesh é um produto estratégico, que veio complementar ainda mais nosso portfólio. Estamos importando grande quantidade da lona, pois conhecemos de perto as

O tamanho especial da Wideprint

necessidades dos bureaus de todo

Mesh garante um melhor aprovei-

Brasil, que têm alta demanda por

tamento da impressão, já que a

uma lona perfurada de tamanho

maioria dos equipamentos têm

maior, ideal para prote ç ão de

exatamente a largura de 3,20m e

edifícios, e que, ao mesmo tempo,

também proporciona resultados

proporcionasse máxima qualidade

Para mais informações sobre e esse

m a is s atis f ató r ios n a h o r a d a

na hora da impressão”, explica

e os demais produtos da Serilon

a p l i c a ç ã o . O u t ro s d i f e re n c i a s

Rogério Silva, gerente de negócios

acesse o site: www.serilon.com.br

da Wideprin Mesh são a trama,

da Serilon.

12

GF - OUTUBRO 2011


13

GF - OUTUBRO 2011


PARA SUAS DÚVIDAS, GRANDES RESPOSTAS

Vale a pena fazer 3º turno no bureau? Conheça as vantagens e desvantagens de cada tipo de jornada de trabalho

Janaína Castro

Com o “corre-corre” do dia a dia de todo bureau de impressão, a ideia de aproveitar as 24 horas do dia para produzir certamente parece fantástica. Imagine ter suas máquinas rodando o tempo todo e produzindo sem parar? Para alguns bureaus essa parece uma solução bastante eficiente e vantajosa. Mas, apesar da tentação inicial, outros preferem manter apenas os turnos tradicionais e conseguem dar conta do recado. Veja a seguir a experiência da DSR Comunicação Visual, de Taquaraí (RS) e da Feira Signs, de Feira de Santana (BA), compare com a sua realidade e reflita sobre qual opção se enquadra melhor à realidade do seu bureau.

14

GF - OUTUBRO 2011


Elvis Aaron da Silva Oliveira, proprietário da Feira Signs Comunicação Visual, de Feira de Santana (BA)

Produtividade MAXIMIZADA Em nossa empresa, trabalhamos

ajudante é infinitamente menor do que o de

normalmente no terceiro turno. Fizemos

mais uma impressora. Em qualquer ramo de

essa opção, porque no turno comercial das

atividade você tem que tentar otimizar ao

8h00 as 18h00 não conseguimos dar conta

máximo a utilização de seus equipamentos

da demanda. Não possuímos uma equipe

para, com isso, aumentar a sua rentabilidade.

específica para o horário da madrugada. Nossas três equipes revezam-se entre si a cada período de 30 dias. Posso afirmar que esse sistema de trabalho co ntín u o só ofe re ce va nt a g e n s . C o m a

Além disso, os equipamentos de impressão foram feitos para trabalhar 24 horas. Dessa forma, estabilizamos as nossas impressoras, dando-lhes uma melhor qualidade de impressão, pois o processo de desligamento das máquinas de impressão pode ocasionar

“Posso afirmar que o 3º turno

entupimento das cabeças e demais peças,

só oferece vantagens. Com a

caso a limpeza não seja feita corretamente. Com o 3º turno também não existe o famoso

criação de três turnos distintos

‘serviço de última hora’, e consequentemente,

conseguimos triplicar a

não ocorre a ‘quebra’ do planejamento de

nossa produção. Reduzimos também nossa necessidade

impressão. Isso faz com que a produtividade desse turno seja de 10 a 20% superior à dos demais. Uma vez que a máquina é colocada

de investimento no parque

para imprimir ela não para mais. E, finalmente,

gráfico, pois a capacidade das

toda a produção e impressão do 3º turno

máquinas é maximizada“

é rever tida em trabalho para o setor de acabamento já no primeiro horário do dia seguinte, o que garante mais agilidade e

criação de três turnos distintos conseguimos

rapidez para nossa produção.

tr i p li c a r a n o s s a p ro d u ç ã o . R e d uzi m o s também nossa necessidade de investimento

Pela minha experiência e por todos os

no parque gráfico, pois a capacidade das

benefícios apresentados acima, aconselho

máquinas é maximizada pela operação de

sim que as empresas que possuam uma

mais funcionários durante mais tempo. O

demanda que justifique o 3º turno, implantem

custo de você ter mais um impressor com

esse tipo de jornada. »

GF - OUTUBRO 2011

15


PARA SUAS DÚVIDAS, GRANDES RESPOSTAS

Equipe unida e concentrada

Apesar de considerar que o trabalho

p ois c a d a seto r p os sui

no 3º turno seja, por diversos fatores, o

apenas um responsável

mais produtivo, nossa empresa não utiliza

e

este ar tifício, pois temos uma demanda

p re s e nte p a r a re s o lve r

compatível com a utilização de apenas dois

quaisquer imprevistos.

ele

estará

sempre

turnos. É lógico que, em situações especiais,

Não posso negar que

como em anos eleitorais, precisamos fazer

o terceiro turno também

programações diferenciadas para cumprir

apresenta

p razos ex tre m a m e nte cur tos e p e did os

como o fato de existirem

mais volumosos e isso acarreta o trabalho

menos fatores externos

esporádico no 3º turno, mas como horas

envolvidos na produção

extras e não como turno propriamente dito.

como

vantagens,

dúvidas

de

A opção de trabalhar em dois turnos faz

clientes ou situações

com que tenhamos que trabalhar sempre

momentâneas em que um funcionário precise se

“Acredito que o grande benefício de ter o trabalho concentrado em apenas dois turnos é o entrosamento diário de todos os

ausentar de seu setor e assim por diante. Entretanto, o fato de trabalhar com equipes distintas e responsabilidades dividas em

Deivid Souza do Rosário, proprietário da DSR Comunicação Visual, de Taquari (RS)

um mesmo setor entre colaboradores de turnos diferentes , vai exigir um cuidado maior e perdemos um pouco por diminuir

colaboradores da empresa

a interação entre o grupo, que aprimora a

e também a concentração das

produção da empresa . Funcionários que

responsabilidades setoriais“

trabalham sempre juntos em um ambiente de cooperação tendem a se desgastar menos física e psicologicamente, além de ter entre

16

com a capacidade máxima de produção,

eles o controle e conhecimento de tudo o que

atentos para cumprir todos os prazos de

acontece naquele setor da empresa.

entrega para evitar o acúmulo de serviço.

A decisão de estabelecer ou não o 3º turno

Felizmente, temos conseguido cumprir essas

na empresa é extremamente particular, pois

necessidades básicas durante os períodos

cada empresa vive uma realidade diferente,

normais do ano.

em regiões distintas e tem clientes com

Acredito que o grande benefício de ter

necessidades e exigências próprias. Para

o trabalho concentrado em apenas dois

encontrar a melhor opção para cada realidade,

turnos é o entrosamento diário de todos

o ideal é fazer um estudo que relacione o

os colaboradores da empresa e também a

custo x benefício da empresa entre realizar o

concentração das responsabilidades setoriais,

3º turno ou admitir mais funcionários.

GF - OUTUBRO 2011


17

GF - OUTUBRO 2011


Entrevista Especial - Agfa

Sustentabilidade na prática Agfa anuncia relatório de sustentabilidade com suas ações para promover um mercado mais sustentável

Janaína Castro

Consciente do cenário atual em que é

segmento dentro desses parâmetros.

cada vez mais importante adaptar seu ciclo de produção a condições ambientalmente responsáveis, a Agfa do Brasil preparou

18

Neste ano, em que a GF tem se dedicado ao tema da sustentabilidade, com dois

seu primeiro Relatório de Sustentabilidade.

especiais nas edições “ Máquinas V ” e

A iniciativa reúne normas, determinações

“ S u p r i m e n to s I I I ”, co nve r s a m o s co m

e p a d rõ e s e co l ó g i co s e s u s te n t áve i s

Eduardo Sousa, gerente de marketing e

n o rm atiza d os p o r ó rg ã os n a cio n ais e

Fernanda Maluf, analista de comunicação

internacionais, juntamente com a descrição

e marketing da Agfa para conhecer mais

detalhada e ilustrativa de sua série de

desse importante trabalho e trazê-lo como

produtos - e os reais benefícios que eles

mais um incentivo a todos nós em nome de

podem trazer para aumentar a qualidade

um futuro sustentável para a comunicação

e produtividade de empresas do nosso

visual.

GF - OUTUBRO 2011


Revista G F - O seg m e nto d e

missão que a Agfa acredita ter

clientes, comunidades vizinhas

comunicação

para impactar o mercado quanto à

e gerações futuras é algo

visual

é,

por

natureza, potencialmente poluidor.

questão da sustentabilidade?

Como levantar a bandeira da sustentabilidade de maneira eficiente, numa área com essa característica?

primordial para a condução de suas atividades. Como essa visão

ES - Como líder de mercado e empresa inovadora em tecnologia,

se reflete de maneira prática nas ações da empresa?

nós temos uma responsabilidade ainda maior em nossa indústria.

E S - A lg u n s c a sos co n cretos

Eduardo Sousa – Essa imagem

Somos pioneiros no fornecimento

refletem na prática nossas ações

existe, mas está equivocada, pois

de chapas verdes para pré -

como, por exemplo, o recebimento

os principais fornecedores estão

impressão e a primeira empresa

da ISO 14001, que exige processos

muito focados em oferecer novas

fabricante

apresentou

mais sustentáveis e contempla

tecnologias mais sustentáveis

a o m e rc a d o u m re l a tó r i o d e

a ç õ e s c o m o: e m b a l a g e n s d e

como, no caso da comunicação

sustentabilidade com números

matéria -prima recicladas no

visual, lonas recicladas e recicláveis,

relevantes de redução na utilização

próprio site (120 toneladas/ano);

te c n o l o g i a U V, L E D e L á tex ,

que

de recursos naturais como água

incineração de resíduos industriais

substratos rígidos e até a tecnologia

e energia em nosso processo

sólidos e orgânicos como lixo

solvente conta com componentes

fabril, projetos e processos menos

s a n i t á r i o , l â m p a d a s e v i d ro s

menos agressivos e tóxicos como

agressivos em nossas plantas fabris

em equipamento próprio com

os eco solventes.

pelo mundo, entre outros impactos

capacidade para 600 toneladas

e m que estamos e ngajados e

por mês; estação de tratamento

Revist a G F - Q u a n d o a Ag fa

trabalhando para tornar a indústria

de efluentes que permite devolver

“oficializou” a sustentabilidade

gráfica brasileira e mundial mais

a água ao rio Tietê com 100% de

como uma política de destaque na

sustentável.

pureza; processo de tratamento gasoso de solventes orgânicos em

empresa? FM - Nossa missão é continuar a Fernanda Maluf - A sustentabilidade

investir fortemente em projeto

sempre esteve no DNA da

e desenvolvimento para lançar

empresa, desde a sua fundação.

produtos que de alguma forma

No passado, as certificações e o

reduzam os impactos ambientais

cumprimento de requisitos legais,

em todo o seu processo, desde

um regenerador térmico oxidativo. FM - A fábrica da Agfa em Suzano em (SP) »

empresa com o meio ambiente e

Revista GF – Em seu relatório de

“Não somos responsáveis apenas pelo portfólio de produtos que oferecemos, temos também o papel de ser exemplo na preocupação e realização de práticas sustentáveis e referência para nossos parceiros, clientes, fornecedores e comunidades envolvidas”

a sociedade. É um trabalho que

sustentabilidade, a Agfa cita que

Fernanda Maluf

eram suficientes para comprovar a

a fabricação até a utilização e

preocupação das empresas neste

descarte. Não somos responsáveis

assunto. Atualmente, isso já não é

apenas pelo portfólio de produtos

mais um “diferencial”, é obrigatório.

que oferecemos, temos também

Nos últimos anos, temos trabalhado

o p a p e l d e s e r e xe m p l o n a

com projetos de conscientização

p re o cu p a ç ã o e re a liz a ç ã o d e

e envolvimento de nossos clientes,

práticas sustentáveis e referência

p a rce i ros , fo r n e ce d o re s e d a

para nossos parceiros, clientes,

comunidade ao redor de nossa

f o r n e ce d o re s e co m u n i d a d e s

fábrica em Suzano (SP), com ações

envolvidas.

que comprovam a preocupação da

foi “evoluindo” ao longo dos anos e

ser responsável quanto à proteção

que antes só não era tão divulgado.

do meio ambiente, saúde e

Revista GF - Qual o papel e a

segurança de seus colaboradores,

GF - OUTUBRO 2011

19


é a única do setor que possui tríplice cer tificação: ISO 9 001 , ISO 14001 e OHSAS 18001[sigla em inglês para Serviços de Avaliação de Saúde e Segurança Ocupacional], o que garante maior credibilidade e confiabilidade para toda a indústria. A OHSAS 18001 garante o compromisso com a segurança, higiene e saúde no trabalho. Possuímos também um projeto social na comunidade vizinha de nossa fábrica, o “Projeto Retratos da Vida”, que promove ações educativas e recreativas com crianças e adolescentes e a participação dos familiares.

Revista G F - Q ue tipo de estratégia é eficiente para motivar os funcionários da empresa

funcionários e próximas gerações;

“Estamos finalizando um guia educativo de práticas e conscientização que visa ensinar práticas mais sustentáveis para nosso dia a dia, desenvolver a sustentabilidade para o futuro da empresa e das próximas gerações e mostrar que pequenos gestos e atitudes diárias podem fazer uma grande diferença” Eduardo Sousa

a participar da política de sustentabilidade e praticá-la não

sustentáveis, as pessoas em geral

somente na empresa, mas em suas

estão mais preocupadas com isso,

vidas como agentes modificadores

inclusive em suas vidas particulares.

na sociedade?

Isso facilita muito, pois a empresa acaba sendo uma extensão da

E S - Além do relatório de

casa dessas pessoas. Nosso papel

s u s te n t a b i l i d a d e , o f e re c e m o s

é reforçar essa consciência com

palestras com especialistas

ações que impactam diretamente

para

na empresa, mas que possam ser

os

colaboradores

internos e distribuidores , que

multiplicadas fora dela.

s ã o o s m u lti p l i c a d o re s d e s te compromisso. Estamos finalizando

Revista GF - Quais as principais

um guia educativo de práticas e

b a s e s p a ra u m a e m p re s a d o

conscientização que visa ensinar

nosso segmento promover uma

práticas mais sustentáveis para

p ro d u ç ã o m a i s li m p a? N e s s e

nosso dia a dia, desenvolver a

sentido, como pode ser descrita

sustentabilidade para o futuro da

hoje, a cadeia produtiva da Agfa

empresa e das próximas gerações

em todo o mundo?

e mostrar que pequenos gestos e atitudes diárias podem fazer uma grande diferença.

ES - Podemos abordar esta questão como os compromissos da Agfa: ir além do cumprimento

FM - Atualmente, como todos os

das leis na operação e gestão das

mercados estão voltados para

plantas industriais para reduzir os

m ultiplic a ç ã o d e c a us as m ais

impactos e garantir a segurança dos

20

GF - OUTUBRO 2011

i nve s t i r n o d e s e nvo l v i m e n to de tecnologias que conciliem qualidade, produtividade e lucratividade com eco-eficiência e menor impac to ao meio ambiente; fornecer aos clientes, produtos finais mais sustentáveis e estabelecer uma c adeia de v a l o r p o s i ti v a ; a s s o c i a r- s e a outras empresas e organizações objetivando um esforço maior e troc a de expe riê ncias para melhorar nosso ambiente.


Revis t a G F - Q u a is p ro d u tos

Revista GF - Que retorno vocês têm

Além dos benefícios concretos dos

sustentáveis

voltados

dos clientes, referente à postura da

resultados, temos como suporte a

especificamente para o setor de

Agfa quanto à sustentabilidade? É

nossa tríplice certificação, citada

impressão digital, a Agfa possui

possível afirmar que há influência

ante riorm e nte , que garante o

atualmente?

direta na escolha da empresa por

compromisso e a responsabilidade

esse motivo?

da empresa ao divulgar os

pro d utos . Alé m disso, m uitos

ES

-

Podemos

destacar

a

tecnologia UV, que já representa

ES - Já temos clientes que optaram

100% da família :Anapurna, :Dotrix

pela Agfa pelo fato de ser uma

e :M-Press e 90% da linha Jeti. Essas

empresa que tem o compromisso

famílias são sem solvente, portanto

mais sustentável. Podemos dizer

não emitem CVOs (Compostos

que o mercado brasileiro está

Voláteis Orgânicos). Possuímos t a m b é m n ovo s m o d e l o s co m redução na utilização de energia elétrica.

“Já temos clientes que optaram pela Agfa pelo fato de ser uma empresa que tem o compromisso mais sustentável. Podemos dizer que o mercado brasileiro está cada vez mais pressionado pelo tema, e que boa parte dos clientes finais está exigindo fornecedores que apresentem diferenciais sustentáveis” Eduardo Sousa

bancos, hoje, possuem linhas de financiamento mais vantajosas para empresas que investem em produtos ecologicamente corretos. Todas essas facilidades, que se juntam à tradição e qualidade de nossos produtos, influenciam positivamente na escolha pela Agfa.

Revista GF - Apesar de ter uma atuação bastante representativa, a Agfa é apenas uma empresa em meio ao universo gigantesco do nosso setor em todo o mundo. Como “espalhar” essa semente para que os clientes da Agfa e até mesmo os concorrentes também atuem de maneira responsável com relação ao ambiente e provocar uma mudança concreta na realidade da comunicação visual mundial?

ES - Alguns passos foram e estão sendo dados. Muitos concorrentes e p l aye r s d e n o s s a i n d ú s tr i a

cada vez mais pressionado pelo tema, e que boa parte dos clientes finais, ainda composta em sua maioria por empresas de grande porte, está exigindo fornecedores q u e a p r e s e n te m d i f e r e n c i a i s sustentáveis como a tecnologia UV e substratos advindos de processos de reciclagem.

requisitaram ou elogiaram nosso relatório de sustentabilidade, que é um incentivo neste assunto. Temos participado de eventos e oportunidades para que possamos a p r e s e n t a r n o s s o re l a tó r i o e incentivar os clientes finais a exigir p ro d utos m ais sus te ntáveis e estamos à disposição para atender e até liderar um grupo sobre o tema em nossa indústria. Aproveitamos

FM – Atualmente, a decisão de

a opor tunidade para convidar

escolha por parte de nossos clientes

todos os interessados no tema a

é orientada pela preocupação

compartilhar e trocar experiências

ambiental e ganho financeiro.

com a Agfa.

GF - OUTUBRO 2011

21


ESPAÇO DE NEGÓCIOS - DAY BRASIL

Workshop Mactac

A

D ay B r a s i l S /A ve m

que compartilham informações para

clientes, além dos produtos para

apresentando, em todo

a utilização de vinis. O treinamento

Tuning, vinis coloridos da linha

o Brasil, o treinamento

é uma forma de atualização da

Macal 8200 e 9800, e inovações

de desenvolvimento de produtos Mactac, pensando na capacitação e atualização de novas técnicas de

aplicação

adesivos

de

maneira correta de aplicação dos produtos, inovando e reduzindo o ‘retrabalho’ das empresas”, comenta

vinílicos.

empresa

mercado (látex e UV).

lizado que, além da apresentação técnica,

de comunicação visual

faz todo o treinamento

por todo o território do

prático com a sua

país com conhecimento

equipe especializada

prático e técnico. em

atendem a novas tecnologias de

corpo técnico especia-

visa

capacitar o mercado

Somente

adesivos em papel de parede, que

A Day Brasil possui um

Nesses workshops, a

como a linha de vinis para parede e

no assunto, capacitada 2011,

em

treinamentos

j á fo r a m re a l iz a d o s

realizados com os

1 07 wo r k sh o ps co m

fabricantes na Bélgica

a

e Alemanha.

participação

de

aproximadamente 2100 pessoas, com apresentações de produtos inovadores

O tre in a m e nto d a o gerente de produtos da Day Brasil, Carlos Eduardo de Souza.

desenvolvidos na Bélgica, pela Mactac, empresa do Grupo Bemis,

Nos treinamentos é apresentado

que desde 1959 produz vinis, papéis

o portfólio de produtos que a Day

e etiquetas adesivas com alto

Brasil comercializa no mercado, com

padrão e tecnologia.

sua linha de vinis para impressão

Day Brasil pode ser realizado na própria empresa do cliente ou nas suas unidades espalhadas pelo Brasil. São mais de 14 unidades q u e a te n d e m p ro n t a m e n te o mercado. Buscando sempre inovar, a Day Brasil realiza um treinamento

“Esta é uma oportunidade para

digital, as linhas promocionais,

técnico, no qual divulga as caracte-

integraç ão do proprietário do

comerciais e high performance

rísticas do vinil adesivo e o prático

bureau de impressão e toda a

(Mactac), fechando toda a cadeia

com aplicação dos produtos do

equipe de aplicação e impressão,

de utilização deste produtos pelos

portfólio da Day.

22

GF - OUTUBRO 2011


23

GF - OUTUBRO 2011


BUREAUS PELO BRASIL

Plottar Comunicação Visual Quem faz: Pedro dos Santos Neto, 31 anos, e Rebeca Santos Fernandes, 28 anos, ambos baianos de Ipiaú (foto).

MADE IN: JEQUIÉ (BA)

“Os clientes nos procuram porque conseguimos estabelecer que a Plottar é sinônimo de qualidade e seriedade”, afirmam com satisfação.

Janaína Castro Foi na pequena Ipiaú, no interior da Bahia, cidade natal de Pedro e Rebeca, que surgiu o embrião da Plottar. Nascida originalmente como gráfica rápida, a empresa já prestou serviços na área de informática, mas, desde 2004, atua no segmento de comunicação visual. Após iniciar com uma plotter de recorte de 60cm de boca, compraram sua primeira

JEQUIÉ | BA

impressora digital de grandes formatos em 2006, mudaram-se para Jequié – cidade de 150 mil habitantes, a 365Km da capital, Salvador, – e não pararam mais de crescer. Hoje, a Plottar possui sete equipamentos, entre eles quatro impressoras digitais, 15 colaboradores, sede própria com serralheria, galpão para envelopamento de veículos, área para criação, acabamento e pintura, sala para router e atendem clientes de toda

CURITIBA | PR

a região. Com essa estrutura, produzem outdoors, fachadas, lonas, adesivos, banners, letras caixa, recortes em MDF, alumínio, ACM, PVC expandido, acrílico e diversos materiais aplicáveis a áreas como decoração, móveis e displays.

24

GF - OUTUBRO 2011


É com muita satisfação que afirmamos que a Plottar Comunicação Visual é uma das maiores e mais equipadas empresas do segmento no interior da Bahia. Atendemos clientes de toda região e até da capital. O mercado regional tem uma visão muito bairrista, por isso, tivemos que, acima de tudo, provar nosso profissionalismo e a qualidade de nossos serviços. Surpreendemos nossos clientes superando suas expectativas e dessa forma mostramos nosso diferencial


SEGURANÇA, SAÚDE E... EFICIÊNCIA

( ) Segurança ( ) Saúde ( ) e... Eficiência! ² João chega ao bureau bem cedo e vai

Muito provavelmente, você reconhece e

direto para a sala de impress ão, onde

pratica no dia a dia da sua empresa pelo

uma grande lista de projetos o aguarda.

menos algumas – se não todas – as atividades

Com um tempo cur tíssimo para dar

dos personagens citados ao lado. A alta

co nt a d e to d os e l e s , n ã o q u e r p e rd e r

competitividade e pressão por prazos cada

nenhum minuto e já começa a produção

vez menores no setor de comunicação visual

do dia. Marcos, adesivador da empresa,

obrigam empresários do ramo a se reinventar

também tem uma demanda grande: vai

diariamente para aumentar a agilidade na

passar horas a fio levantado, abaixando,

produção para fazer tudo isso cada vez mais

espatulando, se virando daqui para lá, no

rápido. Mas, na luta para maximizar cada

envelopamento de veículos. Para algumas

segundo e atender a tantas exigências do

peças vai se mover bastante, para outras,

mercado é fundamental que os trabalhadores

vai ficar longos períodos parado na

da empresa estejam plenamente protegidos

mesma posição. José, mal chegou e já vai

no desempenho de suas atividades. Isso

sair para instalar os projetos que ficaram

pode ser a garantia não só de qualidade de

p r o n to s n a m a d r u g a d a p a s s a d a . S ã o

vida para seus funcionários, como também

outdoors, empenas, fachadas, tudo bem

de uma produção mais eficiente e evita até

alto para chamar a atenção das pessoas.

prejuízos futuros. Janaína Castro

26

GF - OUTUBRO 2011


Daniela de Almeida, engenheira de segurança do trabalho, responsável pelo Grupo Maxipas, que atua com assessoria de

O QUE É SEGURANÇA NO TRABALHO?

segurança e medicina do trabalho para todo o Brasil

O M i n is té ri o d o Tra b a l h o e

pessoas. Proteger o trabalhador vai

proteção individual ou coletivo,

Emprego [MTE] informa em seu

trazer mais qualidade de vida e ele

baseados exclusivamente nos riscos

site que o objetivo do Programa

vai conseguir produzir mais. É uma

levantados, que variam de acordo

Segurança e Saúde no Trabalho

cadeia que melhora as atividades

com a função do trabalhador. Os

é “proteger a vida, promover a

para a empresa também”. Quem

exames que são feitos servem

segurança e saúde do trabalhador”.

define é Daniela de Almeida ,

para ver como o funcionário entra,

Em nosso país, a legislação da

e n g e n h e i ra d e se g u ra n ç a d o

como ele está durante o período

Segurança do Trabalho é composta

trabalho, responsável pelo Grupo

em que está trabalhando e como

pelas Normas Regulamentadoras,

Maxipas, que atua com assessoria

está quando futuramente vier a sair

conhecidas como NRs, além de leis

d e se g ura n ç a e m e dicin a d o

complementares, como portarias e

trabalho para todo o país.

da empresa”.

decretos.

Quando há essa conscientização,

Se é lei, todos sabem: deve ser

fica fácil entender porquê garantir

seguida obrigatoriamente por

a segurança de todos dentro da

todas as empresas, não importa

sua empresa não é um gasto e sim

o tamanho: vale pare qualquer

um investimento importante para

estabelecimento que possua a

preservar não só o bem estar dos

partir de um funcionário registrado.

funcionários, mas também o bom

Mas, seguir leis pela pura obrigação

e regular funcionamento de todos

revela-se, na maioria das vezes, algo

os setores.

incômodo e ineficiente. É assim que

Para promover um ambiente

muitas empresas enxergam essa

seguro, algumas etapas básicas

área: como um “peso” que precisa

devem

ser carregado.

enumera Fábio Knopp, médico do

ser

seguidas,

como

Tudo isso é implantado nas empresas por meio de programas específicos

e

obrigatórios

determinados pela legislação. Os principais são o PPRA [Programa de Prevenção de Riscos Ambientais] e o PCMSO. Almeida decifra o significado de tantas siglas: “O PPRA é o programa que diz quais riscos há dentro da empresa e o que é necessário fazer para minimizar esses riscos. Depois, com o PCMSO, são realizados exames médicos para controlar aqueles riscos .

Entretanto, ao analisar o tema

trabalho e coordenador do PCMSO

com um pouco mais de atenção,

[Programa de Controle Médico da

podemos

sua

Saúde Ocupacional] da Ativamed

ruído que pode ser prejudicial à

relevância vai muito além de estar

e Exclusivamed, na região de

audição do funcionário, o médico

em dia com seus deveres legais.

Curitiba (PR): “Primeiro é feito

vai solicitar uma audiometria para

“Quando se fala em segurança

todo o levantamento de riscos a

controlar. Uma ação é sempre

do trabalho, a primeira coisa em

que o funcionário está exposto. A

ligada com a outra. Tudo para

que se deve pensar é na saúde do

partir dessa informação, objetivo é

melhorar a qualidade de vida e

trabalhador. Costumo dizer que a

tentar protegê-lo da melhor forma

saúde dos trabalhadores dentro da

nossa função é cuidar da vida das

possível, com equipamentos de

empresa”.»

perceber

que

Por exemplo, se foi verificado um

“Costumo dizer que a nossa função é cuidar da vida das pessoas” ” Daniela de Almeida, engenheira de segurança do trabalho

GF - OUTUBRO 2011 27


SEGURANÇA, SAÚDE E... EFICIÊNCIA

Como todos os outros segmentos, o setor de comunicação visual possui suas atividades, riscos e medidas de prevenção e segurança específicos. E para trazer a você orientações e dicas práticas para serem aplicadas no seu bureau, a GF apurou a rotina básica dos funcionários das principais funções exercidas nas etapas de produção e, em seguida, levou essas informações para avaliação de profissionais de segurança do trabalho. Lembramos, entretanto, que nada substitui a atuação de um profissional da área para instruí-lo adequadamente em sua empresa.

Na sala de impressão O coração de qualquer bureau é

a danos cerebrais”.

local. “Para a sala de impressão o

um local que exige grande atenção

J á é p ossíve l p e rce b e r q u e ,

indicado é um exaustor, colocado

e uma série de cuidados para ser

qualquer deslize aqui pode causar

na parte lateral ou inferior. Nunca

um ambiente apto ao trabalho com

danos sérios à saúde do trabalhador.

pode ficar na parte de cima, porque

segurança, por causa da exposição

Almeida afirma que a primeira

dessa forma, tudo o que for para

a produtos químicos que podem ser

ação para qualquer ambiente de

o exaustor vai passar pelas vias

inalados ou entrar em contato com

trabalho é sempre tentar implantar

aéreas – nariz e boca – do impressor

um equipamento de proteção

e não vai adiantar nada!”, explica.

a pele. Tintas, em geral, são à base

Além do EPC, pode ser indicado o

de acetatos, cetonas, aditivos

uso de equipamentos de segurança

e p ig m e ntos o rg â n i co s . M a s ,

individuais [EPI]. A necessidade

algumas, podem possuir entre

do EPI na sala de impressão pode

seus componentes, metais pesados,

ser avaliada por meio de uma

como cromo, chumbo e cádmio. Já

análise qualitativa e quantitativa

os solventes, em sua maioria, são

dos produtos químicos existentes

compostos derivados do petróleo,

nela. Primeiro, é fundamental saber

como tolueno, xileno e querosene,

a composição química exata de

por exemplo.

todos os produtos. Os fabricantes

“Essas

podem

são obrigados por lei a informá-la

causar desde irritações na pele,

seja no rótulo ou nas FISPQ [Ficha

problemas respiratórios e em

de Informação de Segurança para

substâncias

alguns casos câncer”, identifica

Produto Químico]. A empresa que

Knopp. Wildiner Araújo, enfermeiro

compra deve exigir esses dados,

do trabalho do Hospital Vitta, de

pois ela é responsável pela saúde

Curitiba (PR), completa e reitera:

Exaustor corretamente instalado na sala de

“O risco de intoxicação por metais

impressão da Letrart, de Curitiba (PR). O

pesados é um risco lento, que

equipamento deve sempre ficar na parte lateral

não vai apresentar alterações

ou inferior para garantir a segurança do impressor.

imediatas. Mas em longo prazo, coletivo [EPC] , para proteger

câncer de pulmão, de laringe e até

qualquer pessoa que entre nesse

GF - OUTUBRO 2011

Depois, é importante avaliar a quantidade desses produtos no ar, pois alguns produtos químicos possuem um limite de tolerância.

essa intoxicação pode levar a um

28

dos seus funcionários.

“ Fa ze m o s

isso

por

meio

de

um aparelho chamado bomba


“O risco de intoxicação por metais pesados é um risco lento, que não vai apresentar alterações imediatas. Mas a longo prazo, essa intoxicação pode levar a um câncer de pulmão, de laringe e até a danos cerebrais”

Wildiner Araújo, enfermeiro do trabalho

Fábio Knopp, médico do trabalho e coordenador do PCMSO da Ativamed e Exclusivamed, na região de Curitiba (PR)

gravimétrica, que é colocado no

Almeida não se surpreende com

não se orientar pela experiência

trabalhador, próximo ao pescoço

esse cenário e, não sem lamentar,

de outras pessoas. Não importa se

dele e, durante um dia inteiro de

conta que não é raro encontrar

você conhece alguém que trabalhou

trabalho, capta do ar a quantidade

situações como essa. Ela alerta: “O

com tinta solvente a vida inteira e

de partículas por milhão de cada

pior risco é com aquilo que a gente

nunca teve um problema de saúde

elemento químico presente ali.

não enxerga. Quando o risco é

por isso. “As reações variam de

Depois disso, podemos identificar

visível, como de um corte, a pessoa

organismo para organismo. Vou

a máscara respiratória ideal para

presta mais atenção. Mas quando

dar o exemplo do cigarro: existem

aquele ambiente. Pode acontecer

não vê, como é o caso da inalação

pessoas que fumam 80 anos e não

também de a avaliação quantitativa

de um produto químico, acha que

têm complicação nenhuma. Outras,

indicar uma concentração muito

não tem nada. Só que a inalação

fumam há cinco anos e já têm

baixa , sendo desnecessária a

desses produtos pode causar uma

câncer de pulmão. Da mesma forma,

utilização da máscara. Nesse caso,

doença respiratória e um prejuízo

pode ser que para um impressor o

pode ser que somente o exaustor

bem grande na respiração. Pode

efeito seja quase imediato: começa

seja suficiente como proteção”,

ser que não aconteça nada nos

com dor de cabeça, alergia, cefaléia,

esclarece Almeida. Atenção: esse

primeiros anos. Depois de 15 ou

alguma parte alérgica respiratória,

tipo de análise apresenta resultados

20 anos é que vai perceber alguma

na primeira ou segunda semana.

diferentes e únicos para cada

coisa. Mas aí não tem mais volta.

Tem gente que trabalha a vida

empresa. Sem ela, é impossível

Isso é muito sério, pois, se você

inteira e só vai sentir isso depois de

definir a necessidade ou não da

perder um dedo, é ruim, mas você

se aposentar”, expõe Araújo.

proteção respiratória.

consegue trabalhar. Sem respirar,

Almeida lembra também que se

Mas, apesar de conhecer os riscos

ninguém consegue. Então, é uma

houver manuseio dos produtos

e saber como se proteger deles, a

das situações de segurança a que

químicos pelo funcionário ele vai

observação de nosso setor mostra

se deveria mais dar atenção”.

precisar usar luvas de proteção que

que não são todas as empresas que

Outra observação importante é

evitem o contato direto com a pele.»

tomam os devidos cuidados com a segurança de seus impressores. Muitas

delas

não

fornecem

qualquer tipo de proteção para

Atenção! De acordo com a legislação brasileira

os funcionários, que, acabam eles

é obrigatório que qualquer produto, nacional ou

mesmos não se importando muito com as consequências da exposição

importado, apresente a composição química dele.

contínua às tintas e solventes.

GF - OUTUBRO 2011 29


SEGURANÇA, SAÚDE E... EFICIÊNCIA

Vilão oculto deve estar posicionado na altura do cotovelo, Em sua rotina, é comum os impressores para que o funcionário consiga apoiar os braços passarem longos períodos na frente do na mesa e não precise afastá-los do corpo. Isso computador para operar as máquinas de reduz a tensão na região cervical [do pescoço]. impressão. Mas, na maioria das vezes, não O mouse deve sempre ficar ao lado do teclado se dão conta de que essa atividade também e próximo a ele, porque se ficar muito afastado oferece riscos. “O trabalho no computador do corpo, a pessoa vai precisar esticar o braço envolve movimentos repetitivos com o punho, e pode ficar com uma postura ‘desleixada’, o por causa da digitação e do mouse e a questão que sobrecarrega as estruturas musculares”. da postura, pois nem sempre se tem um assento Para permitir esse posicionamento correto, é com a altura adequada. Na verdade, não existe indispensável escolher a cadeira certa, como postura ideal. Às vezes o funcionário fica ali oito orienta Almeida: “A cadeira deve ter ajustes horas sentado na mesma posição e isso também de apoiadores de braço é prejudicial. É importante e das costas, para que o variar as posições durante “Não existe postura ideal. trabalhador possa apoiá-la o dia”, explica Knopp. O Às vezes o funcionário mais ou menos na altura médico comenta também do pulmão. Precisa ter que, de acordo com a fica ali oito horas rodinha também, para ergonomia, estudo do sentado na mesma posição ambiente de trabalho para e isso também é prejudicial. que a pessoa não torça a coluna quando se adequá-lo às necessidades É importante variar movimentar para os lados. do trabalhador, o móvel as posições durante o dia” Com as rodinhas é possível é que deve se adaptar movimentar todo o seu ao trabalhador e não Fábio Knopp, corpo junto com a cadeira o contrário. “Você não médico do trabalho e assim, evitar lesões. Por pode contratar um fim, é necessário o ajuste funcionário de 2,10m de altura do assento, para trabalhar numa para adaptá-la ao tamanho do funcionário”. mesa de 80cm de altura. Se contratá-lo Todos esses cuidados podem evitar lesões e vai precisar adaptar a mesa para ele”, diz. dores. De acordo com Stramari, geralmente, a O fisioterapeuta do trabalho e ergonomista, tensão maior é na região cervical e ombros. A Anderson Stramari, da Wolkswagen e Furukawa, sobrecarga muscular faz diminuir a circulação Curitiba (PR), reafirma a importância de se sanguínea nessas regiões e ocasiona o atentar à adequação dos equipamentos para aparecimento de pontos de tensão, que trabalhar com o computador e recomenda: “A podem provocar processos inflamatórios. cadeira e o monitor precisam permitir ajustes na altura para que o trabalhador se posicione de maneira correta na frente do monitor. O teclado

30

GF - OUTUBRO 2011

Fique atento: as orientações sobre postura ao computador são aplicáveis a todos os funcionários dos setores administrativos da empresa


“Um processo inflamatório em um tendão

problema, Almeida indica o uso de um suporte

pode desencadear uma tendinite ou lesões

para notebook. “Com o suporte é possível elevar

por esforço repetitivo, as DORT [Doenças

o monitor do notebook e deixá-lo na altura dos

ocupacionais relacionadas as trabalho], que englobam também atividades estáticas como é a sobrecarga que ocorre na região cervical durante a digitação”, diz o fisioterapeuta. E para quem trabalha com notebook o cuidado deve ser redobrado. Stramari aponta

olhos do funcionário. Assim, o trabalhador não precisa ficar olhando para baixo”, declara. Além de seguir todas essas orientações básicas, Stramari salienta que, de acordo com o MTE, o funcionário precisa realizar pausas de

que esse equipamento não tem uma altura

10 minutos a cada 50 minutos trabalhados, e,

ideal e obriga o indivíduo a olhar muito para

principalmente, fazer alongamentos e exercícios

baixo flexionando o pescoço. Para resolver esse

compensatórios, a chamada “ginástica laboral".»

O suporte para notebook permite posicionar a tela na altura dos olhos. Deve ser usado com teclado externo acoplado, pois o teclado original fica inclinado, impossibilitando a digitação

GF - OUTUBRO 2011

31


SEGURANÇA, SAÚDE E... EFICIÊNCIA

Aplicando, adesivando, envelopando

Cristiano e Diomédes forçam membros superiores e inferiores no trabalho de adesivação

Diomedes e Cristiano de Souza e

dos postos de trabalho. “Nessa

Quem acha que é um exagero

José Maria Iancoski são aplicadores em

análise, o fisioterapeuta ergonomista

cercar-se desses cuidados, pode sofrer

sua própria empresa prestadora de

pode avaliar os postos de trabalho

as mais variadas consequências.“O

mão-de-obra especializada na área de

e adequá-los da melhor maneira

exemplo da espátula não é uma

comunicação visual, a Cia do Banner, de

possível”, diz.

atividade extenuante. Mas, se você fizer

Curitiba (PR). Envelopar veículos, esticar lonas, colar adesivos e todas as demais atividades do dia a dia deles exigem esforço físico e, como eles não fazem questão de esconder, cansam bastante.

Os rodízios servem para dividir o esforço entre as estruturas musculares e não sobrecarregá-las. As pausas durante o período de trabalho permitem descansar e relaxar as

Movimentos repetitivos, como o uso da espátula e longos períodos parados na mesma posição são comuns. Para amenizar as dores recorrentes, eles já tomam cuidados importantes como a realização de alongamento, pausas durante o trabalho e um “revezamento” para não sobrecarregar as mesmas partes do corpo. Assim, após adesivar uma peça que exigiu muito o uso dos braços, partem para uma que exija o esforço das pernas, por exemplo. A equipe da Cia do Banner é um bom exemplo a ser seguido, pois essas práticas são exatamente as que os profissionais

estruturas musculares utilizadas. Os especialistas indicam que, assim como no caso de quem opera computadores, a parada seja de cinco a dez minutos,

o dia inteiro, 500 vezes no mesmo dia, leva a lesões musculares por esforço repetitivo: cistos, tendinites, bursites, todas as inflamações de articulações e lesões musculares. Por isso que a rotatividade das funções é importante”, exemplifica Knopp. Stramari completa: “Em geral, em curto prazo, a sobrecarga das estruturas musculares e tendões vai gerar inflamações. A sobrecarga na »

preferencialmente a cada hora trabalhada. Uma boa opção é associar os alongamentos e exercícios de ginástica laboral a esses intervalos de tempo. Feitos da maneira correta, eles ajudam a aliviar a tensão e melhorar a postura. E é muito importante fazer os alongamentos corretamente. “O ideal é que o funcionário tenha ao menos uma

“O funcionário deve ter uma primeira orientação de um profissional para realizar o alongamento com a postura adequada. Ele alivia bastante a sobrecarga, aumenta a circulação e oxigena o local, o que evita lesões mais graves. Mas, se não fizer certo, não adianta nada”

de segurança de trabalho consultados

primeira orientação de um profissional

pela GF recomendaram para amenizar

para saber realizá-los com a postura

os riscos de lesões e, principalmente,

adequada. O alongamento alivia

evitar dores. Stramari destaca que

bastante a sobrecarga, aumenta a

para estabelecer um programa de

circulação e oxigena o local, o que evita

saúde completo é necessário abranger

lesões mais graves. Mas, se não fizer

quatro pontos principais: além dos três

certo, não vai adiantar nada”, esclarece

já citados, alongamentos, pausas e

Stramari.

Ao lado, você encontra

Anderson Stramari,

rodízios, ele acrescenta a importância da

orientações simples para alongar o

fisioterapeuta do trabalho

realização de uma análise ergonômica

pescoço e membros superiores.

32

GF - OUTUBRO 2011


A L O N G A M E N T O S Alongue-se da maneira certa! Fazer alongamentos durante o dia ajuda a relaxar os músculos aliviar a tensão nas regiões cervical e dorsal. Aprenda a maneira correta de alongar os membros superiores e pescoço com o fisioterapeuta do trabalho Anderson Stramari.

1. Flexão de pescoço Com a coluna ereta e os pés apoiados no chão, abaixe a cabeça e coloque as mãos apoiadas na nuca. Então, tente aproximar os cotovelos e segure de 15 a 30 segundos.

2. Inclinação lateral da cabeça Mantenha a coluna ereta e os pés apoiados no chão. Com a ajuda da mão direita aproxime a cabeça do ombro direito e segure por 15 a 30 segundos. Faça o mesmo do lado esquerdo.

3. Adução do braço Com a coluna ereta estique o braço direito na horizontal para o lado esquerdo e com a mão esquerda segure e traga o braço em direção ao corpo por 15 a 30 segundos. Repita o mesmo para o lado esquerdo.

4. Extensores dos dedos (mão fechada) Com os dois braços esticados em frente ao corpo, mantenha uma mão esticada segurando a outra mão, que deve estar fechada e com os dedos flexionados. Segure por 15 a 30 segundos. Depois, alterne o lado.

5. Flexores dos dedos (mão esticada) Com um braço esticado em frente ao corpo, com a palma da mão para a frente, empurre os dedos para trás com a ajuda da outra mão. Segure por 15 a 30 segundos. Depois, alterne o lado.

33

GF - OUTUBRO 2011


Anderson Stramari,

SEGURANÇA, SAÚDE E... EFICIÊNCIA

fisioterapeuta do trabalho e ergonomista, da Wolkswagen e Furukawa, de Curitiba (PR)

região cervical e na coluna lombar pode ocasionar artroses, tendinites e hérnia de disco. Depois, podem acontecer lesões mais graves e até mesmo uma laceração ou ruptura de um tendão, o que pode levar à perda de alguns movimentos de extensão do membro e à necessidade de um processo cirúrgico em alguns casos”.

Na hora de instalar Grande parte dos projetos de comunicação visual é

A prevenção para esse tipo de trabalho envolve

instalada em lugares altos como outdoors, empenas e

muita disciplina dos próprios funcionários. Por

fachadas. Para realizar esse tipo de trabalho, antes de

isso é importante orientá-los e treiná-los sobre a

tudo é indispensável confirmar se a pessoa está apta

melhor maneira de se movimentar para trabalhar. “Para

para exercer essa atividade. “Esse funcionário não

orientar o funcionário, é importante que um profissional

pode ter problemas do coração, diabetes, pressão

de segurança do trabalho – técnico, engenheiro,

alta, por exemplo. Existem várias doenças que a

fisioterapeuta – faça a avaliação ergonômica do

pessoa não pode ter para ser apta a trabalhar em

local. Dependendo do ambiente, os riscos podem ser

altura. Porque se ela tiver um mal súbito lá em cima,

diferentes. Com essa avaliação ergonômica os pontos

ela pode desmaiar e é o suficiente para que ela caia e

mais críticos vão ser descobertos e serão lançadas

venha a ter um óbito”, explica Almeida. Só o médico

medidas específicas para minimizá-los”, explica Almeida.

pode garantir que o trabalhador tem as condições

Com um bom treinamento que promova a

de saúde compatíveis com essa função e autorizá-lo

conscientização dos funcionários seu bureau pode

a trabalhar em altura. “Há exames clínicos específicos

proporcionar a eles algo que, muitas vezes, parece

para isso. Na hora de liberar um funcionário para

inatingível: uma vida sem dor! “É totalmente possível

trabalhar em altura é necessário um cuidado maior,

viver sem dor. Por isso é extremamente importante que

porque a responsabilidade é grande”, avalia Knopp.»

as empresas tenham alguma estrutura de promoção de saúde. Por menor que seja a empresa, alguma coisa ela vai conseguir fazer para promover saúde para o trabalho. Com ações simples citadas aqui como pausas, rodízios e alongamentos, com certeza ela vai evitar diversos problemas de lesão e vai dar uma qualidade de vida e trabalho muito melhor para o seu funcionário”, conclui Stramari.

Garantia do equipamento de segurança Todo EPI, obrigatoriamente, tem que ter o CA, que é o certificado de aprovação do MTE. Essa é a garantia de qualidade do equipamento, certificando que ele foi testado e aprovado pelo Inmetro e tem uma qualidade boa para se trabalhar.

“É totalmente possível viver sem dor. Por menor que seja a empresa, alguma coisa ela vai conseguir fazer para promover saúde para o trabalho. Com ações simples como pausas, rodízios e alongamentos, com certeza ela vai dar uma qualidade de vida e trabalho muito melhor para o seu funcionário” Anderson Stramari, fisioterapeuta do trabalho

34

GF - OUTUBRO 2011


35

GF - OUTUBRO 2011


SEGURANÇA, SAÚDE E... EFICIÊNCIA

Wildiner Araújo, enfermeiro do trabalho do Hospital Vitta, de Curitiba (PR)

Lá em cima, além de saber como cuidar de si

O capacete serve para proteger contra o risco de

mesmo, o funcionário precisa zelar pela proteção

queda de algum objeto na cabeça do funcionário.

dos colegas de trabalho. Isso, ele aprende nos

Por isso, deve ser usado em situações em que

treinamentos específicos para trabalho em altura,

exista essa possibilidade. Se você vai instalar um

obrigatórios para qualquer um que exerça a função.

outdoor e não há nada solto que possa cair na sua

Depois ser considerado apto pelo médico e ser

cabeça, não há necessidade de usar capacete. As

treinado, o funcionário precisa ter os equipamentos

luvas podem ser necessárias, quando se faz uso

de segurança adequados e em boa conservação.

de equipamento de rapel e o funcionário precisa

Na área de comunicação visual, os EPIs mais

manusear as cordas de sustentação.

utilizados são as cordas de sustentação, cinto de

Vale lembrar que o cuidado para atuação em

segurança, capacete e luvas. “Hoje, apesar de não

altura é o mesmo para uma instalação a 2m, 80m ou mais do chão. Pode

ser obrigatório pela legislação, a gente recomenda o uso de cinto de segurança do tipo pára-quedista.

O cuidado para atuação em altura é o mesmo para uma instalação a 2m, 80m ou mais do chão

estrutura montada para subir, como os andaimes, mas os funcionários devem

Ele é como se fosse uma cadeirinha e a pessoa entra dentro dele. Esse

utilizar os mesmos equipamentos básicos para sua

cinto protege melhor a coluna durante uma queda,

proteção.

para evitar uma flexão muito brusca que cause danos mais graves”, comenta Almeida.

36

existir diferença na

E em breve teremos novidades para a segurança do trabalho em altura. “Está para ser aprovada

É recomendado também o uso de dois talabartes

uma nova legislação, específica para esse tipo

[ganchos que fixam o cinto a um ponto fixo] com o

de trabalho. Hoje, não existe uma NR que trate

cinto de segurança, para permitir que o trabalhador

só de trabalho em altura. O que nós temos são

tenha mobilidade. “Se ele precisa sair de um lugar e

recomendações e algumas situações principais,

ir para o outro, ele vai tirar o talabarte para prender

principalmente na NR que fala de construção

em outro ponto fixo. Nesse momento pode acontecer

civil. Nela, há algumas especificações, que nós

uma queda. Com dois talabartes, ele pode prender

caracterizávamos para todas as outras atividades

um primeiro, para depois soltar o outro e andar”, diz

em altura. Mas quando a nova NR for aprovada, ela

Almeida.

vai ser muito mais rigorosa”, revela Almeida.

GF - OUTUBRO 2011


MELHOR PARA TODOS Observamos aqui várias situações de trabalho comuns em nosso segmento e medidas podem garantir a segurança dos funcionários. Não é difícil perceber que com ações simples é possível proporcionar um ambiente saudável e de qualidade para todos na empresa. Ter funcionários saudáveis é extremamente vantajoso para qualquer empresa, ainda mais em um segmento competitivo como o nosso. Quando você cuida do seu funcionário, diminui as chances de ele ficar doente ou sofrer um acidente que o afaste do trabalho ou até mesmo gere indenizações e multas por parte do MTE. “Num acidente de trabalho em que seja provado que não houve a ação preventiva e o colaborador sofreu uma lesão, a empresa é 100% responsável e os encarregados diretos também”, alerta Araújo.

Impressão Digital Grandes Formatos

Não tenha dúvidas: cuidar da saúde dos que trabalham em seu bureau é cuidar da saúde do próprio bureau, que vai contar com funcionários bem dispostos, sem dores e até mais tranquilos, pois a certeza de estar em uma empresa que se preocupa antes de tudo com a vida deles traz a segurança que vai permitir que eles se dediquem ao trabalho com ainda mais dedicação.

DÊ A SUA OPINIãO Envie suas impressões sobre esta matéria para: faleconosco@grandesformatos.com com seu nome, empresa, cidade e Estado ou ligue para (41) 3023-4979.

CAD • Papel Sulfite 75 grs | 90 grs | 120 grs • Papel Vegetal 90 grs | 110 grs • Papel Reciclado 75 grs | 90 grs ESTAMPARIA • Poliester Matte 75 mic | 100 mic • Clear Film 100 mic BASE DE ÁGUA • Photoglossy 180 grs | 200 grs | 250 grs • Vinil Branco e Transparente 0,10 • Vinil Anti Bolha LONAS • Glossy e Matte 285 grs | 340 grs | 440 grs DECORAÇÃO • Tecidos Diversos, Flag, Brim, Sarja, Voil, Pet e Vinil Eletrostático VINIL PERFURADO

Loja Zona Leste - Rua Bresser, 1462 - Brás - São Paulo/SP

(11) 37

2133-2155 3864-8000

fax (11) 2133-2150 venda@duplicopy.com.br http://duplicopy.com.br

GF - OUTUBRO 2011


ESPAÇOS DE NEGÓCIOS - F9

F9 apresenta nova logomarca que alia tecnologia e sustentabilidade Empresa buscou elementos modernos para a criação de uma nova identidade corporativa

D

esde 1996 no mercado curitibano, a F9 é uma das empresas pioneiras n a p re s ta ç ã o d e se r viços e m impressão digital voltada para a comunicação visual. Atualmente a empresa trabalha com a tecnologia de ponta do setor e tem um dos mais completos bureaus de impressão digital especializado em grandes formatos, além de um vasto leque de serviços como confecção de banners , faixas , decoração de frota, telas para Front e Back Light, displays de papelão (PDV), entre outros. Projetando o futuro e para transmitir uma imagem mais contemporânea e coerente com a realidade do mercado mundial de identidade visual, a F9 apresenta sua nova logomarca. A nova identidade traz inovação e modernidade por meio de um perfil tecnológico, do equilíbrio entre os elementos do branding e de um percurso criativo, irreverente e com efeito visual impactante. A principal mudança vem no conceito da sustentabilidade. A ideia é perceber isto logo no primeiro olhar, conforme explica o sócio diretor da Share MKT, Marcos André de Siqueira. “Evidenciar o lado da sustentabilidade na logomarca é uma conotação importante e diferenciada que só traz benefícios em todos os aspectos”. A criação, o posicionamento e o design da

38

GF - OUTUBRO 2011

nova identidade foram criados pelo estúdio do designer italiano Paolo Malorgio, em colaboração com a S h a r e M K T, q u e acompanha o projeto. O azul e amarelo da marca dão lugar a o v e r d e (s u s t e n tabilidade) e ao cinza (tecnologia). A nova logo é inspirada nos pixels, elemento que segue toda a comunicação da marca a partir de agora. Todo o material gráfico da empresa, plotagem de carros, uniforme, site, design de interiores e fachada seguirão essas mudanças. “É uma nova etapa da F9. Trabalhamos durante meses nesse conceito e o resultado final é um projeto que envolve toda a empresa e consolida nosso posicionamento em relação à tecnologia e excelência em impressão, com direcionamento e foco na sustentabilidade”, explica o diretor Emerson Camargo. De acordo com Emerson, uma das ações de mais destaque será a nova fachada da empresa, prevista para o primeiro semestre de 2012. “Ela é nosso cartão de visitas e será um veículo de comunicação. A fachada da empresa terá pixels que formarão pictogramas, capazes de transmitir diferentes mensagens”.

A s u s te n t a b i l i dade não é mostrada apenas na logomarca da empresa. To d o o m ate ria l produzido e que já não apresenta mais utilidade para o cliente pode ser recolhido e reutilizado. “Buscamos a consolidação de um trabalho voltado para a sustentabilidade que foi iniciado of icia lm e nte e m 2 0 07 co m o lançamento do Projeto Bumerangue. O programa visa a comunicação visual consciente e prima pela destinação correta de resíduos e estímulos à reutilização. O material coletado é destinado à reciclagem”, destaca o diretor da F9. Ate n d e n do gran d e par te do mercado da região Sul, o objetivo da F9 é se fortalecer como referência de impressão digital em todo o país. “Aguardamos um resultado positivo do mercado em todos os aspectos, pois agora a empresa tem um posicionamento gráfico baseado na excelência de seus serviços. Este é um diferencial que desde sempre existiu, mas que não era expresso na identidade corporativa. ‘Um bom business começa por um bom design’”, enfatiza o designer Paolo Malorgio.


EVENTO MARBOR

Ênfase em atendimento! Luciana Andrade

A

M a r b o r, f u n d a d a e m 1 9 62 , n a á re a d e equipamentos de costura e bordado, firmou parceria com a Mimaki em 2009, para a

comercialização de equipamentos de impressão em têxtil. Com o sucesso da parceria, em janeiro de 2011, agregaram os equipamentos de impressão digital em grandes formatos ao seu portfólio. Atualmente, com grande sucesso em toda a linha comercializada e forte penetração em nosso mercado em tão pouco tempo, já esta consolidada como uma empresa de renome, e conquistou grande respeito de nossos leitores. No dia 16 de setembro, a empresa inaugurou seu novo showroom para os equipamentos Mimaki, em São Paulo (SP). O espaço, com 500m 2 , fica na Rua Sólon, 251-A, no bairro Bom Retiro. Gentilmente, a Revista GF foi

39

GF - OUTUBRO 2011

convidada para participar do coquetel de inauguração. Estive lá, e fiquei muito feliz ao ver clientes festejando esta conquista juntamente com a equipe Marbor em um momento que certamente não será esquecido. Desejo muito sucesso a esta empresa que já ocupa um grande espaço em nosso mercado!


PRÊMIO BUREAU CRIATIVO 2011

APRECIE OS FINALISTAS DA QUARTA ETAPA É com grande prazer que apresentamos mais cinco empresas finalistas do PCB 2011. Novamente, recebemos excelentes trabalhos e só melhoramos a galeria de vencedores que estarão presentes na festa de premiação em novembro. Essa já é a penúltima etapa! Suas chances de participar desse momento tão especial para o setor de comunicação visual brasileiro estão quase acabando. Mas, se correr ainda dá tempo. Acesse agora mesmo o site

40

GF - OUTUBRO 2011

www.grandesformatos.com , baixe a ficha de inscrição e envie seus melhores trabalhos junto com fotos dele em alta resolução para premiobureau@grandesformatos.com. Não perca a oportunidade de receber o troféu de melhor bureau do Brasil! A final será no dia 24 de novembro, em Curitiba. Agradecemos sempre aos patrocinadores do PBC 2011, parceiros imprescindíveis para a realização desse evento. Finalistas, parabéns e preparem-se para os flashes na grande final!


Mais uma etapa do Prêmio está concluída e nos aproximamos cada vez mais da etapa final! É com muito orgulho que a Epson participa juntamente com vocês desta edição. Estamos contentes com os trabalhos. Eles têm demonstrado alto nível de impressão e aplicação, além da utilização de tecnologias diferenciadas. Estamos ansiosos para ver os resultados das próximas etapas e estamos junto com vocês neste desafio!"

“Os trabalhos finalistas revelam cada vez mais a capacidade criativa, intuitiva e técnica de nossos bureaus, o que eleva sempre a qualidade da publicidade e divulgação feita em nosso país. O uso correto e, por vezes, inusitado e arrojado de materiais, sistemas de impressão e suas locações, aliado à criatividade desses profissionais quebra barreiras e faz nosso mercado ser muito dinâmico e promissor. Gosto de ver a capacidade de nossos profissionais de transformar locações e peças em ‘experiências’ e, por consequência, momentos em ‘eventos’ para quem as vê

41

GF - OUTUBRO 2011


PRÊMIO BUREAU CRIATIVO 2011

Adesivação

A empresa Atrupe Signmakers, Itajaí (SC) Número de funcionários: 17

Diamante: “Belo projeto! São necessárias muita precisão e muita habilidade para se obter sucesso em projeto de adesivação de helicóptero. Conseguimos perceber a excelência na impressão, preparo da superfície e aplicação. Reconhecimento merecido por este trabalho especial! ”

Ouro: “Aplicação executada de forma a manter a harmonia na aeronave” “Com a escolha das cores certas, a propostada adesivação foi atendida de forma divertida e original” “Projeto bem executado, que explora a identidade visual do Parque no helicóptero.

42

GF - OUTUBRO 2011

Chama muito a atenção” “Diferente pela aplicação e pelo público alvo. Atinge um nicho de mercado de alta renda e consumidor de produtos e serviços de alto valor agregado”

Prata: “Projeto inovador e muito bem trabalhado! Mais um nicho de mercado diferente atingido, que abre nossa forma de pensar, atuar e explorar mercados ainda não trabalhados e que representam o potencial de alcance e lucratividade de nossa indústria” “Projeto muito criativo e interessante para um mercado pouco explorado no Brasil” “Bom uso de recurso de material” “No cenário atual, com margens reduzidas, e preços tendo como base o mÐ, é bom ver que mesmo um processo que tem 20 anos

Ficha técnica Título do projeto: Helicóptero Beto Carrero Tecnologias utilizadas: impressão solvente e aplicação de verniz Substratos utilizados: vinil Produção: 45 horas Funcionários envolvidos: 15

pode ser criativo e, sobretudo, gerar retorno. Foco, excelência no que se faz, este é o caminho” “Um projeto que qualquer empresa de comunicação visual gostaria de ter em seu portfólio. Muito bem executado. Parabéns!” “O projeto ficou muito legal! Os diversos detalhes dificultam a aplicação, que ficou muito bem feita causando um grande impacto visual. Parabéns à equipe Atrupe!”


Decoração de ambientes

A empresa D&D Sinalização Computadorizada LTDA, Bento Gonçalves (RS) Número de funcionários: 19

Diamante: “O projeto demonstra muita técnica para se obter a harmonia atingida neste ambiente. Os LEDs deram um toque especial ao cenário. Parabéns à equipe de criação e execução do trabalho!”

Ouro: “Iluminação com destaque para que o ambiente fique agradável, sem iluminação direta” “Projeto bem finalizado que mostra requinte no acabamento, mas com a descontração do local” “Extremo bom gosto na concepção e execução desse trabalho. Os elementos gráficos foram trabalhados de forma sofisticada para não contrastar com o ambiente arquitetônico”

43

GF - OUTUBRO 2011

“Ambiente harmonioso, agradável e com efeitos visuais que combinam materiais diversificados e luzes. Perfeito para atrair a atenção do cliente, bem como fazê-lo permanecer mais tempo no local

Ficha técnica Título do projeto: Confeitaria Tecnologias utilizadas: impressão digital com mdf recortado em router, pintado e aplicado por cima do adesivo com criação de relevo, encaixe de fonte de led, adesivação em vidro de 8mm, sobreposição de adesivos de mesma cor Substratos utilizados: Adesivo, mdf com pintura laca, vidro, led, Produção: 240 horas Funcionários envolvidos: 4

Prata: “Inovação que demonstra que o mercado é enorme e há muito potencial para ser explorado e atingido! Muito bem produzido!”

“Mais uma aplicação de adesivação, que, graças a detalhes inovadores e excelente execução, resultou num trabalho lindo, que valoriza muito o negócio do cliente. "

“O mercado de decoração de ambientes já é uma realidade para os bureaus e poucos estão explorando da forma que poderiam. Este bureau fez um trabalho sensacional”

“Arquitetura de muito bom gosto combinada a uma programação visual que garante a sensação de bem estar de um ambiente agradável e aconchegante. Excelente!”

“Criatividade excelente e utilização de material com bastante perfeição, deixando o ambiente com aspecto interessante e acolhedor”

“O cenário ficou bastante elitizado e atrativo. Com certeza conseguiram alcançar as expectativas do cliente”

GF - OUTUBRO 2011 43


PRÊMIO BUREAU CRIATIVO 2011

Projetos Diferenciados

A empresa Uranus 2 Comunicação, Salvador (BA) Número de funcionários: 328

Diamante: “Mais uma vez, a Uranus 2 demonstrou seu talento no PBC 2011. Combinaram materiais extremamente diferenciados na confecção do contador. A tecnologia e o conhecimento dos funcionários permitiram que este resultado fantástico. Parabéns à equipe!”

Ouro: “Excelente apresentação com a combinação de motivos da Copa e da Bahia” “Atendeu o objetivo de forma bem original e criativa”

“Essa peça associa de forma bem criativa e eficiente um elemento regional com o contador regressivo para Copa do Mundo de 2014” 44

GF - OUTUBRO 2011

“Uso perfeito de diferentes tipos de impressão em substratos diversos”

Prata: “Interatividade total com o público. Projetado com uma identidade visual associada ao tema e de fácil visualização atingindo assim, o objetivo principal da mensagem do contador de dias para a Copa” “Excelente projeto! Muito criativo, certamente ficará marcado por muito tempo em nossas memórias” “A programação toda contou com excelentes criação e utilização de material” “Impossível qualquer brasileiro não olhar um painel com os dias faltantes para a Copa. Simples, bem executado e muito eficaz na comunicação”

Ficha técnica Título do projeto: Contador da Copa 2014 Tecnologias utilizadas: impressão UV Substratos utilizados: Fibra de vidro, metalon, lona, tubo metálico Produção: 45 horas Funcionários envolvidos: 29

“Um tema tão importante, combinado com a cultura local e bom humor, num projeto que simboliza a união de duas paixões nacionais”

“Projeto bastante criativo, que atrai bastante o público. A distribuição de mídias diferenciadas evidenciou a beleza e um diferencial tecnológico”


Um investimento com retorno tão rápido quanto a sua impressão.

Inca Onset S20 A mais rápida impressora plana de grande formato e tecnologia inkjet UV. A solução para empresas de comunicação visual que precisam de alta produção, velocidade e qualidade de impressão digital com acabamento UV. • • • • •

Área de impressão: 3,12 x 1,60 m Alta velocidade de impressão: até 315 m2/hora Resolução: até 1000 dpi Impressão em vários tipos de substratos rígidos com até 50 mm de espessura Além de CMYK, imprime em branco, laranja, violeta, light magenta e light cyan

www.fujifilm.com.br 45

GF - OUTUBRO 2011

acetinado

high gloss

Tecnologia para controle do nível de brilho sem adição de verniz


PRÊMIO BUREAU CRIATIVO 2011

Projetos Externos

A empresa Formas Comunicação Visual, Joinville (SC) Número de funcionários: 46

Diamante: “Excelente trabalho com a combinação de materiais diferenciados neste projeto. A preocupação com a qualidade nos acabamentos e com a durabilidade do projeto é perceptível! Destaque pela excelência no trabalho realizado!”

Ouro: “Visualização à grande distância, chamando a atenção com bastante vigor sem incomodar com excesso de cores ou formas” “A proposta foi atendida. Consegue destacar a marca da empresa e atrair a atenção de quem passa pelo local sem ser apelativa” “Painel bem estruturado e impactante, que divulga a loja Havan na estrad Cumpre bem o seu intuito”

46

GF - OUTUBRO 2011

“Imponente, grandioso e de fácil visualização. Aplicação perfeita para vias rápidas e de grande volume de veículos”

Prata: “ “Souberam utilizar a comunicação visual externa com simplicidade e informação clara e simples, que permitem ao público uma fácil percepção e leitura da fachada sem perder atenção demasiada e que dificultam a captação da informação e marca do anunciante” “Visitei pessoalmente este cliente e pude comprovar a complexidade e grandiosidade deste projeto. Muito arrojado e criativo”

“Boa utilização de material” “Sempre que vejo trabalhos outdoor bem resolvidos, lembro

Ficha técnica Título do projeto: Fachada Havan Tecnologias utilizadas: router Substratos utilizados: ACM colorido; PS 3mm estruturado e pintura automotiva Produção: 90 dias

dos excessos da “Cidade Limpa”. Simples, impossível ser mais limpo visualmente. Mensagem absolutamente clara” “Projeto grandioso, com objetivo de proporcionar visibilidade que se destaca mesmo a longas distâncias. Arquitetura com linhas que remetem à Casa Branca, e de boas-vindas, a imponente Estátua da Liberdade. Nota 10!” “Bem executado, projeto de grande destaque. A Formas Comunicação Visual conseguiu impressionar o público desse projeto”


47

GF - OUTUBRO 2011


PRÊMIO BUREAU CRIATIVO 2011

Projetos para PDV

A empresa Cardin Comércio de Produtos Promocionais, São Paulo (SP) Número de funcionários: 18

Diamante: “Utilizando materiais simples, a Cardin conseguiu obter um aspecto luxuoso neste PDV. A criatividade merece destaque assim como a perfeição na aplicação de materiais diferenciados!”

Ouro: “Vitrine moderna, combinando com o motivo da loja e da campanha em questão” “Original e bem finalizada, a proposta passa informação de forma sutil para não perder o foco do resto da vitrine”

“Trabalho bem executado que faz excelente integração entre a loja, o produto e o momento vivido (Copa do Mundo)”

48

GF - OUTUBRO 2011

“Diferente e inovador, não apenas pelo formato oval da vitrine, como pelo uso de uma identidade visual moderna, exatamente como são os clientes que buscam soluções em tecnologia”

Ficha técnica Título do projeto: Vitrine Sony Style Tecnologias utilizadas: impressão digital solvente, corte de foam em router, recorte eletrônico de adesivos em plotte Substratos utilizados: grama sintética, mdf com adesivo fosco, foam, mdf laminado branco fosco, adesivos Produção: 6h Funcionários envolvidos: 12

Prata: “Forte impacto visual e de captação de consumidores! Altíssima criatividade e utilização de tecnologia de forma inovadora” “Excelente projeto! Muito criativo e chama bastante atenção” “Como ponto de venda se tornou muito atraente. Visual bem chamativo” “Fornecer para a Sony não é tarefa para qualquer um. Trabalho lindo, impacto visual imediato. Parabéns e que muito mais trabalhos como este venham para Cardin”

“Certamente uma vitrine que se destaca. Combinação visual que interage com suas formas fazendo jus ao seu conceito! Ficou ‘show de bola’. Parabéns a todos da Cardin!” “Esse projeto teve bastante criatividade. A impressão foi de altíssima qualidade, fazendo com que o cenário pareça real. Excelente!”


49

GF - OUTUBRO 2011


Coluna Gestão em Vendas

Os três pilares do campeão de vendas

*Raul Candeloro é palestrante e editor das revistas VendaMais, Liderança e InvestMais, além de autor de vários livros de Vendas. Formado em Administração de Empresas e mestre em empreendedorismo pelo Babson College, é responsável pelo portal www.vendamais.com.br. E-mail: raul@vendamais.com.br.

Por Raul Candeloro* Mariana é amada pelos clientes.

com o restante da empresa, só que

produtivo e com energia positiva.

Quando ligam para a empresa,

tem uma dificuldade imensa para

O ambiente ideal de vendas é

pedem para falar com ela e elogiam

fazer bem o atendimento, porque

u m a mis tu ra inte re s s a nte d e

o seu atendimento. Detalhe: Mariana

só consegue vender bem uma

descontraído, mas sério, intenso e

não bate a meta. Em termos de

única coisa. Se sair daquele feijão

relaxado; informal, mas profissional.

resultados, é sempre uma das

com arroz, se empepina todo. E os

Superar a meta é importante, porém

últimas do ranking. Mas é um doce

clientes, que precisam e poderiam

trabalhar num lugar energizado

de pessoa e todo mundo gosta

comprar bem mais do que apenas

positivamente também é.

dela. E adora dar desconto! “Afinal

“X”, acabam sub-atendidos. Os

de contas, precisamos satisfazer o

clientes ficam insatisfeitos e a

cliente!” E os clientes adoram.

empresa perde oportunidades.

Lucratividade para a empresa – i s s o si g n if i c a tr a b a l h a r d e maneira inteligente, volume, mix e

Juliana... Ok, você já entendeu

Paulo é “o cara”. Meta é com

brincadeira.

Acabaram

as

descontos. Aliás, a remuneração

ele mesmo. Ele pega a meta da

a

empresa, coloca 10% em cima, e

historinhas. Poderíamos ter muitas,

sempre entrega. É uma máquina de

mas será mais útil ver o que elas

vender. Os clientes o respeitam pela

têm em comum e o que podemos

Muitos gerentes/super visores

competência e profissionalismo. O

aprender com isso. A questão é

naturalm e nte tê m ess a vis ão.

problema é o restante da equipe.

simples: todo vendedor precisa

Entretanto, por algum motivo,

Paulo atropela quem passar na

prestar atenção a três grandes

isso se perde quando chega aos

frente, não tem dificuldade alguma

pilares que fazem com que a

vendedores. Não se admitem mais

em falar abertamente o que pensa

lucratividade da empresa seja

vendedores que só tenham um

(e raramente o que pensa é positivo),

sustentável:

ou dois desses pilares. Aliás, este

dos vendedores deveria estar diretamente ligada a isso.

vive estressado (e estressando) e, se

Satisfação dos clientes – não

é um bom assunto para discutir

vacilar, todos os clientes da empresa

só no atendimento, mas em suas

na próxima reunião de vendas:

são “dele”. Uma máquina de vender

necessidades. Há vendedor que

“Que nota você se daria em cada

que também é uma máquina de

confunde as duas coisas e acha que

um desses quesitos e o que acha

criar encrencas internas.

só atender bem já é suficiente. Não

que deveria ser feito se quisesse

Antônio Carlos bate a meta “na tampa”. Se pegar na trave, para ele já está bom. Mas, ao menos,

é. Você precisa obrigatoriamente

melhorar”? Não adianta ser bom

levantar necessidades e trabalhar

em uma ou duas coisas. Campeão

bem o mix de produtos e serviços.

mesmo é campeão nas três.

é super consistente. Trabalha

Interação positiva com a equipe

razoavelmente bem com a equipe e

– o ambiente de trabalho precisa ser

50

GF - OUTUBRO 2011

Abraço satisfeito, positivo e lucrativo!


Obtenha um

CORTE PERFEITO As mesas Kongsberg são, simplesmente, as melhores mesas para acabamento digital que existe hoje no mercado. No atual mercado de Rótulos e Displays, o corte tem de ser o mais preciso para permanecer à frente da concorrência. Com uma mesa Kongsberg conseguimos os melhores resultados no que se refere à velocidade, precisão e produtividade; sobre os mais diversos tipos de materiais. Estas mesas podem trabalhar com tudo: desde materiais muito resistentes (como MDF, Re-board™, plexi, cartão ondulado de parede tripla)… chegando até espuma, papelão e vinil. E há muito mais além do que somente uma máquina robusta! O fluxo de trabalho de registro visual do i-cut e o reconhecimento automático das ferramentas fazem com que qualquer operador possa atingir uma velocidade e precisão invejáveis. E nosso software para layout e peças customizadas otimiza a preparação do trabalho e o uso de substratos. Entre em contato com a EskoArtwork para conhecer a melhor solução para acabamento digital.

51

GF - OUTUBRO 2011

www.esko.com • info.LA@esko.com GF Magazine Sign and Display Port 280x210.ind.indd 1

3/29/2011 4:40:48 PM


52

GF - OUTUBRO 2011

Outubro 2011  

Revista GF

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you