Page 1


Sumário

O INUSITADO MUNDO DA IMPRESSÃO 2017 começou mostrando diversos caminhos para o mercado de impressão digital. Mas ainda temos poucos desbravadores, poucos empresários com ousadia para abrir um novo caminho. Com este especial, queremos encorajá-los a inovar. Confira as dicas dos nossos especialistas.

06

editorial e EXPEDIENTE

08

suas impressões

10

GF NEWS

O app gf chegou para ficar mais conectada com você

11

GF NEWS

Imprimax realiza workshop em Curitiba

12

GF NEWS

Akad lança novo sistema de locação de equipamentos

14

HISTÓRIA DE SUCESSO

Evando abreu conta a história da Studio Alfa

18

artigo thomas Caspary

Sua gráfica só sobrevive com bons clientes

20

CANTINHO DA PRODUÇÃO

Saiba tudo sobre o acm

23

GF NEWS

Serilon promove rodada de negócios

26 36

GF NEWS

Fespa Brasil bate recorde de público

42

ARTIGO ALESSANDRA ASSAD Você é a pessoa certa no lugar errado?

44

ARTIGO CHRISTIAN BARBOSA

7 mitos sobre a multitarefa

46

GF NEWS

Kiian Digital lança Digistar


PARA ALCANÇAR ALTAS VELOCIDADES E COM BAIXO TCO, VOCÊ SÓ PRECISA DE UM IMPULSO.

EFI VUTEk HS125 Pro

Você gosta de velocidade. A EFITM VUTEk® HS125 Pro é uma impressora de altíssima velocidade que oferece gráficos incríveis e TCO super-reduzido. Impressões de até 125 placas por hora. Adicione um servidor de impressão Fiery® e está pronto para começar. Visite efi.com

DEIXE-NOS IMPULSIONAR SEU SUCESSO

©2016 Electronics For Imaging, Inc. All rights reserved.


editorial

eXPedieNte março/abril 2017 | ano 11 – nº 120

editorA/diretorA luciana Cristina andrade editora@grandesformatos.com

luCIana anDraDE editora editora@grandesformatos.com

Queridos leitores a vida é cheia de surpresas, algumas ótimas, outras nem tanto, porém, quando temos coragem para enfrentar os obstáculos que a vida nos reserva temos a oportunidade de enxergar além de cada situação, e onde havia então um entrave se torna uma nova oportunidade de modificar as situações e torná-las positivas. assim aconteceu conosco! por motivos alheios a nossa vontade o desafio de Marcas não pode ser realizado na Fespa brasil conforme tínhamos publicado, porém tivemos a oportunidade de organizarmos o i Wrapping day em Sp para que o desafio fosse além de um dia de aplicação de vinil, mas sim um evento inteiro voltado a aplicação, com workshops, palestras e discussões pertinentes ao tema! acontecerá no dia 03 de maio no Senai Barueri das 9h às 17h e todos os leitores são convidados. o evento é gratuito, mas é necessário confirmar sua inscrição pelo nosso site www.grandesformatos.com. Será um prazer receber cada um de vocês! além desta grande novidade, trouxemos para esta edição alguns dos mestres da impressão digital falando sobre as tendências da comunicação visual e mostrando formas de ter assertividade nas decisões de mudança de foco das empresas. vale a pena ler! a história de sucesso da Studio alfa, contada por Evando abreu, um dos maiores nomes do país, um precursor da impressão em grandes formatos no brasil é incrível. tive a oportunidade de conhecer pessoalmente o Studio alfa em 2006, e já eram além do tempo. além de muitas novidades na revista, convido você a baixar nosso app – revista gf, para estar antenado nas novidades do mercado que são atualizadas constantemente! em nosso GF Centro de Capacitação profissional, em parceria printer expert do nosso mestre vinicius timi, está com vários cursos na programação! Confira agora mesmo!

JorNAliStA andressa Fonseca mtB 9186/Pr faleconosco@grandesformatos.com

AteNdiMeNto Ao leitor +55 (41) 3023-4979

AteNdiMeNto e CurSoS antonio escobar capacitacao@grandesformatos.com

anúnCIOS atendimento@grandesformatos.com editora@grandesformatos.com

proJeto e deSeNvolviMeNto GráFiCo malorgio Studio welcome@malorgiostudio.com

to d oS oS direitoS reS ervA doS . a reprodução total ou parcial deste material é permitida mediante autorização prévia expressa pela gf Editoração ltda e desde que tenha citada a fonte. o conteúdo dos artigos é de responsabilidade dos autores, não expressando necessariamente a opinião da revista. os informes técnicos são de caráter informativo, não são comercializados e a revista é imparcial, não prevalecendo nenhum fabricante em detrimento de outro. os anúncios são de total responsabilidade dos anunciantes.

agradeço todo carinho dos nossos leitores, parceiros e alunos! viSite NoSSo portAl

um grande abraço,

6

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • r e V i S ta G F

www.grandesformatos.com


Portfólio completo de insumos para sua empresa Chapas Offset

Lonas

Blanquetas

Vinís

Tintas Offset

Foam Board

Químicos Auxiliares

PVC Expandido

Soluções de Fonte

Tecido Canvas

INSUMOS GRÁFICOS

PAPÉIS

COMUNICAÇÃO VISUAL INSUMOS PARA EMBALAGENS

Papéis Especiais

Consultoria Gráfica

Filme Stretch

Papéis Cartão

Consultoria para Papéis

Fitas Adesivas

Papéis Sintéticos

Vendas Online

Fitas Especiais

Papéis Couche

Fitas Ribbon

Papéis Reciclados

Fitas Gomadas

antalis.com.br falecom@antalisbrasil.com.br

(11) 4617 - 8600

instagram.com/antalisbrasil facebook.com/antalisbrasil


SUAS IMPRESSÕES

Comentários Gostei muito do encarte com a descrição de cada máquina, que veio na edição Número 119 (Máquinas XI) Tenho uma prensa, quem sabe um dia adquiro uma em grande formato. Continue enviando novidades por email! Adriel Luis Fernandes, Santa Rosa de Viterbo/SP Parabéns Luciana Andrade e Equipe Grandes Formatos, uma matéria melhor que a outra! Sucesso! Alê Teixeira de Freitas (Facebook) Quero deixar meus parabéns pelo excelente atendimento que tive pelo pessoal da GF na feira Expoprint 2017, estão de parabéns! Diego William (facebook)

O que você gostaria de encontrar nas próximas edições da sua Revista? Mande sua sugestão!

Envie suas sugestões, comentários e críticas: E-mail: faleconosco@grandesformatos.com www.facebook.com/revistagf

Twitter: twitter.com/RevistaGF

Quer ver sua foto aqui na próxima edição? Deixe um comentário em nossa página do Facebook, o próximo print pode ser o seu!

* Em razão do espaço ou compreensão, os textos podem ser resumidos ou editados

8

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F


A Starpac voltou

COM TUDO!

VINIL ADESIVO APROVADO POR MILHARES DE CONSUMIDORES!

NOVO PORTFÓLIO

|

DURABILIDADE ESTENDIDA

|

PREÇOS SUPER COMPETITIVOS

LINHA CP

LINHA DE

LINHA DP

Promocional, para superfícies planas como vitrines e placas internas, nas opções brilho e fosco, com adesivo permanente e removível.

Indicada para superfícies planas e curvas simples, é versátil e alia ótimo custo/benefício à variedade de aplicações.

De alta performance, possui matérias-primas de qualidade diferenciada e maior flexibilidade para aplicações complexas.

VINIL REFLETIVO

LINHA COLORIDA

MÁSCARAS DE TRANSFERÊNCIA

Grau Comercial, com novas soluções para recorte e impressão digital!

De recorte, disponível em oito cores e excelente para superfícies planas.

Ideais na aplicação de vinil de recorte e na proteção durante o transporte.

EXPERIMENTE A NOVA LINHA DE VINIL STARPAC, LIGUE AGORA! Bauru - SP

14 4009-0800

C. Grande - MS

67 4009-0800

Joinville - SC

47 4009-0800

Porto Alegre - RS

51 4009-0800

São Luis - MA

98 4009-6500

Belém - PA

91 4008-5900

Cuiabá - MT

65 4009-0800

Londrina - PR 43 4009-0827

B. Horizonte - MG 31 4009-0800

Curitiba - PR

41 4009-0800

Maceió - AL

Porto Velho - RO

69 4009-8800

São Paulo - SP

11 2102-0800

82 4009-0800

Ribeirão Preto - SP

16 3797-0800

Teresina - PI

86 4009-6500

Manaus - AM 92 3878-0800

Blumenau - SC

47 2102-0800

Florianópolis - SC 48 4009-0800

Rio de Janeiro - RJ

21 4009-0800

Uberlândia - MG 34 4009-0800

Brasília - DF

61 4009-0800

Fortaleza - CE

85 4009-0800

Maringá - PR

44 4009-8800

Salvador - BA

71 4009-3277

Vitória - ES

Campinas - SP

19 3306-0800

Goiânia - GO

62 4009-0800

Natal - RN

84 4009-0800

S.J. do Rio Preto - SP 17 4009-6161

27 4009 9800


GF NeWS

Revista GF lança App e está cada vez mais conectada aos seus leitores “nossa preocupação foi sempre estar educando nosso mercado, e criando um relacionamento cada vez mais próximo com os empresários do mercado de comunicação visual. Mudanças acontecem rápido e temos que acompanhar a evolução. Foi com esta ideia que lançamos nosso aplicativo. Nele temos notícias do mercado, os lançamentos, desafios e em breve muitas novidades.”, conta a diretora da revista Grandes Formatos.

10

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • r e V i S ta G F

O app revista gf está disponível para Android e ioS. e quem baixou já aprovou a iniciativa. “nos dias de hoje acho que cada vez mais precisamos atualizar os meios de atuação e sem dúvida o APP é uma ferramenta que aproxima o público. Para os leitores que nem sempre conseguem aquele tempinho pra ler as publicações, o APP é uma ótima alternativa já que vivemos colados nos smartphones, assim é uma maneira fácil de ter uma boa leitura a qualquer momento. Achei o aplicativo bem

legal e intuitivo, com um visual limpo. A gF está de parabéns”, conta o leitor tiago Ferraresi, diretor Geral da topcolors. a revista gf promoverá em breve descontos em cursos do Centro de Capacitação, entre outros prêmios, para quem baixar o App. Se eu fosse você fazia isso ainda hoje. Conecte-se conosco!


gf news

Imprimax realiza Workshop em Curitiba Em parceria com a Vinilsul, a Imprimax realizou no dia 22 de março em Curitiba, um workshop de aplicação de adesivos. Com demonstrações de aplicação em diversos tipos de superfície, (corrugados, com e sem emenda, capôs com e sem impressão, vidros secos e molhados e móveis) os convidados presentes puderam tirar todas as suas dúvidas. A GF acompanhou tudo de pertinho, pois desde o início da revista o nosso foco sempre foi educar o mercado, e quando notamos isso vindo das empresas, é sim com grande alegria que realizamos a cobertura. Além dos treinamentos sobre aplicação de vinil adesivo, a Imprimax promoverá

workshops regionais, nos quais tratará dos seguintes tópicos: escolha do vinil adesivo, como identificar oportunidades de negócios, a importância do PDV, Concurso Dividindo Ideias, tendências de mercado, dicas de aplicação e principais problemas da aplicação. Acompanhe a agenda dos treinamentos pela página do Facebook da Imprimax facebook.com/ImprimaxAdesivos, que divulgará mais detalhes dos eventos listados abaixo:

10: Profix, em Lavras/MG 18: Porto alegre/RS - Workshop Regional

Julho (dia, empresa, local) 12 a 15: Feira Serigrafia Sign, em São Paulo/SP Agosto (dia, empresa, local) 03: Joiville/SC - Workshop Regional 16: New Control, em Recife/PE - Workshop Regional 17: Recife/PE - Workshop Regional

Abril (dia, empresa, local)

Setembro (dia, empresa, local)

25: ATM, em Piracicaba/SP 26: Vinilsul, São Paulo/SP 26: São Luís/AM - Workshop Regional 27 e 28: Empesol, em Feira de Santana/BA 29: Tecnomold, em Curitiba/PR

14: Salvador/BA 21: Natal/RN - Workshop Regional

Maio (dia, empresa, local) 03: Convem, em Pouso Alegre/MG 04: Manaus/AM - Workshop Regional 09: Ultra, em Blumenau/SC

Outubro (dia, empresa, local) 03 a 06: Feira Signs Nordeste, em Fortaleza/CE 19: Belo Horizonte/MG - Workshop Regional Novembro (dia, empresa, local): 09: Curitiba/PR - Workshop Regional. Fonte da agenda: Imprimax

Evento Imprimax na Vinilsul em Curitiba R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

11


GF NeWS

AKAd disponibiliza uma ampla linha de equipamentos para locação 12

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • r e V i S ta G F

a aKaD está lançando um novo sistema de locação de equipamentos. A empresa disponibiliza planos de locação de 24 e 48 meses, o cliente seleciona conforme necessidade, demanda ou projeto com garantia e suporte especializado estendido por todo período de locação. O objetivo da aKaD com a modalidade de locação é facilitar o acesso dos clientes as soluções mais modernas, possibilitando a utilização de equipamentos por um tempo determinado ou para atender a uma demanda específica. Na locação é possível o cliente manter o parque tecnológico sempre atualizado, dimensionado corretamente e conforme a demanda mercadológica. além da mensalidade ser geralmente sustentada pelo retorno de produção do equipamento e dependendo do regime tributário, o valor da locação é dedutível como despesa operacional. A proteção da liquidez, a ausência das despesas de depreciação, adequação de fluxo de caixa, facilidade no gerenciamento de custos, são outras vantagens importantes oferecidas pelo sistema de locação.


A renovação do contrato é opcional, e no fim do contrato, o cliente pode optar pela locação de um novo equipamento para manter atualizado o seu parque tecnológico ou incluir um novo equipamento no contrato já vigente. Por exemplo, com a locação do equipamento Laser Novacut o cliente tem a oportunidade de ampliar ou diversificar seus negócios através de serviços de gravação de metais, gravação de brindes como canetas, chaveiros, squeeze, porta caneta, agendas, corte de letras, logotipos em acrílico e displays para comunicação visual, gravação e corte de tecidos e couro para indústria têxtil, gravação e cortes em borracha para a confecção de carimbos,

gravação de peças para a indústria, entre outros produtos que podem ser produzidos com a tecnologia laser. Por menos de 1,5 salários mínimos mensais já é possível locar no plano de 24 meses*, uma impressora Novajet DX1080 de grande formato ecosolvente com largura máxima de impressão de 1,50 m e capacidade para impressão em midias à base de pvc, vinil, canvas, adesivos, lonas e papéis fotográficos. Destinada a impressões com qualidade fotográfica, para impressões para painéis em backlight film, displays, adesivos, decoração de ambientes, pôsters de alto impacto e imagens de grande formato para pontos de venda, entre outros. No segmento de identificação, a AKAD está disponibilizando para locação as impressoras de cartões PVC. Os modelos mais avançados oferecem recursos com impressão automática nas duas faces do cartão PVC e permitem ao cliente adicionar no ato da compra opcionais para: codificação de tarja magnética, gravação de smart card e laminação

transparente ou holográfica. São ideais para clientes imprimirem cartões: corporativos, para os mercados educacionais (escolas, universidades), órgãos governamentais, programas de fidelidade, convênios, entidades recreativas (parques, clubes), bureaus de prestação de serviços, entre outros. “A locação das impressoras de cartão PVC permitirá que as empresas possam fazer a impressão dos cartões internamente de forma prática e flexível, conforme a demanda necessária.”, informa Maria Aparecida Bezerra, gerente de produto da divisão de identificação da AKAD. Os consultores especializados da AKAD podem fornecer mais informações sobre os equipamentos que estão disponíveis para locação e suas possíveis aplicações em diferentes nichos de mercado. Entre em contato e conheça nossas soluções Atendimento ao cliente: 11 3829-7700 info@akad.com.br

Intercoat®: Vinis de Qualidade “Premium” para Aplicações “Top”

S

e sua empresa tem clientes muito exigentes, que não se contentam com nada menos do que o melhor, experimente usar vinis Intercoat® em seus próximos trabalhos. “Muito bom!”, será o mínimo que você vai ouvir.

Intercoat® Nature 3000

Intercoat® Nature 1630 • Vinil branco brilho – aceita impressão digital solvente, látex, UV e serigrafi a. Duração: 2 a 3 anos.

Intercoat® Nature 1631 • Vinil branco fosco – com os mesmos atributos do brilho. Duração: 2 a 3 anos.

Máximo desempenho em qualquer aplicação.

Ad#2_mar-abr_IC.indd 1

• Vinil branco brilho, aceita impressão digital solvente, látex, UV e serigrafi a. • Cola reposicionável, com tecnologia “bubble-free” (antibolhas), proporciona alta velocidade de aplicação. • Indicado para aplicações que exigem alta resistência e durabilidade, como envelopamento de veículos. Duração: no mínimo 3 anos. • Custo mais baixo do que o cast.

Produtos com selo de qualidade“Made in Germany”, que utilizam adesivos acrílicos à base d’água, isentos de solventes e metais pesados, em conformidade com a legislação europeia.

Importador & Distribuidor exclusivo

Além da excelente qualidade, são produtos amigáveis ao meio ambiente, que atendem às rigorosas normas europeias de proteção ambiental e segurança humana. Quem exige qualidade, exige Intercoat®.

Seja nosso Revendedor Fone: (47) 3340-0157 comercial@intercoat.com.br www.intercoat.com.br

28/03/17 14:48


HiStÓria de SuCeSSo

50 anos de história do Studio Alfa HiStÓriA de SuCeSSo voltA eM GrANde eStilo

Tecido auto colante - banheiro Feminino, botafogo Praia Shopping 14

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • r e V i S ta G F


Por Andressa Fonseca São tantas histórias de sucesso Brasil afora, que temos vontade de contar todas. E se tivéssemos feito isso, esta revista hoje seria um livro. Quem sabe um dia, não é verdade? Mas enquanto o dia do livro de histórias da GF não chega, vamos retomar com a editoria “Histórias de Sucesso”, e prometemos que todos os meses teremos um personagem, contando uma história inspiradora, combinado? Não fique triste se ainda não foi o escolhido, chegará a sua vez. Continue escrevendo sua história, dia após dia em sua empresa, rumo ao sucesso, e logo estará aqui também. Mas nesta edição, com o retorno deste especial, escolhemos um amigo, leitor e grande conhecido do mercado de comunicação visual. Ele vai contar a história do Studio Alfa.

De Abaeté - Minas Gerais para o mundo, Evando Abreu!

Entrei para o mercado assim como outros da minha geração, venho da área de artes gráficas, fotolito, fotocomposição e depois impressão digital para grandes formatos. “Vou contar sobre a empresa Studio Alfa. Inicialmente ela se chamava Letra. Foi fundada pela Família Saad e se transformou na maior empresa de fotocomposição do Rio de Janeiro, já com o nome Studio Alfa. Quando entrei no grupo já vim de Belo Horizonte com a ideia de transformar o Studio Alfa em uma empresa de impressão digital. Fomos os pioneiros naquele tempo, implantando um sistema diferenciado dos equipamentos Xerox que dominavam na época. Adquirimos um

equipamento de impressão eletrostática superior aos equipamentos da Xerox que já estavam ficando decadentes. Com isso, conquistamos nosso lugar em agências, graças à uma qualidade diferenciada. Depois disso, adquirimos a linha Vutek de impressão direta, sendo também pioneiro em alta resolução, e posteriormente colocamos no Rio o primeiro equipamento de impressão em materiais rígidos, a Press Vu. Foi a era da “impressão off road” a impressão que passava por cima de tudo. Couro, vidro, madeira, azulejo. E isso já faz mais de 18 anos! Aí já era o grupo formado por Paulo Rufino, Irineu, Marco Aurélio, Eloana, Andrea e eu. Depois vendemos o Studio para o Mundo Alfa e agora estamos de volta. Hoje o Alfa é fruto de uma fusão entre a Eco Digital de Fabrício, Fabiana e André com o Novo Studio Alfa.

O primeiro trabalho Lembrar do primeiro trabalho não é o mesmo que “lembrar do primeiro

Trabalho da primeira gestão do Alfa Tecido sublimado - Desfile Victor Dzenk, Inverno 2013

R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

15


1

5 soutien”, parafraseando o grande Washington Olivetto. Lembro-me muito bem das nossas ações de marketing. Na época, não éramos conhecidos no mercado carioca. Outras empresas de São Paulo, como a Bureau Bandeirantes, dentre outras, dominavam os grandes trabalhos, eventos e os maiores cenógrafos, produtores de eventos, só trabalhavam com impressões de São Paulo. Para mudar um pouco este cenário, fizemos uma parceria de sucesso com o Prêmio Colunistas e junto com uma das melhores cenógrafas do Rio de Janeiro, Suzane 16

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F

Queiroz, construímos o primeiro Prêmio Colunistas com Cenografia Total. No jardim colocamos uma reprodução 1:1 de uma limousine que alugamos para esta finalidade. Quem entrava no Hotel Intercontinental dava de cara com este cenário. Enfim, foi um sucesso e a partir desta data fizemos todas as interferências na decoração dos ambientes do Prêmio. Também começamos a produzir trabalhos especiais, projetos especiais como a fachada do Rio Sul que tinha 1.600 metros quadrados e só podia ser impresso por empresas de São Paulo. Depois vieram


outros projetos gigantescos e nos firmamos como uma empresa do porte de qualquer uma de São Paulo. Acho que o Studio Alfa marcou época na inovação. Tivemos coragem de executar projetos que outras empresas não faziam na época.

conseguem se manter por muitos anos. O Studio é uma marca muito forte e é por isso que não vamos mudá-la. Estamos de volta com a mesma filosofia de uma empresa que procura inovar, se reinventar sempre. Também retornamos com a mesma filosofia de apoiar movimentos culturais com os nossos apoios. Nosso sucesso é a longevidade. Isso é raro em nosso mercado, mas existem muitas outras empresas que sobreviveram, estão no páreo e vão continuar por muito tempo. O que fazemos é procurar sempre mostrar

O que é mais fácil? Entrar no mercado, ou se manter? Se manter, claro. Empresas nascem e morrem todos os dias, apenas algumas sobrevivem e em sua maioria não

2

3

4 1. Banheiro Feminino Botafogo - Praia Shopping 2. Decoração - Rev Tex, revestimento de sofás 3.Stand Feira 4. Painel Bienal do Livro 5 e 6. Campanha atual, CEF - Fingers - Aerporto Santos Dumont, RJ

algo novo para nossos clientes. Estamos com diversos projetos inovadores que ainda não existem. Nosso DNA é ser diferente na forma de como encaramos nosso mercado. Não queremos e não vamos ficar na mesmice. Somos Alfa.”

6 R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

17


artigo

Sua gráfica só sobrevive com bons clientes No início dos anos 50 do século passado o guru da administração Peter Drucker, já se reportava à necessidade de marketing a fim de que as empresas pudessem tocar os seus negócios, pois sem clientes não haveria resultados. Gostaríamos hoje de pegar este “gancho” para alertar nossos empresários gráficos para a necessidade de preparar estratégias a fim de evitar que as eventuais surpresas deste ano e dos próximos, venham prejudicar seus 18

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F

resultados em função da falta de vendas. Antes de falarmos em estratégias, do Plano de Negócios, do Marketing e das Vendas queremos insistir no fato de que nossos empresários estão sempre muito envolvidos com “problemas”. O empresário de uma maneira geral, precisa mudar seu foco que deve estar nas oportunidades de mercado em vez de focar-se em problemas principalmente de ordem fabril ou qualidade onde só ele sabe como se soluciona a questão.

Solucioná-los resolve muita coisa e previne danos, mas explorar com consciência e perspicácia as oportunidades do mercado produz bem mais resultados. Há várias décadas, os profissionais vêm tendo uma trajetória bastante ativa rumo às mudanças, tanto no modo de agir como na maneira de pensar. O mundo hoje está em alta velocidade e não é mais possível desconsiderar este fato. Nossos clientes


necessitam de nós e precisamos estar cientes disto. Surge aí um problema muito sério de mudanças que, entre outras, é a disputa interna das pessoas envolvidas com a alta administração e principalmente com a administração das vendas. Será necessário que em primeiro lugar, através da introdução de Sistemas de Gestão Comercial e de Boas Práticas na área Fabril e Administrativa, haja menos disputas e mais cooperação entre os setores. A competição interna pode facilmente destruir pessoas, negócios e a própria empresa. Tenham consciência de que estas mudanças terão que forçosamente ser exploradas como uma oportunidade e, não vistas como ameaças. Outro problema bastante grave e que pode ser facilmente contornado, é o fato de que nossos colaboradores tendem a querer “mostrar serviço” competindo com os colegas de forma pouco ética. O empresário tem que ter em mente de que sua empresa não existe para satisfazer o seu ego. Existe sim para atender as necessidades dos clientes e com isso gerar resultados. O empresário de qualquer ramo, inclusive do nosso, tem a obrigação de manter seu foco no mercado (evidentemente com um olho para dentro de sua empresa, através de sistemas gerenciais) de tal forma que ele consiga comandar sua empresa, que possa direcionar a visão de seus colaboradores, bem como se atualizar tecnologicamente. Chegamos então ao Marketing Industrial, que trata do relacionamento entre empresas e instituições, porém é realizado por pessoas (com a ajuda de ferramentas de gestão). Nos últimos anos, muitas empresas e instituições têm sucumbido ante a falta de profissionalismo com que é tratada a questão de Marketing e Vendas. Nos dias de hoje, é inconcebível, que uma empresa não tenha seu próprio Site na Internet não só mostrando o que faz, mas dando “dicas” aos clientes de como aproveitar melhor os serviços disponibilizados pelas suas empresas. Se falarmos de gráficas pequenas, por exemplo, ou outras empresas que não ligam muito para a estética, seus cartões de visita, ou mesmo impressos ou propostas digitais de orçamento enviados a clientes, são como diria Boris Casoy: “Uma Vergonha!”

Os vendedores (quando existem) estão totalmente despreparados, tanto do ponto de vista técnico (veja que temos vários segmentos de mercado onde o vendedor, representante ou mesmo o administrador de vendas internas, precisa conhecer em profundidade o produto que oferece). Esta visão de cadeia produtiva leva ao que chamamos de Foco no Cliente, ou seja, você profissional de vendas, passa a se preocupar com o seu cliente e também com o cliente de seu cliente, porque o sucesso dos nossos clientes em última instância, contam pontos para nossa empresa. Portanto o Marketing industrial, aliado às vendas é feito pelos nossos colaboradores devidamente treinados e com embasamento técnico também do pessoal de atendimento interno da organização, que deve trabalhar no Foco do Cliente, porém sem perder de vista o conceito da rentabilidade da empresa. Não queremos nos alongar demais nesta nossa visão para este e os próximos anos. Na verdade, o planejamento estratégico da empresa não tem um começo definido devendo ser mudado a cada momento que o mercado sinalizar mudanças profundas.

4

Definidos os itens acima desenvolver a estratégia e aplicá-la imediatamente

5

Medir os resultados constantemente através do uso das ferramentas de gestão adequadas.

Queremos aproveitar para desejar a todos os nossos clientes e leitores resultados positivos e os próximos anos, com evolução substancial em seus negócios, pois, pelo que propagam os especialistas da área econômica, teremos poucos investimentos externos em nosso país e teremos que proceder a uma alavancagem interna de nossas empresas para a manutenção de empregos, do nosso patrimônio e da saúde financeira da nossa gráfica.

Para tanto, temos aqui algumas dicas básicas, ou seja:

1

Pode existir uma situação nova que exija mudanças na empresa (tecnologia, por exemplo) bem como uma forma nova de fazer negócios

2

Existe sempre necessidade de definições claras, responsabilidade e consenso

3

Thomaz Caspary é Consultor de empresas gráficas e diretor da Printconsult Ltda. 11 3167-6939 tcaspary@uol.com.br

A análise dos pontos fracos da empresa frente aos principais concorrentes ou a determinados mercados e sua correção imediata é um fator básico R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

19


cantinho da produção

Cantinho da produção Olá amigos apaixonados por este segmento “cachaça” que nos vicia e nos faz vibrar a cada conclusão de projeto entregue com sucesso!

David Mendes, Gerente de Produção da Identidade Visual, do Rio de Janeiro, além de leitor assíduo, é nosso parceiro. Confira!

20

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F

Estou muito feliz em voltar a escrever para vocês nesta etapa tão desafiadora e cada vez mais interessante da Revista Grandes Formatos. Falar sobre ACM é muito gostoso e interessante, área esta que me especializei com cursos, palestras e consultorias pelo Brasil. Hoje com mais de 100 painéis

já instalados e com mais de 10 anos de uso, estou dividindo esta experiência através de consultorias, palestras e artigos. Fato que recarregou minhas baterias e aumentou as vendas da minha empresa em média 60%. Teríamos assunto para uma edição inteira, mas vou destacar alguns pontos importantes e aguardo dúvidas e sugestões dos leitores para dividir, somar e impulsionar cada vez mais as vendas com qualidade e segurança de nossos leitores!


Enfim se popularizou o ACM O Aluminum Composite Material, mais conhecido como ACM, chegou ao Brasil no final da década de 80 onde era mais usado em grandes obras, mas não atingiu o mercado como nos dias de hoje. Era um material caro, nobre. Usado apenas em projetos bem diferenciados e com custos elevados. O ACM também conhecido como alumínio composto desde 2010, vem alavancando as vendas de muitos bureaus e até inaugurando empresas do ramo por conta da grande procura no mercado. Uma placa composta por duas lâminas de alumínio e um núcleo de poliestireno de alta resistência, material que tem nos propiciado uma condição de viabilizar projetos em situações bem diferenciadas, tais como: Letreiros, totens, placas, stands, púlpito, troféus, retrofits (revestimento de faixada), pórticos e etc... Com um custo justo e o resultado final bem interessante. Já estamos em uma era, em que os clientes entenderam ou estão entendendo, que um letreiro de lona pode ser comprado com um valor bem acessível, porém é entregue ou instalado com alguns detalhes que só podem ser vistos com algum tempo. Por exemplo: Se a estrutura de um letreiro em lona estiver exposto em uma corrente de vento sem um fundo, pode vir a rasgar a lona ou arrebentar as abraçadeiras, mesmo com tintas originais e lonas de qualidade a vida útil da impressão digital não se compara com a durabilidade do ACM.

Por que o ACM é tão resistente? Pintado industrialmente à base de resina PVDF (polivinilideno fluorido) disponível em dois tipos de acabamento, o Kynar que dura média de 20 anos, e também pode ser de Poliéster que dura em média 5 anos. Disponíveis no mercado com acabamento fosco, brilho, metálico, espelhado e tons de madeira também já bem acessível no mercado. Encontramos com facilidade nos dias de hoje, chapas medindo 5,00m por 1,22m ou por 1,50m com espessura de 3mm

ou 4mm., com a lâmina do alumínio com 0.3mm. Existem várias espessuras, porém os mais utilizados são esses. Eu diria que o nicho de maior sucesso hoje nesta febre do ACM são os letreiros internos e externos, que nos possibilita uma variedade tão grande de modelos que me dá água na boca em escrever. A nossa grande felicidade foi também a popularização do LED. Acredito que mesmo existindo no Brasil há muito mais tempo que o ACM ele está disponível no mercado hoje com preços muito bons e a variedade de modelos e cores, também a facilidade de montagem e ou instalação é um presente para o ramo! Esse papo de ACM é tão envolvente que indo para parte estrutural eu penso que foi tão bom que não foi necessário desempregar nenhum setor dentro da empresa de comunicação. Por exemplo, os serralheiros. Se tratando de um letreiro, eu diria que o mais indicado é: Quando existir um avanço de faixada produzimos uma estrutura metálica de acordo com a necessidade estrutural em relação a tamanho e peso. Entre o ACM e a estrutura é indispensável o perfil de alumínio, também de acordo com a necessidade dimensão e peso. Então notamos que o serralheiro e/ ou soldador não foi dispensado, e ao contrário, muitos estão se especializando em serralheria de alumínio.

Em algumas consultorias pelo Brasil, tenho encontrado muitos colaboradores surpresos com a necessidade do perfil de alumínio entre a chapa de ACM e a estrutura metálica. Isso não é uma regra. Pode sim ser usado direto no metalon ou perfis de ferro. Porém, existem alguns pontos que é bom levantarmos. Quando soldamos um metalon ele tende a perder o alinhamento, também a durabilidade do material não se compara mesmo sendo tratado, pois para um bom tratamento no ferro perde-se tempo e dinheiro. Um grande diferencial do ACM é a linearidade que o material oferece, quando montamos um painel de ACM e você olha em perspectiva avistamos (quando bem instalado) que fica 100% reto, sem ondulações, esse é mais um motivo para o uso da estrutura de alumínio. Outro fator positivo quando usamos o alumínio é a excelente aderência da fita de fixação da chapa. Outra dúvida sempre frequente é quanto a dobra do ACM. Existem várias máquinas e ferramentas disponível para esse processo. Equipamentos com investimentos mais elevados como router CNC que possibilita fazer cortes perfeitos, desenhos, furos, letras e etc... e também a esquadrejadeira vertical

R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

21


(seccionadora) que possibilita cortes de chapas inteiras com excelente produtividade. Outro equipamento de custo mais acessível é a calandra para os casos de curvas em painéis, este equipamento costuma ser mecânico e ou automatizado e com larguras variadas que permitem trabalhar com chapas maiores ou em tamanhos menores, varia de acordo com o investimento. Existem também as máquinas auxiliares como a tupia de mão (necessita fresa específica), serra tico-tico, serra corta piso, esquadrejadeira de bancada e etc... Uma questão importante que acredito que deve ser dada mais atenção com essa alta nos painéis em ACM é a questão da segurança. O uso do EPI completo, andaimes que cumprem as normas de segurança e profissionais com a qualificação adequada é fundamental. Também com o acompanhamento do técnico de segurança com todo

22

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F

documental específico como APR (Analise Preliminar de Risco) NR 35 (treinamento específico para trabalhos em altura) e ART(Análise de Risco Técnico) este deve ser produzido antes da obra que serve também para as questões de legalização junto a prefeitura. Para “azeitar” ainda mais esta venda cabe ressaltar que o ACM faz boas parcerias com diversos tipos de materiais

diferentes como: Letras caixa em acrílico, PVC expandido, aço inox ou galvanizado pintado ambos com ou sem iluminação. Também a querida impressão digital, recorte eletrônico e etc. Um novo membro desta grande família que já nasceu fazendo sucesso é o XPS... Mas isso já é assunto para uma nova matéria!

PS.: Vou publicar o meu WhatsApp pessoal para que nossos amigos leitores possam tirar dúvidas em tempo real para construção de orçamento e ou produção e instalação. Cabe ressaltar que fico muito feliz em poder colaborar com o sucesso de cada leitor! 21 964360992 Dividirei com vocês algumas imagens de trabalhos que selecionei com muito carinho.


GF NeWS

Serilon promove Rodada de Negócios em todo Brasil

a SErIlOn, Em parCErIa COm aS EmprESaS glOBaIS hp, mImaKI E StArFlex, lANçou eM MArço uM Novo Modelo de eveNto, A rodAdA de NeGÓCioS SeriloN. promovida em diversas cidades do Brasil, a rodada de negócios Serilon já teve em 2017 sua edição em ribeirão preto, Campinas, porto alegre e Blumenau e promete visitar dezenas de outras cidades ao longo do ano. O objetivo é movimentar o mercado nacional através da promoção de encontros de negócios, que unem fabricantes de destaque global com aqueles clientes que querem expandir sua atuação e se diferenciar no mercado. a rodada de negócios Serilon é voltada para empresas do segmento de Comunicação visual, Gráficas, têxteis, brindes, embalagens e decoração. moisés, empresário da acrylic, empresa de Comunicação Visual sediada em feira de Santana – Bahia, relata a importância da rodada de negócios em sua decisão de compra: “Os eventos regionias promovidos pela Serilon foram fundamentais para o investimento que nossa empresa fez. Compramos dois equipamentos e com eles já prospectamos negócios de outros nichos de mercado, anteriormente inexplorados. Nos eventos encontramos grandes parceiros e conseguimos ter muita interatividade com os fornecedores, patrocinadores e apoiadores. Os conteúdos ministrados nas palestras são cheios de dicas e muito detalhamento.” além de debate de negócios e demonstração ao vivo de novos equipamentos e substratos, a Serilon também oferece palestras gratuitas durante o evento, com temas que prometem gerar desenvolvimento para as empresas participantes. Confira o calendário completo da rodada de Negócios Serilon e o tema das palestras aqui: http://www.serilon.com.br/envio/ rodadadenegocios/home.html

R E V I S TA G F • m a r ç o | a b r i l 2 0 1 7

23


paolomalorgio.com


GF NeWS

Desafio de Marcas de Vinil O Desafio de marcas de Vinil 2017 não começou na Fespa conforme tínhamos anunciado. por motivos alheios a nossa vontade não foi possível realizar a aplicação dentro do evento, porém, nos permitiu a oportunidade de realizar um evento especial para esta ação!

1º WraPPiNG day! Será um evento totalmente voltado a envelopamento e utilização de vinil de todas as formas! Durante as palestras e work shops o público poderá presenciar o envelopamento do carro do desafio, além de conferir toda a programação feita sob medida para aprimorar seus conhecimentos!

dia 03/05/2017 Horario das 9h as 17h loCal Senai Barueri eNdereÇo alameda Wagih Salles Nemer, 124 Centro, Barueri - SP, iNSCriÇõeS atendimento@grandesformatos.com

R E V I S TA G F • m a r ç o | a b r i l 2 0 1 7

25


CaPa

nOVOS CamInhOS nO mErCaDO, QueM teM OuSaDIa para pErCOrrêlOS?

O Inusitado Mundo da

IMPRESSÃO 26

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • r e V i S ta G F


Por Andressa Fonseca e Luciana Andrade O mercado de impressão digital vai acabar. Você já ouviu isso? Ou já leu nos grupos de redes sociais? E o que fez? Sentou e chorou ao lado dos equipamentos? É fato que o mercado impresso mudou, que muitas coisas mudaram e que a influência digital tornou alguns segmentos impressos irrelevantes. Ex: lista telefônica, entre outros. No Connect, evento da EFI, o CEO Guy Gecht fala sobre a pesquisa que fizeram onde 73% dos americanos comem pizza uma vez por semana pelo menos. A pizza é entregue numa caixa impressa, portanto, o mercado impresso ainda tem muitas caixas de pizza e comunicação visual das pizzarias nos EUA. E vamos além. Em que dia um lindo vinil na parede, azulejos em vinil, ou almofadas e vidros de box de banheiro impressos se tornarão digitais? Nunca! A indústria têxtil de pequena demanda é a que mais cresce e jamais se tornará digital. Na comunicação visual, jamais teremos envelopamentos digitais. Nossa pesquisa para a edição de máquinas trouxe um cenário interessante, que nos deu a ideia para o tema desta matéria de capa. 81% dos nossos entrevistados têm a intenção de mudar o foco comercial ou acrescentar produtos ou serviços mais lucrativos. Observamos o desejo de mudança, mas infelizmente também notamos a falta de foco, visão e ousadia de muitos empresários. E por favor, não nos entenda como críticos. Nos veja como amigos com uma missão. Te fazer navegar no “Oceano Azul”, onde seus clientes terão opções diferenciadas. Uma visão de 360º queremos te trazer com esse especial. E contamos com a ajuda de um time de peso. Confira!

R E V I S TA G F • m a r ç o | a b r i l 2 0 1 7

27


Inove e não Morra

Ernande Ramos Diretor de vendas para América Latina da EFI

28

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F

“A única constante em nossas vidas é a completa mudança”. Isso não vale somente para nosso mercado de grandes formatos. É uma verdade para todo e qualquer segmento de mercado. Por exemplo, o carro de Fórmula 1 campeão do ano passado tem muita vantagem sobre os demais na temporada seguinte, mas isso não garante vitórias nas provas e muito menos a conquista do campeonato. Todos os carros evoluem de um ano para outro e a busca pela excelência, mesmo a mínima, pode fazer toda a diferença. Empresas aeronáuticas estão sempre atrás de novas formas de voar mais rápido e com mais economia, além da eficiência no embarque e desembarque para diminuir o tempo em solo e com isso conquistar mais mercados. Essa busca pela inovação também atinge o nosso mercado. Quando falamos de comunicação visual alguns bordões já se fazem presentes como: “estamos brigando por centavos na impressão digital”, “o meu concorrente está queimando o mercado, com preços impossíveis” ou “estão vendendo o almoço para pagar o jantar e assim não vai longe”. A verdade é que a novidade de hoje é a saturação de amanhã. Não adianta pensar somente no hoje, que o faturamento da sua empresa está pagando as contas e sobrando alguns cascalhos! Amanhã uma simples alteração na legislação pode colocar tudo a perder, como aconteceu alguns anos atrás no setor gráfico com a lei Cidade Limpa. Além disso, seu concorrente pode adquirir uma solução mais rápida e mais barata para fazer o mesmo que


a sua empresa, e com isso surge a necessidade de baixar margens para se manter competitivo. Nesse momento voltamos ao mesmo ponto: “estamos brigando por centavos na impressão digital”. Neste cenário cabe muito bem a frase “inove ou morra”.

Tentar olhar para o futuro é uma tarefa das mais difíceis, no entanto não temos outra opção. Mas a boa notícia é que não precisamos começar do zero. Já temos algumas definições claras e certas. A primeira é que o passado não muda e é preciso aprender com ele. Por exemplo, quais

produtos nos últimos anos tiveram maior crescimento e que merecem investimento? Na contramão disso, quais produtos ou serviços tiveram o menor crescimento ou deram prejuízo e precisam ser eliminados? A maioria das empresas não tem nem ideia de como responder isso. Só olha o faturamento do ano anterior e diz que foi melhor ou pior, mas não sabe detalhes. Dessa forma, a melhor maneira de olhar o futuro é analisando o passado e verificando onde investir mais e, definitivamente, onde parar de investir. Segundo ponto: considere que o que você está fazendo hoje não servirá mais para o amanhã ou porque o mundo está mudando ou porque seus concorrentes estão te forçando a baixar os preços. Leia os sinais do mercado: muitas empresas fazendo a mesma aplicação significa alta produção e

comprando tudo!!, Não!!! Volte pra sua empresa e faça a lição de casa. Estude o mercado, pergunte ao seu cliente se lhes interessa essa novidade, etc. Visite empresas como a sua em outros países ou outras cidades e veja o que eles estão fazendo de diferente, veja amostras, tendências, sustentabilidade, etc. Hoje temos diversas frentes novas e outras não tão novas assim, que ainda não decolaram como o mercado de comunicarão visual em tecido, impressão 3D, impressão com verniz localizado, termo formato digital, impressão com nano tecnologia e um milhão de outros lançamentos. Uma sugestão que deixo aqui é que sua empresa tenha um departamento ou uma pessoa responsável por inovação e novos mercados. Quer uma dica, olhe o mercado de impressão digital para placas de trânsito com tintas que refletem com a luz. Hoje a maioria dessas placas são feitas de forma artesanal. Lembre-se que mais de 70% de faturamento de algumas multinacionais vem da venda de produtos criados há menos de 3 anos. Inove e não morra!!

redução de preço. Um outro aspecto

importante; sua empresa tem que ser diferente. E aí que vem a dúvida: Em que? Minha sugestão é que você comece a respirar, almoçar, jantar, dormir e viver inovação. Visite feiras internacionais além

dos Estados Unidos. Vá para a Europa, Ásia, América Latina. Mais além disso, visite eventos fora do seu segmento e que possam trazer ideais. Considere o que os fabricantes estão falando e apresentando como novidades, mas não saia

R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

29


FoamBoard Acreditamos que o melhor caminho para o empresário de comunicação visual em termo de oportunidades é ser criativo, sempre inovando e propondo novas ideias para seus clientes com o objetivo de gerar curiosidade, abrir o desejo de comprar os produtos destacados ou simplesmente chamar a atenção da mensagem sendo veiculada. Trabalhar e manipular um material tão versátil como o foamboard é justamente uma ferramenta extraordinária para captar com poucos recursos o olhar do consumidor que seja um trabalho gráfico simples de impressão combinado com design impactante ou um desenvolvimento mais complexo de um display ou a decoração de uma vitrine de loja.

Frederic Desmaret Diretor Geral da Airplac

30

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F


Ambientação Interna e Decoração

Flávio Mazaro Martins

Vemos que no mercado em que atuamos há uma visão restrita de tudo o que pode trabalhar e oferecer. Limitam a Comunicação Visual em banners e fachadas e não sabem que podem ir muito além! Um exemplo é o trabalho de ambientação interna e decoração, pouco desenvolvida no Brasil pelos profissionais da nossa área. Hoje, uma reforma interna leva tempo e suja o ambiente, além do mal odor. Trabalhando com impressão UV ou Látex, é possível criar um novo ambiente de forma limpa, rápida e personalizada. E, com um acompanhamento e apoio (vídeo e tutorial), o próprio consumidor pode aplicar o material.

Diretor Corporativo da Serilon Brasil R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

31


Foco e Resiliência a busca por novas oportunidades de negócios e segmentos tem sido um tema bastante comentado e difundido no mercado de comunicação visual. produtos diversificados, personalizados e com maior valor agregado trazem sim maiores possibilidades de retorno, mas requerem esforço e empenho para organizar um novo fluxo de trabalho e buscar novos materiais e de acabamento.

THIAGO FABBRINI Especialista em Aplicações da HP

32

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • r e V i S ta G F

Para o cliente que deseja vislumbrar novas oportunidades, será necessário foco e resiliência, para poder criar novas aplicações com a ajuda de designers, criatividade e tenacidade para novas parcerias de acabamento e finalização. Por exemplo costura e tapeçaria, e novos fornecedores como moldura, procura de backlights, entre outras coisas. para sair do ‘lugar comum’ é preciso ter determinação, sem medo de errar e tentar soluções alternativas, além de muito trabalho e transpiração, aliado à criatividade e experimentação. A mudança não deve ser radical, o cliente pode escolher algumas aplicações, produtos mais diferenciados e talvez personalizados e testar a venda, para entender a cadeia de custos e possíveis margens associadas. e a partir dessa experimentação e aprendizado buscar novas oportunidades. embora não seja um processo mágico, a boa notícia é que aplicações novas, diferenciadas costumam render maiores margens e ainda podem transformar a empresa em referência na cabeça dos compradores.


Impressão UV e sublimática

Wilians Lotti Gerente de Produtos da Roland

Essa é uma situação muito comum entre os clientes do mercado de comunicação visual. Os clientes sempre estão procurando algo novo, porém são poucos os que investem realmente em trabalhos e equipamentos diferenciados para explorar novas aplicações ou mercados. Pesquisam...pesquisam e acabam decidindo por investir na mesma tecnologia que já possuem, e sempre batendo na mesma tecla, querendo tinta e materiais de baixo custo para tentarem brigar no mercado de metro quadrado de comunicação visual. E com isso deixam de explorar outros mercados que crescem cada vez mais, onde a maior exigência é obter um produto final e não o metro quadrado. Cada vez mais mercados procuram por uma boa qualidade de impressão, por um material com características diferenciadas, ou por uma tecnologia de impressão com detalhes e cores especiais, e não menos importante por acabamentos com riquezas nos detalhes. E tudo isso sem a briga pelo famoso “metro Quadrado”.

Ou seja, há muitas opções para sair do “lugar comum”, em minha opinião, o que falta muito atualmente é os clientes pesquisarem e estudarem mais as opções que o mercado oferece, precisam participar mais de eventos especializados, visitarem mais as feiras, pois nestes locais tudo isso é apresentado na prática. R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

33


Embalagens e Displays

MARcElO cHAGAS Diretor Técnico e de Vendas da SA INTERNATIONAL

34

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • r e V i S ta G F

Os mercados de decoração, embalagens e displays em papelão estão em alta. tanto que 35% de nossos novos negócios e clientes estão neste nicho. impressão de padrões para papel de parede, gravação CnC de texturas e recorte de vinil estão sendo amplamente aplicados no mercado de decoração. os totens, mobília promocional, displays e embalagens temáticas estão invadindo os cinemas e supermercados.


Quantas ideias nossos amigos trouxeram aqui. e vamos parafrasear nossa amiga Alessandra Assad, para encerrar esse especial. em seu livro “Atreva-se a mudar” ela falava também com você! e melhor, te colocava a prova. Seu negócio não será como era há 10 anos atrás ou se tornar altamente lucrativo sozinho! Se você não mudar, a tendência da situação é piorar. Comprar mais um equipamento não significa ampliar seu negócio! Seu comportamento precisa estabelecer novos focos e conceitos, ANteS de investir! Desta forma fará seus investimentos de forma a ter lucratividade assertiva!

DIcAS DA GF • COM A IMPRESSÃO DIGITAL abrem-se novas

oportunidades diariamente

• ABRA SEUS CONCEITOS de novos focos e nichos • INVISTA EM EQUIPAMENTOS e softwares com certeza do nicho que vai atender

• BUSQUE SUPRIMENTOS NOVOS, temos um leque

imenso aqui no Brasil

• FUJA DE ORÇAMENTOS de mil banners por 15,00 o m². • TREINE SEUS VENDEDORES CoM eSte FoCo urGeNte

• NOSSA MISSÃO É ESTAR AO SEU LADO....

Gostou da matéria? Dê a sua opinião! Envie suas impressões sobre esta matéria para faleconosco@ grandesformatos.com com seu nome, empresa, Cidade e Estado, ou ligue para: (41) 3023-4979


cobertura

Fespa Brasil supera

Feira teve corredores lotados de profissionais 36

M a r รง o | A b r i l 2 0 1 7 โ€ข RE V I S TA G F


a

expectativa de público

s

buscando inovações em impressão digital R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

37


Conferimos de perto o sucesso da quarta edição da Fespa Brasil entre os dias 15 e 18 de março. A Feira recebeu mais de 15 mil profissionais, número que superou as demais edições. Expositores relataram que superaram todas as metas planejadas nos quatro dias de evento. Além da exposição de diversas marcas, a feira recebeu eventos paralelos, como as palestras educacionais de iam de encontro as necessidades do publico. O CEO da FESPA, Neil Felton, destacou:

“Estamos impressionados com o que temos visto na FESPA Brasil. Um sucesso de público e de negócios. A FESPA Brasil é a feira que possui o melhor índice de visitante por metro quadrado entre todas as FESPAs que promovemos ao redor do mundo. Este dado é muito significativo e mostra a importância da feira para o mercado”. Alexandre Keese, diretor da Fespa Brasil, declarou: “A feira foi um

tremendo sucesso. Foram quatro dias de corredores lotados, profissionais vindos de todos os estados brasileiros, visitantes internacionais – todos buscando por novas tecnologias em hardwares, softwares e substratos, inovações para realmente conquistar um lugar especial em seu negócio. O que há de mais moderno no mundo esteve aqui dentro. Estamos com a missão cumprida”

38

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F

Congressos De acordo com sua proposta de investir e fomentar o mercado, a Fespa Brasil promoveu diversas sessões educacionais (Fespa Digital Textile Conference, Sublimation Day e Congresso Internacional de Comunicação Visual e Impressão Digital). As apresentações foram assistidas por centenas de profissionais em busca de aprimorar técnicas, conhecer novos mercados e tecnologias, tirar dúvidas e vislumbrar novos horizontes. A convite da Fespa, Luciana Andrade, editora da Revista GF, ministrou a palestra “Desvendando novas formas de vender Comunicação Visual”, abordando a necessidade de reinventar o foco das empresas, a palestra foi muito elogiada! Confira as fotos do que rolou nos quatro dias de evento.


GALERIA DE FOTOS fespa BRASIL

R E V I S TA G F โ€ข M a r รง o | A b r i l 2 0 1 7

39


GALERIA DE FOTOS fespa BRASIL 2017

40

M a r รง o | A b r i l 2 0 1 7 โ€ข RE V I S TA G F


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


artigo

Você é a pessoa certa no lugar errado? Marcos foi um aluno que tive quando lecionei nas faculdades de Rádio e TV. Ele sempre foi um menino entusiasmado. Ama futebol, é simplesmente louco por isso. Adivinhe qual era o sonho do Marcos? Ser locutor de futebol.

42

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F


Adivinha o que o Marcos fazia para pagar a faculdade? Trabalhava como assistente em uma Clínica Dentária. Ele ganhava bem, e era o único aluno da turma dele que necessariamente precisava trabalhar para pagar a faculdade. Coincidência ou não, ele sempre chegava antes dos outros alunos, e isso permitia que conversássemos e trocássemos algumas ideias antes da aula começar. Um dia Marcos chegou cabisbaixo na aula e eu perguntei o que ele tinha. De uma maneira bastante emocionada, ele me revelou que o sonho dele era ser locutor de futebol, e que tinha feito um teste numa rádio e tinha sido reprovado. Estava tão arrasado, que queria largar tudo. Ele achava que o trabalho que tinha só servia para pagar a faculdade, mas que se a faculdade não servia para ajudá-lo a passar num teste de seleção, logo ele iria largar tudo. Não precisava de faculdade e nem de trabalho algum. Tudo o que eu pude dizer para ele naquela manhã foi: “nunca

abandone seu sonho. Abandonar seus sonhos é abandonar a você mesmo”.

Apesar de ter concluído o curso e de ter abandonado aquele trabalho anos depois, Marcos foi um daqueles que continuou lutando pelo sonho, com mais dificuldade do que as pessoas normais, porque em paralelo ele pulava de empresa em empresa para tentar se sustentar. Sabe o que ele faz hoje? Trabalha como locutor num programa esportivo de uma rádio. Ele acorda às 5h30 da manhã todos os dias, feliz da vida. E tem um outro trabalho também para compensar a não realização financeira que o trabalho da rádio traz. Talvez ele não seja tão talentoso assim, mas conseguiu um ponto de equilíbrio entre a felicidade no trabalho e a realização financeira. Talvez você se pergunte: e por que ele não volta para a clínica em que trabalhava então, em paralelo com a rádio? Porque infelizmente essas são coisas que só a

maturidade nos ensina. É preciso viver e descobrir muitas coisas antes disso. A primeira delas é a nossa semente, e a segunda é o nosso sonho. Precisamos fazer com que eles se encontrem, e isso precisa acontecer o mais rápido possível.

Que semente tem dentro de você? Você já viu semente de laranja resultar em abacate? Ficou espantado com a minha pergunta? A resposta seria tão óbvia se diariamente eu não presenciasse pessoas querendo forçar laranja a ser parecida com abacate. Como assim? Vamos mergulhar no universo corporativo e veremos o quanto é comum líderes quererem que sejamos exatamente o que idealizaram para nós. Vemos pessoas certas, mas nos lugares errados. Vemos pais médicos querendo que seus filhos sejam médicos, quando na real o talento ali é para ser pintor. Então, o que está acontecendo? O Princípio da Semente estabelece que seu crescimento maior, mais rápido e mais fácil advém de suas habilidades naturais e até já falamos bastante sobre isso. Mas a diferença aqui é com relação ao próximo também. A maioria das pessoas tende a olhar as outras como se pudesse transformá-las naquilo que bem entendem. E sabemos que isso é algo quase impossível. Na realidade, devemos olhar para dentro das pessoas, procurando ver que tipo de semente há lá dentro. Assim como uma árvore, cada pessoa possui uma semente. Que semente tem a pessoa que trabalha ao seu lado? Que semente tem o seu pai? O seu filho? O seu líder? E você? Definitivamente temos o desejo de querer que as coisas ou pessoas sejam da forma como gostaríamos, mas temos o dever de respeitar a forma como elas se apresentam. Muitas vezes elas são legais, e o fato de terem uma semente diferente da nossa não significa que precise gerar um conflito. Significa apenas que precisamos olhar diferente para a diversidade. Ela só traz benefícios, mas nós continuamos querendo usufruir apenas da parte ruim. É como termos uma linda e doce laranja e insitirmos apenas em comer os caroços. Por que fazemos isso?

Alessandra Assad é diretora da

AssimAssad Desenvolvimento Humano. Formada em Jornalismo, pós-graduada em Comunicação Audiovisual e MBA em Direção Estratégica, é professora no MBA de Gestão Comercial da Fundação Getulio Vargas, Consultora Senior do Instituto MVC, palestrante e autora do livro Atreva-se a Mudar! – Como praticar a melhor gestão de pessoas e processos.

Porque temos nossas experiências, nossas crenças, nosso DNA. E porque somos muito mais egoístas do que podemos imaginar. Continuamos semeando arroz e insistindo em colher feijão. Ou seja: pessoa certa no lugar errado, ou ainda a pessoa errada no lugar certo. Quer um exemplo? Por um acaso você conhece o sonho do seu colega ao lado? Quantos gerentes conhecem os sonhos de cada um de sua equipe? Isso poderia mudar absolutamente tudo em termos de relacionamento, e absolutamente tudo, novamente, em termos de resultados e de satisfação no trabalho.

R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

43


artigo

Descubra quais são os 7 mitos que fazem você multitarefar

44

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F


7Mitos

sobre a MultiTarefa

1

Multitarefa não existe de verdade

Poderíamos dizer que multitarefa seria por exemplo, você ter dois computadores um ao lado do outro e ao mesmo tempo, usar ambos com um mouse em cada mão. Você responde e-mails em um computador e simultaneamente revisa sua apresentação no outro computador. Se você fizer isso e conseguir, parabéns, você é um ser humano dotado de um dom super-humano chamado multitarefa. O que você faz na verdade é “alternância de tarefas”, ou seja, você faz uma coisa, depois pula para outra e assim por diante.

2

Você não é mais produtivo porque diz que faz muitas coisas ao mesmo tempo Como você alterna entre as tarefas, você acaba perdendo mais tempo, pois sempre há um “delay” que seu cérebro precisa para dar foco novamente a nova atividade.

3

Multitarefa é algo da nossa era tecnológica

Desde a idade pré-histórica, temos esse impulso de fazer várias coisas ao mesmo tempo. Quando começamos a andar com os dois pés, andávamos e colhíamos

frutas. Essa tendência foi evoluindo na idade média e até os dias de hoje.

4

Não aumenta sua produtividade

Pelo contrário, a multi-tarefa, de acordo com a pesquisa da TriadPS com alunos do treinamento de produtividade, a perda de tempo média “multitarefando” é algo em torno de 20%. Ou seja, se você passa um dia de 10h multitarefando, poderia economizar algo em torno de 2 horas diárias.

5

Você fica mais energizado

Fazer múltiplas coisas pode ser excitante a primeira vista, mas na prática consome mais recursos do seu cérebro, o que acaba drenando sua performance e disposição. No final do dia, o cansaço mental é tão perceptivo que raramente há vontade de fazer algo novo (como aquela academia que você diz que vai no fim o dia).

6

Meu trabalho exige múltiplas atividades

Se você insiste nessa ideia, o que se pode observar é o aumento de erros nas atividades rotineiras, o que lá na frente vai causar mais urgências. Em um caso documentado, Dr. John Halamka, reportou o caso de um grupo de médicos que decidiu parar de fornecer o remédio para afinar o sangue de um paciente, mas

Christian Barbosa,

Maior especialista no Brasil em administração de tempo e produtividade, é CEO da TriadPS, empresa multinacional especializada em programas e consultoria na área de produtividade, colaboração e administração do tempo. Ministra treinamentos e palestras para as maiores empresas do país e da Fortune 100. Autor dos livros “A Tríade do Tempo”; “Você, Dona do Seu Tempo”; “Estou em Reunião”; co-autor do “Mais Tempo, Mais Dinheiro”; e “Equilíbrio e resultado – Por que as pessoas não fazem o que deveriam fazer?”. Sua mais recente obra: “60 Estratégias práticas para ganhar mais tempo”. www.triadps.com.br www.maistempo.com.br

durante o processo de colocar essa ordem no sistema, o médico recebeu vários SMS sobre uma festa. A ordem nunca foi colocada no sistema e o paciente quase veio a óbito, sendo necessária uma cirurgia cardíaca.

7

Mulheres conseguem multitarefar

Sem dúvida essa é uma frase ouvida constantemente, porém sejam homens ou mulheres, os efeitos da multi-tarefa no cérebro e no seu tempo são os mesmos.

R E V I S TA G F • M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7

45


gf news

Kiian Digital lança Digistar Bravo A nova tinta pigmentada para impressão direta.

Kiaan Digital escolheu a FESPA Hamburgo para apresentar a Digistar Bravo; a tinta digital para impressão direta em máquinas equipadas com cabeças de impressão Kyocera. (Hamburgo, 8 a 12 de maio de 201 – Stand: D65 – Corredor: B6). A DigistarBravo foi desenvolvida pensando nos requisitos de impressão: alta rentabilidade e performance de impressão. Seu portfólio consiste em 11 cores vivas, 2 tons de preto, alta ancoragem e nitidez. “Estamos muito entusiasmados, a DigistarBravo foi submetida a testes rigorosos de desempenho em impressão industrial”, aponta Marco Girola, Especialista de Marketing da Kiaan Digital. “A DigistarBravo faz parte da estratégia da Kiian Digital para atender as demandas comerciais da impressão digital têxtil, reunindo tintas de alta qualidade com suporte global.” Acrescenta Alessandra Borghi, Diretora de Vendas da Kiaan Digital. Os visitantes conhecerão a gama de tintas digitais de sublimação e para impressão direta; colocando a Kiian Digital como especialista em soluções para impressão em poliéster. Em exposição, estará: A escala atualizada das tintas para impressão direta. Assegurando a eficácia, eficiência e o brilho das cores das impressões. A gama da sublimação para transferência, que permite satisfazer as exigências da customização em massa e apenas num tempo de produção. A recente atualização do pigmento da tinta, desenvolvida para a impressão direta, a alternativa para a tradicional impressão jato de tinta, graças a facilidade de utilização e a alta nitidez. Os visitantes serão informados das atualizações da Kiian Digital, certificações e dos passos futuros. “A sustentabilidade está em tudo o que fazemos: as matérias primas que usamos, a forma como produzimos o nosso produto e a solução que oferecemos aos nossos clientes. Nós nos esforçamos para criar produtos que façam a diferença ao meio ambiente positivamente, e que ao mesmo tempo, forneça valores aos clientes”, afirma Martin Swift Diretor de Marketing e Desenvolvimento do Grupo JK.

Sobre a Kiian Digital Kiian Digital é uma marca do Grupo JK. (www.j-k-group.com) O Grupo, atua desde 1ºde julho de 2015, desempenhando um papel central no mercado de impressão digital têxtil e é a maior industria de sublimação digital, líder em tecnologias, e com presença global. O portfólio da marca Kiian Digital inclui tinta de sublimação, dispersão e pigmentos de tintas desenvolvida para o mercado de impressão têxtil.Kiian Digital é o parceiro ideal para quem procura qualidade e confiabilidade, assim como a mais alta relação custo x benefício agregado em transferência e impressão direta. Com sua especialização em produtos de impressão industrial, Kiian Digital tem uma longa experiência no desenvolvimento de produtos personalizados para diferentes cabeças de impressão e aplicações.

46

M a r ç o | A b r i l 2 0 1 7 • RE V I S TA G F


SERIGRAFIA

SINALIZAÇÃO

SUBLIMAÇÃO

13H ÀS 20H SÁBADO,10H ÀS 17H

nova data novo local

EXPO CENTER NORTE - SP - BRASIL

CONECTANDO O S PONTOS

TO D O S PA R A VO C Ê

27 ANOS CONECTANDO PESSOAS, TENDÊNCIAS E NEGÓCIOS.

VISITE A MAIOR E MAIS COMPLETA FEIRA DE IMPRESSÃO E COMUNICAÇÃO VISUAL SOFTWARES

IMPRESSÃO DIGITAL TÊXTIL

CREDENCIE-SE AGORA MESMO Acesse

www.serigrafiasign.com.br

BRINDES

Filiada à

Promoção e organização

e utilize o código de convite GF0017

Local

Apoio

/serigrafiasign


Profile for Revista Grandes Formatos

Revista GF+ Edição 120| Março e Abril 2017  

O Inusitado Mundo da Impressão. Novos caminhos no mercado, quem tem ousadia para percorrê-los? Wrapping Day - GF Desafio de Marcas Tudo o qu...

Revista GF+ Edição 120| Março e Abril 2017  

O Inusitado Mundo da Impressão. Novos caminhos no mercado, quem tem ousadia para percorrê-los? Wrapping Day - GF Desafio de Marcas Tudo o qu...

Advertisement