Issuu on Google+

grande Porto

esporte

Brasil frustra cearenses na Arena Castelão

Ano 1 - número 51 - 19 a 25 de junho de 2014

Página 8

ministério público

Avanço do mar é caso de Justiça Recomendação da Procuradoria Geral da República cobra adoção de medidas em caráter de urgência para conter o avanço do mar na Praia do Icaraí. O Governo, no entanto, rejeitou emendas ao Orçamento da União para o projeto, que segue sem solução à vista Página 4

blitz do lael

economia

caucaia

Doação de sangue no Iandê até o dia 23

Energia pesa no bolso do consumidor em 2015

Sindsep garante benefícios para servidores

Página 8

política

PROS negocia com PRB. É o 24º partido da aliança Aliança, coordenada pelo Governador Cid Gomes, tenta isolar o PMDB Página 3

meio ambiente

Parque Botânico é aberto diariamente à visitação, mas tem uma baixa frequência de caucaienses Página 6

Página 5

Página 7


2

Opinião

GRANDE [PORTO] artigos

Precisamos falar sobre a Globo

Editorial Por uma solução urgente A Procuradoria Geral da República decidiu, em boa hora, interferir na inércia que consome a destruição do litoral de Icaraí, no município de Caucaia. O problema não é novo, as causas são conhecidas e os efeitos mais ainda. A economia daquele trecho do litoral foi destruída, a desvalorização de imóveis é uma realidade e o potencial turístico da região desapareceu sem que houvesse solução efetiva para conter o avanço do mar. A responsabilidade para equacionar o impasse não é apenas do Município de Caucaia, mas também da União como reconhece o Ministério Público Federal, que recomenda um prazo de trinta dias para que sejam prestadas informações sobre as providências adotadas. A recomendação é resultado de representações formuladas por moradores e proprietários de edificações, que relataram a ineficiência dos trabalhos de contenção já realizados no sentido de impedir o avanço do mar e a destruição das construções. O prazo exíguo demonstra a preocupação do órgão com os relatos de moradores do Icaraí diante da ameaça real de destruição de condomínios residenciais situados no trecho ameaçado do litoral. A solução definitiva vai depender também da boa vontade da União e de uma boa pressão política sobre os burocratas de Brasília. E esse caminho, infelizmente, tem sido tortuoso e cheio de promessas vazias. A Prefeitura já decretou estado de emergência encaminhou um projeto ao Ministério da Integração Nacional, que ficou de analisar a proposta, mas nada avançou. Um projeto elaborado pelo Instituto de Ciências do Mar (Labomar), aponta como solução a construção de espigões e um aterro hidráulico. O projeto, inicialmente orçado em R$ 110 milhões, foi reduzido para algo em torno de R$ 50 milhões, excluindo o aterro. No entanto, a garantia de verba ainda é uma miragem. Na última semana, o deputado federal Raimundo Gomes de Matos emitiu informações desalentadoras, apontando rejeição de emendas, por parte do Governo, à Medida Provisória de número 637/13 destinando R$ 100 milhões para Caucaia e R$ 50 milhões para Beberibe, com o objetivo de conter a erosão marinha. Ou seja, voltamos à estaca zero. Estamos em pleno ano eleitoral e nada indica que o assunto seja tratado de forma efetiva. Em 2016, será a vez de renovação para o comando das prefeituras e câmaras municipais. Até lá, teremos solução para o Icaraí ou iremos lamentar o desmoronamento de condomínios na orla de Caucaia?

Paulo Nogueira, é jornalista, fundador e diretor editorial do site de notícias e análises Diário do Centro do Mundo.

João Ananias, deputado federal do PC do B.

O Jornal Grande PORTO é uma publicação semanal do Sistema Ceará Agora de Comunicação e da Editora Assaré. www.cearaagora.com.br

Para elogiar, criticar, opinar ou sugerir: assare@editoraassare.com.br Os textos, incluindo opiniões e conceitos emitidos, são de responsabilidade exclusiva de seus autores. É livre a reprodução não comercial, desde que citada a fonte.

Para anunciar, ligue (85) 3194.4150

famílias mais ricas do país. Dada sua força, a Globo é a Bastilha brasileira, o símbolo da iniquidade. Para que a França avançasse, a Bastilha teve que ser derrubada. Para que o Brasil avance, a Globo tem que ser enquadrada. Enquanto a Globo for deste tamanho, o Brasil continuará, essencialmente, o mesmo. Enquadrar a Globo esbarra exatamente na “docilidade” do governo. Das administrações petistas, sublinhemos. Porque antes você teve duas situações. Na primeira, durante a ditadura, a Globo fazia vassalagem e era recompensada majestosamente com mamatas indecentes. Depois, com o fim da ditadura, a Globo passou de vassala a senhora. De Collor a FHC, todos os presidentes se ajoelha-

ram para Roberto Marinho e para a Globo. Com isso, a Globo conseguiu o milagre de sobreviver, ainda mais forte, àquilo que a fez ser o que é: a ditadura. Esperava-se que o PT mudasse isso. Mas não foi o que ocorreu – ainda que fosse uma ação vital não para o partido em si, mas para a sociedade. O PT foi dócil desde o início, sabe-se lá por quê. Para regular de verdade a mídia, você tem que mexer no problema central: a Globo. É o que Christina Kirchner fez com o Clarín, numa luta épica em que ela foi diariamente atacada sem jamais ceder. O Brasil precisa, mais que nunca, de um estadista que diga aos brasileiros, com clareza e espírito público: “Precisamos falar sobre a Globo”.

Mortalidade Materna, uma prova da Iniquidade

Expediente

Redação: Waldery Uchôa 567A, Benfica, Fortaleza, Ceará - CEP 60020-110. Telefone: (85) 3254.4469 Escritório comercial: Desembargador Moreira, 2800, 16º andar, Dionísio Torres, Fortaleza, Ceará Telefone: (85) 3194.4150 Diretor-presidente: Luzenor de Oliveira - luzeno@uol.com.br Diretor de Relações Institucionais Francisco Bezerra - presidenteassare@gmail.com Assessoria Jurídica Mário Baratta / OAB-CE 6427 - mariobaratta@gmail.com Editor Chefe: Beto Almeida - almeidabeto85@gmail.com Repórter: Antonio Cardoso - cardoso_mts@hotmail.com Editor de Arte: Claudemir Gazzoni - claudemirgazzoni@gmail.com Representante comercial: Lael Semente Fone: (85) 8821.4243 (85) 3011.0907 - laelsemente@gmail.com

Está num artigo da Economist sobre a Globo. A revista diz que o governo trata a Globo com “docilidade”. Nas contas da Economist, as Organizações Globo falam com 91 milhões de brasileiros. Sabemos bem – a rigor, a Globo sempre disse o que diz hoje – que tipo de informação é passada aos brasileiros. Tudo que beneficia o povo é uma “tragédia” – como o Globo definiu em sua primeira página o 13o salário outorgado por João Goulart pouco antes do golpe militar. A Globo faz mal ao Brasil, numa palavra. Mais especificamente: à ideia um Brasil socialmente justo. O Brasil da Globo é este que conhecemos, repleto de desvalidos em favelas e com os Marinhos no topo das

Sempre encarei a morte com muito inconformismo, seja qual for a idade, o sexo, a causa ou a circunstancia. Quando se trata de morte de mulheres, o inconformismo se transforma em revolta, por não admitir esse óbito, principalmente quando pode ser evitado. É o caso da mortalidade materna no Brasil, uma mácula que resiste em se apagar. Em 1990, aproximadamente 180 nações pactuaram com a ONU, por meio da Organização Mundial da Saúde, a implementação de políticas públicas que efetivamente apontassem para a redução da elevada mortalidade materna e infantil. A meta era chegar em 2015 com a diminuição de 75% no número de óbitos maternos e infantis. Há quatro anos, atingimos a meta relativa à redução de óbitos de crianças nascidas vivas até o 1º ano de vida, que é como se cal-

cula a taxa de mortalidade infantil. Porém, estamos ainda distantes quando se trata da razão de Mortalidade Materna, que é o número de óbitos para cada 100.000 crianças nascidas vivas. Para que atingíssemos a meta, teríamos que chegar em 2015 com RMM menor que 35 por 100.000 nascidos vivos, só que estamos com 63,9 óbitos, dados de 2011. Uma considerável diferença que nos desfavorece em relação ao desafio assumido, pois pelas projeções, baseadas no percentual de redução nos últimos anos, torna-se quase impossível cumprirmos esta meta. No Ceará, a despeito de todo o esforço e investimentos realizados pelo Governo do Estado, por meio da Secretária de Saúde do Estado (Sesa), este indicador está em 88,6 por 100.000 nascidos vivos, ainda muito alto, bem maior que a

média nacional. Por que se 95% das causas dos óbitos são evitáveis? Hipertensão arterial, hemorragias, infecção puerperal, doenças do aparelho circulatório, agravados pela gravidez e abortamentos são responsáveis por quase 100% destes óbitos, tanto no Ceará como no Brasil. O perfil das mulheres que morrem mostra , na sua grande maioria , negras, indígenas, pobres e 15% delas adolescentes.. Por minha iniciativa foi criada uma subcomissão, na Câmara Federal , onde tratamos deste tema, com a intenção de incluir de volta esse grave problema no debate nacional e chamar atenção para essa grave mazela, hoje tão pouco discutida. A sociedade fica silente diante desta vergonha, não sei se por falta de informações ou por atingir diretamente os segmentos mais pobres do nosso meio.

frases da semana

“O modelo político de ofensas e guerras de acusações, tão comum em campanhas anteriores, não agrega nada à imagem do candidato” Cientista e pesquisador da UFRJ,

Sandro Correa

“Adorei saber que sou considerada um ícone do bairro. Moro na mesma rua há quase 20 anos e não troco meu bairro por nada” Da atriz Luana Piovanni, moradora do Leblon, RJ


Política

GRANDE [PORTO]

PROS a caminho do 24º partido aliado

ELEIÇÕES 2014] A aliança, coordenada pelo Governador Cid Gomes, tenta isolar o PMDB e cria dificuldades para o senador Eunício Oliveira.

Cid fez relatos a Dilma sobre o conflito com Eunício no Ceará

O

s articuladores políticos do Governo do Estado decidiram jogar pesado e, nas primeiras semanas de junho, garantiram a presença do PV na coligação encabeçada pelo PROS e agora abrem caminhos para a 24ª sigla na aliança governista. Trata-se do PRB (Partido da República Brasileira), braço político da Igreja Universal do Reino de Deus. Pressionados pelos pré-candidatos à Assembleia Legislativa e Câmara Federal, os dirigentes regionais do PRB decidiram

reavaliar a aliança com o PMDB. Os pré-candidatos consideram que, se entraram na coligação proporcional com o PMDB, cumprirão apenas o papel de buchas – candidatos que tem votos para ajudar os postulantes com melhores condições financeiras e bases eleitorais. O presidente da Executiva Regional do PRB, deputado estadual Ronaldo Martins, ouviu os apelos dos pré-candidatos e abriu negociações com o PROS. As primeiras conversas deram resultados e, 24 horas após a reunião com repre-

sentantes do Governo do Estado, eram evidentes os sinais de que o PRB estaria abandonando o PMDB. O PRB era a única sigla com a qual o PMDB contava até o final da primeira quinzena de junho para ampliar o tempo de rádio e televisão para a candidatura do senador Eunício Oliveira. Com as articulações do PROS, o jogo foi deflagrado e o PMDB está sendo isolado. Eunício ainda não entregou os pontos sobre o PRB e, ao mesmo tempo, conversa com o PSDB e o PR – siglas de oposição à administração estadual. Se confirmada a entrada do PRB, a coligação puxada pelo PROS ficará com 24 partidos. É a maior aliança partidária formada na história mais recente do Ceará na disputa ao Governo do Estado. O governador Cid Gomes chegou a dizer, durante a audiência com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília, na última segunda-feira, que irá reunir o maior nú-

mero possível de partidos para eleger o sucessor e apoiá-la na reeleição. As articulações para montagem desse xadrez político e partidário são definidas pelo Governador Cid Gomes que, na última segunda-feira, no Hotel Marina Park, em Fortaleza, comandou a segunda reunião com os partidos aliados para definição de coligações proporcionais (Câmara Federal e Assembleia Legislativa). Os dirigentes partidários fizeram uma avaliação sobre as alianças na disputa por vagas de deputados estaduais e federais, avaliaram os grupos de trabalho e escolha do candidato do PROS ao Palácio da Abolição. Do encontro, nada saiu de definição de candidatura. A definição está sendo empurrada para o final do mês. As convenções partidárias, para homologação de candidaturas e coligações, podem ser realizadas, de acordo com a legislação eleitoral, até o dia 30 de junho.

Encontro estadual

PT quer o Senado e não abre mão da candidatura de José Guimarães

Encontro em Itapipoca: Guimarães comandou as caravanas no Interior e uniu o PT

Os dirigentes regionais do PT marcaram para o dia 29, em Fortaleza, o Encontro Estadual para oficializar o nome do deputado federal José Nobre Guimarães ao Senado. A decisão sobre candidatura a senador, segundo integrantes da cúpula estadual petista, é irreversível e Guimarães será candidato seja em uma aliança com o PROS ou com o PMDB. A prioridade do PT é a coligação com o PROS, desde que o candidato ao Senado seja José Guimarães. Preocupados com alguma restrição ao nome de Guimarães, o PT joga com a convicção de que haverá dificuldades para compor essa aliança: ‘’Construímos o caminho da unidade interna e da

parceria com os nossos aliados. Conquistamos o apoio da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Se houver rejeição ao nosso projeto de eleger um senador, vamos procurar os caminhos para uma aliança que nos garanta a indicação do companheiro Guimarães’’, disse um integrante da direção estadual do PT que sente incômodo com a demora do PROS. A decisão dos dirigentes regionais em brigarem por uma vaga ao Senado na chapa da coligação com o PROS ou o PMDB faz parte do plano nacional do PT em ampliar o número de senadores no Nordeste. A estratégia é eleger, também, senadores nos Estados da Paraíba, Sergipe, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Durante a reunião do Governador Cid Gomes com a presidente Dilma Rousseff, na última segunda-feira, em Brasília, o Ministro das Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, que esteve presente ao encontro do PT, no sábado passado, na cidade de Quixeramobim, fez relatos sobre a unidade do partido e o fortalecimento da pré-candidatura de José Guimarães ao Senado. Cid, segundo as informações colhidas pela reportagem do Grande Porto, não fez comentários, nem restrições ao nome de Guimarães, ficando claro, naquele momento, que o PT terá o candidato ao Senado na chapa com o PROS. Ao decidir enfrentar a disputa ao Senado, o deputado federal José Nobre Guimarães mergulhou em costuras internas para unir o PT. ‘’Construímos a unidade interna. Os nossos companheiros compreenderam a importância da unidade e decidiram nos apoiar com a pré-candidatura, que não é um projeto do Guimarães, mas sim do PT’’, disse Guimarães, ao afirmar que cumpriu o dever de casa na missão de levar o PT unido para uma aliança com os partidos da base da presidente Dilma Rousseff.

3

Ceará agora Por Luzenor de Oliveira luzeno@uol.com.br

Omissão e muita conversa O Ministério Público Federal decidiu, após ouvir o clamor de moradores, comerciantes e turistas do litoral de Caucaia, agir para cobrar da Prefeitura e do Governo Federal ações para conter o avanço do mar, principalmente, na Praia do Icaraí. Os prejuízos da comunidade se acumulam, enquanto a Prefeitura age com lentidão para a construção de espigão para barrar o avanço das marés que destruíram a Avenida Litonârea, carregaram barracas e, agora, ameaçam arrastar residências e condomínios. Ao longo dos últimos anos, tivemos muita conversa e pouca ação. O prefeito Washington Gois, assim como a sua antecessora Inês Arruda, deveria estar mais comprometido com a recuperação do litoral de Caucaia. A responsabilidade dessa obra, pela sua dimensão e custo, é mesmo do Governo Federal, mas ao prefeito caberia o papel de articular e mobilizar a classe política da cidade e os deputados estaduais e federais votados no município para pressionarem o Governo Federal a descruzar os braços e construir espigões para salvar as praias de Caucaia. Diante da omissão e sem esperanças de verem a Prefeitura agindo, com mais rapidez, o Ministério Público Federal entrou no debate exigindo do Município e da União a realização de obras nessa faixa do litoral. Ainda há tempo para o prefeito Washington Gois acordar e realizar uma manifestação de um dia, parando Caucaia, para gritar e pedir socorro ao Governo Federal contra o avanço do mar. Se mantiver a mesma lentidão, Washington termina o segundo mandato carregando o título da omissão na luta dos moradores para evitar novos estragos com o avanço do mar nas Praias do Pacheco, Icaraí e Cumbuco.

Aperto e pressão Quatro pré-candidatos estão no páreo da sucessão do Govenador Cid Gomes (PROS). Os pré-candidatos José Albuquerque e Domingos tem cumprido uma agenda de entrevistas e viagens ao Interior, enquanto Leônidas Cristino e Izolda Cela, por uma estratégia da cúpula do PROS, estão mais recolhidos. A lista de pré-candidatos, segundo Ciro Gomes, tem somente três nomes: Albuquerque, Izolda e Domingos. Seja qual for a quantidade de nomes os aliados de Cid Gomes querem ver, bem antes da convenção marcada para o dia 29, o candidato a governador.

Trator O Governador Cid Gomes entrou na discussão sobre a sucessão estadual e começou a ser chamado de trator por arrastar 23 siglas para a aliança ao Governo do Estado. Cid confirmou a presença do PV (Partido Verde) na coligação. O PV tem dois deputados estaduais – Roberto Mesquita e Augostinho Moreira, que fazem oposição à administração estadual. O 24o partido - o PRB, está a caminho.

Trator I Mesquita faz oposição ao Governo do Estado e é um dos aliados da pré-candidatura do senador Eunício Oliveira (PMDB) à sucessão estadual.

O apoio do PV ao candidato a governador a ser escolhido pelo PROS o deixa em uma situação incômoda. Mesquita trabalha para ser reeleito deputado estadual e, confirmada a presença do PV na coligação governista, vai continuar com a mesma linha de oposição à administração Cid.

Mesa de bar As conversas em mesas de bar e nos bastidores da política de Caucaia indicam que o ex-deputado José Gerardo Arruda desistiu de colocar o filho Gera na disputa por uma vaga à Câmara Federal. José Gerardo teria feito um acordo com o deputado federal Arnon Bezerra (PTB) para apoiá-lo nas eleições deste ano. É no PTB que está a filha de José Gerardo, Lívia, provável candidata à Assembleia Legislativa.

Candidaturas O presidente da Câmara Municipal de Caucaia, vereador Eduardo Pessoa, se recupera de problemas de saúde e está disposto a concorrer à Assembleia Legislativa. Eduardo vem sendo estimulado pelo primo Roberto Pessoa, pré-candidato do PR ao Governo do Estado. Caucaia tem, ainda, como pré-candidatos a deputados estadual, o vice-prefeito Paulo Guerra (PDT) e o empresário Naumi Amorim (PSL).


4

Cidade

GRANDE [PORTO]

SGA recebe Programa Futuro da Minha Cidade desenvolvimento] Ao receber técnicos e especialistas na área urbana, São Gonçalo do Amarante se prepara para o futuro.

Evento foi realizado no auditório da Ceará Portos

públicos e a própria sociedade local, na implantação de programas de planejamento e desenvolvimento. O Seminário contou com a presença do ex-prefeito de Maringa – PR, Silvio Barros que fez uma explanação de uma experiência exitosa em parceria entre sociedade e prefeitura e o seu potencial transformador para tornar a cidade mais sustentável.

Município de São Gonçalo do Amarante recebeu, nesta semana, no auditório da Ceará Portos, no Pecém, o Programa o Futuro da Minha Cidade. O debate contou com a presença de empresários, autoridades, representantes do governo municipal, do Governo do estado, dirigentes de instituições de ensino superior, estudantes e jornalistas. Realizado pela Câma-

São Gonçalo O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Cláudio Pinho, destacou, ao participar do debate, a importância do papel do setor público no desenvolvimento das cidades. “A ideia é sensibilizar as principais lideranças do município sobre uma possível parceria entre a sociedade e a prefeitura”, observou. A cidade de São Gonçalo do Amarante foi escolhida para abrigar o

O

ra Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) com do Sinduscon/Ceará, o programa mobiliza a sociedade para ser protagonista no futuro da sua cidade, criando soluções para a sustentabilidade urbana. Com base em experiências bem sucedidas de algumas capitais referências na prática da gestão urbana, o projeto propõe estruturar um modelo de plano de trabalho como facilitador, para gestores

evento pelos índices de crescimento e desenvolvimento que apresenta devido à implantação do Complexo Industrial e Portuário do Pecém na região. Um dos indicadores de que apontam o potencial de desenvolvimento econômico do município cearense pode ser levantado junto a RAIS ( Relação Anual de Informações Sociais), que, entre os anos de 2007 e 2011, alcançou uma elevação de 157,4%, totalizando, somente em 2011, a oferta de 9,5 mil vagas de empregos no município, sendo a indústria o maior empregador na região. Esse crescimento econômico do município de São Gonçalo do Amarante gera boas perspectivas para a indústria da construção civil, assim como também para os setores nas áreas de serviços de transporte e comunicação e comércio varejista.

MPF quer medidas urgentes para conter o avanço do mar

Destruição deixa Icaraí cada vez mais vazio

Acossada pelo mar, pela população e agora também pelo Ministério Público Federal, que cobra a adoção de medidas em caráter de urgência para conter o avanço do mar na Praia do Icaraí. Essa é a situação da Prefeitura Municipal de Caucaia diante do continuado processo de erosão que ameaça aquele trecho do litoral, agravado pela iminência destruição de condomínios residenciais na área. No documento, o MPF estabelece o prazo

de 30 dias para que o Município e a União Federal prestem informações sobre as providências adotadas. A recomendação, assinada pela procuradora da República Nilce Cunha, quer a minimização do processo erosivo e o consequente restabelecimento do equilíbrio ecológico no local. A recomendação é resultado de representações formuladas por moradores e proprietários de edificações, que relataram a ineficiência dos trabalhos de contenção

já realizados no sentido de impedir o avanço do mar e a destruição das construções. O Município investiu R$ 8 milhões na construção de uma tecnologia de barramento das marés denominada “bag wal” com o objetivo de recuperar 1.340 metros de faixa de praia naquele trecho do litoral, mas que não surtiu os efeitos esperados, tendo destruído, inclusive, parte do asfalto da Via Litorânea. Os recursos foram liberados pelo Governo Federal, através do Ministério da infraestrutura. Pelo contrato, a empresa Grécia – responsável pela elaboração e execução do projeto – deve garantir a manutenção da obra pelo prazo de cinco anos, sem custos para a Prefeitura de Caucaia. No entanto, não há disposição dos gestores municipais para continuarem apostando no projeto do “bag wall”,

tanto que já encomendaram ao Labomar um estudo técnico para a recuperação do trecho, que prevê a construção de seis estruturas de quebra-mar numa faixa de três quilômetros da praia e a revitalização da avenida Litorânea, onde se concentram as barracas. O Labomar aponta como solução definitiva a construção de estruturas de quebra-mar na faixa de areia entre o Icaraí Clube e a ponte da Praia da Tabuba. Diferentemente dos espigões da Praia de Iracema, em Fortaleza, os equipamentos de contenção seriam paralelos à praia, como um recife artificial, de formas arredondadas. Cada estrutura deverá ter cerca de 150 metros de extensão e a localização será definida a partir de uma simulação feita por programa de computador.

linha de passe Por Queiroz Ribeiro

queiroz-ribeiro@hotmail.com

Ceará sem dinheiro? Foi revelado durante reapresentação do Ceará, na terça-feira (17), que o motivo da contratação do atacante Lulinha não ter sido concretizada é apenas um: salário do jogador. Lulinha ganha cerca de R$ 100 mil por mês no Criciúma. O clube catarinense, que o dispensou, quer pagar apenas uma parte do salário e a outra tem de ser bancada pela diretoria do Ceará.Essa outra parte é que está pegando para os dirigentes alvinegros. Atualmente, um salário acima de R$ 60 mil é impensável no elenco do Ceará. O gerente de futebol do Vovô, Diego Cerri, no entanto, afirma que a negociação não foi encerrada e as conversas ainda estão sendo feitas. Resta saber se o Criciúma vai ceder para a contratação ser fechada, ou se aparecerá outro clube para levar Lulinha.

Ideia de cearense Em 1994, para demonstrar que o grupo estava unido e fechado para buscar o tetra, os jogadores da Seleção Brasileira entravam em campo de mãos dadas.Em 2014, Neymar, Oscar, Fred, Thiago Silva, David Luiz e companhia resolveram inovar. No primeiro jogo contra a Croácia, a equipe entrou com cada jogar colocando a mão no ombro do companheiro da frente. A idéia partiu de um cearense. Segundo o capitão da Seleção Brasileira, Thiago Silva, a iniciativa partiu do secretário da Copa do estado do Ceará, Ferrucio Feitosa.

Copa do maciço A Copa do Maciço 2014 COPA MASTRUZ DA SORTE será conquistada por um time de Baturité ou de Aracoiaba. Isso por conta da supremacia desses dois municípios que colocaram duas equipes cada nas semifinais. O Baturité EC - melhor equipe da competição com 14 pontos na classificação geral -, vai enfrenta o Arisco que, com 9 pontos ficou na quarta colocação. Já o Uirapuru, 2a melhor equipe, com 12 pontos, jogará contra o Arraial, que também obteve 12 pontos, mas tem 5 gols sofridos contra 4 do Uirapuru.

do Capital e, principalmente, do Interior do Estado do Ceará. Ha quatros anos, a entidade dos cronistas desportivos firmou parceria com a FAEC na execução do evento.

Futebol amador Ficou definido pela Federação de Futebol Amador, para esta quinta-feira, dia 19, a realização da partida de ida entre as seleções de Eusébio e Capistrano. A partida, que seria realizada no Estádio Municipal teve que ser transferida para o Estádio do Santo Antonio, no Distrito de Pedras, em função da indisponibilidade do estádio Municipal. O campo de jogo indicado é de excelente qualidade, contribuindo para o desenvolvimento de um bom futebol.

Estágio O ex-atacante Rômulo, exCeará, Ferroviário e Fortaleza, é o novo integrante da comissão técnica do time alvinegro. Ele vai fazer um estágio com o treinador Sérgio Soares até o final da temporada.

Por onde anda

Intermunicipal de futebol Foi divulgado na segundafeira (16) através da Federação de Futebol Amador do Estado do Ceará - FAEC, parceira da APCDEC na execução do Campeonato Intermunicipal a programação da Intermunicipal 2014. Este ano a competição alcança sua 40a edição e será um edição especial. Realizada desde 1940 - quando Maranguape sagrou-se campeã -, o evento tem como objetivo movimentar através do futebol agremiações

Tendo iniciado carreira em 1994 no Bahia, com passagens por diversos clubes brasileiros, como América-MG, Vila NovaGO, ABC-RN, Brasiliense-DF, Sport-PE, Remo-PA e com duas passagens pelo Ceará, onde foi ídolo da torcida alvinegra, o atacante Reinaldo Aleluia, antes de encerrar a carreira passou por mais um clube cearense, Guarany de Sobral em 2009, tendo deixado os gramados aos 37 anos atuando pelo Confiança Madre de Deus-BA.


Economia

GRANDE [PORTO]

2015 será de impacto no reajuste de energia TARIFAS] Consumidor terá de arcar com os empréstimos de R$ 303,7 mi da União para a Coelce.

O

consultor da área de energia na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Jurandir Picanço, alerta que a injeção de recursos federais

na Coelce deve causar impasse nos reajustes tarifários a partir do próximo ano. Isso porque, além de cobrir os custos do exercício anterior, o consumidor também terá de arcar com os empréstimos da União. A Coelce recebeu R$ 303,7 milhões em recursos federais, desde o ano passado, para frear reajustes tarifários. O dinheiro federal é usado para a compra de energia pela distribuidora. Conforme as demonstrações econômico-financeiras da Coelce, os recursos cobertos pelo repasse da Conta de Desenvolvimento Energé-

tico (CDE) para compra de energia elétrica de usinas termelétricas totalizaram R$ 180,2 milhões em 2013. E, no fechamento do primeiro trimestre de 2014, a contabilização foi de R$ 123,5 milhões. Dos R$ 180,2 milhões que a Coelce usou para a compra de energia em 2013, apenas 40% foram repassados ao consumidor no reajuste tarifário de 2014, segundo Jurandir Picanço. Para ele, se os valores repassados pelo governo forem parcelados em cinco anos, além do reajuste tarifário, haveria aumento de 7% na conta de luz a cada ano. Quanto e como o consumidor terá de pagar

por esse recursos ainda será definido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). De acordo com o decreto 7.945/13, publicado no Diário Oficial da União (DOU), estes montantes devem realmente ser pagos no prazo de cinco anos, contados a partir da data em que o recurso foi repassado e com atualização pela inflação. Segundo Jurandir, o consumidor deve pagar estes valores repassados da União para a Coelce. “O problema não é pagar. A questão é que as pessoas deveriam ser advertidas que estão consumindo uma energia muito cara e que isto vai se refletir lá na frente”.

BALANÇO

PIB trimestral do Ceará cresce 3,93% e supera índice nacional

O primeiro trimestre de 2014 trouxe uma boa notícia para a economia cearense. O Produto Interno Bruto (PIB), que representa a soma de todos os bens e serviços produzidos no Estado, cresceu 3,93% entre janeiro e março deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado, quando o índice foi de 1,94%. O desempenho supera, pela 16ª vez consecutiva, o resultado nacional, que foi de 1,90% nos três primeiros meses de 2014. Com o resultado, o Instituto de

Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) mantém uma estimativa de crescimento do PIB acima da perspectiva do índice nacional, devendo fechar 2014 em 4%. Dentre os três setores que compõem o PIB – serviços, indústria e agropecuária – foi este último que apresentou o melhor resultado no primeiro trimestre de 2014, com uma evolução de 41,8% em relação ao ano passado, apesar da quadra invernosa abaixo da média e com distribuição irregular das

chuvas. Já o setor de serviços cresceu 4%, enquanto a indústria apresentou índice de 1,7%. Ainda assim, em comparação com o primeiro trimestre de 2012 o setor agropecuário apresentou queda de 5,94%. Já o resultado do segmento de serviços, de 4%, foi puxado pela boa evolução do comércio, que registrou alta de 8,13% nos primeiros três meses de 2014 em relação a 2013, bem como por alojamento/alimentação, com 10,48%. No setor indústria, que evoluiu 1,7% no primeiro trimestre de 2014, o melhor desempenho, de 4,87%, ficou com eletricidade/gás/água, seguido pela construção civil, com 3,43% e transformação, com 0,85%. A extrativa mineral, que também faz parte do segmento, apresentou queda de 19,87%. Apesar de pequeno quando comparado com os trimestres do ano passado, o resultado da indústria cearense no primeiro trimestre de 2014 foi bem

superior ao verificado no Brasil no mesmo período, que foi de 0,8%. O PIB trimestral é um indicador que mostra a tendência do desempenho da economia cearense no curto prazo. Além do Ceará, mais sete estados brasileiros realizam o cálculo de sua economia trimestralmente: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e São Paulo. Esses Estados utilizam a mesma ponderação das Contas Regionais. É calculado com base nos resultados dos três setores, Agropecuária, Indústria e Serviços, e desagregados por suas atividades econômicas. Vale ressaltar que, como indica somente uma tendência de crescimento ou arrefecimento da economia, suas informações e resultados são preliminares e sujeitos a retificações, quando forem calculadas as Contas Regionais definitivas, em conjunto com o IBGE e as 27 Unidades da Federação.

5

PORTO S/A Por Beto Almeida

almeidabeto85@gmail.com

Os olhos da cara em 2015 Vai custar caro para o consumidor o aporte de recursos da União na Coelce para que a empresa compre a caríssima energia de usinas termelétricas para garantir o abastecimento dos cearenses. A Coelce recebeu R$ 303,7 milhões em recursos federais, desde o ano passado, para frear reajustes tarifários. Ocorre que essa conta terá que ser paga e, ao que tudo indica, pelos próximos cinco anos, já a partir de 2015. A avaliação do quadro energético para o Ceará, feita pelo consultor da área de energia da FIEC, Jurandir Picanço, aponta que o socorro financeiro da União para a Coelce vai sobrar para todos, do consumidor industrial ao residencial. “O problema não é pagar. A questão é que as pessoas deveriam ser advertidas que estão consumindo uma energia muito cara e que isto vai se refletir lá na frente”, adverte Picanço. A presidente Dilma Rousseff tem reiterado que não haverá apagão, só não revela o custo disso para o bolso do consumidor.

Freio no consumo A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) recuou 1,6% em junho deste ano, na comparação com o mês anterior, atingindo, pela segunda vez consecutiva, o patamar mais baixo da série histórica (iniciada em janeiro de 2010). A pesquisa, da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), busca analisar a disposição das famílias brasileiras em consumir. As altas dos juros e da inflação nos últimos meses estão entre as principais explicações para a queda da intenção de consumo.

Restituições do IR Desde a segunda-feira (16), já está liberado o primeiro lote de restituições do Imposto de Renda para os contribuintes que declararam o tributo neste ano ou estavam na malha fina de anos anteriores. Na semana passada, a Receita Federal abriu a consulta ao primeiro lote do Imposto de Renda Pessoa Física de 2014, além de lotes residuais de 2008 a 2013. Por causa do Estatuto do Idoso, os contribuintes com idade a partir de 60 anos terão prioridade no pagamento das restituições.

Lagosta cearense... Junho chegou e com ele teve início a safra da lagosta, mas um impasse fiscal ainda prejudica os planos de crescimento do setor, que ocupa a sétima posição na pauta geral de exportações cearenses.

O problema é que outros produtores nordestinos do crustáceo se aproveitam do crédito fiscal concedido pela Secretaria da Fazenda do Ceará para levar o produto a seus estados e destiná-lo à exportação.

...Beneficia outros estados Para ser processada e beneficiada em outros estados, o ICMS diferido da lagosta é de 1,7 %. Na saída do produto do Estado, porém, as empresas são creditadas em 12% com a alíquota interestadual, resultando num saldo de 10,3%, a receber. Resultado: o Ceará é prejudicada na sua pauta de exportação e deixa de gerar empregos e divisas. A sefaz reconhece que o impasse é de fácil solução, mas até a tomada de decisão, perdem os produtores e o Estado como um todo.

Perda de safra A Ematerce apurou que a perda de safra no Ceará neste ano de 2014 é de 25%, bem abaixo do ano passado, quando as perdas foram de 72%. No entanto, as Regiões dos Sertões de Canindé e dos Inhamuns, o Sertão Central e o Vale do Jaguaribe registraram perdas acima de 50%. Entretanto, ainda é preocupante o nível dos açudes. E de acordo com a Fundação Cearense de Metereologia, a tendência é que em 2015 aconteça o fenômeno do “El Niño”, o que alerta as autoridades para mais um ano de seca.


6

Cidade

GRANDE [PORTO]

Parque atrai poucos visitantes de Caucaia

BAIXA VISITAÇÃO] O Parque Botânico é aberto diariamente à visitação, mas tem uma baixa frequência de caucaienses.

Vista interna do Parque Botânico do Ceará

O

Parque Botânico do Ceará, em Caucaia, completou, neste mês de junho, 16 anos de inauguração. Em junho de 1972, após um encontro promovido pela ONU (Organização das Nações Unidas), para discutir assuntos ambientais, foi instituído o Dia do Meio Ambiente e, no dia 5 de junho, foi inaugurado em Caucaia, o Parque Botânico do Ceará, uma Unidade de Conservação (UC) com área de 190 ha, às margens da rodovia CE-090, que dá acesso às praias do Município. O Parque foi criado através do Decreto Estadual Nº 24.216, de 9 de setembro de 1996, e, durante 10 anos, foi administrado pela Federação

das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). Atualmente, a Unidade não mantém parcerias com a iniciativa privada e está sob responsabilidade direta do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (CONPAM). Analista ambiental do Parque Botânico há um ano e meio, o biólogo Carlos Henrique Costa disse, ao conversar com a reportagem do Grande Porto, que existe um projeto para anexar as áreas de mangue, com 70ha, à Unidade de Conservação (UC). Henrique diz que as UC’s são áreas naturais protegidas com características naturais relevantes. Essas áreas, conforme enfatizou, são criadas com objetivo de conservar a biodiversidade e ga-

rantir a manutenção e o equilíbrio ecológico, além de permitir a sobrevivência da diversidade de animais e plantas. O Parque Botânico do Ceará conta hoje com laboratório de sementes, viveiro de mudas, espelho d’água, trilhas, alamedas, auditório, centro de treinamentos e área de convivência de visitantes que está em fase final de reforma e terá concorrência aberta ao público para exploração comercial de lanchonete e loja de artesanatos. Arborização No laboratório de sementes, são selecionadas e cultivadas sementes de árvores nativas, que, após germinadas, são transferidas para o canteiro de mudas. Depois de seis meses de cuidados, as mudas já estão prontas para serem doadas. Esse é um projeto permanente que atende visitantes de todos os municípios cearenses. Para receber uma muda, basta apenas um documento de identidade e a consciência de fazer o plantio adequado, tomando os cuida-

dos necessários. Mensalmente, a equipe do Parque planta uma média de 2.000 mudas de árvores nativas. No início deste mês, por conta da Semana do Meio Ambiente, foram plantadas e entregues cerca de 4.500 mudas. Estudantes e pesquisadores também frequentam o lugar. Todas as quintas-feiras alunos dos cursos com temática ambiental da Universidade Estadual do Ceará (UECE) vão ao parque para ter aulas de campo e ver in loco o que é estudado em sala de aula. No entanto, os moradores de Caucaia pouco vão ao Parque. Segundo Carlos Henrique, muito disso se deve a falta de transporte público até o local e à desinformação sobre o funcionamento da Unidade. O Parque é aberto diariamente à visitação. A entrada é gratuita e guiada por educadores ambientais. Para grupo com mais de cinco pessoas, é necessário agendar e os visitantes devem usar calças compridas e tênis para garantir sua própria segurança.

CAUCAIA agora Por Edilson Alves

reporteredilsonalves@yahoo.com.br

Nossa Ideia A prefeitura de Caucaia se apropriou da ideia deste colunista de colocar para dentro do terreno da garagem dos carros oficiais do município a feira que se encontra até hoje no meio da rua Juaci Sampaio Pontes no centro da cidade. Acontece que a nossa sugestão foi dada há dois anos e deveria servir como paliativo enquanto o mercado central fosse reformado. Colocar os feirantes para dentro da garagem da prefeitura agora é a comprovação de que a reforma do mercado, que está parada, não termina tão cedo e pode ficar, inclusive, para o próximo prefeito realizar.

Água Para Todos

No último sábado dia 14 o vereador José Almir esteve com sua equipe, novamente, no açude de Sítios Novos (foto). O vereador promete ficar na linha de frente na defesa do açude e da comunidade de Sítios Novos. “Quero água do açude na torneira das casas das pessoas e não só nas indústrias do Pecém”. José Almir articula juntamente com outros colegas vereadores reunião com diretores da COGERH (Órgão estadual responsável pelo Açude) para buscar soluções para essa situação.

Prestação de Contas

meio ambiente

Lagoa do Tabapuá: descaso do poder público continua

O Jornal Grande Porto, em sua edição de número 41, veiculou reportagem com o título “Descaso da prefeitura pode matar a lagoa”. A reportagem denunciava o abandono do local. Muita sujeira ao redor da lagoa e aguapés cobrindo quase toda superfície demonstravam, para quem quisesse ver, o descaso com o balneário. Na época, a Secretaria de Patrimônio Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans) havia informado que no mês de fevereiro uma ação de limpeza da lagoa tinha sido iniciada com o objetivo de prevenir alagamentos, proliferação de mosquitos e despoluição do local. Na mesma ocasião, a SPSPTrans disse, também, que a limpeza das lagoas do município é realizada anualmente. Desde então, o Jornal Grande Porto, por sugestão de leitores, acompanhou e esperou ações da Prefeitura para limpeza e retira-

da dos aguapés da Lagoa do Tabapuá. Dois meses se passaram e a imagem de descaso continua. Uma enorme quantidade de vegetação sobre o espelho d’água vai aos poucos matando a lagoa. Se a retirada dos aguapés foi feita, não foi de maneira correta, uma vez que eles continuam lá, se multiplicando e se espalhando por todos os cantos da lagoa. A reportagem procurou o secretário Beto Martins, da SPSPTrans, para saber o que de fato ocorreu com o processo de limpeza. No entanto, até o fechamento desta matéria, nenhum responsável pela secretaria ou pela coordenação dos serviços respondeu aos questionamentos Sobre os aguapés O aguapé também é conhecido por baronesa. É uma planta aquática, onde 95% da sua formação é de água. Ele pode crescer até um metro acima da superfície e as raízes também podem chegar a um metro de profundidade. A planta se desenvolve em água poluída, principalmente, onde tem esgoto. Ao contrário do que se pensa, os aguapés não sujam a água e funcionam como uma espécie de estação de tratamento. O que polui as águas são os esgotos lançados nos mananciais. O acúmulo de matéria orgânica é o que alimenta os aguapés.

O Ministério Público Federal (MPF) enviou uma recomendação à Prefeitura Municipal de Caucaia e à União Federal para adoção de medidas em caráter de urgência para conter o avanço do mar na Praia do Icaraí (foto). O município e o órgão terão 30 dias para prestar informações sobre as providências adotadas. A recomendação assinada pela procuradora Nilce Cunha é resultado de representações formuladas por moradores e proprietários de edificações, que relataram a ineficiência dos trabalhos de contenção já realizados no sentido de impedir o avanço do mar e a destruição das construções.

Ao Relento A população de Caucaia está exposta ao sol, a chuva, aos assaltos e a superlotação nas paradas de ônibus em todo o município. Exemplo maior acontece em frente à loja Esplanada (foto) no centro da cidade. Caracterizandose numa verdadeira falta de planejamento e organização do Governo municipal que nada faz para mudar essa situação de descaso em que vivem os usuários do transporte coletivo. Para o usuário Edilson Ferreira “Esse prefeito planejou como ganhar a eleição, mas nunca como administrar o município”.

Pergunta Importante Onde anda a licitação para novas Vargas de taxi em Caucaia. Há muita gente ansiosa para saber quem venceu a tal licitação. Deverão surgir, com esse certame, mais 65 novas vagas que serão destinadas para a Jurema, Vila Galé, Cumbuco e centro de Caucaia. Essa é a hora dos vereadores, “cutucarem com vara curta” e descobrir a misteriosa licitação.

Perguntar não ofende Por que o Instituto de Previdência do Município de Caucaia – IPMC transferiu seus recursos de um banco oficial para um banco particular, qual o interesse?

REFLEXÃO Nada provocará em nós admiração tão grande quanto um homem corajoso na adversidade. (Séneca)


Serviço

Informe publicitário

GRANDE [PORTO]

Servidores de Caucaia conquistam vale-alimentação benefícios] Profissionais da Educação garantiram também Conversão de Licença em Pecúnia.

O

Sindsep informa aos servidores de Caucaia sobre as pautas prioritárias deliberadas em assembleia da categoria, em maio, e que foram levadas à mesa de negociação junto a Prefeitura, no último dia 09 de junho, sendo elas: Conversão de Licença Prêmio em Pecúnia, vale-alimentação e um terço para planejamento. O destaque fica por conta do vale-alimentação para os servidores da Educação, que, após dezenas de manifestações e pressão direta da executiva do Sindsep, será ga-

rantido pela Prefeitura. Para tanto, a conquista terá que ser regulamentada através de Lei, que será enviada à Câmara de Vereadores nos próximos dias. Depois disso, o município fica autorizado a adquirir um convênio com a empresa que prestará a emissão do vale, que deve ser selecionada através de licitação. Sobre a pecúnia, ficou deliberado que os servidores devem fazer a adesão à mesma, ficando a previsão de pagamento dos primeiros beneficiados para o mês de agosto.

Por fim, foi debatida a questão sobre um terço para planejamento dos professores. O sindicato tem pressionado para o cumprimento da demanda e, conseguiu, neste encontro assegurar que a Prefeitura inicie o processo de estruturação para a implementação da medida. Sendo assim, a perspectiva é que seja lançada nas próximas semanas o calendário de aplicação do ‘um terço’. Outros temas Quanto à progressão horizontal, a comissão de gestão de carreira informa que logo sairá o

decreto e o calendário referente ao processo. “Quanto às demais Secretarias, estamos agendando mesa de negociação a fim de reivindicar avanços para os servidores de outras secretarias”, disse Catarina Lima, presidente do Sindsep. Lembrete A diretoria do Sindsep lembra aos servidores que ainda neste mês será aplicado o reajuste da data base dos servidores de nível médio e fundamental, também uma conquista da campanha salarial.

Cinesercla Shopping Iande Caucaia Av. Temente Edson da Mota Correia, 620 – loja 164 sala 01,02,03,04 – Centro – Caucaia – CE – CEP:61.600-040 PROGRAMAÇÃO

19/06 a 25/06/2014 (Quinta a Quarta-feira) 23/06 Jogo do Brasil (Segunda-feira) – ver programação específica

Sala 01 – 85 lugares

MALÉVOLA - DUBLADO - Horário – 14:20 – 16:20 - Classificação: 10 anos - Duração Filme: 01:37

Sala 01 – 85 lugares

OS HOMENS SÃO DE MARTE...E É PRA LÁ QUE EU VOU/NAC - Horário: 18:20 - Classificação: 14 anos - Duração Filme: 01:4

Sala 01 – 85 lugares

X-MEN: DIAS DE UM FUTURO ESQUECIDO - DUBLADO - Horário: : 20:30 - Classificação: 12 anos - Duração Filme: 02:12

Sala 02 – 124 lugares

A CULPA É DAS ESTRELAS - DUBLADO - Horário: 14:00 – 16:20 – 18:40 – 21:00 - Classificação: 12 anos - Duração Filme: 02:06

Sala 3 – 142 lugares FILME 3D

COMO TREINAR SEU DRAGÃO 2 / 3D / DUBLADO - Horário: 14:15 – 16:20 - Classificação: Livre - Duração Filme: 01:42

Sala 3 – 142 lugares FILME 2D

13º DISTRITO / DUBLADO - Horário: 19:00 – 20:50 - Classificação: 14 anos - Duração Filme: 01:31

Sala 4 – 117 lugares

COMO TREINAR SEU DRAGÃO 2 / DUBLADO - Horário: 14:20 – 16:25 – 18:30 – 20:35 - Classificação: Livre - Duração Filme: 01:42

Ingressos 2-D - SEGUNDA-FEIRA E QUARTA-FEIRA R$ 16,00 Inteira – R$ 8,00 Meia – Todos Pagam Meia – Preço Único R$8,00 TERÇA-FEIRA E QUINTA-FEIRA Sessões Iniciadas Até as 17:00 hs Inteira R$ 9,00 - Meia R$ 4,50 Sessões Iniciadas Após as 17:00 hs Inteira R$ 11,00 - Meia R$ 5,50 SEXTA, SÁBADO, DOMINGO E FERIADOS Sessões Iniciadas Até as 17:00 hs Inteira R$ 13,00 - Meia R$ 6,50 Sessões Iniciadas Após as 17:00 hs Inteira R$ 15,00 - Meia R$ 7,50 Ingressos 3-D - SEGUNDA-FEIRA E QUARTA-FEIRA R$ 22,00 Inteira – R$ 11,00 Meia – Todos Pagam Meia – Preço Único R$ 11,00 TERÇA-FEIRA E QUINTA-FEIRA R$ 14,00 Inteira – R$ 7,00 Meia SEXTA, SÁBADO, DOMINGO E FERIADOS R$ 18,00 Inteira – R$ 9,00 Meia

PROGRAMAÇÃO JOGO DO BRASIL NA COPA

23/06/14 (SEGUNDA FEIRA )

Sala 01 – 85 lugares

X-MEN: DIAS DE UM FUTURO ESQUECIDO - DUBLADO - Horário: : 20:40 - Classificação: 12 anos - Duração Filme: 02:12

Sala 02 – 124 lugares

A CULPA É DAS ESTRELAS - DUBLADO - Horário: 20:40 - Classificação: 12 anos - Duração Filme: 02:06

Sala 3 – 142 lugares - FILME 3D

COMO TREINAR SEU DRAGÃO 2 / 3D / DUBLADO - Horário: 20:40 - Classificação: Livre - Duração Filme: 01:42

Sala 04 -117 lugares

MALÉVOLA - DUBLADO - Horário: 20:40 - Classificação: 10 anos - Duração Filme: 01:37 Valor dos Ingressos 2D E 3D R10,00 Inteira – R$ 5,00 Meia – Todos Pagam Meia – Preço Único R$ 5,00

7

cidadania Por Francisco Bezerra

presidenteassare@gmail.com

Reacionarismo: doença infantil do conservadorismo “Amanhã! A luminosidade/ Alheia a qualquer vontade/ Há de imperar! Há de imperar!” Amanhã, música de Guilherme Arantes. O conservadorismo levado ao paroxismo embota a mente de quem é acometido por este mal. Ou a sentença é igual ao reacionarismo. O reacionário é o sectário da esquerda. Eles acham que o sol não vai nascer, sendo a treva estado permanente. O introito tenta jogar luz sobre o que acontece hoje no Brasil. Há setores puxando o trem da história para frente, enquanto outros agem no sentido contrário. Mesmo que o trem possa descarrilar, causando tragédia de proporções inimagináveis. Os fenômenos sociais determinam a dinâmica de uma sociedade. A república velha caiu de podre, embora a pressão social tenha sido determinante para o seu fim. O Estado Novo ruiu diante da sede de liberdade que aflorou no mundo no pós-guerra. A ditadura militar que infelicitou a nação por 21 longos anos saiu de cena, deixando atrás de si um rastro de autoritarismo e sangue. Sangue dos patriotas que foram à luta pelo restabelecimento da democracia. Como em discurso memorável de Ulisses Guimarães ao proclamar a Constituição de 1988: “ O Brasil é Rubens Paiva, não os facínoras que o mataram.” Moribunda a déspota de coturnos não resistiu à maior manifestação de massas já ocorrida no país em épocas republicanas. Os comícios pelas Diretas, Já! Levaram às ruas e praças milhões de brasileiros sequiosos pelo restabelecimento do voto direto para presidente. Os eventos começaram timidamente no final de 1983. Na virada do ano, quando janeiro de 1984 entrou, as massas saíram de casa e se aglomeraram às pencas nos logradouros de maneira espontânea. Em 25 do primeiro mês, dia do aniversário da cidade de São Paulo, cerca de 300 mil pessoas ocuparam a praça da Sé, embaladas pelo sonho de liberdade, e deflagraram processo que ganhou volume a cada comício que era organizado.

O povo não é bobo A rede Globo, nascida de uma costela da ditadura, tentava esconder para debaixo do tapete todo o lixo autoritário do regime. Descaradamente, em matéria veiculada no Jornal Nacional da emissora, o repórter entrou ao vivo da praça da Sé, dizendo que aquela massa humana toda se reunia ali para comemorar a idade nova da capital paulista.

Revolta E assim a Vênus Platinada foi tentando esconder o sol com uma peneira. Até q ue nos outros comícios, populares começaram a entoar bordão que viraria também marca das Diretas Já: “O povo não é bobo, abaixo a rede Globo.” A maior emissora de televisão do país sentiu a pancada, pois, além do bordão, profissionais que ostentavam símbolo da rede passaram a ser hostilizados nas manifestações Brasil afora.

A emenda O então deputado Dante de Oliveira ganhou fama no país inteiro, pois dera nome à emenda que retomava o processo de eleição direta para a escolha do chefe da nação. A Globo só foi entrar na campanha em seus estertores. No dia 25 de abril, o Congresso Nacional, de costas para o povo, derrotou a proposta democrática.

As lições A intenção deste artigo é mostrar para os reacionários de plantão que o trem da história só anda para frente. O alarido contra a Copa, Conselhos Populares, programas sociais dos governos do PT darão com os burros n’água. A Copa vai ser um sucesso, independente de o Brasil conquistar ou não o hexa. As manifestações, se houverem, vão mostrar à luz do dia o seu caráter. Aí a população vai poder separar o joio do trigo.


8

Cultura/Esporte

GRANDE [PORTO]

Caucaia na rota da arte

cultura] Projeto Energia para Torcer expõe peças inspiradas nas cidades onde estão sendo exibidas

D

Arte está exposta no centro de Caucaia

esde o início da Copa do Mundo, uma bola gigante e colorida passou a fazer parte do cenário de Caucaia. Ela está na Praça da Matriz e é parte integrante do Projeto Energia pra Torcer, que une arte e o esporte através de uma exposição inovadora. Ao todos, são 20 esculturas em formato de bolas de futebol com de cerca de dois metros de altura. As obras estão espalhadas por cidades do Rio de Janeiro e Ceará. Por aqui, elas podem ser vistas nas cidades de Fortaleza, Caucaia, Crato, Sobral, Juazeiro do Norte, Itapipoca, Baturité e Aquiraz. Cada uma dessas bolas é inspirada na cidade onde está exposta, sendo dessa forma, uma obra única. Todas as bolas apresentam pinturas, traços e estilos diferentes, personalizadas em eventos de “live painting” por artistas escolhidos especialmente para o proje-

to. A bola de Caucaia foi pintada Leo BDSS, artista formado em artes visuais e estudante de arquitetura. Leo trabalha atualmente como ilustrador, designer e artesão. Através de sua arte, promove intervenções pelas ruas de Fortaleza e participa da produção de eventos e festivais artísticos. Seus trabalhos têm como referência figuras humanas, tecidos, ecologia, simbolismo, art nouveau, religiosidade e regionalismo nordestino. Natureza, religiosidade e tipos humanos bem conhecidos dos caucaienses, colorem e dão vida à obra. Em um lugar onde cultura e arte são sempre deixadas em segundo plano ou em muitas situações simplesmente inexistem, ser comtemplado com uma exposição a céu aberto, onde apenas 20 cidades foram escolhidas num universo de centenas, nos faz sorrir os olhos e a alma.

Canarinha frustra torcedor cearense

Imagem de Neymar ao lado de Daniel Alves retrata frustração

Não adiantou hino à capela. Nem o apoio comovente do Castelão, com 60 mil pessoas. Faltou futebol à Seleção Brasileira, apesar da ótima atuação do goleiro Ochoa, e contra isso não há quem possa. Os mexicanos é que fizeram a festa. O resultado da partida entre Brasil e México, nesta terça-feira, na Arena Castelão, pela segunda rodada do Grupo A da Copa do

Mundo, foi até justo pelo que as equipes mostraram dentro de campo. Mas pelo que os torcedores fizeram na arquibancada, ir embora para casa sem a vibração ímpar de um gol talvez tenha sido uma injustiça muito grande. Quem estava de verde pode culpar a falta de pontaria. E quem estava de amarelo só tem um nome para apontar como culpado: Ochoa. O

goleiro parou a Seleção. As três defesas do mexicano em conclusões de Neymar e numa cabeçada de Thiago Silva foram decisivas para o placar não ser alterado. Um show à parte, à altura daquele protagonizado pelos torcedores nas arquibancadas. A entrada de Ramires no lugar de Hulk não surtiu o efeito desejado. Bernard entrou no segundo-tempo e tam-

bém não resolveu. Willian, que era pedido por boa parte da torcida como titular, entrou apenas nos minutos finais e poucas chances teve de modificar o placar. Um time sem força, distante do brilho da Copa das Confederações, e contra um adversário apenas mediano. E contra adversários mais fortes? O Brasil tem de jogar mais futebol, a começar contra Camarões, na próxima segunda-feira no Estádio Nacional de Brasília, e os brasileiros precisam vencer para se classificar à próxima fase da competição. Com bom número de torcedores que apoiavam a seleção mexicana, os comandados de Miguel Herrera, conseguiram surpreender com chutes de fora da área e excelente partida de Ochoa, goleiro mexicano que foi o nome do jogo. Na rodada final, enfrentam a Croácia e também tem boas chances brigar por vaga no Grupo A.

Blitz

do lael

Por Lael Semente laelsemente@gmail.com

Solidariedade

Fotos: Lael Semente

O Shopping Iandê mantém, até o próximo dia 23, a campanha do Hemoce para coleta de sangue. A doação de sangue pode ser feita entre 15 e 20 horas, no segundo piso do Shpping, que abraçou a campanha como incentivo para esse gesto de solidariedade da população. O Hemoce precisa manter em dia o seu estoque de sangue.

Cidadão de Caucaia Justa a homenagem prestada pela Câmara Municipal de Caucaia ao vicegovernador Domingos Filho (PROS). Domingos ganha o título de cidadão caucaiense em uma louvável iniciativa do vereador João Campos.

Capoeira Atletas de Caucaia fizeram bonito nos Jogos de Capoeira realizados, no último final de semana, no Ginásio Poliesportivo da Parangaba, em Fortaleza. Destaque para o Instrutor Zeca ( 1º lugar no absoluto e melhor jogo de angola), Graduado Camaleão - 4º lugar absoluto, Estagiário Azulão- 3º lugar graduados.

Ruas enfeitadas para a Copa! O sentimento de patriotismo tomou de conta de nossa Caucaia na Copa do Mundo 2014. Moradores de diversos bairros se unem e enfeitam ruas, praças e lares com as cores do pavilhão nacional. Agora,

cabe a Seleção ganhar de Camarões, na próxima segunda (23). Avante Brasil!

SKY em Caucaia O empresário Luiz Forte Junior, o Junior Rapa Côco, avisa que, no início de julho, será implantada uma loja SKY PADRÃO BRASIL em Caucaia com o lançamento da BANDA LARGA DE INTERNET. A loja será localizada na Rua Cel. Correia, 1659 – Centro.

Campo do Barcelona Comissão de moradores

do Parque das Nações compareceu à Câmara Municipal de Caucaia para solicitar o apoio da Casa na preservação do Campo do Barcelona, única área de lazer da comunidade que estar sendo murada pelo proprietário, acabando assim com 64 anos de história do campo. A moradora Maria de Lourdes disse que o prefeito municipal disse ao dono não ter interrese na compra do terreno. O presidente da Casa falou que já estão tratando com o prefeito e o proprietário para tentar encontrar uma solução.

Leitores do Grande Porto

Os Leitores da semana GRANDE PORTO são as lideranças comunitárias PAULINO DO ARATURI e ROMÁRIO DO AÇUDE, leitores assíduos de nosso periódico. Entre em contato com o colunista pelo 88 21 42 43.


Jornal Grande Porto 51