Page 1

grande Porto

esporte

Caucaia vive expectativa da realização do 4º Cautrilhão

Ano 1 - número 46 - 15 a 21 de maio de 2014

CE-156

Estrada sonrisal

Em menos de um ano de recuperação, principal via de acesso ao distrito de Sítios Novos, em Caucaia, oferece risco aos condutores. A equipe do Grande Porto constatou “in loco” que verdadeiras crateras já se formam no asfalto que não resistiu às primeiras chuvas. Página 6

Página 8

opinião

polícia

Ricardo Alcântara fala sobre segurança

Mais um crime abala Caucaia

Página 2

Página 4

saúde

Vigilante agoniza à espera de cirurgia

DESCASO Há quase dois meses Miguel Ferreira da Silva Neto, 33 anos, deu entrada no hospital Abelardo Gadelha da Rocha em Caucaia. Página 4


2

Opinião

GRANDE [PORTO] artigos

Editorial

Estradas esburacadas: o que fazer? A CE-156, entre a BR -222 e Sítios Novos, em Caucaia, contemplada entre os 12 trechos de rodovias estaduais que receberam trabalhos de recuperação da malha rodoviária no segundo semestre de 2013, chama atenção pelo estado deplorável em que já se encontra o asfalto. A situação não é única e outros trechos de obras em rodovias, inclusive federais, também se encontram em estado precário, tornando-as perigosas e inconcebíveis pelo dinheiro gasto em pavimentação. O km 12 da BR-116, duplicado e recentemente reformado, está novamente em obras depois de vários buracos em um trecho urbano de tráfego intenso. A situação revela desleixo com a qualidade de obras públicas que, supostamente, passaram pelo crivo técnico. Zelar por critérios técnicos em licitações e contratações de construtoras, além de se criar canais de fiscalização efetiva, para acompanhar projetos e cobrar padrões mínimos de qualidade, são pressupostos mínimos em respeito à população. O que temos visto em trechos recém construídos, entretanto, acabam nos levando à conclusão de que os trabalhos realizados não são fiscalizados e o material usado indica ser de péssima qualidade. Obras de qualidade duvidosa têm ainda efeitos

danosos sobre a economia como um todo. As empresas convivem com uma infraestrutura deficitária que, aliada à falta de investimentos, concorrem para frear o desenvolvimento logístico. Não é de hoje que temos limitação de infraestrutura em todos os modais de transporte, o que faz com que sejamos muito dependentes do modal rodoviário. E ainda assim, as estradas continuam a merecer pouca atenção das estruturas de governo. O ciclo é vicioso e para romper há que haver o comprometimento de todos os gestores, em todas as instâncias. Parece que os atuais governantes perderam o sentido das palavras do ex-presidente Washington Luís, de que “governar é construir estradas”. Nesta célebre frase, ele procurava destacar a importância da infraestrutura de transportes para o desenvolvimento da economia. Boas estradas reduzem o custo de transportes e, portanto, o preço final dos produtos, tornando-os mais acessíveis ao consumidor e mais competitivos com os concorrentes. Todas essas vantagens do investimento em infraestrutura podem se perder se os investimentos forem mal feitos, se os custos forem superfaturados, se o material utilizado nas obras for de má qualidade, se a infraestrutura construída não for submetida a periódica manutenção.

Expediente O Jornal Grande PORTO é uma publicação semanal do Sistema Ceará Agora de Comunicação e da Editora Assaré. www.cearaagora.com.br Redação: Waldery Uchôa 567A, Benfica, Fortaleza, Ceará - CEP 60020-110. Telefone: (85) 3254.4469 Escritório comercial: Desembargador Moreira, 2800, 16º andar, Dionísio Torres, Fortaleza, Ceará Telefone: (85) 3194.4150 Diretor-presidente: Luzenor de Oliveira - luzeno@uol.com.br Diretor de Relações Institucionais Francisco Bezerra - presidenteassare@gmail.com Assessoria Jurídica Mário Baratta / OAB-CE 6427 - mariobaratta@gmail.com Editor Chefe: Beto Almeida - almeidabeto85@gmail.com Repórter: Antonio Cardoso - cardoso_mts@hotmail.com Editor de Arte: Claudemir Gazzoni - claudemirgazzoni@gmail.com Representante comercial: Lael Semente Fone: (85) 8821.4243 (85) 3011.0907 - laelsemente@gmail.com Para elogiar, criticar, opinar ou sugerir: assare@editoraassare.com.br Os textos, incluindo opiniões e conceitos emitidos, são de responsabilidade exclusiva de seus autores. É livre a reprodução não comercial, desde que citada a fonte.

Para anunciar, ligue (85) 3194.4150

Nem só de pão vive o homem SILVANO TOMAZ, Artista plástico

Caucaia é um município brasileiro do estado do Ceará e faz parte da Região Metropolitana de Fortaleza . Considerada uma das mais importantes cidades do Ceará, Caucaia possui o 3º maior PIB do Estado (Produto Interno Bruto) e a 2ª maior população, com mais de 325 mil habitantes. IDH Renda: 10ª do Ceará; IDH Longevidade: 6ª do Ceará. E cada dia que passa está se desenvolvendo muito na área comercial, basta olhar em torno das Avenidas e ruas movimentadas, dos bairros para se observar os comércios que oferece variedades de produtos, destes objetos mais peculiares há uma deliciosa culinária da região. Tudo isso é importante para que os caucaienses não se desloquem mais para o centro da capital cearense como faziam

há dez anos, para fazerem suas compras. Mas nem só de pão vive o home já dizia Jesus. Afinal precisamos fortalecer a alma e o espírito culturalmente, vivemos uma sociedade onde muitas vezes há pão e nenhuma água que facilite a ingestão. Sobrevivemos sobre promessas de mudança, mas continuamos acreditando-nos mesmos falastrões. Cobramos ideologias e opiniões firmes, mas não ensinamos a pensar. Cobramos linhas retas, palavras bonitas e combinadas em frases com sentido, mas sequer oferecemos a oportunidade de identificação das letras. Nos achamos perfeitos, sabedores do mundo e donos da verdade, mas esquecemos que um dia alguém já provou ao mundo que não existe verdade absoluta. Estamos convictos de que

basta esperar ajuda que ela vem. Acreditamos em salvadores. Não nos mexemos para mudanças, estamos estáticos à espera de dias melhores, para cobrar atitudes firmes é preciso ensinar a pensar. Lógica não se ensina, se ajuda a conseguir com exemplos diversos e soluções diferentes. O povo precisa de educação, trabalho e renda. Quando descobrirmos que não existem salvadores da pátria e que não somos coitados relegados à espera de ajuda, saberemos viver melhor. Só com conhecimento a educação e cultura poderão mudar nossas vidas.Infelizmente o município ainda não acordou, para perceber que existe uma grande lacuna em aberto , um leque de opções a ser feito para oferecer cultura para o povo.

Marketing da Segurança: o precedente perigoso Ricardo Alcântara, Publicitário e poeta.

As dificuldades humanizam. Pois o governador anda mais sensível: tem dedicado seu precioso tempo a escrever nos jornais sobre comparações incômodas que adversários tucanos andam fazendo na televisão sobre seu governo. Estariam se valendo da destrambelhada crise de segurança para fins “eleitoreiros”, a dor das famílias vitimadas como material de combustão para dinamitar os índices de aprovação de seu governo e derrotar seu grupo, é do que ele reclama. Cid Gomes está contando essa história do meio para o fim: quem, de fato, trouxe programas de segurança pública para o centro do debate eleitoral foi ele e disso extraiu grande vantagem com as promessas do

Ronda do Quarteirão em 2006. A promessa ajudou a elegê-lo e sua implantação mereceu tamanha cobertura em propaganda e boa aceitação popular que, dois anos depois, foi fundamental para a vitória da candidata à prefeitura de Fortaleza apoiada por ele, Luizianne Lins. Foi, portanto, o próprio governador quem agiu de modo temerário, subestimando a autonomia dos fatos, plantando ventos e colhendo tempestades: pediu para ser avaliado a partir – logo do quê! – de seu desempenho como gestor de segurança. Como o problema é mais agudo nas cidades e a região metropolitana concentra a maior parte da po-

pulação urbana, no centro do debate eleitoral estará Fortaleza, onde os mecanismos de controle do governo agem com menor poder de fogo. Ao centrar sua crítica no assombro da criminalidade, a oposição não apenas alcança o calcanhar do governo, como atrai para o ringue da capital o processo de disputa, o que costuma ser quase sempre uma má notícia para o governismo. Isso porque o protagonismo do eleitorado urbano tende à alternância de poder. Encontre o governador um candidato para conquistar o coração da cidade. Caso contrário, vai ficar aí explicando que fracassou, mais fez de tudo para acertar

frases da semana

“A decisão de Barbosa pode prejudicar milhares de presos que estão no semi-aberto e encoraja o aumento da população carcerária” Do jurista Ives Gandra Martins ao condenar a regime fechado quem tem direito a semiaberto.

“Eu não acredito que uma obra dessa em outro lugar do mundo leve dois anos para ser feita. Nem tampouco um ano, nem tampouco três. Ela é uma obra bastante sofisticada. Ela implica tempo de maturação” Da presidente Dilma Rousseff quando

de visita às obras de transposição do rio São Francisco.


Política

GRANDE [PORTO]

Candidatos em 2014, mas já de olho em 2016 ELEIÇÕES 2014] Três nomes da política de Caucaia já estão em précampanha a deputado estadual. Todos eles mirando 2016.

Inês Arruda, Naumi Amorim e Paulo Guerra disputarão mandato de deputado estadual

C

aucaia tem hoje mais de 200 mil eleitores, sendo o segundo maior colégio eleitoral do estado. Se a eleição este ano fosse municipal já teríamos segundo turno, pois a emancipação da Jurema esbarra na má vontade do palácio do Planalto com a criação de novos municípios. Embora tenha contingente eleitoral significativo, o município metropolitano não elegeu nenhum representante para a Assembleia Legislativa em 2010. A deputada Inês Arruda (PMDB) ficou em suplência, vindo a assumir cadeira posteriormente com a saída de deputados da base para o secretariado do Governo do Estado. Como o deputado Nelson Martins,

diferentemente de outros auxiliares do governador não vai disputar reeleição, permanecendo no cargo de secretário de Desenvolvimento Agrário, Inês Arruda continua no mandato na condição de primeira suplente. A peemedebista já informou aos apoiadores que irá disputar cadeira estadual, fazendo dobradinha com o filho, Gera Arruda, que é candidato a deputado federal. Outra informação do clã dos Arruda de Caucaia é que José Gerardo Arruda será candidato a prefeito de em 2016. Na última eleição municipal, Inês ficou em segundo lugar com 43.479 votos. O empresários Naumi Amorim estimulado pela

votação que tirou na eleição de prefeito em 2012, 32.837 votos, ficando em terceiro lugar, vai disputar também mandato estadual. O empresário que é do PSL acredita que melhor estruturado poderá até surpreender sendo o mais votado este ano no município. Naumi Amorim vai para a disputa com as vistas voltadas para a eleição de 2016, quando pretende realizar grande sonho que é administrar Caucaia. Nova disputa Outro nome do município a participar da corrida eleitoral é o vice-prefeito Paulo Guerra (PDT). Ele já está praticamente em campanha e diz contar com o apoio do prefeito Washington Gois para che-

gar a Assembleia. O gestor, no entanto, ainda não disse publicamente que irá apoiar o Coronel Aviador reformado em eleição para deputado estadual. Por enquanto, dizem nas rodas políticas, que o desgaste da gestão de Gois poderá comprometer eleição de Paulo Guerra. Outra especulação é de que o prefeito poderá fazer corpo mole na campanha de Guerra, mesmo anunciando apoio, pois não teria intenção de fazer o seu vice de hoje o prefeito de amanhã. Eleito deputado estadual, Paulo Guerra já começaria campanha de prefeito no outro dia. A única posição política assumida por Gois, no momento, é o de apoiar o deputado federal Danilo Forte que vai para a reeleição. Difícil será conciliar o palanque do peemedebista com o do PROS, partido ao qual o prefeito está filiado e que certamente não irá apoiar o senador Eunício Oliveira, do PMDB, ao governo do estado. É a famosa sinuca de bico. O certo é que os três pré-candidatos ao parlamento estadual vão para a disputa de 2014, mas já com os olhos voltados para a eleição de 2016.

ESTRATÉGIA ELEITORAl

PT realiza encontros para mobilizar militância

Francisco de Assi é o presidente estadual do PT

Partido os trabalhadores põe o pé na estrada para mobilizar as bases. Para isso, a direção estadual está organizando encon-

tros no interior denominados de A Caravana do PT – Ideias para o Ceará. O evento desta vez chega ao município de Itapipoca

para debater com as lideranças locais, militantes e simpatizantes do partido as prioridades da sigla para as eleições de 2014. Duas delas já foram, inclusive, definidas em reunião do diretório estadual: assegurar a reeleição da presidenta Dilma Rousseff e a indicação do deputado federal José Guimarães como candidato a senador. “Nossa Caravana em Tabuleiro do Norte reuniu mais de 500 pessoas que discutiram junto com os representantes do partido, visando compreender melhor a realidade e as demandas da região para juntos

desenvolvermos propostas de ações e políticas públicas para os próximos governos estadual e federal,” comenta De Assis Diniz, presidente estadual do PT. A segunda Caravana do PT - Ideias para o Ceará ocorre no dia 17 de maio, em Itapipoca. Os eventos seguintes ocorrerão no Cariri, Litoral Oeste e Centro-Sul. Caravanas do PT – Ideias para o Ceará Data: 17 de maio (sábado) Horário: a partir de 9h Local: Itapipoca (Auditório do CETREDE - Rua Hildeberto Barroso, 27 – Centro)

3

Ceará agora Por Luzenor de Oliveira luzeno@uol.com.br

Deixa a corda esticar Estimulado pelas pesquisas que o colocam como líder na preferência dos eleitores para o Governo do Estado, o senador Eunício Oliveira não esconde o sentimento de indignação por ter sido preterido pelos irmãos Cid e Ciro Gomes na corrida ao Palácio da Abolição. Seja diretamente ou por meios de aliados, Eunício passou a bater duro no modelo político e administrativo sob o comando de Cid Gomes. Foi mais longe e, durante a semana, tentou enquadrar os irmãos Ferreira Gomes como verdadeiros senhores de engenho ao recorrer ao heroísmo do cearense Dragão do Mar – um dos líderes da luta pela libertação dos escravos, para dizer que o povo do Ceará é libertário e não aceita armas. Eunício tem na ponta da língua um discurso ainda mais áspero para falar em arrogância e prepotência. Quer, porém, uma coisa de cada vez. Afinal, a corrida é longa e o fôlego precisa ser administrado. Cid e Ciro Gomes, com a caneta na mão e conscientes das pancadas que estão levando no Ceará e no Distrito Federal, preferem não responder a tudo que diz e faz Eunício Oliveira. Deixam apenas a corda esticar.

Acidez no PROS A briga entre dirigentes nacionais do PROS e os irmãos Ferreira Gomes deixa incerteza sobre pré-candidatos à Assembleia Legislativa e Câmara Federal. Espalhouse a ideia de que Cid perderá o controle do PROS e os aliados ficariam sem legenda. A boataria se espalha no Interior e a insegurança entre alguns pré-candidatos faz sentido, mas é pouco provável – muito pouco provável, que o PROS tenha outros rumos no Ceará.

Crise tem nome A crise no PROS tem nome e sobrenome. Muito mais do que as pressões para troca do Ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, o que está em jogo é a sucessão de Cid Gomes. O conflito na base partidária aliada aos irmãos Ferreira Gomes foi estrategicamente nacionalizado. E, nesse caso, o nó da discórdia foi bem dado. O objetivo de fazer confusão está sendo cumprido.

Café & Sal O deputado federal Danilo Forte (PMDB) voltou ao Ministério da Integração Nacional, em Brasília, para cobrar a liberação de recursos destinados à contenção do mar nas praias de Caucaia. Danilo tomou café

no gabinete do ministro Francisco Teixeira e, dessa vez, ouviu que a obra será incluída no PAC III (Programa de Aceleração do Crescimento).

Café & Sal I A promessa do ministro deixa um misto de incerteza e preocupação. Isso, porque, obras do PAC II estão em atraso. A dúvida é se o PAC III será para 2014 ou 2015. A velocidade do mar pode atropelar o PAC III e as praias de Caucaia continuarão sendo destruídas pela inércia do poder público. O café servido pelo ministro foi quente, mas muito mais quente é o efeito do sal que destrói a Praia do Icaraí.

Menos votos O ex-prefeito do Crato, Samuel Araripe, preparou a base política para se eleger deputado estadual. Trocou o PSDB pelo PP e teria uma vaga garantida na Assembleia Legislativa. Samuel desistiu da corrida eleitoral após a Câmara Municipal votar contra o parecer do TCM pela aprovação de suas contas. A decisão dos vereadores, eminentemente política, caiu na Justiça. Samuel preferiu ficar fora da disputa de 2014. A desistência gera desestímulo para outros pré-candidatos do PP na Grande Fortaleza. São 60 mil votos a menos para a sigla.


4

Cidade

GRANDE [PORTO]

Vigilante agoniza à espera de cirurgia

Blitz

Por Lael Semente laelsemente@gmail.com

DESCASO] Há quase dois meses, Miguel Ferreira da Silva Neto, 33 anos, deu entrada no hospital Abelardo Gadelha da Rocha em Caucaia. Por Queiroz Ribeiro

E

le foi vítima de espancamento a pauladas durante uma tentativa de assalto na Avenida Dom Almeida Lustosa no Distrito de Jurema neste município. Ao voltar do trabalho pilotando uma motocicleta de sua propriedade, por volta da 5 horas da manhã, com destino ao Conjunto Araturi, onde reside, o vigilante foi atacado por quatro elementos armados a pedaços de madeira, os quais tentaram subtrair seu veículo. Não obtendo êxito os bandidos o espancaram, causando várias fraturas no braço e perna direitos. Socorrido por uma ambulância do SAMU Miguel foi levado para o Hospital Municipal, onde recebeu os primeiros socorros, sendo diagnosticadas, três fraturas na perna e uma no braço, tendo as mesmas a necessidade de intervenção cirúrgica, o que, segundo a direção do hospital, a unidade não oferece estrutura para tal procedimento. Com isso o vigilante passou a integrar a fila da Central de regulação de Procedimentos (Central de Leitos) do governo do estado, a espera de uma vaga para realizar a cirurgia.

O vigilante agoniza esperando cirurgia

Drama da esposa Segundo a dona de casa Edna Ferreira, 36 anos, esposa de Miguel, que o acompanha desde o dia do fato, as condições do hospital são precárias, pois além de não oferecer estrutura para a cirurgia do seu marido, não tem medicação necessária, a higiene é falha e a estrutura física não oferece nenhuma condição aos

pacientes, tendo apenas a disponibilidade de um banheiro para atender a dez leitos. “Estamos sofrendo o pão que o diabo amassou, aqui não tem nem medicamento suficiente, tudo que tem aqui é dipirona. Nossos dois filhos menores estão abandonados na casa de parentes, sem estudarem e ninguém faz nada por nós,” desabafou Edna Ferreira.

Outra situação que chamou atenção da nossa reportagem foi o fato de a empresa para a qual Miguel Ferreira prestou serviço até o dia do ocorrido, não lhe ter prestado nenhum apoio. De acordo com sua esposa, a diretoria da Thompson Segurança alegou que o funcionário estava de aviso prévio, o que culminou com a desassistência por parte do plano de saúde do qual o mesmo teria direito. Essa atitude por parte da empresa levou a família a entrar na justiça, em busca de seus direitos. São 46 dias de agonia dessa família a espera de uma solução por parte dos gestores públicos, os quais permanecem inertes ao caso. Sem poder se locomover por conta própria, o até então saudável Miguel Ferreira, agora depende da ajuda da esposa, que já quase sem forças o conduz ao precário e concorrido banheiro, para que neste, faça sua higiene corporal e suas necessidades fisiológicas. Enquanto isso, casa e filhos, de 6 e 11 anos respectivamente, estão abandonados e passando por necessidades nas mãos de familiares e até mesmo sem estudarem.

POLÍCIA

Mais um crime de morte abala Caucaia Por Queiroz Ribeiro Um homem que havia matado a sua ex-esposa na cidade de Acaraú, acabou matando cometendo mais um crime. O pintor Francisco Carlos Silva de Moura, 36, natural de Fortaleza, lesionou em 2012 com um golpe de foice na cabeça a sua então esposa, a agricultora Maria Rosângela do Nascimento, de 31 anos. O crime aconteceu no bairro Planalto Bailarina, na sede de Acaraú. Desta vez, a vítima foi sua atual

companheira, de 26 anos, morta a facadas em Caucaia. Ele já responde por três homicídios. O homicida teria investido contra a atual companheira, Evelília Gadelha dos Santos, após uma discussão. Populares informaram à Polícia que as brigas entre o casal eram comuns e que Moura sempre apresentava um “comportamento violento”. A equipe da perícia Forense do Estado do

Ceará (Pefoce) que foi até a casa onde o corpo foi encontrado informou que Evelília foi lesionada por três facadas, sendo uma na garganta, uma no abdome e outra nas costas. O cadáver foi encontrado pelos vizinhos do casal. Após os gritos da vítima cessarem, os populares afirmaram ter visto o suspeito fugindo correndo do local do crime. Muito embora já respondesse por três homi-

do lael

cídios, um destes com requintes de perversidade, contra sua primeira mulher, o acusado estava gozando de plena liberdade. Francisco Carlos responderá por mais um ato criminoso, o que para o mesmo não deverá abalar muito sua vida pessoal, uma vez que já matara três pessoas e nem por isso estava encarcerado. Apenas aumentará mais um delito no currículo de sua vida criminosa.

Elas merecem

Fotos: Lael Semente

A Câmara de Caucaia realizou, na última terça-feira (13), sessão especial em homenagem ao dia das mães. O alvo das homenagens foram especialmente as genitoras e esposas dos vereadores, que prestigiaram evento que contou com a participação de alunos da FUBEM, tendo à frente a senhora Bernadete. A presença de crianças e adolescentes encantaram os presentes.

Opção nova Foi inaugurada no último sábado (10/05) uma loja da franquia BOB´S na praça de alimentação do Shopping IANDÊ. A movimentação foi intensa, com muitas promoções. O shopping vai oferecendo cada dias mais opções para uma boa alimentação.

Cristão novo

Bis

De novo a AME manda avisar que o prazo de validade das carteiras macro-regionais, que valem no transporte público para Fortaleza, foi adiado para o próximo dia 31 de maio. Vejam o novo lay out da carteira 2014 que vem com uma homenagem aos professores.

Ação cidadã Nosso amigo e grande fotógrafo Antonio Holanda assumiu a presidência do diretório municipal do PT do B. Líder atuante na Jurema ele agora quer ampliar sua área de atuação. Antônio Holanda pretende fazer o partido ganhar vigor em Caucaia.

A escola FUNDAÇÃO BRADESCO promove, neste sábado (17/05) o Dia Nacional de Ação Voluntária em sua sede, na avenida Dom Almeida Lustosa, Jurema. Neste dia serão ofertados a população uma gama de serviços, todos gratuitos. Tem esporte, corte de cabelo, prevenção de DST`S, palestras, vacinação e muito mais.

Leitores do Grande Porto

Nosso jornal continua bombando em Caucaia. A cada dia mais pessoas da cidade vão tendo acesso ao semanário. Em nossa galeria esta semana, estão o cerimonialista da Câmara de Caucaia, Neto Uchôa, nosso colaborador; e o vereador Neto do Planalto, no plenário da Câmara.


Economia

GRANDE [PORTO]

Trabalhadores da Cegás paralisam serviços braços cruzados] Obras no Pecém, Acquário Ceará, e até a alimentação de gás natural no Castelão foram atingidas pelo movimento.

T

rabalhadores da Companhia de Gás do Ceará (Cegás) paralisaram as atividades durante toda esta quarta-feira (14). Avaliação do presidente do Sindipetro Ceará/Piauí, Emanuel Menezes, é de que cerca de 70% dos trabalhadores da Companhia aderiram ao movimento. Com a paralisação ficaram comprometidos os serviços de manutenção e operação do gasoduto. Com uma malha de gasoduto com mais de 300km, atendendo Fortaleza, re-

gião metropolitana, Aracati e o Complexo do Pecém, o quadro reduzido de funcionários não deu conta dos serviços necessários. Caso o movimento de paralisação por 24h evolua para uma greve, mais de 300 clientes dos seguimento industriais, comerciais e residenciais serão prejudicados. O Castelão, por exemplo, que possui como fonte primária de alimentação o gás natural, é um desses clientes que irá se ressentir com uma greve na Cegás.

Também as obras de infraestrutura como a ampliação da rede do gasoduto também ficou comprometida com a paralisação. Obras no Pecém, como laminadoras e siderúrgicas, Acquario Ceará e a ampliação para operacionalização da rede, entre o munícipio de Aquiraz ao Quarto Anel Viário, e do Eusébio até a Aldeota, em Fortaleza também ficarão comprometidas com uma greve. Do mesmo, também serão atingidas obras de ampliação da rede para atendimento a condomínios residenciais nos bairros Varjota, Papicu, Aldeota, Bairro de Fátima e Guararapes, entre outros. “A insatisfação com as propostas do Acordo Coletivo de Trabalho da Cegás está grande. Estamos indignados com a falta de respeito que a diretoria da Companhia tem com seus funcionários concursados, que dá claros benefícios aos seus cargos comissio-

nados”, afirma Emanuel Menezes. Ainda segundo o diretor, as negociações não evoluíram devido a intransigência por parte da empresa. ‘‘Eles não querem formar uma mesa para diálogo. As principais reivindicações por parte dos trabalhadores são equiparação salarial com terceirizados, pois pagam R$ 2.900,00 para terceirizados de nível médio, no entanto remuneram seus próprios empregados efetivos de nível médio com R$ 1.421,00. Por isso e outros benefícios estamos nessa empreitada para valorização da classe de trabalhadores efetivos’’, disse. Principais Reivindicações: >> Equiparação de salários; >> Aplicação imediata do PECS (Plano de Empregos Carreiras e Salários); >> Benefícios sociais: >> Vale refeição; >> Auxilio educação fundamental-médio

Polo Químico

Guaiúba ganha condomínio industrial Depois de uma verdadeira guerra travada com outros municípios da região Metropolitana, como Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Eusébio e Itaitinga, Guaiúba conseguiu atrair o primeiro Condomínio Industrial do Setor Químico do Estado. A pedra fundamental do empreendimento foi lançado no último sábado. A parceria foi firmada entre a Prefeitura do município, o Sindicato das Indústrias Químicas, Farmacêuticas e da Destilação e Refinação do Petróleo do Ceará (SindQuímica - CE), e a empresa Fortsan do Brasil. Para a instalação, estão previstos investimentos da ordem de R$ 100 milhões. De acordo com o pre-

sidente do SindQuímica, Marcos Antonio Ferreira Soares, Guaiúba possui todas as condições necessárias para a realização de investimentos no Condomínio Industrial. A Prefeitura cedeu o terreno e a infraestrutura necessária para o funcionamento. A área tem 45 hectares e será dividida em lotes de 0,9 a 1,4 hectares que serão entregues a 23 empresas do setor químico para instalar suas plantas industriais. No total, após a chegada das indústrias, serão gerados cerca de 1,6 mil empregos diretos. A expectativa do setor é que pelo menos 70% a 80% da mão de obra empregada no local seja de Guaiúba. Dentre as empresas

responsáveis pela instalação do Condomínio está a Fortsan do Brasil. Atualmente, a Fortsan está localizada em um parque industrial à margem da BR-116, e comercializa nacionalmente gel para diagnóstico de imagem e caixas coletoras de material hospital perfuro-cortante, como cateteres, bisturi, agulhas e lâminas, atividades que já obtiveram investimentos da ordem de R$ 10 milhões. Em um levantamento realizado com mais 20 empresas filiadas ao SindQuímica foi identificada a possibilidade de implantação de um condomínio industrial fora da capital, aproveitando a estrutura e as condições que pudes-

sem ser oferecidas pelas prefeituras interessadas. No espaço, cada empresa filiada deverá implantar uma indústria. A ideia é criar uma estrutura para ser administrada pelos próprios empresários que se instalarem na área, os quais passam a arcar com custos de energia, telecomunicações, como a implantação de laboratórios de qualidade. O Poder Público entra com a montagem da estrutura. Depois, caberá às empresas criar equipamentos para uso comum das indústrias como restaurantes, espaço para eventos, laboratórios para análise de qualidade e centros de treinamentos, dentre outros.

5

PORTO S/A Por Beto Almeida

almeidabeto85@gmail.com

Espantando a crise A usina termelétrica Pecém II, movida a carvão mineral, que pertence à Eneva (antiga MPX, de Eike Batista), poderá ser posta à venda integralmente ou ter metade do capital à disposição de investidores em enérgica térmica. A decisão faz parte de uma série de medidas que busca capitalizar a empresa, que começou 2014 com R$ 1,4 bilhão em dívidas a pagar e uma necessidade mínima de investimento de R$ 960 milhões de reais. Para atrair interessados, a gigante alemã E.ON, que assumiu o controle da empresa, assegura a compra de 50% de Pecém II a preços de mercado até o limite de R$ 400 milhões, na eventualidade de nenhuma proposta ultrapassar este limite.

Falta estrutura Empresas que estão se instalando na área do Complexo Industrial e Portuário do Pecém mantém a proposta de criação de uma associação para discutir problemas e viabilizar modelos de estrutura. Apesar de ser uma das áreas mais promissoras do Estado, falta muito para se garantir um crescimento sustentável: de cabos para a instalação de telefones, a brigadas de incêndio, estradas, transporte para os funcionários e segurança pública.

Nada fácil A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) do mês de abril apresentou variação de 1,05%, registrando alta de 0,20 ponto percentual em relação aos 0,85% do indicador relativo ao mês de março. Trata-se do índice que registra a inflação para as famílias com renda entre 1 e 2,5 salários mínimos. O IPC-C1 acumula alta de 3,1% nos primeiros quatro meses do ano e 5,57% nos últimos doze meses (taxa anualizada).

Eixos viários O DER, Departamento Estadual de Rodovias, inicia ainda neste mês as obras dos trechos do Programa Viário de Integração e Logística, o Ceará IV. Serão 90,2 km de pavimentação e 182,4 de restauração. O investimento total aplicado nesta etapa é de R$ 178 milhões. O Ceará IV consiste na ampliação e melhoria da malha rodoviária

estadual, garantindo maior integração dos grandes eixos viários de escoamento da produção, portos e aeroportos do Estado.

Recorde lá... O Porto de Fortaleza atingiu mais um recorde na movimentação de mercadorias: neste mês de abril registrou 506 mil toneladas, crescendo 7,5 % em relação ao mês de abril do ano passado. Essa foi a maior movimentação já registrada no intervalo de um mês na história da Companhia Docas do Ceará (CDC), empresa que administra o Porto. O recorde anterior era 480 mil toneladas, que foi atingido em novembro de 2013.

Recorde cá... No Porto do Pecém, os números também são positivos. De janeiro a março deste ano, o terminal movimentou o equivalente a 2,6milhões de toneladas de mercadorias, o que significa um aumento de 88% em relação ao 1º trimestre de 2013.

Será que vai? Mesmo com obras em atraso, o ministro dos Portos, Antonio Henrique Silveira garante que o terminal de passageiros do Porto do Mucuripe estará pronto para fazer o receptivo do navio MSC Divina durante a Copa do Mundo nos dias 16, 17 e 18 de junho. “O terminal estará operacional durante a Copa e a obra estará totalmente concluída em setembro”, disse o ministro em sua terceira visita à obra. Será, no entanto, um funcionamento parcial.


6

Cidade

GRANDE [PORTO]

Reformada há um ano, CE-156 já está esburacada INFRAESTRUTURA] Em menos de um ano de recuperação, principal via de acesso ao distrito de Sítios Novos oferece risco aos condutores.

Trecho da CE completamente esburacado

O

s motoristas que trafegam pela CE-156, entre a BR-222 e Sítios Novos, em Caucaia, ficaram esperançosos quando no segundo semestre de 2013 foram iniciadas as obras de recuperação da malha rodoviária. Ação oriunda de convênio entre Governo do Estado e Banco do Brasil. Porém, para aqueles que passavam diariamente pelo trecho em obras, não restou dúvidas de que a “melhoria” não seria duradoura. A equipe do Jornal Grande Porto pôde constatar no domingo, dia 11 de maio, que verdadeiras crateras já se formam no asfalto feito a menos de um ano. De acordo com um

motorista de ônibus, de quem o Grande Porto vai preservar a identidade, a velocidade com que foi feito o serviço lhe dava a certeza de que nas primeiras chuvas o pavimento não resistiria. “Em vários trechos eles só passaram um produto que mais parecia óleo, de tão fino, sobre o asfalto antigo. Desta forma ganharam tempo e concluíram, acho que na metade do prazo previsto. O resultado é ‘essa porcaria’ sobre a qual precisamos passar todos os dias correndo o risco de ter o carro engolido por um buraco que possa se ampliar, ou de ao desviar da imperfeição, colidir com outro

veículo”, reclama. Procurado para esclarecer o motivo do desgaste em curto tempo, o Departamento Estadual de Rodovias (DER), através da assessoria de imprensa informou que uma equipe de engenheiros do órgão foi enviada ao local para averiguar o que teria causado o problema. “Com relação ao trecho citado, o Departamento Estadual de Rodovias já enviou uma equipe ao local para verificar os reais problemas da obra, a empresa responsável também foi acionada, com a ordem de solucionar de imediato todos os defeitos”.

Para você entender Matéria publicada na 7ª edição do Jornal Grande Porto (08 de agosto a 14 de agosto de 2013), trouxe a informação de que a CE-156, foi contemplada entre os 12 trechos de rodovias estaduais que receberam trabalhos de recuperação da malha rodoviária. Na ocasião, de acordo com o Departamento Estadual de Rodovias, seriam revitalizados 325 quilômetros de rodovias em trabalhos como reciclagem, reparos no pavimento, drenagem, tapa buraco e revestimento em CBUQ, com investimento de aproximadamente R$ 33 milhões. Em agosto do ano passado, o gerente de manutenção e de obras aeroportuária do DER, Paulo Bezerra, disse na matéria que as ações estariam concluídas até o mês de outubro, correspondendo à 1ª etapa do programa de recuperação funcional. Leitor/Produtor Faça como o motorista que denunciou a situação da CE-156. Envie sua sugestão de matéria com fotos e informações das vias que cortam Caucaia e cidades do Vale do Curu. O endereço é: jornalismo@ cearaagora.com.br

ENCONTROS REGIONAIS

Gestores discutem resolução sobre iluminação pública

A Associação dos Prefeitos do Estado do Ceará (Aprece) irá realizar, na próxima quarta-feira, 21, no município de Fortim, o primeiro encontro regional sobre Iluminação Pública. O evento dará continuidade aos trabalhos referentes à Resolução ANEEL nº. 587/2013, preparando as gestões municipais para assumirem qualquer nova obrigação administrativa com previsão de custos financeiros. Na ocasião será tratado sobre o passo da transferência dos ativos da iluminação pública aos municípios, e serão sanadas várias dúvidas técnicas e repassadas informações relevantes para os encaminhamentos necessários do processo, já que o encontro contará com a participação de técnicos na área de Iluminação Pública. O objetivo é levar informações mais detalhadas aos filiados da Aprece e prestar todo o apoio necessário nesse momento de transição, lembrando que o prazo limite para a transferência é o dia 31 de dezembro de 2014. É importante ressaltar que os municípios devem se organizar com urgência para o recebimento do acervo de Iluminação Pública e estarem preparados para garantir um serviço de qualidade à população, criando condições que viabilizem sua manutenção. O evento é direcionado a Prefeitos, Secretários de Obra e Infraestrutura e um representante da Câmara de Vereadores. É necessária a confirmação de presença através dos telefones (85) 4006.4018 – Marcelina Facundo ou Luciana Vidal (850 4006 4018. Dez encontros regionais ao todo serão realizados e contarão com a participação de representantes da Coelce e técnicos na área de Iluminação Pública. Eles atendem a convite para auxiliarem nesse trabalho da Aprece, que levará seu corpo jurídico para garantir também o repasse de orientações legais. Serviço: Data: 21 de maio de 2014 Hora: 08h às 14h Local: CVT (Rua Nossa Senhora do Amparo, Centro. Fortim- CE).

CAUCAIA agora Por Edilson Alves

reporteredilsonalves@yahoo.com.br

Cadê o Caminhão? O Presidente do Sindicato dos Pescadores de Caucaia, senhor Lauro, desconhece a existência de uma Coordenação de pesca na Secretaria de Desenvolvimento Agrário da prefeitura de Caucaia. Lauro afirma que um caminhão frigorífico (foto), balança e tanque que deveria servir para os pescadores vender peixe vivo mais barato nas comunidades nunca chegou para os pescadores e ele não sabe o que aconteceu. Meu Deus!!!

Dito e Feito Antecipamos na coluna anterior que as contas de gestão da ex-prefeita Inês Arruda do ano de 2008 seriam aprovadas pro unanimidade de votos na Câmara de vereadores de Caucaia. Não deu outra os vereadores além de aprovarem “rasgaram” elogios a ex-prefeita falando inclusive dos benefícios que ela realizara na Jurema (Vereadores Bené Cunha e Cristina do Diogo) e o quanto sua administração foi transparente e realizadora de obras em prol do povo de Caucaia (Vereador Silvio Nascimento). “Ela é uma excelente pessoal e como prefeita sabia ouvir o vereador e as comunidades” afirmou o vereador João Campos.

A Voz do Povo Através da TVCaucaia a população se expressou mais uma vez sobre a administração de Washington Góis. Na enquete foi perguntado qual obra seria concluída e entregue a população pelo prefeito de Caucaia: Mercado da Jurema; Posto de saúde do Tabapuá; Estádio Municipal; Restaurante Popular; UPA da Jurema ou Nenhuma Delas. A resposta: 90% (noventa por cento afirmaram que o prefeito não entregar nenhuma delas. Credibilidade está em baixa né doutor?

Penta Recapeamento A avenida da Integração que liga o centro de Caucaia a Jurema passa por mais uma recuperação. Só na administração do prefeito Washington Góis essa é a 5ª vez que o trabalho é realizado na mesma avenida e nos mesmos trechos. Tudo começou com a Delta Engenharia (aquela do bicheiro Cachoeira). Desta vez a obra

deve ser séria, pois por força de lei qualquer obra para a prefeitura de Caucaia tem que oferecer cinco anos de garantia. A lei foi criada pelo vereador Américo Rocha (foto) e sancionado pelo prefeito. Agora vai ou racha!!

Seleção Pública A Secretaria de Educação de Caucaia realiza processo seletivo destinado à composição de banco de gestores escolares aptos a exercerem aos cargos de direção, de coordenação pedagógica e de secretário escolar nas unidades de ensino da Rede Pública Municipal. A empresa responsável pelo processo é a PROMUNICÍPIO Serviços Ltda. E o Edital está disponível no site www.promunicipio. com, para consulta e download pelos interessados. Informações adicionais poderão ser obtidas no PROMUNICÍPIO, pelo telefone (85) 3224 8716.

Perguntar não ofende É verdade que o novo secretário de Saúde de Caucaia mandou trazer direto do Rio de Janeiro uma assessora? Será que em Caucaia nem em Fortaleza ninguém mais sabe sobre saúde pública?

Reflexão O sábio nunca diz tudo o que pensa, mas pensa sempre tudo o que diz. (Aristóteles)


Serviços/Esporte

GRANDE [PORTO]

7

Direito trabalhista

cidadania

Carteira na mão

Por Francisco Bezerra

presidenteassare@gmail.com

POR Ingrid Baratta ingridbaratta@globo.com

Voltamos a falar nesta edição sobre a carteira de trabalho. Um dos nossos leitores denuncia que não tem direito de acessar aos dados anotados na carteira de trabalho porque o patrão retém o documento há mais de um ano. Veja as razões para essa ilegalidade.

Carlos Sousa, Grande Jurema, Caucaia Trabalho em Fortaleza e não sei o que está anotado na minha carteira de trabalho. É legal o patrão segurar minha carteira? O que devo fazer? R – A CPTS será obrigatoriamente apresentada, contra recibo, pelo trabalhador ao empregador que o admitir, o qual terá o prazo de quarenta e oito horas para nela anotar, especificamente, a data de admissão, a remuneração e as condi-

ções especiais, se houver, sendo facultada a adoção de sistema manual, mecânico ou eletrônico, conforme instruções a serem expedidas pelo Ministério do Trabalho. A falta de cumprimento pelo empregador acarretará a lavratura do auto de infração, pelo Fiscal do Trabalho, que deverá, de ofício, comunicar a falta de anotação ao órgão competente, para o fim de instaurar o processo de anotação. Arnaldo Cícero Arruda, Centro, Caucaia Há quatro meses, faço duas horas extras por dia, durante duas semanas, mas não tem anotação dessas horas extras na carteira. Isso é correto? R – Se houver trabalho além da oitava hora diária, o pagamento da hora-extra deverá ser equivalente ao valor da hora normal, acrescido de, no mínimo 50%,

ou adicional superior previsto em Convenção Coletiva de Trabalho ou em Acordo Coletivo. O pagamento habitual das horas-extras integra o salário para todos os fins e efeitos legais. entretanto, a CLT não obriga que essas horas extras feitas de forma extraordinária seja anotada na CTPS. Fabiano César, Conjunto Metrópole, Caucaia Sou vigia noturno e trabalho nessa profissão há 26 anos. Quero saber se com esse tempo todo e 59 anos de idade já tenho direito a aposentadoria especial? R – Havendo laudo técnico pericial, ao menos para os períodos de atividade posteriores a 05/03/1997, que informe o exercício da atividade de vigilante, sob risco e de forma habitual e permanente por 25 anos, é devida ao segurado aposentaria especial, menos onerosa que a por tempo

de contribuição. Henrique Pedro Silva, Fortaleza Trabalho em uma Prefeitura do Vale do Curu e recebo menos de um salário mínimo. A administração alega que paga proporcional. Está correto? Quando for me aposentar, qual será o valor do meu benefício? R – O entendimento do Tribunais é que, embora o artigo 7º, inciso IV, da Constituição da República garanta ao trabalhador o recebimento do salário mínimo, sua interpretação deve levar em conta o inciso XIII do mesmo artigo, que estabelece o limite da jornada de trabalho de oito horas diárias e 44 semanais. Por essa razão, concluiu que, se a jornada é inferior à estipulada constitucionalmente, o salário pode ser pago de forma proporcional ao número de horas trabalhadas.

O que está em jogo “A política ama a traição, mas odeia o traidor” Leonel de Moura Brizola.

A eleição presidencial deste ano, assim como as últimas cinco deverá ser polarizada. Mais uma vez PT e PSDB vão estar, a preço de hoje, disputando a preferência do eleitor brasileiro. Pouco acreditam que Eduardo Campos, mesmo com o reforço de Marina Silva, conseguirá suplantar o tucano Aécio Neves. O ex-governador de Pernambuco entrou no jogo da sucessão pela direita, trazendo consigo o peso da traição a Lula, a quem garantiu só aspirar ao cargo maior da república em 2018. Como dizia Leonel Brizola, “a política ama a traição, mas odeia o traidor.” E o pior é que Eduardo Campos ao fazer opção na primeira a direita joga na lata do lixo a história do velho Miguel Arraes, cearense de Araripe que sentou praça na política pernambucana. Identificado com a luta dos trabalhadores rurais, Arraes desafiou as oligarquias canavieiras de Pernambuco, sendo seu governo considerado de esquerda, pois forçou usineiros e donos de engenho da Zona da Mata do Estado a estenderem o pagamento do salário mínimo aos trabalhadores rurais (o Acordo do campo) e deu forte apoio à criação de sindicatos, associações comunitárias e às ligas camponesas. Por isso foi caçado pelo regime militar de 1964. Ele deve estar revirando no caixão ao assistir o neto, seu herdeiro político, engrossar o coro conservador nacional.

Antípoda

Esclarecendo o Idioma Professor Marcelo Braga

Amigo leitor do Grande Porto, hoje, em nossa coluna Esclarecendo o Idioma, conversarei sobre o emprego correto do pronome relativo CUJO do latim CUIUS. Infelizmente, não mais , com frequência, o uso deste pronome em matérias jornalísticas, por exemplo. Na verdade, hodiernamente, é muito raro o seu emprego. Alguns poucos, conhecedores do idioma e primorosos pelo uso adequado, arriscam-se a utilizá-lo. Com o objetivo de que o uso deste pronome seja mais comum em alguns segmentos da nossa sociedade, esclarecer-lhe-ei o emprego correto e adequado do pronome relativo CUJO. Em primeiro lugar, é importante saber que este pronome

deve vir entre dois substantivos; com o primeiro, estabelece a relação, com o segundo, a concordância, pois o pronome se flexiona. Em primeiro lugar, é importante saber que este pronome deve vir entre dois substantivos; SUBSTANTIVO + CUJ + SUBSTANTIVO A Lei da Ficha Limpa, cujo objetivo é exatamente não permitir a candidatura de políticos corruptos, encontra-se fragilizada. É importante perceber que, após o pronome, não houve a necessidade de repetir o artigo, já que se une à raiz do pronome – CUJ+O. Assim:

CUJO POLÍTICO / CUJOS ANSEIOS / CUJA ATITUDE / CUJAS PONDERAÇÕES É importante também ter a ciência de que o pronome CUJO traduz ideia de posse. Antes do pronome CUJO pode vir uma preposição, a qual dependerá da regência. Vejamos os exemplos: O concurso para cujas provas me preparei não foi anulado. (QUEM SE PREPARA SE PREPARA PARA) O político, com cujas ideias concordo, é muito determinado. (QUEM CONCORDA CONCORDA COM) O escritor, a cujas obras fiz referência, pertenceu ao Natu-

ralismo. (QUEM FAZ REFERÊNCIA FAZ REFERÊNCIA A) O regime ditatorial, de cujos dissabores ainda nos lembramos, não deve ganhar ampliação midiática devido à insatisfação popular diante da situação política atual. (QUEM SE LEMBRA SE LEMBRA DE)

Embora a velha mídia golpista tenha tentado ao longo dos dois mandatos de Lula e do mandato primeiro de Dilma afirmar que o projeto econômico é o mesmo de FHC, há diferenças abissais entre os governos populares e os neoliberais. A política macroeconômica certamente guarda similitude.

Diferenças

Um grande abraço e até o próximo artigo

Os programas sociais e a distribuição de renda, além da política de tirar 40 milhões de brasileiros da linha de pobreza, fazem toda a diferença. Do ponto de vista da política externa Lula/Dilma inauguraram um tempo novo em se tratando de Brasil. Com FHC, éramos totalmente submissos aos interesses do império do norte.

Professor Marcelo Braga

Era do entreguismo

www.professormarcelobraga. com.br

Quando presidente,

Estou ciente, amigo leitor, de que, a partir de agora, saberá utilizar adequadamente o pronome relativo CUJO. Não há dificuldade alguma. É simples assim.

Fernando Henrique disse que ia por fim a era Vargas. Não conseguiu. O que ele implementou com maestria foi um programa privatizante eivado de corrupção, que doou grande parte do patrimônio brasileiro a grupos estrangeiros, sem nenhum compromisso com o povo brasileiro. Vendeu gato por lebre. O serviço de telefonia, por exemplo, é um desastre, um engodo. Além de ser o mais caro do mundo é também o pior.

O eleitor decide Portanto, o que está em discussão é se o brasileiro quer a volta da política neoliberal, agora encarnado por Aécio Neves, o candidato Cambaleante, ou se quer um Brasil independente, soberano e com perspectivas de crescimento econômico com distribuição de renda. O eleitor é o árbitro desta contenda política.


8

Esporte / Turismo

GRANDE [PORTO]

Amantes do off road de olho no 4º Cautrilhão ESPORTE RADICAL] Desportista de Caucaia já vivem a expectativa da realização do 4º Cautrilhão que acontecerá nos dias 17 e 18 de maio.

M

ais de 600 inscritos enfrentarão de desafios para cumprir percurso do evento. Segundo César, organizador da trilha, o Cautrilhão nada mais é que uma reunião de amantes e apaixonados por off road que uma vez por ano se reúnem para enca-

rar uma aventura radical nas veredas que separam os municípios de Caucaia e Paraipaba. “O Cautrilhão é muito mais que uma competição. Na verdade, nele não existem perdedores. Todo mundo que chega até o final é um vencedor. Por isso que no fim todos rece-

bem troféus de participação”, afirmou César. Na última quinta-feira (08/05), dezenas de pilotos e ciclistas de Caucaia e adjacências participaram do briefing da competição. A reunião aconteceu no Iandê Shopping Caucaia e pelo clima do encontro já dá pra ter uma noção da atmosfera que irá envolver os participantes Na última quinta-feira (dezenas de pilotos e ciclistas de Caucaia e adjacências participaram do briefing do 4º Cautrilhão. A reunião aconteceu no Iandê Shopping Caucaia e pelo clima do encontro já dá pra ter uma noção da atmosfera que irá envolver os partici-

pantes durante os dias 17 e 18, quando os mais de 600 inscritos enfrentarão toda sorte de desafios off road para cumprir o percurso do evento. Após as inscrições, que foram realizadas em stand especialmente montado para a ocasião, todos se dirigiram para o piso superior do shopping onde foram repassadas informações técnicas para os presentes e todos puderam tirar suas dúvidas e ainda curtir um descontraído show de música ao vivo. Para quem ainda não fez sua inscrição ainda há tempo. Para mais informações procurar no stand montado no Iandê Shopping Caucaia.

ENCONTROS REGIONAIS

Uma praia com muitas opções de lazer e gastronomia chegar caminhando até a praia do Pecém. Tem um dos três parques eólicos do Estado. A praia abriga restaurantes franceses e é bas-

tante conhecida por sua culinária. No mês de agosto a Taíba sedia um festival de escargot, que acontece em todos os restaurantes do lugarejo.

linha de passe Por Queiroz Ribeiro

queiroz-ribeiro@hotmail.com

Árbitro recua O segundo gol do Ceará na vitoria sobre o Paraná, no último sábado, pela Série B do Brasileiro, foi apontado por muitos como sendo feito pelo atacante Magno Alves. Foi preciso a câmera do PFC e até a confissão do jogador para comprovar que o gol foi contra. Porém, o árbitro da partida, Arilson Bispo da Anunciação, informara que o gol teria sido marcado pelo camisa 11 alvinegro.No entanto, o juiz recuou. Na súmula publicada somente nesta segunda-feira, no site da CBF (geralmente é publicada 30 minutos depois do jogo), Arilson escreveu que o autor do segundo gol do Ceará foi contra, marcado pelo zagueiro Yan, do Paraná. Com isso, Magno Alves segue com 16 gols na temporada, e apenas um no Brasileiro. No entanto, mesmo faltando praticamente metade do ano, o atacante do Vovô, que em 2013, marcou 34 vezes e foi o vice-artilheiro do Brasil, segue firme para superar a marca de 30 gols em 2014. (Fonte: Blog do Kempes)

Campeonato Metropolitano Oito equipes de Fortaleza estão classificadas para a fase decisiva do Campeonato de Futebol da Região Metropolitana 2014, organizado pela Classic Promoções. A partir desta quinta-feira, dia 8 de maio, já serão iniciadas as disputas do Zonal da Capital com jogos espalhados pela capital. No Zonal do Interior, que tem 14 times na disputa,há partidas programadas, no dia 10 de maio (sábado), em Pacatuba, pelo Grupo 3 com os representantes de Pacatuba, Maranguape, Maracanaú e Guaiúba. Pelo Grupo 4 jogam os times de São Gonçalo do Amarante e Caucaia.

Copa do Maciço Taíba está localizada no município de São Gonçalo do Amarante, a cerca de 50 minutos de Fortaleza, com acesso através da rodovia estruturante sol poente. A praia é uma vila de pescadores que desponta sobre um rochedo e se projeta sobre o mar – sua maior fonte de sustento e comércio, juntamente com o turismo. Na Taíba, o visitante encontra ótimos restaurantes e pousadas, muitos coqueiros, bananeiras, cajuais e fruteiras e bicas de água doce em alguns pontos da costa. O lugar possui praias separadas naturalmente por pedras, que entram

mar adentro. A primeira, conhecida como Taibinha, é bastante extensa e repleta de coqueirais, perfeita para longas caminhadas. O mar é generoso com os surfistas, que lá encontram ondas grandes e constantes. Bem menor, a praia no centro da cidade é cercada por rochedos e protegida por arrecifes, que funcionam como um cais para as jangadas. É lá que acontece o Mercado de Peixes. Na maré alta, há boas condições para velejadores e surfistas. Na terceira parte da praia, a paisagem muda e as casas de veraneio se posicionam sobre um barranco. De lá é possível

A Copa do Maciço 2014 COPA MASTRUZ DA SORTE prossegue com a realização de oitos jogos. Na rodada, que começa nesta quintafeira, 15, no Estádio Alberto Wagner a estréia de mais três equipes: Antonio Diogo, Pacoti e Juventude de Itapiúna. Pai João x Estrela do Norte e Uirapuru x Antonio Diogo, que estréia na copa. Dia 16, sextafeira, o Estádio Gonzaga Mota, em Capistrano recebe duas partidas: Barreiro x Barcelona e Capistrano x Arraial. No sábado, 17, mais dois jogos em Baturité: Manga x Veneza e Baturité x Pacoti.

De malas prontas O atacante Tadeu deverá deixar o elenco do Ceará. O jogador pediu para não ser mais relacionado para os próximos jogos do time alvinegro. Tadeu, que desde o empate com o Náutico em 2×2, pela Série B do Brasileiro, quando perdeu dois gols incríveis e ao ser substituído foi muito vaiado pela torcida alvinegra. O atleta ficou fora dos últimos três jogos do Ceará, por opção do técnico Sérgio Soares.

Festa tricolor

Robert é o artilheiro do Brasil

Parecia mais uma festa de conquista de campeonato os festejos dos jogadores e da torcida do Fortaleza após o gol marcado pelo atacante Robert, aos 42min do 2º tempo, mostrando o quanto era importante, e principalmente, o quanto o elenco queria vencer o Águia de Marabá. O tabu de nunca ter vencido a equipe paraense parecia mais um “carma” ao clube tricolor. Os seis empates anteriores assemelhavam às tentativas frustradas de o Fortaleza buscar o tão sonhado acesso à Série B do Brasileiro.

Jornal Grande Porto 46  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you