Issuu on Google+

Publicação da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte - GRANBEL - Ano 11 - Nº 80 - Setembro/2011

Rede de Urgência e Emergência já aprovada vai solucionar a saúde de 104 municípios mineiros Ministério da Saúde e Estado vão dobrar a diária do CTI “O Ministério da Saúde está participando do custeio das portas de entrada da Urgência e Emergência da Região Metropolitana de Belo Horizonte e a contra partida do Estado é investir nos outros municípios da Macro Centro”. Rasível dos Reis, coordenador de Urgência e Emergência da SES Amauri de Souza

Dentro de um novo conceito de atendimento à saúde, com total relevância para a Atenção Básica, com todos os pontos de atendimento integrados e com comando único, o Projeto da Rede de Urgência e Emergência para a Macrorregião Centro foi apresentado pelo secretário de Estado da Saúde, Antônio Jorge, aos prefeitos, secretários municipais de saúde e assessores das prefeituras. A solenidade foi realizada na Cidade Administrativa, no dia 23 de agosto e, no dia seguinte (24/08), o Projeto foi apresentado no Ministério da Saúde, ao secretário Nacional de Atenção à Saúde, Helvécio Miranda Magalhães Júnior.

“Somente unindo forças é que podemos ter um aporte de recursos dos governos federal e estadual; por isso assumimos o compromisso de unir os prefeitos da Região Macro Centro em torno do Consórcio Intermunicipal Aliança para a Saúde”. Avelar

Antônio Jorge, secretário de Estado da Saúde; Rasível dos Reis Santos Júnior, coordenador de Urgência e Emergência da SES; Marcelo Teixeira, secretário municipal de Saúde de Belo Horizonte; Walace Ventura Andrade, prefeito de Ribeirão das Neves e presidente do CIAS; deputado estadual Dr. Viana; Rogério Avelar, presidente da Granbel; Acácio Mendes de Andrade, prefeito de Passa Quadro e vice-presidente da AMM e Camillo Fraga, diretor geral da Agência Metropolitana

“O presidente da Granbel Rogério Avelar foi contundente e a sua fala me tocou quando ele disse que a Rede de Urgência e Emergência para a Macrorregião Centro é uma janela de oportunidades que não podemos perder”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Antônio Jorge. Veja mais nas páginas 2 e 3

Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil 2011 segue a todo vapor na RMBH Em clima de entusiasmo, festa e alegria a abertura da Copa Granbel de Futebol Infantojuvenil 2011, lotou o Estádio Deodoro Campolina em Esmeraldas, na solenidade de abertura do dia 13 de agosto passado. Conheça os times de Futebol da Região Metropolitana de Belo Horizonte e quais são os favoritos para a rodada final, que deverá acontecer no dia 24 de setembro, no Estádio Arena do Jacaré, como preliminar do jogo marcardo para esta data. Páginas 5, 6, 7, 8 e 9

Amauri de Souza

O chute inicial foi dado pelo representante da Secretaria de Estado dos Esportes, o chefe de Gabinete Adair Vidal, que rolou a bola para o presidente da Granbel, Rogério Avelar, inaugurando assim a Copa Granbel 2011

Já estão abertas as inscrições para a Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil 2012, que vai contar também com o campeonato de Futebol Feminino


2 Rede de Urgência e Emergência na Macrorregião Centro

União dos 104 municípios em torno do CIAS Valter Luis

A implantação da Rede de Urgência e Emergência na Macrorregião Centro representa um momento único para o atendimento a saúde dos 6,3 milhões de habitantes dos 104 municípios participantes. É importante a participação e o comprometimento de todos os prefeitos , dos secretários municipais de saúde e dos vereadores para a estruturação da Rede de Urgência e Emergência, da Rede Cegonha e do Samu Regional. A Granbel tem atuado intensamente para que este projeto se torne realidade contribuindo assim para a melhoria da qualidade de vida de toda população da Macro Região Centro. A Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil, realizada com o apoio da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude, tem sido um sucesso, demonstrando a importância de incentivo as crianças e jovens para hábitos saudáveis, como a prática de esportes, além de proporcionar a integração entre os jovens das cidades metropolitanas favorecendo a troca de experiências e a cooperação mútua entre jovens e dirigentes esportivos.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha; o presidente da Granbel, Rogério Avelar e o secretário Nacional de Atenção à Saúde, Helvécio Miranda

O secretário Antônio Jorge e o presidente da Granbel foram unânimes em afirmar que a concretização do Projeto de Urgência e Emergência só será possível com a união de forças e que é importante que todos os municípios da Macrorregião Centro estejam incluídos no Consórcio Intermunicipal Aliança para a Saúde (CIAS), instrumento legal para o gerenciamento e beneficiamento de todas as questões ligadas à saúde. O Projeto de Urgência e Emergência inclui a Rede Cegonha e o SAMU Regional. O Projeto foi apresentado no Ministério da Saúde, no dia 24 de agosto, ao secretário NacioAmauri de Souza

Atenção Primária é parte integrante da Rede de Urgência e Emergência

A implantação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa em todos os municípios da RMBH tem sido uma das prioridades da Granbel. Este projeto teve início através da parceria entre a Granbel, o Sebrae e a Frente Nacional de Prefeitos. Vários cursos de capacitação foram realizados na sede da Granbel, envolvendo mais de 30 municípios e no último dia 31 de agosto foi realizado o Primeiro Fórum Metropolitano de Desenvolvimento Econômico, em Lagoa Santa, com mais de 60 representantes dos municípios da RMBH. A importância da implantação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa reside no fato que os micro e pequenos empresários são os maiores responsáveis pela geração de emprego e renda. A lei vai contribuir na dignidade dos empreendedores individuais, que estarão legalizados e aptos a ajudar no crescimento de seus municípios. A Granbel conclama todos os prefeitos a atuarem de forma efetiva para que tanto a Rede de Urgência e Emergência quanto a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa sejam em breve uma realidade. Rogério Avelar Presidente da Granbel

nal de Atenção à Saúde, Helvécio Miranda, que de prontidão acatou a Rede de Urgência e Emergência, solicitou que fosse feito o dimensionando do déficit de leitos de retaguarda e prometeu dobrar a diária dos leitos de CTI (Terapia Intensiva) de R$ 478,00 (quatrocentos e setenta e oito reais) para R$ 1.000,00 (hum mil reais). O coordenador da Urgência e Emergência da SES, Rasível dos Reis Santos Júnior, disse que a medida vai contemplar todos os hospitais que estão incluídos à nova Rede. “O Ministério da Saúde vai arcar com 800 reais e o Estado com 200 reais para o custeio da nova diária de CTI”, explica.

Rasível dos Reis Santos Júnior, coordenador da Urgência e Emergência da SES

Rasível ressalta que para a nova Rede de Urgência e Emergência é importante o trabalho integrado entre todos os pontos de atenção, onde todos são responsáveis pelo resultado final do atendimento ao paciente. A Rede prevê o atendimento estruturado da Atenção Primária para fazer a classificação de risco, assim como nos Prontos Socorros, que deverão usar a mesma linguagem (protocolo de Manchester) para permitir que o pa-

ciente seja atendido no local certo, no tempo certo, com a qualidade certa, com economia de escala, escopo e com foco no acesso do paciente.

Retaguarda de Leitos será adotada na nova Rede Outra medida contemplada para o Projeto de Urgência e Emergência foi a aprovação do custeio para os leitos de retaguarda: Unidade Coronariana, que também terá como pagamento a diária de R$ 1.000,00 (hum mil reais); Unidade de AVC (Acidente Vascular Cerebral), com R$ 350,00 a diária; leitos para internação de pacientes crônicos com pagamento de R$ 200,00 a diária e de ortopedia, com uma diária de aproximadamente R$ 500,00.

Tipologia Hospitalar O Ministério da Saúde vai publicar uma nova Portaria que divulga a tipologia hospitalar para o Brasil. A nova Portaria vai oferecer abertura para aceitar a tipologia hospitalar desenhada pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. De acordo com Rasível, esta também é uma medida adotada para aprovação do Projeto de Urgência e Emergência apresentado em Brasília pelo Estado.

Atenção Municípios que ainda não aderiram ao CIAS O presidente Rogério Avelar explica que a Granbel assumiu o compromisso, junto ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e ao secretário de Estado da Saúde Antônio Jorge, de auxiliar no processo de inclusão de todos os municípios da Macrorregião Centro no CIAS, no prazo máximo de 30 dias. A Entidade está à disposição dos municípios para quaisquer ações que possam contribuir para esclarecer as dúvidas porventura existentes e consolidar a participação de todos. Entre as inúmeras vantagens da rede de saúde, a participação de todos os municípios no Consórcio vai facilitar a implantação dos Projetos de Urgência e Emergência e da Rede Cegonha, além de viabilizar o suporte financeiro da União e do Estado, conforme ressaltado pelo Ministro Alexandre Padilha e pelo Secretário Antônio Jorge. A participação do município no Consórcio Intermunicipal Aliança para a Saúde depende da aprovação do Projeto de Lei, que deverá ser enviado à Câmara Municipal. Portanto, é fundamental a sensibilidade e apoio dos vereadores para a concretização do Projeto de Urgência e Emergência que vai beneficiar 6,3 milhões de pessoas.


3 Rede de Urgência e Emergência na Macrorregião Centro

Municípios da macrorregião Centro aderem a Rede de Urgência e Emergência Amauri de Souza

Granbel mobiliza prefeitos para adesão ao CIAS A Granbel está empenhada no trabalho para inclusão de todos os municípios da macrorregião Centro no Consórcio Intermunicipal Aliança para a Saúde (CIAS), através de ações que venham a conscientizar os prefeitos da importância da Adesão ao CIAS, instrumento pelo qual possibilitará a concretização da Rede de Urgência e Emergência.

Benefícios Representantes dos municípios da macrorregião Centro participaram da reunião de apresentação do Projeto sobre Rede de Urgência e Emergência, na Cidade Administrativa, no dia 23 de agosto, tendo forte adesão das cidades presentes. Com a implantação da rede, os municípios contarão com um Samu macrorregional exclusivo, composto por uma Central de Regulação de Urgência e Emergência, uma Central de Regulação Assistencial (SUS-Fácil) e um Núcleo de Educação Permanente, responsável por manter a alta qualidade do serviço por meio da educação continuada das equipes e do treinamento de novos funcionários. A medida beneficiará uma população estimada em 6,3 milhões de pessoas. De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, a reunião representou uma agenda importante de trabalho, pois a proposta já foi apresentada ao Ministério da Saúde, que está disposto a investir R$ 120 milhões no custeio da rede.

“Essa é uma janela de oportunidades que não podemos deixar passar. As esferas federal, estadual e municipal estão com a mesma visão sanitarista de organização da saúde em forma de redes assistenciais”. Secretário Antônio Jorge

Concretização da Rede através do CIAS Para que a implantação da rede se torne uma realidade, os municípios poderão se reunir num consórcio regional, instrumento eficaz de organização das ações de saúde. Recentemente, Belo Horizonte, Caeté, Ribeirão

O Projeto sobre Rede de Urgência e Emergência foi apresentando aos representantes dos municípios da Macrorregião Centro, na Cidade Administrativa, dia 23 de agosto

das Neves, Santa Luzia, Sabará, Nova Lima e Vespasiano, todos pertencentes à Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), se uniram e criaram o Consórcio Intermunicipal de Aliança pela Saúde (CIAS). O presidente do CIAS e prefeito de Ribeirão das Neves, Walace Ventura Andrade, reafirmou o compromisso do consórcio em conduzir as ações da rede, caso seja vontade da maioria.

“Nós já tivemos a adesão de muitos municípios. Estamos entusiasmados em fazer com que o consórcio possa ser instrumento amplo de operacionalização das ações que o Estado, de forma competente, vem fazendo”. Walace Ventura

O presidente Walace convidou os municípios da Macro Centro para, “juntos, assumirmos as responsabilidades e conduzirmos os trabalhos para que a saúde possa avançar e melhorar a qualidade de vida do cidadão”, assegurou.

Projeto inovador Durante a reunião, os presentes tiveram a oportunidade de assistir a um vídeo que retrata o funcionamento da rede no Norte de Minas, um projeto inovador que vem dando certo. O presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel) e prefeito de Lagoa Santa, Rogério Avelar, elogiou a iniciativa do Governo de Minas e conclamou aos prefeitos da macro Centro a aderirem à rede. Desde 2007, o Governo de Minas vem im-

plantando as redes de Urgência e Emergência no Estado. Estão em fase de implantação outras duas redes: Nordeste/Jequitinhonha; e CentroSul. Até 2013, espera-se que seja concluída a implantação nas demais macrorregiões do Estado (Triângulo Sul, Triângulo Norte, Sul, Sudeste, Leste, Noroeste, Oeste e Leste do Sul).

“O desafio foi grande. O Governo teve uma visão ampla ao implementar o projeto na região Norte. Agora a prioridade é a implantação da Rede de Urgência e Emergência na Macrorregião Centro, envolvendo 104 municípios e beneficiando uma população de 6,3 milhões de habitantes”. Rogério Avelar

O papel do SAMU-192 na Rede de Urgência e Emergência:

SAMU-192 Regional - Desafios:

• Ente de governança (complexo regulador); • Ponto de atenção resolutivo; • Componente logístico potente ( interligação física e tecnológica dos pontos de atenção); • Ponto de apoio operacional (banco de dados) - Rede virtual de urgência e emergência; • Ponto de classificação e gestão de risco – define acesso regulado do paciente ao local certo, com a resolubilidade certa, no tempo resposta certo e com a qualidade certa (prioridade clínica); • Integrar e regular os demais serviços de urgência.

• Falta de um ente regional para o gerenciamento - consórcio intermunicipal, agência regional, fundação; • Falta de modelo baseado na classificação de risco; • Ausência de um modelo de financiamento regional; • Enormes diferenças regionais (densidade demográfica, orçamento, etc.); • Descentralização ao nível municipal levando a perda de escala e fragmentação do sistema (Modelo federativo brasileiro); • SAMUs municipais existentes; • O critério único distribuição das ambulâncias (Precisa ser baseado em tempo resposta).


4

O E R A A ENC BLEMTE. PRO FREN DE

405(:4(0:0.<(3

405(:4(0:0.<(3

405(:4(0:0.<(3

405(:4(0:0.<(3

SEMINÁRIO LEGISLATIVO

POBREZA E DESIGUALDADE 405(:4(0:0.<(3

Para isso, a Assembleia Legislativa coloca em prática sua diretriz de “ser a voz dos mineiros no enfrentamento das desigualdades e na promoção da cidadania” e realiza o Seminário Legislativo Pobreza e Desigualdade. O objetivo é debater o assunto com a sociedade e buscar caminhos

que levem à erradicação da pobreza e à redução das desigualdades sociais e regionais no Estado. Serão 11 encontros no interior para levantar propostas em todas as regiões de Minas e um evento final em Belo Horizonte, de onde sairá um documento com a síntese das contribuições de todos os mineiros.

PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM. VAMOS CONSTRUIR JUNTOS UMA MINAS MAIS IGUAL.

CIDADES E DATAS DE REALIZAÇÃO DOS 11 ENCONTROS REGIONAIS* REGIÃO - MUNICÍPIO DATAS REGIÃO - MUNICÍPIO DATAS RMBH - Ribeirão das Neves Jequitinhonha/Mucuri - Araçuaí Rio Doce - Governador Valadares Alto Paranaíba - Patos de Minas Noroeste - Paracatu Norte - Montes Claros

5 - setembro 9 - setembro 13 - setembro 16 - setembro 19 - setembro 23 - setembro

Central - Sete Lagoas Triângulo - Uberlândia Centro-Oeste - Divinópolis Sul - Pouso Alegre Mata - Muriaé

ETAPA FINAL EM BELO HORIZONTE: 24, 25 E 26 DE OUTUBRO.

26 - setembro 29 - setembro 30 - setembro 3 - outubro 7 - outubro

www.almg.gov.br

@assembleiamg

* Sujeito à alteração. Consulte o site.

Nada menos que 900 mil mineiros, em todo o Estado, ainda estão na pobreza extrema. Essa situação precisa mudar.

405(:4(0:0.<(3


5 Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil 2011

Secretaria de Estado dos Esportes é parceira da Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil SEEJ

Horizonte, entre outros. O campeonato tem duração de 35 dias, conforme previsto na Tabela de Jogos. Os jogos da rodada final estão previstos para o dia 24 de setembro de 2011.

“Além do total apoio recebido pelo Governo do Estado, contamos também com a colaboração da comissão organizadora, que tem dado um show de desempenho na organização do evento” Rogério Avelar

O presidente da Granbel, Rogério Avelar, assina convênio na presença do sr. Adair Vidal, da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude

A Granbel assinou o Convênio com a Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude oficializando a parceria para a realização dos jogos da “Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil”. A Copa é uma iniciativa da GRANBEL, Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte, que já estava trabalhando no Projeto desde 2010. A abertura oficial da “Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil” aconteceu no dia 13/08, em Esmeraldas, no Estádio Deodoro Campolina, com o desfile dos 17 times participantes. Na ocasião, cada time participante recebeu uma bola oficial de futebol.

Anti Drogas O presidente da Granbel e prefeito de Lagoa Santa, Rogério Avelar, explica que a “Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil” tem como objetivo contribuir na formação social da

criança e do adolescente da RMBH, despertar o interesse para o esporte e imprimir neste seguimento da população o sentimento de disciplina e responsabilidade. “A Copa Granbel pretende, ainda, incentivar a estruturação de torneios locais, promover o intercâmbio esportivo e a integração dos atletas, além de contribuir com o programa anti-drogas do Governo do Estado”, afirmou. Na abertura dos jogos, os times de Esmeraldas venceram os de Belo Horizonte por 3x0, na categoria infantil e 2x1, na categoria juvenil. Além do presidente da Granbel, Rogério Avelar e do prefeito anfitrião, Luiz Flávio Leroy, o evento contou com as presenças dos prefeitos de Jaboticatubas, Luiz Mauro e de São Joaquim de Bicas, Toninho Resende; do chefe de gabinete da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude, Adair Vidal; dos secretários municipais de Esportes e dos presidentes das ligas esportivas dos municípios da Região Metropolitana de Belo Amauri de Souza

Abertura da Copa da Granbel em Esmeraldas

Premiação Todos os atletas vão receber medalha de participação. O campeão e o vice receberão troféus, medalhas e uniformes personalizados. O artilheiro da competição e o goleiro menos vazado também receberão troféus.

Municípios participantes Belo Horizonte, Betim, Brumadinho, Caeté, Esmeraldas, Itaguara, Itatiaiuçu, Jaboticatubas, Lagoa Santa, Matozinhos, Nova Lima,

Raposos, Ribeirão das Neves, Rio Acima, Santa Luzia, São Joaquim de Bicas e Vespasiano.

Copa Granbel 2012 A Comissão Organizadora já está preparando a Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil para 2012, que nesta edição, vai contar com a novidade do Futebol Feminino. Poderão se inscrever as jovens de 14 a 18 anos, na secretaria municipal de esportes de seu município. A abertura da Copa 2012, marcada para o dia 4 de março, será feita pelo Secretário de Estado dos Esportes e da Juventude, Bráulio José Tanus Braz, e vai contar com a participação dos 34 municípios da região metropolitana de Belo Horizonte, que já estão fazendo as suas inscrições. A antecipação da data de inscrição dos times foi reivindicada pelos próprios municípios que não tiveram a oportunidade de participar da edição 2011 da Copa Granbel.

Regulamento O Regulamento e a Tabela dos Jogos da Copa Granbel 2012 estão sendo preparadas pela Comissão Organizadora, que vem se reunindo periodicamente na Sede da Entidade todas as terças-feiras, às 15 Horas. Participe!

Comissão Organizadora Rogério César de Matos Avelar, presidente da GRANBEL; Samara Tomaz Alves Mota, coordenadora da comissão/Granbel; George Henrique Fernandes Lopes, auxiliar da coordenação/Granbel; Marco Antônio Diniz, coordenador técnico da Copa Centenário de BH; Wellington Luiz Figueiredo, presidente da Liga Matozinhos de Futebol; Hailton de Jesus Azevedo, coordenador de eventos da Prefeitura de Vespasiano; Leonardo Oliveira, assessor do vice-prefeito de Lagoa Santa; José Quirino, diretor de Esportes da Liga Ribeirão das Neves de Futebol; Rogério, diretor de Esportes da Liga Caeté de Futebol e João Marcos, diretor de Esportes da Liga Esmeraldas de Futebol. Amauri de Souza

A comissão organizadora se reúne todas as terças-feiras, às 15h na sede da Granbel


6 Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil 2011

Como anda a Copa Granbel nos municípios metropolitanos Com a palavra, as equipes técnicas Belo Horizonte Por ser a primeira vez que o município de Belo Horizonte participa de uma Copa diferenciada como a Copa Granbel, achamos que tudo vem sendo muito bem organizado. Belo Horizonte está sendo representada com seus atletas que fazem parte dos programas sociais da Prefeitura. Conta com a ajuda da Secretaria Municipal Adjunta de Esportes, através do secretário Municipal Fernando Marcus, em parceria com a Associação de Garantia dos Atletas Profissionais (AGAP), que disponibilizam toda a ajuda necessária, além de um grande trabalho social na cidade de Belo Horizonte atendendo a todas regionais.

Brumadinho O Canto do Rio Futebol Clube, núcleo do Forrobol, com o apoio da Prefeitura Municipal de Brumadinho, vem mostrando que com seriedade e compromisso é capaz de fazer um trabalho técnico, tático e social de qualidade. A garotada do Canto do Rio F. C. que está representando a cidade de Brumadinho vem enchendo de orgulho toda a cidade e principalmente a torcida tricolor. E a Copa Granbel, além da oportunidade de participar de uma competição onde a diretoria do clube tem oportunidade de avaliar seu plantel; também tem sido motivo de avaliações de atletas para a equipe que será formada no ano de 2012, onde o clube disputará o campeonato mineiro e comemorará seus 50 anos de aniversário.

Caeté O primeiro do jogo da equipe de Caeté x Raposos foi muito bem aceito, tanto pelas equipes como público presente no requisito organização e qualidade da arbitragem. Primeiramente gostaríamos de parabenizar a Granbel pela criação da Copa, principalmente por ser categorias de base. A participação da nossa juventude caeteense em atividades esportivas muito contribui para a formação, promovendo a integração social e o exercício da cidadania. Além da descoberta de novos talentos vem promovendo o desenvolvimento da cultura esportiva por meio da tradicional modalidade esportiva que é o futebol! O prefeito Ademir de Carvalho, o secretário de Esporte e Lazer, João Andrade Batista, juntamente com o presidente da Liga Municipal de Desporto, José Maria Assunção estão dando incentivo total para os times de Caeté.

Esmeraldas Encerrada a primeira fase da Copa Granbel, Esmeraldas se classifica na Categoria Juvenil e fica de fora do Infantil, mesmo com grande participação da garotada. A Prefeitura apoiou incondicionalmente os atletas participantes que continuam na luta para chegar ao título. Para Esmeraldas a Copa Granbel está sendo uma grande oportunidade para que nossos atletas possam brilhar nos campos de Minas e quem sabe no Brasil e no mundo.


7 Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil 2011

Como anda a Copa Granbel nos municípios metropolitanos Com a palavra, as equipes técnicas Itaguara O município de Itaguara tem recebido pleno apoio da Prefeitura, que pôde contribuir com todo o material esportivo para os atletas das duas categorias de base que estão competindo na Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil. Um outro parceiro que temos é o Clube Conquistano Futebol Clube que vêm cuidado de toda Infraestrutura e ainda contribuiu com o uniforme para os atletas. A Copa Granbel está sendo muito importante e trouxe um entusiasmo maior nas crianças e adolescentes, principalmente na área do futebol.

Itatiaiuçu Os Jogos vêm sendo realizados com incentivo e apoio total do prefeito, que fornece o transporte, o lanche dos atletas, uniforme e campo para treinamento e treinador. A equipe esportiva apresenta a seguinte sugestão: desenvolver trabalhos com crianças mais novas, pois o juvenil já não está dando para trabalhar mais. A COPA GRANBEL Representa para nossa equipe uma experiência vivida pelos atletas e comissão, sendo uma boa oportunidade para fazer amizade e também uma vitrine para o futebol Mineiro.

Jaboticatubas A Copa Granbel está sendo muito importante por criar este intercâmbio entre os municípios. Jaboticatubas participa com duas equipes, sendo os jogadores integrantes da escolinha do Palmeiras. O prefeito municipal Dr. Luiz Mauro vem dando o apoio logístico, transporte e lanche. Através da fundação municipal de Cultura Esporte Padre Messias Jabotur. A participação do município tem também todo apoio da Câmara Municipal.

Lagoa Santa A cidade Lagoa Santa vive um momento importante no esporte, mais especificamente no futebol, pois estamos disputando a Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil e a seleção de Lagoa Santa nas duas categorias de base vem desempenhando um bom papel na competição, liderando a Chave A nas duas categorias. Ressaltamos aqui o apoio que temos recebido da Prefeitura de Lagoa Santa nas pessoas do prefeito e do vice-prefeito, que além da estrutura oferecida à seleção de Lagoa Santa, têm sido torcedores assíduos nos jogos, incentivando os jogadores e a comissão técnica. Agradecemos aos torcedores que nos deram apoio comparecendo aos jogos em Matozinhos no dia 20/08/2011 e Lapinha no Campo Bela Vista no último sábado 27/08/2011.


8 Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil 2011

Como anda a Copa Granbel nos municípios metropolitanos Com a palavra, as equipes técnicas Matozinhos No dia 20 de agosto, no Campo do Cruzeiro/Matozinhos, aconteceu a primeira rodada da Copa Granbel entre Matozinhos x Lagoa Santa. Duas ótimas partidas com grandes lances e importantes jogadas individuais que definiram o placar favorável às equipes de Lagoa Santa, sendo: infantil, Matozinhos 1 x 2 Lagoa Santa e juvenil, Matozinhos 0 x 3 Lagoa Santa. Com o sol forte e um calor intenso foi necessário interromper as partidas para a hidratação dos atletas sendo que um atleta da equipe infantil de Lagoa Santa precisou ser levado de ambulância para o Pronto Atendimento por causa de mal estar durante a partida. De acordo com as informações médicas, o fato ocorreu em virtude do forte calor e por ingestão de alimentos gordurosos na noite anterior. Aproximadamente 150 (cento e cinqüenta) pessoas compareceram ao campo para prestigiar os jovens atletas. O prefeito de Matozinhos, Murilo Pereira de Rezende, esteve no local e disse que “é muito importante a realização de competições voltadas para jovens e adolescentes, pois, é preciso oferecer opções de lazer e apoio para que esteja cada dia mais longe da criminalidade, ressaltou. O prefeito de Lagoa Santa e presidente Granbel, Rogério Avelar, também compareceu e ressaltou a importância da competição que se tornou uma vitrine para o futebol infanto juvenil.

Nova Lima Sem dúvida, a Copa Granbel de Futebol Infanto e Juvenil repercute de forma positiva em todo município, já que para a convocação dos atletas houve envolvimento de todos os treinadores envolvidos com os jovens de Nova Lima. Dessa maneira existem jovens na nossa seleção de todas as partes de nosso município. Ressalta-se a participação do prefeito Municipal, do secretário de Esportes e Lazer que apóiam a iniciativa da liga em participar de tão importante evento voltado para os nossos jovens da região metropolitana de Belo Horizonte, propiciando aos mesmos momentos de lazer, entretenimento e inclusão social, afastando os jovens da ociosidade e da criminalidade. Com total envolvimento da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e da Liga Municipal de Desportos de Nova Lima, os jogos vêm sendo acompanhados pelo secretário de Esportes (Luiz Carlos Ferreira) e pelo presidente da Liga (Abílio Couto), demais funcionários, familiares dos atletas e abnegados pelo Esporte.

Raposos A Copa Granbel chegou para despertar em cada atleta jovem da cidade o incentivo à prática do esporte. Como Raposos sempre foi destaque em campeonatos de futebol, a escolha dos atletas foi bastante acirrada. A seleção de Raposos está muito empenhada para uma boa participação e tem o total apoio do atual prefeito Nélcio Duarte Neves, que não mediu esforços para que os atletas da cidade pudessem participar dessa copa. A prefeitura se prontificou a apoiar a equipe cedendo lanches, uniformes, transporte e todo o material esportivo. Os atletas tiveram também o total apoio do secretário de educação Glauber Lopes, da secretária de administração Geisevane Fróes e da chefe de gabinete do prefeito Geize Pires, que desde o pronunciamento da copa tem se prontificado e dedicado a acompanhar e coordenar os jogadores.

Ribeirão das Neves A seleção Infantil e Juvenil de Ribeirão das Neves comemora boa campanha na Copa Granbel 2011 e agradece o apoio recebido da Secretaria de Esportes, através de nosso secretário Flávio, que tem incentivado e prestigiado. O presidente da Liga de Ribeirão das Neves, sr. Valério, que tem acompanhado todos os jogos da seleção, está muito satisfeito com a participação dos atletas que estão levando a competição a sério. A classificação da categoria Infantil para a 2ª fase da Copa Granbel dará ainda mais uma oportunidade de divulgação do trabalho que está sendo feito na comissão de frente da seleção.


9 Copa Granbel de Futebol Infanto Juvenil 2011

Como anda a Copa Granbel nos municípios metropolitanos Com a palavra, as equipes técnicas Rio Acima O prefeito Mundico Cirilo, juntamente com o secretário de Esporte e Lazer, Clério Rocha Marinho, e demais funcionários da Secretaria, vem fazendo da Copa Granbel uma grande divulgação para o município e demais cidades vizinhas, além de prestigiar a equipe Semel, que está fazendo um belíssimo trabalho representando Rio Acima na Copa Granbel. Sendo satisfatório para os atletas e dirigentes, a participação neste torneio é de suma importância para Região Metropolitana que conta com mais de 15 equipes e com o apoio do secretário Clério Rocha. Rio Acima busca chegar nas finais da competição.

Santa Luzia A Copa Granbel está tendo boa repercussão em nosso município, com grande interesse de todos os atletas em participar e também dos torcedores. Infelizmente estamos tendo problema com o estádio e nem todos os jogos podem ser assistidos pelo público por ordem do Ministério Público. A Prefeitura tem nos dado todo o apoio necessário para a disputa da Copa Granbel. O nosso diretor de Esportes, Romeu Dias, juntamente com a secretária de Esportes também vêm dando a estrutura necessária para que seja feita uma boa campanha na Copa. Outras ajudas significativas que vimos recebendo para este campeonato são dos clubes de Santa Luzia, que estão cedendo seus atletas com o campeonato de base em pleno andamento.

São Joaquim de Bicas Para o prefeito de São Joaquim de Bicas, Toninho Resende, a realização da Copa Granbel contribuirá para fortalecimento das relações entre os municípios. “Por meio de um campeonato esportivo, promoveremos um diálogo mais estreito entre as cidades. Essa união é muito importante para o desenvolvimento da região”, afirmou. Cerca de 50 jovens de São Joaquim de Bicas, com idade entre 12 e 17 anos, participam da competição. “Entramos no torneio com muita vontade de ganhar. As partidas de sábado serão especiais, pois estaremos jogando em casa. Vamos com raça”, enfatizou o secretário Municipal de Esportes, José Fonseca.

Betim

Vespasiano


10 Lei Geral da Micro e Pequena Empresa

Municípios Metropolitanos colhem resultados da parceria entre Granbel/SEBRAE/FNP Fórum em Lagoa Santa discute Lei Geral da Micro e Pequena Empresa Secretários municipais de desenvolvimento econômico reuniram-se, em Lagoa Santa, para discutir aspectos da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa e do Empreendedor Individual que têm tudo para alavancar o crescimento econômico local ao combater a informalidade. Cerca de 60 dirigentes da Região Metropolitana de Belo Horizonte participaram das discussões que aconteceram no auditório do Ramada Hotel, no dia 31/08. O Fórum foi aberto pelo Prefeito de Nova União, Moacir Barbosa Figueiredo, que ressaltou a importância do evento para o fortalecimento econômico dos municípios e as oportunidades abertas pela realização da Copa de 2014. O prefeito de Nova União, Moacir Barbosa, representou o presidente da Associação dos Municípios da RMBH (Granbel), Rogério Avelar, que mandou uma mensagem aos participantes. Avelar afirmou que a existência do órgão somente faz sentido se as Prefeituras e os secretários se apoderarem dele. Ele colocou toda a estrutura da Granbel à disposição para a prática de iniciativas que contribuam para o desenvolvimento social e econômico da Região Metropolitana. Valter Luis

Moacir Barbosa, prefeito de Nova União

Convênio GRANBEL/ FNP/SEBRAE No mês de março de 2011, a Ganbel firmou parceria com a Frente Nacional de Prefeitos e SEBRAE para implantação do Projeto “Incentivo para o Desenvolvimento” nos municípios da RMBH. O primeiro curso sobre Municipalização da Lei Geral e Formalização do Empreendedor Individual foi realizado nos dias 29, 30 e 31 de março, na sede da Entidade, e contou com a

Ascom Prefeitura Lagoa Santa

Os secretários de desenvolvimento econômico da RMBH, reunidos em Lagoa Santa, discutiram sobre aspectos da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa e do Empreendedor Individual

participação dos secretários de desenvolvimento econômico de 14 prefeituras. O segundo, realizado no período de 16 a 19 de maio passado, também na sede da Granbel, formou 15 Agentes de Desenvolvimento representantes de municípios metropolitanos. O presidente da Granbel ressalta que a Associação vem trabalhando para a implantação da Lei Geral em todos os municípios da RMBH.

“O objetivo dos cursos que vêm sendo realizados na Granbel é esclarecer e organizar os secretários de desenvolvimento econômico para que as ações sejam implantadas com brevidade e eficácia. Os participantes estão levando as leis de seus municípios para o exercício de modelagem durante os Cursos” Rogério Avelar

relação à Lei. O principal objetivo é fazer com que o micro e pequeno empreendedor saiam da informalidade. Para que isso seja possível a Administração Municipal poderá promover uma série de ações de incentivo desde capacitações a isenções fiscais. O secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico de Lagoa Santa, José Leopoldo Corrêa, explicou que os micros e pequenos empresários são os maiores responsáveis pela geração de renda no município e fazer com que essa classe ingresse na formalidade é fundamental para a geração de emprego e renda, aumentando também o potencial de arrecadação.

“Assim, vamos realizar vários fóruns temáticos entre as Prefeituras para trocar idéias em prol de sua aprovação” Secretário José Lepoldo

Fórum esclarece dúvidas

Planejamento e Desburocratização

O Fórum Metropolitano de Secretários, Dirigentes e Agentes de Desenvolvimento Econômico serviu de oportunidade para que os participantes abordassem vários pontos em

O consultor da Prefeitura de Lagoa Santa, Tadahiro Tsoubuchi, discorreu sobre o processo de desburocratização implantado na Prefeitura. Segundo ele, planejamento é a chave de tudo e

em muitos casos essa lógica é deixada de lado na administração pública. Ele acrescentou que desburocratizar é fundamental para o desenvolvimento administrativo e econômico, seja em uma pequena empresa ou em um órgão governamental. Essa máxima tem pautado o trabalho que está sendo feito na Prefeitura de Lagoa Santa. “Estamos padronizando todos os nossos processos administrativos, bem como a estrutura física da entidade, com a criação do Centro Administrativo”, explicou. Tais ações serão fundamentais para melhorar os serviços prestados à população e na eficiência como um todo. O secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico de Juatuba, Ademilson Fagundes, falou a respeito da experiência da cidade na implantação da Lei.

Visita à Cidade Administrativa de Lagoa Santa Após o encerramento, os participantes fizeram uma visita ao Novo Centro Administrativo da Prefeitura Lagoa Santa, guiados pelo secretário José Leopoldo e não pouparam elogios à estrutura física que reúne em um único local o Gabinete do Prefeito e todas as Secretarias Municipais.


11 CEDEPLAR

Seminário inaugura o Programa Capacitação para o Planejamento Urbano no Contexto Metropolitano Foca Lisboa

PDDI

Mesa de abertura: Sandro Veríssimo, da Agência Metropolitana; Reynaldo Maia Muniz, diretor da FACE/UFMG; Rogério Avelar, prefeito de Lagoa Santa e presidente da GRANBEL; Clélio Campolina Diniz, reitor da UFMG; Carolina Baima, do Ministério das Cidades; Marcelo Faulhaber Campos, da Prefeitura de Belo Horizonte; Hugo Eduardo Araújo da Gama Cerqueira, diretor do Cedeplar/UFMG e Roberto Monte-Mór, professor do CEDEPLAR/UFMG e coordenador do ProExt

No Seminário sobre Desenvolvimento Metropolitano e a Agenda Nacional das Políticas Urbanas, promovido pela UFMG, foi inaugurado o Programa Capacitação para o Planejamento Urbano no Contexto Metropolitano. Realizado no último dia 11 de agosto, o Seminário foi aberto pelo Magnífico Reitor, professor Clélio Campolina Diniz, e contou com a participação da gerente de Planejamento da Secretaria Nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades, Carolina Baima, representando o ministro das Cidades; do dr. Mário Negromonte; do presidente da GRANBEL e prefeito de Lagoa Santa, Rogério Avelar, do secretário municipal de Desenvolvimento da Pre-

feitura de Belo Horizonte, Marcelo Faulhaber Campos, representando o prefeito Márcio Lacerda; do diretor da FACE - Faculdade de Ciências Econômicas, professor Reynaldo Maia Muniz; do diretor do CEDEPLAR - Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional, professor Hugo Cerqueira; do diretor de Regulação Metropolitana, Sandro Veríssimo Oliveira de Mirando, representando o diretor da Agência Metropolitana da RMBH, Camillo Fraga.

Lançamento do Programa O Programa Capacitação para o Planejamento Urbano no Contexto Metropolitano tem

Como participar Todos os secretários municipais e servidores das prefeituras da Região Metropolitana de Belo Horizonte podem participar, gratuitamente, dos módulos abaixo. Para maiores informações, contatar CEDEPLAR com Lucília (31)3409-7231

Módulo 1: Cadastro Territorial Multifinalitário Parte 1 - Nivelamento em Geoprocessamento Turma

Nº de alunos

3

24

Data 05/09/2011 - 2ª feira 06/09/2011 - 3ª feira

Horário de 8:30 as 17:30 de 8:30 as 12:30

Parte 2 - Nivelamento em Geoprocessamento Turma 1 2 3

Nº de alunos 68

Data 19/09/2011 - 2ª feira 20/09/2011 - 3ª feira 21/09/2011 - 4ª feira

Horário de 8:30 as 17:30 de 8:30 as 17:30 de 8:30 as 17:30

como objetivo capacitar técnicos e gestores das Prefeituras Municipais e de instituições sociais envolvidos com a política urbana e ambiental nos 34 municípios integrantes da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), na organização de sistemas de informações municipais, na organização de Cadastro Territorial Multifinalitário e no aperfeiçoamento e revisão de planos diretores municipais e legislação urbanística e ambiental, levando-se em consideração os desafios, as potencialidades e os interesses metropolitanos. O Programa conta com recursos do Ministério da Educação, do Ministério das Cidades e da UFMG, e é oferecido, sem ônus, às Prefeituras.

A escolha da Região Metropolitana de Belo Horizonte se justifica pelo envolvimento da equipe no projeto PDDI - Plano de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Belo Horizonte, elaborado por professores, pesquisadores e alunos de várias unidades da UFMG, sob a coordenação do CEDEPLAR, além de equipes da PUC-MG e da UEMG. O processo de elaboração do PDDI, bem como trabalhos anteriores da equipe realizados para a RMBH, têm evidenciado, durante as suas etapas participativas, uma crescente demanda tanto das prefeituras municipais quanto de outros setores e instituições de âmbito local para a qualificação de seus técnicos e gestores, levando em consideração o contexto metropolitano. Grande parte dessas demandas relacionase, de um lado, à constituição e organização de sistemas de informações municipais atualizados e completos, de outro, à necessidade de revisão e atualização dos planos diretores municipais e das legislações urbanísticas e ambientais. O Programa Capacitação para o Planejamento Urbano no Contexto Metropolitano terá a Coordenação do Professor Roberto Luís Monte-Mór, do CEDEPLAR, com a participação dos Professores Ana Clara Mourão Moura, Jupira Gomes de Mendonça e Rogério Palhares Zschaber de Araújo, da Escola de Arquitetura EAU/UFMG, Professores Geraldo Magela e Heloísa Costa do Instituto de Geociências – IGC/UFMG, dos Consultores Professor Ângelo Rizzo Neto e Hamilton Moreira Ferreira, e do Economista José Tanajura Carvalho.

Módulo 2: Bases de informações oficiais sobre os municípios Turma

Nº de alunos

1

34

2

34

Data 26/09/2011 - 2ª feira 27/09/2011 - 3ª feira 28/09/2011 - 4ª feira 28/09/2011 - 4ª feira 29/09/2011 - 5ª feira 30/09/2011 - 6ª feira

Horário de 8:30 as 17:30 de 8:30 as 17:30 de 8:30 as 12:30 de 13:30 as 17:30 de 8:30 as 17:30 de 8:30 as 17:30

Módulo 3: Atualização e revisão de planos diretores municipais e demais legislações urbanísticas e ambientais Turma

Nº de alunos

1

102

Data 13/10/2011 - 5ª feira 14/10/2011 - 6ª feira 19/10/2011 - 4ª feira 20/10/2011 - 5ª feira 21/10/2011 - 6ª feira

Horário de 8:30 as 17:30 de 8:30 as 17:30 de 18:30 as 17:30 de 8:30 as 17:30 de 8:30 as 17:30


12 O que acontece nos municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte - Mateus Leme/MG

Prefeitura constrói mais uma Unidade Básica de Saúde no bairro Santa Bárbara As obras de construção da nova Unidade Básica de Saúde do Bairro Santa Bárbara, em Mateus Leme, já estão adiantadas, com previsão de inauguração para os próximos meses. A UBS oferecerá serviços cada vez mais de qualidade, diminuindo as filas de espera para os moradores dos bairros Santa Bárbara, Conceza, Central, João Paulo II, Santa Luzia, Nossa Senhora Aparecida e parte do Mangabeiras. O terreno de 768 m² tem uma área construída de 520 m², com capacidade para atender aproximadamente 3.500 pessoas. O investimento na ordem de R$ 440 mil teve recurso enviado pelo Governo Estadual e contrapartida do município. A população terá diariamente atendimento médico, odontológico com o programa de saúde bucal, um enfermeiro, dois técnicos de

Publicação da GRANBEL Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte 31ª DIRETORIA EXECUTIVA: Presidente Rogério Avelar (PPS)- Prefeito de Lagoa Santa Vice-Presidente Marília Campos (PT)- Prefeita de Contagem Diretor Tesoureiro Luiz Flávio Leroy (PPS)- Prefeito de Esmeraldas Diretor Secretário Marcílio Bezerra da Cruz (PSDB) - Prefeito de Taquaraçu de Minas Diretor Administrativo Antônio Carlos Resende (PMDB)- Prefeito de São Joaquim de Bicas Redação e Edição Jornalista Alba Lucinda de Souza Colaboradoras Ilma Marques Tomaz Mota/Samara Tomaz Alves Mota/ Cristina Rezende Pinto Ferreira Diagramação: Valter Luis da Costa Tiragem: 20.000 Home Page: www.granbel.com.br E-mail: granbel@granbel.com.br Distribuído para todos os 853 municípios mineiros

Obras de construção da UBS no bairro Santa Bárbara

enfermagem. Além dos serviços de nebulização, curativos, aferição de pressão arterial, exames preventivos entre outros. Seis agentes comunitários de saúde visitarão periodicamente as residências, realizando o trabalho de promoção e prevenção da saúde.

Outra grande obra na área da saúde, em Mateus Leme, já está bastante adiantada: a Unidade de Pronto Atendimento, que está sendo construída em um terreno de 1.587 m² no Bairro Vale Verde, escolhido, estrategicamente, pela facilidade de acesso à Rodovia MG-050,

fazendo o deslocamento de pacientes para outros municípios de acordo com a demanda. A UPA que funcionará 24 horas tem investimento de R$1 milhão e quatrocentos mil e estará equipada tanto para atender as pequenas e médias emergências e urgências, até a remoção de pacientes mais graves. O recurso inclui a construção e compra de equipamentos modernos, com a previsão de entrega para os próximos meses deste ano. Provisoriamente, o atendimento à população é feito na antiga Unidade de Atenção à Mulher, que foi reformada no centro da cidade, com plantão 24 horas. Além destes serviços, o município conta também com o funcionamento de sete ESF’s - Estratégia de Saúde da Família, atingindo o índice de 92% de cobertura de Atenção Básica. Com estas obras, a atual administração mostra a visão futurista e empreendedora e que o município entrou no novo tempo de desenvolvimento e progresso.

Prefeitura assina ordem de serviço para calçamento de ruas no Distrito de Serra Azul No início de julho, o prefeito Marlon Aurélio Guimarães assinou ordens de serviços para calçamento de ruas nos bairros João Paulo II, Mangabeiras, Reta, Araçás e Petrópolis no Distrito de Serra Azul. Segundo o prefeito, parte do recurso é do próprio município e outro montante foi conseguido junto ao Governo Federal e Governo Estadual. Cada bairro terá um prazo para conclusão dos serviços, pois cada obra demandará um período diferente, devido a quantidade variada de ruas que serão calçadas em cada local. Mas até o final deste ano, as trintas vias estarão prontas. No Bairro Central, as obras de calçamento estão quase concluídas. O recurso na ordem de R$215 mil foi conseguido pelo prefeito Marlon Aurélio Guimarães junto ao Governo Federal, sendo liberado para o município após assinatura de convênio com a Caixa Econômica Federal e contrapartida da prefeitura. O calçamento poliédrico beneficia as seguintes ruas: Realino Pinheiro, Idalina Moreira, Horácio Martins, Ciro Fonseca e Juvenal Saraiva. A previsão é que nos próximos dias, o serviço seja concluído.

“Mais estas obras entregues pela nossa administração beneficiarão não só os moradores dos bairros citados, mas também as pessoas que transitam pelas vias. Com este recurso foi possível atender uma antiga reivindicação da comunidade, que há vários anos sofre com a poeira e o barro na porta das residências” Marlon Aurélio, prefeito de Mateus Leme

Calçamento na rua do bairro Central

É desta forma que o Governo de Mateus Leme melhora a qualidade de vida da população. Fotos: Kildary Medeiros


Informe Granbel 80