Page 1

MODA CADERNO ESPECIAL

BRUSQUE

| QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2012

A D O M A D O C I S Á B O

OUPA -R A D R A U G NO SEU R A LT A F M E ÃO POD N E U Q S A AS PEÇ

O N R E V N I S A I C TENDÊN

ESTAÇÃO A A R A P S S ESTILISTA O D S A T S O P AS E AS A Ç E P S E R O H L AS ME

O C É D T R A O E A A MOD

M 2012 E S A L E R A S S O NAS PA IC T ÍS T R A O T N E MOVIME S S E D IA C N Ê A INFLU

Não pode ser vendido separadamente.


2

CADERNO ESPECIAL

MODA

| BRUSQUE | QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2012

EDITORIAL

Bom dia, Brasil!

Em plena semana de “ressacaâ€? pĂłs Carnaval iniciamos a sĂŠrie 2012 do Caderno de Moda que terĂĄ novamente ediçþes bimestrais para vocĂŞ curtir e se informar sobre tendĂŞncias de moda e tudo o que ronda a moda feminina, masculina e infantil. Estamos preparando nĂşmeros especiais para ninguĂŠm ficar de fora. Esperamos que goste! Nesta primeira edição preparamos um material especial com o melhor das tendĂŞncias para o inverno 2012. Depois de ver os desfiles das maiores semanas de moda nacionais filtramos as melhores propostas e transformamos em apostas para vocĂŞ se preparar para o frio. O Art dĂŠco ĂŠ um movimento de arte, design e arquitetura da primeira metade do sĂŠculo passado e nesta estação ele volta a aparecer como uma inspiração para as formas, as cores, as estampas e os tecidos trazendo luxo e elegância aos nossos guarda-roupas. Na matĂŠria “InfluĂŞncia Moda-dĂŠcoâ€? apresentamos um pouco do que significou o movimento e como ele ĂŠ revisitado neste inverno. E, na abertura do nosso caderno mais uma enquete no Fashionbook. Dessa vez perguntamos a algumas pessoas qual peça nĂŁo pode faltar no seu guarda-roupa. Nossos entrevistados responderam o que? Muito seguros, investem sempre num bom bĂĄsico que acabou levando a nossa outra matĂŠria “O bĂĄsico nosso de todo diaâ€? onde falamos o quanto essas peças sĂŁo importantes, versĂĄteis e como, mesmo bĂĄsicas, elas nos ajudam a construir nosso estilo de ser e vestir.

fashionbook Qual peça não pode faltar no seu guarda-roupa?

Perguntamos a designers de moda e tambÊm para quem gosta de moda que peça Ê LQGLVSHQViYHOQRJXDUGDURXSD4XHUVDEHURTXHHOHVUHVSRQGHUDP"&RQ‍ۋ‏UDDTXL &XUWLU‡&RPHQWDU‡KiGLDVYLD)DVKLRQERRN

Rodrigo Zen “Item indispensĂĄvel pra mim ĂŠ uma boa camisa branca, de um bom tecido e corte ajustado. Variando os acessĂłrios e as combinaçþes, vou desde um casamento atĂŠ uma tarde de diversĂŁo com os amigos na balada de frente pro mar.â€? 5RGULJR=HQGLUHWRUFULDWLYRGD6WXGLR):'$VVHVVRULDGH0RGDH0DUNHWLQJ‡&XUWLU

'DQLHOD=HQGURQ3HURQ ´3UD PLP R TXH QmR SRGH IDOWDU QR DUPiULR p PLQKD MDTXHWD GH FRXURSUHWDDFLQWXUDGD$PLQKDWHPDRSomRGHXVDUFRPRXVHP JRODGHSrOR$GRURHpVXSHUYHUViWLO1mRYLYRVHP¾ 'DQLHOD=HQGURQ3HURQ‍ۋ‏VLRWHUDSHXWDHSURIHVVRUDGH3LODWHVGD&RUSXV)LVLRWHUDSLDH5HDELOLWDomR‡&XUWLU

$QHOLVH6WROWHQEHUJ “Eu penso que o jeans, sempre ele, ĂŠ o curinga de qualquer guarda roupa. Uma boa calça jeans, de preferĂŞncia com uma lavagem lisa HVHPDSOLFDo}HVpXPDSHoDSDUDXVDUDTXDOTXHUKRUDHPTXDOquer lugar, alĂŠm de combinar com quase tudo.â€? $QHOLVH6WROWHQEHUJ‡&XUWLU

6RQLD0DULDGD6LOYD “Camisetas brancas, seja qual for a estação.â€? 6RQLD0DULDGD6LOYDHVWLOLVWD‡&XUWLU

-XOLD*DEULHOD'HVFKDPSV ´&RP FHUWH]D D FDOoD MHDQV YHUVDWLOLGDGH p D PLQKD SDODYUD para ela.� -XOLD*DEULHOD'HVFKDPSVHVWXGDQWH‡&XUWLU Escreva um comentårio...

 sobre  as is a m   ia e L e voritas  d peças  fa ores  na it le   s o s s o n o  lado! matÊria  a

Aproveite o finalzinho da semana para retomar o fôlego, começar o ano com força total e informe-se com o Caderno de Moda!

Pesquisa e Textos

Comercial

Graziela Morelli *

comercial@municipiodiaadia.com.br

Projeto GrĂĄfico

Jornal MunicĂ­pio Dia a Dia

Editora-Chefe LetĂ­cia Schlindwein

Rua Felipe Schmidt, 31 - sl. 01 Centro - Brusque - SC Fone: (47) 3351-1980 www.municipiodiaadia.com.br

*GRAZIELA MORELLI

Formada em Moda pela Udesc com especialização, mestre em Ciências da Linguagem e doutoranda no mesmo programa. Coordenou o curso de Design de Moda da Unifebe por 4 anos onde leciona atualmente e tambÊm Ê professora da Univali. Trabalha com comunicação e produção de moda colaborando com alguns veículos como a Revista Catarina e o Jornal Município Dia a Dia de Brusque e foi editora do site Santa Moda quando fez cobertura de vårias ediçþes do São Paulo Fashion Week e eventos regionais. Desde que iniciou sua carreira, as atençþes estão voltadas para a pesquisa de moda e tendências e a comunicação e produção de moda.


CADERNO ESPECIAL

| BRUSQUE | QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2012

O BÁSICO NOSSO DE TODO DIA

MODA

3

TENDÊNCIAS

TEXTO

Graziela Morelli FOTOS

Sites diversos*

Chamadas de básicas pois estão em todos os guarda-roupas, mas indispensáveis para marcar estilo e identidade

Camisa branca

Primeiro, a camisa era considerada um item que fazia parte apenas do guarda-roupa masculino e um símbolo de limpeza (o branco simbolizava isso) e sobriedade. Durante muito tempo considerada uma roupa de baixo, hoje ela é usada como item único e vai dos momentos de lazer como uma saída de praia até ambientes de negócios.

Jeans

Ele foi usado primeiro pelos mineradores e chegou até nós como um símbolo de rebeldia jovem. Hoje, em várias tonalidades e modelagens, o jeans frequenta todos os guarda-roupas, dos mais jovens aos mais velhos.

*www.facehunter.blogspot.com / www.thesartorialist.com / www.oqvestir.com.br / www.jakandjill.com

T

odo dia quando abrimos o guarda-roupara para escolhermos o “look do dia” nos deparamos com algumas peças que parece que fazem parte da gente, que fazem com que nos identificamos e que parecem que fazem parte da nossa personalidade. Muitas dessas peças são consideradas “básicas” e não estão só no nosso guarda-roupa, mas no de muitas pessoas. O que muda, então? O que faz nós considerarmos que essa peça pareça a nossa cara? É o jeito que a vestimos, as combinações que fazemos e o quanto ela nos acompanha. Afinal, é através principalmente daquelas peças que chamamos de básicos que construímos nosso estilo de cada dia, incluindo e combinando com outras peças de moda, de brechó, ou feitas por nós mesmos. Nessa edição do Caderno de Moda consultamos várias pessoas para saber que peças não podem faltar nos seus guarda-roupas e qual foi a nossa surpresa? Todos escolheram os básicos, mas assim como comentamos na abertura da matéria, nos ajudam a construir nosso estilo pois são elas que, combinadas a outras peças, nos identificam e falam quem somos e a que viemos. Em tempos de streetstyle, escolhemos alguns looks que “desfilaram” pelas ruas ao redor do mundo para mostrar como fashionistas e anônimos usam os básicos a seu favor, no inverno e no verão, para construir seu estilo de ser e vestir.

Camiseta branca

Mais uma peça que foi usada como roupa de baixo por muito tempo mas depois disso se tornou um grande meio de expressão ao ser usada para imprimir estampas, manifestos e ser customizada ao gosto de cada um.

Jaqueta de couro

Mais um item que já foi considerado parte do guarda-roupa de jovens rebeldes se lembrarmos da “juventude transviada”. Hoje, uma boa jaqueta dura a vida toda e é um curinga para várias produções, principalmente quando se quer um estilo descontraído informal.


4

CADERNO ESPECIAL

MODA

| BRUSQUE | QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2012

INFLUÊNCIA

Moda-déco! A influência do Art déco, movimento de arte, design e arquitetura das primeiras décadas do século XX, invade as passarelas do inverno 2012

A

arte e a arquitetura sempre servem de inspiração para a moda, seja em um movimento dos dias de hoje ou de tempos que ficaram para trás. Nas passarelas que apresentaram as tendências para o inverno 2012 o Art Déco, um estilo de arte moderna da primeira metade do século passado marcou presença através de suas linhas, cores e estampas. Art déco é uma expressão francesa que se refere a arte decorativa e se originou em Paris com a Exposition Universelle des Arts Décoratifs em 1925. Considerada por alguns uma modernização do estilo art nouveau, era considerado um movimento eclético que misturava vários elementos do início do século XX como o construtivismo, Bauhaus, o futurismo e o cubismo. Influenciou através de suas linhas simplificadas, com padrões geométricos, os objetos da vida cotidiana, desde mobiliário, tecidos, vitrais até paisagismo, arquitetura, publicidade, artes gráficas e a moda, imprimindo um ar de modernidade. Inicialmente, o estilo apareceu exibindo muito luxo em materiais caros, acessíveis apenas à burguesia enriquecida do pós-guerra. Exemplos disso são as roupas criadas pelo estilista Paul Poiret e pela artista Sonia Delaunay, os vasos de René Lalique e as padronagens de Erté. Depois, com a expansão do estilo a outras partes

O ESTILO ART DÉCO NA MODA DO INVERNO 2012 Shape Cores

Cinturas baixas com formas mais amplas, que não marcam muito o corpo e silhueta retangular, seja pela falta de cintura ou pelo ombro evidente e quadrado são características dessa tendência. As cores são mais discretas, em tons neutros ou escuros pontuadas por alguns metalizados e brilhosos.

Os materiais são nobres e podem aparecer misturados. Veludo, cetim e tecidos que tragam uma transparência estão entre os mais usados. Segundo Katie Surch, editora do bureau de pesquisa WGSN, comenta na revista Elle que “a recessão forçou os estilistas a deixarem as peças mais limpas e menos ostensivas. Para que elas não perdessem o valor, investiram pesado em tecidos nobres”.

Materiais

Estampas

As estampas têm forte traço geométrico, às vezes com inspiração étnica de culturas orientais ou hindu, asteca e egípcia e às vezes traçando listras, quadrados e retângulos em vários tamanhos.

do mundo e a industrialização que possibilitou a produção em massa utilizando materiais mais baratos, o movimento ampliou sua presença em quase todos os objetos cotidianos.Na arquitetura pode-se encontrar vários representantes deste estilo ainda dos dias de hoje como o Cristo Redentor no Rio de Janeiro, que é considerada a maior estátua art déco do mundo, o edifício Chrysler em Nova York e vários prédios em Miami Beach. Por considerar-se um estilo moderno, o Art déco dialogava com artes e contribuições de outras culturas como a hindu, a asteca, a egípcia e oriental com inspiração no balé russo de Diaghilev o que resultou em novas formas para a moda, por exemplo, entre estampas e a utilização de materiais diferenciados. Nas passarelas das semanas de moda nacionais, a inspiração art déco se apresentou de forma clara e trouxe certo glamour reunindo um pouco de tudo o que esse estilo representava na sua fase áurea. As formas geométricas, seja nas estampas ou nos shapes das peças e o uso de materiais e cores nobres criando uma silhueta limpa, sem excessos trouxe essa atmosfera modernista.

TEXTO

Graziela Morelli FOTOS

Agência Fotosite e Divulgação


8

CADERNO ESPECIAL

MODA

| BRUSQUE | QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2012

O melhor da moda inverno TENDÊNCIAS

As melhores peças, as apostas dos estilistas e as tendências mais importantes para você se atualizar para o próximo inverno

V

ira o ano e logo, logo estilistas, compradores, consumidores e jornalistas se reúnem nos grandes eventos de moda em função de um objetivo: lançar as coleções das grifes de moda e apresentar as tendências que veremos nas ruas nos meses seguintes. Para estilistas exige muita pesquisa, muita intuição e muita criatividade; para compradores exige olho clínico para saber quais de todos aqueles modelos apresentados seu consumidor vai se encantar e para jornalistas as semanas de moda exigem fôlego de maratona e muito knowhow para traduzir o que de mais importante se vê nas passarelas. O consumidor é aquele que fica com o melhor de tudo: afinal, é tudo feito para ele. Seu esforço está em filtrar as peças que mais se adequam ao seu estilo e criar novos looks que refletem sua personalidade, seu humor, seus valores e suas escolhas.

As passarelas que apresentaram as coleções para o inverno 2012 mostraram algumas ideias novas e outras que dão continuidade ao que já estamos usando desde o inverno passado, atualizando sempre, claro! Uma das peças que estamos usando no verão e que apareceu com toda força no inverno foi o macacão tanto em versões total print como em looks monocromáticos. Aliás, a monocromia apareceu forte em muitos desfiles. Como assim? Muitos looks nas passarelas eram compostos de peças todas da mesma cor ou com diferenças sutis de tons, criando um bloco de uma única cor - os temíveis conjuntinhos. Outra peça que marcou alguns desfiles foi a saia, que apareceu em algumas modelagens diferentes: curtas em vestidos soltinhos ou em composições com peças mais amplas na parte

TEXTO

Graziela Morelli FOTOS

Agência Fotosite

de cima e; na altura do joelho em saias lápis ou vestidos bem femininos ou abaixo do joelho - a novidade da estação - para quem tem pernas longas e quer parecer muito elegante. A silhueta foi marcada por duas formas novas: a primeira foi a mais arredondada com a ajuda de casacos e modelagens que não marcavam a cintura destacando um pouco o volume dos ombros e mangas e a segunda é a silhueta mais retangular trazida pela influência do estilo art-déco com cintura baixa e solta. Agora, confira o que se viu de melhor nas passarelas do SPFW e do Fashion Rio para esquentar nosso inverno.

As cores As cores estão entre os elementos mais importantes da composição das nossas roupas, afinal são elas que nos chamam atenção primeiro (pelo menos para a maioria das pessoas) ao batermos o olho. Neste inverno temos uma seleção de cores escuras e neutras acompanhadas de algumas cores fortes que vão iluminar as producões. Na cartela de escuros e neutros temos o preto, o verde que apareceu principalmente num tom verde militar e no verde bandeira e as cores terrosas em diversas tonalidades, desde o bege até o marrom passando por versões em ocre e ferrugem. Já na cartela de cores fortes destacamos o azul numa tonalidade intensa royal ou bic e os tons de laranja e coral que dão um up em qualquer look.


CADERNO ESPECIAL

| BRUSQUE | QUINTA-FEIRA, 23 DE FEVEREIRO DE 2012

Os tecidos

MODA

Os materiais deste inverno misturam luxo e tecnologia. Alguns deles aparecem todos os anos no inverno, mas a cada ano são atualizados e

outros resolveram dar o ar da graça de volta de 2012 para produzir looks cheios de elegância. Quais são os materiais desta estação? Em primeiro lugar o couro: couro natural, ecológico ou tecidos que imitam o efeito do couro - plastificados ou não - estiveram entre os mais frequentes nas passarelas. O couro apareceu em casacos, calças, vestidos, jaquetas e coletões em efeitos com brilho, fosco, coloridos texturado ou metalizado. Os tecidos peludos, preferencialmente sintéticos, também apareceram bastante, tanto em pelos longos como em pelos curtinhos. Para dar um ar chique o cetim e o veludo são fortes apostas para o inverno assim como a renda que, apesar de termos usado bastante nas últimas estações, chega ao inverno 2012 reciclada com novos acabamentos, efeitos e desenhos. Por fim, o tricô - uma delícia em qualquer inverno - que aparece em misturas de fios parecendo patchwork e com golas grandes e volumosas.

Os efeitos

Os efeitos são um especial à parte. São eles que complementam e atualizam qualquer produção. Entre os efeitos que fazem parte das coleções de inverno eleitos pelo Caderno de Moda estão o brilho metalizado, a transparência, a mistura de materiais, as franjas, as estampas geométricas e étnicas e os looks monocromáticos. O brilho metalizado apareceu em muitas coleções nas mais diversas cores. Eles dão um certo ar futurista e tecnológico aos looks e são boas opções para looks tanto para o dia quanto para a noite (para o dia o melhor são as cores mais discretas). A transparência apareceu em composição com peças ou materiais mais pesados. Afinal, mesmo que nosso inverno não seja o mais frio, ainda precisamos nos agasalhar. Aqui, a ideia está nas produções que misturam o pesado e o leve, o transparente e o opaco. Os destaques são o veludo com chiffon, couro com seda e peças bordadas. A mistura de materiais se deu em dois campos: o primeiro na mistura de tecidos - o pesado e o leve, o liso e o texturizado; e o segundo se deu na mistura de padronagens. Duas e até três padronagens apareceram compondo o mesmo look. As franjas, assim como as plumas, apareceram para trazer glamour e movimento a algumas coleções. Em vestidos, casacos e saias as plumas e franjas trazem descontração e elegância. As estampas são um item especial neste inverno. Geralmente no inverno temos estampas mais discretas e, em muitos invernos, esses elementos aparecem de uma forma bastante tímida. Mas este ano eles marcaram uma forte presença nas passarelas e com certeza estarão nas ruas. Estampas com elementos étnicos vindos principalmente de culturas que trazem traços geométricos ou do art déco, além de estampas de manchas e lembrando animais são as referências certeiras. E, para contrabalançar os looks cheios de padronagens vimos também muitos conjuntinhos (lisos ou estampados) e produções monocromáticas, ou seja, blusa e calça da mesma cor, vestido e casaco no mesmo tom criando um bloco único de cor.

9

Caderno de Moda_ Edição 01/12  

Caderno de Moda publicado no Jornal Município Mais em 23 de fevereiro de 2012