Page 1

Cartilha do E.P.I. EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

NESTA CARTILHA VAMOS APRENDER UM POUCO MAIS SOBRE OS EQUIPAMENTOS QUE NOS PROTEGEM DOS RISCOS E AJUDAM MANTER NOSSA SAÚDE, OS EPI’S.


E.P.I.

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

Conceito Legal Equipamento de Proteção Individual é todo dispositivo ou produto, de uso individual, utilizado pelo trabalhador, destinado a proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho.

Obrigatoriedade Lei 6514 de 22/12/77 altera o Capítulo V do Título II da CLT , estabelecendo uma série de disposições quanto a segurança e medicina do trabalho. Portaria n.º 3214 / 78 , aprova as Normas Regulamentadoras - NR do mesmo Capítulo. NR 6 Equipamentos de Proteção Individual (EPI) Estabelece e define os tipos de EPIs que as empresas estão obrigadas a fornecer a seus Empregados, sempre que as condições de trabalho o exigir, a fim de resguar- dar a saúde e a integridade física dos Trabalhadores.

1


Legislação A empresa é obrigada a fornecer aos empregados, de forma gratuita, EPI adequado ao risco, em perfeito estado de conservação e funcionamento, nas seguintes circunstâncias: a) Sempre que medidas de ordem geral não ofereçam completa proteção contra os riscos de acidentes do trabalho ou de doenças profissionais e do trabalho; b) Enquanto as medidas de proteção coletiva estiverem sendo implantadas; c) Para atender situações de emergência.

Recibo de entrega Ao fornecer um EPI ao empregado, deve ser efetuado o registro formal desta entrega. Preparar um formulário com no mínimo os seguintes dados: • Nome do Empregado / Endereço; • Data da entrega do EPI; • Tipo de EPI e respectivo número do CA; • Assinatura do empregado.

2


Responsabilidades A legislação trabalhista prevê que:

Obrigações do Empregador: • Adquirir o adequado ao risco da atividade; • Exigir seu uso; • Fornecer somente o EPI aprovado pelo órgão nacional competente; • Orientar e treinar o trabalhador quanto a seu uso, guarda e conservação; • Substituir imediatamente quando extraviado ou danificado; • Responsabilizar-se por sua manutenção e higienização; • Fiscalizar e exigir o uso dos EPI; • Repor os EPI danificados; • Comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada.

Obrigações do Empregado: • Usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina; • Responsabilizar-se por sua guarda e conservação; • Comunicar qualquer alteração que o torne impróprio para uso; • Cumprir as determinações do empregador sobre seu uso adequado.

Quem falhar nestas obrigações poderá ser responsabilizado 3


Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) fazem parte de nosso dia-a-dia, mas será que sabemos exatamente para o que eles servem? Conheça um pouco mais sobre esses equipamentos que nos protegem e podem até salvar nossa vida.

Tipos de EPI Capacete • Proteção da cabeça;

CAPACETE COM JUGULAR

• Proteção do crânio contra impactos, choques elétricos e no combate a incêndios.

Capuz ou Touca • Proteção do crânio contra riscos de origem térmica, respingos de produtos químicos e contato com partes móveis de máquinas.

4


Proteção dos olhos e face Óculos de Proteção Proteção contra impactos de partículas volantes, respingos de produtos químicos, luminosidade intensa, radiação ultravioleta ou radiação infravermelha.

5


Proteção dos olhos e face Viseira facial Protege os olhos e o rosto contra respingos durante o manuseio e a aplicação, serviços de solda, etc.

6


Proteção da pele • Proteção da pele contra a ação de produtos químicos em geral; • Protetor Solar O filtro solar tem como objetivo evitar a insolação e inclusive queimaduras. O filtro solar não deve ser utilizado apenas nos dias de sol, ele deve ser usado todos os dias até mesmo no inverno. Então, não deixe de usar!

Proteção dos membros superiores • Luvas de proteção • Mangas, Mangotes, Dedeiras Proteção de mãos, dedos e braços de riscos mecânicos, térmicos e químicos

7


Proteção dos membros inferiores • Calçados de segurança • Botas e botinas Proteção de pés, dedos dos pés e pernas contra riscos de origem térmica, umidade, produtos químicos, quedas de materiais ou objetos pesados.

Proteção contra quedas com diferença de nível

• Cintos de segurança • Trava quedas; • Tipo páraquedista e com talabarte; • Cadeiras suspensas. Uso em trabalhos acima de 2 metros

8


Proteção respiratória Máscaras de proteção respiratória. Proteção do sistema respiratório contra gases, vapores, névoas, poeiras.

Proteção para o corpo em geral • Calças • Aventais • Capas • Conjuntos de calça e blusão Proteção contra calor, frio, produtos químicos, umidade, intempéries.

9


Proteção respiratória Respiradores Geralmente chamados de máscaras, os respiradores têm o objetivo de evitar a inalação de vapores orgânicos, névoas ou finas partículas tóxicas através das vias respiratórias. Existem basicamente dois tipos de respiradores: sem manutenção (chamados de descartáveis) que possuem uma vida útil relativamente curta e recebem a sigla PFF (Peça Facial Filtrante), e os de baixa manutenção que possuem filtros especiais para reposição, normalmente mais duráveis.

10


Proteção Auditiva Protetores Auriculares O ruído pode provocar perdas auditivas. Quando não conseguimos reduzir os níveis de ruído, devemos utilizar Protetores Auriculares, de inserção tipo Plug ou externo tipo Concha.

Não dê ouvidos ao ruído, Utilize o protetor auricular!

11


Mitos Existem alguns mitos que não servem mais como desculpa para não usar EPI:

EPI são desconfortáveis... Realmente os EPI eram muito desconfortáveis no passado, mas, atualmente, existem EPI confeccionados com materiais leves e confortáveis. A sensação de desconforto está associada a fatores como a falta de treinamento e ao uso incorreto.

O Trabalhador não usa EPI... O trabalhador recusa-se a usar os EPI somente quando não foi conscientizado do risco e da importância de proteger sua saúde. O trabalhador profissional exige os EPI para trabalhar. Na década de 80, quase ninguém usava cinto de segurança nos automóveis. Hoje, a maioria dos motoristas usam e reconhecem a importância.

EPI são caros... Estudos comprovam que os gastos com EPI representam, em média, menos de 0,05% dos investimentos. O uso dos EPI é obrigatório e não cumprimento da legislação poderá acarretar em multas e ações trabalhistas.

Considerações Finais O simples fornecimento dos equipamentos de proteção individual não garante a proteção da saúde do trabalhador. Incorretamente utilizados, os EPI podem comprometer ainda mais a segurança do trabalhador. Acreditamos que o desenvolvimento da percepção do risco aliado a um conjunto de informações e regras básicas de segurança são as ferramentas mais importantes para evitar a exposição e assegurar o sucesso das medidas individuais de proteção a saúde do trabalhador. O uso correto dos EPI é um tema que vem evoluindo rapidamente e exige a reciclagem contínua dos profissionais que atuam na área de ciências agrárias através de treinamentos e do acesso a informações atualizadas. Bem informado, o profissional poderá adotar medidas cada vez mais econômicas e eficazes para proteger a saúde dos trabalhadores, além de evitar problemas trabalhistas.

12


Cartilha do

E.P.I.

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

Profile for GrafittyStore

Cartilha do EPI  

O simples fornecimento dos equipamentos de proteção individual não garante a proteção da saúde do trabalhador. Incorretamente utilizados, os...

Cartilha do EPI  

O simples fornecimento dos equipamentos de proteção individual não garante a proteção da saúde do trabalhador. Incorretamente utilizados, os...

Advertisement