Page 30

Evite a armadilha da ofensa

Comece perdoando a outra pessoa, se ainda não o fez. Então, tente estabelecer algum tipo de vínculo. Talvez, seja possível abrir seu coração para ela escre­ vendo uma carta ou enviando um e-mail. Você poderia dizer algo como: “Vamos deixar isso para trás”. Muitas vezes, tudo o que precisa ser feito é um pequeno gesto por parte de alguém para dar início ao processo de resolução do conflito e restabelecimento do precioso relacionamento. Mesmo a outra pessoa podendo não responder à sua iniciativa de fazer as pazes com ela, faça-a de qualquer maneira. Deus sabia que experimentaríamos conflitos. Se o apóstolo Paulo e os pais da primeira igreja cristã enfrentaram dificuldades entre si, sabemos que não estamos isentos de experimentar situações similares nos dias de hoje. O segredo é estar disposto e pronto para resolver a dificuldade quando ela vier. Fazemos isso ao sermos sinceros, diretos, gentis e não críticos, desejando a restauração e a união, e valorizando todas as pessoas presentes em nossa vida como joias preciosas e como aquelas por quem Cristo morreu. Jesus garantiu que a alegria completa do cristão acontecerá quando ele receber de Deus de acordo com

6 198

Evite a armadilha da ofensa.indd 198

12/05/2014 15:35:23

Evite a armadilha da ofensa  

A ofensa gera uma grande barreira no relacionamento interpessoal. Essa tem sido uma estratégia do inimigo para enfraquecer a família e a igr...

Evite a armadilha da ofensa  

A ofensa gera uma grande barreira no relacionamento interpessoal. Essa tem sido uma estratégia do inimigo para enfraquecer a família e a igr...

Advertisement