Page 51

www.gpsbrasilia.com.br

se aproximar de dez milhões de pessoas. “A preocupação é a entrega de tudo a tempo e na hora”, diz o presidente da APO. O que deve acontecer já nos eventos-teste de 2015, quando se realizam as provas nos locais de competição. Marcio Fortes, em entrevista exclusiva para a GPS|Brasília, contou um pouco dos preparativos para o mais que aguardado evento esportivo. O crescimento econômico no Brasil ajudou a alavancar os preparativos para os jogos? Desde 2007, o Governo Federal, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), tem feito investimentos pesados em saneamento, moradias populares, infraestrutura portuária, aeroportuária e viária. O desempenho econômico do País aumentou a capacidade de investimento também do setor privado. Tudo isso contribui. Quais são as mudanças práticas no Rio de Janeiro na área de transporte urbano? Teremos o BRT inicialmente com quatro corredores. O objetivo da construção desse modal é criar eixos de transportes que estejam integrados à rede de corredores existentes. Transcarioca: será uma das ligações entre o Aeroporto Internacional Tom Jobim e a Barra da Tijuca e atenderá a outros bairros como Madureira e Penha, importantes regiões da cidade.

Transbrasil: será uma conexão da Baixada Fluminense e o centro do Rio de Janeiro. Fazem ainda parte do projeto o alargamento das pistas laterais da Avenida Brasil entre e Irajá e Guadalupe e a construção de um mergulhão de acesso ao Aeroporto Santos Dumont, preservando o patrimônio paisagístico do Aterro do Flamengo. Transoeste: é a principal conexão entre a região Oeste do Rio de Janeiro e alguns bairros da Zona Norte, próximos à Avenida Brasil. O sistema foi inaugurado em junho de 2012 com 40km de extensão e 35 terminais de paradas para ônibus articulado, chamado de “Ligeirão”. Transolímpica: ligará a Barra da Tijuca a Deodoro, dois bairros da Zona Oeste. Ela será integrada aos trens da Supervia em Deodoro e Magalhães Bastos, criando uma opção hoje inexistente entre esses meios de transporte. Outro ponto de integração será no trevo entre a Estrada dos Bandeirantes e a Avenida Salvador Allende, por onde passará o BRT Transcarioca. No Recreio dos Bandeirantes, o corredor também será interligado ao BRT Transoeste. No metrô, teremos a abertura de mais uma estação na linha 1, no bairro da Tijuca em 2014. A linha 4 tem previsão de entrega em 2016, deverá ter sete estações, conectando a atual estação General Osório até a Barra, passando por Leblon, Gávea e São Conrado.

Fotos Alexandre Guimarães/APO

51 <<

Revista GPS Brasília 5  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you