Page 119

119 <<

www.gpsbrasilia.com.br

doenças que causam dor na coluna, mas que não estão relacionadas diretamente com ela, como problemas nos rins, pedra na vesícula e aneurisma da aorta”, explica o médico. A automedicação é prejudicial porque dificulta o diagnóstico precoce e o tratamento correto. Analgésicos podem mascarar a dor nas costas. “Algumas dores merecem mais atenção: aquelas que duram mais de três dias; que não melhoram com uso de analgésicos; que aparecem sem estar relacionadas a algum acontecimento; que irradiam para outras partes do corpo, como braços e pernas; que causam formigamento; e as dores noturnas”, alerta Podgaeti.

Quando o problema é de saúde Deformidades em geral, como curvas ou desvios na coluna, alteram a simetria e causam as dores, como a escoliose e a lordose. E ainda doenças como osteoporose, doenças degenerativas, cifose torácica, hérnia de disco e artrose. A hérnia de disco ocorre quando há um desgaste dos discos intervertebrais, por causa do tempo e do uso repetitivo. As dores podem ser variadas, mais frequente nas regiões lombar e cervical. Já a artrose ou osteoartrite é uma doença da articulação.

Há uma degeneração da cartilagem e alterações das estruturas ósseas vizinhas. Causa dor, espasmos, atrofias musculares e limitação de movimentos. Os locais mais acometidos são a coluna cervical baixa e as últimas vértebras lombares. O médico explica que é difícil generalizar o local da dor e o problema que a pessoa tem. Por exemplo, uma dor no pescoço pode ser desde uma hérnia de disco ou um tumor até algo simples, como uma postura errada. “O indivíduo tem que prestar atenção em como é essa dor, e não onde ela está. Se ela irradia, se dura muitos dias, se surge à noite”, analisa Podgaeti. Os tratamentos também variam de acordo com o diagnóstico. “Tudo depende do paciente, da sua idade, do estágio da doença. Os casos cirúrgicos da hérnia de disco são quando há uma perturbação da função urinária e um distúrbio da função de evacuação, por exemplo. Mas é uma avaliação muito individual”, explica o médico.

Quando a causa é o hábito Há ainda os casos que estão relacionados com os hábitos de cada um, como má postura, obesidade e sedentarismo. Segundo a fisioterapeuta Ariana de Fátima, nas situa-

Dicas para evitar a dor

- Evitar posturas repetitivas e com sustentação de carga prolongada - Fazer atividades aeróbicas - Fazer exercícios específicos, com foco nos músculos abdominais - Não fumar. Fumar pode contribuir para a ocorrência da hérnia de disco e discopatias em geral. A fumaça diminui a circulação sanguínea nos platôs, sob o disco, prejudicando a chegada dos nutrientes no local - Evite ficar mais de 20 minutos na mesma posição - Mantenha as costas eretas e os pés apoiados quando estiver sentado - Cuidado com óculos bifocais, eles contribuem para que a pessoa use o pescoço na hora de ler. Para quem tem problemas na coluna, essa é uma prática ruim - No trabalho, procure ajustar a tela do computador na altura dos olhos e mantenha os braços num ângulo de 90º

ções de má postura, o RPG e Pilates são os mais indicados. “Eles realizam um trabalho de reequilíbrio e fortalecimento de cadeias musculares, melhorando a dor”, explica. Já para os pacientes sedentários, o tratamento seria a fisioterapia. “Primeiro, buscamos a melhora da força, tônus e elasticidade muscular. Em seguida, encaminhamos para o pilates, que dá continuidade ao trabalho”, avalia a fisioterapeuta. Nos casos de obesidade, a fisioterapia melhora o quadro de dor. Já a acupuntura pode aliviar tensões e a ansiedade, que levam muitas pessoas a comer exageradamente.

Quando a dor é muscular Dor na coluna pode ainda ser resultado de tensões musculares causadas, em grande parte, pelo estresse contínuo. É preciso ficar atento quando a dor nas costas surge após cargas intensas de trabalho, excessos de responsabilidade e crises pessoais. O estresse libera hormônios que aumentam a percepção de dor e a tensão muscular, que, por sua vez, prejudicará a circulação sanguínea dos tecidos, diminuindo aporte de oxigênio e nutrientes. A fisioterapeuta Luara Baeta utiliza a massagem terapêu-

Revista GPS Brasília 5  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you