Issuu on Google+

ODONTOLOGIA

>> 114

leiro. É um reconhecimento. Sempre quis buscar o melhor da odontologia. Sempre procuro investir muito na profissão, fiz os melhores cursos e estudo muito”, conta. Quando participa dos congressos, Claudio apresenta casos que tratou em sua clínica. “Gosto de revelar a longevidade dos tratamentos. Mostrar a realidade do meu dia a dia no consultório. Tanto trabalhos que deram certo, como aqueles em que precisamos interferir depois”, conta. O gosto por falar do seu trabalho e ensinar o levou a montar a Integrado Ensino Especializado, do qual é sócio-proprietário. A escola, que oferece cursos de atualização em todas as áreas, inclusive o de gestão de Odontologia, é referência no Brasil e no exterior. “Procuro passar um pouco do meu conhecimento nesses 18 anos de profissão. Eu amo ensinar, as aulas quebram um pouco a rotina do consultório e também promovem uma grande troca de conhecimentos com os alunos”, diz Pinho. Fundada em novembro de 2007, por lá já passaram mais de 400 alunos-dentistas.

Estética Manter os dentes branquinhos também é uma forma de rejuvenescê-los. Para Claudio Pinho, o tratamento caseiro, aquele com a moldeira e o gel, é o mais eficaz. “Ele é mais lento, mas também tem uma longevidade maior. Um

clareamento rápido, como o laser, deixa o dente muito mais sensível e a cor volta em pouco tempo”, opina. Durante o clareamento, ele orienta evitar as substâncias que têm poder de fixação sobre os dentes, como vinho tinto, coca-cola (por conta da acidez), beterraba, café, suco de uva, açafrão, chás coloridos e qualquer alimento com corante. “Durante o clareamento, os dentes se desidratam e é nestas horas que devemos evitar mais os corantes”, diz. Para Pinho, a preocupação com o sorriso se dá pela ligação direta com a autoestima. “A odontologia do passado era só para tapar buraco, colocar uma massinha. Hoje, o sorriso se tornou algo importante para as pessoas. Os materiais e técnicas evoluíram bastante. Temos a chance de marcar a vida de alguém com um tratamento que proporciona um sorriso harmônico e total naturalidade. Alguns casos emocionam, pois a vida da pessoa muda”, revela o dentista. Assim como a indústria da beleza, que busca sempre uma maneira de manter a pessoa mais jovem, a odontologia estética trabalha em conjunto com a saúde e o bem-estar. “Sorriso não é vaidade, é necessidade e qualidade de vida”, conclui Claudio Pinho. Serviço Cláudio Pinho Odontologia Estética www.integrato.com.br (61) 3443-9555


Revista GPS Brasília 5