Issuu on Google+

empreendedorismo

>> 76

a força e dos jovens

Por Marcella Oliveira

Bruno Pimentel

empreendedores de até 40 anos se unem em associação para interagir, aprender e unir forças para consolidar seu negócio no mercado local

Elany Leão comanda a Associção dos Jovens Empresários

Serviço Associação dos Jovens Empreendedores do DF (AJE-DF) Contato: (61) 3037-3515 www.ajedf.org.br

  m uma cidade que respira funcionalismo público, um grupo de jovens mostra seu espírito empreendedor. Unem-se para destacar a força empresarial que já existe no distrito federal. juntos, quase 200 empresários formam a associação de jovens empresários do df (aje-df). a aje/ df existe há dez anos. Quando a nova diretoria assumiu, em abril de 2011, a entidade tomou um novo rumo. passou de 30 para quase 200 membros e começou a realizar encontros. “o objetivo é criar uma rede de relacionamentos, que é importante para o crescimento e desenvolvimento dos negócios”, avalia elany Leão, 31 anos, presidenta da aje/df. a entidade reúne jovens empresários representantes de todos os setores da economia do df, como indústria, comércio, turismo, comunicação e gastronomia. podem ter até 40 anos. de micro a grandes empresários, em sua maioria, são jovens que nasceram, cresceram e se formaram em Brasília. optaram por montar seu próprio negócio. rafael Lopes, 30 anos, conta que a principal dificuldade é lidar com os altos impostos. “muitas empresas fecham antes de completarem cinco anos de existência. os encargos tributários do Brasil são muito altos. deveria ter uma linha de crédito para quem está começando”, sugere. proprietária de uma casa de eventos e de um buffet, Caroline Borges, 35 anos, acredita que muitos aspirantes a empresários encontram na associação também uma orientação. “É um apoio para quem quer abrir seu negócio. muitos anseiam por informações e não sabem onde buscar”, diz Caroline.  nos encontros é possível conhecer a realidade do mercado empresarial, com participação de experientes empreendedores. “É importante para mostrar a realidade e incentivar a não desistir diante da primeira dificuldade”, avalia Caroline Borges. para elany, o distrito federal é um ótimo lugar para investir em seu próprio negócio. “É uma região com um poder aquisitivo alto, com pessoas esclarecidas. não precisa ter medo de investir em uma empresa. mas é necessário ter planejamento, orientação e comprometimento”, avalia a presidenta da aje/df. de acordo com a associação, o Brasil está entre os cinco países mais empreendedores do mundo. no entanto, 40% das empresas quebram em três anos. o objetivo da aje é fazer o brasiliense perder o medo de empreender. a curto prazo, a associação quer aumentar o número de associados, tornar-se referência para a juventude empresarial do df e mostrar que o sucesso vem com a união. “aprendemos também com as histórias dos outros. Queremos formar líderes empresariais em Brasília”, finaliza Elany Leão.


Revista GPS Brasília