Issuu on Google+

velOcidade

lucas Foresti De duas rodas para alta velocidade

  O brasiliense lucas Foresti, 20 anos, ainda guarda a pequena moto que ganhou quando tinha apenas três anos. Foi o primeiro contato com a velocidade, por mais que a moto só chegasse a 60

km/h. quando voltava da escola, deixava a mochila no meio da caminho, enquanto corria para subir na moto. a brincadeira de criança ficou séria. Lucas começou a competir sobre duas rodas. Mas após um acidente em uma prova no interior de goiás aos 14 anos, quando fraturou duas costelas, a clavícula e o ombro, seu pai, vitor Foresti, o proibiu

>> 58

“vai chegar o dia em que os brasileiros vão ligar a televisão no domingo para me assistir” de correr. Mas a paixão pela velocidade ainda existia. e passou de duas para quatro rodas.  Após uma volta no kart do tio, aos 15 anos, convenceu seu pai a lhe comprar um modelo igual. O bom desempenho o encorajou a investir na carreira de kartista. em 2007, iniciou no automobilismo e conquistou quatro dos mais importantes títulos do kartismo regional. a

evolução o levou em 2010 a deixar o Brasil para disputar a Fórmula 3 inglesa, onde obteve ótimos resultados, com vários pódios. “quando fui para a inglaterra, percebi que o automobilismo não era hobby, mas sim o que eu queria fazer para o resto da vida”, conta.   Para 2012, mais um desafio: a World Series, uma das vitrines para a Fórmula 1. atualmente, lucas mora em le Mans, na França. a rotina inclui academia, simulador, jogos de coordenação motora, muitas conversas com o engenheiro da equipe e concentração. “Minha meta é a Fórmula 1, e não vai demorar. acredito no meu trabalho e uma das minhas principais características é o bom desempenho na chuva”, analisa.


Revista GPS Brasília