Page 56

velOcidade

>> 56

O

O kart é um esporte caro e seguir o sonho não é fácil. O talento já é verificado quando o piloto ainda é criança. Em Brasília, há três kartódromos: um no autódromo, um no guará e outro no Parque da cidade. Por ali é possível encontrar quem busca apenas diversão, mas outros que pretendem levar adiante o espírito competitivo. apesar de há 21 anos o Brasil não ver nenhum brasileiro ganhar o Mundial de Fórmula 1, o desempenho verde e amarelo em outras categorias é muito bom. em Brasília, o autódromo internacional nelson Piquet é palco de competições como Fórmula 3 Sul americana, a Fórmula renault, a copa clio, a Stock car, a Fórmula truck e o Brasileiro de Motociclismo.  O sonho de todo jovem piloto é chegar à Fórmula 1, categoria considerada o topo do automobilismo mundial. atualmente, além do talento, a tecnologia do carro e a estrutura da equipe influenciam no bom desempenho nas pistas. E, no coração de cada piloto, o desejo de voltar a dar orgulho ao País, que desde 1991 não vê um brasileiro vencer o campeonato. Será que o próximo destaque nas pistas do mundo pode sair de Brasília?

eM 1974 FOi inauguradO O autódromo internacional de brasília, cOM a cOrrida de FórMula 1, extra-caMPeOnatO, vencida POr eMerSOn FittiPaldi PilOtandO uMa Mclaren

4 pilotos de brasília Já PaSSaraM Pela FórMula 1: nelSOn Piquet, rOBertO PuPO MOrenO, alex diaS riBeirO e nelSinhO Piquet

15 pilotos SaíraM de BraSília Para iniciar a carreira nO autOMOBiliSMO Pela inglaterra

3 pistas em brasília POdeM Ser uSadaS Para treinOS OFiciaiS: a PiSta de kart dO autódrOMO, a PiSta PrinciPal e a PiSta dO kartódrOMO dO guará

Felipe nasr

ritmo acelerado da construção de Brasília se reflete também nas pistas de kart da cidade. a velocidade atrai jovens pilotos, que começam aqui e, aos poucos, conquistam vitórias pelo Brasil e pelo mundo. as pistas dos kartódromos do Planalto central funcionam como ponto de partida para os novos talentos da velocidade. São as novas apostas no mundo do automobilismo, saindo de Brasília.

Muito perto da Fórmula 1

quando se vê a paciência de Felipe nasr, 19 anos, com uma vara de pescar na beira de um rio, não se imagina a velocidade que ele chega nas pistas de corrida. O hobby é a pescaria, o automobilismo, o trabalho. estreante na gP2, nasr já é um dos nomes mais conhecidos no automobilismo mundial. este ano, o piloto trocou a Fórmula 3 pela gP2, a principal categoria de acesso à Fórmula 1. O carro passou de 250 para 620 cavalos de potência, e a velocidade pode chegar a 300 km/h. Já em sua segunda prova, nasr subiu ao pódio ao conquistar o terceiro lugar na Malásia, em março. “É um momento desafiador e difícil, por ser muita novidade. nesta profissão é preciso ter dedicação, concentração e calma”, avalia.  A história do jovem piloto começou nas pistas de kart de Brasília, quando ele tinha oito anos. Foram sete anos de competições em diversos campeonatos regionais e nacionais, até

Revista GPS Brasília  

A REVISTA PREMIUM DE BRASÍLIA

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you