Page 289

Dona Mea do Feitiço da Vila

Restaurante da Tia Zélia O restaurante de cozinha nordestina funciona de segunda a sexta-feira. Nos fins de semana, fecha. “Só trabalho durante o almoço e na semana. Sábado e domingo é dia de descanso”, afirma tia Zélia. Quem ajuda a cozinhei-

ra a administrar o empreendimento é sua filha, Márcia. A casa conta com 12 funcionários e já expandiu para o outro lado da rua. Mesas e cadeiras foram colocadas embaixo de uma lona, na grama em frente a casa. Lotado diariamente, Tia Zélia possui clientela fixa. O

menu não tem cardápio certo. O cliente senta-se à mesa e pergunta qual o prato do dia. A cada dia são três opções diferentes. Entre os quitutes oferecidos, está uma de suas criações, o galope – pé de porco e de galo –, costela com mandioca, bife acebolado, frango com quiabo, além

da feijoada, carne assada e o famoso pernil de panela. A buchada de bode, prato preferido do ex-presidente Lula, não se encontra mais no cardápio. “Agora só faço sob encomenda”, afirma. De sobremesa, apenas uma opção: o pudim de leite moça. Todos os anos, tia Zélia promove o

Revista GPS Brasilia 6  
Revista GPS Brasilia 6  
Advertisement