Page 288

TRADIÇÃO

remos daqui, assim como não haverá acordo para resolver a situação. Para quem espera há tantos anos, mais dez não farão diferença”, afirma o morador Antônio Alves. Em meio ao impasse, entre o Palácio do Planalto e o Palácio da Alvorada, cerca de 40 restaurantes, bares e lanchonetes formaram o DNA da vila, atraindo turistas e trabalhadores da região. A GPS|Brasília fez um giro pelas ruas de nomes rústicos e atípicos dos endereços numéricos da Capital e descobriu os diversos sabores do bairro.

Casarão

Chef parrillero Miguel Angelo Rielphoff, do Figueira da Villa

Localizado ao lado da igrejinha mais conhecida da Vila Planalto, a Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pompeia, o restaurante está instalado embaixo de uma frondosa gameleira. As mesas e cadeiras de plástico da casa, que se estendem pela calçada da praça principal, ficam sob a sombra da árvore, criando clima agradável e descontraído. Ali ou no salão interno, é possível provar algumas das setenta receitas quentes e quarenta saladas que integram o cardápio. Entre os itens mais procurados estão o salmão grelhado, o camarão ao alho e óleo, a lasanha à bolonhesa e o bacalhau ao forno. A ala de sobremesas inclui pudim de leite, ambrosia e doces em calda. Para beber, a carta reúne 130 rótulos de cachaça. Ao finalizar a refeição, o cafezinho é cortesia da casa, que vem

servido com quadradinhos de rapadura. A praça logo em frente convida os clientes a relaxar e curtir um pouco do clima interiorano que o bairro propicia. Serviço Endereço: Acampamento DFL, Rua da Igreja, Lote 3 Telefone: (61) 3327-1108

Revista GPS Brasilia 6  
Revista GPS Brasilia 6  
Advertisement