Page 53

CURIOSIDADE

Dom Marcony tem dois anéis. O de uso diário traz uma imagem da Catedral de Brasília, que representa o local de origem do bispo, com uma estrela em cima, que remete à Nossa Senhora. Ao lado, o símbolo PX, que significa Jesus Cristo. Embaixo há o lema de Dom Marcony: “Tudo é de Deus”. No anel que guarda para ocasiões especiais, o bispo pediu para um ourives derreter a aliança da mãe, que lhe presenteou em seu leito de morte, e fazer o símbolo Alfa e Ômega, que está anexado ao lado do anel.

para atender comunidades carentes. Você  é missionário com a família, no seu namoro, na universidade ou no trabalho. É fácil ser católico dentro da igreja. Mas a gente tem que ir em outros ambientes onde precisam escutar Cristo e não ter medo de um diálogo», recomenda. 

UM BRASILIENSE Hoje, Dom Marcony acumula muitas funções dentro da igreja: cuida de toda a parte central de Brasília – são 45 paróquias sob sua responsabilidade direta –, mais a pastoral familiar, assuntos relacionados à bioética, liturgia e comunicação, além do contato direto com os governos local e federal. Embora possa parecer muita coisa, o bispo ainda celebra missa todos os dias em paróquias, capelas e escolas diversas e também no primeiro domingo do mês, às 10h30, na Catedral. “A  Igreja em  Brasília  tem feito um trabalho muito bom. Ainda temos muito a fazer, porque a cidade cresce de uma forma assustadora”, avalia.  Apenas quatro anos mais novo que a Capital do Brasil – ele nasceu no dia 3 de março de 1964 –, Dom Marcony diz que ela não perde para nenhum lugar do mundo. ”Brasília significa bênção de Deus, dos traços arquitetônicos fantásticos até os ipês que chamam atenção”, comenta.

“A IGREJA EM BRASÍLIA TEM FEITO UM TRABALHO MUITO BOM. AINDA TEMOS MUITO A FAZER, PORQUE A CIDADE CRESCE DE UMA FORMA ASSUSTADORA” A simpatia do bispo é conhecida desde os tempos em que não tinha título algum.  Abraça, conversa, aconselha e realiza confissões sem distinção. Ele acredita que uma simples foto, um abraço e uma palavra podem ser suficientes para deixar o coração de alguém mais feliz. “Eu devo muito a Brasília como cidade, porque eu sinto o carinho do povo. Aonde a gente vai é muito acolhido”, conta. Dia após dia, Dom Marcony auxilia os fieis de Brasília a trilharem o caminho da salvação.  Para se tornar o pastor desse grande rebanho, teve de passar por um crivo muito exigente da Igreja Católica Apostólica Romana. Sem descanso, ensina, santifica e governa uma grande comunidade. E, assim, à medida que se esforça para ser um referencial de Deus, marca a vida de milhares de brasilienses encantados com sua doçura, simpatia e firmeza. GPSBrasília « 53

revista_GPS_brasilia_edicao_12.indd 53

17/11/15 00:51

Revista gps brasilia edicao 12  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you