Issuu on Google+

RETRANCA

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO (TST)  Considerado por estudantes de Direito um point do turismo jurídico, o TST está localizado às margens da Avenida das Nações e o atual complexo foi inaugurado em 2007. Com amplo estacionamento em frente, sua localização e acesso são fáceis. No entanto, os terraços com jardins da cobertura não são abertos para a visitação de qualquer pessoa. Apenas a servidores, grupos acompanhados de guias turísticos e profissionais com acesso via Assessoria de Comunicação do órgão.  Ao todo são três jardins: o primeiro, mais elaborado, situado na ponta direita; um menor, central, anexo ao Salão dos Ministros; e na outra extremidade encontra-se o terceiro. Para chegar a esse andar é necessário subir de elevador até o 5º pavimento. Ao final, após pegar um segundo

elevador, tem-se acesso aos jardins do 6º piso. Um longo corredor liga os dois terraços. Uma peculiaridade dos jardins: não é permitido fumar em nenhum dos espaços. Com vistas belíssimas o ano todo, lá de cima é possível ver o Lago Paranoá, as duas pontes mais antigas que cruzam o lago, o Pontão, parte do Lago Sul, além de um lindo pôr do sol. Ângulos privilegiados da Capital. No primeiro jardim, favorito do atual presidente do TST, o Ministro Antônio José de Barros Levenhagen, há bancos para quem quiser sentar e apreciar a vista, uma bela escultura contemporânea e uma fonte de água, que atualmente encontra-se desligada. Os passarinhos costumam fazer a festa no local, em especial, na época em que as jabuticabeiras dão frutos. Flores coloridas também colorem a área em determinados períodos do ano. O paisagismo dos outros dois jardins é mais simples, mas não deixa a desejar. Um gazebo de madeira ocupa a área central do terceiro jardim. 

46 « GPSBrasília

revista_GPS_brasilia_edicao_11.indd 46

07/08/15 00:35


Revista GPS Brasilia 11