Page 44

NATUREZA

Ao subir a escada Helicoidal, projetada por Milton Ramos e Joaquim Cardoso, é possível admirar a Treliça de Athos Bulcão, em madeira e ferro. Ao final do mezanino, o visitante segue para o último andar. É ali, na cobertura, que está o segundo jardim projetado por Burle Marx. Com uma linda vista para o Palácio da Justiça e o Congresso Nacional, o terraço impressiona pela composição. Se na área externa o Meteoro, de Bruno Giorgi, reina no espelho d’água, aqui é a escultura Canto da Noite, de Maria Martins, que ganha destaque. Em bronze, a peça é insinuante e sedutora. Foi a própria artista que escolheu o ponto onde a obra ficaria exposta. A imponente Três Jovens, de Lasar Segall, completa o conjunto em verde.

PALÁCIO DO ITAMARATY O Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores, possui duas áreas verdes projetadas por Burle Marx. Em comum, os jardins carregam forte interação com obras de artes assinadas por grandes artistas e o conceito tropical criado pelo paisagista. O primeiro jardim, localizado no térreo do prédio, chama atenção por seus buritis e os espelhos d’água com fundo repleto de pedras. Com a face voltada para o anexo do Itamaraty, o espaço possui três obras de arte. Dentre elas, o conjunto doado pelo escultor Omar Franco disposto na rampa que dá acesso ao jardim. Situada em frente à área verde, está a escultura Polivolume: Ponto de Encontro, de Mary Vieira, 1970. Formada por 230 placas móveis de alumínio, a obra pode ser modificada a todo o momento e é adorada pelos visitantes.

Utilizado para coquetéis e eventos, o terraço serve como área de circulação e possui um dos jardins internos mais belos da Capital. Com espécies tropicais que dependem de um clima ameno para sobreviver, o jardim precisou ganhar um sistema especial de irrigação. A manutenção das plantas atualmente é feita por uma empresa goiana, a Florart Paisagismo, de Marcelo Bueno. Responsáveis pela função há cerca de um ano e meio, a Florart também atua na manutenção da PGR e do TCU. Turistas-friendly, o MRE e seus jardins podem ser visitados por todos. As visitas guiadas são diárias e feitas de hora em hora. Também não é possível fazer passeio livre. Os tours são oferecidos em português, francês e inglês e não é permitido entrar usando chinelos, shorts, bermuda, camiseta regata e/ou roupas curtas em geral. Por causa de cerimônias oficiais, as visitas podem ser suspensas sem aviso prévio. O agendamento pode ser feito pelo telefone (61) 2030-8051 ou pelo e-mail: visita@itamaraty.gov.br.

44 « GPSBrasília

revista_GPS_brasilia_edicao_11.indd 44

07/08/15 00:35

Revista GPS Brasilia 11  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you