Issuu on Google+

M

antidos em segredo ou esquecidos? Essa é a pergunta que martela na mente ao enxergarmos pela primeira vez espaços desconhecidos do grande público que, no entanto, estão ali, diante de nós, perdidos atrás do concreto armado ou escondidos pela burocracia. Brasília possui vários casos assim e o mais surpreendente é que tais áreas guardam grandes belezas, como jardins suspensos ou áreas verdes internas com obras de arte ou paisagismo assinado por artistas como Burle Marx. Por exemplo: você sabia que na cobertura do Anexo IV da Câmara dos Deputados, em plena Esplanada dos Ministérios,

existe um jardim ao ar livre com uma capelinha desenhada por Oscar Niemeyer ao centro? Ou que no interior do Palácio da Justiça há um jardim suspenso projetado por Burle Marx? Revelar tais segredos é como doar presentes. A sensação de gratidão é instantânea. Sendo assim, a equipe da revista GPS|Brasília buscou dentre os ícones do centro do Poder, locais sem visibilidade para apresentar, e validar, seus encantos. Fomos à Câmara dos Deputados, ao Palácio do Itamaraty, ao Palácio da Justiça e ao Tribunal Superior do Trabalho. O que encontramos, e registramos, é arte em forma de natureza.

GPSBrasília « 43

revista_GPS_brasilia_edicao_11.indd 43

07/08/15 00:35


Revista GPS Brasilia 11