Page 33

criador. Tudo tem seu exagero. Livros empilhados, paredes vibrantes. Excesso do objetos harmoniosamente colocados. O resultado estético é perturbador e belo. Foi em uma das salas repleta de vitrais que Barnaba recebeu a equipe da GPS|Brasília. De bom grado e humor, ele nos ofertou 40 minutos de conversa, que se transformaram em duas horas. Falar de Piero pareceu ser um grande prazer. Após a entrevista, ele nos levou até a cozinha, onde todos os azulejos, pia, mobiliário e louça têm a mesma estampa. Nos introduziu na fantástica viagem dos espelhos. Contou sobre cada livro. Apresentou os seus aposentos e os do pai, intacto. Assim como banheiro e biblioteca. Parecia um sonho de época. Um passeio pelo tempo inesquecível. É ele quem cuida de absolutamente tudo. Desde o arquivo Fornasetti, que detém cerca de 13 mil peças, à produção mensal, que chega a 300 objetos, fora as encomendas particulares de colecionadores, que levam cerca de três meses para serem produzidas. As decorativas começam em 200 euros. E podem ir até 25 mil euros, como mobílias. Barnaba diz que seus maiores clientes são os norte-americanos, que buscam Fornasetti nos magazines Neiman Marcus e Barneys. Já os europeus do Norte procuram por produtos mais especiais, pelo vínculo que têm com o artista. As vendas on line crescem, mas Barnaba acredita que o produto de seu pai, “além de ser visto, precisa ser tocado também”. Até junho, o Musée des Arts Décoratifs, no Louvre, em Paris, traz

GPSBrasília « 33

revista_GPS_brasilia_edicao_10.indd 33

07/04/15 00:06

Revista GPS Brasília 10  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you