Issuu on Google+

vidro de sopro em espessuras irregulares, mas que se quebravam muito facilmente. Durante a reforma da Catedral, em 2012, os novos vitrais foram fabricados industrialmente, mas sem perder a ideia original. Dessa forma, tornaram-se mais resistentes. No interior da igreja, os anjos suspensos parecem voar. Curioso é perceber que tanto visitantes quanto frequentadores assíduos passam a maior parte do tempo olhando para cima. Visitar a Catedral também é uma aula de arte e cultura. Um pilar logo na entrada traz quadros que representam passagens da vida de Maria, assinados por Athos Bulcão. No lado esquerdo, imagens da via sacra feitas por Di Cavalcanti. A cruz usada na primeira missa celebrada em Brasília está na igreja, ao lado da réplica da Pietá, famosa escultura de Michelangelo localizada na Basílica de São Pedro, no Vaticano. O altar foi doado pelo papa Paulo VI e contém uma imagem da padroeira Nossa Senhora Aparecida, réplica da original que fica na cidade paulista. Embaixo do altar, a capela tem um ambiente completamente diferente da igreja. É escura e pequena. Conhecer, admirar, rezar, pedir. E agradecer. Aos visitantes, a dica: antes de ir embora, convém fazer um teste nas paredes: falar baixinho de um lado para que a pessoa na outra ponta escute tudo com clareza. É o formato curvo permite tal façanha.

Funcionamento – aberta diariamente para visitação. Missas de terça a sexta, 12h15 e 18h15, aos sábados, 17h, e aos domingos, 8h30, 10h30 e 18h. Proibido entrar de short e roupas curtas

Ao entrar na Catedral, visitantes naturalmente passam boa parte do tempo olhando para o alto


Revista GPS Brasilia 4