Issuu on Google+

A estação de Miami terá 44 mil m² com quatro torres

O trem não é uma ótima notícia apenas no quesito transportes. Pelos próximos oito anos, a Brightline gerará USD 6,4 bilhões em impacto na economia do estado, além de já ter criado 30 mil empregos e prometer mais dez mil até 2017, quando a obra estiver pronta. O projeto também aposta na pegada ecológica. A expectativa é de que nas rodovias circulem três milhões de carros a menos por ano, gerando a diminuição da emissão de gases poluentes. Além disso, para quem não deixa os pets para trás, cães e gatos serão bem-vindos a bordo. 

OS TRENS Os vagões farão 16 viagens por dia a uma velocidade entre 127Km e 200Km por hora, uma hora mais rápido que carro e o mesmo tempo para quem vai de avião, incluindo estacionar, despachar bagagens, embarcar. A velocidade não atinge os 240Km por hora exigidos para que seja considerado um “trem bala”, mas são mais rápidos que a média dos convencionais. Eles já estão sendo construídos. Os veículos são produção da marca Siemens, fabricados na Califórnia, e fazem brincadeira com o nome, Brightline. O projeto propõe que as viagens sejam  alegres. Para tal, os vagões serão decorados nas cores vibrantes de vermelho, laranja, verde, azul e rosa, todos liderados pelo amarelo. Inicialmente, operarão quatro locomotivas de cinco vagões, com capacidade para 240 pessoas em cada. No futuro, serão sete locomotivas com dez vagões. 28 « GPS-Miami

Os trens vão oferecer mimos como reserva de passagens, assentos especiais, saletas reservadas, cadeiras anatômicas, Wi-fi e opções de lanches dentro e nas estações. Além de acesso fácil aos pontos de partida e chegada. A empresa responsável pelo projeto, All Aboard Florida, é particular e atua no ramo de negócios de infraestrutura e correção de imóveis. O custo médio para a construção do Brightline é de USD 3 bilhões com chance de obter lucro nos primeiros anos de funcionamento, uma vez que é financiada com capital privado. Assim que os lucros começarem, mais trens serão construídos.

ESTAÇÕES Além dos trens, a Brightline está construindo quatro estações em cada uma das cidades envolvidas. De Miami a Orlando, duas paradas.  Fort Lauderdale e West Palm Beach se somam às duas anteriores e completam o trajeto. Os quatro pontos de embarque e desembarque estão


Revista GPS Miami 03