Page 37

Foram investidos cerca de USD 1 bilhão em melhorias no Porto de Miami « More than USD 1 billion of dollars have been invested in Port of Miami

Ele é o primeiro na escala em águas profundas nos Estados Unidos. Significa ser capaz de acomodar navios maiores. Também é um ótimo ponto de entrada para bens que fluem saindo e entrando na Flórida antes de serem distribuídos país afora. Atualmente, é o ponto de transferência ideal de produtos asiáticos que vêm para a América Latina e o Caribe. Tamanho movimento fez com que, desde 2015, fosse investido USD 1 bilhão em melhorias em sua infraestrutura, com a expansão do Canal do Panamá. A obra, que tem 77km, é um canal artificial que liga o oceano Pacífico ao Atlântico, sendo uma peça chave na economia mundial. Com as melhorias, ele vai duplicar a circulação de navios cargueiros e criar uma conexão direta entre a Ásia e a costa leste americana. Hoje, o porto oferece o canal de navegação mais profundo no sudeste dos Estados Unidos, com 52 pés de profundidade, equivalente a quase 16 metros. Também foi expandido o serviço de reboque de navios do porto para a atracação e partida de mais cargueiros, bem como implantação de guindastes super-Panamax, aqueles enormes que conseguem remover até 22 containers de carga. Para a distribuição dos bens, foi construído um túnel de acesso rápido que passa por baixo da Biscayne Bay, a 1.300 metros de profundidade, ligando o porto diretamente ao sistema de estradas interestaduais de Miami. O serviço de entrega ao transporte ferroviário da Costa Leste da Flórida também ganhou estrutura, gerando alcance a 70% do mercado norte-americano em até quatro dias.

The port is the first deep water port in the United States, meaning that it’s able to accommodate larger ships. The port is also a gateway, where goods arrive before being distributed to the rest of the country. Today, this is the ideal distribution point for Asian products on route to Latin America and the Caribbean. Due to this ascending movement, since 2015, more than USD 1 billion of dollars have been invested in infrastructure improvement, beginning with the expansion of the Panama Canal. The Panama Canal, which is 77 km long, is an artificial channel that links the Pacific Ocean to the Atlantic Ocean, which makes it a key piece of global economy. The renovation will double the number of cargo ships and create a direct connection between Asia and the East Coast. Today, the port has the deepest channel in the southeast of the United States: the waters are 52 feet deep. The towing service was also expanded, increasing the number of cargo ships docking in and leaving the port; the investment also involved the implementation of superPanamax cranes, huge machines that can move over 22 containers at once. Built especially for distribution of goods, a quick access tunnel stands underneath Biscayne Bay, at over 1.300 meters deep, connecting the port directly to Miami’s interstate highways. The delivery service to the East Coast of Florida was also expanded, and it’s now able to reach over 70% of America’s market in just four days.

GPS-Miami « 37

Revista GPS Miami 02  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you