Page 89

lho oferece. Em todas Mostra Artefacto, evento anual que a marca realiza em cada unidade, eles são as figuras mais esperadas. Quando surgem, encantam. Laís leva jeito para designer. Vira e mexe usa o seu bom gosto parta desenvolver complementos para a marca.  Já os jovens Bruno e Pietro observam atentamente os ensinamentos do pai entusiasta. Pretendem passar por várias outras empresas para aprender diferentes técnicas de governança e administração até chegada a hora de eles assumirem o ofício. “Espero que todos encontrem seu caminho, pois quero manter a relação pai e filho prazerosa”, diz Bacchi.  

SOFISTICAÇÃO PARTICULAR O CEO acredita que Miami tem um estilo particular. E ele atribui isso ao fato de grandes designers do mundo possuirem sua marca na cidade. “Saota, Herzog & De Meuron, Cesar Pelli e muitos outros entenderam a luz diferenciada da capital. Além disso, a maravilhosa mistura cultural que está por todos os lados também compõe o que é Miami”, explica. E foi essa harmonia de costumes que ajudou a Artefacto. Diferentemente do restante dos Estados Unidos, esse estilo já veio do Brasil nos produtos da marca. “Os brasileiros foram muito importantes na Flórida nos últimos seis anos e vão continuar a ser influenciadores aqui por muito tempo”, aposta. A economia brasileira, no entanto, tem relação direta com essa influência. Por ser uma cidade turística, Miami sente diretamente as economias de cada país. “Hoje, brasileiros não passam de 10% da nossa clientela. Quem tem dominado as compras são os próprios americanos e europeus”, confidencia.  Sobre as tendências do mercado, Bacchi diz que está em alta agora é mobiliário orgânico. “O estilo neutro dá espaço para valorizar as coleções de arte que estão por todos os lados”, conclui o empresário, que este ano celebra os 40 anos da marca e colhe os frutos de ter se tornado o ícone de elegância contemporânea no segmento.

GPSBrasília « 89

Revista GPS Brasília 15  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you