Page 83

crescimento desse ramo no País. Eu precisava buscar isso. As pessoas têm que conhecer os grandes nomes por trás das peças que produzimos”, afirma Etel. Com o olhar que transmite paixão pelo que faz, Etel conta que o respeito e o dinheiro foram consequências do trabalho que começou e continua a ser feito sem pretensão alguma. “O amor pela arte, pelas pessoas e pela natureza foi o que me moveu. O sucesso foi uma consequência de tudo isso, e me sinto honrada em saber que tenho clientes em todos os cantos do mundo.”.

Envolvida em causas sustentáveis, Etel pisou em terras pouco desbravadas por boa parte dos brasileiros. Foi em Xapurí, no estado do Acre, que a mineira encontrou sua fonte de madeira de manejo florestal, fazendo com que, em 2001, a ETEL fosse uma das primeiras empresas moveleiras do Brasil a conquistar a certificação do Forest Stewardship Council – FSC, responsável por reconhecer produtos provenientes da madeira extraída de forma que não agrida o meio ambiente. Em 2002, Etel fundou a AVER Amazônia, onde confecciona peças com o selo verde do FSC. Além disso, é sócia fundadora da AMATA, empresa que explora a floresta com atividades que tenham efeito redutor do aquecimento global. Com seu envolvimento na região, a designer colaborou para a primeira floresta comunitária certificada do Brasil. “Levo meu trabalho muito a sério. Temos um programa na fábrica que pega meninos carentes e os capacita para atuar conosco, criando renda para as famílias locais”, explica. Após tantos anos de investimento, trabalho, muita pesquisa e estudo, a designer conseguiu levar a ETEL Interiores para uma belíssima mansão, em uma região nobre de São Paulo, nos Jardins. “Depositamos tanta energia e trabalho, que os clientes sentem e entendem a essência da marca. Pensamos nos mínimos detalhes, quebramos cabeça, trabalhamos de forma incessante, e quando vemos o produto final, enxergamos que tudo valeu a pena”, conta. Todo esse trabalho conta com ajuda e parceria de anos do mestre marceneiro, Moacir Tozzo, responsável por tocar o galpão de dois mil metros quadrados, em Valinhos, São Paulo, e que a própria designer intitula como “o melhor de todos os mestres”. GPSBrasília « 83

Revista GPS Brasília 15  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you