Page 35

"TEM A CORRUPÇÃO DAS PRIORIDADES, POR EXEMPLO, CONSTRUIR UM ESTÁDIO EM VEZ DE UMA ESCOLA"

Em 2006, quando se candidatou à presidência da República com uma proposta de promover a inclusão social por meio da educa o teve apenas , milh es de votos O brasileiro n o está preocupado? Se pensar nos poucos votos, essa é uma razão, mas eu também disputei com a liderança do Lula, no auge da sua presidência. Eu enfrentei o ex-governador do maior estado do Brasil, São Paulo, que tem dez vezes mais eleitores que o meu Distrito Federal. Eu enfrentei o charme da Heloisa Helena, que naquela época representava todos os raivosos e provavelmente os meus trejeitos de professor tiraram a capacidade de comunicação com o eleitor. Eu acho que foi mais isso. Agora, além disso, de fato, a educação não é a bandeira do povo brasileiro. Como senhor vê a Operação Lava Jato? Acho que foi uma das melhores coisas que já aconteceram na história do Brasil. Não interessa quem vai pagar por isso, mesmo que sejamos todos os políticos dessa geração. O Brasil precisa ser passado a limpo. Eu lamento que a gente não esteja evidenciando também as outras formas de corrupção, porque tem a corrupção do comportamento e das prioridades: construir um estádio em vez de uma escola, por exemplo. Será que não há um desvio de finalidade? O juiz Sérgio Moro se transformou numa espécie de mito? É natural. O Brasil está sem líderes e aí surge um cara que está com a maior preocupação: a corrupção. Isso há pouco tempo era ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal. Já foram os militares. Espero que um dia seja um professor. O projeto de abuso de poder é uma tentativa de barrar a Lava Jato? Eu vejo esse projeto como uma aberração, porque ainda que fosse bom, não era hora de fazer. Neste momento, é um projeto de proteção de autoridades. Vai diminuir a credibilidade do Congresso Nacional se nós cometermos o

equívoco de aprovar. E nós não temos mais gordura de créditos, estamos esqueléticos. Eu vou fazer o possível para que a gente não aprove isso. O senhor foi overnador entre e , mas n o conse uiu se reele er or ue perdeu a uela elei o Muitas razões. A principal foi: o povo preferiu Roriz. Um dos motivos foi aquele debate que ele prometeu 28% de aumento para o funcionalismo e eu disse que isso não era possível. E ele não deu. Outros dizem que eu me comportei de forma muito arrogante. Outros dizem que foi porque eu falei para as mães do bolsa-escola: “vocês não precisam votar em mim se não quiserem”. E depois tinha uma memória muito forte dos lotes que ele distribuiu. Ninguém esquece lote. A gente poderia perguntar como um governo que fez tanta coisa perde? O povo gosta de obras. Eu não fui um governador de obras. Eu fui um governador de projetos que mudaram a cultura, a maneira de ser da sociedade. As obras eram escondidas. Eu fiz saneamento em todas as casas, mas o eleitor pensa assim: “isso daqui ele deu pra todos”, agora quando ganha um lote ele diz: “isso daqui foi pra mim”. O DF está vivendo um momento de penumbra desde José oberto rruda a ora odri o ollember , ue foi apoiado pelo senhor, vem sofrendo duras cr ticas O D tem eito Tem, mas não se vê candidatos que tenham condições de fato de recuperar o DF. Se continuar assim, vamos perder a autonomia, até os próprios brasilienses vão dizer: “melhor que o presidente nomeie o governador”. Eu acho que, em 2018, se nós não escolhermos bem, pode ser a última eleição de governador no DF. O Brasil não vai aguentar financiar o Distrito Federal sem ver resultados. O senhor pretende se candidatar em Eu não tenho a menor ideia. Ninguém sabe as consequências da Lava Jato sobre o clima político. Não se faz política sozinho, não se sabe quem vai ser atingido. Os partidos que estão aí, inclusive o meu, não convencem a opinião pública. Estou com 72 anos, até tenho dito que eu tenho direito de não ser candidato por mais que ame o meu País. Ao mesmo tempo, olhando ao redor, eu penso: ”será que eu tenho direito de entregar o meu lugar para essas outras pessoas?”. Cogita governo do DF ou presidência? A governador eu não serei. Perdi a reeleição. A senador ou presidente pode ser. Tem que deixar passar um tempo e ver o que vai acontecer. GPSBrasília « 35

Revista GPS Brasília 15  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you