Issuu on Google+

destino

>> 60

lizada na região de Vêneto, possui pouco mais de cinco mil habitantes. No coração da cidade, fica situado o resort Cristallo Palace Hotel & SPA, hotel exclusivo instalado em um palácio centenário. Além de glamour, oferece vistas panorâmicas do vale. O après-ski fica a cargo da variada gastronomia. A região Val D’Aoste, fronteira entre Itália e Suiça, do lado suíço Zermatt e do lado italiano Cervínia são be-

líssimos e considerados berços do esporte. Em Breuil-Cervinia, encontra-se o Hotel Hermitage. Para quem busca requinte e bom gosto, traz também opções para o verão, como golfe, piscina, sauna, SPA. Já na Suíça, as estações mais procuradas são Saint Moritz e Zermatt. Saint Moritz é uma importante cidade turística. Recebe cerca de 200 mil turistas por ano, e foi palco de duas edições de Olimpíadas de Inverno. Outro

destaque fica por conta do clima conhecido como champagne, com grande quantidade de dias de sol. Já Zermatt é um vilarejo com acesso apenas por meio de trem. O pico mais alto da região, Matterhorn, é o símbolo estampado nas caixas do chocolate Toblerone. Com 200 km de pistas, abriga todos os níveis. Nos Estados Unidos, os destinos são Vail e Aspen. Vail, no Colorado, é considerado o maior centro de esqui no país.

A Vail Mountain ostenta pistas para todos os níveis de dificuldade. Outra atração é o Back Bowls, área virgem para esquiadores experientes. Vail ganha destaque ao trazer novas atividades, por exemplo, ski-biking, mistura entre esqui e bicicleta, e tubing, descida de um tobogã dentro de uma boia. A 30 minutos do centro, os turistas podem visitar o The Outlets at Silverthorne. A cidade não é apenas frequentada no inverno. No verão, Vail se mantém mo-

vimentada. Sai de cena o branco e entra paisagem florida, que dá aos turistas oportunidade de trilhas singulares. Aspen é o destino preferido dos brasilienses. A advogada Mônica Paes de Andrade é uma apaixonada por esqui. Já viajou pelos quatro cantos do mundo em busca das melhores

estações. “A primeira vez que pratiquei o esporte foi em 1984, na Argentina. Já esquiamos na França, Suíça, Itália, Canadá, Chile e Argentina. E Aspen é o melhor destino”, conta Mônica. Com opções para iniciantes e profissionais, abriga as pistas Snowmass, Aspen Mountain, Aspen Highlands e

Buttermilk. “Durante o dia, é possível apreciar a mais bela das vistas. Neve, pinheiros e a linda cidade de base compõe uma paisagem privilegiada. Já à noite, a iluminação enobrece os prédios do século 19 e faz tudo parecer um verdadeiro presépio”, conta a viajante. “Eu e minha família

preferimos nos hospedar em Snowmass, que oferece variedade de pistas para diferentes níveis. A grande vantagem em ficar na própria montanha é a praticidade de colocar o ski no pé e sair de casa, não tendo assim trabalho de carregar os equipamentos. Mas quem pretende ficar na cida-


Revista GPS 3