Page 77

E

le é um atleta nato. Desde criança pratica atividade física. O esporte sempre foi uma de suas grandes paixões. Futebol, vôlei, basquete, artes marciais, skate, patins... Não importava. Ele queria mesmo era se movimentar. Atrelado a essa paixão, ele cresceu entre microscópios, recipientes de vidro e pesquisas do laboratório da mãe. O nome dele é Leandro Vaz, figura conhecida em Brasília devido a sua fascinação pelo triathlon e por seu trabalho como médico nutrólogo. Casado com Patrícia Justino, é pai de dois meninos, Matteo e Enrico, seus xodós. Atualmente, divide seu tempo entre treinos, família, consultas e vida social, uma vez que é bastante solicitado por amigos e clientes. Diariamente, antes da jornada profissional, dedica de 1h a 2h para a prática de corrida, bicicleta e musculação. Isso acontece logo cedo, por volta de 5h30 da manhã, pois seus pacientes começam a chegar à clínica entre 8h e 9h. Não é preciso dizer que a disposição surge com o nascer do sol. Esteja onde estiver, Leandro está sempre em trânsito mundo afora… Viajar, um de seus prazeres. Na bagagem são sete Ironman – modalidade de triathlon de longas distâncias, compreendendo aproximadamente 3,8 quilômetros de natação, 180 quilômetros de ciclismo e 42,195 quilômetros de corrida –; 20 meio Ironman; 15 maratonas e quatro ultramaratonas. “Tenho alguns troféus, inclusive um de primeiro lugar que ganhei na Jungle Marathon, uma corrida que acontece no meio da Floresta Amazônica,” compartilha. Na vida profissional, formou-se na Universidade Autônoma de Barcelona, na Espanha. É especialista em Medicina do Esporte, em Nutrologia e pós-graduado em Medicina Ortomolecular e em Medicina Antienvelhecimento pela Universidade da Bélgica. Ainda participa do Programa de Educação Médica Continuada da Universidade de Harvard, em Boston, nas áreas de Obesidade e Genética. Leandro enveredou na área da saúde por causa da sua mãe, Janete Vaz, uma das criadoras do Laboratório Sabin. “Ela sempre foi referência para mim. Além de servir de inspiração para minha área de atuação, é exemplo como empreendedora e mulher batalhadora. Me ensinou a trabalhar duro, respeitar o próximo e ser honesto”, diz, sem titubear. Janete é mesmo exemplo de empreendedorismo. Ao lado da amiga Sandra Costa, criou o Laboratório Sabin do zero, que hoje integra o ranking das melhores empresas para se trabalhar no Brasil. E Leandro herdou a garra e a coragem da matriarca. Hoje, administra sua própria clínica: a Golden Clinic, na Asa Sul, onde é sócio-proprietário. A clínica é focada na medicina preventiva: alimentação,

atividade física, suplementos, hormônios e genética. “Temos exames que medem o metabolismo de repouso, para personalizar a dieta, e mostram a composição corporal, já que ao envelhecer perdemos muita massa muscular e desenvolvemos a sarcopenia – que nos traz muitas dores e perda da qualidade de vida. Temos ainda o teste de esforço cardiopulmonar que avalia a função cardíaca e pulmonar e assim podemos prescrever uma atividade física segura”, explica. Não faz muito tempo, o médico ganhou uma nova e desafiadora missão: tornou-se o responsável por acompanhar o piloto brasiliense de Fórmula 1, Felipe Nasr. “Tem sido uma experiência fantástica. Vou a algumas corridas para ajudá-lo a melhorar sua performance, já que é uma rotina muito desgastante, tanto fisicamente como mentalmente”, conta, orgulhoso. No início da carreira, trabalhou em Barcelona. Atualmente, faz alguns atendimentos na cidade para alguns atletas. No Brasil, só atua em Brasília, por opção. A rotina estressante de aeroporto e trânsito não lhe interessa. É adepto da qualidade de vida. Gosta de ficar em casa, ler livros e artigos científicos e curtir seus filhos e mulher. Para relaxar, opta pelo triathlon. “Fiz vários amigos e aprendi muito como médico, já que são três esportes em um. A prática me ajuda a desestressar, a manter o peso, já que tenho uma rotina social intensa. E, como é ao ar livre, me ajuda a pensar e ter boas ideias para o meu dia”, afirma.

SAÚDE E OS BRASILIENSES De acordo com o médico, os brasilienses estão cada dia mais adeptos à prática de atividades físicas. “A dinâmica da cidade ajuda muito. Não temos semáforos em excesso, nem cruzamentos, o que facilita andar de bicicleta. Temos períodos longos sem chuvas, o que favorece esportes ao ar livre. Percebo que pessoas de todas as idades estão buscando melhorar a qualidade de vida. Querem emagrecer, prevenir doenças. Fazem check-up, vão a médicos e nutricionistas regularmente”, analisa. Leandro segue a linha ortomolecular – baseada na teoria de que as doenças, inclusive as mentais, podem ser curadas pela restauração dos níveis ideais de substâncias, como vitaminas e minerais, presentes no organismo. O médico explica que a maioria das doenças começa com processos inflamatórios e com excessos de radicais livres devido aos grandes erros alimentares e ao estresse. GPSBrasília « 77

[GPS_brasilia_edicao_13.indd 77

13/04/16 22:21

Revista GPS Brasília 13  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you