Page 49

O empreendedor foi o argentino José Tjurs. Ele era taxista em São Paulo e conheceu o então presidente Juscelino Kubitschek. JK o achava audacioso e lhe ofertou um terreno, com mais de 70 mil metros quadrados, além de ajudá-lo a conseguir o financiamento bancário. A missão deu tão certo que em menos de cinco anos o hotel tornou-se um verdadeiro clube de luxo. Os fins de tarde de Brasília ganharam charme. As noitadas, identidade. Após o fim do expediente no Congresso Nacional, os parlamentares seguiam para o Scotch Bar, no mezanino. A movimentação era diária. O local ficou conhecido como Senadinho. Era de praxe terminar o dia com um bom copo de uísque, vodca ou conhaque. De lá saíam convites para o evento mais disputado da década de 1970: o Carnaval, para seletos 500 convidados com roupas de gala e belas máscaras nos salões vermelho ou azul. Um folião era figura carimbada por lá. O ex-presidente Fernando Collor, que antes de assumir o cargo mais alto do País trabalhava como jornalista e passava horas entre a piscina e a sauna do hotel. Estava em quase todos os eventos.  Tjurs prosperou e montou um grupo com mais seis hotéis pelo Brasil, o Horsa Hoteis. Quando faleceu, em 1978, vítima de um infarto, o hotel tinha 17 anos. Era ainda a maior passarela de Brasília.

Moacir Fiorentino, antigo gerente geral do hotel, acompanha visita do rei Pelé

Agradecimento do ex-vice-presidente José de Alencar

As tradicionais festas na beira da piscina

POR AQUI, POR FAVOR No Hotel Nacional, quem faz o receptivo do hóspede é José Souza Pinheiro, funcionário desde a década de 1970. Pinheiro veio da Paraíba aos 18 anos, inicialmente. Começou na limpeza, foi ascensorista do elevador de carga e, depois, do principal. “São mais de 40 anos e continuo com a mesma disposição do primeiro dia de trabalho. Estar aqui é a minha realização profissional e pessoal”, diz. Com os olhos brilhando, lembra-se da movimentação no hotel. “De-

Os políticos Franco Montoro, Tancredo Neves e Leonel Brizola

GPSBrasília « 49

[GPS_brasilia_edicao_13.indd 49

13/04/16 22:21

Revista GPS Brasília 13  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you