Page 1


11/14 Capa

PARA CONVIVER COM A SECA A Paraíba tem 195 municípios em situação de emergência devido à seca. Ações do Governo do Estado para ajudar as comunidades convivência com o fenômeno climático estão em diversas áreas, como perfuração e recuperação de poços artesianos, distribuição de aração animal, mobilização de carros-pipa, implantação de dessalinizadores e projetos que financiam, orientam e implantam a agricultura família.

Índice

6/7

CONSCIÊNCIA NEGRA

Dentro de 90 dias, todo órgão do Governo da Paraíba terá que se adequar às normas do decreto 33.486, publicado no Diário Oficial de 20 de novembro, que inclui o item ‘raça/cor’ em fichas, formulários e prontuários. Com isso, o Governo formará um banco de dados que mostrará o atendimento – ou a falta dele – a essa parcela da população.

3 ISENÇÃO

A tradicional gorjeta, paga ao garçom pelos clientes de bares e restaurantes, está agora isenta da cobrança do ICMS. O decreto nº 33.464, publicado no Diário Oficial do Estado, foi acrescentado no regulamento do ICMS e é aplaudido pela categoria.

5

SANTA RITA

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba está implantando saneamento básico em Odilândia e Várzea Nova, dois distritos do município de Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa. O Governo também autorizou a construção de uma barragem no Rio Tibirizinho, para aumentar oferta d’água no município.

15/ 17 RODOVIA DA REINTEGRAÇÃO

O Governo do Estado autorizou o início das obras da ‘Rodovia da Integração’. Com 84,2 km, esta é uma das principais obras do programa viário ‘Caminhos da Paraíba’. A nova rodovia interligará seis cidades e fará a conexão com a BR-230.

18

ARRUMANDO A ESCOLA

Cada um dos 223 municípios receberá do Governo do Estado um ônibus escolar, os alunos terão bicicleta, fardamento, livros, material escolar e esportivo, e os professores terão tablets. O esforço para preparar a rede de ensino para o ano letivo 2013 representa investimento de R$ 226 milhões. Ano 1 I Número 6 I Dezembro 2012

EXPEDIENTE

Governador da Paraíba: RICARDO COUTINHO I Vice-Governador da Paraíba: RÔMULO GOUVEIA I Secretaria de Estado do Governo: Adriano Galdino I Secretaria Executiva da Casa Civil: Lúcio Flávio I Procurador Geral do Estado: Gilberto Carneiro Secretaria da Comunicação: Estela Bezerra I Secretário Executivo da Comunicação: Paulo André Leitão I Secretaria da Administração: Livânia Farias I Secretaria do Planejamento e Gestão: Gustavo Nogueira I Secretaria das Finanças: Aracilba Rocha I Secretaria da Receita: Marialvo dos Santos I Secretaria da Educação: Márcia Lucena (interina) I Secretaria da Cultura: Chico César I Secretaria da Saúde : Waldson Souza I Secretaria da Segurança e da Defesa Social: Claúdio Lima I Secretaria da Administração Penitenciária: Cel. Washington França I Secretaria do Desenvolvimento Humano: Cida Ramos I Secretaria da InfraEstrutura: Efraim Morais I Secretaria doTurismo e do Desenvolvimento Econômico: Renato Feliciano I Secretaria do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e da Ciência e Tecnologia: João Azevêdo I Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca: Marenilson Batista I Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer: Tibério Limeira I Secretaria da Interiorização: Fábio Maia I Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana: Iraê Lucena I Secretaria do Desenvolvimento e da Articulação Municipal: Manoel Ludgério I Secretaria de Articulação Política: José Lacerda Neto I AESA: Ana Torres I AGEVISA: Jailson Vilberto I ARPB: José Otávio I CAGEPA: Deusdete Queiroga I CDRM: Geraldo Nobre I CEHAP: Emilia Correia Lima I CINEP: Tatiana Domiciano I CODATA: George Henriques I Defesa Civil: Cel. Rufino I DER: Carlos Pereira I DETRAN: Rodrigo Carvalho I DOCAS: Wilbur Jacomé I EMATER: Giovanni Medeiros I EMEPA: Manoel Duré I EMPASA: José Tavares I EMPREENDER: Tárcio Pessoa I ESPEP: André Luiz I FAC: Ramalho Leite I FAPESQ: Claúdio Benedito I FUNAD: Simone Jordão I Fundação Casa de José Américo: Flávio Sátyro I FUNES: José Lacerda I FUNDAC: Kassandra Figueiredo I FUNECAP: Othon Gama I FUNESC: Lú Maia I Hospital de Trauma - JP: Dr. Ginaldo I Hospital de Trauma - CG: Dr. Geraldo Medeiros I IASS/PB: Maria da Luz I IDEME: Mauro Nunes I IMEQ: Jânio Palitot I INTERPA: Nivaldo Moreno I A UNIÃO: Fernando Moura I JUCEP: Aderaldo do Nascimento I LOTEP: Fábio Carneiro I Orçamento Democrático: Ana Paula I PBPREV: Hélio Carneiro I PBTUR: Ruth Avelino I PROCON: Klebia Maria I Projeto Cooperar: Roberto da Costa I Rádio Tabajara: Mária Eduarda I SINE: Deise Raquel I SUDEMA: Laura Farias I SUPLAN: Ricardo Barbosa Diretora de Jornalismo: Vall França I Supervisão editorial: Alexander Rocha e José Carlos dos Anjos Wallach I Repórteres: Adryana de Araújo, Alexandre Nunes, Eliane Nóbrega, Cleane Costa, Clóvis Gaião, Fábio Bernardo Cabral, Heloisa Amorim, Helda Suênia, Janildes Andrade, Jean Gregório, José Nunes Costa, José Cardoso, Josélio Carneiro, Josusmar Barbosa e Tereza Cantalice I Fotografia: Alberi Pontes, Antonio David Diniz, Cácio Murilo, Francisco França, João Francisco, José Linas, José Marques, Kleyde Teixeira I Diagramação: Anderson Rodrigues I Diretor de Governo Eletrônico e Mídias Sociais Lourival Júnior I Diretor de Marketing: Renato Fernandes

2

A revista NOTÍCIAS DA PARAÍBA é uma publicação mensal do Governo da Paraíba distribuida gratuitamente.Seu conteúdo é editado pela Secretaria de Estado da Comunicação Institucional (Secom) em caráter informativo e sua venda é proibida. Endereço: Avenida João Mata, s/n - Bloco II - 6º andar - Centro Administrativo do Estado - Jaguaribe - João Pessoa/PB - CEP: 58015-020 - 83 3218.4499

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012


Gorjeta fica livre do imposto Governo isenta serviço e beneficia milhares de trabalhadores do setor

D

esde o dia 1º deste mês, restaurantes, bares e hotéis da Paraíba estão isentos de recolher o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o valor pago na conta dos 10% concedidos aos garçons, a tradicional gorjeta. O decreto 33.4 64, publicado no Diário Oficial do Estado, foi acrescentado ao regulamento do ICMS. O valor do percentual correspondente à gorjeta dos profissionais ficará excluído da base de cálculo do tributo incidente no fornecimento de alimentação e de bebidas promovido por esses estabelecimentos. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Receita, aderiu ao convênio firmado no âmbito do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), no mês de outubro, para implementar a medida. A mudança garantirá o repasse aos funcionários sem o desconto do ICMS, mas a taxa deverá ser limitada aos 10% do valor da conta. Tratando-se de gorjeta cobrada pelo contribuinte ao cliente, como adicional na conta, o valor deverá ser discriminado no documento fiscal. Quando se tratar de gorjeta espontânea, para ter reconhecida a exclusão do valor da gorjeta da base de cálculo do ICMS, o contribuinte deverá manter à disposição da fiscalização os documentos pelo prazo decadencial (empresas terão que guardar documentos fiscais dos cinco anos anteriores à vigência da nova regra). Como a medida inclui as empresas de micro e pequeno porte, do Simples Nacional, Marcus Mozzini (Presidente da Abrasel-PB) diz que o setor ficará bem mais representado. Ele acrescentou que o pagamento de 10% sobre o valor da conta aos garçons continua sendo uma prática

espontânea dos consumidores, ou seja, não é uma exigência. “É apenas uma forma de agradecer o serviço de atendimento”, lembrou. Pelo texto do decreto, as empresas deverão comprovar que os empregados trabalham, nos termos de legislação, de acordo ou convenção coletiva, sob a modalidade de gorjeta espontânea. A empresa deverá expressar nas contas, cardápios ou em avisos afixados no estabelecimento que a gorjeta não é obrigatória, além do demonstrativo mensal do valor que entrou no caixa em forma de gorjeta espontânea.

“Isso mostra sensibilidade do Governador Ricardo Coutinho e atenção com o setor. A isenção da taxa vai ajudar muito o setor contábil dessas empresas, que tinham dificuldades na hora de contabilizar a gorjeta no faturamento”. - elogiou Marcos Mozzini, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), seccional Paraíba. O benefício da isenção será estendido aos contribuintes do Estado que são optantes do Simples Nacional.

“Não descontar o imposto da gorjeta vai fortalecer a renda do trabalhador, e isso fará com que ele se dedique a um atendimento melhor” Severino Leite, maitre do Hotel Tambaú www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

3


Funad vai tratar esclerose múltipla Diagnóstico precoce vai garantir qualidade de vida a doentes

O

diagnóstico precoce é fundamental para que o portador da esclerose múltipla tenha um tratamento adequado e não venha a sofrer sequelas irreversíveis. A Paraíba acaba de dar um passo importante nesse sentido com a criação do Centro de Referência em Esclerose Múltipla, que vai ajudar as pessoas portadoras da doença a controlar os sintomas e manter a qualidade de vida. O Centro de Referência em Esclerose Múltipla funcionará na Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa Portadora de Deficiência da Paraíba (Funad). A coordenadora do centro, a neurologista Bianca Etelvina Santos de Oliveira, disse que em todo Estado 123 pacientes estão cadastrados nos serviços de saúde, dos quais 65 em João Pessoa e 12 em Campina Grande. A presidente da Funad, Simo-

ne Jordão, destacou a importância da criação do Centro de Referência em Esclerose Múltipa na definição do diagnóstico da doença, tendo em vista que há muitos casos subnotificados na Paraíba. Ela acrescentou que o espaço destinado para funcionamento do Centro está praticamente pronto para oferecer assistência médica especializada, serviço social, fisioterapia e fonoaudiólogo, dispensação e aplicação de medicamentos, com atenção farmacêutica e de enfermagem. “Além de ser um espaço de atendimento, o centro vai funcionar como equipamento de fomento à pesquisa, estudos e formação de profissionais”, afirmou a presidente da Funad, observando que os portadores de esclerose múltipla, a partir de agora, não ficarão perambulando nas unidades de saúde quando os profissionais desconfiarem dos sintomas da doença.

Para o vice-presidente da Associação Paraibana de Esclerose Múltipla (Apbem), Marcolino Barros, a criação do centro de referência é uma grande vitória para os portadores da doença. “O centro vai permitir que o diagnóstico seja feito precocemente. Isso é muito difícil hoje em dia, já que se trata de um diagnóstico feito por exclusão. Esse centro será fundamental e a Paraíba vai ganhar em qualidade de atendimento, pois o profissional terá para onde encaminhar o paciente com esclerose múltipla”, ressaltou. Marcolino Barros explicou que a esclerose múltipla é uma doença de difícil diagnóstico porque se confunde com outras patologias, pois seus sintomas iniciais podem aparecer e desaparecer repentinamente (surtos). O diagnóstico somente pode ser dado após uma combinação de exames clínicos específicos e ressonância magnética.

A doença A esclerose múltipla é uma doença degenerativa do sistema nervoso central, responsável pelo controle geral do organismo, como funcionamento de órgãos e percepção dos sentidos. Ela é autoimune – quando o corpo reage contra suas próprias células e tecidos por uma falha no sistema imunológico – e tem evolução crônica que pode levar a sequelas motoras e sensoriais. A doença não tem cura, mas pode ser tratada com medicamen4

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012

tos. Quanto antes for feito o diagnóstico, melhor para o tratamento. Os sintomas mais comuns são: dormência em qualquer parte do corpo, perda das funções motoras, visão dupla ou perda momentânea da visão, dor sem causa específica, dificuldade para caminhar, fadiga, desequilíbrio, tremores e dificuldades de controlar os movimentos, entre outros. A doença atinge principalmente adultos jovens entre 20 e 40 anos, sendo na grande maioria do sexo feminino e de pele branca.


Obras do Governo beneficiam 8 mil pessoas em Santa Rita R$ 19 milhões em saneamento básico e abastecimento de água

O

ito mil pessoas serão beneficiadas com a implantação do sistema de saneamento básico nos distritos de Odilândia e Várzea Nova, no município de Santa Rita, que fica na região metropolitana de João Pessoa. O Governo do Estado, via Companhia de Água e Esgotos (Cagepa) está implantando 1.469 metros de emissário, uma estação elevatória de esgotos e 7.183 metros de rede coletora. O investimento chega a R$ 10 milhões e inclui 984 ligações domiciliares e 984 ligações intradomiciliares. Especificamente em Várzea Nova, as obras consistem na ampliação do sistema de esgotamento sanitário. Atualmente, os operários trabalham na implantação de rede coletora e de ligações domiciliares na Rua Boa Vista, no trecho que compreende

a Travessa Sete de Setembro e Rua Gomes Vieira. A previsão é de que os serviços em Várzea Nova estejam concluídos no segundo semestre de 2013.

Odilândia Para o distrito de Odilândia,

estão sendo investidos, também com recursos dos governos federal e estadual, cerca de R$ 5,5 milhões. Serão implantados 300 metros de emissário, estação de tratamento, 3.500 metros de rede coletora, 546 ligações domiciliares e 546 intradomiciliares.

Barragem no Rio Tibirizinho aumentará oferta de água O Governo do Estado autorizou a construção de uma barragem de nível no Rio Tibirizinho para captação de água no município de Santa Rita. A obra custará R$ 2.900.00,00 com recursos dos governos Federal e Estadual dentro do PAC 2. A barragem vai complementar outra obra em execução dentro do PAC 1, de implantação de rede

de distribuição, reservatório e estação de água tratada que garantirá o abastecimento dos bairros de Marcos Moura, Tibiri e Eitel Santiago. Nesta obra estão sendo investidos R$ 5.697.709,97 (PAC 1). O Estado está investindo, no total R$ 9 milhões em obras que garantirão a melhoria do abastecimento de água em Santa Rita. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

5


Cons po

Maria Isabel Santos da Silva, 11 anos, aluna da Escola Estadual Coelho Lisboa, da cidade de Santa Luzia, descendente da comunidade quilombola Pitombeira, uma das 38 comunidades da Paraíba, apresentou-se em um número de dança no dia da assinatura do decreto. O Dia da Consciência Negra é comemorado em 20 de novembro, lembrando a morte do líder Zumbi.

6

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012


nsciência negra é olítica de Estado Decreto cria banco de estatísticas que vai orientar assistência pública a essa população

O

Governo do Estado quer saber como, onde e em que níveis se dá o serviço público voltado a negros, pardos e indígenas. O que pode parecer apenas uma medida administrativa – no caso o decreto que institui o quesito ‘raça/cor’ em fichas, formulários e prontuários – é na verdade uma ação de governo de alto alcance porque vai gerar o banco de dados que mostrará a realidade do atendimento, ou falta de assistência, a essa parcela da população. Na Paraíba, de acordo com dados do IBGE, mais da metade dos habitantes (58,5%) é formada por negros e pardos, e há mais de 2.4 00 famílias de origem quilombola. Com os novos formulários o Estado terá condições de identificar os negros, pardos, ciganos e indígenas para saber onde moram, trabalham, estudam e quais serviços acessam. A inclusão do item ‘raça/cor’ nos sistemas de recursos humanos possibilita-

rá que a gestão pública saiba quantas dessas pessoas são atendidas, por exemplo, pelo Empreender PB, Projeto Cooperar e outras ações públicas. A Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana vai treinar os servidores públicos para que preen-

cham corretamente o formulário nesse novo quesito, e os órgãos públicos têm prazo de 90 dias para se adaptar às normas do decreto 33.486, que é fruto de uma reivindicação do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Cepir).

Informações que orientam ações A chance de um jovem negro ser assassinado na Paraíba é 20 vezes maior que a chance de um jovem de cor branca, revelam os dados do Mapa da Violência 2011, divulgado pelo Instituto Sangari. Informações como essa só são possíveis com um sistema de registro eficiente que ofereça ao gestor caminhos para a solução dos problemas. A nova norma, instituída no decreto publicado no Diário Oficial do Estado em 20 de novembro, já será aplicada nas matrículas da rede estadual de ensino para o ano letivo 2013. O simples preenchimento do quesito ‘cor/raça’ vai possibilitar ao Estado da Paraíba preencher lacunas importantes como: percentual de pessoas negras atendidas em programas sociais; estatítiscas de assassinatos e prisões; atendimento em hospitais;

onde estudam e trabalham essas pessoas, suas práticas de sobrevivência, costumes e produção cultural. “O decreto do governo foi feito no contexto das ações voltadas à comunidade negra, mas, a rigor, a discriminação da raça e da cor nos formulários oficiais acabará por criar informações e ações para todas as raças. É meta que isso se torne uma política de Estado, não apenas uma ação de governo”, diz a secretária executiva da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares. O Governo do Estado promoveu uma solenidade para marcar o Dia da Consciência Negra, onde lançou os projetos ‘A Cor da Cultura’ e ‘Olhos Coloridos’ que trabalharão a temática racial dentro das escolas. Também colocou à disposição da população o Disque Racismo (197) pelo qual será possível denunciar crimes de racismo. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

7


’ m i r i M o r i e b m ‘Bo tira crianças e s a u r s a d s e t n e c s adole

a a bairros eg ch o et oj pr , ão aç tu a Em dois anos de da capital e do sertão

O

Corpo de Bombeiros da Paraíba vem desenvolvendo há dois anos uma ação voltada para crianças na faixa etária de 9 a 11 anos regularmente matriculadas em escolas públicas da Paraíba. O Projeto Bombeiro Mirim já atendeu 353 crianças, nos bairros de Mandacaru, Ilha do Bispo, Jardim Veneza, São José e Ipês, em João Pessoa, em Por-do-Sol e Pio X, em Cajazeiras, que aprenderam técnicas de primeiros socorros e de prevenção de acidentes domésticos, como incêndio e casos de engasgo. Segundo o coordenador do projeto, o major Donelson Lira, o maior desafio do comando da corporação é estender a ação social a um maior número de municípios. O projeto visa resgatar a cidadania e o bom convívio social de meninos e meninas que estejam na rua. O Corpo de Bombeiros é tido no mundo inteiro como uma das instituições de maior credibilidade, com aceitação que chega a 97% da sociedade brasileira. A missão de salvar vidas e a cor vermelha dos uniformes e viaturas conquistam adultos, jovens e principalmente crianças. Foi essa a chave para criar o projeto e atrair a atenção das crianças e adolescentes.

Bombeiros mirins em dois momentos: durante a aula e, depois, no lanche

Como funciona As crianças são selecionadas com o aval dos pais, professores, líderes comunitários, Centro de Referência da Assistência Social ou Núcleo de Policiamento Comunitário. No quartel, de segunda a quinta-feira e em horário oposto ao da escola convencional, as crianças recebem aulas práticas e teóricas de primeiros socorros, combate a incêndio e prevenção às drogas, e se dedicam a atividades culturais. Também aprendem técnicas de salvamento em áreas de praia, lagos, rios, açudes e mananciais. Cada aluno recebe um kit com o manual do projeto e fardamento e, ao final de quatro meses de curso, o aprovado recebe certificado de Bombeiro Mirim. No intervalo das aulas é oferecido um lanche e, no encerramento das atividades, as crianças são levadas para casa na mesma viatura que as trouxe ao quartel.

Requisitos

Instrutoras orientam as crianças sobre como devem agir nos primeiros socorros

8

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012

Uma das condições para participação no projeto é que a criança esteja matriculada em escola pública da área de atendimento das unidades operacionais do 1º Batalhão de Bombeiros Militares em João Pessoa, que compreende 11 municípios do Estado, bem como na circunvizinhança onde estão situadas as sedes dos Batalhões e Companhias de Bombeiros Militares. O Projeto Bombeiro Mirim permite o desenvolvimento de ações sociais que disseminam a prevenção ao consumo de drogas, estreitam a relação das organizações com a sociedade e reduzem o número de acidentes domésticos.


Paraíba tem maior queda de homicídios do Nordeste Estado combate violência com sistema de monitoramento constante e integração policial anterior e com a perspectiva de fechar o ano com o maior índice de redução dos homicídios do Nordeste.

Unidades de Polícia Solidária

A

Paraíba acumula uma redução de 9,69% no número de homicídios de janeiro a novembro deste ano em relação ao mesmo período de 2011 – a maior queda de registro de crimes dessa natureza na comparação com outros estados do Nordeste, a exemplo de Pernambuco (7%) e Rio Grande do Norte (0,9%). Segundo dados do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social da Paraíba, enquanto nos 11 primeiros meses deste ano foram contabilizados 1.388 casos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), no ano passado ocorreram 1.537 crimes em igual período. Durante reunião de monitoramento, o Núcleo de Análise Criminal Estatística também destacou a queda dos homicídios em novembro de 2012, em relação ao mesmo mês nos anos anteriores. Este ano foram 114, enquanto que em 2011 foram contabilizados 138. Já em 2010 foram 156 e em 2009, 163 casos. Os números de 2012 repre-

Força é treinada para atuar contra a criminalidade e atender a população; e também recebeu mais viaturas

sentam diminuição de 30% em relação a 2009. Os CVLI registrados em João Pessoa, especificamente, também tiveram queda no comparativo do mês de novembro deste ano com o de anos anteriores: foram 51 homicídios em novembro de 2009 e 38 no mês passado.

No Nordeste No comparativo com outros estados da região, o relatório do Nace mostra que, de janeiro a novembro deste ano, enquanto a Paraíba teve a maior redução, a Bahia e o Ceará registraram aumento de 2,7% e 33,4% no número de CVLI, respectivamente. Após 11 anos de crescimento ininterrupto, pela primeira vez, a Paraíba está terminando 2012 com um índice menor do que no ano

As regiões abrangidas pelas Unidades de Polícia Solidária (UPS) obtiveram redução de homicídios, de acordo com os números apresentados pela Secretaria da Segurança na reunião de monitoramento. Na UPS do bairro do Alto do Mateus, na Capital, nos 11 meses de 2012 foram registrados oito crimes desse tipo, 11 a menos que em todo o ano de 2011. Em 2010, foram contabilizados 22 CVLI na localidade. A diminuição de homicídios também foi verificada na UPS do Bairro São José: 12 casos de janeiro a novembro deste ano e 37 em todo o ano de 2011.

CVLI no Nordeste/ Jan. a nov./2012 PB........................ - 9,69% PE........................ - 7% RN....................... - 0,9% BA....................... + 2,7% CE........................+ 33,4% www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

9


Professor usa criatividade para melhorar rendimento de alunos Ideia será apresentada em encontro internacional em Israel Alunos aprovam

O

professor da rede estadual de ensino Arystótenes da Silva Prata associa criatividade, inovação e tecnologia para encontrar uma maneira mais interativa de ensinar suas disciplinas. Com o projeto “Falar espanhol é gostoso”, por meio de um blog na internet, o trabalho do professor melhorou o rendimento e as notas dos alunos, e alcançou repercussão dentro e fora da Paraíba.

sete campos construídos no Ceará para manter os flagelados da grande seca de 1932 longe de Fortaleza. A Yad Vashem, para selecionar os projetos, analisa o currículo do professor e suas atividades. No seminário promovido pela entidade israelense o objetivo é a formação e a capacitação de docentes, professores e intelectuais para incorporar o estudo do holocausto nas instituições, além de oferecer ferramentas conceituais, acadêmicas e pedagógicas que facilitem o processo de ensino e aprendizagem sobre o holocausto.

Como funciona

Recentemente o professor Ary Prata teve dois projetos selecionados, dentre os 32 projetos de 11 países latino-americanos, pela Yad Vashem, entidade judaica que mantém o memorial do Holocausto, museu e escola de educação internacional, em Jerusalém. Ary Prata será um dos quatro brasileiros que representarão o Brasil em Israel, durante encontro internacional de educadores. Um dos projetos selecionados é o “Falar espanhol é gostoso”. O outro é o projeto “Conhecendo a Shoá”, trabalho que envolve cultura popular, contextualização da educação e aulas de história, abordando o tema holocausto em forma de cordel, e que faz um comparativo entre os campos de concentração de Hitler para supliciar os judeus e os

10

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012

Do projeto participam as turmas de 6º ao 9º ano do ensino fundamental, embora se perceba o interesse e presença de estudantes de diferentes turmas e níveis. As escolas estaduais Francisco de Assis Gonzaga e Nossa Senhora das Graças estão localizadas no polígono das secas e recebem grande número de estudantes da zona rural. “As potencialidades naturais e culturais do semiárido serão sempre um alvo contínuo de representação no Blog e temática de debate nas aulas”, garante. O blog da disciplina de língua espanhola tornou-se então o portal de comunicação entre o professor e os estudantes. Durante as aulas, é estimulado o debate acerca de eventuais postagens sobre temáticas sociais como exploração infantil, trabalho escravo, cidadania etc. Os estudantes que não dispõem de internet própria ou na comunidade rural são quinzenalmente conduzidos aos laboratórios de informática e telecentros municipais.

Daniela Lima do Nascimento, 13 anos, aluna no 8º ano da Escola Francisco de Assis Gonzaga, em Prata, participa desde o início do projeto, e considera as postagens bem educativas. Ela acredita que acessando o blog tem melhorado seus estudos de espanhol. “O que não dá para ver na escola por conta do horário, acesso no blog e com isso consigo obter ótimas notas. O blog é como um reforço”, explica. Já Mateus Lima Neves, 14 anos, também do 8º ano da mesma escola, acha o projeto importante por conta dos exercícios postados que ajudam a entender melhor as coisas. “Não dá para o professor Ary ensinar tudo nas aulas. As postagens são muito interessantes”, constata.

Realidade local em cordel O professor Ary Prata preparou um cordel sobre o holocausto para apresentar especialmente no encontro que terá com os educadores internacionais em Israel. Trata-se do projeto ‘Conhecendo a Shoá’, desenvolvido com estudantes das duas escolas.


o ã ç a l u p o p e g e t o r p o Govern a c e s a d s dos efeito Conjunto de medidas leva ao semiárido água, ração animal e ações sociais para garantir geração de renda e estimular moradores das áreas atingidas a conviver com a estiagem

G

arantia da água para consumo humano, socorro ao rebanho e implantação de programas que garantam a manutenção da renda no campo são os princípios do conjunto de medidas

adotadas pelo Governo do Estado para ajudar as populações a conviver com a seca – uma das maiores das últimas décadas – que levou 195 municípios paraibanos a entrar em situação de emergência neste ano. As ações incluem perfuração e recuperação de poços, construção de cisternas, implantação de sistemas de abastecimento d’água singelo em comunidades rurais, aumento na oferta de água por meio de carros-pipa, distribuição de ração animal, implantação de dessalinizadores e, em parceria com o Governo Federal, oferta de crédito para a agricultura familiar. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

11


Perfuração de poços A Companhia de Desenvolvimento dos Recursos Minerais (CDRM) perfurou até o final de novembro 184 poços artesianos, dos quais 94 passaram pelo teste de vazão. O Governo está comprando motores, bombas d’água, cataventos e tubulação para serem instalados nesses poços. Também foram adquiridas três perfuratrizes com capacidade de perfurar até 500 metros de solo cristalino. A Secretaria de Infraestrutura fez um levantamento e constatou que é necessária a recuperação de 486 poços. Até a primeira semana de dezembro 60 poços haviam sido recuperados. O programa recebeu investimentos de R$ 3 milhões.

Carros-pipa Atualmente o Estado abastece com 272 carros-pipa a população de 112 municípios, cerca de 200 mil pessoas. Já o Exército utiliza 482 carros-pipa em 115 municípios, garantindo água para 276 mil pessoas. Cada carro faz mais de uma viagem por dia para abastecer cisternas com água retirada de açudes definidos pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa). O Governo está pleiteando ao Ministério da Integração recursos para mais 500 carros-pipa.

12

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012

Cisternas O Governo do Estado firmou convênio com o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), no valor de R$ 19 milhões, para construção de 7 mil cisternas em comunidades e mais 350 em escolas públicas, com capacidade para 52 mil litros. Essas cisternas serão construídas em 40 municípios do Brejo, Curimataú, Cariri e Sertão. Este é o segundo convênio assinado com o MDS. O primeiro, já em execução, investe R$ 8 milhões na implantação de 4.550 cisternas em 32 municípios. As cisternas do segundo contrato atenderão os municípios de Algodão de Jandaíra, Areia de Baraúnas, Bananeiras, Bernardino Batista, Bom Jesus, Cacimbas, Caiçara, Cajazeiras, Carrapateira, Catingueira, Caturité, Cubati, Desterro, Fagundes, Gado Bravo, Juazeirinho, Logradouro, Malta, Marizópolis, Maturéia, Mogeiro, Montadas, Nova Palmeira, Olho d’Água, Passagem, Patos, Paulista, Pedra Lavrada, Picuí, Pocinhos, Poço de José de Moura, Princesa Isabel, Queimadas, Remígio, Riachão do Bacamarte, Santa Cecília, Santa Cruz, Santa Helena, Santarém, São Francisco, São José de Princesa, Sousa e Vista Serrana.

Ração animal gratuita De acordo com a direção do Comitê de Combate à Seca, o programa de ração animal já distribuiu gratuitamente com mais de 30 mil famílias de produtores cerca de 17,5 mil toneladas de ração. Iniciado no final de julho, com investimento de R$ 17 milhões, o programa tem a meta


de distribuir 19 mil toneladas. São 14 polos de distribuição no estado. O Ministério da Integração Nacional publicou no Diário Oficial da União do dia 29 de novembro a Portaria nº 671, repassando à Paraíba mais R$ 5 milhões para a manutenção do programa de carros-pipa e da ração animal gratuita até o mês de fevereiro.

Ração da Empasa O Programa Emergencial de Manutenção do Rebanho, em execução pela Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa), beneficiou até o início de dezembro 4.424 produtores com o financiamento de ração animal pela

metade do preço de mercado. Cerca de 820 produtores beneficiados são cadastrados no Programa Leite da Paraíba. Os produtores adquirem a silagem de milho, a torta de algodão e farelo de soja em pontos da Empasa instalados em Campina Grande, Monteiro, Patos, Pombal, Sousa, Itaporanga, Cajazeiras, Catolé do Rocha e Picuí. Até agora foram adquiridas pelos produtores 1.862 toneladas de ração. A torta de algodão é vendida a R$ 30,00 a saca de 50 kg, o farelo de soja custa R$ 40,00 (50 kg), além da silagem de milho e sorgo, que estão sendo repassados por R$ 0,30 por quilo.

Programa Água Doce O Governo do Estado instituiu o Núcleo de Gestão do Programa Água Doce, que implanta, recupera e gere sistemas de dessalinização, e perfura poços artesianos. Executado já há algum tempo, o ‘Água Doce’ agora ganha mais agilidade com a criação do núcleo gestor. O objetivo primordial é transformar água salgada ou salobra – muito comum no semiárido – em água doce potável por meio de dessalinizadores. A partir da dessalinização há a construção de um chafariz que atende a uma comunidade de pelo www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

13


Agricultura familiar Por meio da Emater já foram disponibilizados aos produtores rurais mais de R$ 170 milhões, recursos oriundos do Garantia Safra, Programa Nacional de Agricultura Familiar, Pronaf, Bolsa Estiagem, Programa Nacional de Alimentação Escolar, Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Palma forrageira

menos 600 pessoas, e a água resultante desse processo é usada, por exemplo, para tanques de criação de peixes. Atualmente, existem três unidades do programa, nos municípios de Amparo, Aroeiras e Sumé. A meta do Governo é que até 2014 mais 93 comunidades sejam beneficiadas com projetos de dessalinização.

Funcep O Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza no Estado da Paraíba (Funcep) é um dos instrumentos do Governo que tem contribuído para amenizar os efeitos da seca. Este ano o órgão disponibilizou R$ 5,3 milhões para perfuração e recuperação de poços, construção de cisternas e instalação de pontos de abastecimento de água no Estado.

Sementes comunitárias O Programa Estadual de Bancos de Sementes Comunitárias – Safra 2011/2012, lançado pela Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, está levando alimento básico para os agricultores e seus rebanhos, por meio de pequenos sistemas de irrigação. A novidade desta ação foi a introdução da semente selecionada de sorgo tipo ‘ponta negra’ e do milho ‘BRS 1501’, o milheto.

Milho Os governos do Estado e fe-

14

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012

deral são parceiros na logística de distribuição de milho para alimentar os rebanhos. Pelo Programa Vendas em Balcão a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) tem viabilizado a oferta de milho subsidiado a cerca de 15 mil pequenos criadores a partir dos escritórios da Emater nos 223 municípios paraibanos. Já foram entregues 25 mil toneladas de milho e até fevereiro esse número chegará a 60 mil toneladas. A saca de 60 quilos de milho custa R$ 18,12 para o produtor que comprar até 3 mil quilos.

Foram distribuídas 1 milhão de raquetes e mudas de palma forrageira da variedade ‘Palmepa PB1’, resistente à cochonilha do carmim e outras pragas. No início deste mês agricultores rurais de 12 municípios da região do Vale do Paraíba receberam 10 mil raquetes da palma especial que já desperta o interesse de outros estados nordestinos. A Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa) está orientando no manuseio das mudas e raquetes. No campo, as mudas precisam passar oito dias na sombra depois do corte e, em seguida, poderão ser plantadas e irrigadas. Se um produtor plantar em um canteiro de um metro por dez metros, com espaçamento de dez centímetros, ele terá 1.000 mudas para plantar a cada 35 dias.


Começa a Reintegração U

Rodovia tira do isolamento 117.000 pessoas de seis cidades

ma das obras mais importantes do Programa Caminhos da Paraíba foi iniciada neste mês pelo Governo do Estado. A Rodovia da Reintegração, com 84,2 km, interligará seis municípios e a BR-230, beneficiando com rapidez, conforto e segurança nas viagens uma população de 117.141 habitantes, que esperava pela obra há mais de meio século. A região formada pelos municípios Areia de Baraúna, Assunção e Cacimba de Areia, ficou isolada quando ocorreu a inauguração da BR-230, que passa pelos municípios de Junco do Seridó e por Santa Luzia. De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a obra custará R$ 62,4 milhões e será executada em dois tre-

chos da PB-228: um que liga Quixaba e Passagem ao entroncamento da BR-230, numa extensão de 37 km; e outro ligando Assunção, Salgadinho, Areia de Baraúnas e acesso a Passagem, com 39,3 km. Mais 8 km serão restaurados entre a BR230 e o município de Assunção. A Rodovia da Reintegração será construída em concreto de alta resistência (CBUQ, o mesmo utilizado em rodovias federais) e com uma terceira faixa nos poucos quilômetros de serra, o que dará mais segurança ao tráfego.

População comemora “Desde quando João Agripino abriu esta estrada de terra que se prometia trazer o asfalto. Trabalhei anos como motorista e encontrei barro e pedra pela frente. Hoje

o asfalto vai se tornar uma realidade para facilitar o acesso desses municípios a Patos e à BR-230”, diz o motorista Raimundo Gabriel dos Santos, morador de Quixaba. Geraldo da Nóbrega, morador da zona rural de Salgadinho, afirma que a a população da região sonhava com a obra desde 1950: “Quando tinha 14 anos, várias personalidades políticas já prometiam o asfalto. O tempo passou e hoje com quase 80 anos vejo a estrada ser iniciada. É uma realização para mim e para todo o povo desta região”. “É um momento feliz de nossas vidas e a demonstração de que neste governo o sonho do povo pode se tornar realidade”, comemorou a estudante Paloma Aquino, de 11 anos. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

15


Reintegração

A rodovia interligará seis municípios e a BR-230. A pavimentação de 84,2 km dará conforto, rapidez e segurança no transporte de cargas e no deslocamento de pessoas. A região tem uma população de 117.141 pessoas. O asfalto a ser empregado na obra é o de alta resistência,o mesmo das rodovias federais.

16

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012


www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

17


Do caderno ao ônibus Governo investe R$ 226 milhões para preparar ano letivo 2013

D

e fardamento a livros, de material esportivo a ônibus, mais de 200 itens chegarão às 806 escolas da rede estadual no início do ano letivo de 2013. O investimento será de R$ 226 milhões e também abrange equipamentos, móveis, instrumentos musicais e para laboratórios escolares. Após planejamento conjunto feito pela Secretaria de Estado da Educação e as 14 Gerências Regionais de Educação, com a participação dos gestores e a própria comunidade escolar, ficou definida a aquisição de fardamento, kit escolar, kit esportivo, livros paradidáticos para as bibliotecas, além de 223 ônibus escolares (com plataforma elevatória para cadeirantes, ar condicionado e cadeira de rodas) que serão distribuídos com os municípios e 16.945 bicicletas, que serão entregues aos alunos da zona rural que residem mais próximos da cidade onde estudam. Acompanha as bicicletas o equipamento de segurança ( joelheira, capacete e cotoveleira). Para garantir acessibilidade aos portadores de deficiência estão incluídos no material esportivo 10 cadeiras de roda e bolas de guizo, entre outros itens, para atender aos alunos da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad). As escolas e as sedes das gerências regionais também receberão mesas, birôs, cadeiras, equipamentos de informática, utensílios de cozinha, material pedagógico, aparelhos de ar condicionado, 4.145 projetores de multimídia, 5.425 quadros brancos, entre outros itens. O Estado está adquirindo 65 mil carteiras escolares, 150 laboratórios de robótica, 150 laboratórios de matemática, 220 laboratórios de informática, 100 bandas marciais e 3.660 extintores de incêndio de água e pó. “Os 4.230 professores efetivos do Ensino Médio receberão tablets, que representam investimento de R$ 1.179.747,00, com recursos do Ministério da Educação (Mec), porém para garantir o acesso ao equipamento

18

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012

também aos docentes não efetivos do Ensino Médio, o Governo do Estado está adquirindo mais 10 mil tablets, investindo recursos próprios na ordem de R$ 5 milhões”, informou a secretária em exercício da Educação, Márcia Lucena. Serão entregues também agendas do professor e do aluno.

Reformas A ação do Governo para preparar o início do ano letivo inclui reformas e ampliações que estão sendo executadas em 300 escolas. Dos R$ 226 milhões que serão investidos, R$ 200 milhões são oriundos do Tesouro Estadual e R$ 26 milhões do Plano de Ações Articuladas (PAR), do Ministério da Educação, que já foram liberados para aquisição de equipamentos e mobiliários. A Paraíba foi um dos primeiros estados do País a concluir o PAR, aprovado na íntegra pelo Mec. O Plano de Ações Articuladas elaborado para o quatriênio 2011/2014 é um instrumento obrigatório de organização das ações das redes estaduais, com o objetivo de captar recursos para a melhoria da qualidade de ensino e da aprendizagem.

Estudantes da rede estadual terão livro, material didático, fardamento e transporte


Raissa Raquel

Aluna da Escola Estadual de Ensino Médio Profº Pedro Augusto Porto Caminha (EEPAC)

“ Tenho orgulho do meu colégio” Há dois anos, quando ingressei no ensino médio, escolhi uma escola perto da minha casa por questões de comodidade e facilidade de transporte, o EEPAC sempre foi conhecido no bairro como o colégio sem futuro, mas ainda sim optei por me formar nele! No ano de 2010 eu desisti da conclusão do primeiro ano por desmotivação educacional, os professores não eram bem preparados para formar jovens, salvo poucos. No ano de 2011, voltei a cursar o primeiro ano na mesma escola com a diferença relevante na qualidade do ensino com a saída de alguns professores e entrada de professores mais preparados, enfim, no ano presente (2012) estou cursando o segundo ano do ensino médio de forma que tenho orgulho de dizer que o ensino no EEPAC já alcança ótimos níveis, temos agora professores qualificados e ainda por cima jovens, que estão

realmente comprometidos com o que fazem, professores esses que passei a admirar por me ensinarem uma coisa que muitos alunos do ensino público do Brasil ainda não tiveram o prazer e a oportunidade de conhecer: a famosa EDUCAÇÃO! Quero nessa reta final prestar mais uma vez os meus agradecimentos do fundo do coração aos profissionais que me guiaram este ano, agradecer pela dedicação, paciência, comprometimento, carinho, respeito, dentre muitas outras coisas e também dizer que conquistei verdadeiros amigos e mestres! Acredito que todas as palavras ditas aqui se aplicam a todos os meus colegas que tiveram junto comigo o prazer de conhecer vocês, principalmente Tatiane Carvalho, Victoria Costa e Lidia Oliveira! – Serguei Santos, Amauri Olimpio, Antonio Costa Filho, George Bezerra da Silva, Jucilene, Iriberto, Lima, Wilton, Gorth, Tuanny Garcia, Thiago Gadelha, Jefferson Sousa! www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

19


Rede fortalece ações de preven Medidas de enfrentamento incluem assistência jurídica, apoio de crédito e capacitação

A

s políticas públicas do Governo do Estado voltadas para a mulher têm como prioridade o fortalecimento das ações de prevenção e enfrentamento à violência, a disponibilização de serviços de assistência e o apoio com crédito e capacitação profissional. Um dos destaques dessa ação de governo é a Casa Abrigo Aryane Thaís, uma moradia criada para dar segurança às mulheres e seus filhos que estão sob risco de morte. Lá, elas têm garantida a integridade física e psicológica. A estadia é sigilosa e temporária, até que a mulher vítima de violência tenha condições de reestruturar-se e refazer a vida social e econômica. Na Casa Abrigo, as mulheres recebem apoio psicológico, jurídico, social e pedagógico e capacitação profissional, e são auxiliadas na elaboração de um plano de vida com inserção social.

A rede de assistência inclui nove Delegacias Especializadas para as Mulheres (Deams), 19 organismos de políticas públicas municipais – sendo 11 secretarias, sete coordenadorias, duas gerências e uma Comissão de Apoio à Política dos Direitos da Mulher e da Diversidade Humana, instalada na cidade de Queimadas. Há também 89 Centros Especializados da Assistência Social (Creas), cujos profissionais são rotineiramente capacitados para prestar o atendimento especializado às mulheres vítimas de violência. A secretária de Estado da Mulher e Diversidade Humana, Iraê Lucena, afirma que as ações públicas nesse setor precisam ser intersetoriais e transversais: “Isso quer dizer que elas são integradas entre os poderes Executivo, Judiciário e Legislativo, junto com a sociedade civil, sobretudo os movimentos de mulheres. O fato é que a ação deve acontecer nas diversas áreas do governo e dos municípios, como saúde, assistência social, geração de emprego e renda, entre outras”. “O desafio é capacitar profissionais e gestores para atender mulheres vítimas de violência doméstica e sexual de forma humanizada, qualificada e com resolutividade, enfrentando a cultura machista que cultua a permanência das mulheres em relações violentas”, disse a secretária Executiva da Mulher e Diversidade Humana, Gilberta Soraes.

Formação e capacitação O governo capacita e forma profissionais que atuam no âmbito do Pacto de Enfrentamento à Violência contra a Mulher e Lei Maria da Penha. Foram capacitadas 415 profissionais das áreas de enfermagem, serviço social, psicologia, gestores dos Creas e Cras e de secretarias municipais de saúde em 38 municípios.

Pacto O Governo da Paraíba integra o Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, assinado em 2009 e repactuado em 2011 com a Secretaria de Políticas para Mulheres, da Presidência da República (SPM/ PR), com a adesão de 73 municípios paraibanos. Uma câmara técnica estadual articula, planeja e monitora a implantação do acordo nas cidades.

Programa de Atenção Integral A Paraíba conta com uma rede de atendimento interligada pelo Programa de Atenção Integral às Mulheres Vítimas de Violência Sexual. Em casos de violência sexual existe um atendimento específico à saúde sexual e reprodutiva das mulheres, com especial atenção à prevenção de DST/Aids e à gravidez indesejada. As mulheres podem recorrer a postos de saúde, hospitais regionais, maternidades e Unidades de Saúde da Família. Automaticamente a denúncia é encaminhada para atendimento jurídico. A assistência também pode ser buscada na Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) e nos Centros de Referência da Mulher em Cajazeiras, Santa Luzia e João Pessoa, ou no Centro de Referência do Estado em Campina Grande.

Portal Lançado em agosto deste ano, o portal www.v iolenciacontramulher.pg.gov.br é uma ferramenta de divulgação das políticas públicas de proteção à mulher, desenvolvidas pelo Governo do Estado e pela Rede de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher. O site informa sobre o Disque Denúncia 197, a Lei Maria da Penha, orientando as mulheres sobre os tipos de violência e os serviços de atendimento.

Empreender Mulher É uma linha de crédito exclusi-

20

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012


nção à violência contra mulher va que visa dar oportunidades àquelas mulheres organizadas em grupos, associações, cooperativas, ou individualmente, priorizando as mulheres em situação de violência atendidas pela rede e de vulnerabilidade social. O objetivo é promover a autonomia econômica e financeira na perspectiva do enfrentamento à pobreza.

Pacto pelo Desenvolvimento Social É uma parceria entre o Governo do Estado e as prefeituras nas áreas de educação e saúde para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. No conjunto de contrapartidas solidárias, foram incluídas ações de enfrentamento à violência contra a mulher, como capacitação de profissionais das USF e de Cras e elaboração de plano municipal de enfrentamento à violência, como uma forma de envolver os municípios em ações compartilhadas.

Sistema de registro de dados A Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana,

em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Estadual e Municipal (Ideme), está formatando um banco de dados sobre a violência contra a mulher. Essas estatísticas tomam por base as ocorrências registradas em todo o estado junto às Delegacias de Polícia Civil, Delegacias da Mulher, Cras, Creas, Centro de Referência da Mulher, Casa Abrigo, serviços de referência em saúde que prestam atendimento às vítimas de violência sexual e psicológica e das unidades de saúde em geral.

Cooperação com a Cehap As mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica, trabalhadoras domésticas, mulheres vítimas de violência doméstica atendidas na Casa Abrigo e mulheres responsáveis pela unidade familiar têm prioridade no acesso às moradias construídas pelo Governo. A Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) também prioriza que as unidades habitacionais sejam registradas em nome delas.

Onde já houve capacitação Cabaceiras

São José dos Cordeiros

Catolé do Rocha

Cubati

Esperança

Camalau

Sousa

Conceição

Lagoa Seca

Natuba

Cachoeiras dos Índios

Riacho Santo Antonio

Emas

Picui

Imaculada

Santa Cruz

Bananeiras

Alagoinha

São José de Espinharas

Aparecida

Pedra Lavrada

Campina Grande

Itaporanga

Nazarezinho

Monteiro

Aroeiras

São Francisco

Lastro

Sumé

Alagoa Nova

Conceição

Marisópolis

Congo

Ibiara

São José do Sabogi

Amparo

São José de Caiana

Mogeiro

Centro atenderá Campina e região O Centro de Referência da Mulher Fátima Lopes, inaugurado em 12.12.2012 em Campina Grande, atende mulheres vítimas da violência na região da Borborema. Uma equipe multiprofissional vai dar acompanhamento psicológico e social, acolhida, orientação jurídica às mulheres em situação de violência sexual, patrimonial, moral, física e psicológica, além de vítimas do tráfico de mulheres, assédio sexual e moral. O Governo tem como meta implantar centros nas demais regiões do Estado e, para isso, a Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana se reunirá com prefeitos eleitos. “Esse centro representa o atendimento das nossas reivindicações e um avanço nas nossas conquistas”, disse a coordenadora da ONG Centro da Mulher 8 de Março, Irene Marinheiro. O Centro Fátima Lopes fica localizado à rua Pedro Américo, 558, no bairro São José, e leva o nome da defensora Fátima Lopes, morta em janeiro de 2010 em um acidente de trânsito na avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

21


notas Testes rápidos A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou a implantação de testes rápidos para diagnóstico de aids e sífilis nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos municípios das 3ª, 6ª e 11ª Gerências Regionais de Saúde do Estado. Em 2012, esse serviço já foi implantado na atenção básica de 60% dos municípios da Paraíba. A meta, de acordo com a Gerência Operacional das DST/AIDS e Hepatites Virais da SES, é que, no ano que vem, o serviço esteja disponível nos 223 municípios paraibanos.

Prêmio Denatran A pedagoga Edjane Luna da Silva, lotada na Divisão de Educação do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), conquistou o Prêmio Denatran de Educação no Trânsito 2012. Ela ficou em 1º lugar nacional na categoria Cidadania (músicas, poesias, textos, vídeos, jingles e paródias), com uma paródia adaptada à letra da música “É”, composta por Gonzaguinha. A paródia abordou o tema “Bons exemplos no trânsito” e foi gravada pelo grupo paraibano Nossa Voz, que tem como uma das integrantes a psicóloga Thaíse Gadelha, servidora da Secretaria Estadual de Saúde lotada no Detran.

22

Notícias da Paraíba | Dezembro 2012

Turismo em alta

E

m outubro, a movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional Castro Pinto registrou 104.191 embarques e desembarques, o que representou um aumento de 13,16% em relação ao mesmo período de 2011. Naquela ocasião passaram pelos portões do aeroporto 92.075 passageiros. As informações foram

repassadas à PBTur pelo setor de Tráfego e Segurança da Infraero, com dados fornecidos pelas companhias aéreas que operam no equipamento paraibano. Entre abril e outubro, o Castro Pinto vem registrando números positivos. No acumulado, a movimentação aumentou 10,55% em comparação ao ano passado.

‘Três Irmãs’ O Governo do Estado entregou as chaves de mais 691 casas construídas pela Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap). As unidades foram entregues em Campina Grande e Riacho de Santo Antônio, beneficiando cerca de 3 mil pessoas. Em Campina Grande, foi inaugurado o Conjunto Residencial Ronaldo Cunha Lima, antes conhecido como “Três Irmãs”. Nas 639 casas foram investidos R$ 14.257.337,91 (recursos do PróMoradia) e mais R$ 1.622.825,94 na pavimentação, sistema de abastecimento d’água, rede coletora de esgoto e energia elétrica. As outras 52 casas foram entregues no município de Riacho de Santo Antonio. Com isso, o Estado atingiu a marca de 3.186 moradias construídas em um ano e 11 meses de gestão.

- Conjunto Residencial Ronaldo Cunha Lima

639 casas construídas R$ 14.257.337,91 (recursos do Pró-Moradia) R$ 1.622.825,94

na pavimentação, sistema de abastecimento d’água, rede coletora de esgoto e energia elétrica.


e e da verdade da al da Verdad u ad st E o omissão sã C stigar, p or iu a Com is stado instit u que v isa inve oE s Paraíba, O Governo d tos humano o Estado da d a ri ó em ção dos direi M la a io m d v a o e av d çã tr a n es rv co Prese os crim os que se en os de prova s, tra paraiban n ar. co it s il co m todos os mei li b ra ú u entes p a ditad d ag o r d o p ío s er o p d o de novembro pratica rante o estado du ão do dia 1º d iç d ra e fo a n u o o d o dentr i publica e nº 33.426 fo O decreto d o. ad cial do Est do Diário Ofi

Criança PB A segunda edição do Prêmio Criança PB de jornalismo, realizada no dia 5 deste mês, premiou 15 jornalistas que abordaram a temática da infância em cinco categorias: jornalismo impresso, telejornalismo, fotojornalismo, radiojornalismo e jornalismo de internet. Sessenta trabalhos foram inscritos. O Projeto Criança.PB, da Secretaria de Desenvolvimento Humano, tem uma proposta simples: defender os direitos de crianças e adolescentes com ações de comunicação que têm o objetivo de fortalecer ONGs, conselhos tutelares e mídia. Somente neste ano, o site www.criançapb. gov.br publicou mais de 140 reportagens, artigos, entrevistas e agenda do governo e de entidades sobre os direitos das crianças.

Salão de Artesanato da Paraíba Mais de 700 artesãos, de 126 municípios, participam do 17º Salão de Artesanato da Paraíba. A feira tem área de 3.200m² com trabalhos em cerâmica, madeira, tecelagens, fios, fibras, brinquedos populares e até gastronomia. O evento acontece do dia 19 de dezembro a 20 de janeiro de 2013, no Jangada Clube, na Praia do Cabo Branco, em João Pessoa. O Salão de Artesanato da Paraíba é uma promoção do Governo do Estado, por meio do Programa de Artesanato da Paraíba, vinculado à Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico, sob a coordenação geral da primeira-dama do Estado, Pâmela Bório. O salão funciona diariamente das 15h às 22h. As exceções são para os dias 24, 25 e 31 dezembro, bem como para o dia 1º de janeiro, quando o evento será fechado para as festas de final de ano. A visitação é gratuita.

Brasil-Canadá 3.0 A Paraíba sediou a primeira edição da ‘Brasil-Canadá 3.0’, conferência internacional que discutiu as mídias digitais e os impactos na sociedade. O evento, que também trata do acesso digital democrático e interesses bilaterais na área de ciência e tecnologia, contou com a presença do governador Ricardo Coutinho, do cônsul-geral do Canadá no Rio de Janeiro, Sanjeev Chowdhury. No início do ano, o Governo do Estado solicitou ao Ministério das Relações Exteriores para que a Paraíba sediasse o evento internacional, do qual participam representantes do mundo todo, assistindo aos debates, inclusive por meio digital.

‘Notícias’ na escola A quinta edição da revista ‘Notícias da Paraíba’ foi especial para alunos e professores da Escola Estadual Olivina Olívia, em João Pessoa. Em reportagem de duas páginas foi destacada a façanha da aluna Jailma Santos, de 17 anos, selecionada para representar a Paraíba no Programa Jovens Embaixadores. A própria Jailma fez questão de distribuir entre os colegas exemplares da publicação, editada pela Secretaria de Comunicação Institucional do Estado.

na rede FACEBOOK / govparaiba Francisco De Assis Brito Parabéns a funad,pela iniciativa de fazer a felicidade dos artistas,com a 1ª Mostra de Artes Inclusiva da Paraiba.

Divaildo Lima Agora vamos pedir à Presidente Dilma para retomar e concluir os serviços da Transposição do São Francisco, para podermos plantar, colher e escoar nossa produção por estradas boas. O agricultor agradece e sabe reconhecer!

Andreia Aed A nossa cidade também recebeu um grande presente, no dia 07/12, a ordem de serviço da PB-275, ligando Patos a São José de Espinharas. Será um feito memorável para todos nós. Que bênção.

Arimateia Ferreira de Farias parabens ao governo da paraiba pela atitude, lei seca eu aprovo tomara que se estenda as brs do interior

Angel Almeida fiquem ligados ...concurso do estado ..esse governo valoriza os concursos .

Frederico Gomes Gomes A participação do Governo da Paraíba, em defender maiores investimentos e apoio do Governo Federal para nossa região, tem sido de relevante importância. Portanto, que os demais governadores do nordeste sigam o exemplo desse Estado.

TWITTER / @govparaiba Herbert Lins @HerbertLins31 Quero parabenizar o governo pelo trabalho que vem fazendo de apoio aos agricultores da Paraíba! Os números impressionam!!!

Carol Lopes@acarol_lopes Honrada com a justa homenagem à minha mãe! A família Lopes agradece a @govparaiba e a minha querida Iraê Luchttp://instagr.am/p/TI0L6zw5i5/

PBvanguarda Quem foi contra troca terrenos vai ter que se contentar com a acelerada construção da nova Central de Polícia de JP. Parabéns.

www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

23


24

NotĂ­cias da ParaĂ­ba | Dezembro 2012


Notícias da Paraíba #06  

As ações do Governo do Estado para atenuar os efeitos da seca

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you