Issuu on Google+


12/13 Capa

ARTE E RENDA Uma linda trama, feita no Cariri, está conquistando o Brasil e o exterior. As responsáveis são mulheres trabalhadoras que reproduzem uma arte que continua por gerações. O produto é a renda renascença, uma joia do artesanato paraibano.

Índice

8 3

4

RESTAURANTE DO SERVIDOR

NOSSA TRANSPOSIÇÃO

Começaram as obras do Canal Acauã-Araçagi, que levará água a 590 mil pessoas. Por 112 km, o canal distribuirá por 35 cidades a água captada no sistema Acauã, que será alimentado pela transposição do Rio São Francisco.

Os servidores públicos estaduais terão à disposição um restaurante com alimentação de qualidade e a preço simbólico. As obras começaram em prédio ao lado do Centro Administrativo, em João Pessoa.

CAMPINA GRANDE

O Governo do Estado realiza um leque de obras com investimentos que chegam a R$ 318 milhões. A cidade, uma das mais importantes e economicamente influentes do Nordeste, comemorou o 148º aniversário em outubro.

16 ESFORÇO E SUPERAÇÃO

Jailma Santos, 17 anos, aluna do 3º ano do ensino médio na escola estadual Olivina Olívia, foi selecionada pelo projeto Jovem Embaixador e ganhou um intercâmbio nos EUA, junto com outros 36 estudantes brasileiros.

EXPEDIENTE

Ano 1 I Número 5 I Novembro 2012

Governador da Paraíba: RICARDO COUTINHO I Vice-Governador da Paraíba: RÔMULO GOUVEIA I Secretaria de Estado do Governo: Adriano Galdino I Secretaria Executiva da Casa Civil: Lúcio Flávio I Procurador Geral do Estado: Gilberto Carneiro Secretaria da Comunicação: Tatiana Domiciano I Secretário Executivo da Comunicação: Paulo André Leitão I Secretaria da Administração: Livânia Farias I Secretaria do Planejamento e Gestão: Gustavo Nogueira I Secretaria das Finanças: Aracilba Rocha I Secretaria da Receita: Marialvo dos Santos I Secretaria da Educação: Márcia Lucena (interina) I Secretaria da Cultura: Chico César I Secretaria da Saúde : Waldson Souza I Secretaria da Segurança e da Defesa Social: Claúdio Lima I Secretaria da Administração Penitenciária: Cel. Washington França I Secretaria do Desenvolvimento Humano: Cida Ramos I Secretaria da InfraEstrutura: Efraim Morais I Secretaria do Turismo e do Desenvolvimento Econômico: Renato FelicianoISecretariadoMeioAmbiente,dosRecursosHídricosedaCiênciaeTecnologia:JoãoAzevêdoISecretariadoDesenvolvimentodaAgropecuáriaedaPesca:MarenilsonBatistaISecretariadaJuventude,EsporteeLazer:ZéMarcoISecretaria da Interiorização: Fábio Maia I Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana: Iraê Lucena I Secretaria do Desenvolvimento e da Articulação Municipal: Manoel Ludgério I Secretaria de Articulação Política: José Lacerda Neto I AESA: AnaTorres I AGEVISA: Jailson Vilberto I ARPB: José Otávio I CAGEPA: Deusdete Queiroga I CDRM: Geraldo Nobre I CEHAP: Emilia Correia Lima I CINEP: Eriene Suassuna (interina) I CODATA: George Henriques I Defesa Civil: Cel. Rufino I DER: Carlos Pereira I DETRAN: Rodrigo Carvalho I DOCAS: Wilbur Jacomé I EMATER: Giovanni Medeiros I EMEPA: Manoel Duré I EMPASA: José Tavares I EMPREENDER: Jadson Xavier I ESPEP: André Luiz I FAC: Ramalho Leite I FAPESQ: Claúdio Benedito I FUNAD: Simone Jordão I Fundação Casa de José Américo: Flávio Sátyro I FUNES: José Lacerda I FUNDAC: Kassandra Figueiredo I FUNECAP: Othon Gama I FUNESC: Lú Maia I Hospital de Trauma - JP: Dr. Ginaldo I Hospital de Trauma - CG: Dr. Geraldo Medeiros I IASS/PB: Maria da Luz I IDEME: Mauro Nunes I IMEQ: Jânio Palitot I INTERPA: Nivaldo Moreno I A UNIÃO: Fernando Moura I JUCEP: Aderaldo do Nascimento I LOTEP: Fábio Carneiro I Orçamento Democrático: Ana Paula I PBPREV: Hélio Carneiro I PBTUR: Ruth Avelino I PROCON: Klebia Maria I Projeto Cooperar: Roberto da Costa I Rádio Tabajara: Mária Eduarda I SINE: Deise Raquel I SUDEMA: Laura Farias I SUPLAN: Ricardo Barbosa EQUIPE DE JORNALISMO: Supervisão editorial: Vall França, Alexander Rocha e José Carlos dos Anjos Wallach I Repórteres: Alexandre Nunes, Eliane Nóbrega, Heloisa Amorim, Helda Suênia, José Nunes Costa, Josélio Carneiro, Josusmar Barbosa, Vall França I Fotografia: Alberi Pontes, Antonio David Diniz, Cácio Murilo, Francisco França, João Francisco, José Marques, Kleyde Teixeira I Diretorora de Jornalismo: Vall França I Diretor de Governo Eletrônico e Mídias Sociais Lourival Júnior I Diretor de Marketing: Renato Fernandes I Diagramação: Anderson Rodrigues A revista NOTÍCIAS DA PARAÍBA é uma publicação mensal do Governo da Paraíba distribuida gratuitamente.Seu conteúdo é editado pela Secretaria de Estado da Comunicação (Secom) em caráter informativo e sua venda é proibida. Endereço: Avenida João Mata, s/n - Bloco II - 6º andar - Centro Administrativo do Estado - Jaguaribe - João Pessoa/PB - CEP: 58015-020 - 83 3218.4499


Servidores públicos estaduais vão ganhar restaurante popular Serão servidas 1.500 refeições diárias entre café da manhã e almoço

C

afé da manhã por R$ 1,00 e almoço por R$ 2,50. Os preços serão adotados no Restaurante do Servidor que está sendo construído pelo Governo do Estado ao lado do Centro Administrativo, em João Pessoa, onde se concentram 2.500 servidores de nove secretarias e da Codata, em quatro blocos e um anexo. O restaurante vai oferecer aos servidores um serviço de qualidade, garantindo segurança alimentar e nutricional a preço popular. O café da manhã e o almoço terão os valores descontados diretamente no contracheque. A estimativa é oferecer, a preço popular, cerca de 1.500 refeições por dia. O serviço vai ser prestado por uma empresa terceirizada e contratada por licitação. A prestação do serviço por uma empresa especializada no ramo de restaurantes vai garantir o atendimento às exigências e normas técnicas, com preço acessível. Os valores praticados e a qualidade dos alimentos serão acompanhados e fiscalizados pela Secretaria Estadual da Administração.

Horários O café da manhã, que será servido das 6h às 8h, terá no cardápio café, leite, suco, pães, bolos, biscoitos, frutas, frios, mungunzá, canjica, cuscuz de milho e ovos. Já o almoço, no horário das 11h às 15h, oferecerá salada, prato protéico, guarnição, acompanhamento, sobremesa, suco, café e chá. As opções foram elaboradas por um nutri-

cionista e as refeições serão oferecidas na modalidade “self service”, de segunda-feira a sexta-feira, exceto nos feriados nacionais. O prédio, que deve ser inaugurado em 90 dias, segue normas de acessibilidade e terá coleta seletiva de resíduos sólidos.

Cadastro Para ter acesso, o servidor precisa fazer um cadastro biométri-

co que começou no dia 23 de outubro, no Centro Administrativo, ao lado do bloco III. A estrutura montada para o cadastro permanecerá por dois meses, e o servidor deverá apresentar um documento de identificação com foto e o número da matrícula. Foi programado um calendário para o cadastramento, mas esse trabalho permanecerá mesmo após a inauguração do restaurante.

CALENDÁRIO DE CADASTRAMENTO SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO, PERÍCIA MÉDICA, CODATA E INFRAESTRUTURA 23, 24 e 25/10 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E SEC. AGROPECUÁRIA E PESCA 26, 29 e 30/10 SECOM, SEC. ADM. PENITENCIÁRIA, SEC. TURISMO E SEC . RECURSOS HÍDRICOS 31/10 e 01/11 SEC. FINANÇAS, SEC. RECEITA E SEC. DO PLANEJAMENTO 05 e 06/11 SEC. DE ESTADO DO GOVERNO, CASA CIVIL, PALÁCIO E VICE GOVERNADORIA 07 e 08/11 SEC. DA SAÚDE, CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO E PROCURADORIA GERAL DO ESTADO 09 e 12/11 SEC. SEGURANÇA, POLÍCIA MILITAR E CORPO DE BOMBEIROS 13, 14 e 16/11

SEC. DESENV. HUMANO, SEC. DESENV. E ARTICULAÇÃO MUNICIPAL, SECRETARIA DE CULTURA E SEC. DA INTERIORIZAÇÃO DO GOVERNO 19 e 20/11 DEFENSORIA PÚBLICA, SEC. DA JUVENTUDE ESPORTE E LAZER, SEC. DA MULHER E DA DIVERSIDADE HUMANA 21 e 22/11 CAGEPA, SUDEMA, SUPLAN, CEHAP, CINEP E DER 23 e 26/11 PROJETO COOPERAR, A UNIÃO, AGEVISA, AESA, AGÊNCIA DE REG. DA PARAÍBA E CENDAC 27 e 28/11 DETRAN, CIA DOCAS DA PARAÍBA, EMEPA, EMATER E EMPASA 29 e 30/11 ESPEP, FAC, FAPESQ, FUNAD, FUNDAC E FUNESC 03 e 04/12 FUND. CASA DE JOSÉ AMÉRICO, CASA DO ESTUDANTE,

IDEME, INTERPA, IMEQ, INSTITUTO DE ASSIST. À SAÚDE DO SERVIDOR IASS E LIFESA 05 e 06/12 JUCEP, PBGÁS, PBPREV, PBTUR E LOTEP 07 e 10/12 PROCON, RÁDIO TABAJARA, UEPB, PROGRAMA EST. DE POLÍTICAS SOBRE AS DROGAS E CIA DO DESENV. DE REC. MINERAIS 11 e 12/12 RETARDATÁRIOS 13, 14 e 17/12 HORÁRIO: 9h às 17h LOCAL: Centro Administrativo do Estado Anexo da Secretaria da Administração (antigo Banco Santander) DOCUMENTOS NECESSÁRIO: Cópias do Contracheque e CPF INFORMAÇÕES: SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO FONES: 3218-4127 / 8844-2744

www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

3


Campina, grandes obras

O

bras viárias, de educação, habitação, urbanismo e infraestrutura, além de ações sociais em saúde e desenvolvimento humano, configuram a presença do Governo do Estado em Campina Grande, o segundo centro urbano da Paraíba e uma das mais importantes cidades do interior nordestino. Campina comemorou 148 anos no mês de outubro, recebendo um in-

Obras de duplicação da Av. Almeida Barreto

4

Notícias da Paraíba | Novembro 2012

vestimento de R$ 318 milhões – sendo R$ 294,8 milhões do Estado e R$ 24 milhões do PAC. Na lista de obras estão a reforma e urbanização do Estádio O Amigão, a construção de conjuntos habitacionais e serviço de saneamento básico, construção e reforma de escolas, centro de formação de professores e parques. No pacote de benefícios levados pelo Governo destaca-se a du-

Estado garante investimentos de

R$ 318 milhões em todas as áreas

plicação e urbanização da Avenida Almeida Barreto, que está em fase de conclusão. Orçada em R$ 2,2 milhões, essa intervenção trará impacto positivo em todo sistema viário porque a via cruza a cidade, desde o Açude Velho até a Avenida Floriano Peixoto. O novo corredor tem 2,6 km e suportará tráfego diário de 10 mil veículos. Em outros pontos de Campina, há obras viárias financiadas pelo Governo do Estado, como a terraplanagem, pavimentação e drenagem de cinco ruas no bairro Ramadinha (investimento de R$ 634 mil). “Hoje temos rua calçada e sem buraco, poeira ou lama”, festeja Maria José, moradora da área. Está em conclusão o alargamento e recuperação da ponte sobre o Riacho Camararé, na PB-100, entre o distrito de Galante e o município de Fagundes. Mais oito rodovias na região de Campina, totalizando 232 km, estão sendo recuperadas pelo DER.


Conjunto habitacional Três Irmãs

EDUCAÇÃO Foram autorizadas licitações para construção do Centro de Formação de Professores (R$ 5 milhões) e da Escola Técnica Estadual (R$ 10,5 milhões), no bairro Bodocongó. Começou a reconstrução da Escola de Audiocomunicação e do ginásio de esportes (R$ 2,1 milhões) e mais R$ 10 milhões serão investidos na reforma e ampliação de várias escolas, entre elas a Dom Luiz Gonzaga Fernandes, a Anésio Leão e a Elpídio de Almeida, o ‘Estadual da Prata’. “O Gigantão está ficando maior e melhor equipado, já era tempo de ser reformado. Investir em educação pública é importante para o futuro das gerações”, elogiou a estudante Carla Silva Sales.

URBANIZAÇÃO No dia do aniversário da cidade, licitações também foram abertas para reforma, recuperação e urbanização do Estádio O Amigão, que terá área de lazer, pistas

Complexo Esportivo do Estádio Amigão receberá investimento de

R$ 18,6 milhões

HABITAÇÃO Estão em construção 3.440 moradias, das quais 1.948 dentro do ‘Minha Casa, Minha Vida’, sendo este o segundo maior investimento do programa no País financiado pelo Banco do Brasil, estimado em R$ 95 milhões. Nessa parceria cabe ao Governo do Estado investir em redes de água e esgoto, pavimentação, eletrificação, duas escolas e dois centros de saúde. Mais 1.492 habitações serão construídas no conjunto Colinas do Sol (406), em Galante (74), conjunto Novo Cruzeiro (333), conjunto Ronaldo Cunha Lima (639) e Condomínio Cidade Madura, no distrito Ligeiro (40). Esses investimentos chegam a R$ 31,8 milhões. de caminhada e de skate, além de quadras. Ruas no entorno do estádio serão pavimentadas. O investimento é de R$ 18,6 milhões. O conjunto Mutirão terá rede de esgoto, drenagem, pavimentação e 930 casas para relocação de famílias que vivem em condições de submoradia (R$ 13 milhões). O Parque do Bodocongó, orçado em R$ 14,5 milhões, teve aberta licitação para revitalização e urbanização. Serão construídas pista de Cooper, ciclovia, quadras poliesportivas, academia e espelho d’água. O projeto prevê a recuperação do açude Bodocongó e seu entorno, atraindo investimentos e a instalação de equipamentos na área.

SAÚDE Em terreno doado pelo Governo do Estado, a ONG Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) está construindo uma filial, na Avenida Portugal, bairro Bodocongó. Quando estiver funcionando, a AACD terá à sua disposição o Hospital de Trauma de Campina, uma das maiores e mais modernas estruturas de assistência médica da região.

RESSOCIALIZAÇÃO Uma parceria entre a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e a Universidade Estadual da Paraíba está construindo um campus avançado da instituição no Presídio do Serrotão. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

5


Cooperar profissionaliza produção de mel Paraíba vai atingir este ano 500 toneladas em 24 unidades produtivas

D

epois de oito anos de produção tímida, a Paraíba vive uma nova fase na área de apicultura. Atualmente, o Estado possui 24 projetos de extração de mel, entre eles um minientreposto, usado para beneficiamento e comercialização do produto. Estima-se que 500 toneladas de mel vão ser extraídas pelos produtores neste ano, 350 toneladas a mais do que em 2004, por exemplo. A nova fase resulta da presença do Estado através do projeto Cooperar, que garante financiamento e assistência técnica aos produtores, que careciam de profissionalizar a atividade. Tiveram, então, a

COOPERAR E SEBRAE

Uma parceria entre o Cooperar e o Sebrae garante cursos para ampliar os conhecimentos dos produtores de mel sobre a atividade, onde são abordados gestão financeira, cooperativismo, técnicas de manejo e outros temas.

orientação para dar melhor trato ao produto e à gestão administrativa, financeira e agroecológica. Os núcleos de produção de mel estão situados em Barra Santa Rosa, Bonito de Santa Fé, Dia-

ampliação cerca de R$ 82 mil.

6

Notícias da Paraíba | Novembro 2012

mante, Itaporanga, Triunfo, Santa Helena, São José da Lagoa Tapada, São Bentinho, Princesa Isabel, Água Branca, Mãe D’água, São José de Sabugi, Barra de São Miguel, Araruna, Caiçara, Logradouro, Cuité, Picuí, Mataraca, Baia da Traição, Itapororoca, São José dos Ramos, Gurjão e Monteiro. Em Diamante funciona um posto de coleta e em Itaporanga um minientreposto que facilita o beneficiamento e o comércio do mel. Na unidade de extração de mel de Baía da Traição, trabalham 26 famílias indígenas da Associação dos Produtores de Mel da Paraíba, que vai intensificar a produção, que ganhará uma nova sede. “Acompanhamos tudo de perto para agilizar o trabalho e usar logo a nova unidade”, disse o presidente da Associação, José Ronaldo Fernandes Chaves. O trabalho artesanal, passado ao longo de gerações, caminha mesmo para a profissionalização, o que deve dobrar os lucros. “As máquinas já chegaram, a vestimenta também. Queremos organizar o que fazemos, por isso procuramos o Governo do Estado”, disse José Ronaldo. Até então, as famílias da Associação dos Produtores de Mel da Paraíba produziam cerca de três toneladas de mel por ano. Com o convênio viabilizado por meio do Cooperar, elas pretendem chegar a seis toneladas de mel anualmente. Foram liberados para o projeto de


Cadastro para Programa do Leite é modelo no País Sistema adotado na Paraíba é apontado pelo Governo Federal como referência

A

Paraíba se tornou referência nacional em recadastrar os produtores rurais para sua inclusão no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – Leite, que garante a compra do leite do produtor rural pelo Estado. O diferencial paraibano está na exigência de que o produtor esteja regular com a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP). O êxito no recadastramento das DAP está relacionado ao trabalho conjunto entre a Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca e as empresas vinculadas, como a Emater, que dá assistência técnica em campo em todo o Estado. A Paraíba possui 3.906 produtores rurais recadastrados com

a DAP regular e conta com 26 usinas de beneficiamento de leite em vários municípios. O sistema paraibano de recadastramento do Programa do Leite foi apresentado para o restante do país em seminário promovido em Fortaleza pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. O objetivo foi apresentar as mudanças que serão adotadas na execução do PAA.

PAA-LEITE A modalidade de Incentivo à Produção e Consumo de Leite (PAA-Leite) foi criada para contribuir com o aumento do consumo desse item pelas famílias que se encontram em situação de insegurança alimentar, e também

incentivar a produção de agricultores familiares. O PAA-Leite atua no território da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), sendo beneficiados todos os Estados da região e também o Norte de Minas Gerais. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) firmou convênios com 10 governos estaduais, atendendo a 1,2 mil municípios. Diariamente, cerca de 700 mil famílias recebem o leite produzido por mais de 29 mil agricultores. O produto é pasteurizado em laticínios cadastrados e, posteriormente, transportado para os pontos de distribuição às famílias.

PREÇO FIXO O valor do litro do leite já é prefixado pelo Grupo Gestor e é atualizado semestralmente de acordo com a média dos preços praticados pelo mercado local. Na Paraíba, o Governo garante aos produtores a compra do litro de leite a R$ 0,97, sendo R$ 0,82 pagos pelo MDS e mais um incentivo de R$ 0,15 do Estado. Para participar do PAA Leite e ter a compra garantida do seu produto a preço fixo, o agricultor familiar deve seguir exigências como produzir no máximo 100 litros/dia; possuir DAP, enquadrando-se nas categorias A, A/C, B ou Agricultor Familiar; e ter comprovante de vacinação dos animais. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

7


Transposição de águas para 590 mil pessoas

C

ento e doze quilômetros e meio. Esta é a dimensão física do Canal Acauã/Araçagi – Adutor das Vertentes Litorâneas. A obra hídrica, considerada a maior realizada no Estado nos últimos 30 anos, vai praticamente cortar o mapa da Paraíba do sul ao norte, levando águas do rio São Francisco em abundância a uma região com forte tradição agrícola, mas que atualmente sofre com a insegurança hídrica. Orçado em quase R$ 1 bilhão, o projeto é o maior investimento do Ministério da Integração Nacional, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. A obra, que conta ainda com uma contrapartida de 10% de recursos do tesouro estadual, está prevista para ser entregue em 2015. O Canal foi projetado para uma vazão total de dez mil litros

8

Notícias da Paraíba | Novembro 2012

de água por segundo (10m³/s), contemplando 35 municípios e beneficiando diretamente mais de 590 mil paraibanos. Para o presidente da Associação dos Produtores Rurais de Mulunguzinho, Ivanildo Torquato, a obra é um sonho antigo do povo paraibano. “Esperamos pela construção desde 2002, quando morávamos às margens do rio Mamanguape. Pode não parecer, mas o povo dessa região tem muita dificuldade com água. Estamos com fé que em breve vamos ter água tratada todos os dias. Nossa vida vai melhorar muito”, comemorou o sindicalista. O projeto gera emprego e renda e melhora a vida de milhares de pessoas já durante as obras. De acordo com dados da Secretaria de Estado dos Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia (Serhmact), mais de dois mil empregos diretos e indiretos devem ser gerados na construção. “A gente só ouvia falar desse Canal. Esperávamos há muito tempo. Era solteira, já casei, tive um

filho. Parece que desta vez a obra vai sair mesmo. As máquinas já estão trabalhando. Essa região precisa muito de água, ela será muito bem vinda”, disse a professora Marinalva Gonçalves. O canal Acauã/Araçagi atravessa terras de doze municípios: Itatuba, Mogeiro, Itabaiana, São José dos Ramos, Sobrado, Riachão do Poço, Sapé, Mari, Cuité de Mamanguape, Araçagi, Itapororoca e Curral de Cima. Segundo o secretário da Secretaria de Estado dos Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia (Serhmact), João Azevêdo Lins Filho, o canal vai atuar justamente na região que possui as terras mais férteis da Paraíba. “Ele representará a certeza da água, que vai gerar o desenvolvimento econômico da região. Independente da chuva, os moradores vão ter a garantia do abastecimento de água urbano e para irrigação. Essa garantia faz com que projetos possam ser implantados em áreas urbanas e rurais”, acrescentou.


“Só de pensar que meus filhos e netos vão ter água de qualidade daqui a alguns anos já fico feliz. Hoje sofremos muito com a falta d’água. Com essa obra pronta, isso não vai mais acontecer”, disse o agricultor Manuel Damásio

O projeto Na Paraíba, através do Eixo Leste da transposição as águas do rio São Francisco chegarão ao alto rio Paraíba pela região polarizada por Monteiro, no Cariri Ocidental. A partir de lá, aproveitando o próprio rio Paraíba, a água será encaminhada até o Açude Boqueirão. Desse ponto, já se tendo retirado a parcela de água prevista para o atendimento às populações das regiões do Cariri, de Campina Grande e do Seridó, a par-

cela restante será levada até o açude Acauã, no município de Itatuba, no sul do Estado, pelo próprio rio Paraíba. O sistema adutor está projetado para captar água no açude Acauã, transportando até o rio Camaratuba, situado na porção norte da Planície Costeira Interior, cruzando as bacias hidrográficas dos rios Gurinhém – que é afluente do próprio rio Paraíba, por sua margem esquerda –, Miriri e Mamanguape/Araçagi, integrando,

assim, todas elas. O eixo de integração se compõe de nove segmentos de canais abertos, com seções em formato de trapézio; seis trechos em sifões invertidos, construídos em aço, e que servem para ultrapassar vales de rios e córregos cruzados em seu caminho; além de dois trechos pequenos em túnel. O projeto foi concebido para ser operado por gravidade, dispensando gastos com bombeamento.

Complementação O Canal Acauã/Araçagi é um grande diferencial da Paraíba na execução do projeto macro de transposição das águas do rio São Francisco. O projeto apresentado pelo Estado foi viabilizado junto ao Ministério justamente por mostrar, de forma técnica e clara, a importância e a necessidade da obra, como ação complementar à transposição.

“A água do rio chegará à Paraíba, como chegará a outros Estados. Entretanto, se não houver um sistema de distribuição dentro do Estado, como o Canal Acauã/ Araçagi, a chegada das águas do São Francisco não trará benefício algum. Falo da distribuição de forma apropriada e correta. E este é um grande salto positivo da Paraíba”, explica João Azevêdo Lins Filho, dos Recursos Hídricos. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

9


Molhando a terra A barragem de Acauã receberá águas da transposição do rio São Francisco e, ao longo de 112,5 km, passará por 12 municípios. Ao final do trajeto, chegará ao rio Camaratuba, no litoral norte. Este curso d’água, assim como os demais no caminho do canal, se tornará perene, oferecendo garantia hídrica a 590 mil paraibanos de 35 cidades. O açude Araçagi se integrará a esse grande sistema hídrico.

O canteiro de obras está instalado no município de Salgado de São Felix e vai gerar cerca de 2 mil empregos diretos e indiretos. Serão construídos canais adutores e túneis para permitir a passagem da água.

10

NOTÍCIASdadaParaíba Notícias Paraíba| |Novembro Outubro 2012 2012| Edição 04


CORREÇÃO Este QRCODE utilizado na versão impressa da revista não foi devidamente aplicado durante a diagramação. Nesta versão online o mesmo está inserido da forma correta.

SECOM-PB

Use um leitor de QRCODE e veja o filme exclusivo do PROJETO ACUÃ - ARAÇAGI www. www.paraiba paraiba.pb.gov.br .pb.gov.br| |NOTÍCIAS Notícias da Paraíba

11


n i e d Ma a b í a r Pa ! enhor S , im S trai a i r i r a C o eiras d mundo d n e r s a d Trabalho es e passarelas do celebridad

S

impáticas, guerreiras, talentosas, empreendedoras e com fé no futuro, assim podemos resumir as rendeiras do Cariri Paraibano. Doutoras em uma arte herdada das avós, elas lutam para manter a tradição e ao mesmo tempo para sobreviver. A região, que apresenta um dos mais baixos índices pluviométricos do Brasil e que sofre com processo de desertificação, é referência quando se fala na arte de tecer rendas. É na cidade de São João do Tigre, uma das cinco que integram o polo da renda renascença da Paraiba, que funciona a cooperativa de mulheres rendeiras, a Coptigre. Dona Lourdinha, como gosta de ser chamada, já ensinou o ofício às duas filhas, e hoje preside o grupo formado por trinta mulheres. Ela lembra as dificuldades que enfrentou antes do apoio que recebeu do Governo do Estado, do Sebrae e das ong 8 de Março e Cunhã. “A gente fazia renda com material emprestado, pedia a uma e outra, não tinha canto certo para trabalhar. Há dois anos fundamos a cooperativa e, através do Programa do Artesanato, começamos a viajar, participar dos salões e a divulgar nosso trabalho”, disse. Mensalmente o grupo recebe

12

Notícias dadaParaíba NOTÍCIAS Paraíba| |Novembro Novembro2012 2012 | Edição 05

capacitação das Ong, que visitam as rendeiras do Cariri para acompanhar os trabalhos. Já o Sebrae capacita as artesãs, oferecendo cursos específicos, orientando as rendeiras sobre empreendedorismo e gestão. “Oferecemos consultoria orientando as artesãs desde a concepção do material gráfico dos produtos até as vendas. Mostramos como deve funcionar a comercialização e também capacitamos as cooperativas e associações com relação à organização gerencial do negócio. Trabalhamos no sentido de fortalecer a cadeia produtiva da renda”, informou o coordenador regional do Artesanato do Cariri do Sebrae, João Jardelino da Costa. No ano que vem, o trabalho produzido pelas rendeiras paraibanas já tem endereço certo nas cidades se-

des da Copa das Confederações, que antecedem a Copa do Mundo de 2014. “A Paraíba vai estar representada em alguns showrooms das seis capitais nacionais na competição”, disse o coordenador. O Programa do Artesanato Paraibano oferece suporte e apoio na realização de feiras e salões de artesanato tanto na Paraíba quanto em outros estados.

A renda A renda renascença teve origem no século XVI, tendo como berço a ilha de Burano, em Veneza, na Itália. Na Paraíba, o artesanato chegou com o trabalho das freiras missionárias, que ensinaram o ofício para as mulheres. Hoje, a atividade está concentrada na região do Cariri, com


João do o ã S m e i u q “A sae c s a n já e t n Tigre a ge nda”, brinca re bendo fazer a cooperatid a presidente s, Maria de a va de rendeir ira. ive Lourdes Ol

maior densidade de artesãs rendeiras nos municípios de Camalaú, Monteiro, São João do Tigre, Zabelê e São Sebastião do Umbuzeiro. Centenária, passada de geração em geração entre as famílias da região, a técnica, é famosa pelo estilo de bordado feito exclusivamente a mão. E são as mãos caprichosas de dona Severina Correia que, de ponto em ponto, tecem mais um dia. “Desde os sete anos trabalho com renda, também aprendi bordado e outros trabalhos manuais. Faço meus trabalhos em casa e na cooperativa, já não tenho tanto tempo quando antes, tenho que tomar conta da casa, mas o tempo que me sobra, estou aqui”, disse a artesã. Na cooperativa uma bordadeira depende da outra. A próxima encomenda já tem data, destino certo e tem tomado os dias de dez artesãs. “Um casal de Vitória (ES) encomendou 500 peças para presentear os convidados. Estamos correndo contra o relógio, trabalhando muito para entregar na data certa”, disse a rendeira Tereza Cristina. “Ficamos felizes em ver a Paraíba ser vendida para as principais cidades do Brasil e exterior”, disse orgulhosa a artesã.

Herança A renda trouxe perspectiva e melhorou a vida das mulheres do Cariri Paraibano, que, além da batalha pelo sustento diário, lutam para não deixar se perder a tradição herdada das avós. “Tenho duas filhas que trabalham comigo desde criança. Com certeza vão passar o que eu ensinei para as filhas delas”, comentou dona Lourdes.

Hoje, a renda renascença da Paraíba volta para Europa e para outros cantos do mundo, através das criações da estilista alagoana Martha Medeiros. As peças adquiridas na Paraíba já se tornaram obrigatórias no guarda roupa das atrizes e estão sendo exportadas para outros lugares, a exemplo do Japão, França e Estados Unidos. A renda renascença produzida no Cariri também já foi tema do desfile do estilista Ronaldo Fraga na São Paulo Fashion Week e recentemente brilhou na semana de moda de Londres. Parece que as mulheres rendeiras da Paraíba estão mesmo ensinando o mundo a fazer renda.

Programa de Artesanato da Paraíba O Programa do Artesanato da Paraíba tem revelado o talento de centenas de artesãos de todas as regiões do estado com os mais diferentes tipos de trabalhos. Além de divulgar as atividades dos artistas, o Programa incentiva negócios. Para a gestora do PAP, Ladjane Barbosa, o objetivo do programa é estimular, capacitar e dar visibilidade ao artesanato paraibano. “Nossa intenção é fomentar cada vez mais o desenvolvimento do artesanato paraibano, para que, além do reconhecimento, seja ele nacional ou internacional, possamos trabalhar de forma integrada com o turismo, melhorando as condições de vida dos artesãos e artistas, gerando trabalho, renda, preservando as formas de identidade cultural de cada região”, explicou a coordenadora.

www. www.paraiba paraiba.pb.gov.br .pb.gov.br| |NOTÍCIAS Notícias da Paraíba

13


Patos aniversaria e ganha o Rodoshopping Centro de negócios às margens da BR 230 tem lojas, rodoviária, Sebrae e Empreender

U

m centro de negócios que une atividade comercial, transporte rodoviário, orientação e concessão de crédito, além de serviços voltados à cidadania. Essas são as possibilidades do Rodoshopping Edvaldo Motta, instalado às margens da BR-230, que foi inaugurado em Patos pelo Governo do Estado. O complexo é formado por 47 lojas, agências do Sebrae e do Empreender PB, terminal rodoviário, praça de alimentação e auditório com 240 lugares. Com investimento de mais de R$ 7 milhões, a obra teve início em 1998 mas só foi finalizada na atual gestão. Na área da rodoviária há oito guichês para a venda de passagens, três lojas, lanchonete, sala para o juizado de menores, posto de polícia, salas administrativas, sete plataformas para embarque e desem-

barque e banheiros públicos. “Esta obra estava paralisada, passou por vários governos, mas só agora está sendo entregue. Agradeço não só como parlamentar, mas também como viúva de Edvaldo Motta”, disse a deputada estadual e prefeita eleita de Patos, Francisca Motta. O prefeito Nabor Wanderley lembrou que o Rodoshopping era um sonho de 14 anos da população de Patos.

rizada por Patos, onde só este ano foram realizadas mais de mil operações de crédito, beneficiando diretamente 5 mil pessoas.

Empreender PB O programa de crédito subsidiado do Governo entregou a 18 empreendedores locais financiamento de R$ 70 mil e colocou à disposição de outros empreendimentos mais uma linha de crédito de R$ 330 mil. O gestor do Empreender PB, Jadson Xavier, disse que o programa tem trabalhado para reativar as cadeias produtivas na região pola-

Novo ginásio de esportes Ainda em Patos, o Estado entregou o ginásio de esportes da Escola Angelino José Lucena, que foi totalmente recuperado. A obra, iniciada em agosto de 2008, teve um investimento de R$ 140 mil. No ginásio, a Secretaria do Desenvolvimento Humano iniciará projetos voltados ao atendimento de jovens.

14

Notícias da Paraíba | Novembro 2012


Aeroporto Castro Pinto chega a 1 milhão de passageiros

O

Marca histórica é atingida um mês antes do recorde alcançado em 2011

aeroporto Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa, atingiu, no domingo 21 de outubro, a marca histórica de 1 milhão de passageiros em 2012. A marca foi atingida um mês antes em relação ao ano passado, quando o passageiro 1 milhão chegou no dia 22 de novembro. De acordo com a

superintendência da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), o passageiro desembarcou em um voo do período da tarde. No ano passado, cruzaram os portões do Castro Pinto 1.142.181 passageiros, número que deve ser superado neste ano. A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, comemorou a marca histórica. Ela afirma que o ‘Destino Paraíba’ tem apresentado números bastante animadores em relação à movimentação de turistas. Ruth enfatiza que passageiro de avião nem sempre é turista, mas reafirma que as ações do Governo vem promovendo a divulgação da Paraíba nos maiores mercados emissores de turistas e no exterior, em parceria com os empresários. “A ocupação hoteleira tem batido recordes históricos também, com uma média de quase 70%”, afirmou a executiva. Para a presidente do Convention

Bureau de João Pessoa, Elízia Lopes, por conta desses números positivos é que o empresariado, em conjunto com o Governo, deve se preparar para o aumento de demanda turística. “Precisamos de mais hotéis e profissionais capacitados para atender os visitantes da melhor maneira possível”, alertou a dirigente do Bureau. Elízia disse ainda que o incremento do setor de turismo de eventos, com a inauguração do Centro de Convenções de João Pessoa, será fator decisivo para uma maior busca dos turistas pela capital.

ÁREA DE CHECK’IN A Infraero informou que já está em execução a obra de instalação dos 10 novos balcões de atendimento aos passageiros no Aeroporto Castro Pinto. O novo espaço deverá ser inaugurado no início de 2013 e duplicará a capacidade de atendimento. Também será instalada uma nova esteira de bagagens, proporcionando maior qualidade e rapidez neste tipo de serviço. A partir do dia 1º de dezembro, a Trip Linhas Aéreas começará a operar dois voos diretos entre João Pessoa e Salvador nos horários da tarde e noite. Segundo o coordenador de operações da Infraero, pelo menos duas companhias aéreas solicitaram informações sobre a possibilidade de iniciar voos extras durante a temporada de férias no aeroporto paraibano. “Pela Infraero não existe qualquer impedimento”, afirmou Eduardo Júnior. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

15


Ela chegou lá ! Estudante da rede estadual disputa com 17 mil em seleção e leva a PB para o programa Jovens Embaixadores dos EUA

J

ailma Santos tem 17 anos, mora em um bairro popular da cidade de Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa, estudou toda a vida em escola pública. No final de outubro, como em um conto de fadas, a aluna da 3ª série do Ensino Médio da Escola Estadual Olivina Olívia viu um dos maiores sonhos se realizar. A estudante foi

selecionada para representar a Paraíba no programa Jovens Embaixadores 2013, promovido pela embaixada americana. O feito conquistado por Jailma não é para qualquer um. É que ela desbancou quase 17 mil candidatos de todos os Estados do país. Assim como a jovem, outros 36 estudantes brasileiros da rede pública também

participarão do intercâmbio nos Estados Unidos. Mais do que superar milhares de candidatos e conquistar uma vaga no programa, essa jovem tem uma outra característica: para chegar lá, teve de vencer adversidades muito maiores do que os exames. De origem humilde, Jailma, filha de pedreiro e de dona de casa, faz uma verdadeira maratona diária para chegar na escola. Pega o ônibus intermunicipal, e, por dia, gasta mais de duas horas para ir e voltar da aula. Quando chega em casa, faz

“Essa é a grande oportunidade da minha vida. Quando teria chance e condições de ir aos Estados Unidos? Estou realizando um sonho”Jailma Santos 16

Notícias da Paraíba | Novembro 2012


as tarefas, estuda mais um pouco e aproveita o restante do tempo para se dedicar a outras paixões, o teclado e o violão que ganhou do pai. Além de estudar, Jailma ajuda as crianças do bairro em que mora com aulas de reforço. A jovem, que nunca estudou em escola de línguas, aprendeu sozinha o inglês e o espanhol, idiomas que fala com fluência. “Desde pequena sempre gostei de estudar línguas, fui vendo filmes e estudando com o material que recebia na escola. Hoje, vou nas escolas de línguas para saber em que nível estou, eles dizem que já estou no avançado, mas mesmo assim, não quero parar

de estudar”, disse, categórica. Para a responsável pelo Programa Jovens Embaixadores na Paraíba, Vitória Régia Alves, a adolescente surpreendeu pela capacidade e determinação. “De todos os nossos alunos, ela era a mais humilde e, apesar da realidade que vivia, superou seus desafios e foi a grande vencedora”, enfatizou. De acordo com Maria do Socorro, mãe de Jailma, por ser ‘boa aluna’ a filha, que sempre teve na leitura um passatempo, foi aconselhada por um professor da antiga escola a escolher uma instituição que oferecesse outras possibilidades. Dona Socorro vê na filha a realização das expectativas que não pode realizar quando jovem. “A vida era mais difícil, trabalhava em fábrica, meus pais eram separados. Ainda tentei estudar, mas engravidei e não deu mais para conciliar tudo. Vejo nela as realizações que não pude, o sonho que não realizei”, disse a mãe, emocionada. Os 37 selecionados embarcam para exterior em 11 de janeiro de 2013. A volta dos estudantes ao Brasil está prevista para 3 de fevereiro. Determinada, Jailma dis-

“Como já havia estudado no Olivina Olívia, fui lá com Jailma e vi que a escola continua sendo uma excelente opção da rede pública do nosso Estado”, disse dona Maria do Socorro, mãe da estudante

se que não vai parar por aí. “Vou fazer o Enem e serei jornalista, vou contar histórias, tão legais quanto a minha. Daqui a dez anos vou estar formada, casada e trabalhando no que sempre sonhei. Essa é a vida que pretendo e vou ter”, finalizou a jovem, sorridente. Alguém ainda acha que ela não vai conseguir?

Jovens Embaixadores Programa de intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos para estudantes brasileiros que se destacam na rede pública de ensino. Os Jovens Embaixadores visitam a capital dos Estados Unidos (Washington, DC), onde participam de reuniões com autoridades do governo, líderes de Organizações não Governamentais e

visitam escolas públicas e projetos sociais. Após a programação na capital americana, os adolescentes viajam para estados-anfitriões, onde são hospedados por famílias voluntárias, frequentam aulas em escolas da região, participam de atividades de voluntariado, fazem apresentações sobre o Brasil e fortalecem seu perfil de liderança.

“O programa Jovens Embaixadores indica uma oportunidade de ser representante do Brasil nos EUA, de mostrar o seu orgulho de ser brasileiro e construir novas pontes de entendimento entre o Brasil e os EUA” embaixador Thomas Shannon. FOTO - AGÊNCIA BRASIL

www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

17


Desenvolvimento em gigabits Rede de fibra ótica ligará cidades por infovia de alto desempenho

V

inte e cinco cidades da Paraíba estão sendo ligadas por uma poderosa rede de transporte de dados que dará suporte ao planejamento, gestão e disseminação de informações entre as instituições integrantes do Sistema Estadual de Ciência, Tecnologia e Informação. Trata-se da Metro, uma rede de fibra ótica capaz de transmitir dados, voz e imagem à velocidade de 10gigabits por segundo (Gbps). Até 2014, mil quilômetros dessas infovias terão interligado os 25 municípios. Os recursos aplicados no projeto são de aproximadamente R$ 14 milhões, de fundos de investimentos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e contrapartida do Governo do Estado. A instalação dos cabos de fibra ótica em João Pessoa está em ritmo acelerado e a intenção do Governo do Estado é até o final deste ano conectar João Pessoa à Rede Metro Campina Grande (em funcionamento há três anos) por vias terrestres, utilizando tubulações paralelas do gasoduto da PBGás. Uma segunda via, esta aérea, mantém internet de alta velocidade e precisão partindo de João Pessoa e fazendo o percurso Rio Tinto, Mamanguape, Guarabira, Areia, Pilões, Bananeiras, Lagoa Seca e Campina Grande. De Campina, a infovia segue por São João do Cariri, Juazeirinho, Santa Luzia, Patos, Malta, Coremas, Sousa e Cajazeiras. De São

18

Notícias da Paraíba | Novembro 2012

João do Cariri segue outro circuito levando o acesso à internet rápida para Sumé e Monteiro. De Coremas, haverá um circuito ótico levando o acesso da Rede a Pombal e Catolé do Rocha. Outras três cidades estão sendo avaliadas para inserção no circuito. Campina Grande aproveita o aumento significativo de sua capacidade de tráfego de dados para gerar, através da colaboração de projetos interinstitucionais, novas ações de grande impacto em inclusão digital, educação à distância e saúde. Entre as possibilidades estão videoconferência, ensino à distância, telemedicina, entre outros. No Hospital Universitário Alcides Carneiro, por exemplo, a Rede Metro já é usada para cirurgias.

Confiabilidade A rede por fibra ótica é um meio físico puramente passivo. Isto significa que não deixa de funcionar, exceto por acidentes externos que resultem no corte da fibra, o que dificilmente acontece, explica Pedro Nicoletti, gerente técnico da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (POP CG). O presidente da Fapesq, Claudio Furtado, observa que a capacidade de transmissão por fibra ótica é praticamente ilimitada, sendo determinada pelos equipamentos eletrônicos instalados nas pontas do cabo ótico. O gerente executivo da Rede Metro-CG, Nathercio de Araújo Pedrosa, destaca que a vida útil de uma estrutura de cabo óptico é prevista para exceder 20 anos.

O que é A fibra ótica é um filamento extremamente fino e flexível, feito de vidro ultrapuro, plástico ou outro isolante elétrico. Possui uma estrutura simples, composta por capa protetora, interface e núcleo. A tecnologia tem conquistado o mundo, sendo muito utilizada nas telecomunicações e exames médicos, como endoscopias e cirurgias corretivas de problemas visuais, entre outras aplicações possíveis.


Paraíba registra queda de 22% de crimes violentos no mês de outubro Planejamento de operações segue reduzindo índices criminais

O

número de homicídios na Paraíba caiu 22% no mês de outubro, em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação com o mês de outubro de 2010, a queda registrada é de 25%. Enquanto em outubro deste ano ocorreram 124 Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) em todo Estado, em 2010 foram contabilizados 166 crimes desse tipo e em 2011, 159 casos. São considerados CVLI os homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte. Já no acumulado de janeiro

a outubro deste ano, o número de homicídios na Paraíba sofreu uma redução de 9,2%, em relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto nos dez primeiros meses do ano passado ocorreram 1.399 CVLI, este ano a incidência desse tipo de crime caiu para 1.270 casos. A queda representa mais 129 vidas preservadas. As autoridades do setor de segurança reputam a manutenção da queda de CVLI nos 223 municípios paraibanos ao empenho das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros no cumprimento do Planeja-

mento Operacional 2012-2013. De janeiro a outubro deste ano, em 80 cidades da Paraíba não houve sequer um homicídio.

Drogas O intenso trabalho de combate ao tráfico levou a polícia da Paraíba a apreender mais de meia tonelada de drogas no Estado, nos três primeiros trimestres do ano, número 60% maior ao contabilizado no mesmo período do ano anterior. Enquanto de janeiro a setembro de 2011 foram retirados de circulação 312,9 kg de entorpecentes, nos noves meses de 2012 as ações policiais resultaram na apreensão de aproximadamente 503kg de drogas, entre maconha, crack e cocaína. Este ano, o destaque foi a apreensão de maconha que quase dobrou em relação ao mesmo período de 2011. Foram apreendidos 404,9 kg da droga nos três trimestres, enquanto em 2011, a polícia apreendeu 204,3kg. Além disso, foi registrada a apreensão cinco vezes maior de cocaína - de 979 gramas em 2011 - para 5,8 kg em 2012. Também foram apreendidos, entre os meses de janeiro a setembro, 92,3kg de crack. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

19


Paraíba

vai implantar banco de dados

genéticos

A

Paraíba pode se tornar o primeiro Estado brasileiro a implantar o programa DNA-Prokids e montar um banco de dados genéticos para identificar menores desaparecidos. O DNA Prokids, que está sendo trazido da Espanha, é um programa que tem como objetivo lutar contra o tráfico de menores, crianças e adolescentes de zero aos dezoito anos. O projeto é fruto de uma parceria entre o Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social, com a Universidade de Granada, na Espanha. O diretor geral desse projeto é o professor doutor José Antonio Lorente Acosta, da Universidade de Granada. O DNA Prokids, que vai ser implantado de forma pioneira na Paraíba, chegou ao Brasil por intermédio da perita do Laboratório de DNA do Instituto de Polícia Científica, Silvana Magna Cavalcante, que faz o Curso de Doutorado em Genética e Evolução, ministrado pela Universidade de Granada, na Espanha. Silvana explicou que o professor José Lorente, seu orientador no doutorado e conhecedor do trabalho que é feito no Laboratório de DNA do IPC da Paraíba, o primeiro no Brasil

20

Notícias da Paraíba | Novembro 2012

Estado usará o programa DNA-Prokids para identificar menores desaparecidos a funcionar dentro da estrutura policial, propôs uma parceria para que a tecnologia do DNA Prokids pudesse ser usada como mais uma arma para luta contra o tráfico de crianças e adolescentes. O projeto vai ceder os kits para

a coleta de material biológico e para os demais procedimentos de realização dos exames de DNA em familiares de crianças desaparecidas e também daquelas crianças e adolescentes sob suspeita de estarem em poder de desconhecidos. O projeto DNA Prokids não tem fins lucrativos e atua de maneira filantrópica, com a ajuda dos parceiros. “O Governo da Paraíba vai entrar no projeto com o Laboratório de DNA e a mão de obra especializada que já temos aqui no IPC. Também vai acionar a estrutura de comunicação governamental para que a população tenha conhecimento das ações do projeto e possa ajuda quando acontecerem os casos de desaparecimento”, ressaltou. Silvana Magna disse que o projeto DNA Prokids deve ser implantado ainda este ano, na Paraíba. “Na verdade, o acordo já foi firmado simbolicamente, mas falta a assinatura das partes, que são o Secretário de Estado de Segurança e Defesa Social e o diretor da Universidade de Granada”,complementou. Ela informou que estão faltando apenas alguns ajustes operacionais para a definição da metodologia do trabalho a ser executado na Paraíba.


Toda investigação começará pelo BO na delegacia O processo começa com os familiares da criança desaparecida procurando a delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência (BO). Em seguida, o delegado vai enviar os familiares ao Instituto de Polícia Científica e também um histórico sobre o que aconteceu relativo ao desaparecimento da criança. O caso passa então por uma triagem para saber se está particularmente relacionado com o projeto DNA Prokids. Daí será coletado material dos familiares, principalmente dos pais do desaparecido. O material será armazenado no banco de dados do projeto. A intenção é recorrer ao banco de dados de crianças desaparecidas sempre que houver a necessidade de confrontar as informações genéticas com os pais que vem procurando seus desaparecidos.

No caso da coleta de material genético para o exame de DNA por parte dos pais interessados em encontrar seu filho desaparecido, a doação do material é espontânea, mas no caso de um menor encontrado sob suspeita de ser um desaparecido ou uma vítima de tráfico de crianças é preciso autorização judicial para se proceder ao exame. Quando for um menor que morreu, o exame poderá ser feito sem autorização judicial, para que possa ser realizado o cruzamento das informações, caso apareçam pais que suspeitem pelo histórico que aquele corpo encontrado pode ser de seu filho desaparecido. A especialista revelou que uma boa parte dos casos de desaparecimento de crianças está relacionada ao tráfico de crianças e ao trabalho

infantil. Já o sumiço dos adolescentes está ligado a locais de trabalho forçado e a uma rede internacional de prostituição. “O tráfico de crianças e adolescentes, como o tráfico de seres humanos de uma forma geral, não envolve só o Estado da Paraíba, e as fronteiras estão ai para serem quebradas com ajuda do projeto DNA Prokids”, enfatizou.

Perita Silvana Magna Cavalcanti trabalha em plataforma do Programa DNAProkids

www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

21


Promoção de militares

CANAL PB Brasil- Canadá 3.0 O Governo do Estado lançou a Conferência Brasil Canadá 3.0, que acontecerá pela primeira vez no Brasil nos dias 3 e 4 de dezembro, na Estação Ciência Cabo Branco, em João Pessoa. Dirigido ao público empresarial, acadêmico e

governamental, o evento será uma realização do Governo do Estado e do Ministério das Relações Exteriores. Inspirada no modelo canadense, que acontece há quatro anos, a Conferência Brasil Canadá 3.0 surgiu a partir de uma cooperação bilateral entre os dois países com objetivo de mapear os principais desafios e as oportunidades que estimulam a economia digital.

A Polícia Militar promoveu mais 144 policiais e 36 bombeiros militares por antiguidade e merecimento. Na solenidade, ocorrida no Palácio da Redenção, foram promovidos à graduação de subtenente (mais alta do quadro de praças) 43 policiais 1º sargento; 100 policiais da graduação de 2º sargento foram promovidos a 1º sargento e um 3º sargento foi promovido a 2º sargento. Pelo Corpo de Bombeiros nove subiram ao posto de subtenente e 27 foram promovidos a 1º sargento. Em um ano e nove meses o Governo oficializou mais de 1.500 promoções de praças e oficiais.

Mercado de Sousa O município de Sousa ganhará um novo mercado central com infraestrutura semelhante a um shopping popular. A ordem para início das obras foi dada pelo Governo do Estado e pela prefeitura municipal, que construirão conjuntamente. A nova estrutura, com projeto orçado em pouco mais de R$ 4 milhões, substituirá o antigo mercado de mais de 50 anos. Serão 170 pontos de comercialização, com elevadores e escadas rolantes.

na rede

Segurança elogiada A política de segurança pública implantada na Paraíba recebeu elogios dos representantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Representantes do Estado de Goiás e do Distrito Federal devem vir à Paraíba para conhecer esse modelo de gestão. Em reunião realizada em Brasília foram discutidas a implantação da rede de inteligência da Paraíba, com atualização do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), e capacitações integradas.

FACEBOOK / govparaiba Fábio Júnior Dos Santos parabéns para a Delegação da PB que conquistou hoje em SP, sete medalhas nas Paralimpíadas Escolares 2012 !!

Nova academia A nova estrutura da Academia de Ensino de Polícia (AEP), na Praia de Jacarapé, às margens da rodovia Ministro Abelardo Jurema (PB-008), na Capital, terá capacidade de atender até 700 alunos em formação simultânea nas suas 14 salas de aula. As obras da nova sede seguem no ritmo previsto.

Orçamento Democrático Ligação Paraíba-RN Foi inaugurada a pavimentação asfáltica da rodovia PB- 293, que liga Belém do Brejo do Cruz (PB) a Patu (RN), numa extensão de 5 km. Até 2010 o município era isolado porque o acesso estava em péssimas condições e não oferecia segurança. A obra representou investimento de R$ 2 milhões e colocou a cidade no mapa rodoviário paraibano.

22

Notícias da Paraíba | Novembro 2012

O município de São Bento, no Sertão, receberá investimentos de R$ 21,5 milhões em obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário e na construção da escola técnica estadual. A autorização para o início dos serviços foi dada no dia 23 de outubro e foi comemorada pela população, que priorizou estes investimentos nas plenárias do Orçamento Democrático. Também foi autorizada a abertura de licitação para a Escola Técnica Estadual da cidade.

Rossana Barbosa DE Brito Meu governador preferido, ficou lindo o Palácio cor de rosa, ameeeeeeeiiiiiiiii..... Parabéns, voce é o melhor que existiu até hoje, continue esse trabalho maravilhoso que você está fazendo, adoooooooooooooooro.....

TWITTER / @govparaiba Poly@Policenia Tanto orgulho do trabalho desenvolvido pelo @govparaiba! #PBindomaislonge :-)

Maísa Marques@_MaisaMarques @govparaiba @RomuloGouveia fico feliz pelas finanças do Estado, e aguardarei ansiosa pela convocação dos Concursados da Polícia Civil. Clinton Medeiros@ClintonMedeiros Notadamente @RealRCoutinho tá engrenando e as ações estão melhorando do @Govparaiba em todo estado!

Fabio Costa@FabioCosta36 @govparaiba @realrcoutinho é olhar à frente, e construir , construir sem olhar a quem, principalmente aos que mais precisam prof fábio costa


AGENDA Tecnologia na maternidade A Maternidade Dr. Peregrino Filho, em Patos, está utilizando tecnologia digital para facilitar a vida de sua clientela oriunda de aproximadamente 90 municípios. O fluxo de pacientes passou a ser gerido por um sistema de informática que torna ágil o atendimento com classificação de risco. Grande parte dos funcionários do acolhimento já foi capacitada para aplicar a ferramenta digital. O software funciona em rede e com computação nas nuvens, uma tendência mundial de armazenamento de dados, com vários terminais e painéis eletrônicos. Ao chegar ao hospital-maternidade, a paciente faz seu cadastro com nome, documentos, endereço, hora que chegou, dia, mês e ano. Os dados são acessados pela equipe de triagem no terminal do ambulatório. A partir daí o encaminhamento até o médico é eletrônico.

Rede de esgotos

Mais música

O Governo do Estado vai abrir licitação para obras de esgotamento sanitário dos bairros Valentina, Seixas, Penha, José Américo, Jardim Colibris, Laranjeiras e Água Fria. As obras vão ampliar a cobertura de esgoto de João Pessoa dos atuais 66,41% para 83,62%. Serão investidos R$ 50 milhões em recursos do PAC e do Governo do Estado, possibilitanto a ligação do esgoto em aproximadamente 37.500 residências. No dia 22 de outubro, foram autorizadas as obras de esgotamento sanitário dos conjuntos Cidade Verde, Patrícia Tomaz, Aspom e Projeto Mariz, em Mangabeira VIII, beneficiando diretamente cerca de 40 mil pessoas. Também está sendo intensificada a implantação da rede de esgotos do Jardim Cidade Universitária.

Os amantes da música clássica terão mais uma oportunidade de assistir ao concerto quinzenal da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB). Além da quinta-feira, o público poderá assistir ao espetáculo também nas sextas-feiras, às 19h. O horário alternativo foi adotado na última semana de outubro (25 e 26), quanto a orquestra apresentou um concerto inédito no Cine Bangüê.

Cirurgias de catarata A Paraíba foi contemplada com R$ 5.924.998,19 que serão investidos nas cirurgias de catarata. Os recursos foram liberados pelo Ministério da Saúde por meio de portaria que estabelece a distribuição dos recursos para a execução de procedimentos cirúrgicos eletivos no Estado, via SUS, para 2012 e 2013. Serão beneficiados os municípios de Araruna, Bananeiras, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Campina Grande, Conceição, Dona Inês, João Pessoa, Massaranduba, Pedras de Fogo, Princesa Isabel Santa Rita, São Bento, Sapé, Serra Branca e Sumé, que têm capacidade instalada para a realização dos procedimentos.

Acesso a Jacumã A construção do contorno de Jacumã, no litoral Sul, está em fase de conclusão. O trabalho atual é de pavimentação e montagem do aterro de encontro da ponte de 50 metros de vão sobre o Rio Guruji. A previsão da construtora PSO Engenharia é de o contorno seja concluído entre janeiro e fevereiro de 2013. O contorno vai beneficiar diretamente mais de 50 mil habitantes do município do Conde e turistas que frequentam as praias do litoral Sul do Estado, especialmente nos períodos de veraneio, feriados e carnavais. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

23


24

Notícias da Paraíba | Novembro 2012


Notícias da Paraíba #05