Page 1

www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

1


expediente

índice

Governador da Paraíba: RICARDO COUTINHO Vice-Governador da Paraíba: RÔMULO GOUVEIA Secretaria de Estado do Governo: Adriano Galdino Secretaria Executiva da Casa Civil: Lúcio Flávio Procurador Geral do Estado: Gilberto Carneiro Secretaria da Comunicação: Estela Bezerra Secretaria da Administração: Livânia Farias Secretaria do Planejamento e Gestão: Gustavo Nogueira Secretaria das Finanças: Aracilba Rocha Secretaria da Receita: Marialvo dos Santos Secretaria da Educação: Márcia Lucena Secretaria da Cultura: Chico César Secretaria da Saúde: Waldson Souza Secretaria da Segurança e da Defesa Social: Claúdio Lima Secretaria da Administração Penitenciária: Walber Virgolino Secretaria do Desenvolvimento Humano: Cida Ramos Secretaria da Infraestrutura: Efraim Morais Secretaria do Turismo e do Desenvolvimento Econômico: Renato Feliciano Sec. do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e da Ciência e Tecnologia: João Azevêdo Sec. do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca: Marenilson Batista Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer: Tibério Limeira Secretaria da Interiorização: Carlos Antonio Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana: Gilberta Santos Soares Secretaria do Desenvolvimento e da Articulação Municipal: Manoel Ludgério Secretaria de Articulação Política: José Lacerda Neto AESA: Moacir Barbosa AGEVISA: Jailson Vilberto ARPB: José Otávio CAGEPA: Deusdete Queiroga CDRM: Geraldo Nobre CEHAP: Emilia Correia Lima CINEP: Tatiana Domiciano CODATA: George Henriques Defesa Civil: Cícero Herminio do Nascimento DER: Carlos Pereira DETRAN: Rodrigo Carvalho DOCAS: Wilbur Jácome EMATER: Giovanni Medeiros EMEPA: Manoel Duré EMPASA: José Tavares EMPREENDER: Tárcio Pessoa ESPEP: André Luiz FAC: Lau Siqueira FAPESQ: Claúdio Benedito FUNAD: Simone Jordão Almeida Fundação Casa de José Américo: Flávio Sátyro FUNES: José Lacerda FUNDAC: Sandra Marrocos FUNECAP: Othon Gama FUNESC: Lú Maia Hospital de Trauma - JP: Edvan Benevides Hospital de Trauma - CG: Geraldo Medeiros IASS/PB: Maria da Luz Silva IDEME: Mauro Nunes IMEQ: Jânio Palitot INTERPA: Nivaldo Moreno A UNIÃO: Fernando Moura JUCEP: Aderaldo do Nascimento LOTEP: Fábio Carneiro Orçamento Democrático: Ana Paula Almeida PBPREV: Hélio Carneiro PBTUR: Ruth Avelino PROCON: Klebia Maria Cooperar: Roberto da Costa Rádio Tabajara: Maria Eduarda SINE: Deise Raquel SUDEMA: Laura Farias SUPLAN: Ricardo Barbosa

28

Vinte oito mil pequenos e v foram beneficiados pelo Empreender-PB, que investiu R$ 42 milhões em dois anos

Salão de Artesanato expõe, em Campina Grande, a criatividade de 700 artistas

3

PBVest ajuda 5,5 mil estudantes a conquistar vaga universitária

4

Professor de escola pública estadual em Mari ensina com criatividade

5

Sociedade consolida Orçamento Democrático Estadual

6a8

Escolinha de Artes Marciais da PM atende crianças de comunidades pobres

9 e 10

Governo do Estado investe em saúde mais do que exige a lei

11 a 13

São João leva tradição e alegria a todo o estado

14 e 15

Casa da Cidadania de Pombal atende 1.500 pessoas por dia

16

Estradas tiram 11 cidades do isolamento

17 a 20

Tarifa Verde beneficia agricultores familiares

21

Translitorânea garante água para 1 milhão de pessoas

22 e 23

Qualidade e preço justo no Restaurante do Servidor

24

Vida nova para mães de crianças atendidas pela Funad

25

Sucata vira dinheiro em leilões da Secretaria da Administração

26

Informações sobre impostos fortalecem educação fiscal da população

27

Ações do Governo reforçam combate à homofobia

29

Vale dos Dinossauros pronto para turistas, estudantes e pesquisadores

30 e 31

Editor Responsável: Paulo André Leitão Diretora de Jornalismo: Vall França Redatores: Alexander Rocha e José Carlos dos Anjos Wallach Repórteres: Camila Alves, José Cabral, Fabíola Bessa, Eliane Nóbrega, Agenilson Santana,

veja nossa edição online

Paulo Cosme, Fábio Bernardo Cabral, Josélio Carneiro, Fernanda Medeiros, Jean Gregório, Joselyne Simões, Janaína Araújo, Heloisa Amorim, Hugo Sales Fotógrafos: Alberi Pontes, Antonio David, Cláudio Goes, Francisco França, José Lins, José Marques, Kleide Teixeira, Roberto Guedes, Walter Rafael e João Francisco Diagramação: Anderson Rodrigues Finalização: Klaus Henrique (Real Comunicação) Diretor de Governo Eletrônico e Mídias Sociais: Lourival Júnior

2

Notícias da Paraíba | Junho 2013

Diretor de Marketing: Renato Fernandes

Ano 2 I Número 10 I Maio 2013 A revista NOTÍCIAS DA PARAÍBA é uma publicação mensal do Governo da Paraíba, distribuída gratuitamente. Seu conteúdo é editado pela Secretaria de Estado da Comunicação Institucional em caráter informativo e sua venda é proibida. End.: Av. João Mata, s/n - Bloco II - 6º andar - Centro Administrativo do Estado Jaguaribe - João Pessoa/PB - CEP: 58015-020 - 83 3218.4499


Couro

é a estrela

700 expositores apresentam seus trabalhos em Campina Grande, na 18ª edição do Salão

“A

arte do couro” é o tema do 18º Salão de Artesanato da Paraíba, que reúne cerca de 700 expositores de 128 municípios, em Campina Grande. Realizado duas vezes por ano – uma na Capital durante o verão, outra na Rainha da Borborema, no inverno – nesta edição a estrutura está montada na antiga Candesa, no bairro do Catolé. O tema foi escolhido para evidenciar a excelência dos produtos paraibanos de couro e homenagear os seleiros do Estado. O evento realizado pelo Governo do Estado durante o mês de junho ocorre estrategicamente em paralelo ao “Maior São João do Mundo”, considerado hoje o maior produto turístico paraibano nesta época, atraindo

milhares de turistas do país e do exterior. Além do artesanato, o visitante poderá conferir uma diversidade em produtos de couro, desde peças artesanais com tons rústicos feitos em couro de boi até peças elaboradas por designers de jóias em couro de bode. Há um espaço gastronômico que oferece comidas típicas da região e da época, onde se pode também assistir a apresentações culturais. “Tive que me aposentar por invalidez e, para não ficar parado, aprendi o ofício de artesão na ousadia, olhando os amigos fazendo pulseiras. Hoje, após participar de vários cursos para me aperfeiçoar, faço minhas próprias bolsas, chaveiros, carteiras, porta-joias e outras peças. Estou em uma maratona produzindo diariamente. Quando minha esposa chega do trabalho, ainda me ajuda, pois este ano somos a vitrine do salão”, destacou o artesão Edmar Araújo, de 42 anos, que mora no bairro Colinas do Sul, em João Pessoa, mas ficará todo o mês de junho em Campina Grande.

Tipologias Os artesãos vão apresentar diversas tipologias em trabalhos produzidos em peças de fios, madeira, algodão colorido, fibra, cerâmica, couro, tece-

lagem, brinquedo, pedra, metal, osso, artesanato indígena, cordel, xilogravura e habilidades manuais. Toda a ambientação do salão foi planejada dentro do tema escolhido e as peças produzidas estarão expostas no projeto arquitetônico de Gustavo Vaz e Carolina Gomes. O Salão do Artesanato da Paraíba é uma feira que acontece há nove anos no Estado e tem se tornado referência nacional no segmento. Por estes motivos, a artesã Beth Paz, que aprendeu a habilidade manual com a mãe e a avó, tem se dedicado à produção de joias em couro. “Este ano é a primeira vez que participo do Salão em Campina Grande, e apresento nas peças todas as técnicas que aprendi. Certamente irei ganhar maior visibilidade para meu artesanato, onde misturo inspirações indígenas com formas geométricas, o que proporciona simultaneamente um aspecto de contemporaneidade e rusticidade que identificam o meu estilo”, enfatizou. Beth Paz já participou de vários catálogos de moda com suas peças, tendo como modelos a cantora Elba Ramalho e a atriz Mayana Neiva.

SERVIÇO O Salão de Artesanato da Paraíba fica aberto até o dia 30 de junho, diariamente das 15h às 22h, na Av. Prefeito Severino Bezerra Cabral, bairro do Catolé, na antiga Candesa. A entrada é gratuita. O evento tem como parceiros o Sebrae-PB, Prefeitura Municipal de Campina Grande. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

3


PBVest

inicia aulas para mais de 5,5 mil estudantes

Aulas ocorrem em 37 polos e podem ser acessadas também de casa

A

s aulas do Programa Vestibular Social do Governo do Estado (PBVest) 2013 começaram no dia 11 de maio em 37 polos localizados em vários municípios do Estado e prosseguem até 31 de outubro. Já são 5.582 os estudantes inscritos. No colégio Liceu Paraibano, em João Pessoa, as aulas são assistidas por 200 inscritos. A Diretora do Liceu, Telma Rodrigues, informa que a procura pelo programa é grande. “Temos uma lista de espera porque os alunos sabem do sucesso do Programa, comprovado pelos vários casos de aprovação nos vestibulares”, justificou. O professor Américo Falcone destacou várias novidades no Programa neste ano. Entre elas, o modelo de aulas online com um diferencial no material didático, formulado como um estudo dirigido. “O formato exige que o aluno participe efetivamente das aulas”, explica. Para dar suporte ao Programa, será distribuído aos alunos o livro “ENEM Passo-a-Passo” que traz

4

Notícias da Paraíba | Junho 2013

Como não tenho condição de fazer um cursinho particular, vi no PBVest a oportunidade perfeita para revisar o conteúdo do Enem”, diz Larissa Leite, aluna da 3ª série do Liceu Paraibano. todas as questões aplicadas nos exames de 2009 a 2012 com respostas comentadas. Os alunos vão receber também um código de acesso para assistirem às aulas de casa pela internet. O PBVest é destinado aos alunos que estejam cursando a 3ª série do Ensino Médio em escola pública ou que tenham concluído seus estudos na Rede Estadual. As aulas são aos sábados, das 7h30 às 17h50, com intervalo para almoço, que é oferecido nas escolas onde o programa acontece, do meio dia às 13h30. O aluno perde o direito de participar do curso se obtiver

menos de 75% de presença durante o mês ou por indisciplina em sala de aula.

Aulas online As aulas são transmitidas na rede com a presença de monitores nas salas, com o objetivo de esclarecer dúvidas sobre os conteúdos apresentados e organizar a parte técnica da transmissão das aulas. No site do PBVest (www.pbvest. pb.gov.br), estão disponibilizadas 352 aulas gravadas do programa de 2012 e as deste ano estarão disponíveis à medida que forem apresentadas aos alunos.


Professor inova em aulas de Física

Alunos de escola estadual criam ‘pilha de limões’

A

liar teoria à prática é o principal objetivo do projeto “Vivenciando a Física”, que vem sendo executado em aulas ministradas aos alunos do ensino médio da Escola Estadual José de França, localizada no município de Mari. Idealizado pelo professor de física e matemática Adriano Silva, o projeto busca auxiliar os métodos convencionais de ensino. “Sempre na introdução de cada conteúdo de física, por meio de divertidas experiências, vamos trabalhar um tema na prática com os alunos para que compreendam melhor aquilo que está sendo estudando”, destacou o professor, que leciona na escola há cinco anos. O projeto começou na última se-

Escola Estadual José de França, em Mari

mana com a participação de 35 alunos da turma do 3º ano regular/manhã. Na oportunidade, os estudantes puderam participar da primeira experiência relacionada à eletrostática, com a criação em sala de aula da “pilha de limões” para a geração de um circuito elétrico. “Através de limões, criamos um circuito elétrico para que eles operem como uma pilha e gerem voltagem suficiente capaz de acender uma pequena lâmpada de led”, explicou o professor, acrescentando que, após a experiência, o conteúdo foi explicado de forma cien-

tífica e aplicado um exercício prático. Para o professor, o projeto tem favorecido o aprendizado dos alunos que passaram a participar ativamente das aulas por estarem mais envolvidos no conteúdo, além de responder aos questionamentos e realizar novas indagações sobre os assuntos. “Por esses resultados positivos, iremos expandir o projeto às demais turmas do ensino médio e para a próxima aula já estou programando a nova experiência que será embasada no conteúdo de termodinâmica”, informou.

Em Sumé, alunos aprendem Física de um jeito diferente Aprendendo Física na prática e com criatividade. É isso o que os alunos da 3ª série do Ensino Médio Inovador da Escola Estadual Professor Gonçalves de Queiroz, da cidade de Sumé, estão fazendo através do projeto “A Eletricidade no Cotidiano”. O projeto, que pertence ao Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, da Universidade Federal de Campina Grande, permite que os alunos realizem experiências e entendam mais facilmente os diversos conceitos do campo da Física Experimental. Para a professora Fabiana do Nascimento Araújo, “estamos melhorando o aprendizado da Física por meio do manuseio de equipamentos alternativos e da realização de experimentos que utilizam materiais simples do cotidiano dos alunos”. A partir de latas de refrigerante, caixa de fósforos, CDs, canudos de

Escola Estadual Professor Gonçalves de Queiroz, em Sumé

plástico e madeira, os alunos aprendem sobre a condução da energia, a utilização de um circuito elétrico simples, descobrem o uso da pilha feita a partir de limões, a ação da eletricidade estática, a troca de cargas positivas e negativas entre objetos, a geração e conservação de energia e a aceleração mecânica. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

5


Participação ativa da sociedade consolida Orçamento

Democrático Estadual 21 mil pessoas participaram escolhendo as prioridades de investimentos

A

s audiências públicas regionais do Orçamento Democrático Estadual foram consolidadas com o preenchimento das fichas de prioridades por mais de 21 mil pessoas, que escolheram os principais campos de investimento em sua região, para o ano subsequente, bem como indicaram as obras e ações de Governo que poderão ser encaminhadas para o próximo orçamento público. Também, neste ano, mais de 40 mil pessoas puderam acompanhar as audiências regionais, ao vivo, pela rede mundial de computadores. As ações tão voltadas para as áreas da educação, saúde e abastecimento d’água. Para Helder Lima, de Bonito de Santa Fé, o programa aproximou a população e o Governo e deu mais importância ao povo: “É uma política que faz de nós, gente. Estou feliz e orgulhoso por poder repre-

sentar minha cidade, fazer reivindicações em nome da população”. A confiança no atendimento aos encaminhamentos do Orçamento Democrático Estadual foi reforçada com as solicitações feitas em 2012, integralmente cumpridas. Quem atesta é a conselheira estadual Kátia Brilhante, de Cajazeiras: “O Orçamento Democrático é importante demais. É o povo falando e o Governo ouvindo. No ano passado solicitamos a estrada de Carrapateira e o ETA de Bom Jesus e fomos atendidos”, contou. É o que também pensa o conselheiro de Barra de São Miguel, João Tarcísio, que não tem dúvidas de que as solicitações serão atendidas. “Vamos ter asfalto e adutora. Os comerciantes receberam créditos do Empreender, e o Projeto Cooperar também contemplou nossa região. São muitas obras em benefício do povo”.

Plenária do Orçamento Democrático em João Pessoa, a primeira de 2013

6

Maio 2013 Notícias da Paraíba | Junho 2013

O Orçamento Democrático faz de nós, gente”. Helder Lima, de Bonito de Santa Fé.

É o povo falando e o Governo ouvindo”. Kátia Brilhante, de Cajazeiras. São muitas obras em benefício do povo”. João Tarcísio, de Barra de São Miguel.


As próximas etapas do

Orçamento Democrático

Luciano Dias, conselheiro regional, durante plenária em Patos

Após as audiências públicas regionais, serão realizadas, nas catorze regiões, reuniões preparatórias para as assembleias microrregionais de eleição dos novos conselheiros e conselheiras, para o mandato 2013-2015. Essas assembleias reunirão as pessoas de uma determinada microrregião (uma região é dividida em 3 ou 4 microrregiões), que elegerão os novos conselheiros e conselheiras regionais, que irão representar a região nos momentos de diálogo direto com os secretários e secretárias de governo e em outras atividades do OD Estadual. Depois dessa etapa, o Conselho Estadual do Orçamento Democrático se reunirá com os secre-

tários das pastas em que houve maior demanda em cada região do estado. Essa etapa é intitulada de Planejamento Democrático. A partir daí, serão identificadas e priorizadas aquelas obras e ações que poderão ser contempladas na revisão do Plano Plurianual, bem como as que poderão constar na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2014.

AVALIAÇÃO

“As audiências públicas regionais foram uma etapa muito importante para o ciclo 2013, quando conseguimos cumprir toda a agenda de 16 audiências, nas 14 regiões. Consolidamos a

aceitação popular a esse instrumento de democracia participativa, pois registramos um grande aumento na participação, seja presencialmente na própria audiência ou acompanhado-a pela internet. Também pudemos comprovar que houve, com esse aumento da participação, uma maior qualificação do discurso da população. As pessoas estão se empoderando, fiscalizando e participando mais. Esta é a lógica do OD Estadual e desta gestão, a de consultar a população e compartilhar responsabilidades, de forma que o cidadão e a cidadã estejam no centro de nossas decisões”, avaliou Ana Paula, subsecretária Executiva do OD Estadual. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

7


Prioridades eleitas em 2013 • Educação Cajazeiras, Campina Grande, Catolé do Rocha, Cuité, Itaporanga, João Pessoa, Mamanguape, Monteiro, Patos, Pombal, Princesa Isabel e Sousa.

• Abastecimento de Água Bananeiras, Catolé do Rocha, Cuité, Esperança, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, Mamanguape, Patos, Pombal e Princesa Isabel.

• Saúde Bananeiras, Cajazeiras, Campina Grande, Catolé do Rocha, Cuité, Esperança, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, João Pessoa, Mamanguape, Monteiro, Pombal e Sousa.

• Segurança Pública Campina Grande e João Pessoa.

• Cultura Sousa

• Estradas Bananeiras, Cajazeiras, Esperança, Guarabira, Itabaiana, Monteiro, Patos e Princesa Isabel.

O Governo ouviu e registrou todas as demandas apresentadas nas plenárias do Orçamento Democrático de 2013

8

Maio 2013 Notícias da Paraíba | Junho 2013


Projetos sociais

auxiliam crianças em situação de risco Ações da PM fortalecem elo com a população

Quando criança vivi em situação de risco e tive ajuda da PM que me incentivou a estudar e me tornar um policial” , relembra o cabo Bezerra. O cabo Bezerra se inspirou na própria vida para ajudar as crianças na Escolinha de Artes Marciais

A

proximação para prevenir delitos e cada vez mais consolidar a imagem de uma Polícia Solidária e amiga da população. É com essa filosofia que a Polícia Militar da Paraíba vem desenvolvendo diversos projetos sociais com crianças em situação de risco em todo o Estado, fortalecendo o elo entre a corporação e sociedade. Um desses projetos é a Escolinha de Artes Marciais, iniciativa do 5º Batalhão da PM, localizado em Mangabeira, na capital. Atendendo inicialmente 40 alunos, o projeto leva espe-

rança para crianças pobres. “Eu sonho em ser lutador, ganhar medalhas de ouro e quem sabe ser professor”, contou Jorge da Conceição, de 11 anos. Para ele, a Escolinha não é só um lugar para aprender as técnicas das artes marciais, mas também princípios de vida. “Aprender a lutar para não brigar é um dos nossos lemas”, lembrou.

O CABO COMO EXEMPLO Além dele, Emerson Bernardo, de apenas 10 anos, e Everton Epaminondas, de 12 anos, também têm na ponta da língua os ensinamentos que

ouviram do professor, o Cabo Bezerra Soares, Mestre de taekwondo e graduando em Educação Física. “Controlar a raiva, ser obediente aos pais e professores, tirar boas notas, contribuir para um mundo mais pacífico”, elencaram. As aulas de taekwondo acontecem duas vezes na semana, nas terças e quintas, no período de 8 às 9h. Atualmente os alunos são da Escola Estadual de Ensino Fundamental Professora Tércia Bonavides, localizada no bairro do Valentina, na capital, que participa do projeto disponibilizando o meio de locomoção dos alunos até o quartel. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

9


Eu estou ficando bom, porque antes eu não sabia nem me comportar e agora estou sabendo”. Everton Epaminondas, 12 anos.

Vindo também de uma situação de vulnerabilidade social na infância, o Cabo Bezerra se inspira na própria história para ajudar as crianças pobres. “Quando criança vivi em situação de risco, fui vendedor de jornal e tive nesta fase o acompanhamento de pessoas da Polícia Militar que me ajudaram e incentivaram para que eu estudasse e posteriormente ingressasse na PM”, contou Bezerra.

As crianças têm aulas de taekwondo na Escolinha

10

Maio 2013 Notícias da Paraíba | Junho 2013

Para o professor, apesar do pouco tempo de trabalho junto aos alunos, já é perceptível a mudança no comportamento deles. “Já notei, e as educadoras da escola também comentaram, que os alunos estão observando mais as regras, sendo mais disciplinados e demonstrando mais motivação para estudar”, frisou. Conforme o subcomandante do 5º BPM, Major Sérgio Fonseca, a ideia

é ampliar o número de beneficiados e as atividades oferecidas. “Temos policiais com qualificação em outros esportes, como o judô, e pretendemos utilizar isso para fazer crescer o projeto”.

Como temos policiais qualificados em outros esportes, pretendemos que o projeto cresça”. Major Sérgio Fonseca, Subcomandante do 5º Batalhão de Polícia Militar.


Mais leitos

em hospitais e descentralização do atendimento Investimento em saúde supera percentual fixado em lei

E

m dois anos, o Governo do Estado conseguiu ampliar a oferta de leitos hospitalares em mais 550 unidades, inaugurou hospitais e postos especializados e focou as ações desse setor na descentralização do atendimento, com o objetivo de desafogar as grandes cidades e deixar mais próximo da população um serviço de saúde que garanta resolutividade. No ano de 2012, a Paraíba investiu R$ 800 milhões em saúde, o que corresponde a 13,53% da receita bruta do Estado, percentual superior ao que determina a emenda 29 (12% de aplicação no setor). Esses recursos foram aplicados em qualificação profissional, equipamentos, medicamentos e, acima de tudo, na reestruturação e regionalização da Rede Hospitalar do Estado com a construção, reforma e ampliação das unidades de saúde e com a criação da Rede de Urgência e Emergência que proporciona atendimento de qualidade, eficiente e humanizado. A Paraíba fechou o ano de 2012 com 33 hospitais, 2.248 leitos e 48.405 internações.

Contrapartida Em contrapartidas, o Governo do Estado empregou R$ 26 milhões no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), nas Unidades de Pronto Atendimento (Upa), assistência farmacêutica e serviços de oncologia e cardiologia.

Construções Na rede hospitalar, entre as unidades de saúde que foram construídas, ampliadas, recuperadas ou equipadas, está o Hospital Dr. Germano Lacerda da Cunha, em Belém do Brejo do Cruz, que estava em obras há mais de 11 anos e foi concluída neste ano. Nesse caso, a Prefeitura recebe mensalmente R$ 75 mil para manter os serviços da unidade de saúde. Já foram concluídos a reforma do Complexo

Saúde para todas as faixas etárias da população

de Pediatria Arlinda Marques, o Hospital Geral de Taperoá Antônio Hilário de Gouveia e a reforma e ampliação da Maternidade Peregrino Filho, de Patos.

Mais investimentos A construção, reforma e ampliação de hospitais estaduais vão criar mais 547 leitos no SUS. Entre essas unidades de saúde estão o Hospital Distrital de Pombal, Hospital Regional de Picuí, Hospital Regional e Maternidade de Monteiro, a Unidade Mista de Cacimba de Dentro e as Unidades de Pronto Atendimento (Upa) nos municípios de Princesa Isabel e Cajazeiras. Em Mamanguape, a construção do hospital regional está com mais de 50% da estrutura executada. Já a unidade de Monteiro, onde vai funcionar o hospital com urgência e maternidade, está com 70% da obra executada. Ao todo, o Governo do Estado investe mais de R$ 38 milhões em obras da saúde fiscalizadas pela Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan).

Capacitação Somente em 2012 mais de 2 mil profissionais de saúde receberam treinamento e qualificação. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

11


O que faz o Centro • Microcirurgia de tumores cerebrais • Microcirurgias de tumores medulares • Tratamento neuroendoscópico para hidrocefalias e tumores cerebrais Reforma do Arlinda Marques já está concluída

Único Centro de Neurocirurgia Pediátrica no Estado O Complexo de Pediatria Arlinda Marques tem o único Serviço de Neurocirurgia Pediátrica no Estado. A unidade chega a realizar 180 neurocirurgias por ano, incluindo aquelas realizadas em crianças vindas de estados vizinhos. O serviço de Neurocirurgia Pediátrica é composto por uma equipe de neurocirurgiões, cirurgiões pediátricos, enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, intensivistas neurologistas, neuropsicólogos, pediatras, oncologistas e assistente social. Um dos pacientes atendidos é Rachid Coutinho de Freitas, de 3 anos, que mora no Bairro de Mandacaru, em João Pessoa. Aos nove meses ele teve uma convulsão, diagnosticada como um problema cardíaco congênito, que passou a ser tratado com medicamentos até a realização de uma cirurgia aos dois anos de idade. Hoje, o menino faz apenas avaliações periódicas. “Os médicos do Arlinda Marques devolveram a vida do meu filho. Muitas vezes cheguei a pensar

Graças a Deus minha filha está bem. Aqui no Arlinda Marques ela é sempre bem acompanhada por profissionais competentes”, disse Jailma Gomes, mãe de Aurilane Clézia, de 7 anos, que foi diagnosticada com um tumor no cérebro. A criança foi submetida à cirurgia para retirada do tumor que era benigno e periodicamente é acompanhada pela equipe de neurocirurgia. 12

Maio 2013 Notícias da Paraíba | Junho 2013

• Cirurgia de cranioestenose • Cirurgia para epilepsia, incluindo amígdalo-hipocampectomia seletiva, hemisferectomia, para controle da atividade epiléptica • Reconstrução complexa craniofacial para tratamento de deformidades congênitas ou traumáticas craniofaciais • Intervenção neuroradiológica para malformações arteriovenosas (MAV) e monitorização de pressão intracraniana e oximetria cerebral contínua para as lesões cerebrais que ele não sobreviveria”, disse sua mãe, Cristiane Ferreira. Com pouco mais de um mês de vida, Esteniel Davi, hoje com três anos, teve a suspeita de um problema cardíaco ao se submeter a exame de rotina, conta o vigilante Daniel de Paula da Costa, pai do garoto. No Hospital, uma checagem mais profunda detectou o que popularmente se conhece como “sopro no coração”. Os médicos tentaram solucionar o problema com uso de medicamentos, mas foi necessária uma cirurgia. “Eu não sei o que seria se mim se não fosse esse serviço do Arlinda Marques, porque eu não tinha condições financeiras de levar meu filho para outro estado”, disse o vigilante, que hoje comemora o bom estado de saúde do filho. Entre as patologias neurológicas que exigem tratamento cirúrgico as mais prevalentes na infância são: a hidrocefalia, a cranioestenoses, os disrafismos espinhais (mielomeningocele, encefalocele) e os tumores no Sistema Nervoso Central. O diagnóstico precoce é fundamental para determinar o tratamento adequado e multidisciplinar. Christian Diniz Ferreira, coordenador do Centro, explica que além da parte cirúrgica o serviço tem a preocupação de oferecer atividade de educação continuada. “Publicamos 12 trabalhos científicos, incluindo quatro que foram para o Congresso Europeu de Neurocirurgia, na Holanda. Somos referência em neuroendoscopia no Brasil e com isso conseguimos trazer para João Pessoa, no ano passado, o Curso Latino Americano de Neuroendoscopia do Capítulo de Neurocirurgia Pediátrica da Federação Latino Americana de Neurocirurgia. Foi primeira vez que esse evento foi realizado no Brasil”, disse.


Rede de Cardiologia Pediátrica beneficiou cerca de 25 mil crianças Em um ano e meio, mais de 25 mil crianças passaram pela triagem da Rede de Cardiologia Pediátrica Pernambuco-Paraíba (RCP), um programa implantado para estruturar a assistência cardiológica a fetos, recém-nascidos e crianças atendidas pelo sistema público de saúde. Foram identificadas 400 doenças cardíacas e realizadas mais de 2 mil consultas e exames em crianças cardiopatas. Também foram feitas 130 cirurgias cardíacas, dentre as quais 7 de alta complexidade. De acordo com o coordenador da Rede Paraibana de Cardiologia, Cláudio

O modelo tem demonstrado eficiência na triagem, diagnóstico e manuseio dos problemas cardíacos e cobrindo atualmente em torno de 75% dos nascimentos do Estado. Atualmente, o Círculo discute com a Secretaria de Estado da Saúde a expansão do modelo para atingir a totalidade dos nascimentos da Rede SUS no Estado da Paraíba”, afirma Cláudio Regis.

Teixeira Regis, o Governo do Estado assinou um convênio em 2011 com o Círculo do Coração de Pernambuco, com o propósito de otimizar a cardiologia pediátrica na Paraíba. “O programa transformou-se em um dos mais arrojados e modelo de telemedicina para o País”, disse. Cláudio Regis, que também é Diretor do Hospital Arlinda Marques, explica que a Rede treina os profissionais do Sistema Público de Saúde, como neonatologistas, ultrassonografistas, pediatras e enfermeiros, permitindo que identifiquem cardiopatias em crianças. No total, participam do projeto 12 Maternidades distribuídas em nove municípios paraibanos, estruturadas para realizar o diagnóstico básico da cardiopatia, e um Hospital pediátrico com serviço de ambulatório, internamento e cirurgia, totalizando mais de 80 profissionais envolvidos. Identificada alguma anormalidade, os bebês são encaminhados para o Hospital Arlinda Marques, em João Pessoa, para condução do tratamento que é acompanhado pela equipe médica de Pernambuco. Os casos mais complexos vão para o Real Hospital Português, em Recife, onde o Círculo do Coração atua. Todas as unidades estão conectadas entre si e com o Círculo do Coração

Importância científica Do ponto de vista científico, o impacto da Rede de Cardiologia Pediátrica pode ser mensurado pela apresentação de 21 trabalhos científicos, sendo quatro destes no Congresso Mundial de Cardiologia Pediátrica, na África do Sul, além da conquista de três prêmios: um no Congresso Norte-Nordeste de Cardiologia, um no Brasileiro de Cardiologia Pediátrica e o renomado prêmio Nicola Albano, da Sociedade Brasileira de Pediatria. Além disto, quatro profissionais ingressaram em programas de Mestrado e Doutorado através do projeto. através da internet, via iPads distribuídos pelo Governo da Paraíba. “Com o recurso da telemedicina, é possível estabelecer contato diário e monitorar o manejo dos pacientes”, explica a cardiologista Sandra Mattos, Coordenadora Geral do projeto. No Hospital Arlinda Marques foi montada a estrutura para cirurgia cardíaca, que é realizada por uma equipe local em parceria com a equipe do Círculo do Coração, que viaja até João Pessoa semanalmente.

Cardiologia pedriátrica já realizou mais de 2 mil consultas e exames www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

13


Festa junina

mantém tradição e força turística Paraíba apresenta uma das melhores opções para visitantes

P

14

Maio 2013 Notícias da Paraíba | Junho 2013


Os principais arraiais “Maior São João do Mundo” Em Campina Grande (a 120 km da capital), junho é o mês inteiro de forró. A maior e mais aguardada festa popular do Nordeste é também um resgate da cultura. Aberta no dia 7 de junho, a festa promete 1.200 horas de forró e aguarda mais de 2 milhões de visitantes. Só no Parque do Povo, principal área da festa, serão 110 shows, incluindo apresentações de Gilberto Gil, dos paraibanos Zé e Elba Ramalho, Fagner e as bandas de forró estilizado Aviões do Forró e Garota Safada. Lá estão 197 barracas, quiosques e pavilhões de bares e restaurantes, além de três ilhas de forró para a apresentação de mais de 200 trios de forró pé-de-serra. Mais de 100 quadrilhas juninas se apresentarão em tablado montado especialmente para elas. A programação inclui atividades religiosas como a Bênção dos Pães (13 de junho), Missa do Vaqueiro e do Agricultor (19 de junho), entronização da imagem do fogo de São João (24) e a cerimônia da bênção da chave de São Pedro (29).

Na Capital Principal porta de entrada dos turistas na Paraíba, João Pessoa realiza seus festejos juninos de 21 a 29 de junho. O cantor e compositor Gilberto Gil é a grande atração do ‘São João pra Valer’, que vai acontecer no Ponto de Cem Reis e mais cinco áreas distribuídas pela cidade. A programação prevê apresentações das bandas Calypso, Forró Pegado, As Coleguinhas (ex-Forró do Muído), a dupla Sirano e Sirino e os cantores Dorgival Dantas e Santanna. Serão nove dias de festa com apresentações regionais homenageando os músicos e compositores paraibanos Antônio Barros e Cecéu.

Bananeiras A 120 km da Capital, a cidade realiza uma das mais tradicionais festas juninas do Estado. Neste ano, a prefeitura local vai investir no forró pé-de-serra como seu principal diferencial. A secretária de Turismo da cidade, Mirian Trindade, disse que o resgate dos festejos juninos passa pelo descarte das bandas de forró eletrônico da programação: “O melhor São João de pé-de-serra da Paraíba será em Bananeiras” prometeu. A festa começa no dia 21, com a apresentação do cantor Jorge de Altinho. Santanna e Geraldinho Lins serão as outras duas principais atrações. A programação também investe nas quadrilhas juninas, casamentos matutos e na gastronomia da época. Todo o evento estará concentrado

na Praça Castro Pinto, que será transformada em arraial, e funcionará a partir das 15h, com trios de forró, até à noite, com as atrações principais.

Patos A cidade de Patos, a 304 km de João Pessoa, também investirá em uma programação junina folclórica, com manifestações mais tradicionais como a Corrida da Fogueira e o Passeio das Carroças. Também será realizado o concurso de decoração ‘Na minha rua tem São João’. Na programação artística, o São João de Patos terá como atrações as bandas Aviões do Forró e Garota Safada, mas Chiclete Com Banana e a dupla sertaneja Bruno e Marone também estarão presentes. Haverá espaço para artistas regionais como Pinto do Acordeon, Zé Nilton, Roberto Vaneirão, Gê e Teinha.

Santa Luzia A tradicional festa de Santa Luzia vai acontecer de forma simples, dentro das condições e possibilidades do momento da cidade, que enfrenta uma seca prolongada. A prefeitura local, com o apoio do comércio e patrocínios privados, vai promover os festejos no Parque do Forró no período da noite. A programação deverá priorizar as atrações e grupos locais, sem nenhuma grande atração que seja cara, mas que prime pelo valor cultural regional.

Monteiro O centenário do rei do baião Luiz Gonzaga será o tema das festividades de São João na cidade, que fica no Cariri, a cerca de 319 km de distância de João Pessoa. A festa começou no dia 1º e vai até 28 de junho, com festival de quadrilhas juninas e atrações artísticas, entre elas Dejinha de Monteiro, Osmando Silva, Forró na Tora e Tonny Lucco, Luciene Melo e Os Cavaleiros, Xodó do Cariri e Dorgival Dantas e Forró + Eu Magníficos.

www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

15


Cidadania

tre o Governo do Estado e a Prefeitura. A unidade disponibiliza os serviços da Cagepa, da Defensoria Pública, do Sine-PB, do Procon Estadual e da Junta do Serviço Militar. Os usuários também podem realizar a alteração de dados cadastrais, o parcelamento de débitos, solicitar a 2ª via de diversos documentos, pedir a ligação de serviços de água, obter assistência judiciária gratuita, o atestado de antecedentes criminais, emitir RG, efetuar cadastramento para o 1º emprego e para o seguro desemprego, emitir carteira profissional, fazer a inscrição da 1ª via de CPF e obter serviços de orientação e defesa do consumidor, além de ter acesso ao box da PBPrev. “Tudo converge nesta casa para a cidadania. Este espaço garante os direitos aos moradores de Pombal e da região. Estou feliz pela parceria com Governo do Estado”, disse a prefeita de Pombal, Polyana Dutra. A Casa da Cidadania homenageia a professora e ativista social Margarida Pereira da Silva, morta em 2000 em um acidente automobilístico.

para fazer diferença na vida das pessoas

A

Casa da Cidadania de Pombal realiza 1.500 atendimentos diários

Casa da Cidadania Margarida Pereira da Silva, inaugurada na cidade de Pombal no último dia 18 de maio, tem atendido uma média diária de 1.500 pessoas de 19 cidades do Sertão em busca de diversos serviços de órgãos governamentais. Antes da sua implantação, a população da região precisava se deslocar até a cidade de Patos para qualquer necessidade relacionada a documentos. A Casa da Cidadania também referendou um novo modelo de construção conjunta en-

16

Notícias da Paraíba | Maio Junho2013 2013

É o Governo atendendo as necessidades do povo. Antes, tínhamos que nos deslocar até Patos ou João Pessoa. Ruth Martins, professora aposentada.


11 cidades

já saíram do isolamento

www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

17


18

Notícias da Paraíba | Maio Junho2013 2013


Mapa da Cidadania

RODOVIA DA REINTEGRAÇÃO, EM ASSUNÇÃO www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

19


Vai ajudar no desenvolvimento de Nova Olinda e as pessoas aqui estavam precisando do asfalto, facilita o transporte de mercadorias, de estudantes e de todos que precisam viajar”. Rosa Eufrásio Jerônimo, comerciante em Nova Olinda.

Pude presenciar o crescimento de Bananeiras e do Distrito do Tabuleiro. Antes era muita poeira. Muitos desacreditavam, mas agora a estrada chegou. Estamos felizes. Vai melhorar muito a nossa vida”. Josefa Filgueira, aposentada em Bananeiras. 20

Notícias da Paraíba | Maio Junho2013 2013

Com certeza asfaltar estradas está sendo uma das melhores coisas que o Governo está fazendo. Isso é bom para toda a população”. Adriana da Silva, estudante em Nova Olinda.

Tenho 81 anos. Nasci e me criei aqui, essa ladeira sempre existiu. Quando chovia era uma lama só, não conseguíamos passar. Só Deus sabe quanta dificuldade passamos. Nem acredito que o Governo fez isso por nós”. José Francisco, aposentado em Cuité.

Toda a minha vida esperei por essa obra. Isso é um benefício grande para muita gente porque uma rodovia asfaltada é bom para todo mundo”. João Severino da Silva, 60 anos, agricultor em Nova Olinda.

Antes, para passar aqui, levava 20 minutos, hoje esse percurso não leva mais que cinco minutos. Sem falar que quando chovia ninguém andava. Hoje tá um brinco!” José Ferreira, motociclista no Distrito do Tabuleiro.

Aqui todo tempo era ruim. Os carros atolavam quando chovia, já na seca a poeira e as pedras dificultavam a viagem. Tenho 41 anos e posso dizer que isso é um sonho de anos que foi realizado. Acabou o sofrimento!” Pedro Henrique, comerciante em Bom Bocadinho.


Tarifa Verde

reduz custo elétrico e incentiva irrigação Programa do Governo investirá R$ 3,3 milhões e beneficiará 4 mil agricultores

“E

sse era o sonho de minha vida. Agora vou poder fazer minha plantação de milho, feijão e de capim para o meu gado”, comemorou Pedro Gadelha Rodrigues, agricultor, 62 anos, de Pombal, onde o Governo do Estado lançou o Tarifa Verde - um programa que permite a redução dos custos de energia elétrica com irrigação em até 73%. O programa vai beneficiar o agricultor familiar irrigante e promover o melhor uso dos recursos hídricos. O investimento do Governo do Estado atende a uma demanda desse setor feita através do Orçamento Democrático Estadual (ODE) e será na ordem de R$ 3,3 milhões, beneficiando 4 mil agricultores e suas famílias. Em 2012, durante a plenária do ODE, a região de Pombal priorizou a agricultura e o abastecimento d’água. Nessa região, estão sendo perfurados 11 poços artesianos e mais 17 serão iniciados pela Companhia de Desenvolvimen-

to de Recursos Minerais (CDRM). Os medidores de consumo de energia do programa Tarifa Verde têm tecnologia que garante redução de custos, o que incentiva o uso de sistemas de irrigação mais eficientes. Isso contribui para o uso racional da água, do solo e da própria energia elétrica. Além dos equipamentos, o programa leva assistência técnica e extensão rural aos agricultores.

Quem é beneficiado Podem participar do Tarifa Verde os agricultores irrigantes do Estado que

apresentem perfil de agricultura familiar. Para tanto, devem possuir a Declaração de Aptidão ao Pronaf, dispor de suprimento hídrico em quantidade e qualidade e de solos aptos para a irrigação. É preciso também que possuam sistema de irrigação implantado ou em implantação, com eficiência mínima de 80% e que se proponham a assinar o Termo de Responsabilidade para a conservação e o uso do equipamento a ser instalado na sua área. Para se cadastrar no programa, os agricultores interessados devem procurar os escritórios da Emater no estado.

“A energia era muita cara. Agora, com o Tarifa Verde, eu vou poder irrigar minha plantação de feijão e milho. Pagava R$ 100 de luz e agora vou pagar somente R$ 20”. Geralda Moura de Lima, agricultora do município de Paulista.

www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

21


Translitorânea

garantirá oferta de água por mais 20 anos

A

Obra vai beneficiar 5 cidades e mais de 1 milhão de pessoas

s obras do Sistema Produtor de Água da Região Metropolitana de João Pessoa – conhecido como Translitorânea – estão em pleno andamento e com previsão de conclusão da primeira etapa para março de 2014. Segundo Deusdete Queiroga, presidente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), trata-se de um investimento de cerca de R$ 275 milhões para assegurar a ampliação da oferta de água nos próximos 20 anos para as

22

Notícias da Paraíba | Maio Junho2013 2013

cidades de Alhandra, Bayeux, Cabedelo, Conde e João Pessoa, além do distrito de Várzea Nova, em Santa Rita - uma população de mais de 1 milhão de pessoas beneficiadas. As obras da Translitorânea estão planejadas para serem executadas em duas etapas. De acordo com Leonardo Brasil, diretor de Expansão da Cagepa, a segunda etapa vai começar em breve e vai compreender uma nova barragem (Capissura), um sistema de captação de água,


Obras da Translitorânea representam investimento de R$ 275 milhões

A ampliação da ETA encontra-se na fase final e a nossa expectativa é que ela já possibilite o aumento da oferta de água para a população no início do próximo ano”. Deusdete Queiroga, Presidente da Cagepa mais uma estação elevatória de água bruta, um sistema adutor e dois reservatórios apoiados, sendo um de acumulação e outro de distribuição. Financiada com recursos do Governo do Estado e do Governo Fe-

Vou poder fazer meus serviços domésticos com mais tranquilidade, sem me preocupar com falta de água”, afirma a cabeleireira, consciente de que ter mais água na torneira não significa desperdício. “Mesmo tendo mais água, vou continuar economizando”. Fabiana Bezerra, moradora de Cabedelo.

deral, a Translitorânea segue dentro do cronograma previsto. O sistema adutor da primeira fase está 86% concluído, além de já ter sido executado todo o sistema de captação e bombeamento a partir do Rio Taperubus, em Alhandra. Também já estão prontas as duas estações elevatórias de água bruta, duas adutoras de água bruta, um reservatório apoiado e um stand-pipe, unidade que proporciona a mudança de regime de recalque para gravidade tornando o sistema mais eficiente. As dimensões da obra impressionam. Uma das adutoras de água bruta, produzida em ferro fundido de 800 milímetros, tem extensão de 4,8 quilômetros, enquanto que a segunda adutora chega a 23km de extensão. O reservatório apoiado tem capacidade total de 10 mil metros cúbicos de água. Já as estações elevatórias de água bruta possuem estrutura em concreto armado, poço de sucção, dois conjuntos motor-bomba e subestação elétrica, além de um canal de captação desarenador. Dentro do conjunto de obras da primeira etapa da Translitorânea, o presidente da Cagepa destacou os serviços de ampliação da Estação de Tratamento de Água (ETA), em Gramame. Com as atuais obras na Estação, o sistema vai ter a capacidade de tratamento de água ampliada, garantindo um incremento de 600 litros de água aos atuais 1.917 litros por segundo, produzidos no sistema de Gramame. Quando a segunda etapa da obra for concluída, a capacidade de produção de água do sistema de Gramame passará a ser de 3.100 litros por segundo, quase o dobro da atual.

Quem não gosta de água, não é? Quem não quer chegar em casa e tomar um bom banho? Ter água na torneira é muito bom. Por isso, essa obra que vai aumentar a quantidade de água significa muito para o povo”. Valdir de Sousa, residente no bairro de Mangabeira, na capital.

legenda ........... www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

23


Restaurante do Servidor

garante economia e qualidade

Novo equipamento pode servir até 1,5 mil refeições por dia

I

naugurado em maio passado, o Restaurante do Servidor chega a disponibilizar até 1,5 mil refeições diárias. Localizado ao lado do Centro Administrativo Estadual, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, o restaurante funciona de segunda a sexta-feira para café da manhã e almoço. O serviço representa um investimento mensal de R$ 250 mil e integra a política de segurança alimentar e de atenção aos servidores. O Governo do Estado subsidia 80% do valor dar refeições e a parte do servidor é descontada diretamente no contracheque. O café da manhã é servido ao preço de R$ 1,00 enquanto que o almoço custa R$ 2,50, uma opção bem atrativa para quem antes pagava entre R$ 8 e R$ 10 por refeição. A Secretaria da Administração fiscaliza os serviços oferecidos pela empresa que gerencia o restaurante, escolhida através de licitação.

24

Notícias da Paraíba | Maio Junho2013 2013

As frutas e verduras servidas no Restaurante do Servidor são adquiridas preferencialmente dos agricultores familiares que integram programas de fomento mantidos pelo Governo.

Cardápio O café da manhã é servido das 6h às 8h com um cardápio composto por café, leite e suco, pães, bolos, bis-

Tudo de bom, já fiz meu cadastro e vou frequentar todo dia”, disse Iara Carmem, funcionária da Secretaria da Administração

coitos, frutas, frios, mungunzá, canjica, cuscuz e ovos. O almoço vai das 11h às 15h, oferecendo salada, prato do dia, guarnição, acompanhamento, sobremesa, suco, café e chá. As opções são elaboradas por nutricionistas e levam em consideração o equilíbrio a partir de uma alimentação saudável. O prédio do Restaurante do Servidor foi estruturado dentro das normas e recomendações da Secretaria de Estado de Saúde, Defesa Civil e Vigilância Sanitária. Todas as instalações (elétrica, gás, hidráulica) seguem as normas do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial - Inmetro. O restaurante é climatizado, tem área de 400 metros quadrados e realiza coleta seletiva de resíduos sólidos.

Cadastro Quem ainda não fez o cadastro para ter acesso ao restaurante pode se dirigir à Gerência Operacional de Posse, na Secretaria da Administração, terceiro andar do Bloco III do Centro Administrativo, no horário das 8h às 12h e das 14h às 17h. Informações sobre o cadastro também podem ser obtidas nos telefones 3218-4616 ou 3218-4617. Basta apresentar a carteira de identidade, o CPF e o contracheque. Após o cadastro, o sistema dá acesso ao restaurante em até 48 horas. As informações são gerenciadas pela Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata), que escolheu a biometria digital para garantir a segurança do acesso.


Mães D

produzindo muito mais do que esperança

Projeto ajuda na reinserção social dos filhos e gera renda para famílias

edicação, criatividade e muito carinho marcaram o desfile de moda do projeto “Produzindo Esperança” concebido pelas mães dos beneficiários da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência, a Funad. Criado há um ano com o objetivo de proporcionar uma ocupação para as mães enquanto estas aguardavam seus filhos participarem dos trabalhos de reabilitação na Fundação, os frutos do projeto apareceram e surpreenderam. As atividades no Núcleo de Apoio à Família e no Núcleo de Vivência e Arte estimularam que boa parte dessas mães adotasse uma nova profissão. “As mães deixaram de ser apenas acompanhantes. Muitas se tornaram mestres artesãs nas áreas de linhas e tecidos. Seus filhos passaram a integrar, sem que percebessem, a moda inclusiva”, destacou a produtora de moda e especialista em moda inclusiva Regina Rangel, que coordena o Núcleo de Vivência e Arte. O grupo é formado por 30 mães e atua de forma independente,

Desfile emocionante na Funad reuniu mães e filhos

já tendo apresentado suas produções em diversos eventos dentro e fora do Estado. Criada voluntariamente pelos designers Bell Meira, Clécio Sales e Adriano Bezerra, a coleção intitulada “Imersão”, apresentada no desfile, foi composta por 20 looks que mesclam produtos regionais, como o fuxico, sacos de açúcar, retalhos, chita, crochê, macramê, tingimento e aplicações em tecido. “Identificamos muitos talentos entre essas mães, o que permitiu que a coleção fosse produzida em apenas um mês”, disse Bell Meira.

Mães orgulhosas Na platéia do desfile, Norma Roberta Fernandes, Coordenadora de Material e Patrimônio da Funad e mãe de Maria Luiza, de 20 anos, portadora de deficiência intelectual leve, se emocionou: “Ver minha filha desfilando em traje de noiva, linda e feliz, me deixa comovida”, disse. Quem também não perdeu o evento foi Maria de Lourdes Pantaleão, que veio com o filho José Alexandre, de 38 anos, portador da Síndrome de Down. “Meu filho é muito

companheiro e tem uma inteligência fora do normal, que só se desenvolveu com o apoio da Funad”, contou a mãe. Outro exemplo de dedicação é dado por Valdenilda Pereira de Moura. Sua filha Radja Ferreira, de 2 anos, frequenta a Funad por conta de um atraso no desenvolvimento que causa dificuldade para ela se alimentar. “Graças à Funad, minha Radja recebe uma alimentação especial, já consegue sentar depois das sessões de fisioterapia e logo vai dar seus primeiros passinhos e sair da cadeira de rodas”, conta a mãe cheia de esperança.

Centro de Referência A Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência tornou-se ao longo dos anos um Centro de Referência no tratamento e reabilitação em todas as áreas de deficiência, como a física, a visual, a auditiva, a intelectual e as causadas por sequelas decorrentes de acidentes. Atualmente são atendidas cerca de 3.200 pessoas. “É importante trabalharmos a reinserção social dessas pessoas dando-lhes autonomia para que consigam viver e se inserir no mercado de trabalho”, destacou a Presidente da Funad e Assistente Social, Simone Jordão. A Funad funciona de segunda a sexta-feira, no horário das 07h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, e está localizada na Rua Dr. Orestes Lisboa, s/n, Conjunto Pedro Gondim, em João Pessoa.Contatos podem ser feitos pelos telefones: 3214-78793243-8466 / 3243-8763 ou através do email funad@funad.pb.gov.br. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

25


Como transformar

sucata em recursos financeiros

Leilões desocupam espaço, melhoram condições de trabalho e modernizam a gestão

Recursos dos leilões são investidos em benefícios para o servidor

26

Notícias da Paraíba | Maio Junho2013 2013

O

timizar espaços e transformar sucata em recursos financeiros. É isso o que o Governo do Estado tem feito nos últimos dois anos, modernizando a administração e melhorando as condições de trabalho dos servidores públicos. O projeto começou em 2011, quando foram feitos levantamentos na Secretaria da Administração dos bens inservíveis que ocupavam os pátios dos prédios públicos. Em fevereiro de 2012, aconteceu o primeiro leilão de 416 lotes de móveis, veículos, sucatas, equipamentos de escritório, de informática e de ar condicionado. Muitas peças tinham décadas de uso e precisavam ser substituídas para garantir o bom funcionamento dos setores e um local de trabalho digno para os servidores. A expectativa era levantar R$ 200 mil, mas o valor arrecadado já no primeiro leilão surpreendeu, chegando a R$ 716 mil. Mais dois leilões foram realizados, o primeiro em outubro de 2012 e o segundo em abril passado. Juntos, os três leilões arrecadaram quase R$ 1,3 milhão, valor destinado para a reforma da Secretaria da Administração no Centro Administrativo em Jaguaribe. Os elevadores, que já tinham décadas de uso, o mobiliário e vários equipamentos eletrônicos estão sendo substituídos. “A meta é oferecer melhores condições de trabalho para os servidores e, consequentemente, um atendimento mais ágil e confortável para todos”, afirma Livânia Farias, secretária da Administração.


Nota Fiscal Medida fortalece educação fiscal da população

A

s empresas paraibanas deverão informar, na nota fiscal destinada aos consumidores, o valor dos tributos cobrados nos produtos e serviços adquiridos. O Governo da Paraíba publicou no Diário Oficial o Decreto 33.953 com as orientações para os estabelecimentos no Estado se adequarem à Lei Federal nº 12.741/12. Sancionada em dezembro do ano passado e prevista para entrar em vigor no dia 10 de junho, a lei permite que a informação seja prestada na nota fiscal ou em painel afixado em local visível no estabelecimento. Os impostos sobre o produto ou serviço podem ser informados em valores ou em percentuais aproximados. São sete os tributos incidentes sobre as mercadorias ou serviços, sendo cinco deles federais, um estadual (ICMS) e outro municipal (ISS). A nova Lei Federal de Transparência dos Tributos defende que a informação adequada e clara a respeito dos impostos é um cumprimento do Código de Defesa do Consumidor. Para o secretário de Estado da Receita, Marialvo Laureano, a medida fortalece a educação fiscal da população. “O Decreto reforça o compromisso da atual gestão com a conscientização do consumidor sobre o quanto ele está efetivamente pagando em impostos”, comentou.

Consumidores vão conhecer valor dos impostos São sete os impostos que devem ser informados na Nota Fiscal ou em painel afixado em local visível nos estabelecimentos: • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS); • Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS); • Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI); • Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou Relativas a Títulos ou Valores Mobiliários (IOF); • Contribuição Social para o Programa de Integração Social (PIS) e para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) (PIS/Pasep); • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins); • Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico, incidente sobre a importação e a comercialização de petróleo e seus derivados, gás natural e seus derivados, e álcool etílico combustível (Cide). www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

27


Empreender Paraíba investe mais de R$ 42 milhões Programa fortalece a economia, gerando renda e desenvolvimento

O

Programa de Microcrédito do Governo do Estado, o Empreender Paraíba, já injetou mais de R$ 42 milhões na economia paraibana em apenas dois anos de atuação, beneficiando cerca de 28 mil pequenos e microempreendedores. “Tínhamos perdido tudo e quando não havia mais esperança, fomos surpreendidos com este incentivo do Governo do Estado. Num tempo recorde e graças ao Empreender-PB, conseguimos construir de novo, não o que a gente perdeu, mas uma estrutura muito melhor” revelou José Carlos, cabeleireiro, dono de uma das barracas incendiadas em Campina Grande em novembro de 2011. São várias as linhas de crédito que dão suporte a microempreendedores, como por exemplo o Empreender Mulher e que beneficiou, entre outras, a Associação Flor Mulher de Santa Rita. Foram R$ 18 mil investidos em matéria prima destinada à confecção dos bordados e de peças em crochê. “É muito bom fazer isso aqui, a gente se distrai, brinca, conversa. Foi isso que me tirou da tristeza e da solidão. Hoje, graças a esse trabalho, me sinto muito bem”, disse a bordadeira Maria da Conceição da Silva, 68 anos.

Crédito para grupos Os projetos coletivos do Empre-

28

Notícias da Paraíba | Maio Junho2013 2013

ender-PB também trazem exemplos de sucesso. Um deles está na praia de Coqueirinho, município do Conde, onde os recursos do Programa permitiram a construção do Complexo Turístico de Coqueirinho, que reúne bares e restaurantes em uma área com capacidade para receber até 2,4 mil pessoas. “A in-

tenção é dar todo suporte aos turistas e visitantes. Dispomos de banheiros, chuveiros e bares com acessibilidade para o público que deseje conhecer a nossa praia”, garantiu Manuel Marcondes, presidente da Associação dos Donos de Barracas na Costa do Conde.

Primeira franquia é aberta em Bananeiras Dentro do projeto de expansão do Programa, foi inaugurada no dia 27 de abril a primeira franquia pública do Brasil. A Unidade Municipal da Rede Empreender-PB em Bananeiras, no Brejo, já atende cerca de 20 empreendedores por dia. Josias Pereira do Nascimento, um jovem empreendedor, elogiou a iniciativa e comemorou a chance de contrair crédito com as vantagens oferecidas: “Pouca burocracia e carência de seis meses era tudo que eu precisava para dar andamento ao projeto de equipar minha loja, adquirir material para estoque e contratar um funcionário para trabalhar comigo”, afirmou. Foi a parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Bananei-

ras que viabilizou a concretização do projeto, disse o secretário executivo do Empreender-PB, Tárcio Handel Pessoa: “Estamos unindo o que há de melhor no modelo de franchising com política pública pelo desenvolvimento da Paraíba”. A franquia do Empreender-PB foi criada como um meio de expandir os serviços ofertados pelo Programa. A Prefeitura responde pela estrutura física, pelo atendimento e inicialização dos processos, ficando a cargo do Governo do Estado a responsabilidade pela capacitação, treinamento, acompanhamento e fiscalização. A maior parte dos recursos liberados para investimentos permanece a cargo do Empreender, com uma pequena contrapartida da Prefeitura.


Governo reforça combate à homofobia

Paraíba tem Delegacia especializada, Laboratório de Transexualização e Espaço LGBT

A

homofobia é a repulsa, intolerância ou ódio aos homossexuais, manifestados por palavras preconceituosas, atitudes discriminatórias, e muitas vezes, violentas. A Paraíba ocupa, proporcionalmente, o 2o lugar no ranking de crimes homofóbicos com 19 assassinatos registrados no ano passado. De acordo com dados do Grupo Gay da Bahia, João Pessoa é a capital mais homofóbica do país. Com a meta de acabar com esse estigma, o Governo do Estado assumiu o compromisso de enfrentar todas as formas de violência contra lésbicas, gays, travestis, transexuais e bissexuais. Nesse sentido, políticas públicas e de promoção da cidadania LGBT vão orientar ações de combate à homofobia, lesbofobia e transfobia.

A homofobia está disseminada na sociedade e consequentemente em todos os tipos de crimes, desde uma simples injúria até um assassinato. Enfrentar a violência é um compromisso do Estado. Chamar a sociedade e alertar sobre o problema é um dever de todos”. Marcelo Falcone, delegado de Crime Homofóbicos. Para marcar o Dia de Enfrentamento à Homofobia (17 de maio) e o Dia do Orgulho LGBT (28 de junho), feiras de serviços pela cidadania LGBT percorreram as praças públicas de João Pessoa, Cajazeiras, Rio Tinto, além de terem sido intensificadas diversas ações em outros oito municípios. A partir do lançamento da campanha “Tire o Respeito do Armário” foram promovidos debates e rodas de diálogos e a exposição “Variações do Feminino – Poéti-

cas do Universo Trans” com fotos de travestis e transexuais. Segundo a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, essas ações foram realizadas em parceria com as Prefeituras de Catolé do Rocha, Cuité e Sapé, através da Secretaria de Ação Social, Creas, Secretaria de Mulheres e com o Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da Universidade Federal da Paraíba, além de diversos grupos organizados. “O desafio é reduzir o número de mortes de pessoas vitimadas pela homofobia. E uma das dificuldades é a ausência da tipificação dos crimes homofóbicos no país pela compreensão diferenciada de policiais que nem sempre computam a motivação homofóbica do crime”, explica Gilberta.

Iniciativas Gilberta Soares citou, entre outras iniciativas, a implantação do Comitê Estadual de Saúde da População LGBT e do Ambulatório de Transexualização. “Criamos um Centro de Referência que oferece atendimento psicossocial e jurídico”, afirmou. Além de articular uma rede de assistência e proteção à cidadania LGBT, o Governo do Estado mantém uma das poucas Delegacias no Brasil especializada em crimes homofóbicos, criou uma Gerência Executiva de Direitos Sexuais e LGBT e atua na formação dos profissionais da área de Segurança Pública e da Saúde.

Feiras de serviços foram realizadas em vários municípios www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

29


Por onde andaram os

dinos

na Paraíba Estado entrega ‘Vale dos Dinossauros’ e reforça turismo no interior

O

Monumento Natural Vale dos Dinossauros, no município de Sousa, está pronto para receber turistas, estudantes e pesquisadores. Após investimento de R$ 1,2 milhão, numa parceria entre o Governo do Estado e a Petrobras, o sítio arqueológico foi reaberto no final de abril, garantindo reforço ao

30

Notícias da Paraíba | Maio Junho2013 2013


turismo paraibano e gerando emprego e renda. Com toda infraestrutura recuperada, o Vale dos Dinossauros conta agora com quiosques, passarelas, mirantes de observação e a Casa do Pesquisador. Também foram incluídas a construção de uma lanchonete e a urbanização das áreas de circulação de visitantes. O espaço receberá cursos de capacitação e exposições sobre arqueologia e preservação ambiental. O museu foi reformado, instalados climatizadores e também foi reestruturados o espaço de exposições, auditório, escritórios e banheiros. A iluminação foi projetada sobre trilhos e com diferentes tipos de lâmpadas para se adequar ao tipo de exposição feita no local. Som ambiente e monitores com vídeos guiam o visitante. Também há uma loja para comercialização de material produzido por artistas da região. O valor cultural e a preservação de um bem que é patrimônio da humanidade foram os fatores que levaram a Petrobras a ser parceira do projeto. De acordo com o gerente regional da Unidade Operacional Rio Grande do Norte/Ceará da empresa, Luis Ferradans, o incentivo faz parte dos programas de responsabilidade social e preservação ambiental da companhia. “A reinauguração é um ponto para preservação em si e uma forma de movimentar e incentivar as pessoas a conhecer este sítio arqueológico único no Brasil. E é por isto que nos associamos com o Governo do Estado neste projeto”, destacou Ferradans.

“Nova vida” para os dinossauros A revitalização do Vale dos Dinossauros atendeu também a uma solicitação da população de Sousa. O Governo do Estado devolveu à comunidade seu patrimônio, disse a superintendente da Sudema, Laura Farias, órgão que coordenou a revitalização. “Estamos em outra fase, toda infraestrutura para receber os visitantes está recuperada,

e o museu traz toda história, inclusive reproduzindo os sons dos dinossauros que habitaram a região”.

Monumento natural O Monumento Natural Vale dos Dinossauros surgiu da desapropriação do Sítio Paleontológico Passagem de Pedras, realizada no ano de 1992, que foi transformada em Unidade de Conservação de Proteção Integral (UCPI) pelo Governo do Estado em 2002. Essa condição permite ao local permitir acesso controlado de visitantes, além de serem proibidas a exploração da mata nativa e instalação de moradias. Com 40 hectares, o local é categorizado como monumento natural pela singularidade do patrimônio paleontológico que conserva. Na área são encontradas pegadas de pelo menos quatro espécies de dinossauros que habitaram a região da bacia sedimentar de Sousa no período do Cretáceo Inferior, há cerca de 165 milhões de anos. A área do vale engloba quatro municípios onde são catalogados mais de 20 sítios paleontológicos com a presença de icnofósseis, como as famosas pegadas, e árvores fossilizadas.

www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

31


notas Certificados do Cendac O Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac), com o apoio do Governo do Estado, entregou mais 60 certificados a jovens concluintes de três cursos profissionalizantes. O evento aconteceu durante o Seminário de Capacitação em Cidadania e Gestão, em abril, reunindo 150 alunos. Em dois anos, o Cendac realizou 173 cursos profissionalizantes, beneficiando 3.980 jovens e adultos de 55 cidades da Paraíba. A entidade promove capacitação profissional nas modalidades corte e costura, manicure e pedicure, artesanato, cuidador de idosos, editor de imagens, informática, estética facial e corporal, recepcionista, auxiliar administrativo, culinária, caixa, vendedor, montagem e manutenção de computadores, textura, garçom, cabeleireiro, auxiliar de cozinha, depilação, revestimento de paredes, hotelaria, eletricista e embelezamento.

Jogos Escolares A cidade de João Pessoa está concorrendo com Salvador (BA) e Poços de Caldas (MG) para sediar em 2014 os Jogos Escolares da Juventude, que acontecerão de 4 a 14 de setembro. O vice-governador Rômulo Gouveia teve reunião com integrantes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), no Palácio da Redenção. O evento terá a participação de 5 mil atletas na faixa etária de 12 a 14 anos que competirão em 13 modalidades: atletismo, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia, handebol, judô, natação, ginástica rítmica, ciclismo, futsal, basquete, lutas e badminton.

Viaduto do Geisel Foi aprovada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) a concepção do projeto do viaduto do Geisel. A comunicação foi feita oficialmente ao Governo do Estado pelo superintendente nacional, Jorge Ernesto Fraxe. Os recursos para a obra, na ordem de mais de R$ 20 milhões, já estão garantidos pelo Ministério das Cidades, assim como a contrapartida do Governo do Estado. De acordo com a Suplan, o consórcio consultor apresentará o projeto completo para a aprovação final do Dnit e o início do processo licitatório da obra. O viaduto do Geisel será um marco para a melhoria da mobilidade urbana de João Pessoa, resolvendo o gargalo de interligação da Zona Sul com a parte central da cidade.

32

Notícias da Paraíba | Maio Junho2013 2013

Incentivo ao gáS O Programa de Incentivo ao GNV (Gás Natural Veicular), que estimula os proprietários de veículos a fazerem conversões para o gás natural, terá continuidade em 2013. O benefício, que vigorou ao longo de 2012, acaba de ter extensão aprovada pela Companhia Paraibana de Gás (PBGás), para um total de 400 incentivos até o mês de dezembro. O programa consiste no pagamento de um bônus, no valor de R$ 450,00, para cada proprietário que faça a instalação do kit de GNV em seu veículo, apresentando a devida documentação comprobatória dos serviços. O programa é válido para qualquer cidadão, mas vem sendo procurado com mais frequência por taxistas.


Telemedicina A aplicação da telemedicina no apoio diagnóstico e terapêutico ao doente grave nas emergências será uma realidade em Campina Grande. O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes firmou parceria com o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e será pioneiro na Paraíba neste tipo de procedimento. A telemedicina compreende a oferta de serviços nos casos em que a distância é um fator crítico. São usadas tecnologias de informação e de comunicação no intercâmbio de informações para diagnósticos, prevenção e tratamento de doenças. O método reduz o tempo e os custos do atendimento e tornou-se um instrumento de promoção à saúde referendado no mundo inteiro.

Emprego nos presídios Uma parceria firmada entre a PetPlast e o Governo do Estado vai criar 50 vagas de trabalho em presídios de João Pessoa. Os planos iniciais previam a instalação da fabricante de plásticos em outro Estado do Nordeste, mas o apoio do governo paraibano foi fundamental para a decisão. A empresa, que tem sede em Recife (PE), já trabalha com mão de obra de reeducandos de sistemas prisionais. A unidade a ser instalada na Paraíba vai produzir 20 mil embalagens tipo pet por mês, com capacidade de atender o mercado local e de Estados vizinhos.

Bom trabalho da polícia O Governo do Estado entregou certificados de honra e homenageou publicamente os 32 delegados agentes, escrivãos do Grupo de Operações Especiais (GOE) e do Centro de Inteligência da Polícia Civil (CIPC) que participaram das investigações da solução do caso Fernanda Ellen. A garota havia desaparecido há meses e o trabalho policial levou ao acusado de homicídio, que foi preso. As homenagens se justificaram também pelo transcurso do Dia do Policial Civil, em 21 de abril.

“Se sabe de repente” O Governo do Estado lançou o Projeto de Apoio à Expressão Juvenil “Se sabe de repente”, que será desenvolvido em parceria entre as secretarias de Estado da Educação, da Cultura e da Juventude, Esporte e Lazer, além de representações do poder público e sociedade civil. O objetivo é estimular o envolvimento dos jovens na construção e fortalecimento da identidade coletiva da juventude de cada região, incentivando e reafirmando o protagonismo juvenil e a aquisição de espaço de participação por parte desse segmento social, para contribuir com a diminuição da vulnerabilidade às drogas, ao crime e à violência. O projeto ocorre nas escolas estaduais de Ensino Médio, no contraturno das aulas, em 20h presenciais, por meio de oficinas temáticas, interações culturais, implantação e implementação de grêmios estudantis e construção do Plano de Ação de Juventude.

Ministério destaca Funad A Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad) foi habilitada pela Secretaria de Atenção à Saúde (SAS), do Ministério da Saúde, como Centro Especializado em Reabilitação (CER), tipo IV, que realiza serviço completo em reabilitação física, auditiva, visual e intelectual, conforme portaria nº 496, de 3 de maio de 2013. Ou seja, a Funad é considerada um dos centros mais completos do Norte-Nordeste, equiparado apenas ao Hospital Santo Antônio/Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), em Salvador (BA). Com isso, a Funad passará a receber um valor mensal do Ministério da Saúde da ordem de R$ 120 mil. Atualmente este repasse é no valor de R$ 50 mil. www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

33


Bombeiros licita equipamentos O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba divulgou o início de licitação para aquisição de duas viaturas de resgate para atender ocorrências em altas edificações. O investimento total realizado é na ordem de R$ 6.560.000,00 com recursos próprios do Governo do Estado, e visa adequar a corporação à evolução imobiliária. As duas viaturas serão do tipo autoplataforma aérea, destinadas tanto às ações de salvamento quanto de combate a incêndio, e ficarão em João Pessoa e Campina Grande. Com tecnologia de última geração, viaturas similares já operam em São Paulo, Minas Gerais, Tocantins e Distrito Federal. A viatura de resgate terá um alcance de 55 metros de trabalho vertical para salvamento, enquanto a viatura de combate a incêndio vai comportar escadas de 150 metros, tanque de água com capacidade para 3.000 litros e um tanque para líquido gerador de espuma para incêndios em líquidos inflamáveis.

Posse no Cepir Os novos membros do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial da Paraíba (Cepir-PB) foram empossados em abril. Vinculado à Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, o Conselho funciona com a participação de representantes de quilombolas, comunidade cigana, povos de terreiros das religiões de matriz africana, indígenas, capoeiristas e representantes de organizações não governamentais do Movimento Negro. O Cepir visa propor e monitorar a execução de políticas públicas para reparação e promoção da igualdade racial.

na rede FACEBOOK / govparaiba Diana Farias E assim a PB cresce no turismo divulgando sua cultura.Esqueçam politica e pensem em nossa PB.

Leydiane Simões Ressocialização em nossa Paraíba, a nossa Paraíba agora tem outra visão.... #Avante

Girleide Pereira Obrigada ao governo da Paraíba.Como nós que ganhamos a grande obra tão esperada tantos anos, a estrada de Coremas, ir a Coremas hoje é outra qualidade de vida o acesso a paisagem ontem passei por lá adorei. Espero que conclua logo para irmos para a inauguração.

Flor da Borborema Governo da Paraíba esta trabalhado bem meus parabéns.

Juserlanio Alves Parabéns ao secretário de segurança publica da PB grande orgulho Pela condução transpare e alicerçado em política de gestão eficiente que estimula os policiais civis e militares e planeja ações concretas de combate aos criminosos e prudente das políticas de segurança de nosso estado que consegue reduzir anualmente os índices de violência.. É Fato!!!

Andreia Aed Uma dos grandes investimentos da educação do estado da Pb. Dignidade aos estudantes que utilizam transporte escolar. Chega de “pau-de-arara”. Paraíba indo mais longe \o/...

34

Notícias da Paraíba | Maio Junho2013 2013


Triathlon

Autor da imagem: Roberto Guedes Fotógrafo da Secom/PB www.paraiba.pb.gov.br | Notícias da Paraíba

35


36

Notícias da Paraíba | Junho 2013

Notícias da Paraíba #10  

São João na Paraíba

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you