Issuu on Google+

Acordo entre RN e Rússia prevê combate aos efeitos da seca O acordo de cooperação técnica e científica assinado pelo Governo do Estado e as instituições russas Câmara de Fomento Social, Cultural e Econômico Russia/Brasil, a BS&S LLL e a Agência Internacional de Promoção e Defesa da Economia Social prevê investimentos de R$ 1,25 bilhão no desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte. Os recursos serão captados visando o desenvolvimento sustentável do estado, em especial em ações voltadas para a miti-

gação dos efeitos da seca, tendo como parceiro operacional o sistema cooperativista do Estado. Ainda faz parte do acordo o desenvolvimento de estudos estratégicos de recursos hídricos e minerais, a partir de um mapeamento dos recursos disponíveis em todo o território estadual; a implantação de sistemas avançados de tratamento de água e saneamento básico; e a implantação de centros para diagnóstico e tratamento de câncer.

Lei da Carcinicultura dá novo fôlego a produtores potiguares Sancionada pelo Governo do RN e setembro de 2015, a Lei Cortez Pereira, que dispõe sobre o fomento, proteção e regulamentação da carcinicultura no RN e reconhece a atividade como agrossilvipastoril, deve incentivar a cadeia. O RN ocupa hoje a segunda posição no ranking nacional de criação de camarão e responde por 25% da produção brasileira, com 380 produtores explorando uma área de sete mil hectares de viveiros, gerando 20 mil empregos e cuja produção em 2014 – 25 mil toneladas – contribuiu para a obtenção de uma receita total de R$ 500 milhões. 76


RN no Caminho do Desenvolvimento