Issuu on Google+

Estado investe R$ 700 milhões para garantir abastecimento à população O Governo do Estado não tem medido esforços para garantir o abastecimento humano para a população vítima dos efeitos da estiagem prolongada que assola o Nordeste nos últimos quatro anos. Em um esforço conjunto envolvendo várias secretarias e instituições públicas, o governo do RN chega ao final de 2015 com investimentos que ultrapassam R$ 700 milhões em ações, obras e projetos que não apenas garantam abastecimento imediato, mas estruturem o RN para futuros períodos de estiagem.

ABASTECIMENTO HUMANO

R$ 700 milhões

403 poços

R$ 100 milhões

R$ 64 milhões

é o valor investido em ações de combate à seca no RN em 2015, em várias secretarias

foram usados na perfuração e instalação de poços

72

já foram instalados em 2015, beneficiando a população de 37 cidades

foi o valor solicitado ao Governo Federal para ações emergenciais

A Secretaria Estadual de Recursos Hídricos gere a maior parte desses recursos. Entre as ações imediatas, a perfuração e instalação de poços se destacam. Já foram investidos R$ 100 milhões que garantiram a instalação de 403 poços em 37 cidades, além da recuperação de 31 poços e a manutenção de dessalinizadores. A Caern já gastou quase R$ 9 milhões com aluguel e recuperação de poços e com reforma nos pontos de captação de água para atender carros-pipa. O Estado também busca projetos alternativos que possam garantir abastecimento. Pelo Programa Água Doce, foram instalados 10 dessalinizadores, inclusive um que funciona à energia solar (no Mato Grande). O Governo do Estado elaborou projeto solicitando ao Governo Federal R$ 64 milhões para enfrentamento da estiagem no RN. Desse valor, R$ 14 milhões são para forragem animal, R$ 31 milhões para carros-pipa abastecerem zonas urbanas de municípios em colapso e R$ 19 milhões para perfuração, instalação e recuperação de poços e instalação e recuperação de dessalinizadores.


RN no Caminho do Desenvolvimento