Page 1

O Amareiao Resistel

APAZ

Conheci ha alguns anos atras a comunidade Mendon9a do Amarelio e hoje escrevo sobre esse povo com muito orgulho em poder afirmar que o Rio Grande do Norte tern comunidade indigena. Tido o RN como o eslado do Brasil que nao possuia nenhuma comunidade remanescente, hoje o Amareiao e reconhecido pelo governo como comunidade

indigena, ja oferecendo alguns apoios, porem ainda falta serem titutadas e demarcadas suas terras. Destaco tambem a comunidade indigena do Catu, unica a ter escola com ensino indigena e outras que lutam pelo reconhecimento. Acompanho o movimento indigena no Brasil e dou apoio incondicional para a resistencia, nao so pela importancia que possuem para manter as raizes da cullura nacional, mas

tambem para mostrar ao mundo que o exterminio promovido pelos europeus, na invasao de seculos atras e atualmente o exterminio promovido pelo proprio govemo brasileiro, nao pode continuart Quando presenciamos estas invasoes de terras, mortes e outras injusticas com os indigenas. estamos assistindo ao definhar de nossa tradicao, nossa historia, nossos ancestrais. A midia altemativa relata constantemente ataques aos povos indigenas, promovidos, na maior parte, por posseiros, empresas mineradoras e latifundiarios que promovem agressoes as vidas indigenas. Absurdos como

contaminacao da agua, violacao das mulheres e criancas, destruicao de patrimonto das tribos, assassinato de lideres, perseguicoes entre outros fatos impunes ate hoje.

O pior dos fatos e ver operacoes do govemo federal em defesa dos empresarios e contra os indigenas como e no Xingu, com os Kaiowas, com os Munduruku e outras tribos. Em alguns casos, ate mesmo a FUNAI (Fundacao Nacional do

indio) e denunciada por falta de assistencia aos indigenas.

Nunca vivemos um tempo tao ausente de paz. Ausencia desse sentimento ou estado de conscienda nos leva a uma impotencia humana e energeticamente nos rnancha

com ranhuras patoldgicas.

A ausencia de paz mina todo um semblante de um povo simples e sorridente, de cidade media e zona rural vasta, que nao sabe tratar a banalidade da rnorte, mas comeca a aprendera banalizara vida.

Corrupcao eleva os niveis de degradacao social, com

suas verbas desviadas em areas fundamentals de melhoria

cotidiana para o povo. Crime hediondo?!

inoperancfa e da falta de carater.

As ruas estao vazias, todo mundo dormindo mais

cedo, fotografias de jovens manchados de vermelho, jovens esses que sao nossos irmios e devemos assumir nossa culpa.

A culpa da ignorancia e do 'nao fazer'! Do 'nao e cornigol' Fechar os olhos e achar 'so mais um', e atestar nossa

demencia, nossa estupidez. Seremos a favor da pena sumaria? Se a vida ja e uma pena irrevogavel de miserfa! Sem

oportunidades, ferelos de uma vida qualquer?

Somos

culpados

sim.

temos muito a conquistar, pois o Amareiao resiste!

Cadu Araujo

nossos jovens

que

nao aguentar mais a dose de opio tragada pela burrice do que

se atrela a idade, mas em verdade acontece em nos. Trtste em pensar que preferimos limpar do que nao

sujao preferimos culpar do que educar, preferimos bater MOVIMENTO ALTERNATivn ^

desse lugar. Pude sentir as tradicoes, ancestralidade. patrimonio historico, e, principaimente, sua forca, sabendo que

Sao

irresponsavelmente transformamos em lobos, jogamos na sarjeta sua sanidade e cobramos deles responsabilidade e humanidade. Assistiremos de boca aberta o vdmito social ao

indice de dispersao, exodo e ate suicidio, principaimente entre

atras, pude apreciar as belezas e conhecimento desse povo e

Edigao Especial 6° Encontro de Musica, Arte e Poesia

esconde-se atras de problemas facilmente combativeis, mas que se detxaram acumular por debaixo do tapete da

quando poderiamos amar.

Como grupo indigena, no Amareiao tambem nao foi f diferente, pois grande parte de suas terras foram invadidas e tomadas pelos grandes coroneis latifundiarios a decadas atras, levando a expulsao de alguns e os que resistente, atualmente, sofrem com a especulacao de suas terras por empresas mineradoras e outras. Apesar de tudo, em visita ha meses

S-3B-.O O

A falsa imagem de interesse pelo bem comum

Todos esses ataques aos indigenas os tornam excfuidos diante de tanta luta e pouco reconhecimento, causando hoje grande jovens indigenas.

MOVIMENTO ALTERNATIVO

Ceagd Araujo

www.arteilsta.com • COA 2077792147382262

SEGQ

"(...) De tanto sacrificar o essencial, em favor do urgente, acabamos por

Este zine e «crrto. ednado e ilustrado por Eduardo C e C Henrique

esquecer a urgencia do essencial."

nerhum ,-incUo part:darl0. comercia! insiitucionaf ou governamcrlai cnv»e^Jtexto poesia ane crAica duvsda Sugestao para

N° 37 - SETEMBRO DE 2014

e colaboradores com exce?ao das mannas assmadas qiie nao correspondem necessanamente a cp^nuio dos edrtores Nao possu. t>otoSeco@yahoo corn bf ou acesse

__^vw. Goto Seco.bloasoot.com

Edgar Morin

ZINE INDEPENDENTE ALTERNATIVO

Goto seco nº37 set2014  

Zine GOTO SECO nº 37 de Set/2014, pertencente ao Movimento Alternativo GOTO SECO

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you