Page 1

Quinta da Confusão – O nascimento de um império • Duas horas e meia depois do seu início, a I Guerra dos Animais já tinha reduzido bastante a população da Quinta da Confusão. Dos 113 habitantes da quinta, 30 já tinham morrido em combate, e mais de metade dos restantes continuava a lutar dentro da quinta. Os donos, espantados, já tinham ido várias vezes à janela ver o que se estava a passar, mas acabaram por não sair de casa, visto saberem que, nas quintas vizinhas, estava a acontecer o mesmo. O que não sabiam era que não era só nas quintas vizinhas à Quinta da Confusão que os animais combatiam com armas primitivas, mas também em dezenas de quintas em todo o mundo. • Os esforços dos cientistas da Quinta da Confusão, os animais que em vez de combaterem na guerra se dedicavam à pesquisa tecnológica, foram compensados, pois um deles conseguiu construir o cinto de ossos. O cientista concebeu-o com duas ranhuras para se enfiar uma espada e a pega de um escudo. Outro cientista, entretanto, conseguiu fabricar o primeiro machado igualmente de osso, a primeira invenção civil. O cinto de osso rapidamente começou a ser fabricado pelos animais que auxiliavam os soldados.

Índice da Tecnologia: Militar-3 (espada de osso, escudo de osso e cinto de osso) Transportes-0 (Aéreos-0) (Marítimos-0) (Terrestres-0) Civil-1 (machado de osso) Construções-0

Tecnologia Militar: Espada de osso-200 unidades (10 €) Escudo de osso-100 unidades (20 €) Cinto de osso-20 unidades (40 €)

16:30 Habitantes: 46 (-37) Densidade populacional: 9,2 hab.\km2 (-7,4) • Após 8 horas de combate, a I Guerra dos Animais acabou sem um vencedor, quando os animais declararam a paz. Isso porque as 4 espécies envolvidas na guerra estavam sempre em igualdade, e ao fim

16


Quinta da Confusão – O nascimento de um império de 8 horas de guerra os soldados eram já menos de 20. Os sobreviventes juntaram-se aos civis que trabalhavam ora no cultivo de ervas ora na pesquisa tecnológica.

I Guerra dos Animais – 8 horas (67 vítimas) • Um cientista descobriu a madeira quando derrubou acidentalmente uma pequena árvore com um machado. Era a primeira matéria-prima descoberta a seguir ao osso.

Índice de Tecnologia: Militar-3 (espada de osso, escudo de osso e cinto de osso) Transportes-0 (Aéreos-0) (Marítimos-0) (Terrestres-0) Civil-2 (machado de osso e madeira) Construções-0

Tecnologia Civil: Machado de osso-50 unidades (15 €) Madeira-20 kg (120 €\kg) • A madeira era rara porque o machado de osso, o instrumento usado para cortar árvores, era pouco eficaz. Segundo os cálculos dos cientistas, levar-se-iam 2 horas para cortar uma árvore com 1 metro de diâmetro, e mais algum tempo para transformar a madeira em tábuas. Por isso, ela era bastante cara e só os mais ricos a podiam comprar. Apesar disso, ainda não havia nenhum uso para este material. • Na casa dos donos da quinta, Afonso Gomes ouviu um ruído estranho enquanto saía da casa de banho, que vinha do seu próprio quarto. Intrigado, subiu as escadas e, quando entrou no quarto, partilhado com um irmão, viu a última coisa que esperava ver na vida: um cão de pé, apenas com duas patas no chão, a retirar um maço de notas da sua mesa-de-cabeceira, onde estava grande parte do seu dinheiro e do irmão. O cão, ao ver o dono, precipitou-se para as escadas com o dinheiro e saiu da casa por uma janela. Escusado será dizer que os dois irmãos passaram o resto da tarde a vigiar as janelas da sua casa armados com espingardas, para impedir mais roubos (tinham sido tirados 50.000 euros ao todo). Por sorte, já havia dinheiro suficiente em circulação na Quinta da Confusão.

17


Quinta da Confusão – O nascimento de um império

20:00 Habitantes: 46 Densidade populacional: 9,2 hab.\km2 • Quando a noite chegou, a produção de madeira teve que parar porque em toda a Quinta da Confusão, só havia iluminação na habitação dos donos. Isso fez com que a madeira ficasse mais cara, passando a custar 140€\kg. • Ao mesmo tempo, um cientista descobriu as bainhas feitas com a pele dos animais, cosidas com fios de palha. Serviam que guardar melhor as espadas nos cintos de osso, mas acabaram por servir como mala para se guardar o dinheiro e algumas ervas com alimento.

Índice de Tecnologia: Militar-4 (espada de osso, escudo de osso, cinto de osso e bainhas de couro) Transportes-0 (Aéreos-0) (Marítimos-0) (Terrestres-0) Civil-2 (machado de osso e madeira) Construções-0

Tecnologia Militar: Espada de osso-220 unidades (10 €) Escudo de osso-105 unidades (20 €) Cinto de osso-40 unidades (35 €) Bainha de couro-70 unidades (20 €)

21:30 Habitantes: 46 Densidade populacional: 9,2 hab.\km2 • Sem iluminação, os animais tiveram que ir dormir, mas os mais arrojados foram para ao pé da casa dos donos, que tinha electricidade. Era uma noite bastante fria, mas os animais, habituados ao clima transmontano, não se importavam com isso. Não tardou para que todos estivessem a dormir, animais e pessoas.

18


Quinta da Confusão – O nascimento de um império

Saldo do Dia 1 População e densidade populacional 140

25

120

115

23 114

113

100 83

80

22,8 22,6

20 Po pulação

60 46

40

15 10

20

16,6 Densidade populacional 9,2

5 0

0

0

16 :3

11 :0

0

:3 0 08

08 :0

07

:0 0

0

07:00 08:00 08:30 11:00 16:30

Saldo da população: -69 habitantes Saldo da densidade populacional: -13,8 hab.\km2

19


Quinta da Confusão – O nascimento de um império

Dia 2 O aparecimento dos transportes Época inicial

2 de Janeiro de 2009 Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

20

4-Quinta  

• Após 8 horas de combate, a I Guerra dos Animais acabou sem um vencedor, quando os animais declararam a paz. Isso porque as 4 espécies envo...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you