Issuu on Google+

Editorial

Sumário Página Aberta

2

Ensino Pré- Escolar

4

globalização, onde o pensar global e o agir local assumem cada vez mais um

1º Ano

9

lugar de destaque, requer que os nossos alunos se tornem cidadãos formados e

2º Ano

12

3º Ano

14

4º Ano A/B

17

Biblioteca

20

Inglês

24

Expressão Plástica

26

tendo unicamente a finalidade em si mesma ou em objetivos fechados sobre si

Eco- Escolas

28

própria, deve procurar alargar as suas ações, para assim confirmar a sua

Cartas do Leitor

29

Numa

sociedade

atualmente

caracterizada

pelo

fenómeno

da

sobretudo informados, capaz de apreender as partes no todo. Neste contexto, cabe à Educação, proporcionar uma formação abrangente e capaz, sendo esta essencial para nos conseguirmos situar na paleta cultural que caracteriza a sociedade atual. Tendo por base a ideia atrás mencionada, não tenhamos dúvidas, as artes farão toda a diferença. A educação artística, componente integrante da globalidade e não

utilidade enquanto instrumento pedagógico constante ao serviço de uma ação educativa alargada. Deve-se reconhecer portanto, que as artes são elementos basilares no desenvolvimento da expressão pessoal, social e cultural do aluno. Elas são transversais à vida das pessoas, trazendo novas perspetivas, novas formas e/ou densidades ao ambiente e à sociedade que nos rodeia. Neste contexto, acredito e acredita-se que a vivência artística influencia o modo como se interpretam os desafios, o saber ser, o saber estar e o saber fazer, neste mundo cada vez mais encarado como um todo, aberto a todos e a tudo. Subsequentemente, como as realidades e as vivencias dos nossos filhos e/ou alunos são cada vez mais heterogéneas, cabe-nos a todos projetar cenários futuros, tendo em vista uma ação educativa capaz de dar resposta, não só ao presente, mas, essencialmente, ao futuro.

O Professora de Expressão Musical e Dramática Rui Pedro Teixeira Pimenta

Boas Férias !!! Marta Caldeira Sofia Gonçalves


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Perante a ideia de escrever a “Página Aberta” da próxima edição do Pombo Correio e, depois de muito pensar sobre o que escrever, decidi pegar nesta oportunidade para homenagear as crianças que frequentaram e as que frequentam a EB1 C /PE da Vila de São Vicente com um conto de fadas. Tal justifico pela simples razão que gosto muito de histórias infantis e os contos de fadas fascinam-me. Além disso e enquanto professora no ativo apoiava-me muito neles para motivar bem como para, através deles, identificar problemas de aprendizagens, para elevar a auto estima dos educandos...para além de que as crianças adoram. Segundo BRUNO BETTELHEIM , “os contos de fadas ensinam pouco sobre as condições específicas da vida na moderna sociedade” Através dos contos de fadas, “pode aprender-se mais sobre os problemas interiores dos seres humanos, e sobre as soluções corretas para seus problemas”. Diz também que a criança ”Necessita de uma educação moral que de modo subtil e implícito a conduza às vantagens do comportamento moral, não através de conceitos éticos abstratos, mas daquilo que lhe parece tangivelmente correto, e portanto significativo”.

A FADA DO AREAL — A terra está fertilizada, as flores desabrocham coloridas e embelezam os jardins, os pássaros já fizeram os seus ninhos, os seus filhotes já nasceram, as borboletas voam felizes poisando nas flores, as abelhas retiram o néctar das flores, a Natureza está verde e fresca, amiga fada da primavera, fizeste um belíssimo trabalho, amiga! Foi assim que a Susana, a fada do verão, abordou a Mariana, a fada da primavera. Tinha voado para o ramo mais alto de uma árvore milenária e verdejante , de onde deitava um último olhar por aquela paisagem paradisíaca que ela própria recuperou e enfeitou. — Obrigada, amiga. Estou maravilhada e feliz pois conclui a minha missão com sucesso. Já avisto o meu unicórnio vem para me levar ao meu reino. Adeus fada do verão. Bom trabalho !!! Era o último dia de primavera e por isso a fada tinha de partir para dar lugar à Susana. E assim começou o verão! Vieram as férias e com ele veio o sol escaldante, a praia, as viagens e sobretudo as férias que as crianças tanto gostam. Num desses dias, Leonor e Cláudia que eram irmãs, decidiram ir à praia que ficava ali mesmo em frente do apartamento onde viviam. Estava um dia muito quente e por isso decidiram abrigar-se à sombra do seu guarda-sol, depois de se terem refrescado nas águas límpidas do mar. Leonor, a mais velha, adorava ler histórias à sua irmãzinha de apenas 5 anos. Nada mantinha a Claudinha quieta como ouvir contos de fadas. Enquanto descansavam puseram-se a conversar sobre as fadas, esses seres lindos que têm asas, que usam suaves e vaporosas roupas, cada uma com seu modelo e cor, de uma beleza incalculável, muito delicados e com poderes extraordinários. Leonor, porque todas as fadas usam uma bolsinha brilhante?- perguntou a Claudinha. — É onde guardam os pós de fada- respondeu a Leonor — Se eu fosse fada, gostaria de ter muitos poderes - afirmou a Claudinha com ar sonhador. Se fosses fada só poderias ter um poder. Cada uma delas tem a sua especialidade. Existem também as fadas guardiãs que são mais fortes que as outras. Todas elas nos ajudam, principalmente a quem acredita nelas como nós. Entretanto o calor acalmou e lá foram as duas brincar na areia. Repararam então que o areal estava sujo e que ali perto estava um enorme grupo de crianças que pareciam estar muito felizes. 2


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Que estariam a fazer?-questionaram-se. Muito curiosas, aproximaram-se e perceberam que escavavam a areia, umas usando as mãos, outras as pás e ainda outras os baldes. Juntaram-se ao grupo e ei-las escavando, escavando até que avistaram um objeto que brilhava. Pararam e olharam umas para as outras muito admiradas. — Que será?- perguntou alguém. — A única maneira de sabermos é escavar mais. Vamos a isso! Quanto mais escavavam, mais aquele objeto brilhava! — Ah, é uma varinha mágica! - gritou a Leonor. Com calma, Leonor agarrou-a e logo uma nuvem de pó muito brilhante e mágico se desprendeu da varinha. Algo começou a surgir de dentro daquela nuvem bela e mágica. — Oh... disseram as crianças admiradas e embevecidas perante tamanha beleza- É uma fada! — Sim, sou a fada do Areal e chamo-me Rubina. Que feliz eu estou, vocês libertaram-me! Finalmente estou livre! Obrigada, mesmo muito obrigada! — Estavas presa, amiga?- perguntou a Cláudia. — É verdade, num dia destes de madrugada, estava eu a limpar o areal através da minha magia, quando uma fada desconhecida impediu-me de cumprir a tarefa de limpar o areal, roubando-me a varinha e enterrando-a na areia. A mim, com a sua magia maléfica, prendeu-me no seu reino, o da Escuridão. — Porque te impediu de fazeres o teu trabalho? -questionou a Leonor. — Enquanto me tinha prisioneira, explicou-me, gritando por entre gargalhadas loucas, que detestava ver as crianças brincarem felizes na areia limpa. Já repararam que desde há alguns dias a praia está com muito lixo? Está assim porque eu não pude fazer a magia da limpeza do areal. Mas, felizmente, já posso graças a vós. Estou tão feliz! Rubina, perante o olhar atento das crianças, levantou a sua varinha mágica, proferiu as suas palavras mágicas e uma aragem suave correu, fazendo desaparecer todo o lixo. — Ohhhh... simplesmente maravilhoso! Como o nosso areal está fresco! — Como agradecimento quero conceder-vos um desejo, querem? Todos têm de concordar, está bem? Depois de pensarem um momento decidiram pedir que a voltassem a encontrar em todos os Verãos, naquela praia. — Desejo muito fácil de cumprir, amiguinhos! Cá estarei no próximo verão, neste mesmo dia, a esta mesma hora. Agora tenho de regressar ao meu reino... desculpem, tenho mesmo de ir. A fada do verão chama-me! Uma enorme nuvem de pó mágico desprendeu-se novamente da varinha, envolveu-os a todos e a fada desapareceu magicamente. Meus amigos, quando forem à praia, onde virem crianças escavando, construindo castelos de areia, brincando sorridentes e felizes, procurem bem pois a fada Rubina andará por ali perto.

Maria do Céu Um agradecimento à equipa deste jornalinho pelo convite.

3


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Na semana de 14 a 18 de maio a nossa escola celebrou a semana da família cujos principais objetivos foram:  Valorizar o papel da Família na nossa sociedade;  Estreitar os laços entre escola/família;  Realçar a importância da afetividade na escola e na família;  Incentivar a participação da comunidade nas várias atividades programadas.

. Cada dia teve uma atividade diferente para um público-alvo específico. Esta semana decorreu de uma forma extraordinária.

No primeiro dia, apelamos à participação das famílias na realização de atividades aos alunos, recorrendo assim ao sentido da interajuda da comunidade para com a escola. A adesão dos pais na concretização de atividades juntamente com os educandos foi intensa. Pois, crianças e alunos tiveram um dia repleto de atividades dinamizadas pelos pais como ped-paper, jogos tradicionais, culinária, histórias, construções em três dimensões, palestra sobre a produção do mel, etc.

4


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

No segundo dia, foi dinamizada uma palestra pelo Dr. Armando Correia cujo tema foi dedicado «Ao papel dos pais no sucesso educativo». A palestra foi, do ponto de vista dos presentes, interessante com conselhos práticos para o dia a dia tanto para os pais como para a prática pedagógica dos docentes.

No terceiro dia, foi dinamizado um convívio intergeracional entre os alunos e os utentes da ADENORMA. Foi uma tarde bastante animado com os alunos a apresentar várias atividades e os idosos a retribuir com uma sessão de adivinhas.

O quarto dia, foi dedicado aos avós dos nossos alunos. Assim, estes foram convidados pelos seus netos a se deslocar à escola onde foram homenageados com declamações e canções.

5


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

O dia 18 foi o dia de encerramento que visava a participação dos filhos e de todas as entidades convidadas. Foi um dia aberto a toda a comunidade com uma atuação dos alunos da nossa escola que frequentam o conservatório e com uma dança de Rumba.

6


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Foi finalizada a Semana da Família com uma largada de balões e a realização de um mural alusivo à família.

MINITRIALTLO LITERÁRIO No dia 08 de junho, realizou-se pela primeira vez o concurso “Mini Triatlo Literário” do ensino pré-escolar a nível do concelho de São Vicente organizado pelas Educadoras da nossa escola com a Técnica Superior da Biblioteca.

7


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Neste concurso participaram duas escolas, a nossa com 6 crianças: 2 da sala amarela, 2 da sala azul e 2 da sala verde. Da EB1 de Boaventura participaram 2 alunos. O concurso abrangeu três partes: declamação, cultura geral e desenho sobre a obra literária “Corre Corre Cabacinha”.

O júri foi composto pelas Doutoras Guida Drummond, Fátima Inácio da EBSDLA, Isabel Gois da EB1CPE de S. Vicente e Livramento Pestana da C.M.S.V O vencedor foi o Vítor dos Santos da EB1 de Boaventura. Todas crianças receberam um prémio de participação oferecido pela Câmara Municipal de S. Vicente. Foi um desfio superado, com muitos elogios. Para o ano haverá mais.

8


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

No dia 23 de maio fomos ao Ribeiro Frio.

Lá, vimos as trutas e fizemos uma pequena caminhada a pé.

No dia 6 de junho fizemos a “Caminhada dos pés descalços”. Foi um passeio muito giro e divertido! No início foi assim…

9


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Depois vieram… as pinhas…

…as pedras…

…e os pedregulhos!

Mais tarde a areia… …e a lama!

Por fim, a água para lavar os pés…

…e a foto de grupo!

10


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

O Ambiente

O verão O verão começa no dia 21 de junho.

O verão começa no dia 21 de junho.

No verão eu vou à praia e brinco na areia. Nesta estação do ano há dias maiores, há muito sol, o céu está limpinho e também há frutos deliciosos: damascos, pêssegos, cerejas, morangos…

No verão eu vou à praia com os meus pais e com a minha mana Maria. Lá, eu vou dar um mergulho. Nesta estação do ano há muito sol e o céu fica limpo, não tem nuvens nenhumas. As pessoas usam roupas mais leves. Há muitos frutos deliciosos.

Eu adoro o verão, porque tenho mais tempo para brincar!

Eu gosto do verão, é a estação do ano que eu mais gosto! Tomás, 1º ano

Beatriz, 1º ano

11


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

OS NOSSOS TRABALHOS…

Gonçalo Nuno 2º ano

12


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de Sรฃo Vicente

Diugo 2ยบ ano

13


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Visita de Estudo à Quinta Berardo No dia dezasseis de março de dois mil e doze, nós, (turma do terceiro ano) fizemos uma visita de estudo à Quinta Berardo, juntamente com a Prof. Lídia e o Prof. Paulo. Fomos no autocarro da Câmara Municipal até lá. Ao chegarmos lá, fomos recebidos por uma guia chamada Alexandra, muito simpática, que nos explicou tudo , durante todo o percurso da visita. Logo na descida deparamo-nos com azulejos na parede sobre a História de Portugal e vimos carros de golf a subir e a descer. Mais abaixo, demos entrada num museu e ficamos espantados com aquela beleza de esculturas feitas de pedra, originárias de escultores do Zimbabué. Foi-nos explicado que, dentro dessas obras de arte, havia um escultor cuja mulher também era artista, mas mais famosa e proibiu-a de esculpir, por ter mais sucesso do que ele. Outro escultor fazia o nariz das suas estátuas sempre em forma de T para não confundir com as obras de arte de ninguém.

Num outro museu, havia pedras preciosas e destacava-se uma pedra preciosa, que parecia ouro. Outra pedra preciosa, era a granada, que segundo uma lenda, as mulheres herdavam o anel de granada aquando a sua viuvez. Daí vem a tradição de usar preto pelos defuntos. Mais para o final, fomos lanchar num café lá existente e tivemos o cuidado em deixar a esplanada que usamos, muito limpa.

14


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Após o lanche, continuamos o percurso e visualizamos uma grande diversidade de plantas e animais. Ficamos maravilhados com os cisnes, patos e os peixes de cores muito vivas bem como periquitos, araras, perus, um pavão com uma cauda enorme, etc

Neste jardim comtemplamos estátuas que faziam sons de animais oriundos de África e na saída, uma casa enorme com estátuas na entrada, um autêntico palácio. Será inesquecível tudo o que vimos e aprendemos.

O Museu da Baleia

No dia dezanove de junho de dois mil e doze, nós, a turma do terceiro ano, acompanhados pela professora Lídia e pela Prof. Marta, fomos ao Museu da Baleia.

15


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Foi uma longa viagem, mas valeu a pena, porque vimos: - Um baleeiro muito antigo chamado Sr. Moreira, que nos explicou tudo sobre a caça à baleia; - Outro guia, mostrou-nos todo o tipo de baleias que existia, desde o cachalote,baleia-azul,baleia anã e disse-nos que respiravam pelos pulmões, que são mamíferos e têm pêlos na zona da boca e mostrou-nos um maxilar muito gigante, com dentes enormes, dando-nos a oportunidade de pegarmos num desses dentes, que era bem pesado; -

Uma

bióloga,

indicou-nos

o

único

animal

embalsamado que se chamava a Desertinha; - Vimos com os binóculos usados pelos baleeiros, o mar do Caniçal; -Através de um áudio-guia que cada um de nós teve e uns óculos a 3D,vimos um filme sobre a vida da EBAM, (Empresa de Baleias do Arquipélago da Madeira) empresa inexistente, devido ao problema da extinção destas espécies - baleias. Durante a existência da EBAM, esta aproveitava os óleos da baleia para lubrificações e para a medicina, faziam farinha com osso da baleia, etc.;

- Ainda com os óculos 3D e o áudio-guia, entramos num submarino e vimos um filme sobre a vida no fundo do mar e pareceu-nos estar mesmo lá; - Numa cabine, ouvimos os sons das diferentes baleias. No final, lanchamos e nesse intervalo, fomos a uma loja onde se vendiam obras de arte, desde colares a bibelôs com cachalotes e outras baleias em miniatura, esculpidas com os dentes das baleias. Depois de todos terem lanchado, ainda fizemos jogos com baleias e outros animais marinhos, feitos com materiais reciclados e se já não fosse tão tarde para regressar, ainda íamos fazer outras atividades sobre este tema, nos quadros interativos. Adoramos a visita pois, aprendemos muito e divertimo-nos imenso

Turma do 3º Ano

16


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

VISITA AO PARQUE TEMÁTICO

No dia 18 de junho, fomos ao Parque Temático, acompanhados pelas nossas

professoras

e

a

senhora

directora. Quando

chegamos,

lanchamos e fomos logo visitar a nova atração, o pavilhão cinco. Logo de seguida fizemos uma agradável viagem de comboio.

Continuando

a

nossa

visita,

passamos pelos vários pavilhões, sendo o simulador o nosso preferido. Passamos pelos jogos radicais, brincamos no labirinto, no parque de diversões e finalmente fizemos uma linda viagem de barco pelo lago. Foi

uma

visita

fantástica,

divertimo-nos imenso. Para

completar

este

dia

extraordinário, no regresso à escola paramos nas Cabanas Village e comemos um belo gelado, que nos soube muito bem, pois estava muito calor. 17


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

O NOSSO PIQUENIQUE No passado dia 15 de junho, fizemos um magnífico piquenique, no parque da Vila. Trouxemos sumos, bolos, batatas fritas, queijo, fiambre, bolachas e muitas outras guloseimas e comemos à sombra de uma árvore.

Jogamos à bola, corremos, saltamos e fizemos outras brincadeiras muito divertidas. Nunca nos vamos esquecer deste dia maravilhoso, passado ao ar livre na companhia dos nossos professores. Foi um dia diferente, embora chegássemos à escola muito cansados, devido ao sol e às nossas brincadeiras.

18


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

IDA AO RIBEIRO FRIO

A ida ao Ribeiro Frio no dia 23 de maio, foi outra das nossas saídas juntamente com o primeiro ano. Apesar da viagem ter sido muito longa, vimos trutas de diversos tamanhos, apreciamos a linda paisagem e fizemos uma pequena caminhada em direcção ao Balcões. Gostamos deste passeio, pois ficamos a conhecer um novo Este ano, os alunos do 4º ano são finalistas. Desejo a todos as mais sinceras felicidades e que tenham muita sorte e juízo no resto do vosso percurso escolar e vidas pessoais! Parabéns!

lugar.

19


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Flashes Literários No passado dia 13 de Junho, pelas 15h, no Fórum FNAC-Madeira, realizou-se a cerimónia de entrega de prémios aos alunos vencedores dos passatempos promovidos pelo Projeto Baú de Leitura. O aluno João Guilherme Serrão, da EB1/ PE da Vila de São Vicente, foi o vencedor do Passatempo Flashes Literários do 1º ciclo. Este concurso consiste na apresentação de uma ou duas fotografias inéditas que ilustrem um ou dois excertos de obras de escritores de literatura portuguesa.

O aluno da nossa escola escolheu o seguinte excerto: (…) – Agora sou uma casa – e uma casanuvem aparecia no céu. Entretinha-se assim. Mas, quando, a certa altura, se alongou e espreguiçou mais e mais, a fazer de conta que era um comboio de mercadorias, a nuvem tapou o sol. O dia escureceu. Cá em baixo, o caracol, que andava à sua vida, suspirou, aborrecido: - Esta nuvem só faz disparates. É o que sucede a quem não tem nada que fazer. Parece que ela, a nuvem, lá em cima, o ouviu, porque, passado algum tempo, escureceu de triste que estava e começou a choramingar sobre a terra. Foram umas gotinhas poucas, uns chuviscos (…) mas bastaram para pôr a reluzir as folhas e as ervas por onde o caracol andava à sua vida. (…)

Fotografia vencedora do passatempo “Flashes Literários”, da autoria do aluno Guilherme Serrão do 4º Ano B

TORRADO, António, A Nuvem e o Caracol, Edições Asa 20


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Após a entrega de prémios foi inaugurada a exposição de fotografia Flashes Literários – corredor do piso 0 do Madeira Shopping, onde ficaram patentes os 50 melhores trabalhos dos alunos de todos os níveis de ensino.

FEIRA DO LIVRO 2011/2012 Entre os dias 28 e 31 de Maio, realizou-se a V Feira do Livro, na EB1/ PE da Vila de São Vicente.

O momento alto da semana foi a sessão de abertura, pois contámos com a presença dos pais, alguns convidados e os nossos pequenos leitores cantaram, dançaram, declamaram poemas e dramatizaram histórias relacionadas com os livros da escritora Anabela Machado. Foi uma tarde enriquecedora e muito divertida.

Dramatização”Hoje é um dia

Declamação de quadras “A magia dos Opostos”

especial na minha escola” (4º ano)

(Prés e 1º ano)

21


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Declamação Dança”Opostos” (2º ano)

“A Bolinha Mágica”

Dramatização “A Bolinha da Felicidade”

(4º ano)

(4ºano) e canção “A Bolinha Mágica”(3º ano)

Ao longo da semana, os alunos e restante comunidade educativa puderam visitar a feira e comprar livros.

EXPOSIÇÃO DO PROJETO BAÚ DE LEITURA No âmbito do projeto Baú de Leitura, a Técnica Superior da Biblioteca trabalhou o livro intitulado “Lendas da Madeira para crianças”, dando especial atenção à “Lenda de São Vicente” escrita por António Pimenta. Após a leitura da lenda supramencionada, os alunos fizeram diversos trabalhos sobre a mesma, bem como banda desenhada, ilustração da lenda, maqueta da lenda em plasticina entre outras atividades. Depois, foi pedido aos alunos, que individualmente ou em grupo, fizessem uma pequena maqueta da lenda com diversos materiais. O resultado foi excelente, pois recebemos vários trabalhos muito originais sobre a lenda trabalhada, que foram expostos na escola. Ao realizar as diversas atividades, verificou-se um grande empenho e entusiasmo por parte dos alunos e, no final, um grande orgulho pelo trabalho realizado.

22


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Assim sendo, só nos resta agradecer a colaboração dos alunos e respetivos encarregados de educação, pelo magnífico trabalho que realizaram. Muitos parabéns a todos!!!! 23


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de S達o Vicente

Family The family is the educational cornerstone of any individual. It is in the family breast that he/she absorbs the first values and social rules that will provide a harmonious integration within the society. For the children, it is necessary that these values are well-crafted, in order to create an active and interventive individual in an increasingly demanding and competitive world. Therefore, it is essential that the family take their educational role in the education of their children, in cooperation with other institutions, in order to form critic human beings.

24


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de S達o Vicente

Enjoy your summer.

25


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

A 13ª Exposição Regional de Expressão Plástica, inserida na Semana Regional das Artes focou, este ano letivo, a História da Arte ao longo dos tempos. Sob o título englobante “Estend Art”, foi proposto à nossa escola a pintura de um lençol; de um ecobag e a projeção e elaboração de um figurino completo com base na época da Pré-História. O tema geral foi a Madeira, suas belezas naturais, cultura e tradições regionais abordados sob a perspetiva da história de arte. Pretendeu-se fazer uma abordagem pedagógica da história de arte representando a ilha através dos “olhos” dos povos que viviam naquela época histórica. Os alunos do 4ºano empenharam-se bastante na criação de uma história para pintar no lençol e ecobag. O Lobo Marinho e a Freira do Bugio, animais característicos da ilha, e a Capelinha do Calhau, símbolo do nosso concelho mereceram em papel de destaque na história. Assim, esta atividade foi muito enriquecedora em termos pedagógicos e de dinâmica de grupo, visto ter abordado a arte rupestre e as suas mais antigas figuras feitas pelo ser humano, desenhadas em paredes de rocha, nas cavernas nos tempos pré-históricos. A Inês, aluna do 4º ano, turma B, vestida com um modelo da Pré-História feito

com

material

de

desperdício,

representou a nossa escola no desfile que se realizou no dia 14 de Junho no Jardim Municipal. Ficou linda a nossa Inês! Arrasou! Boas férias a todos! Liliana Sousa

26


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Ao longo do 2º e 3º período continuámos a aprofundar os nossos conhecimentos de História de Arte com a análise de vida e obra de alguns dos pintores mais famosos de todos os tempos. De Avercamp, a Van Gogh passando por Miró muitos trabalhos foram realizados e muitas técnicas de expressão plástica foram trabalhadas. Os alunos tiveram oportunidade de identificar e caracterizar obras de arte assim como de comparar formas de expressão artística e de aperfeiçoar a sua linguagem relativa às artes plásticas.

Com tintas e pincéis à mistura…. ficam algumas recordações do trabalho realizado ao longo das aulas de expressão plástica

27


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Notícias Eco-Escolas O Coordenador do Programa Eco-Escolas escolheu o dia 5 de Junho de 2012 para a comemoração deste programa. Coincidiu com o Dia do Ambiente, como forma de dar mais ênfase ao objetivo de aproximar a escola à comunidade de modo a sensibilizar todos para as questões ambientais. Assim, na EB1/PE da Vila de São Vicente foi comemorado o “Dia do Eco-Escolas” da seguinte forma: na parte da manhã todos os alunos, incluindo o pré-escolar, realizaram trabalhos ligados ao acontecimento: composições, desenhos e pinturas alusivos. Na parte da tarde, e na presença do vereador da cultura, da representante da liga de pais e de alguns encarregados de educação, procedeu-se à visita da exposição dos trabalhos efetuados ao longo do ano no âmbito do projeto. Seguiu-se a realização de jogos tradicionais/estafetas adaptados ao Programa Eco-Escolas e a entoação do hino do Ambiente. Após uma breve mas singela dissertação de uma aluna do conselho Eco-Escolas sobre a necessidade da ingestão de fruta na nossa alimentação diária, teve lugar um lanche-convívio do qual constou uma salada de frutas, preparada com a ajuda dos alunos dos 3º e 4º anos tendo-se finalizado a festa com a partilha de um bolo comemorativo do “Dia do Eco-Escolas”. Para além disso, e ao longo do dia, os alunos distribuíram pelos presentes marcadores de livros, por eles elaborados, apelando à preservação do ambiente e à poupança de energia. Esta foi a melhor forma de encerrar as atividades de um programa cuja pretensão era que fosse cada vez mais rico em aprendizagem, e formativo, a nível individual e coletivo. O Coordenador do Eco-Escolas Paulo Abreu

28


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

Jogos, divertimento e união Com o intuito de envolver a comunidade educativa nas atividades escolares e de celebrar a semana da família foi solicitado aos encarregados de educação que, no dia 14 de maio, comparecessem à escola e desenvolvessem uma atividade. Neste contexto, alguns pais da “sala Amarela” organizaram jogos tradicionais visando proporcionar o divertimento e o convívio entre os miúdos e os graúdos. A opção de realizar jogos esteve relacionada com o facto de estes proporcionarem uma atividade salutar, de incutirem o respeito pelas regras e, além disso, de terem uma vertente pedagógica, ou seja, de os mesmos permitirem englobar tarefas, tais como a construção de um puzzle e a prática da reciclagem. Ainda neste âmbito, referimos que a turma do 2º ano realizou um peddy-paper cuja brincadeira propiciou a alegria e o divertimento dos meninos. Posto isto, queremos concluir afirmando que é importante que a família participe nas atividades escolares, pois é uma forma de motivar os filhos.

As Encarregadas de Educação, Ana Paula Catanho, Ana Aveiro, Luísa Joaquim

29


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de São Vicente

A ADENORMA foi à Escola A Escola EB1/PE de São Vicente organizou a Semana da Família, entre os dias 14 e 18 de maio de 2012. Abriu, desta forma, ainda mais as suas portas a todos os elementos da comunidade educativa incentivando-os a uma participação ativa. Numa semana repleta de atividades, a ADENORMA – Centro Comunitário do Rosário teve a honra de ser convidada a participar no programa da Semana da Família no dia 16 de maio de 2012. Respondendo a este apelo, a visita proporcionou-se numa bela e solarenga tarde de primavera. “Fomos recebidos de braços abertos por todas as crianças desta escola” afirmaram as utentes do Centro Comunitário. Após esta receção, foram ainda presenteadas com várias apresentações teatrais e musicais das várias turmas desta escola. No programa deste dia estava ainda reservado algum tempo para a ADENORMA permitindo a apresentação individual de todas as senhoras, onde aproveitaram ainda para manifestar o seu contentamento pela oportunidade de vivenciarem e, quem sabe, relembrarem momentos da sua infância. Lançaram ainda um desafio a toda a “pequenada” para que tentarem descobrir a solução de várias adivinhas. De forma divertida e bem animada os saberes foram postos à prova. Desafio superado! Houve ainda tempo para algumas conversas animadas entre crianças e idosos onde a partilha de saberes foi uma constante. Destaque-se também a troca de lembranças entre os mesmos. A terminar, o lanche foi servido para enorme agrado de todos. Como quase tudo na vida, “o que é bom acaba depressa”, havendo que tratar das despedidas, no entanto, ficou a promessa que no futuro outros momentos idênticos se proporcionarão. Muito obrigado.

FAMÍLIA… A Família é uma estrutura central ao desenvolvimento das crianças e à sua formação como cidadãos. A Família dá educação, dá exemplo, dá amor, dá esperança,.. E a Escola complementa essa estrutura basilar, reforçando a educação, os conhecimentos e o desenvolvimento das crianças. Na celebração da SEMANA DA FAMÍLIA, em São Vicente, foram desenvolvidas algumas atividades altamente participadas (jogos, ginástica, mercadinho, ...) onde sobressaiu uma salutar interação entre a família, a escola, as crianças, as instituições públicas locais. Essa iniciativa, em benefício das crianças, reconheceu o papel nuclear da Família, relevou o papel da Escola mas sobretudo, concretizou de uma forma muito simples um objetivo comum: o trabalho de todos em conjunto hoje, resultará em adultos bem formados amanhã." Um abraço a todos, Maria João Monte

30


Pombo Correio

EB1/PE da Vila de SĂŁo Vicente

A comunidade escolar felicita os Finalistas 2011/2012 da nossa escola. PAREBÉNS !!!

31


JORNAL ESCOLAR - "POMBO CORREIO" - Nº 2 - ANO LETIVO 2011/2012