Page 1


O seu caminho para a exclusividade.

Rede oficial Ferrari A entrada no Universo Ferrari está agora mais perto de si. Ao adquirir um modelo novo ou usado na Rede Oficial, oferecemos-lhe a oportunidade de disfrutar, graças aos nossos eventos únicos, os serviços mais especializados e o máximo profissionalismo. Viver a experiência de visitar a fábrica, apreciar os GPs no Ferrari F1 Club, beneficiar da garantia POWER até 10 anos ou ter acesso ao nosso único curso de condução oficial – o famoso Corso Pilota -, são só algumas das inúmeras e exclusivas possibilidades que só a Rede Oficial lhe pode proporcionar.

www.ferrari.com


FERRARI LISBOA Rua Artilharia Um, 105 – 105 A 1070-012 Lisboa Tel: 00351 210430740 email: posantos@ferrariportugal.pt

FERRARI PORTO Rua da Boavista, 880 4050-106 Porto Tel: 00351 210430880 email: pmrozeira@ferrariportugal.pt


GOLDEN LIFESTYLE 8

EDITORIAL GOLDEN lifestyle Dezembro é o mês do Natal, o momento do ano para encontros familiares, celebrações e trocas de presentes. É também o mês em que ocorre o solstício de Inverno, no hemisfério Norte começa o frio e no Sul o calor. Depois de uma paragem de 28 anos, “Lá para o Sul” foi a exposição que marcou o renascer de Mário Tendinha, comprovando-lhe uma imaginação incrível dominada pela figura humana e pelo Sul de Angola onde nasceu. Ainda no hemisfério Sul, mas do outro lado do Atlântico, viajamos até São Paulo, uma das cidades onde melhor se come e onde estão localizados alguns dos melhores restaurantes do mundo. Seguimos o caminho da gastronomia até à Catalunha e ao El Celler de Can Rocca, o restaurante dos irmãos Rocca que conquistou o paladar dos melhores críticos e alcançou o estatuto de melhor restaurante do mundo da lista dos 50 melhores da San Pellegrino. Já no hemisfério Norte, mas no Sul da Europa, chegamos à Veneza intemporal de Coco Chanel e à mais recente colecção de alta joalharia da casa francesa, onde o símbolo do Leão está sempre presente, qual conquistador com a sua pata firmemente assente sobre o globo do mundo. E por esse mundo fora, acompanhamos os projectos do atelier de design de interiores da Oitoemponto, a marca de luxo portuguesa que viaja mais de 200 dias por ano para criar objectos e espaços sem tempo. Celebre o seu Natal com uma flute de champagne Luxor e com a edição especial da Golden Lifestyle.

December is the month of Christmas, the time of the year for family gatherings, celebrations and exchanging gifts. It is also the month of the winter/summer solstice, where in the northern hemisphere the cold kicks in and in the southern one the heat is on. After a break of 28 years “Lá para o Sul” is the exhibition that marked the rebirth of Mário Tendinha, revealing his incredible imagination dominated by the human figure and by Southern Angola, where he was born. Staying in the southern hemisphere, but on the other side of the Atlantic, we travel to São Paulo, one of the best food cities and in which some the world’s best restaurants can be found. We follow the culinary path all the way to Catalonia and El Cellar de Can Roca, the restaurant belonging to the Roca brothers, which has conquered the palates of the finest critics and achieved the status of the world’s top restaurant on the San Pellegrino list of the top 50. Staying in the northern hemisphere and southern Europe, we pay a visit to the timeless Venice of Coco Chanel and to the latest collection of fine jewellery from the French house, in which the symbol of the lion is always present, its paw firmly planted on the globe. And we accompany projects all over the world from interior design studio Oitoemponto, the Portuguese luxury brand that travels more than 200 days per year to create timeless objects and spaces. Celebrate your Christmas with a glass of Luxor champagne and this special edition of Golden Lifestyle. Fotografia Photography Pedro Ferreira

Directora Geral • General Director Vânia Rangel • vania.rangel@goldenmagazines.net

Realização Art Direction Filipe Carriço

Tel (+351) 919 859 784 • (+244) 928 882 600

Cabelo Hair Joel Santos

Editora • Editor Golden Brands • editora@goldenmagazines.net

Maquilhagem Make-up Cristina Gomes with products CHANEL

Departamento Comercial • Sales Department Jessica Botelho publicidade@goldenmagazines.net Tel (+351) 915 663 632

Manequim Model Roberta Narciso (DABANDA) Nelson

Direcção Editorial • Editorial Director

Ivone Lourenço • ivone.lourenço@goldenmagazines.net

Textos • Texts Ema Branco, Filipe Carriço, Fortunato da Câmara, João Cunha, Luís Antunes, Miguel Júdice, Pedro L. Rei, Pedro Vieira, Roger Mor, Sandra Nobre, Vilan Monroy

Roberta Vestido Roland Mouret na stivali Bandollete Luis Stoffel Anel, brincos e pulseiras na Monseo Anel Relojoaria Camanga Relógio Chanel "Lune & Comète"

Fotografia • Photography Francisco Almeida Dias, Pedro Ferreira, Nuno Martins, Ngoi Salucombo Tradução • Translation Victor Adams

Direcção de Arte • Art Director Luís Sá Ramalho, Ricardo Salsinha Periodicidade • Frequency Bimestral Bimonthly Tiragem • Circulation 5000 ERC Nº 126294 Depósito legal: 354 858/13 ISSN: 2182-830X Tipografia • Printing Fernandes & Terceiro Rua Nossa Srª Conceição, 7, 2794-014 Carnaxide

Propriedade e redacção • Property and office Golden Brands Lda Avenida de Berna, nº30, 2ºF, 1050-042 Lisboa • Tel (+351) 210 998 989 Portugal NIF: 510 524 710

geral@goldenmagazines.net

Nelson Calças Bonpoint

www.goldenmagazines.net www.facebook.com/goldenlifestyle


TO BREAK THE RULES, YOU MUST FIRST MASTER THEM.

PA R A Q U E B R A R A S R E G R A S , P R I M E I R O É P R E C I S O DOMINÁ-LAS. O CRONÓMETRO JULES AUDEMARS FOI DESENHADO C O M O O B J E T I V O P R I N C I PA L D E A P R E S E N TA R O REVOLUCIONÁRIO ESCAPE AUDEMARS PIGUET. A PRECISÃO SEMPRE FOI O PROPÓSITO FUNDAMENTAL DA RELOJOARIA – REPRODUZIR A PRECISÃO ABSOLUTA DA NATU REZA N UM M OVIM ENT O MEC ÂNIC O. C OM ES TE O B J E T I V O , A A U D E M A R S P I G U E T D E S E N V O LV E U U M ESCAPE DE IMPULSO DIRETO, LIBERTANDO POTÊNCIA A UMA FREQUÊNCIA DE 43 200 VIBRAÇÕES POR HORA COM A MÍNIMA PERDA DEVIDO À FRICÇÃO. ESTA PRECISÃO É INTEIRAMENTE ALCANÇADA ATRAVÉS DA ARTESANIA E DE M AT E R I A I S T R A D I C I O N A I S , S E M N E C E S S I D A D E D E L U B R I F I C A N T E S . A S F O R Ç A S D A N AT U R E Z A N Ã O DOMESTICADAS, MAS DOMINADAS.

JULES AUDEMARS

EM OURO ROSA. CRONÓMETRO DE ALTA FREQUÊNCIA.

Edifício Escom - Rua Marechal Brós Tito, 35/37 Piso 2 Tel.: 933 862 590


GOLDEN LIFESTYLE 10

22

ARTE | ART

16 48

JÓIAS | JEWELLERY

DESTAQUES | HIGHLIGHTS

SOM | SOUND

MODA | FASHION

64 20 42

ExPOSIçãO | ExHIbITION

26

CARROS | CARS

RELÓGIOS RELÓGIOS | TIMEPIECES | TIMEPIECES

130 NEWS


 SieMatic  BeauxArts,classicormodern?

"Uma fantástica cozinha tem qualquer coisa de mágico que transforma o espaço físico numa vivência sensorial. Somos atraídos para essa cozinha, sem sabermos porquê. A cozinha canta. Eu escrevo a música."

"A great kitchen has a magic to it that transforms the physical room into a feeling. People are drawn to that kitchen, and they may not know why. The kitchen sings. It is my job to write the music."

Mick De Giulio, Arquitecto, Chicago Criador de Siematic Beaux Arts

Mick De Giulio, Architect, Chicago Creator of Siematic Beaux Arts

Empresa com implementação de projetos em Angola e outros países em África Company with projects put into practice in Angola and other African countries

desenhabitado | R. das Amoreiras Nº 70b 1250-024 Lisboa | tel. +351 214 68 08 08 | info@desenhabitado.pt | www.desenhabitado.pt


GOLDEN LIFESTYLE 12

DESTAQUES | HIGHLIGHTS 76 DESIGN

IATES | YACHTS

80 100

106 VINHOS | WINE

88 54

ESCRITA | WRITING

GASTRONOMIA | FOOD

96

PERFUMES | FRAGRANCES

RESTAURANTE | RESTAURANT

GOURMET

120 ARQUITECTURA E INTERIORES ARCHITECTURE & INTERIORS

82


GOLDEN LIFESTYLE 13


GOLDEN LIFESTYLE 14

INAUGURAÇÃO | OPENING

Nova Loja Na aveNida da Liberdade New store oN the AveNidA dA LiberdAde

A MAx MArA Abriu As suAs portAs no corAção dA AvenidA dA LiberdAde. A priMeirA fLAgship store dA MArcA eM LisboA é AssinAdA peLo AteLier de ArquitecturA duccio grAssi Max Mara has opened its doors right on the avenida da Liberdade. the brand’s new fLagship store in Lisbon has been designed by the duccio grassi architecture practice TEXTO | TEXT eMA BRANCO

S

ituada num palacete antigo na Avenida mais luxuosa de Lisboa, a Max Mara abriu as suas portas ao público com um espaço de mais de 600 metros quadrados desenvolvido pelo atelier de arquitectura italiano Duccio Grassi. Com a renovação da fachada histórica e um sistema de iluminação que garante o destaque da loja no ambiente envolvente, o objectivo do projecto consistia em preservar e evidenciar as zonas protegidas do palacete. As janelas despojadas garantem que o elemento mais icónico da loja seja projectado para o exterior: a escadaria elíptica cujas linhas fluídas têm um enorme impacto visual são o indício da grandiosidade e importância dos interiores desta flagship store. No interior, os materiais saltam à vista em ambos os pisos. No primeiro andar, a madeira assume o protagonismo juntamente com uma mesa central em carvalho cinza pálido dando destaque às peças da colecção Weekend, que são acentuadas pela luz natural que entra através dos arcos das janelas. No segundo andar, uma atmosfera completamente oposta. Um pé direito alto e detalhes originais do edifício que se evidenciam, como o trabalho em estuque, boiseries e janelas. A preocupação do atelier foi em combinar materiais simples com estes elementos de forma a enfatizar a sua importância e elegância. O nº 233 da Avenida da Liberdade foi pensado cuidadosamente para um público sofisticado e fiel à marca. Estão disponíveis as colecções principais Max Mara, Sportmax e de acessórios.

L

ocated in a former palace on Lisbon’s most exclusive avenue, Max Mara has opened an outlet developing over more than 600 square metres, created by Italian design practice Duccio Grassi. With its renovated historic façade and a lighting system that ensure the store stands out in its setting, the aim of the project involved preserving and highlighting the protected parts of the building. The stripped windows ensure that the store’s most iconic element is projected outwards: the elliptical staircase, with its flowing lines and huge visual impact, thus provides grandeur and importance to the flagship’s interior. The materials used in the interior on both floors provide another highlight. On the first floor, wood takes the limelight, together with a grey oak central table, placing special emphasis on items from the Weekend collection, accentuated by the natural light entering through the window arches. On the second floor, we find an entirely different atmosphere. The building’s high ceilings and original features come to the fore, such as the stucco work, the wooden panelling and windows. Here the studio’s idea was to combine simple materials with these elements so as to emphasise their importance and elegance. No. 233 on the Avenida da Liberdade has been meticulously designed for a sophisticated and brand-loyal clientele, who, one inside the store, are surrounded by the main Max Mara, Sportsmax and accessory collections.


GOLDEN LIFESTYLE 15

Bem vindos à via montenapoleone weLcome to the viA moNteNApoLeoNe A herMès Anunciou A inAugurAção dA suA novA LojA nA viA MontenApoLeone, eM MiLão herMès has announced the Launch of its new store on the via MontenapoLeone, in MiLan

TEXTO | TEXT eMA BRANCO

A MudAnçA históricA de MorAdA veM substituir A LojA nA viA sAnt’AndreA e MArcA A ceLebrAção dA LongA presençA dA MArcA nA cidAde, onde A cAsA pArisiense chegou peLA priMeirA vez há 28 Anos

a

boutique, assinada pela agência francesa RDAI e sob a direcção artística de Denis Montel, responsável por todas as lojas da Hermès a nível mundial, hospeda 600 metros quadrados de um magnífico luxo divididos por dois andares. No seu interior, começa a viagem pelo mundo Hermès. Sedas, perfumes, joias, relógios, roupas, acessórios, peles e diversas obras de arte para apreciar e fazer-nos sonhar da “Hermès Collection of Contemporary Photographs” e da “Émile Hermès Collection,”. Para comemorar esta ocasião tão especial, foi lançada uma colecção exclusiva reeditada pela marca onde a elegância e bom gosto seduzem, uma realidade sempre presente na casa parisiense.

this historic change of address repLaced the store’s forMer Location on the via sant’andrea and Marks the ceLebration of the brand’s enduring presence in the city, where the parisian fashion house arrived 28 years ago

T

he boutique, designed by French agency RDAI and under the artistic direction of Denis Montel, responsible for Hermès stores around the globe, features 600 square metres of magnificent luxury divided between two floors. Enter its doors and the journey through the world of Hermès begins. Silks, perfumes, jewellery, watches, clothing, accessories, leathers and several works of art to appreciate and make you dream of the Hermès Collection of Contemporary Photographs and of the Émile Hermès Collection. To commemorate this very special occasion, an exclusive collection from the brand has been re-launched, in which elegance and good taste astound, a reality always present in the Parisian maison.


"ATRAVÉS DAS PORTAS"

AlmA de ArtistA pArA Arte com AlmA the jourNey of AN Artistic souL Aos 63 Anos, Mário tendinhA vive MoMentos de grAnde inspirAção. estA idAde, que pArA Muitos seriA sinóniMo de pArAgeM, é pArA este ArtistA pLástico AngoLAno A ALturA certA pArA recuperAr os Anos que teve de viver AfAstAdo dA suA grAnde pAixão at 63, Mário tendinha is experiencing MoMents of great inspiration. this age, which for Many wouLd iMpLy a tiMe of sLowing down, is for this angoLan artist the right tiMe to Make up for the years he had to Live away froM this great passion

T

TEXTO | TEXT ROgeR MOR

udo apontava para que Mário Tendinha, nascido em 1950 na cidade angolana do Namibe, fizesse da arte a única forma de vida. O precoce jeito para o desenho, o fascínio pelas artes, a paixão pela banda desenhada e as constantes viagens por Angola, devido à profissão do pai, revelaram nele a alma de artista. Cedo iniciou a sua colecção de arte e em 1972 apresenta-se, pela primeira vez, no Huambo. No ano a seguir revela-se a Luanda, numa exposição marcada pela necessidade de submeter os quadros à censura. Um dos quadros que, curiosamente, passou no crivo foi “A Última Ceia”, que viria a tornar-se uma das obras mais emblemáticas do artista e mostra como o então jovem pintor era influenciado pela cultura hippie, pelos movimentos sociais e pelos grandes nomes do surrealismo.

i

t all looked like Mário Tendinha, born in 1950 in the Angolan city of Namibe, would make art his main focus in life. An early talent for drawing, fascination for the arts, a passion for comic books and constant travels around Angola due to his father’s work, revealed his artist’s soul. He began his portfolio at an early age and in 1972 he showed it for the first time, in Huambo. In the following year he appeared in Luanda, in an exhibition held due to the need to submit artwork to censorship. One of the paintings, which, curiously, made it through, was The Last Supper, which would become one of the artist’s most emblematic and which shows how the then young painter was influenced by hippie culture, by social movements and by great names of surrealism. The troubled times that Angola went through caused him to get involved


"ATRAVÉS DAS PORTAS"

"NUDE"

Os tempos conturbados que Angola vivia levam-no a envolver-se politicamente como dirigente sindical do MPLA, cargo que assumiu por mais de uma década. Em 1975 um acontecimento na vida de Mário Tendinha “atou-lhe” a alma e as mãos de artista. Durante as invasões sul-africanas, viu a sua casa ser saqueada e toda a imensa obra produzida foi destruída. Sobreviveu apenas um quadro, que guarda até hoje. Por sorte, o artista tem actualmente na sua posse outros quadros desta primeira fase da sua vida, porque tinham sido vendidos nas primeiras exposições, como é o caso da “Última Ceia” e depois, como por milagre, foram-lhe devolvidos anos mais tarde. Após o saque, Mário Tendinha decidiu parar de pintar. Escolheu ser gestor de grandes empresas e durante 25 anos a alma de artista tentava libertar-se dando origem a alguns desenhos, que um dia promete mostrar. Esteve 28 anos sem expor. Mas em 2001, graças à esposa Ginha, com quem está casado há 41 anos, e aos amigos António Ole e Isabel Batista, a alma de artista de Mário Tendinha rebenta numa explosão de criatividade e desde então não parou mais. A exposição que marca o seu renascer, em 2003 , “Lá para o Sul”, comprova-lhe uma imaginação incrível dominada pela figura humana, pelo Sul onde nasceu e pelo país que viu reconstruir-se. Em 2004 faz a sua primeira exposição fora do país na Casa das Artes de Famalicão, em Portugal. A tinta da China, tão usada na primeira fase da sua vida, volta à cena em 2007 numa curiosa colecção a que deu o nome de “Riskuss”. E em 2008 surge um trabalho artístico com uma componente social muito vincada. Em conjunto com dois artistas angolanos, a coreógrafa Ana Clara Guerra Marques e o fotógrafo “Tonspi”, apresenta “Oratura dos Ogros e do Fantástico”. Neste trabalho visitaram os

"ORATURA DOS OGROS E DO FANTáSTICO"

in politics, as an MPLA trade union leader, a role he undertook for more than a decade. In 1975 an event in Mário Tendinha’s life “bound” his artist’s soul and hands. During the South African invasions, he saw his house ransacked and his sizeable artistic production destroyed. A single painting survived, which he has to this day. Luckily, the artist now owns other paintings from this first phase in his life, because they had been sold in the first exhibitions, as is the case of The Last Supper, and then, as if by a miracle, they were returned to him years later. After the looting, Mário Tendinha decided to give up painting. His future lay in managing large companies and for 25 years the artist’s soul tried to break free, giving rise to a few drawings, which he promises to exhibit one day. 28 years went by without exhibiting. But in 2001, thanks to his wife Ginha, with whom he has been married for 41 years, and thanks to his friends António Ole and Isabel Batista, Mário Tendinha’s artist soul erupted in an explosion of creativity and since then he hasn’t looked back. The exhibition marking his rebirth, in 2003, entitled Towards the South, revealed his incredible imagination, dominated by the human figure, by the South where he was born and by the country he had seen being rebuilt. In 2004 he held his first exhibition abroad, in the Casa das Artes de Famalicão in Portugal. The India ink, used so much in the first phase of his life, returned to the fore in 2007 in a curious collection entitled Riskuss. And in 2008 an artistic work with a very strong social component appeared. Together with two Angolan artists, choreographer Ana Clara Guerra Marques and photographer Tonspi, he presented Oratura dos Ogros e do Fantástico. In this work he visited the monsters of popular folklore, fully promoting the Angolan identity and collective memory.


GOLDEN LIFESTYLE 18

ARTE | ART

"ONGOMBE NOSSOS NO SUL"

MáRIO TENDINHA COM ANA CLARA GUERRA E O FOTóGRAFO TONSPI

o ArtistA pLástico é uM Agente de MudAnçA sociAL, que não pode reduzir-se à MerA denúnciA poLíticA, teM de sAber ApontAr cAMinhos monstros que povoavam o imaginário popular, fazendo uma verdadeira promoção da identidade e da memória colectiva angolana. O artista plástico é um agente de mudança social, que não pode reduzir-se à mera denúncia política, tem de saber apontar caminhos. Esta é a filosofia de Mário Tendinha, que assumiu um papel muito activo na promoção da arte junto das crianças. Na colecção “Oratura dos Ogros e do Fantástico” alguns quadros tiveram a participação de crianças, que eram convidadas a “brincar” ao expressionismo abstracto de Jackson Pollock. “Através das Portas”, uma das últimas exposições do artista em 2012, é outro exemplo desta postura, em que o artista agarra em portas velhas e dá-lhes o estatuto de telas, que apelam a uma reflexão sobre as oportunidades que existem quando se abrem novas portas. Ao ver as obras do pintor ninguém diz que Mário Tendinha é um autodidacta puro. Chegou a inscrever-se em Arquitectura e em História, mas nada disso o fascinava. E não foi isso que o impediu de conhecer o sucesso em vários níveis. O pintor pode orgulhar-se de vender praticamente uma colecção inteira na primeira meia hora de exposição. Já lhe aconteceu. Mas o sucesso de Mário Tendinha está sobretudo no prazer contínuo que a arte lhe proporciona e no facto de pertencer a uma elite criativa que projecta o potencial artístico de Angola no mundo. Entre os últimos projetos contam-se a criação de um grande painel de azulejo, feito no atelier do conceituado artista português João Carqueijeira, e a edição de “Vento Leste”, uma obra autobiográfica onde Mário Tendinha mostra que escreve como pinta: muito bem.

"A ÚLTIMA CEIA"

MáRIO TENDINHA ASSUME A PROFUNDA INFLUêNCIA DA CULTURA HIPPIE E DA BANDA DESENHADA

the artist is an agent of sociaL change, which cannot be confined to siMpLy poLiticaL condeMnation; it has to point the way

The artist is an agent of social change, which cannot be confined to simply political condemnation; it has to point the way. This is the philosophy of Mário Tendinha, who has assumed a very active role in the promotion of art to children. In the Oratura dos Ogros e do Fantástico collection some of the paintings involved the participation of children, who had been invited to “play” at the abstract expressionism of Jackson Pollock. Through the Doors, one of the artist’s most recent exhibitions, in 2012, is another example of this stance, in which the artist takes red doors and makes them canvases, causing onlookers to reflect on the opportunities that exist when new doors are opened. Viewing the painter’s works, you would never believe Mário Tendinha was entirely self-taught. He did enrol in architecture and history courses, but they held no interest for him. And this didn’t stop him from enjoying success on many levels. The painter can be proud of the fact that practically an entire collection sells in the first half hour of an exhibition. Such things have happened. But Mário Tendinha’s success lies above all else in the continued pleasure that art gives him and in the fact that he belongs to a creative elite, highlighting Angola’s artistic potential around the world. Recent projects include the creation of a large tiled panel, made in the studio of respected Portuguese artist João Carqueijeira, and the publication of Vento Leste, an autobiographical work in which Mário Tendinha prove he writes as he paints: very well.


GOLDEN LIFESTYLE 20

ExPOSIÇÃO | ExhIBITION

Cartier, uma viagem pela história cArtier, A jourNey through history de 4 de dezeMbro A 16 de fevereiro, A cArtier LevA-nos nuMA viAgeM peLo fAscinAnte Mundo dA suA históriA. uM testAMento dA evoLução dA cAsA pArisiense nAs Artes decorAtivAs froM deceMber 4th to february 16th, cartier takes on a journey through the fascinating worLd of its history. a testaMent to the evoLution in decorative arts of the parisian house

TEXTO | TEXT eMA BRANCO

e

xistem cidades que se tornam mais belas e românticas nos meses de Inverno, quando cai a neve e tudo à volta fica coberto por um manto branco, quase mágico. Falamos de Paris, a cidade das luzes, dos sonhos, do amor. Em harmonia com este universo encantado, a exposição "Le Style et L'Histoire" da maison Cartier abre as suas portas no Grand Palais des Champs Elysées. A exposição, que estará patente entre 4 de Dezembro e 16 de Fevereiro, destaca o papel da Cartier na história das artes decorativas, desde as peças mais clássicas às criações radicais da Arte Nova. Retrata, cronologicamente, o percurso estético da marca desde a sua fundação, em 1874, até aos anos 70, num mostruário de 600 peças, desde joalharia, relojoaria, acessórios, mobiliário, pintura. As peças expostas vêm um pouco de toda a cidade, seja da Colecção Cartier, do Musée des Arts Décoratifs, do Musée Galliera e mesmo de colecções privadas, como é o caso de 20 peças da colecção do Príncipe do Monaco, uma herança da Princesa Grace Kelly. Um fascinante testamento da evolução da maison nas artes decorativas, onde a Cartier marcou a sua história ao longo destes anos. Fotos Photos: Copyright Nick Welsh - Cartier Collection ©Cartier

T

here are cities that become more beautiful and romantic during the winter months, when the snow falls and everything is covered in a white, almost magical blanket. We’re talking about Paris, the city of light, dreams and love. Joining this enchanted universe, and providing the ideal opportunity to pay a visit to the city, the Le Style et l’Histoire exhibition by the maison Cartier, to be held in the Grand Palais des Champs Elysées. The exhibition, which runs from December 4th until February 16th, emphasises Cartier’s role in the history of decorative arts, from more classical pieces to the radical creations of Art Nouveau. The show chronologically depicts the aesthetic journey of the brand since its foundation in 1874, until the 1970s, in a showcase featuring 600 pieces, including jewellery, watches, accessories, furniture and paintings. The pieces on show come from all over the city and beyond, including the Cartier Collection, from the Musée des Arts Décoratifs, from the Musée Galliera and also from private collections, such as the 20 pieces from the collection of the Prince of Monaco, inherited from Princess Grace. A fascinating testament to the maison’s evolution in the decorative arts, in which Cartier has made its mark throughout its many years in existence.


17th of September 1755. In the offices of the solicitor Mr. Choisy, a young Master Watchmaker from Geneva named Jean-Marc Vacheron is about to hire his first apprentice. This agreement is the first known reference to the founding watchmaker of a prestigious dynasty and it represents the establishment of Vacheron Constantin, the oldest watchmaking manufacturer in the world in continuous operation.

www.vacheron-constantin.com

Ever since this agreement, and true to the history that built its reputation, Vacheron Constantin has been committed to passing on its knowledge to each of its Master Watchmakers in order to guarantee the excellence and durability of its craftsmanship and of its timepieces.

Patrimony Contemporaine Hallmark of Geneva, Pink gold case, Hand-wound mechanical movement Réf. 81180/000R-9159

Luanda Edifício Escom - Rua Marechal Brós Tito, 35/37 Piso 2 Tel.: 933 862 590


GOLDEN LIFESTYLE 22

JÓIAS | JEWELLERY

soB o signo do leão sous Le sigNe du LioN venezA, o Leão e A MAis recente coLecção de ALtA joALhAriA dA cAsA chAneL venice, the Lion and the Latest high jeweLLery coLLection froM chaneL

TEXTO | TEXT PedRO l. Rei

o

símbolo está por todo o lado, nos frontões de palácios e portas, nos mosaicos e estátuas de pedra. O Leão personifica a sua coragem e glória passada, quando embaixadores e reis se vergavam sob o frontão da entrada do palácio Ducal. Sentado sobre uma coluna de granito da qual domina toda a cidade, o Leão de São Marco é o símbolo da cidade, o emblema que lhe dá força e o seu grande protector. Carpaccio, Canaletto e muitos outros artistas famosos representaram-no nas suas telas. Falamos de Veneza, a cidade construída há séculos atrás ao largo do mar para que resistisse aos ataques dos seus inimigos, e a cidade pela qual Gabrielle Chanel se apaixonou. Para Coco Chanel tratava-se de uma cidade intemporal que parecia flutuar entre o céu e o mar, ideal para sonhar e para esquecer. Especialmente ao final da tarde, o momento em que o pôr-do-sol banhava tudo a ouro e a cidade se tornava irreal, desde as fachadas dos palácios aos canais e ruas estreitas onde Gabrielle Chanel adorava passear e perder-se. Nascida a 19 de agosto de 1883, uma data que a coloca directamente sob o signo de Leão, Chanel revê-se na cidade e no símbolo que partilham. O seu primeiro encontro com o Leão em Veneza pareceu-lhe mais do que uma mera coincidência, tornando-se nos anos seguintes no símbolo do seu destino e um meio de reatar os laços quebrados da sua vida após a morte do seu grande amor, Boy Capel, em 1919. O romance tinha durado dez anos, e fora Capel que lhe tinha dado os fundos necessários para abrir a primeira boutique. Veneza oferecia-lhe assim a paz necessária e a possibilidade de começar novamente a gostar de viver. Afinal, como símbolo de São Marcos o Evangelista, o santo padroeiro da cidade, o Leão também personificava a ressurreição. Nos anos que se seguiram, o Leão tornar-se-ia um símbolo recorrente e familiar, sempre presente entre a colecção de objectos que ainda hoje decoram o seu apartamento na Rue Cambon, em Paris. Em bronze ou em mármore, em cima de uma mesa ou em madeira esculpida junto à lareira, o Leão está sempre presente, qual conquistador com a sua pata firmemente assente sobre o globo do mundo. A influência do Leão estendeu-se mesmo aos botões com que decorava os seus vestidos e aos fechos das malas que criava.

T

he symbol is everywhere to be seen, on palace pediments and gates, on mosaics and stone statues. The lion personifies its courage and past glory, as ambassadors and kings have bowed under the fronton of the entrance to the Ducal Palace. Sat on a granite column from which it dominates the entire city, the Lion of Saint Mark is the symbol of the city, the emblem that gives it its strength and its great protector. Carpaccio, Canaletto and many other famous artists have represented it on their canvases. We’re talking about Venice, the city built centuries ago out in the sea so that it could fight off attacks from its enemies, and the city that Gabrielle Chanel fell for. For Coco Chanel this was a timeless city that seemed to float between the sky and the sea, ideal for dreaming and for forgetting. Especially at the end of the day, when the setting sun bathed everything in gold and everything became unreal, from the façades of the palaces to the canals and narrow streets where Gabrielle Chanel loved to stroll and lose herself. Born on August 19th, 1883, a date that fell within the sign of Leo, Coco identif ied herself with the city and with the symbol they shared. Her f irst encounter with the Lion in Venice seemed more than a mere coincidence, becoming in the years that followed the symbol of her destiny and a way to refasten the broken ties of her life after the death of her great love Boy Capel, in 1919. The romance had lasted ten years, and it was Capel who gave her the funds needed to open her f irst boutique. Venice thus offered her the peace she needed to start enjoying life again. After all, as the symbol of Saint Mark the evangelist, patron saint of the city, the Lion also personif ied resurrection. In the years that followed, the Lion would become a recurring and familiar symbol, ever present among the collection of objects that to this day decorate her apartment on the Rue Cambon, in Paris. In bronze or in marble, on a table or in sculpted wood next to the fireplace, the Lion is always present, as a conqueror with its paw firmly planted on the globe. The influence of the Lion even extended to the buttons with which she decorated her dresses and to the fasteners of the bags she created.


Veneza acabou também por influenciar Gabrielle Chanel através das suas relíquias e esplendores remanescentes do império Bizantino. A descoberta atrás do altar da Basílica de São Marcos da “Pala d´Oro”, um precioso exemplo da arte da joalharia, que não é nada menos que um enorme centro de altar com três metros de comprimento em ouro, esmalte, e totalmente cravado com 1927 gemas polidos em talhe cabochão, deixou-lhe uma marca indelével. O fascínio quase hipnótico que este tesouro único lhe proporcionou viria também, e em parte, a influenciar a mais recente colecção de alta joalharia da casa Chanel. Baptizada com o nome “Sous Le Signe Du Lion”, a nova colecção de alta joalharia estende-se ao longo de 58 peças excepcionais cuja temática se centra no emblemático animal de Mademoiselle Chanel. Desde a pregadeira “Lion Céleste” em ouro branco e diamantes, representando o Leão de Veneza com a sua pata pousada sobre um globo que se encontra no apartamento de Coco Chanel, passando pelo anel “Lion San Marco”, cujo leão foi esculpido em lápis-lazúli, a colecção centra-se claramente nos símbolos que mais influenciaram uma das mais marcantes estilistas da história da moda. Nem mesmo o motivo Art Deco do cometa, tão ao gosto de Chanel e presente em algumas peças como a pregadeira “Constellation du Lion”, se sobrepõe à figura esmagadora do leão. A linha “Lion Royale”, toda em platina e diamantes, assume-se como a estrela mais brilhante desta nova colecção de alta joalharia produzida nos novos ateliers da maison, e inaugurados apenas no ano passado. Aqui destaca-se um colar transformável integralmente cravado com diamantes que pode ser usado como um “sautoir” (colar de meio comprimento) ou ainda como uma versão mais curta. A cabeça de Leão pode mesmo ser usada de forma isolada apenas como pregadeira, fazendo-se acompanhar por um par de brincos que partilham o mesmo tema.

Venice also ended up influencing Gabrielle Chanel through its relics and splendours reminiscent of the Byzantine Empire. The discovery behind the altar of Saint Mark’s Basilica of the Pala d’Oro, a precious example of the art of jewellery, which is no less than a huge altar centre three metres long in gold, enamel and encrusted entirely with 1927 Cabachon-cut polished gems, left an indelible mark on her. The almost hypnotic fascination that this unique treasure caused in her, would come, in part, to influence the latest fine jewellery collection from Chanel. Given the name “Sous le Signe du Lion”, the new fine jewellery collection features some 58 exceptional pieces, the theme of which centres on the emblematic animal of Mademoiselle Chanel. From the “Lion Céleste” brooch, in white gold and diamonds, representing the Lion of Venice with is paw placed on a globe, which can be found in Coco Chanel’s apartments, to the “Lion San Marco” ring, the lion of which is sculpted from lapis lazuli, the collection clearly focuses on the symbols that most influenced one of the most important designers in the history of fashion. Not even the Art Deco motif of the comet, which Chanel liked so much and which is present in some of the pieces, such as the “Constellation du Lion” brooch, can outdo the overwhelming figure of the lion. The “Lion Royale” range, all in platinum and diamonds, is the brightest star of all in this new fine jewellery collection produced at the maison’s new workshop, opened only last year. Highlights here include a transformable necklace, encrusted entirely with diamonds, which can be worn as a sautoir or as shorter necklace. The lion’s head can also be worn on its own, as a brooch, to accompany a pair of earrings that share the same theme.


GOLDEN LIFESTYLE 25

Tendo aparecido pela primeira vez na colecção de alta joalharia da Chanel no ano passado, o Leão arrisca-se a fazer definitivamente parte da linguagem simbólica da casa Chanel no campo do adorno precioso. Sendo uma das grandes fontes de inspiração da fundadora da casa de alta costura, o símbolo do Leão, profusamente presente nesta nova colecção da Chanel, simboliza a nova garra de uma griffe capaz de competir ao mais alto nível no exigente mundo da alta joalharia.

Having appeared for the first time in the Chanel fine jewellery collection last year, the lion is in danger of becoming a definitive part of the symbolic language of Chanel when it comes to precious adornment. As one of the major sources of inspiration for the founder of the house of haute couture, the symbol of the Lion, profusely present in this new Chanel collection, symbolises the new verve of a brand able to compete at the highest level in the discerning world of fine jewellery.


GOLDEN LIFESTYLE 26

RELÓGIOS | TIMEPIECES

a aparente simplicidade de uma referÊncia the AppAreNt simpLicity of A refereNce Number A ref. 5216r dA pAtek phiLippe encontrA-se entre os reLógios MAis coMpLicAdos do Mundo. no entAnto, A MAnufActurA suíçA pArece contentAr-se eM identificA-Lo ApenAs peLA suA referênciA patek phiLippe´s ref. 5216r is aMong the Most coMpLicates wristwatches in the worLd. yet, the swiss Maker seeMs quite happy to just naMe it by it´s reference nuMber

TEXTO | TEXT PedRO l. Rei


GOLDEN LIFESTYLE 27

Patek Philippe não é, decididamente, uma manufactura de alta relojoaria como as outras. Se assim fosse, não seria compreensível que o quarto relógio de pulso mais complicado da sua actual colecção, e um dos mais complicados do mundo, se limitasse a ser identificado por uma simples referência composta por quatro dígitos. Se se tratasse de uma qualquer outra manufactura, seria perfeitamente natural esperar que a peça ficasse associada a uma designação pomposa e impressionante que refletisse todo o concentrado tecnológico que a peça encerra. Mas o facto é que, neste âmbito, como em muitos outros, a Patek Philippe não pode, decididamente, ser comparada às suas restantes congéneres. Seria um exercício interessante imaginar que nome o construtor genebrino poderia ter desencantado de maneira a reflectir de forma justa o extraordinário conjunto de 33 complicações incluídas naquele que é, ainda hoje, o relógio mais complicado do mundo. A peça a que me refiro é um relógio de bolso, construído para comemorar em 1989 a passagem dos 150 anos da manufactura. Fiel ao seu estilo de sempre, a Patek Philippe decidiu que o extraordinário e histórico relógio ficasse conhecido para a posteridade apenas como Calibre 89. Não é pois surpreendente que a importância da conjugação mais modesta de 8 complicações do relógio sobre o qual escrevo estas linhas, se veja resumida pela Patek Philippe apenas aos quatro dígitos da referência 5216. Um simplicidade absolutamente desconcertante quando confrontada com o incrível universo micro mecânico composto por turbilhão, repetição de minutos, calendário perpétuo com indicação de data retrógrada, indicação de dia da semana, mês, fases da lua e ano bissexto, que se esconde por baixo do mostrador. Para apreciarmos verdadeiramente esta criação da Patek Philippe temos antes, e obrigatoriamente, de nos vergar perante a impressionante complexidade e beleza do calibre “R TO 27 PS QR LU” (uma designação aparentemente mais de acordo com o estatuto do calibre em causa). Um mecanismo onde, mais uma vez, a descrição se alia a uma racionalidade técnica em total oposição à ostentação habitual verificada em muitos movimentos produzidos por outras manufacturas. O caso do turbilhão

P

atek Philippe is quite clearly not your usual maker of fine watches. If it was, it wouldn’t ring true that the fourth most complicated wristwatch in its current collection, and one of the most complicated in the world, would limit itself to being identified by a simple four-digit reference number. If we were talking about any other watchmaker, it would be perfectly natural to expect the timepiece to be associated with some puffed up, impressive name, which fully reflects the technology jam-packed into it. But the fact is that, in this respect, as in many others, Patek Philippe, quite clearly, cannot be compared to its watch making counterparts. It would make for an interesting exercise to imagine the name the Geneva-based watchmaker could have come up with that would accurately reflect the extraordinary series of 33 complications included in what is, to this day, the world’s most complicated watch. The timepiece to which I am referring is a pocket watch, made to to commemorate the watchmaker’s 150th anniversary in 1989. True to its ageless style, Patek Philippe decided that the extraordinary and historic watch be known for posterity simply as Calibre 89. So it’s no surprise that the more modest combination of eight complications of the watch about which I am writing is summarised by Patek Philippe to just the four reference digits 5216. Disconcerting simplicity when considering the incredible micromechanical universe hidden beneath the dial, featuring a minute repeater with tourbillon escapement, retrograde perpetual calendar, day of the week, month, moon phase and leap year displays. Before we can truly appreciate this creation from Patek Philippe we need to bow down before the impressive complexity and beauty of calibre “R TO 27 PS QR LU” (a title apparently more in agreement with the status of the movement in question). A mechanism in which, once again, the description is joined by a technical rationality fully opposing the usual ostentation experienced in many movements produced by other makers. The tourbillon fitted in this movement is a good example of this. The exceptional precision of this watch, which Patek Philippe certifies with its own seal, tolerates a maximum deviation of -2 to +1 seconds per day. To ensure this, each of the 69 parts making up the tourbillon, which together weigh no more than 0.3 grams, must remain amply lubricated at all times.


GOLDEN GOLDEN LIFESTYLE LIFESTYLE 2828

RELÓGIOS ARTE | TIMEPIECES | ART

“no finAL, cAbe Ao ApurAdo ouvido destes dois especiAListAs decidir se As centenAs de horAs de trAbALho que LevArAM à criAção de cAdA ref. 5216 estão, ou não, à ALturA dA AssinAturA AcústicA singuLAr exigidA peLA pAtek phiLippe.”

que equipa este movimento é disso um bom exemplo. A precisão bem definida deste relógio, que a Patek Philippe certifica com o seu próprio selo, está obrigatoriamente compreendida entre os -2 e +1 segundos por dia. Para o garantir, todas as 69 peças que compõem o turbilhão, e que no seu conjunto não ultrapassam as 0,3 gramas de peso, têm de se manter perfeitamente lubrificadas ao longo de todo o seu período de funcionamento. Esta exigência obriga a que, ao contrário do que se tornou habitual na alta relojoaria, o turbilhão não esteja exposto sobre o mostrador ao espectro de raios ultra violeta que compõem a luz natural. Se assim não fosse, em apenas alguns dias, a qualidade e propriedades do óleo lubrificante ver-se-iam degradar irremediavelmente. Mesmo assim, a fascinante animação deste importante componente mantém-se disponível para ser apreciado através do fundo de safira transparente. Uma outra maravilha deste calibre “R TO 27 PS QR LU” faz-se notar, e ouvir, mal a alavanca deslizante localizada no flanco esquerdo da caixa é accionada. A sua activação desencadeia imediatamente um processo mecânico no qual a hora indicada sobre o mostrador é traduzida numa sequência de batidas sonoras graves e agudas. Primeiro são assinaladas as horas, através de batidas graves, seguindo-se os quartos representados por batidas duplas alternadas entre graves e agudas, e finalmente, os minutos decorridos desde o último quarto de hora deixam-se contar através de batidas exclusivamente agudas. O ponto alto desta complicação acontece todos os dias às 12h59, quando os dois martelos castigam os gongos 32 vezes de forma a assinalar as 12 horas, os 3 quartos e os 14 minutos que antecedem as 13 horas. Pura música para os ouvidos de um conhecedor capaz de reconhecer a excepcional riqueza sonora produzida. Para verificar o espectro acústico produzido pela Ref. 5216, os relojoeiros da Patek Philippe testam cada um dos poucos exemplares produzidos a cada ano numa câmara à prova de som equipada com modernos instrumentos e analisadores de som digital. Se o relógio passar este teste, aguarda-o o ouvido treinado e exigente do presidente e presidente honorário da manufactura. Thierry Stern e Philippe Stern, pai e filho, escrutinam a sonoridade das batidas de cada modelo e decidem se a peça está ou não de acordo com os exigentes critérios da manufactura e com a sua própria experiência. No final, cabe ao apurado ouvido destes dois especialistas decidir se as centenas de horas de trabalho que levaram à criação de cada Ref. 5216 estão, ou não, à altura da assinatura acústica singular exigida pela Patek Philippe. Neste caso, como em tanto outros, ninguém levaria a mal que a Patek Philippe se apoderasse do lema de um dos mais importantes coleccionadores da história, Henry Graves. O banqueiro e investidor norte americano do início do século XX fazia inscrever em cada Patek Philippe que encomendava uma frase em latim que fazia parte do seu brasão de família: “Esse Quam Videri”, ser em vez de parecer...

"in the end, they aLone are responsibLe for deciding if the hundreds of work hours invoLved in creating each ref. 5216 are worthy of the singuLar acoustic signature deManded by patek phiLippe." This requirement means that unlike what has become usual in haute horlogerie, the tourbillon cannot be exposed to the UV spectrum of daylight. If it was, the quality of the lubricating oil would irredeemably degrade in a matter of days. Nevertheless, the fascinating action of this important component can still be seen through the transparent sapphire case back. Another wonder of this “R TO 27 PS QR LU” calibre can be noted and heard, the moment the slide in the left-hand flank of the case is actuated. Its activation triggers a mechanical process in which the time displayed on the dial is translated into a series of low and high-pitched sounds. First it strikes the hours, on a low-pitched gong, then the quarter-hours with double high-low notes, and finally the minutes that have elapsed since the last quarter-hour counted through the high-pitched gong. The high point of this complication happens every day at 12:59, when the two hammers strike the gongs 32 times to mark the 12 hours, the three quarter-hours and the 14 minutes that have elapsed. Pure music to the ears of the connoisseur able to recognise the exceptionally rich sonority produced. To check the acoustic spectrum produced by Ref. 5216, Patek Philippe watchmakers test every one of the few examples produced each year in a soundproofed chamber equipped with modern instrumentation and digital sound analysers. If the watch passes this test, the trained and discerning ears of the manufacturer’s president and honorary president await it. Thierry Stern and Philippe Stern, father and son, scrutinise the sound quality of the chimes of each model and decide whether or not the timepiece lives up to the exacting criteria of the company and their own experience. In the end, they alone are responsible for deciding if the hundreds of work hours involved in creating each Ref. 5216 are worthy of the singular acoustic signature demanded by Patek Philippe. In the case of Ref. 5216, as in so many others, nobody would blame Patek Philippe if it were to hijack the motto of one of the most important collectors in history, Henry Graves. The North American banker and investor from the early 20th century engraved a Latin phrase figuring in his family’s coat of arm on every Patek Philippe he ordered: Esse Quam Videri, to be rather than to seem...


www.caixatotta.ao

Caixa Totta

GOLD & CLASSIC O MUNDO NA SUA MÃO Com os cartões de crédito Caixa Totta tem um Mundo de Exclusividade e Prestígio na sua mão. Faça-se acompanhar do seu cartão, beneficie de um conjunto de vantagens e parcerias únicas e de um pacote de seguros de protecção superior, em qualquer parte do Mundo. Um Mundo inteiro de possibilidades na sua mão, em www.caixatotta.ao ou numa agência do Banco.

Um Banco Local. Uma Rede Global.

CARTÕES DE CRÉDITO CAIXA TOTTA


GOLDEN LIFESTYLE 30

RELÓGIOS | TIMEPIECES

SuPerLaTivo e iNTercoNTiNeNTaL superLAtive ANd iNtercoNtiNeNtAL o roLex gMt - MAster ii é o MAis recente sucessor do ModeLo que eM 1955 AcoMpAnhou A AviAção civiL nA inAugurAção dos voos intercontinentAis, e que hoje se tornou inteMporAL the new roLex gMt – Master ii is the Latest successor to the 1955 ModeL that accoMpanied civiL aviation in it´s inauguration of intercontinentaL fLight, and which today has becoMe tiMeLess TEXTO | TEXT PedRO l. Rei

a

década de 50 do século XX ficou marcada pelos primeiros passos da aviação comercial nos voos intercontinentais. Com o advento do avião a jacto, algumas companhias aéreas passaram a atravessar de uma só vez diversos fusos horários criando a necessidade, tanto do piloto como do passageiro, de saber a hora local em vários pontos do globo. Conhecer a hora local do aeroporto de partida e de chegada, assim como a hora de referência GMT (Greenwich Mean Time), eram apenas algumas das novas necessidade de informação do piloto moderno que então entrava na segunda metade do século XX. Precisamente para fazer falta a esta lacuna, em 1955, a Rolex lançava o “GMT Master”, um modelo pensado e desenvolvido de acordo

T

he 1950s were marked by the first steps made by commercial aviation in intercontinental flights. With the advent of jet aircraft, some airlines began to cross various timelines, creating the need in both pilots and passengers, to know the local time in various places around the globe. Knowing the local time of the departure and arrival airport, as well as GMT (Greenwich Mean Time), were just some of the new information needs of the modern pilot entering the second half of the 20th century. Precisely to fill this gap, in 1955 Rolex launched the GMT Master, a watch designed and developed in line with the specific requirements of civil aviation pilots at this time. The model ended up becoming the official


GOLDEN LIFESTYLE 31

"eM 2013, A MArcA de genebrA fez evoLuir novAMente o histórico ModeLo pArA uM novo pAtAMAr de quALidAde Ao incLuir peLA priMeirA vez uM biseL grAduAdo eM 24 horAs construído eM cerAchroM"

com as necessidades específicas dos pilotos da aviação civil deste período. O modelo acabaria por se tornar o relógio oficial de diversas companhias de aviação onde se destacava a famosa Pan American World Airlines, também conhecida por Pan Am. 50 anos depois, em 2005, a Rolex decidia renovar o seu modelo, apresentando-o sob a nova designação de “Rolex GMT – Master II”. Um evolução que não hipotecava o estilo original do modelo de 1955. Em 2013, a marca de Genebra fez evoluir novamente o histórico modelo para um novo patamar de qualidade ao incluir pela primeira vez um bisel graduado em 24 horas construído em Cerachrom (uma liga especial à base de cerâmica), e onde as cores azul e preto (na versão em aço) representam respectivamente o dia e a noite. O ponteiro independente com extremidade em forma de seta, impulsionado pelo superlativo calibre cronómetro de corda automática 3186, contorna o mostrador, assim como o bisel bidirecional, a cada 24 horas. Um processo que permite uma leitura precisa da hora de referência de um primeiro fuso horário através da escala graduada sobre o preciso bisel bidirecional. A hora no local de destino pode assim ser confiada aos ponteiros de horas, minutos e segundos deste novo Rolex GMT - Master II que continua a marcar o pulso tanto de pilotos como de muitos viajantes frequentes no início deste século XXI.

watch of several airline companies, including the famous Pan American World Airlines, also known as Pan Am. 50 years later, in 2005, Rolex decided to renovate its model, presenting it under the new name Rolex GMT – Master II. This was evolution that did not jeopardise the original style of the 1955 model. In 2013, the Geneva watchmaker has developed the historic model once again, taking it to a new level of quality by including for the first time a 24-hour graduated bezel made of Cerachrom (a special ceramic based alloy), and where the colours blue and black (in the steel version) respectively represent day and night. The independent arrow-tipped hand, powered by the superlative 3186 self-winding chronometer calibre, sweeps around the dial and the two-directional bezel, every 24 hours. A process that allows a precise reading of the reference time of an initial time zone via the graduated scale on the two-directional bezel. The local time at the destination can thus be entrusted to the hour, minute and second hands of this new Rolex Master II, which continues to grace the wrist as much of pilots as of frequent flyers at the start of this 21st century.

"in 2013, the geneva watchMaker has deveLoped the historic ModeL once again, taking it to a new LeveL of quaLity by incLuding for the first tiMe a 24-hour graduated bezeL Made of cerachroM"


GOLDEN LIFESTYLE 32

RELÓGIOS | TIMEPIECES

um elevador complicado A complicAted lift A herMès pegou nuM dos eLeMentos MAis cArActerísticos dA suA sede nA rue fAuburg sAint-honoré e incLui-o no seu reLógio MAis coMpLicAdo de seMpre herMès picked one of the Most characteristic eLeMents of its headquarters in the rue fauburg sait-honoré and incLuded it in its Most coMpLicated watch ever TEXTO | TEXT PedRO l. Rei

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Q

uem transponha a porta do nº 24 da Rue Fauburg Saint-Honoré em Paris não só se depara com o interior da sede da Hermès, uma das mais reverenciadas casas do sector do luxo no mundo inteiro, como também se vê envolvido pela rica e longa história da casa francesa fundada em 1837. Um dos elementos emblemáticos espalhados por todo o edifício é um símbolo composto por dois “H” entrelaçados e executados em ferro forjado que se pode ver logo por cima das portas do histórico elevador instalado em 1923 e que serviu de inspiração à criação do novo “Hermès Arceau Lift”. O duplo “H” entrelaçado simboliza a união entre as famílias Hermès e Hollande no virar do século, através do casamento do neto do fundador da maison Emile Hermès e Julie Hollande em 1900. Ao fim de 113 anos, o duplo “H” entrelaçado serve mais uma vez de musa inspiradora, dando origem a um relógio de pulso com escape de turbilhão voador. Inserido numa gaiola formada pelo duplo “H”, o turbilhão voador do Arceau Lift caracteriza-se por não ter qualquer elemento de suporte ou ponte superior, criando a ilusão de estar a “voar” sobre o movimento. Os escassos 176 exemplares que compõem esta edição limitada são alusivos aos 176 anos de existência que a Maison Hermès comemora este ano.

a

nyone who crosses the threshold of No.24, Rue Fauburg SaintHonoré, in Paris, is not only greeted by the interior of the Hermès headquarters, one of the most revered maisons in the luxury sector around the world, but is also surrounded by the rich and long history of the French house founded in 1837. One of the emblematic elements dotted all over the building is a symbol made up of two intertwining Hs in wrought iron, which can be seen right above the doors to the historic lift installed in 1923, and which has served as inspiration for the creation of the new Hermès Arceau Lift. The intertwined ‘H’ symbolises the union between the Hermès and Hollande families at the turn of the century, in 1900, through the marriage of the grandson of the maison’s founder, Emile Hermès, to Julie Hollande. 113 years later, the double intertwined ‘H’ serves as a muse once again, giving rise to a wristwatch with a flying tourbillon complication. Inserted in a cage formed by the double ‘H’, the flying tourbillon of the Arceau Lift does not feature a support element or upper bridge, creating the illusion of floating above the movement. The meagre 176 units making up this limited edition refer to the 176 years of existence commemorated by the house of Hermès this year.


Camas Hästens, porque todos os dias começam na noite anterior


GOLDEN LIFESTYLE 34

RELÓGIOS | TIMEPIECES

equilíBrio entre técnica e arte BAlAnce Between technique And Art girArd-perregAux turbiLhão coM três pontes eM ouro girard-perregaux tourbiLLon with three goLd bridges TEXTO | TEXT PedRO l. Rei

P

rovavelmente um dos relógios com escape de turbilhão mais reconhecíveis de sempre, o Girard-Perregaux Turbilhão com três pontes em ouro é um verdadeiro estímulo para os sentidos, sendo-se ou não um apreciador dedicado a este universo da micromecânica de precisão que é a alta relojoaria. Nascido em 1884 das mãos de Constant Girard, o movimento representou uma verdadeira revolução na história da relojoaria do século XIX, acabando por se tornar um elemento de design por mérito próprio que hoje transcende a mera função técnica. Transposto já na última década do século XX do relógio de bolso para o relógio de pulso, o conceito destaca-se agora mais uma vez através de um novo modelo que vem equilibrar a estética com a excelência técnica. Uma conjugação que dá origem a uma nova visão da alta relojoaria, simultaneamente simbólica e intemporal. Assumindo uma forma de seta em cada uma das suas extremidades, cada ponte em ouro exige uma geometria perfeita e um acabamento exemplar. Às 6 horas, o escape de turbilhão comprime nada menos que 80 componentes numa gaiola de apenas 10 mm de diâmetro, não conseguindo exceder uns espantosos 0,3 grama de peso. Finalmente, e por baixo de toda esta beleza relojoeira excepcional que se revela sobre o mostrador prateado, o calibre GP09600 de corda automática é de forma incontestada o garante de um equilíbrio perfeito entre a mais bela das artes e a mais exigente das técnicas relojoeiras.

P

robably one of the most recognisable tourbillon escapement watches of all time, the Girard-Perregaux Tourbillon with three gold bridges is a veritable pleasure for the senses, whether you are a fan or not of the universe of precision micromechanics that is haute horlogerie. Created in 1884 by Constant Girard, the movement represented a veritable revolution in the history of 19th-century watch making, and ended up becoming a design element in its own right, which today transcends its mere technical function. Transformed in the last decade of the 20th century from pocket watch to wristwatch, the concept is highlighted once again now through a new model that balances aesthetics with technical excellence. A combination that gives rise to a new vision of haute horlogerie, both symbolic and timeless. Arrow-shaped at each end, each gold bridge requires perfect geometry and an exemplary finish. At 6 o’clock, the tourbillon escapement features no less than 80 components in a cage just 10 mm in diameter, and weighing no more than an incredible 0.3 grams. Finally, and below all this exceptional watch making beauty revealed on the silver dial, the GP09600 self-winding calibre is unquestionably the assurance of the perfect balance between the most beautiful of arts and the most demanding of watch making techniques.


GOLDEN LIFESTYLE 36

RELÓGIOS | TIMEPIECES

Piaget Emperador Tourbillon Automatic Este modelo complicado da Piaget ultrapassa em muito o habitual argumento associado a um turbilhão de manufactura. O calibre 1270P que integra não se limita apenas a deslumbrar pela sua estética marcante, acrescenta ainda características que fazem deste modelo, com apenas 10,4 mm de espessura, o turbilhão de corda automática mais fino existente actualmente.

this complicated watch by piaget goes way beyond the usual argument associated with a manufacture tourbillion. the 1270p calibre it contains not only stuns for its striking looks, but also adds characteristics that make of this watch, at just 10.4 mm thick, the thinnest automatic winding tourbillion currently in existence.

Tank MC Cartier O “Tank” da Cartier é um relógio intemporal que nesta sua nova versão integra também a excelência do movimento mecânico de corda automática 1904 MC. O excelente calibre de manufactura está inserido numa caixa de ouro rosa cuja perfeição de linhas rectas, curvas naturais e geometria harmoniosa, são um verdadeiro tributo à centenária arte relojoeira da Cartier.

the “tank” from cartier is a timeless watch, which, in this new version, also combines the excellence of the 1904 mc self-winding mechanical movement. the excellent manufacture calibre is set in a pink gold case, the straight lines, natural curves and harmonious geometry of which present a veritable tribute to cartier’s time-honoured art of watch making.

Franck Muller Casablanca Automatic Chronograph O movimento de corda automática deste “Casablanca” da Franck Muller conta com 255 peças, das quais 28 são rubis. A famosa caixa “Cintrée Curvex”, uma elaboração da clássica forma tonneau tão em voga durante o período Art Déco, tornou-se já um ex-líbris da marca. Executada em ouro rosa, esta caixa mantém-se como um dos elementos de interesse deste cronógrafo.

the self-winding movement of this “casablanca” from franck muller features 255 parts, of which 28 are rubies. the famous cintrée curvex case, an elaboration of the classic tonneau shape so en vogue in the Art deco period, has now become a highlight of the brand. made in pink gold, this case remains one of the main elements of interest of this chronograph.


GOLDEN LIFESTYLE 37

HermÈs Cape Cod Tonneau Jewellery in Pink Gold Cape Cod, a península em forma de âncora situada na costa oeste dos Estados Unidos, é um lugar especial para a Hermès, que não hesitou em usar o seu nome para baptizar um relógio com uma elegância singular. A versão em ouro rosa, decorada com diamantes, mostrador em madrepérola e pulseira em pele de crocodilo, é simplesmente irresistível.

cape cod, the anchor shaped peninsula on the east coast of America is a special place for hermès, which had no qualms in using its name to baptise a watch of singular elegance. the pink gold version decorated with diamonds, mother-of-pearl dial and crocodile skin bracelet, is simply irresistible.

Cvstos Re-Belle LadyCharm Skull A linha “Re-belle LadyCharm” da Cvstos conta agora com um novo modelo pleno de irreverência e estilo. O “Skull” (Caveira) foi concebido segundo um espírito irrequieto onde o padrão de pele de leopardo da bracelete aparenta ter continuidade sobre o mostrador onde flutua a forma de uma caveira. A caixa em ouro rosa destaca-se pela sua moldura de diamantes em talhe baguete.

Girard-Perregaux Tourbillon with Three Gold Bridges, Lady A versão feminina deste complicado e raro modelo de alta relojoaria conta com uma silhueta destacada por uma série de diamantes que reforçam a sua soberba arquitectura. Coroado com um vidro de safira ligeiramente abaulado, o bisel que o contorna foi decorado com mais 1,80 ct de diamantes que iluminam o turbilhão e as três pontes que atravessam o mostrador.

the lady’s version of this complicated and rare model of haute horlogerie features a silhouette highlighted by a series of diamonds that reinforce its superb architecture. crowned with slightly curved sapphire glass, the bezel surrounding it has been decorated with an additional1.8 carats more of diamonds that light up the tourbillon and the three bridges crossing the dial.

the “re-belle Ladycharm” range from cvstos now features a new model rich in irreverence and style. the “skull” (caveira) has been designed according to a restless spirit where the leopard skin print on the bracelet appears to continue on the dial on which the form of a skull floats. the pink gold case stands out for its baguette-cut diamond frame.


GOLDEN GOLDEN LIFESTYLE LIFESTYLE 3838

CARROS ARTE||CARS ART

Fast Forward o novo porsche 918 spyder é uM espeLho dA evoLução dA indústriA AutoMóveL nAs próxiMAs décAdAs the new porsche 918 spyder echoes the car industry’s evoLution in recent decades

TEXTO | TEXT JOãO CuNhA


a

marca fundada por Ferdinand Porsche sempre gostou de desafios. Para os homens de Stuttgart, qualquer estímulo serve para aprender e para se superarem, numa homenagem ao espírito visionário do seu fundador. Um dos mais conseguidos exemplos desta filosofia é o formidável Porsche 959, de 1985: revolucionário, tornou obsoletos muitos dos seus concorrentes, através de uma série de caraterísticas inovadoras que serviram de base para formulações técnicas da indústria automóvel actual. Recentemente, a marca germânica apresentou o herdeiro do 959: o Porsche 918 Spyder, uma montra tecnológica desenvolvida com o objectivo de conceber um automóvel que aliasse a propulsão eléctrica à possibilidade de transmitir as mais apuradas e intoxicantes performances em pista. O 918 Spyder é um automóvel baseado num sistema de propulsão híbrida plug-in, que combina um motor V8 de 4.6 litros de cilindrada a gasolina com dois motores eléctricos instalados em cada eixo. A potência total ascende aos 887 cavalos e o binário varia entre uns assombrosos 917 e 1218 Nm. A transmissão recorre a uma caixa automática de dupla embraiagem com sete relações, enquanto a tracção é dianteira quando circula em modo eléctrico e integral adaptativa quando em modo híbrido. As prestações são avassaladoras. Em modo híbrido, a aceleração dos 0-100 km ocorre em 2.8 segundos e a velocidade máxima ultrapassa os 340 km/h; em modo eléctrico, os 100 km/h são atingidos em menos de 7 segundos e a velocidade máxima é de 150 km/h. Os consumos indicados variam entre os 3.0 e os 3.3 l/100 km, enquanto a autonomia das baterias é de 30 km, podendo ser ampliadas através do sistema de regeneração de energia ou carregadas numa tomada eléctrica convencional. Para obter estas prestações, o chassis em fibra de carbono foi cuidadamente desenvolvido visando a redução de peso, que mesmo assim se cifra nos 1700 quilogramas, devido à inclusão das baterias de iões de lítio.

T

he car manufacturer founded by Ferdinand Porsche has always enjoyed challenges. For the Stuttgart based team any stimulus serves as a means to learn and to excel, in a tribute to the visionary spirit of the company’s founder. One of the most successful examples of this philosophy is the incredible Porsche 959 from 1985: revolutionary, it rendered many of its competitors obsolete, through a series of innovative features that would lead the way for technical formulations in today’s car industry. The German manufacturer recently unveiled the heir to the 959: the Porsche 918 Spyder, a technological showcase developed with the aim of creating a motor vehicle that combines electrical propulsion with the ability to achieve the most refined and exhilarating track performances. The 918 Spyder features a ‘plug-in’ hybrid propulsion system, which combines a V8, 4.6-litre petrol engine with two electric motors fitted on either axle. The total power delivered is 887 horsepower, with the torque varying between a staggering 917 and 1218 Nm. The transmission features a double-clutch automatic seven-speed gearbox, with power delivered to the front axle when driving in electric mode, and adapting to both axels when in hybrid mode. The car’s performance is outstanding. In hybrid mode, it accelerates from 0 to 100 km/h in 2.8 seconds and has a top speed of more than 340 km/h; in electric mode, it reaches 100 km/h in less than seven seconds and achieves a top speed of 150 km/h. Fuel consumption varies between 3.0 and 3.3 l/100 km, while the battery range is 30 km, which can be extended through an energy regeneration system or when charged via a conventional electrical socket. To achieve such performance levels, the carbon fibre chassis was carefully developed with weight reduction in mind, but nonetheless hits 1700 kilos, due to the added weight of the lithium-ion batteries.


GOLDEN LIFESTYLE 40

CARROS | CARS

Ao volante encontramos um automóvel digno da marca que representa, ágil e poderoso, envolvente e desafiante, muito acima da imagem de um simples automóvel híbrido e muito perto da perfeição. As mudanças de direcção são vertiginosas, em parte devido ao sistema de quatro rodas direccionais, enquanto o sistema de travagem desenvolvido em parceria com a Bosch permite suprimir o desconforto da passagem entre a desaceleração eléctrica e a hidráulica. O comportamento é benigno e as performances são exemplares, como atesta o facto do Porsche 918 Spyder ter sido o primeiro automóvel de produção em série a rodar abaixo dos 7 minutos no famoso circuito de Nurburgring. Com este modelo, a marca de Stuttgart prova que é possível conceber um superdesportivo híbrido que respeite o ambiente mas, acima de tudo, mostra que o espírito de Ferdinand Porsche se encontra bem vivo numa época de grandes transformações na indústria automóvel.

At the wheel we find a car worthy of the brand it represents, agile and powerful, compelling and challenging, far beyond the image of a standard hybrid vehicle, and very close to perfection. The car turns on a knife’s edge, partly due to all four wheels being steerable, while the brake system developed in partnership with Bosch overcomes any discomfort of switching between electrical and hydraulic deceleration. The behaviour is benign and the performances exemplary, as proved by the fact that the Porsche 918 Spyder is the first production car to complete a lap of the famous Nurburgring circuit in under than seven minutes. With this model, the Stuttgart manufacturer proves that it is possible to design a supersports hybrid that respects the environment, but which, above anything else, shows that the spirit of Ferninand Porsche is alive and kicking in an era of major changes to the car industry.

Ao voLAnte encontrAMos uM AutoMóveL digno dA MArcA que representA, ágiL e poderoso, envoLvente e desAfiAnte, Muito AciMA dA iMAgeM de uM siMpLes AutoMóveL híbrido e Muito perto dA perfeição at the wheeL we find a car worthy of the brand it represents, agiLe and powerfuL, coMpeLLing and chaLLenging, far beyond the iMage of a standard hybrid vehicLe, and very cLose to perfection


OS NOVOS SABORES DE LUANDA O Restaurante Presidente, localizado no Hotel Presidente no centro de Luanda, com uma localização privilegiada, propõe -lhe a degustação dos mais tentadores sabores para o corpo e para a alma. Pratica a arte de bem receber e garante-lhe uma inesquecível experiência, resultante das mais sofisticadas combinações de comida internacional e angolana, com toda a simpatia de um serviço exemplar e de uma decoração cuidada e cosmopolita. Possui também uma fantástica esplanada e bar no oitavo piso, tornando-se no local ideal para fazer o seu almoço de negócios ou de lazer, num autêntico sucesso.

RESTAURANTE PRESIDENTE

a vontade de saborear a vida e voltar. HOTEL PRESIDENTE LARGO 4 DE FEVEREIRO | LUANDA | TEL. +244 222 311 717 | WWW.HOTELPRESIDENTELUANDA.COM


GOLDEN LIFESTYLE 42

CARROS | CARS

British o novo topo de gAMA dA Aston MArtin é Muito provAveLMente o MeLhor cArro de produção eM série jAMAis criAdo peLA fAMosA MArcA britânicA the new fLagship ModeL froM aston Martin is quite probabLy the best production car ever created by the faMous british Manufacturer

TEXTO | TEXT JOãO CuNhA


GOLDEN LIFESTYLE 43

F

undada em 1913 por Lionel Martin, a Aston Martin rapidamente se tornou sinónimo de luxo e elegância desportiva. De vencedora de Le Mans a campeã mundial de marcas, de incontornável símbolo de Hollywood a produtora dos mais distintos Grande Turismo, a casa de Gaydon trilhou um percurso ilustre e invejável, alicerçado no hábito de fazer as coisas à sua maneira. No topo da actual gama da Aston Martin encontra-se o belíssimo Vanquish. Apresentado sobre a forma de concept car no “Concorso D’Eleganza de Villa D’Este” de 2012, este modelo congrega toda a experiência e sabedoria que a marca adquiriu ao longo de cem anos de existência. O chassis em alumínio, baseado na versátil plataforma VH, viu 75% dos seus elementos serem alterados, visando não só a redução de peso mas também a montagem do motor numa posição mais baixa e recuada. Os painéis da carroçaria são construídos em fibra de carbono, contribuindo para uma melhoria da rigidez torsional e uma redução de peso total, que se fica pelos 1750 Kg. Esteticamente, o novo modelo concilia a elegância do DB9 e do Rapide com a força desportiva do One-77, numa combinação extremamente inspirada e grandiosa, distinta e expressiva, mas sempre inegavelmente Aston Martin.

F

ounded in 1913 by Lionel Martin, Aston Martin soon became synonymous with luxury and sporting elegance. From Le Mans winner to world manufacturers champion, from unmistakable Hollywood symbol to producer of the most distinctive Grand Tourers, the Gaydon based manufacturer has trodden an illustrious and enviable path, driven by the habit of doing things its own way. At the top of Aston Martin’s current range, we find the beautiful Vanquish. Presented as a concept car at the 2012 Concorso D’Eleganza de Villa D’Este, this model is the sum of all the experience and knowhow that the manufacturer has acquired throughout its 100 years in existence. The aluminium chassis, based on the versatile VH platform, saw 75% of its parts changed, with the intention not only to reduce weight, but also to mount the engine in a lower position, and further back. The bodywork panels are made of carbon-fibre, ensuring improved torsional rigidity and a reduction on overall weight, which is now around the 1750-kg mark. Aesthetically, the new model blends the elegance of the DB9 and of the Rapide with the sporting strength of the One-77, in a combination that is virtuoso and grandiose, unique and expressive, but always undeniably Aston Martin.


Ao voLAnte, o vAnquish destAcA-se peLAs suAs cArAterísticAs de grAnde turisMo, eM especiAL peLA utiLizAção descontrAídA e refinAdA, peLA enorMe sensAção de conforto

at the wheeL, the vanquish stands out for its grand tourer characteristics, and in particuLar for its reLaxed and refined usabiLity, for the great feeLing of coMfort

As alterações da plataforma reflectem-se também no interior, através do aumento da habitabilidade, do conforto e do volume da bagageira. De ambiência sublime e fiel aos valores da marca, onde quase tudo é revestido a pele ou alcantara de qualidade referencial, o renovado interior encontra-se equipado com um novo sistema de comando que agrupa de forma eficiente e simples os vários controlos, onde se destaca obviamente o rádio desenvolvido pela Bang & Olufsen. O V12 de 5.9 litros de cilindrada recebeu uma nova cabeça, novo sistema de admissão e um centro de comando variável da admissão e do escape. A potência foi elevada para os 565 cavalos, obtidos às 6750 rpm e o binário máximo é agora de 620 Nm às 5500 rpm. A transmissão é automática de seis relações, contribuindo para o carácter mais estradista do modelo. Ao volante, o Vanquish destaca-se pelas suas caraterísticas de Grande Turismo, em especial pela utilização descontraída e refinada, pela enorme sensação de conforto - para a qual contribui a suspensão de amortecimento variável capaz de absorver os ressaltos sem descurar o comportamento - e pela suavidade de funcionamento do motor e transmissão. No entanto, as credenciais de desportivo não foram esquecidas: o novo Aston Martin é rápido, equilibrado, tem uma direcção hidráulica extremamente comunicativa e travões poderosos. A posição de condução é simplesmente perfeita, enquanto as performances estão ao nível do esperado para um nome desta categoria. Não sendo tão extremo como alguns dos seus concorrentes, o novo Vanquish é um automóvel especial e um corolário perfeito da identidade Aston Martin.

The changes made to the platform are also reflected in the interior, through the increase in usability, comfort and boot space. Sublime to sit in and true to the brand values, where almost everything is covered in the softest, most supple of leather, the revamped interior is now equipped with a new infotainment system and a centre console that efficiently and simply houses the various controls, the highlight of which is obviously the radio developed by Bang & Olufsen. The V12, 5.9-litre engine has received a new block and head, with variable valve timing and bigger intake manifold. The power has been upped to 565 horsepower obtained at 6750 rpm, and the maximum torque is now 630 Nm at 5500 rpm. The transmission is automatic, six-speed, contributing to the touring quality of the model. At the wheel, the Vanquish stands out for its Grand Tourer characteristics, and in particular for its relaxed and refined usability, for the great feeling of comfort – helped by the variable damping suspension able to absorb bumps without affecting behaviour -, and for the smooth engine and transmission performance. Its sports credentials have not been forgotten however: the new Aston Martin is fast, balanced, enjoying extremely responsive hydraulic steering and powerful brakes. The driving position is simply perfect, while performances are what you would expect for a name of this calibre. Not as extreme as some of its competitors, the new Vanquish is a special motor vehicle and a perfect culmination of the Aston Martin identity.


GOLDEN LIFESTYLE 46

CARROS | CARS

MASeRAti Ghibli

emoções racionais

rational emotions

Em 2012,, a Maserati vendeu pouco mais de 6 mil carros. Em 2015, quer vender 50 mil. É um projecto ambicioso e no qual o novo Ghibli tem um papel absolutamente fundamental. Para já, o sucesso parece garantido, uma vez que a marca vai chegar perto das 25 mil encomendas já este ano. O Ghibli é uma berlina desportiva que promete fazer frente aos alemães e com o primeiro motor diesel da marca a juntar-se ao V6 Turbo desenvolvido pela Ferrari. Este é um automóvel com um apelo emocional muito significativo que não descura o factor racional no momento da compra.

In 2012 Maserati sold a little over 6000 cars. In 2015 it wants to sell 50,000. This is an ambitious project, in which the new Ghibli plays a fundamental role. For now, the success seems certain, since the manufacturer will achieve close to 25,000 orders this year alone. The Ghibli is a sports saloon that promises to take the Germans on at their own game and features the manufacturer’s first diesel engine joining the V6 Turbo developed by Ferrari. This is a motor vehicle with important emotional appeal that does not overlook the rational factor at the moment of purchase.

performance familiar A nova Audi RS6 Avant é um carro muito especial. Sem esquecer as suas virtudes familiares, está equipada com um bombástico motor V8 de 560 cavalos de potência capaz de cumprir os 100 km/h em apenas 3.9 segundos e chegar aos 305 km/h de velocidade máxima. A transmissão automática é de 8 velocidades e, como não poderia deixar de ser num Audi de alta performance, o sistema Quattro de tracção integral faz milagres em qualquer tipo de piso. Familiar e muito desportiva, a RS6 Avant é um dos mais completos automóveis do mundo. family power

Audi

RS6 AvAnt

The new Audi RS6 Avant is a very special car. Without forgetting its family virtues, it is equipped with a bombastic V8, 560 horsepower engine, able to accelerate to 100 km/h in just 3.9 seconds, and to reach a top speed of 305 km/h. The 8-speed automatic transmission and, as we would expect in any high performance Audi, the quattro all-wheel drive system performs wonders on any road surface. Family friendly yet very sporty, the RS6 Avant is one of the world’s most comprehensive motor vehicles.


GOLDEN LIFESTYLE 47

bMW i3 electrizante

electrifying

Os automóveis eléctricos ainda não conseguiram cativar o mercado de forma significativa, mas tudo vai mudar com o novo e revolucionário BMW i3. Construído sobre uma plataforma totalmente nova em fibra de carbono, o i3 dispõe de um motor eléctrico de 170 cavalos e um binário máximo de 250 Nm, um número avassalador para um carro tão leve. Associado à compra do carro estão uma série de serviços inovadores disponibilizados pela marca, que fazem do i3 um conceito único de mobilidade. Com um design fantástico e performances dignas da marca que ostenta, o i3 é uma lufada de ar fresco destinada ao sucesso.

Electric powered motor vehicles are yet to significantly take on the market, but this could all change with the new and revolutionary BMWi3. Built on a totally new carbon-fibre platform, the i3 features a 170 horsepower electric motor and a maximum torque of 250 Nm, an amazing result in a car that is so light. Buying the car includes a series of innovative services offered by the manufacturer, making the i3 a unique mobility concept. With fantastic design and performance worthy of the brand, the i3 is a breath of fresh air bound for success.

identidade robusta O segmento dos SUV de luxo é altamente rentável para as marcas e mais cedo ou mais tarde a Jaguar teria que se juntar ao grupo. Com o concept car C-X17 apresentado no Salão de Frankfurt, a marca britânica dá claras indicações de como será o seu modelo de entrada no segmento. Dotado de um design que mantém inalterada a identidade da marca, o C-X17 dará origem a modelos de produção capazes de superar os 300km/h e com emissões abaixo dos 100g/km. Recheado de tecnologia, este estudo pretende demonstrar ainda o potencial técnico presente nos próximos Jaguar. designing the future

The luxury SUV segment is highly lucrative for manufacturers and sooner or later Jaguar had to join the gang. With the C-X17 concept car presented at the Frankfurt Motor Show, the British manufacturer gives clear indications of what its entry model in the segment will be like. Endowed with a design that leaves the brand’s identity intact, the C-X17 leads the way for production models able to surpass 300 km/h and with emissions below 100 g/km. Packed with technology, this prototype also aims to show the technical potential present in coming Jaguars.

JAGuAR C-X17


GOLDEN LIFESTYLE 48

SOM | SOUND

deSigN & beyoNd A bAng & oLufsen ĂŠ reconhecidA MundiALMente peLA quALidAde do seu design e peLA vAnguArdA dA tecnoLogiA eMpregue eM todos os seus produtos bang & oLufsen is known around the worLd for the quaLity of its design and for the up-to-the-Minute technoLogy it uses in aLL of its products

TEXTO | TEXT PedRO VieiRA


GOLDEN LIFESTYLE 49

a

mais famosa marca dinamarquesa de electrónica high-end nasceu em 1925, fruto de um sonho de Peter Bang e Svend Olufsen. Fundada numa pequena cidade do Norte dinamarquês, os dois empresários quiseram criar uma gama de produtos audio que chegasse ao utilizador sem ser corrompido pelas limitações da tecnologia. E quando estas existiam, eles melhoravam-na. A B&O é hoje uma referência de design industrial e a sua excelência ao nível audiovisual é reconhecida nos quatro cantos do mundo. Os seus equipamentos variam entre televisões, sistemas de som, colunas de alta performance e agora docks para iPhone, iPod e iPad, mantendo uma simples promessa: a combinação de alta tecnologia com muita emoção, numa embalagem pautada pelo design, que deve ser simplesmente extraordinária. A questão do design sempre foi muito importante para a Bang & Olufsen, mas a marca quer este seja um elemento mais comunicativo do que identificativo, uma vez que é a qualidade dos produtos que deve distingui-los da concorrência. Ao topo de gama BeoLab 5, em catálogo desde 2003, a B&O adiciona agora as fantásticas BeoLab 8002, oferecendo numas colunas de inegável apelo estético uma qualidade técnica aliada à elevada potência. O design elegante e harmonioso pretende ocupar o mínimo de espaço e maximizar a eficiência do produto. Com os novos sistemas de amplificação ICE, as BeoLab 8002 permitem altas frequências e volumes, mas sem nunca serem desagradáveis aos ouvidos dos seus privilegiados utilizadores. Em termos de imagem, a inigualável BeoVision 12 oferece uma verdadeira experiência HD de televisão, com a sua nova tecnologia de ecrãs

d

enmark’s most famous high-end electronics brand came into being in 1925, the result of a dream of Peter Bang and Svend Olufsen. Founded in a small Northern Denmark town, the two entrepreneurs wanted to create a range of audio products that would reach users without being compromised by the limitations of technology. And when these existed, they would improve on them. B&O is today a leading name in industrial design and its audiovisual excellence is recognised around the globe. Its appliances vary between televisions, sound systems, high performance loudspeakers and now docking stations for iPhone, iPod and iPad, maintaining a simple promise: the combination of high tech with plenty of emotion, in a packaging governed by design, which should be simply extraordinary. The issue of design has always been very important for Bang & Olufesen, but the brand would like this to be more of a communicative element that an indentifying one, seeing as the quality of the products is what should set it apart from the competition.

plasma com possibilidade de funções de visualização 3D. Incorporando diversas inovações tecnológicas, este topo de gama da marca tem como objectivo proporcionar uma visualização correcta em qualquer posição na sala, algo que a concorrência não oferece. As 65 polegadas e a qualidade de imagem absolutamente perfeita sugerem a passagem de várias horas a desfrutar de uma experiência audiovisual sem limites e sem igual. Para os apaixonados pela Apple, a B&O criou o novo BeoPlay A8. Com um design magnífico e uma qualidade de som incrível para um dispositivo tão compacto, esta dock pode ser fixada na parede ou colocada em cima de um móvel ou estante, sendo um complemento de inegável classe em qualquer sala ou escritório. A possibilidade de reprodução via streaming é uma mais valia, sendo compatível com AirPlay ou DLNA. Utilizada como dock, carrega a bateria do iPhone, iPod ou iPad. A Bang & Olufsen tem ainda em catálogo muitos outros produtos singulares, que pretendem enriquecer o dia-a-dia dos utilizadores através da criação de uma relação emocional com a marca. Num mercado altamente competitivo, é muito difícil criar-se uma identidade própria que seja distinta de tudo o resto, mas foi exactamente isso que a B&O conquistou.


GOLDEN LIFESTYLE 50

SOM | SOUND

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

A b&o é hoje uMA referênciA de design industriAL e A suA exceLênciA Ao níveL AudiovisuAL é reconhecidA nos quAtro cAntos do Mundo b&o is today a Leading naMe in industriaL design and its audiovisuaL exceLLence is recognised around the gLobe

B&O

now adds the fantastic BeoLab 8002 to the top of the BeoLab 5 range, featured in the catalogue since 2003, offering technical quality and heightened performance in loudspeakers of undeniable aesthetic appeal. The elegant and harmonious design aims to occupy the minimum of space and to maximise the efficiency of the product. With the new ICE amplification system, the BeoLab 8002 allow high frequencies and volumes, while always remaining pleasant to the ears of their lucky owners. In terms of image, the unrivalled BeoVision 12 offers a true HD experience of television, with its new plasma screen technology and 3D visualisation possibilities. Containing various technological innovations, this top-of-the-range item from the brand aims to provide perfect viewing no matter what part of the room you’re looking from, something the competition does not offer. The 65 inches and absolutely perfect image quality invite you to spend hours enjoying a boundless and unrivalled audiovisual experience. For Apple fans, B&O has created the new BeoPlay A8. Boasting magnificent design and incredible sound quality for such a compact device, this docking station can be fixed to the wall or stood on a piece of furniture or bookcase, making it a stylish complement to any living room or office. The possibly for sound reproduction via streaming, and its compatibility with AirPlay and DLNA, provides a further benefit. Used as a dock, it also charges iPhone, iPod and iPad batteries. Bang & Olufsen also has many other unique products in its catalogue, designed to enrich users’ day-to-day lives through the creation of an emotional relationship with the brand. In a highly competitive market, it is very difficult to create a unique identity, which is different from all the rest, but this is exactly what B&O has achieved.


PUBLIREPORTAGEM

MK2 - SOM ELEVADO À PERFEIÇÃO sound lifted to perfeCtion

é A purezA dA pArtiLhA que resuLtA nA perfeição do serviço que prestAM. soM eLevAdo à perfeição é o resuLtAdo que pretendeM gArAntir e AbrAçAM cAdA projecto coM o coMproMisso de encontrAr A MeLhor soLução no produto finAL

it is the puritY of sharing that provides the perfeCtion of the serviCe provided. sound lifted to perfeCtion is the result theY aim to ensure and theY emBraCe eaCh proJeCt Committed to finding the Best solution in the final produCt

MK2 é o nome escolhido e o seu significado espelha na perfeição o lema adoptado para a actividade que decidiram iniciar há 12 anos. O termo MK2 é sinónimo, no meio técnico, para um remake ou segunda versão melhorada, mas no caso desta empresa o objectivo é conquistar a melhor versão logo à primeira, facto que os seus clientes confirmam pela fidelização e pela crescente e forte adesão do mercado nacional e internacional. Com sede no Chiado, habitam um espaço amplo decorado com um estilo contemporâneo e suficientemente neutro para ser convertido no local ideal para receber eventos nas mais diferentes áreas, seja da moda à música, passando pela arte e cultura. Já receberam marcas de renome mundial como a Louis Vuitton, Armani, Marc Jacobs, LongChamp, Custo Barcelona, Sony Alfa, Nokia, entre outras, assegurando em todos os eventos o melhor ambiente de som e luz e sempre considerando os equipamentos áudio e vídeo que fornecem enquanto representantes das mais distintas marcas do mercado.

Mk2 is name chosen and its meaning perfectly reflects the motto adopted for the activity they decided to start 12 years ago. The term Mk2 is synonymous, in the tech world, with a remake or second improved version, but in the case of this company the aim is to achieve the best version from the outset, a fact proved by their customers’ loyalty and for the growing and major interest from the national and international market. Based in Lisbon’s Chiado neighbourhood, they occupy a large space decorated in a contemporary style, sufficiently neutral to be converted to host events in the most varied of fields, from fashion to music, or art and culture. They have already welcomed world renowned brands such as Louis Vuitton, Armani, Marc Jacobs, LongChamp, Custo Barcelona, Sony Alfa, Nokia, among others, ensuring in every event the best sound and lighting, and always featuring the audio and visual equipment they supply as representatives of the most diverse of market brands.


SOM ELEVADO À PERFEIÇÃO

Especialistas em encontrar o melhor equipamento de áudio para a sua empresa, casa ou evento, foram seleccionados para trabalhar espaços como o Cantinho do Avillez, o Restaurante Belcanto, o Silk Club, em Lisboa, entre outros. No âmbito desses projectos, decidiram ampliar a sua actividade, abraçar uma nova dimensão e traçar novos caminhos na missão de trazer até aos seus clientes a melhor opção de áudio e vídeo, certificando uma utilização simples, confortável e autónoma. Cada espaço é estudado ao pormenor. Querem conhecer e avaliar cada característica para que desta forma possam escolher o equipamento mais adequado para o local e fim a que se destina. Desde as colunas aos cabos de ligação, à estrutura arquitectónica do edifício ou até mesmo às condições climatéricas, nada é deixado ao acaso e todo o detalhe é analisado e testado até que se chegue a um resultado de excelência. Em Angola, contam com uma vasta e importante carteira de clientes, tendo sido escolhidos para personalizar diversos projectos, desde casas particulares a espaços como o Tamariz Restaurante Bar, discotecas privadas, o Edifício Dinette Space project, a Soares da Costa Angola, entre muitos outros. Não é por acaso que foram escolhidos pela Academia BAI para dotar as suas instalações de todo o equipamento áudio e vídeo, tendo sido da sua responsabilidade o estudo, projecto, fornecimento e instalação desses equipamentos nos espaços comuns do bar, ginásio, praça exterior auditórios e espaço multifuncional. Para a equipa da MK2 nem o céu é o limite, e quando chegou o convite da organização do Rock in Rio, em 2011, para assegurar o som para a festa no Airbus A330 que fazia a ligação Lisboa-MadridRio de Janeiro, não hesitaram em aceitar. O sucesso foi garantido! QUEREM DOMINAR O SOM E A IMAGEM POR SABEREM QUE PRATICAM UMA LINGUAGEM UNIVERSAL, E ESTÃO FOCADOS EM QUEBRAR QUALQUER BARREIRA PARA QUE POSSAM LEVAR ATÉ SI A SOLUÇÃO PERFEITA, À SUA MEDIDA E NO EXACTO REFLEXO DO QUE DESEJOU.

Experts in finding the best audio equipment for your company, home or event, they have been selected to work in spaces such as Cantinho do Avillez, Restaurante Belcanto, the Silk Club, in Lisbon, among others. As part of these projects, they have decided to expand their activity to cover a new dimension and embark down different avenues in the mission to bring their customers the best audio and video solutions, which are easy to use, comfortable and independent. Each space is meticulously studied. Their aim is to understand and assess every characteristic, so that they choose the equipment best suited to the site and purpose. From the loudspeakers and cabling, to the architectural structure of the building, or even the climatic conditions, nothing is left to chance and every single detail is analysed and tested until an excellent result is achieved. In Angola they have a vast and important customer portfolio, and have been chosen to customise various projects, from private homes to spaces such as the Tamariz Restaurante Bar, private nightclubs, the Edifício Dinette Space project, Soares da Costa Angola, among many others. It is not by chance that they have been chosen by the BAI Academy to fit its premises with audio and video equipment, commissioning them to undertake the study, design, supply and installation of equipment in communal spaces such as the bar, gym, outdoor square, auditoriums and multipurpose space. For the MK2 team not even the sky’s the limit, and when the invitation arrived from the organisers of Rock in Rio in 2011, to supply the sound tech for a party aboard an Airbus A330 flying from Lisbon to Rio de Janeiro via Madrid, they didn’t hesitate to accept. Their success was guaranteed! KNOWING THAT THIS IS A UNIVERSAL LANGUAGE, THEIR GOAL IS TO MASTER SOUND AND IMAGE, AND THEY ARE FOCUSED ON BREAKING ANY BARRIER TO BE ABLE TO BRING YOU THE PERFECT SOLUTION, TO YOUR REQUIREMENTS AND FULLY ENCAPSULATING YOUR WISHES.

Rua das Flores, nº 41-43, Chiado • 1200-093 Lisboa Tel: (+351) 213 150 374/85 • Tlm: (+351) 939 999 903 • Tel. Angola: (+244) 930 136 591 E-mail: geral@mk2.pt • www.mk2.pt


GOLDEN LIFESTYLE 54

PERFUMES | FRAGRANCES

paraíso das essênCias frAgrAnce pArAdise

Ao Longo de váriAs décAdAs, A cAsA perfuMistA creed criou MAis de duzentos perfuMes excLusivos e singuLAres, verdAdeirAs obrAs priMAs dA criAtividAde over Many decades, perfuMe house creed has created More than two hundred excLusive and unique fragrances, veritabLe Masterpieces of creativity TEXTO | TEXT eMA BRANCO

d

esde a sua fundação em 1760 que as criações da casa Creed são reconhecidas pela sua qualidade, requinte e originalidade. Com uma clientela de luxo e muito selectiva, a Creed dedicou-se à criação de perfumes singulares, verdadeiras obras primas da criatividade. Ao longo de várias décadas e gerações, mais de duzentos perfumes exclusivos, todos originais e produzidos à mão, foram criados pela família Creed. Olivier Creed, actualmente presidente da casa e o sexto na linha familiar de perfumistas, apresentou recentemente aos cinco continentes os frutos do seu trabalho criativo. Os “Millesimes” foram criados com as mais puras essências existentes no mundo, oriundas da Bulgária, Turquia, Marrocos, Índia, entre tantos outros lugares. Trabalhando com base na técnica de infusão, Olivier Creed cria fragrâncias únicas mantendo sempre a tradição do fundador da casa perfumista, James Henry Creed. Os frascos, originais e exclusivos, têm uma tampa de vidro revestida de pele natural que ajuda a preservar a preciosa fragrância. Os perfumes Creed estão disponíveis no espaço exclusivo da marca na Boutique dos Relógios Plus, na Avenida da Liberdade, em Lisboa.

e

ver since its foundation in 1760, Creed’s creations have been renowned for their quality, refinement and originality. With a luxury and highly discerning clientele, Creed focuses on the creation of unique fragrances, veritable masterpieces of creativity. Over the decades and the generations, the Creed family has created more than two hundred exclusive perfumes, each of them original and handcrafted. Current chairman Olivier Creed, the sixth in the Creed lineage, recently presented the fruits of his creative labour to the five continents. The Millesimes have been produced using the purest of essences on the planet, sourced from Bulgaria, Turkey, Morocco, India and so many other places in the world. Using the technique of infusion as a base, Olivier Creed creates unique fragrances, retaining the tradition of the founder of the house of perfumes, James Henry Creed. The bottles, original and exclusive, feature a glass stopper covered in natural leather, which helps preserve the precious fragrance. Creed perfumes are available in the brand’s exclusive outlet in the Boutique dos Relógios Plus, on Lisbon’s Avenida da Liberdade.


mQUI DAMOS FORMA AOS SEUS SONHOS HHHH H H H H HH

Om mmmhommm mommmtom mão mm mmqummmm… Pmmmm mm um mummm mmpmmmmm pmmm um mommmto mmpmmmmmm O Hotmm mmmmmmm mmmmmmm é mmmm mommmm Em umm mtmomfmmm dm mmqummtmm mom umm mmmtm dmmmumbmmmtm mobmm o mtmâmtmmom é o mommm pmmfmmto pmmm m mum mmmmmm dm fémmmm ou dm mmmommomm O Hotmm mmmmmmm mmmmmmm é um mumdo à pmmtmm Bmmt mommmtm mmm mmmmm fommottmmm mhmmk of m mpmmmmm pmmmm fom m mpmmmmm mommmtm Hotmm mmmmmmm mmmmmmm mm thmt pmmmmm Im m mumummoum mmbmmmmmm wmth bmmmthtmkmmm mmmwm ommm thm mtmmmtmm Ommmmm mt mm thm pmmfmmt pmmmm fom mmthmm bummmmmm om pmmmmummm Hotmm mmmmmmm mmmmmmm mm m wommd mpmmtm

www.cascaismirage.com mmm mmmmmmmm mmmmmmm mmmm m mmm mmmmmmm m mmmm mmmmmm mmm mmm mmm m mmm mmmmmm mmm mmm mmm


Identidade que marca

FOTO: Nuno martins

Striking identity

TEXTO | TEXT Vilan Monroy

Apaixonada desde muito cedo pelo mundo da moda, a estilista Mariângela criou recentemente a marca de roupa Fiu Negro, um tributo à identidade pessoal e colectiva da cultura africana Passionate since an early age about the world of fashion, designer Mariângela recently created t he Fiu Negru fashion label, a tribute to the personal and collective identity of African culture


A

recém-nascida marca de roupa Fiu Negru é um tributo à identidade pessoal e colectiva que comemora a cultura africana e faz dela o padrão base duma colecção étnica, moderna e cheia de cor. Nas palavras de Mariângela Almeida, 24 anos, formada em Marketing, estilista e proprietária da marca: “ a mulher Fiu Negru é uma mulher confiante o suficiente para “vestir” a sua cultura. Luta pela diferença e pela presença de Angola no mundo.” A moda sempre foi a sua paixão e a ideia de criar a marca surgiu em Londres, país em que viveu enquanto fazia a sua formação académica. Desde cedo viveu e respirou moda. Apaixonou-se pelas diferentes culturas que conheceu e que sempre achou interessante o facto de cada indivíduo manter a sua identidade, apesar do impacto da globalização dos tempos actuais. Foi precisamente esse o desafio a que se propôs colocar em práctica com a marca Fiu Negru, por acreditar que através da moda pode reforçar e celebrar o elo dos seus antepassados com a modernidade dos modelos que cria, num tributo à cultura do seu país e à identidade do seu povo. Orgulhosa da sua identidade, iniciou a sua actividade em Julho deste ano, e nos dois bazares em que esteve presente viu as suas peças esgotarem rapidamente. Contou com uma participação num desfile alusivo ao mundial de hóquei no hotel Trópico e esteve presente no Belas Fashion, onde teve oportunidade de fechar o desfile de crianças e apresentar as suas propostas para os mais novos. Apesar de ainda não ter um espaço físico, mas previsto para breve, a marca já está a ser divulgada nas redes sociais, com mais de 4 mil seguidores que acompanham as novas criações via Instagram “fiu_negru” ou no Facebook.

T

he recently created fashion label Fiu Negru is a tribute to the personal and collective identity that commemorates African culture and makes of it the founding pattern of an ethnic, modern and colourful collection. In the words of Mariângela Almeida, 24, trained in marketing, fashion designer and brand founder: “the Fiu Negru woman is a confident enough to ‘dress’ her culture. She fights for change and to bring Angola onto the world stage”. Fashion has always been her passion and the idea of creating the brand came about in London, the city she lived in while doing her studies. From a young age she lived and breathed fashion and fell for the different cultures she came across, and always thought it interesting that each individual maintains their identity, despite the impact of globalisation of the modern world. It was precisely this challenge that she decided to put into practice with the Fiu Negru brand, in believing that through fashion she can strengthen and celebrate the connection with her predecessors with the modernity of the pieces she creates, in a tribute to the culture of her country and to the identity of her people. Proud of her identity, she began business on July 6th of this year, and at two bazaars where she was present she watched as her clothes sold out in no time. She took part in a fashion show held to mark the Roller Hockey World Cup at the Hotel Trópico and attended Belas Fashion, where she had the chance to close the children’s fashion show and present her suggestions for kids. Although still to have a physical outlet, planned for the near future, the label is already being marketed on social networks, with more than


Os modelos que apresenta promovem uma imagem intensa, divertida, imponente e reflectem a confiança que resulta da integração da força das suas raízes com a frescura da novidade das suas viagens

The items she presents promote an intense, fun, impressive image, while reflecting the confidence resulting from the integration of the strength of her roots with the freshness of recent travels

Usa padrões fortes em cortes actuais e cria modelos com tons vivos alusivos à terra e aos trópicos numa explosão de cores bem integradas. Os modelos que apresenta promovem uma imagem intensa, divertida, imponente e reflectem a confiança que resulta da integração da força das suas raízes com a frescura da novidade das suas viagens. Consciente de que a moda em Luanda é neste momento muito valorizada, a marca que criou pretende ser um reconhecimento do lema que adoptou: “Transparecer uma ideia moderna e um movimento de inclusão e diversidade do povo angolano, através do nosso padrão mãe”. A ideia foi bem reflectida e dela resultou uma colecção diversificada, que mistura o estilo contemporâneo com os padrões étnicos, em modelos de corte e design moderno, criando uma fusão de tempo e cor, em peças originais que revivem a identidade africana e compõem uma tendência que se afirma naturalmente. Desde jumpsuits, calções, vestidos e casacos com padrões intensos a saias compridas com tons quentes, todos os modelos se destacam por um contraste de corte e cor que lhes confere um cunho próprio e diferenciador. Para a colecção de Verão promete usar mais cores e modelos ainda mais alegres numa homenagem à sua cultura e à figura feminina. Desde o início que a marca foi bem recebida, a adesão foi imediata e o feedback positivo, sendo que fez sucesso também no universo masculino que já se manifestou a pedir uma colecção para homem, possibilidade que, segundo a estilista, é uma ideia a ser pensada e planeada, prometendo novidades para breve. De Luanda para o resto do mundo, a Fiu Negru pretende continuar a inspirar e a fazer da moda um espelho de identidade. Que seja uma corrente contínua.

4000 followers enjoying the new creations via Instagram “fiu_negru” or Facebook. She uses strong patterns in contemporary cuts and creates pieces in bright colours illustrating the earth and the tropics in an explosion of well integrated colours. The items she presents promote an intense, fun, impressive image, while reflecting the confidence resulting from the integration of the strength of her roots with the freshness of recent travels. Aware that fashion in Luanda is highly valued at the moment, the brand she has created aims to be the recognition of the motto she has adopted: “to reflect a modern idea and a movement of inclusion and diversity of the Angolan people, through our local patterns”. The idea has been well reflected and has resulted in a diversified collection, which blends contemporary style with ethnic patterns, in items with modern cuts and design, creating a fusion of time and colour, in original pieces that revamp the African identity and produce a naturally presented trend. From jumpsuits, trousers, dresses and jackets with intense patterns to long skirts in warm hues, every piece stands out for the contrast of cut and colour, ensuring them their own particular style. For the summer collection she promises to use more colours and even more lively pieces in a tribute to her culture and to the feminine figure. The brand has been well received from the outset, with sales from the word go and positive feedback, with success also felt from the male public, which is already demanding a menswear collection, a possibility which the designer believes worthy of thought and planning, with news on this promised shortly. From Luanda to the rest of the world, Fiu Negru aims to continue to inspire and make fashion a mirror of identity. We hope the success continues.


A pure love AffAir

fotografia Photography Pedro Ferreira assistido por/assisted by Ana Viegas e Ricardo Lamego Produção e styling Art Direction Filipe Carriço assistido por/assisted by Ana Catarina Rocha Manequim Model Roberta Narciso (Dabanda) e Nelson Cabelo Hair Joel Santos para Samuel Rocher Paris Maquilhagem Make-Up Cristina Gomes com produtos/with products

CHANEL Agradecimento especial Special thanks to Nova School of Business and Economics pela cedência do Palacete Henrique Mendonça e respectivo jardim


Roberta Vestido Elie Saab na Stivali Anel H-Stern na David Rosas Anel Gatto, colar de p茅rolas e rel贸gio Corum, tudo na Relojoaria Camanga Brincos H-Stern na David Rosas Nelson Camisa em linho Bonpoint


Vestido Lanvin na Loja das Meias Brincos Gatto, relógio Montblanc e anel, tudo na Relojoaria Camanga Anel Anselmo 1910 Colar Cartier


Roberta Vestido Hôtel Particulier e Blazer Attentif ambos na Philosophie Sapatos Fendi na Loja das Meias Bandollete Luis Stoffel Anel Cartier Camafeu Relojoaria Faria Alfinete na David Rosas Relógio Jaeger-LeCoultre na Relojoaria Camanga Nelson Casaco Bonpoint Alfinete David Rosas


Vestido Roland Mouret e sapatos Valentino ambos na Stivali Fio com pendente Piaget e anel ambos na Relojoaria Faria Fio com pendente e brincos ambos na Relojoaria Camanga Rel贸gio Vacheron Constantin na Relojoaria Faria Collants Calzedonia


Vestido Chanel Bandollete Luis Stoffel fios com pendentes e colar de p茅rolas ambos Monseo Rel贸gio Jaeger-LeCoultre na Relojoaria faria Collants Calzedonia


Roberta Vestido BCBG Maxazria Sapatos Lanvin na Stivali Anel, pulseira e rel贸gio Piaget tudo na Relojoaria Faria Anel Anselmo 1910 Colar e brincos ambos Cartier Alfinete David Rosas Nelson Cal莽as Bonpoint Pulseira David Rosas


Vestido Dior na Loja Das Meias e sapatos Lanvin na Stivali Bandollete Luis Stoffel Anel Monseo Anel e brincos ambos Anselmo 1910 Fio com pendente David Rosas Rel贸gio Ulysse Nardin na Relojoaria Camanga

Guia de compras Anselmo 1910 217 165 512; BCBG Maxazria 213 162 284; Bonpoint 213 476 650; Calzedonia 213 431 366; Cartier 213 302 420; David Rosas 213 243 870; Loja Das Meias 213 710 300; Philosophie 213 522 584; Relojoaria Faria 219 105 580; Relojoaria Camanga 217 955 245; Stivali 213 805 110


Vestido Marchesa na Stivali Rel贸gio Franck Muller e anel ambos na Anselmo 1910 Fio com pendente David Rosas Brincos Monseo


GOLDEN LIFESTYLE 72

MODA | FAShION

SofiSticação Reinventada Reinvented SophiStication QuANDO FALAMOS EM SALVATORE FERRAGAMO é IMPOSSíVEL PASSAR-NOS AO LADO A LINhA CLáSSICA A QuE O ALFAIATE FLORENTINO NOS hABITuOu. LINhAS SOFISTICADAS PARA VESTIRMOS COM ALMA O DIA-A-DIA Mention the naMe saLvatore ferragaMo and it’s iMpossibLe not to taLk of the cLassic design that the fLorentine LabeL has accustoMed us to. sophisticated Lines to exceptionaLLy dress our day-to-day TEXTO | TEXT filiPe CARRiçO


a

firmativo, competitivo, confiante. É assim o homem Ferragamo da coleccção Verão 2014. Massimiliano Giornetti, designer da marca, desenvolveu uma colecção estruturalmente minimalista assente em pormenores casuais, quase “sportswear”, mas com todo o requinte inerente à marca, que tem a sua sede na bela Florença. Casacos coordenados com calções e sandálias subtilmente escondidos por gabardinas em tecidos transparentes e tecnológicos, afirmam-se na dicotomia organizada do bloco de cor. Entendamos o futuro embebidos na tradição de Salvatore Ferragamo e sejamos visionários.

P

ositive, competitive and confident. This is the Ferragamo man in the Summer 2014 collection. Massimiliano Giornetti, the brand’s designer, has developed a structurally minimalist collection, based on casual detailing, almost sportswear, but with all the refinement the brand, based in beautiful Florence, is known for. Jackets coordinated with trousers and sandals subtly hidden by raincoats in transparent and technological fabrics, in the organised dichotomy of blocks of colour. This is the near future of Salvatore Ferragamo, where relaxed, loose-slung shapes and bright colours give a new vision of menswear essentials.


GOLDEN LIFESTYLE 74

MODA | FAShION

Anna-Karin Karlsson Um outro olhar A different look A nova colecção de óculos de Anna-Karin Karlsson inspira-se nos elementos da natureza, desde o print animal, passando pelos relevos com flores e cavalos. Com peças pautadas pela irreverência e excentricidade, estes modelos são verdadeiras peças de arte que prometem inspirar todos aqueles que os usam no seu dia-a-dia ou apenas em momentos mais especiais. the new eyewear collection from Anna-karin karlsson is inspired by nature, from animal prints, to flowers or horses. with pieces governed by irreverence and eccentricity, these models are veritable works of art, sure to inspire anyone who wears them in their day-to-day lives or just in more special moments. www.andreopticas.com

Longchamp Tally-Ho! Tally-Ho! O novo modelo da Longchamp prima pela elegância. brasonada com o logótipo do lendário cavalo de corrida da marca, o corcel espirituoso galopa em exibição na Le Pliage black Cavalier, com os seus cascos de prata brilhante contra um fundo preto de camurça. Complementando o design sofisticado de preto sobre preto do saco, um pendão branco de cabelo de cavalo genuíno oscila a cada passo. the new model from Longchamp is a picture of elegance. emblazoned with the brand’s legendary racehorse logo, the spirited steed has been caught galloping across the Le pliage black cavalier, its hooves in shiny silver on a black suede background. complementing the bag’s sophisticated black-on-black design, a white genuine horsehair tassel, swaying with every step. www.longchamp.com

Louis Vuitton Prata da casa Family silver A Minaudière Trésor Strass é uma clutch muito especial. Com um toque ousado em prata, é o acessório perfeito para as ocasiões mais especiais e glamorosas. Pérolas e botões prateados costurados em cetim dão forma a uma das clutches mais sofisticadas da casa francesa. the minaudière trésor strass is a very special clutch bag. with a daring touch of silver, it makes the perfect accessory for special and glamorous events. pearls and satin sewn silver buttons give form to one of the most sophisticated clutch bags from the french house. www.louisvuitton.com


GOLDEN LIFESTYLE 75

Carolina Herrera Velocidade sofisticada Fast and sophisticated Numa colaboração com a marca italiana Lem, e a pensar no homem que aproveita os fins-de-semana para descontrair em passeios ao ar livre, a marca Carolina Herrera apresenta o modelo Roger. Um capacete preto em carbono com o monograma em dourado da casa nova iorquina. Um artigo essencial com um toque ultra sofisticado destaca a cor mais emblemática da Carolina Herrera, o encarnado. in a joint venture with italian brand Lem, and intended for men who make the most of their weekends to relax on open-air rides, carolina herrera presents the roger helmet. black, made of carbon and featuring the gold monogram of the New york fashion house, this is a must-have item with an ultra-sophisticated twist, highlighting carolina herrera’s most emblematic colour, scarlet. www.carolinaherrera.com

Ray-Ban Aviator Aviator Os Aviator Solid Gold são considerados o modelo mais icónico da marca. A nova colecção da Ray-ban apresenta pela primeira vez, e numa edição limitada a 1200 conjuntos, uns óculos em ouro maciço amarelo de 18 quilates. Acompanhados por um estojo de couro exclusivo e mantendo o compromisso da marca com a tecnologia de ponta, este modelo será com certeza cobiçado pelos amantes do lifestyle de luxo. the Aviator solid gold is considered the brand’s most iconic model. the new collection from ray-ban presents for the first time, and in an edition limited to 1200 units, eyewear made from 18-carat solid gold. Accompanied by an exclusive leather case and maintaining the brand’s commitment to cutting-edge technology, this model is sure to be coveted by fans of luxury living. www.ray-ban.com

Samsumg Tecnologia e arte Technology and art Dono de um design verdadeiramente icónico e intemporal, o Samsumg S9 eleva a experiência da televisão aliando a arte à funcionalidade. Com 85 polegadas, o televisor Ultra HD proporciona uma fantástica experiência visual totalmente envolvente e luxuosa. Este modelo possui a tecnologia de melhoramento Quad-detail, com uma resolução quatro vezes superior, e tecnologia de retroiluminação Precision-black, proporcionando novos níveis de diversão ao seu entretenimento favorito. boasting truly iconic and timeless design, the samsung s9 raises the television experience by combining art with functionality. At 85 inches, the ultra hd set offers a fantastically compelling and luxurious visual experience. this model features Quad-detail enhancement technology, with four times the resolution and precision-black backlight technology, producing new levels of fun for your favourite entertainment. www.samsumg.com


GOLDEN LIFESTYLE 76

DESIGN

PeçaS inteMPoRaiS timeLess pieces

representAdA nAs principAis coLecções dos Museus de todo o Mundo e coM centenAs de préMios de design, ALguMAs dAs peçAs MAis icónicAs dos úLtiMos 75 Anos são dA knoLL represented in the Main coLLections of MuseuMs around the gLobe and with hundreds of design awards, soMe of the Most iconic design pieces froM the Last 75 years are froM knoLL

TEXTO | TEXT saNdra NoBre FOTOS | PHOTOS courtesy oF KNoLL

WOMB CHAIR


GOLDEN LIFESTYLE 77

Q

uando Eero Saarinen criou a Pedestal Tulip Chair, em 1958, experimentou linhas vanguardistas e materiais até aí invulgares para uma mesa de refeições, mas o mestre do design industrial estava a criar uma das peças mais marcantes do século XX. Produzida pela Knoll, a famosa cadeira de base redonda em fibra de vidro, contrariando o mobiliário da época com muitas pernas, foi premiada pelo Museu de Are Moderna (MoMA) de Nova Iorque em 1969 e chega aos nossos dias como ícone de modernidade. Este não foi o caso único e, seguindo a filosofia “bom design é um bom negócio”, a empresa americana fundada pelo emigrante alemão Hans G. Knoll, em 1938, produziu outros modelos emblemáticos como a cadeira Barcelona (1929), de Mies van der Rohe, a Wassily Lounge (1925), de Marcel Breuer ou a colecção Bertoia (1952), de Harry Bertoia. Hans G. Knoll trazia consigo a herança do seu pai, pioneiro na manufactura de mobiliário. Depois de estudar na Suíça e em Inglaterra e de ter tido contacto com figuras de proa do movimento Bauhaus, perseguiu o seu sonho americano de projectar mobiliário moderno. Assim nasceu o seu pequeno negócio, que se tornaria na sede de um proeminente negócio mundial.

W

hen Eero Saarinen created the Pedestal Tulip Chair in 1958, he experimented with cutting-edge lines and materials unheard of until then around a dining table, but the master of industrial design was creating one of the most striking pieces of the 20th century. Produced by Knoll, the famous round based fibreglass chair, countering the furniture of the time with several legs, was awarded by the Museum of Modern Art (MoMA) in New York in 1969 and is now seen as an icon of modernity. This was not a case on its own and, following the philosophy “good design is good business”, the American company founded in 1938 by German immigrant Hans G. Knoll, went on to produce other emblematic models, such as the Barcelona chair (1929), from Mies van der Rohe, the Wasilly Lounge (1925), from Marcel Breuer, or the Bertoia collection (1952), by Harry Bertoia. Hans G. Knoll brought with him the legacy of his father, pioneer in furniture manufacture. After studying in Switzerland and in England, and having had contact with figures at the forefront of the Bauhaus movement, he pursued his American dream of designing modern furniture. His small business was thus founded, before turning into the headquarters of a major world concern.

BERTOLA SIDE CHAIR

WASSILy CHAIR


GOLDEN LIFESTYLE 78

DESIGN

TULIP ARMLESS CHAIR

MAis do que uMA MArcA de MobiLiário, A knoLL, que cuMpre 75 Anos, fAz pArte dA históriA do design do sécuLo xx e continuA A deixAr A suA MArcA

More than a furniture brand, knoLL, which now ceLebrates 75 years, is part of the history of design of the 20th century, and continues to Make its Mark

Durante a II Guerra Mundial Hans G. Knoll conheceu Florence Schust, (com quem mais tarde viria a casar) formada nas melhores escolas e que estudara com Mies van der Rohe, e que deu uma nova dimensão à empresa. As premissas: design de excelência, inovação tecnológica e produção em massa. A eles juntaram-se alguns dos principais nomes da arquitectura e do design mundial, que criaram modelos únicos, que somaram prémios de design ao longo de décadas e que integram as colecções dos principais museus de design de todo o mundo — só na colecção permanente do MoMa são mais de 30 peças. Mais do que uma marca de mobiliário, a Knoll, que cumpre 75 anos, faz parte da história do design do século XX e continua a deixar a sua marca.

During the 2nd World War, Hans G. Knoll met Florence Schust, (who he would later marry) who had studied at the finest schools and with Mies van der Rohe, and who gave a new dimension to the company. The premises: design excellence, technological innovation and mass production. Some of the major names of architecture and world design joined them, creating unique pieces, winning design awards over the decades, and becoming part of collections of the major design museums around the globe – in the MoMA permanent collection alone there are more than 30 pieces. More than a furniture brand, Knoll, which now celebrates 75 years, is part of the history of design of the 20th century, and continues to make its mark.


GOLDEN LIFESTYLE 80

IATES | YAChTS

do céu PaRa o MaR FRom the Sky to the Sea

dA sinergiA entre A ArquitectA zAhA hAdid e A MArcA gerMânicA bLohM + voss nAsceu uMA fAMíLiA. cinco iAtes personALizAdos trAnsportAM-nos pArA uM AMbiente Luxuoso eM ALto MAr a faMiLy is born froM the joint venture between zaha hadid and gerMan brand bLohM + voss. five custoMised yachts whisk us off to a Luxury environMent at high seas

TEXTO | TEXT eMA BRANCO FOTOS | PHOTOS COuRtesy Of ZAhA hAdid ARChiteCts

a

notoriedade de Zaha Hadid no universo da arquitectura e design foi desde cedo conquistada. A sua linguagem formal é transversal a todos os seus projectos. Detentora de um cunho muito distinto, facilmente se reconhece uma peça da sua autoria, seja um edifício ou uma simples garrafa. São muitas as marcas que se querem associar à sua visão, e recentemente foi a vez da germânica Blohm + Voss. O convite era um desafio: projectar uma família de cinco iates personalizados para diferentes clientes, cada um com requisitos distintos.

Z

aha Hadid’s renown in the world of architecture and design was achieved long ago. Her formal language can be seen throughout her work, where her very distinct style can easily be recognised in any work she has designed, whether a building or a simple bottle. There are many brands that would like to be part of her vision and recently it was the turn of Germany’s Blohm + Voss. The invitation was a challenge: to design a family of five customised yachts for different clients, each with different requirements. The result of this meeting of design and technology has given rise to


GOLDEN LIFESTYLE 81

O resultado da sinergia entre o design e a tecnologia deu origem ao Unique Circle yatchs, cinco iates que exploram criativamente a filosofia de um protótipo concebido de um modelo de 128 metros. A primeira criação dá pelo nome de JAZZ, cujas linhas orgânicas que tanto caracterizam a sua obra casam em perfeição com as exigências de um projecto desta natureza. Elementos fluídos fazem a ligação entre os diferentes níveis dos decks criando expressivas e marcantes linhas diagonais. Nas palavras de Zaha Hadid, “Cada iate é como que uma plataforma que integra em conjunto as premissas hidrodinâmicas e estruturais tendo como preocupação principal os mais altos níveis de conforto, qualidade e segurança”.

the Unique Circle Yachts, five yachts that creatively explore the philosophy of a prototype produced from a 128-metre model. The first creation goes by the name of Jazz, where the organic lines that characterise Hadid’s work combine perfectly with the demands of a project of this nature. Flowing elements create the connection between the different deck levels, producing expressive and striking diagonal lines. In the words of Zaha Hadid, “Each yacht is like a platform comprising the hydrodynamic and structural premises, where the main concern includes the highest levels of comfort, quality and safety”.


GOLDEN LIFESTYLE 82

ARQUITECTURA E INTERIORES | ARCHITECTURE & INTERIORS

Os génios da lâmpada Genies of the lamp

TEXTO | TEXT SANDRA NOBRE Fotos | PHOTOS Francisco almeida dias

Mais do que designers de interiores, a Oitoemponto é uma marca de luxo. Estão sediados no Porto mas viajam mais de 200 dias por ano para acompanhar projectos mundo fora. Portugal é apenas a casa onde voltam sempre More than an interior design company, Oitoemponto is a luxury brand. Based in Oporto, its founders travel more than 200 days of the year to supervise projects elsewhere. Portugal is just the home they always return to


GOLDEN LIFESTYLE 83

Q

uem conhece Artur Miranda e Jacques Bec sabe que são o espelho dos seus projectos, na elegância e na arte de viver. É essa a sua assinatura. Criam espaços e objectos sem tempo, desde o conceito criativo à idealização do exterior em harmonia com o interior da casa pronta a habitar. O seu total concept desenvolvido com base na cumplicidade e na confiança que se estabelece com o cliente culminam, muitas vezes, com a manutenção do espaço e o aconselhamento sobre a sua vivência. O Porto é a sua casa, onde está sediado o seu ateliê/loja, mas são cidadãos do mundo. Quando há mais de dez anos surgiram pela primeira vez na prestigiada revista Wallpaper estavam longe de saber que esse seria o caminho para chegarem a todo o mundo. Os pedidos surgiram da China, Singapura, Rússia, Angola, Brasil, México, França, Reino Unido, Itália... Em 2003 concretizaram o primeiro projecto internacional, em Paris, em 2008, entraram no mercado angolano. A estrutura teve que se ajustar às novas necessidades e, actualmente, a assinalar vinte anos de actividade e com mais de 65% do volume de negócios internacional, contam com cerca de duas dezenas de arquitectos e designers de interiores na sua equipa. Nunca se deslumbraram e continuam a acompanhar cada um dos projectos, porque não se permitem ter desilusões. “Somos perfeccionistas”, garante Artur Miranda, “só assim é possível fazer cada vez melhor”. E apostam num trabalho cada vez mais exclusivo e personalizado. Viajam cerca de 200 dias por ano, ao encontro dos projectos em curso e em busca das melhores matérias-primas e artesãos com quem desenvolvem os seus produtos. “Aprendemos técnicas diferentes todos os dias e descobrimos profissionais talentosos que nos dão garantias da qualidade que procuramos”, diz. Trabalham materiais variados, como a pedra, o metal, o betão, a madeira, o papel, o vidro, a laca e a fibra. Misturam correntes criativas e estilos. Gostam de objectos com história, mobiliário vintage, arte contemporânea. Conjugam peças de Hervé Van Der Straeten, David Weeks Studio, Hermès, Mcguire, Baker

a

nyone who knows Artur Miranda and Jacques Bec knows that they are the reflection of their projects, in terms of elegance and of the art of living. This is their trademark. They create timeless spaces and objects, from the creative concept to planning how the exterior harmonises with the interior of a house ready to move in to. The overall concept, based on client trust and understanding, often ends up including maintaining the space and advising as to how to live it. Oporto is their home, where their studio/shop is based, but they are citizens of the world. When they appeared for the first time more than ten years ago in prestigious magazine Wallpaper, little did they know that this would be the path that would lead them to the whole world. Interest has poured in from China, Singapore, Russia, Angola, Brazil, Mexico, France, the UK, Italy... In 2003 they undertook their first international project in Paris, and in 2008 they entered the Angolan market. Their operational structure had to be adjusted to the new requirements, and now, as they celebrate 20 years in existence, and with more than 65% of their projects abroad, their team contains a score of architects and interior designers. Never fazed, they continue to supervise each of their projects, because there is no room for disappointment. “We are perfectionists,” Artur Miranda explains, “only then can we always be at top of our game.” And they focus on an increasingly exclusive and customised modus operandi. They are on the road for some 200 days a years, visiting projects underway and on the lookout for the best prime materials and craftsmen with whom to develop their products. “We learn different techniques every day and we discover talented professionals that ensure the levels of quality we are looking for,” he says. They work with a range of materials, such as stone, metal, concrete, wood, paper, glass, lacquer and fibre. They mix creative trends and styles. They like objects with history, vintage furniture, and contemporary art. They combine pieces by Hervé Van Der Straeten, David Weeks Studio, Hermès, McGuire,


Furniture, Knoll, Fornasetti, Ozone, Frédéric Malle, Ralph Lauren Furniture, entre outros. Privilegiam o savoir-faire, por isso também é comum usarem o que de melhor se produz em Portugal, dos mármores de Estremoz aos tapetes de Arraiolos. O seu universo de luxo é uma alquimia de “cor, texturas, qualidade, arte e design”. A arquitectura foi uma extensão natural do design de interiores. Assim como a Futilities & Goodies, a área de design dedicada a objectos de luxo utilitários que desenvolvem — como a colecção Sterling Silver, de peças em prata, inspirada na tradição da ourivesaria portuguesa; ou o segmento Furniture, onde se desenham peças de mobiliário e decoração exclusivas. Quando entregam um projecto está pronto a habitar com flores frescas, velas a perfumar cada divisão, mesa posta para receber os comensais, as flutes a aguardar a abertura da garrafa que repousa no frigorífico. “Pode parecer supérfluo, mas vendemos futilidades, não nos iludamos”, sublinha. São vendedores de sonhos, os génios da lâmpada que tornam os desejos realidade. Este ano, lançaram o livro OITOEMPONTO Architecture & Intérieurs, da editora francesa especialista em arte e design, Éditions de Martinière, com prefácio do artista Hervé Van Der Straeten e textos de Marie Vendittelli. Ao longo de 320 páginas viaja-se por cenários à medida dos sonhos dos seus proprietários. Qual é o seu?

Baker Furniture, Knoll, Fornasetti, Ozone, Frédéric Malle, Ralph Lauren Furniture, among others. They favour savoir-faire, meaning they often use the best Portugal has to offer, such as marble from Estremoz or Arrailolos rugs. Their luxury universe is a bubbling blend of “colour, texture, quality, art and design”. Architecture was a natural extension of interior design. Just as Futilities & Goodies, the design area dedicated to the functional luxury items they develop – such as the Sterling Silver collection, inspired by the tradition of Portuguese silver work; or the Furniture segment, where exclusive pieces of furniture and decorative pieces are designed. When they hand over a project, it is ready to live in, with fresh flowers and candles perfuming each room, the table laid to welcome dinner guests, champagne glasses waiting for the bottle chilling in the fridge. “It may seem superfluous, but we sell trivialities, we don’t kid ourselves,” he stresses. They are sellers of dreams; the genies of the lamp that make wishes come true. This year they launched the book OITOEMPONTO Architecture & Intérieurs, published by Éditions de Martinière, a French publishing house specialised in art and design, with a preface from artist Hervé Van Der Straeten and words by Marie Vendittelli. Its 320 pages take us on a journey through settings that match the dreams of their owners. What is yours?


GOLDEN LIFESTYLE 86

DESIGN

No cAmpo oU NA cIDADE Town and counTry Mestre no fabrico de selas, a casa francesa concebeu, desenhou e criou uma bicicleta unissexo e uma bicicleta desportiva para a cidade: Le Flâneur d’Hermès e Le Flâneur Sportif d’Hermès. Com uma combinação única de linhas elegantes e aliada à mais recente tecnologia, os dois modelos ultraleves estão disponíveis, por encomenda, em três cores diferentes: ‘Blanc d’Espagne’, ‘Charcoal’ e ‘Red’. Uma excelente sugestão natalícia para os amantes de passeios ao ar livre. Experts in saddle production, the French maison of Hermès has developed, designed and created a unisex bicycle and a sports bicycle for the city: Le Flâneur d’Hermès and Le Flâneur Sportif d’Hermès. With a unique combination of elegant lines, joined by the very latest technology, the two ultra-light models can be ordered in three different colours: Blanc d’Espagne, Charcoal, and Red. An excellent Christmas gift for fans of the great outdoors. www.hermes.com

ESpAço E voLUmE Space and volume Desenhado por Marc Thorpe para a marca italiana Moroso, o sofá Blur tem uma forma indefinida, pondo em dúvida o conceito racional de escala uma vez que anula a relação entre espaço e volume. O modelo cria um sentimento de incerteza quanto ao seu tamanho e forma, e a forra estampada com efeitos especiais sombreados destaca mais ainda o seu formato indefinido. Em casa ou no escritório, o conforto é garantido. Designed by Marc Thorpe for Italian brand Moroso, the Blur Sofa is indistinct in form, questioning its objectivity and scale, removing the relationship between space and volume. The piece creates a feeling of uncertainty as to its size and shape, while the printed fabric, with its special blurring effects, further emphasise its undefined format. Home or office, the Blur Sofa is comfort guaranteed. www.moroso.it

“NoTAS” DE bom GoSTo SoundS and lookS To maTch Vencedor de um Design Reddot Award 2013, os auscultadores M500 da Porsche Design são música para os ouvidos de qualquer pessoa. Dono de um design exclusivo e sofisticado, aliado à alta qualidade de som do produto, o hardware fixa-se numa moldura de alumínio anodizado. Cada detalhe é pensado e concebido para maximizar o conforto e alta performance destes auscultadores de luxo. Red Dot Award 2013 winner for Product Design, the M500 on-ear headphones from Porsche Design are music to anyone’s ears. Boasting a sophisticated and exclusive design, combined with the product’s exceptional sound quality, the hardware is housed in an anodised aluminium frame. Every detail has been designed and developed to maximise the comfort and high performance of these luxury headphones. www.porsche-design.com


GOLDEN LIFESTYLE 87

LED IT bE! led iT be! É uma lâmpada muito especial. O seu design foi inspirado na lapidação de diamantes e combina na perfeição a tecnologia LED com a elegância do produto. Formalmente constituída por 132 faces, potencializa ao máximo a reflexão da luz, o que permite a esta lâmpada poupar até 90% de energia face a uma lâmpada normal. Design e a mais recente tecnologia são aplicadas neste modelo, criando desta forma um novo brilho, no verdadeiro sentido da palavra. This is a very special bulb. Its design, inspired by diamond cutting, perfectly combines LED technology with product elegance. Featuring 132 facets, it maximises light reflection to the full, ensuring that this light bulb saves up to 90% energy when compared with a normal light bulb. Design and the very latest technology combine in this model to produce a brilliant outcome, in the true sense of the word. www.luxramlighting.com

NoITES cINTILANTES Sparkling nighTS Pode dizer-se que o candeeiro Raimond Dome 79 traz a poesia à sua casa numa noite de estrelas cadentes. Desenhado por Raimond Puts para a Moooi, a peça procura a integração da beleza com a máxima funcionalidade. A iluminação com LEDS no centro da sua malha formam uma cúpula de luzes cintilantes, criando um ambiente perfeito e quente em todas as direcções. The Raimond Dome 79 lamp brings to your home the poetry of a starry night. Designed by Raimond Puts for Moooi, this lamp strives to combine beauty with the height in functionality. Lighting with a powerful lamp at the centre of its domed network of sparkling LEDs, it creates the perfect, warming atmosphere in every direction. www.moooi.com

DIAmANTES Em cAScATA caScading diamondS Imagine-se num palácio onde tudo à sua volta é luxo e sofisticação. A colecção Aqua Jewels é isso tudo. Os vários modelos incluem novas peças especialmente desenhadas por Marcel Wanders para a Bonomi Contemporaneo Italiano. Torneiras grandiosas para o chuveiro ou lavatório e acessórios imponentes, permitem a criação de requintadas soluções para a sala de banho. Combinando elegância com funcionalidade, esta colecção redefine em muito o conceito de salas de banho. Picture yourself in a palace where everything around you is luxurious and sophisticated. The Aqua Jewels collection is all this. The different models include new pieces specially designed by Marcel Wanders for Bonomi Contemporaneo Italiano. Intricately facetted shower or washbasin taps and stunning accessories, allow you to created exquisite bathroom solutions. Combining elegance with functionality, this collection adds a new dimension to bathroom design. www.idrosanitariabonomi.com


GOLDEN LIFESTYLE 88

ESCRITA | WRITING

vaivém eSPaciaL spAce shuttLe


GOLDEN LIFESTYLE 89

pode uMA cAnetA fAzer ver estreLAs? A cAeLogrAph, dA cArAn d’Ache, é coMo uM hubbLe pessoAL, que desvendA o MApA do céu, onde LuzeM diAMAntes coMo estreLAs can a pen show you the stars? the caeLograph, froM caran d’ache, is Like a personaL hubbLe, reveaLing the Map of the sky, where diaMonds sparkLe Like stars.

TEXTO | TEXT sANdRA NOBRe

i

t might not be one great step for mankind, but it is one giant step for man: a pen that is a tool to explore the stars and skies. The Caelograph is a genuine map of the skies, a personal telescope. The body of the light pen is like a starry sky, the upper part of the cap and the writing unit reveal the hour lines located on a sun dial, the end of the pen is engraved with a compass rose, the metal clip is in the form of a compass needle and, depending on the model, the brightest stars are represented by diamonds. The ingenious mechanism is an invention of the Maison de Haute Ecriture, of Caran d’Ache, founded by Arnold Schweitzer in 1924. The Swiss brand invites you on a journey into space through the projection process known as Mercator [the same used in producing globes], which has been applied to a writing instrument for the first time ever. It is thus possible to view 51 constellations and 353 stars, adapting to the time and place from where the sky is observed.

P

ode não ser um grande passo para a Humanidade, mas é um passo gigante para o homem: uma caneta que é uma ferramenta de observação do céu, que permite ver a posição das estrelas e das constelações. A Caeloraph é um autêntico mapa dos céus, um telescópio pessoal. O corpo da caneta luz é como o céu estrelado, a tampa e o bico ostentam as linhas das horas que se observam nos relógios de sol, o bico tem gravada uma rosa-dos-ventos, o grampo metálico tem a forma da agulha de uma bússola e, dependendo do modelo, as estrelas mais brilhantes são representadas por diamantes. O engenhoso mecanismo é uma invenção da Maison de Haute Ecriture, da Caran d’Ache, fundada por Arnold Schweitzer, em 1924. A marca suíça convida a uma viagem ao cosmo através do processo de projecção conhecido como Mercator [o mesmo usado na reprodução dos globos terrestres], que pela primeira vez foi aplicado a um instrumento de escrita. Torna-se assim possível observar 51 constelações e 353 estrelas, adaptando-se à hora e ao lugar donde se observa o céu.


A Caelograph vem acompanhada de uma bússola e de um tinteiro, numa caixa exclusiva. Está disponível em três versões: Alpha, revestida de platina e limitada a 120 canetas permanente e 120 roller, numa referência às 12 constelações do Zodíaco e aos 12 meses do ano; a Sirius, banhada a ouro e com um diamante como tributo à estrela mais brilhante, limitada a 52 peças pelas 52 semanas do ano; e a Zenith, produzida em ouro rosa maciço decorada com 24 diamantes que simbolizam as estrelas mais brilhantes no céu. Este modelo é uma edição exclusiva, com preços a partir de 3.000 euros e com garantia vitalícia. Está também disponível nos seguintes pontos de venda em Angola: Sistec, Gestoffice ou na Oliva d’Angola.

C

M

Y

CM

MY

The Caelograph comes with a compass and a bottle of ink, all presented in an exclusive box. It is available in three versions: Alpha, coated in platinum and limited to 120 fountain pens and 120 roller pens, in a reference to the 12 constellations of the Zodiac and the 12 months of the year; Sirius, gold plated and with a diamond paying tribute to the brightest star, limited to 52 units, reflecting the 52 weeks of the year; and the Zenith, produced in solid rose gold and decorated with 24 diamonds, symbolising the brightest stars in the sky. The pen is an exclusive edition, with prices starting at 3000 Euros and sold with a lifetime guarantee. It is available at the following outlets in Angola: Sistec, Gestoffice or Oliva d’Angola.

CY

CMY

K


PUBLIREPORTAGEM

SentidoS iLiMitadoS Feast for the Senses

NO CORAçãO DE MINDELO, NA ILHA DE SãO VICENTE EM CABO VERDE, A BRISA DO MAR INVADE AS LUXUOSAS villAs DO MONTE CARA BAHIA VIEW. UM PROJECTO ÚNICO E EXCLUSIVO CONCEBIDO SOB OS MAIS ALTOS PADRõES DE QUALIDADE, QUE PROPORCIONA AOS SEUS RESIDENTES UMA VIVêNCIA DA NATUREZA NO SEU ESTADO MAIS PURO IN THE HEART OF MINDELO, ON THE CAPE VERDEAN ISLAND OF SãO VICENTE, THE SEA BREEZE CARESSES THE LUXURY VILLAS OF MONTE CARA BAHIA VIEW. A UNIQUE AND EXCLUSIVE PROJECT, PREPARED TO THE HIGHEST OF QUALITY STANDARDS, PROVIDING ITS RESIDENTS WITH AN EXPERIENCE OF NATURE AT ITS VERY PUREST


SENTIDOS ILIMITADOS I FEAST FOR THE SENSES

Terra de Cesária Évora, a cidade de Mindelo, na Ilha de São Vicente, serviu de fonte de inspiração para muitas canções de amor e saudade. Com o Oceano Atlântico como pano de fundo, respira-se na cidade uma atmosfera única, indissociável do calor humano e da hospitalidade das suas gentes. É neste cenário de riqueza cultural e paisagística que nasce um espaço exclusivo de conforto e bem-estar: o Monte Cara Bahia View - Six Senses Luxury Villages. Aqui, a arquitectura contemporânea integrase na natureza, criando uma atmosfera de tranquilidade, luxo sóbrio e procura da beleza na simplicidade. É esta a essência do projecto. Como os cinco dedos virados para o oceano, cada um dos volumes transforma-se numa villa única com identidades e características muito distintas, apelando individualmente a cada um dos cinco sentidos de modo a experienciar a vida: “Feel”, “Breath”, “Taste”, “View”, “Listen”. Com uma vista privilegiada para o Monte Cara, que deve o nome ao facto do seu recorte fazer lembrar um rosto humano olhando o céu, todas as villas oferecem tipologias T3, com áreas totais interiores desde os 358 aos 426 m2 e jardins privativos com piscinas que dão continuidade ao mar e onde os limites não se alcançam. Cada uma das unidades engloba 3 suites, sala de estar e refeições, cozinha, lavandaria-despensa e áreas de serviço. As villas contam ainda com uma área de home cinema, estúdio na semi-cave com instalação sanitária privada, balneário de serviço, acesso exclusivo ao jardim e à piscina privados, bem como três lugares de parqueamento e arrecadação reservados.

Once home to famous singer Cesária Évora, the city of Mindelo on the island of São Vicente has served as the source of inspiration for many songs of love and longing. With the Atlantic Ocean as a backdrop, the city enjoys a unique atmosphere, inextricable from the human warmth and hospitality of its people. In this scenario of cultural and scenic wealth we find an exclusive setting of comfort and well being: the Monte Cara Bahia View – Six Senses Luxury Villages. Here, contemporary architecture is blended into the natural surroundings, creating an atmosphere of tranquillity, understated luxury and the quest for beauty in simplicity. This is the essence of the project. As if five fingers facing the ocean, each of the properties is transformed into a unique villa with very distinctive identities and characteristics, appealing to each of the five senses so as to experience life: “Feel”, “Breath”, “Taste”, “View”, “Listen”. With a prime view of Monte Cara, named as such due to its resemblance to a human face, looking up at the sky, each villa has a three-bedroom configuration, with total interior areas from 358 to 426 sqm, and private gardens with pool, reflecting the sea nearby and the endless horizon. Each of the properties features three suites, a living and dining room, kitchen, laundry room and pantry, as well as service areas. The villas also contain a home cinema, studio accommodation in the semi-basement, with private bathroom, service washroom, exclusive access to the private garden and to the pool, as well as three parking spaces and reserved storage space.


PUBLIREPORTAGEM

O uso de grandes vãos envidraçados permite que o mar e a paisagem envolvente inunda todas as divisões, conquistando uma comunicação fluída entre o interior e exterior sem nunca perder a sua privacidade. O acesso directo às piscinas naturais e ao histórico trampolim de mergulhos, que no período colonial era utilizado pelos são vicentinos para saltos na praia da Matiota, permite disfrutar da plenitude e imensidão do mar. Contando com um sistema de segurança privada e videovigilância permanente, o Monte Cara Bahia View soma às unidades residenciais um sexto edifício destinado exclusivamente a serviços englobando as áreas administrativas e de recepção, um ginásio, um spa e um bar restaurante cuja temática de jazz oferece música ao vivo. Este sexto sentido acrescenta uma nova dimensão ao conceito desenvolvido por este projecto: a fusão entre residência de luxo e hotel, permitindo-nos habitar no melhor dos dois mundos e proporcionando uma estadia única. O empreendimento, que tem a Gebepa como empresa responsável pelo projecto de arquitectura e especialidades de engenharia e a Garça Real como entidade promotora, teve como objectivo a criação de um projecto único e exclusivo onde a sustentabilidade ambiental e social constituíram traços fundamentais para a execução deste projecto. Este pedaço de paraíso na terra oferece um ambiente exclusivo e luxo natural onde nos é permitido disfrutar da vida sem limites.

The use of large swathes of glass allows the sea and the surrounding landscape to flood into the different rooms, ensuring the effective interaction of the worlds inside and out, while retaining a sense of privacy. The direct access to the ocean and to the historic diving board, which in the colonial era was used by the people of São Vicente when visiting Praia da Matiota beach, allows guests to enjoy the sea to the full. Featuring a private security system and permanent video surveillance, Monte Cara Bahia View adds a sixth building to the residential units, exclusively for service requirements such as administrative and reception areas, a gym, a spa and a bar/restaurant, offering live music.

This sixth sense adds a new dimension to the concept developed for this project: the fusion between luxury residence and hotel, allowing you to experience the best of both worlds and ensuring a unique holiday. Developed by Garça Real, and with architectural design and engineering specialities from Gebepa, the aim of the development is the creation of a unique and exclusive project in which environmental and social sustainability are cornerstone attributes. A piece of paradise on earth, Monte Cara Bahia View offers an exclusive environment and natural luxury in which to enjoy life to the full.

garça real

Gestão Imobiliária, SA Rua Amílcar Cabral nº 44 R/C Maianga Luanda, República de Angola Tel (+244) 2 22 372107/372014/371819/371913 Fax (+244) 2 22 37 1500 E-mail vbettencourt@me.com


GOLDEN LIFESTYLE 96

GOURMET


GOLDEN LIFESTYLE 97

o ouro do bacaLhau SaLgado Cod AT iTS MoST GoLdEn A “curA AMAreLA” é A cAtegoriA de bAcALhAu coM MAior prestígio. Após uM processo Lento e deLicAdo, feito coM experiênciA e sAbedoriA, o sAL, o teMpo e o Ar vão reveLAr os tons dourAdos de uM bAcALhAu cAdA vez MAis rAro the Most prestigious forM of bacaLhau is the “cura aMareLa” or yeLLow cured codfish. foLLowing a sLow and deLicate process, Made with experience and knowhow, saLt, tiMe and air reveaL the goLden hues of an increasingLy rare codfish.

TEXTO | TEXT FortuNato da cÂmara

o

costume ancestral de salgar bacalhau passou pelas mãos de vikings, ingleses, bascos e franceses. A pesca e a técnica foram atravessando vários séculos e milhares de quilómetros marítimos. Os portugueses fizeram dele uma epopeia de contornos por vezes heróicos e outras vezes de loucura apaixonada. Tudo para que o Gadus morhua, também chamado de “bacalhau do Atlântico” fosse considerado o legítimo para fazer a prestigiada salga à portuguesa. A cura amarela transforma-o num dos mais nobres produtos de Natal que se pode levar à mesa. Em França, fazem a distinção entre o Morue salée, o bacalhau seco e salgado, e o Cabillaud, o peixe consumido na sua versão fresca. Noutros países as designações são genéricas e, por isso, no caso do bacalhau “salgado seco”, surgem por vezes espécies da mesma família dos “gadídeos” como o escamudo, o badejo, o paloco ou a arinca, mas que na realidade não passam de cópias da versão original. A forma de salgar e secar em Portugal ganhou prestígio internacional graças a factores tão diversos como a qualidade do sal, nomeadamente o de Aveiro, as condições climatéricas para expor os peixes ao sol num clima temperado e o consumo intenso e continuado que permitiu aprimorar o tratamento deste pescado versátil. O expoente máximo desse saber fazer secular é o bacalhau de “cura amarela” de sabor único e indelével. As particularidades do método de produção fazem com que seja uma iguaria cada vez mais exclusiva, e alguns produtores só a preparam por encomenda. No entanto, há sempre aqueles exemplos em que o coração fala mais alto que a razão para que a alma do que é tradicional não se perca. No caso da Lugrade, uma empresa familiar da região de Coimbra, a produção de bacalhau de “cura amarela” existe há mais de 25 anos. Os peixes são capturados em águas gélidas ao largo da Islândia e para

T

he ancient art of salting cod was passed down by the Vikings, English, Basques and French. Both fishing and technique have crossed many centuries and thousands of nautical miles. The Portuguese have made of it an epic tale, at times heroic, at others of impassioned folly. All to ensure that the Gadus morhua, otherwise known as the Atlantic cod, can be considered legitimate for the prestigious Portuguese art of salting. The ‘yellow cure’ transforms it into one of the most exclusive Christmas products you can serve at your table. In France, they make the distinction between Morue salée, dried salted codfish and Cabillaud, fresh cod. In other countries the terminology is generic and, as a result, in the case of “salted dried” cod, sometimes species from the same Gadidae family, such as saithe, whiting, pollack or haddock, may be used, which in truth are nothing but copies of the original. The process of salting and drying in Portugal garnered international prestige thanks to factors as varied as the quality of the salt, in particular salt from Aveiro, the climatic conditions for exposing the fish to the sun in a temperate climate, and the intense and continued consumption of salted cod, allowing the treatment of this versatile fish to be improved. The ultimate example of this ancient skill, is ‘yellow cured’ codfish, with its unique and memorable flavour. The specific characteristics of the production process mean that this is an increasingly exclusive delicacy, with some producers only making it to order. Nevertheless, there are always occasions when the heart speaks louder than reason, ensuring the very soul of tradition remains alive. In the case of Lugrade, a family business located in the region of Coimbra, ‘yellow cured’ cod production has been underway for more than 25 years.


GOLDEN LIFESTYLE 98

GOURMET

serem submetidos ao delicado processo de cura têm de ter mais de 4 ou 5 quilos. Além da qualidade das águas do Atlântico Norte, o facto de o peixe ser gordo é uma das razões que leva à coloração amarela final que o bacalhau vai ter. A partir daqui tem início o processo que nos vai levar à excelência da cura. Depois de serem seleccionados individualmente, ficam numa salga prolongada (salmoura) num mínimo de cerca de seis meses. Após este tempo de maturação, os bacalhaus ainda “frescos”, mas salgados, são cuidadosamente limpos do excesso de sal de acordo com a perícia do toque e o olhar treinado do especialista na cura, que determinam o tempo necessário de dessalinização. A fase da secagem é lenta (durante o período mínimo de um mês) e as temperaturas controladas. No final, obtém-se um bacalhau com tonalidades de cor amarelo palha e reflexos dourados dos cristais de sal. Curiosamente, o teor de humidade e de sal são mais baixos do que na cura normal, devendo a demolha ser de cinco dias (dentro do frigorífico com a pele voltada para cima), a que se acrescenta sal nos dois primeiros dias para equilibrar. São apenas 3 toneladas de bacalhau de “cura amarela” por ano, enquanto que no processo de cura normal a produção é de sensivelmente 11 toneladas diárias. Um terço deste pequeno tesouro marítimo que a Lugrade produz vai para a Manteigaria Silva, em Lisboa. Esta casa centenária situada na Praça da Figueira é especializada em bacalhau, tendo um balcão próprio para a sua venda, onde um especialista na matéria com cerca de 40 anos de experiência se encontra sempre pronto a aconselhar com sabedoria todos os clientes. Entre a exigente clientela que compra as cerca de 20 toneladas que ali se vendem anualmente, há muitos estrangeiros que não hesitam em fazer as suas encomendas, já que a casa tem tradição no envio de bacalhau e de outros produtos gourmet da loja para os vários continentes. Os 1000 quilos do “cura amarela” só estão disponíveis entre o mês de Novembro e a Páscoa, época em que o ciclo recomeça novamente uma vez que antes de Maio é quando o peixe se encontra mais gordo. Os meses seguintes são de preparação e paciência. Para o prestigiado jornalista e crítico gastronómico David Lopes Ramos, que faleceu em 2011, a espera compensava, pois segundo ele: “O cura amarela é o mais raro, o mais macio, o mais aromático, o mais saboroso de todos os bacalhaus que alguma vez existiram à face da Terra. Suspiro por ele todo o ano. E ainda mais na noite da Consoada!” www.manteigariasilva.pt

www.lugrade.com

The fish are caught in the icy waters off Iceland and to be worthy of being submitted to the curing process they need to weigh more than four or five kilos. In addition to the quality of the North Atlantic’s waters, the fact that the fish is fat is one of the reasons behind the final yellow colouring that the cod will have. From then on the process that will lead to curing excellence begins. After being individually selected, the fish are salted in brine for a minimum period of around six months. After this ageing period, the “fresh” yet salted codfish are carefully cleaned to remove excess salt, with the curing specialist able to gauge through touch and look alone how long the fish should be cleaned. The drying process is slow, the temperatures controlled, and lasts a minimum of one month. In the end you get a straw yellow codfish that glitters gold thanks to the salt crystals. Curiously, the humidity and salt content are lower than normal curing, as the soaking lasts five days (within a refrigerator and with the skin facing upwards), to which salt is added in the first two days to balance it out. Only three tons of ‘yellow cured’ cod are produced per year, while in the normal curing process, production is roughly 11 tons per day. A third of this treasure from the sea produced by Lugrade goes to Manteigaria Silva in Lisbon. This century-old outlet located near the Praça da Figueira specialises in salted codfish, and has a special counter for selling just this, where a specialist in all things bacalhau, with some 40 years of experience under his belt awaits, ready to expertly advise customers. The discerning clientele that purchases the near 20 tons sold here each year includes many foreigners, who are keen to make their orders, as the store keeps up the tradition of sending bacalhau and other gourmet products to the many continents. The 1000 kilos of ‘yellow cured’ cod are only available from November until Easter, the season in which the cycle starts again, as the fish are at their fattest before May. The following months involve preparation and patience. For respected journalist and food critic David Lopes Ramos, who passed away in 2011, the wait was worth it, as, according to him: “Yellow cured cod is the rarest, most tender, most aromatic, most flavoursome of any salted codfish ever to have graced the face of the Earth. I can’t wait for it all year long. And doubly so on Christmas Eve!”


bulthaup

As modas passam, as convicções perduram Trends change, convictions remain A paixão pelo detalhe é tão importante quanto o conceito arquitetónico como um todo. Por isso, cada cozinha bulthaup é única. Feita à medida, adaptada ao espaço específico e aos que nele habitam. Because passion for detail is as important as the architectural concept as a whole. Each bulthaup kitchen is unique and made to measure to fit a specific space and those who inhabit it.

bulthaup

Chiado ACBA Lda

Largo da Academia Nacional de Belas Artes, 14 R/c 1200-005 Lisboa Tel +351 21 346 1042 info@bulthaupchiado.com www.bulthaupchiado.com

Empresa com implementação de projetos em Angola e outros países em África Company with projects put into pratise in Angola and other African countries


GOLDEN LIFESTYLE 100

GASTRONOMIA | FOOD

eAtiNg out iN são pAuLo são pAuLo é hoje considerAdA uMA dAs cidAdes gAstronóMicAs MAis iMportAntes do Mundo. chefes, AMbiente e décor trAnsforMArAM A cApitAL no principAL destino dA restAurAção de eLite são pauLo is now considered one of the worLd's Leading cuLinary cities. chiefs, atMosphere and decor Make it the top fine restaurant destinations

TEXTO | TEXT Miguel JúdiCe

PISELLI


TASCA DA ESQUINA

FOTO: JORGE SIMãO

D.O.M.

MAREMONTI

LA COCOTTE

S

ão Paulo é umas das cidades do mundo onde melhor se come. Esta fascinante selva de pedra de além-mar, paradigma das megapolis do mundo moderno, com tudo o que essas enormes massas de homens e betão têm de bom e mau, é um “melting pot of the world”, feita de gentes vindas dos quatro cantos do planeta, que para aqui trouxeram as suas tradições culturais, e também a sua gastronomia. A arte da mesa, como as artes plásticas, a música ou as tradições socioculturais, é uma das componentes do DNA dos povos. Cada nação tem as suas tradições, que por vezes se enriquecem com a fusão gradual e mais ou menos profunda com outras culturas. Esta fusão acontece como resultado de migrações. Ora, São Paulo é uma cidade feita por 500 anos de imigração vinda de locais tão diversos como Portugal, Itália, Alemanha, Japão, Espanha, Turquia, Líbano, entre outros países, para além de índios com origens pré-Cabral. Isso faz com que seja um local onde se intersectam culturas, onde se cruzam hábitos e religiões. São Paulo não é uma cidade mas sim o somatório de muitas cidades, o que se comprova à mesa. Alguns dos melhores restaurantes do mundo de cada cozinha ficam em São Paulo, o que faz da cidade uma capital gastronómica tão importante como Paris, Nova Iorque ou Tóquio. Desde restaurantes de moda a milhares de moradas menos mediáticas mas igualmente deliciosas, desde as trattorias e cantinas com cozinha dos quatro cantos da bota italiana aos restaurantes japoneses do Bairro da Liberdade, passando pelos lanchonetes de cada esquina e pelos rodízios de carne que se desfaz na boca. É certo que não encontrará por lá as praias do Nordeste, a beleza paradisíaca do Rio de Janeiro, a pureza da Amazónia, o património colonial das cidades históricas de Minas Gerais, mas garantidamente a capital económica da América Latina é também a capital gastronómica de toda uma região do globo, que na “mesa” têm atractivos mais do que suficientes para justificar uma visita.

S

ão Paulo is one of the best cities in the world to eat out. This fascinating overseas concrete jungle, model modern world mega city, with everything good and bad that this brings, is a melting pot of cultures, made up of people from the four corners of the planet, bringing with them their traditions, and also their food. The culinary arts, just like the plastic arts, music or socio-cultural traditions, are one of the vital components of the locals’ DNA. Each nation has its own traditions, which are sometimes enriched with their gradual fusion of varying degrees with other cultures. The fusion of foods results from waves of migrations, in a city made over 500 years, with arrivals from places as varied as Portugal, Italy, Germany, Japan, Spain, Turkey, and Lebanon, among other countries, in addition to Indians from before colonial times. This has turned the city into a place where cultures intersect, where customs and religions intermingle. São Paulo isn’t a city, but rather the sum of many cities, something you taste when you sit down at its tables. Some of world’s finest restaurants representing each of the world’s cuisines can be found in São Paulo, making it a culinary capital as important as Paris, New York or Tokyo. From fashionable eateries to thousands of lesser known yet equally delicious addresses; from trattorias and cantinas serving food from the four corners of Italy, or the Japanese restaurants of the Bairro da Liberdade, to the lanchonete snack bars on every corner or the melt-in-the-mouth meat rodízios. You may not find the beaches of the Northeast, the idyllic beauty of Rio de Janeiro, the purity of the Amazon or the colonial heritage of historic cities in Minas Gerais, but you can be sure that Latin America’s economic capital is also the gastronomic capital of an entire global region, making it more than worthy for a visit, for its food alone.


D.O.M.

D.O.M.

italianos • Piselli – no bairro dos jardins, esta trattoria é um local descontraído e com um ambiente e cozinha que envolve todos os sentidos. • Tre Biqueri – um restaurante de cozinha do Norte de Itália, que parece saído de um livro de Mario Puzo. Também tem o Tre no fantástico shopping JK Iguatemi. • Maremonti – uma nova pizzaria que pouco depois de abrir ganhou o prémio da melhor pizza de São Paulo. Numa cidade onde se comem das melhores pizzas do mundo, isto é obra. Japoneses • Jun Sakamoto – na rua de Lisboa esconde-se um pequeno restaurante onde Jun Sakamoto faz uma cozinha cheia de sensibilidade, sabor e estética. • Kinoshita – o Kinoshita é a casa do Chef Tsuyoshi Murakami, que disputa com Jun Sakamoto o título de melhor sushiman de São Paulo. Como o seu “rival”, Murakami é Japonês de cultura e formação gastronómica e está entre os melhores executantes mundiais deste tipo de cozinha.   brasileiros • D.O.M. – um restaurante brasileiro que marca presença na lista dos 50 Melhores Restaurantes do mundo há vários anos. O Chef Alex Atala faz uma cozinha criativa que oferece a simbiose de várias cozinhas utilizando ingredientes vindos do mais profundo do país, nomeadamente da Amazónia. • Dalva e Dito – o restaurante de cozinha brasileira de Alex Atala, onde o Chef aposta na reinvenção da cozinha tradicional brasileira. • Mocotó – numa zona afastada do centro da cidade, em Vila Medeiros, o Chef Rodrigo Oliveira faz uma cozinha extraordinária, de raiz Nordestina e Sertaneja, que tem uma legião enorme de fiéis. É um dos segredos mais bem guardados da cidade.   portugueses • Tasca da Esquina – o Chef português Vítor Sobral trouxe para São Paulo o conceito de tapas que desenvolveu no bairro de Campo de Ourique em Lisboa e conquistou sucesso imediato. • A Bela Sintra – na rua com o mesmo nome (Bela Cintra), o restaurante é considerado uma das melhores moradas para comer o bacalhau de que os Paulistas são grandes fãs. alguns dos mais recentes • Attimo – é o novo spot do Chef Jefferson Rueda, que antes havia estado no Pomodori. Vale a pena pela cozinha criativa de base italiana mas com influências brasileiras e pelo ambiente de casa antiga que oferece. • Sakagura A1 – um restaurante de cozinha Japonesa do reputado sushiman Shin Koike, que aposta num conceito de comida para compartilhar à mesa, o que é inovador em relação aos muitos restaurantes de “japas” de São Paulo. • Girarrosto – o grande investimento de Paulo Kress Moreira e do Chef Paulo Barros é um dos restaurantes do momento, que começou com o prémio de melhor restaurante de São Paulo, muito graças à arte do Chef Salvatore Loi (ex-Fasano). • La Cocotte – Inspirado nos bistrôs franceses, o La Cocotte é um dos restaurantes mais agradáveis da nova geração em São Paulo.

D.O.M.

ItalIans • Piselli – in the Jardins district, this trattoria is a relaxed venue with an atmosphere and cooking that treats all of the senses. • Tre Biqueri – a restaurant serving food from Northern Italy, which looks like it’s out of a book by Mario Puzo. They also own the Tre in the fantastic JK Iguatemi shopping centre. • Maremonti – a new pizzeria, which soon after opening won the award for São Paulo’s best pizza. In a city where you can eat some of the world’s finest pizzas, this is no mean feat. JaPanese • Jun sakamoto – hiding on the Rua de Lisboa, you’ll find a small restaurant where Jun Sakamoto creates food full of sensitivity, flavour and looks. • Kinoshita – the Kinoshita is the eatery of chef Tsuyoshi Murakami, who rivals Jun Sakamoto for the title of best sushi chef in São Paulo. Like his colleague, Murakami is Japanese in terms of culture and culinary training, and is among the world masters in this type of cuisine. Brazilian • D.O.M. – a Brazilian restaurant figuring for some years on the list on the world’s top 50 restaurants. Chef Alex Atala produces a creative cuisine that offers a blend of several cuisines, using ingredients sourced from the most distant parts of the country, in particular from the Amazon. • Dalva e Dito – Alex Atala’s restaurant featuring Brazilian cooking, where the chef focuses on the reinvention of traditional Brazilian cooking. • Mocotó – in a district far from the city centre, in Vila Madeiro, chef Rodrigo Oliveira creates an extraordinary cuisine, with Northeast and inland roots, which enjoys a huge loyal fan base. It is one of the city’s best kept secrets. PorTuguese • Tasca da Esquina – Portuguese chef Vítor Sobral has brought the concept of tapas he developed in the Campo de Ourique neighbourhood of Lisbon to São Paulo and has enjoyed immediate success. • A Bela Sintra – in the road of the same name (Bela Cintra), the restaurant is considered one of the best places to eat salted codfish dishes, of which the people of São Paulo are great fans. soMe of The laTesT arrivals • Attimo - is the new spot of chef Jefferson Rueda, previously at the Pomodori. This is worth a visit for the creative cuisine, with its Italian roots and Brazilian influences, and for its old-style atmosphere. • Sakagura A1 – a restaurant serving Japanese cuisine from respected sushi chef Shin Koike, who focuses on the concept of food to share at the table, which is something innovative when compared with the many other “japa” restaurants in São Paulo. • Girarrosto – the major investment of Paulo Kress Moreira, which kicked off with the award for São Paulo’s best restaurant, thanks mainly to the art of chef Salvatore Loi (formerly at the Fasano). • La Cocotte – inspired by French bistros, La Cocotte is one of the most pleasant of São Paulo’s new generation eateries.


GOLDEN LIFESTYLE 104

VINhOS | WINE

ArteWine noart vinho no Ano eM que coMeMorA 40 Anos, o esporão convidou o ArtistA AngoLAno bineLde hyrcAn pArA criAr uMA obrA excLusivA iLustrAndo o rótuLo do vinho esporão reservA 2011 in the year in which it ceLebrates its 40th year, esporão invited angoLan artist bineLde hycran to create an excLusive work to iLLustrate the LabeL of the esporão reserva 2011 wine

TEXTO | TEXT ema BraNco

d

esde a primeira colheita do Esporão Reserva, em 1985, que o Esporão aposta na diferenciação dos seus rótulos com a reprodução de obras originais de diferentes artistas plásticos. No ano em que a marca comemora 40 anos e lança uma edição exclusiva para o mercado angolano, o Esporão Reserva Tinto 2011, o convite foi dirigido ao angolano Binelde Hyrcan, um dos mais reconhecidos jovens artistas do país. Impulsionado pela força dos vinhos Monte Velho e Esporão, Angola tornou-se num dos principais mercados de exportação da marca e, segundo as palavras de João Roquette, administrador do Esporão “É um país onde sempre sentimos que existe um grande reconhecimento dos nossos vinhos, em especial o Esporão Reserva Tinto. Nesse sentido, quisemos fazer esta homenagem, com o lançamento de uma edição exclusiva para o mercado angolano, cujo rótulo é a reprodução de uma obra de um dos artistas mais promissores da nova geração angolana.” A obra original ficará exposta, juntamente com a restante colecção, no edifício de Enoturismo na Herdade do Esporão, onde poderá ser visitada, e a nova colheita estará disponível já a partir de Dezembro.

e

ver since the first harvest of the Esporão Reserva in 1985, Esporão has focused on unique bottle labels, featuring reproductions of original works from different artists. In the year it commemorates its 40th year and launches an exclusive edition onto the Angolan market, the Esporão Reserva Tinto 2011, Angolan Binelde Hycran, one of the country’s most respected young artists, is the commissioned artist. Backed by the strength of Monte Velho and Esporão wines, Angola has become one of the main export markets for the brand and, according to João Roquette, Esporão’s CEO: “it is a country where we have always enjoyed major recognition for our wines, in particular the Esporão Reserva Red. With this in mind, we wanted to pay this tribute, with the launch of an exclusive edition for the Angolan market, the label of which is the reproduction of a work by one of the most promising artists of the new Angolan generation.” The original work with be on show, together with the rest of the collection in the wine tourism building at the Herdade do Esporão, while the new harvest will be available from December.

BINELDE HyRCAN

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


GOLDEN LIFESTYLE 106

VINhOS | WINE

o iNcríveL PiNguS the incrediBle pingus

riberA deL duero pingus: vinhAs Muito veLhAs de teMprAniLLo, zero uso de pesticidAs ou herbicidAs, coLheitA MAnuAL, desengAce bAgo A bAgo, viticuLturA biodinâMicA. terroir, tALento, MAis AzAr e sorte, A dAr uM dos MAis fAntásticos vinhos de espAnhA ribera deL duero pingus: very oLd teMpraniLLo vines, zero use of pesticides or herbicides, hand picking, staLk reMovaL grape by grape, biodynaMic winegrowing. terroir, taLent, pLus chance and Luck, to Make one of spain’s Most fantastic wines. TEXTO | TEXT luís ANtuNes


GOLDEN LIFESTYLE 107

N

o mundo do vinho, 15 ou 20 anos não são grande coisa, muito menos para construir uma marca com impacto mundial. Mas por vezes uma colheita é suficiente para chegar ao estatuto de mito, de lenda. O vinho Pingus é um exemplo de um fenómeno assim, construindo a sua fama com uma aventura onde a sorte e o azar se combinam com o trabalho, a inspiração e o talento. Peter Sisseck, por alcunha Pingus, fundou o Dominio de Pingus em 1995. Engenheiro agrónomo nascido em 1962 na Dinamarca, trabalhou em Bordéus e na Califórnia, antes de se fixar em Espanha, em 1990. Localizou 5 hectares de vinhas muito velhas de Tempranillo e fundou a adega, na província de Burgos, em plena Ribera del Duero. O segredo do vinho é a obsessão de Sisseck com a qualidade. De entre as várias vinhas, a parcela mais jovem tem já 50 anos, e a maior produção, com apenas 20 hectolitros por hectare. As vinhas mais velhas têm mais de 70 anos e podem produzir tão pouco como apenas 11 hectolitros por hectare. Depois de colhidos, o desengace é feito manualmente, bago a bago, escolhendo apenas as uvas mais maduras. O vinho é elaborado com intervenção e manipulação mínimas e engarrafado ao fim de 20 a 23 meses em barricas de carvalho francês, sem clarificação ou filtragem, para melhor manter as suas qualidades naturais. O resultado é um tinto extraordinário: concentrado, potente, com fruta muito madura mas sempre com um equilíbrio impressionante e uma elegância e suavidade inigualáveis. As vinhas velhas têm esta característica: as suas raízes profundas espalham-se pelo chão e conseguem extrair da terra os componentes que conferem grande complexidade e grande profundidade, enquanto mantêm o balanço entre álcool, acidez e acima de tudo, textura sedosa.

i

In the world of wine, 15 to 20 years isn’t a great deal, and even less so for building up a brand of world importance. But sometimes one harvest is all that is needed to reach mythical status. The wine Pingus is one example of such a phenomenon, building its fame on a venture in which luck and chance join forces with hard work, inspiration and talent. Peter Sisseck, nicknamed Pingus, founded the Dominio de Pingus in 1995. Agricultural engineer born in 1962 in Denmark, he worked in Bordeaux and in California before settling in Spain, in 1990. He found five hectares of very old Tempranillo vines and founded the winery, in the province of Burgos, right in the Ribera del Duero. The secret of the wine lies in Sisseck’s obsession with quality. Of the many vines, the youngest parcel is already 50 years old, and the highest production of just 20 hectolitres per hectare. The oldest vines are more than 70 years old and can produce as little as 11 hectolitres per hectare. Once picked, destalking is done by hand, grape by grape, and only the ripest grapes are chosen. The wine is made with minimal intervention and manipulation and bottled at the end of 20 to 23 months in French oak casks, without clarification or filtering, to better retain its natural qualities. The result is an extraordinary red wine: concentrated, powerful, with very ripe fruit but always with an impressive balance and unrivalled elegance and smoothness. The old vines have this characteristic: their deep roots spread through the ground and manage to extract from the soil components that ensure great complexity and great depth, while maintaining the balance between alcohol, acidity and above all else, its silky texture. Fewer than 6000 bottles of this great wine are made each year and there are two factors behind its instant fame. First of all, its discovery and presentation to the world by American critic Robert Parker, back in August 1996. The second factor was the entire batch allocated for the American market, which was lost in a shipping accident in the Atlantic. Of the 325 12-bottle cases produced, 75 rest at the bottom of the sea. The quality was there, the rarity increased and the legend was created. Since 2005, the wine has been produced according to the principles of biodynamic agriculture, achieving an even greater finesse than previously. They are wines of incredible personality, longevity, and sophistication. Tasting the wine with Peter Sisseck, you are impressed by the great respect and reverence he has for his own creation. As if the terroir really overwhelmed it and instilled it with an almost liturgical humility and respect and a ritualised consumption. Nature still outdoes man, no matter how ingenious he is.


GOLDEN LIFESTYLE 108

VINhOS | WINE

o resuLtAdo é uM tinto extrAordinário: concentrAdo, potente, coM frutA Muito MAdurA MAs seMpre coM uM equiLíbrio iMpressionAnte e uMA eLegânciA e suAvidAde iniguALáveis the resuLt is an extraordinary red wine: concentrated, powerfuL, with very ripe fruit but aLways with an iMpressive baLance and unrivaLLed eLegance and sMoothness Deste grande vinho são feitas menos de 6000 garrafas e dois factores contribuíram para construir a sua fama instantânea. Em primeiro lugar, a sua descoberta e revelação ao mundo pelo crítico americano Robert Parker, logo em Agosto de 1996. O segundo factor foi toda a alocação para o mercado americano que se perdeu num acidente de navio no Atlântico. Das 325 caixas de 12 garrafas produzidas, 75 repousam no fundo do mar. A qualidade estava lá, a raridade aumentou e a lenda foi criada. Desde 2005, o vinho é feito segundo os princípios da agricultura biodinâmica e consegue ainda uma maior finesse do que antes. São vinhos de incrível personalidade, longevidade, requinte. Provando o vinho com Peter Sisseck, impressiona o enorme respeito e reverência que ele tem pela sua própria criação. Como se o terroir realmente o esmagasse e lhe impusesse uma humildade e respeito quase litúrgicos e um consumo ritualizado. Natureza ainda sobre o homem, por muito genial que este seja.

PETER SISSECK


GOLDEN LIFESTYLE 110

RESTAURANTE | RESTAURANT

um ristoranti com alma

vinho A copo e tApAs vAriAdAs é A propostA do restAurAnte vitrúvio, do hoteL epic sAnA LuAndA, pArA AniMAr As tArdes quentes dA cApitAL wine by the gLass and a choice of tapas is the suggestion froM vitrúvio restaurant, in the epic sana Luanda hoteL, to Liven up the warM evening in the capitaL

T

apas Italianas & Wine Bar é o novo conceito que promete marcar as tardes de Luanda com uma verdadeira experiência gastronómica no Restaurante Vitrúvio do EPIC SANA Luanda Hotel. Idealizado como um momento de convívio, parte de uma selecção dos melhores vinhos internacionais a copo, com mais de 120 referências disponíveis que acompanham pequenas e deliciosas porções de tapas, enchidos e queijos, para degustar ou levar para casa. Aberto diariamente das 12h30 às 23h00 e o Tapas & Wine Bar das 15h00 às 19h00, o Restaurante Vitrúvio pretende assim dinamizar os finais de tarde e proporcionar uma alternativa para um convívio entre amigos ou um encontro empresarial. À iniciativa junta-se a recente proposta "Mini Chef’s", para que os mais pequenos aprendam em divertidos workshops os segredos escondidos por detrás da confecção das pizzas.

FOTO | PHOTO NuNO MARtiNs

i

talian Tapas & Wine Bar is the gastronomic experience available at the Vitrúvio Restaurant of the EPIC SANA Lunda Hotel, which is sure to spice up Luanda evenings. Designed to be a social event, the concept features a selection of the finest international wines, by the glass, with 120 kinds available, to accompany an array of deliciously diminutive tapas, cured meats and cheeses, to enjoy there and there, or take home with you. Open every day from 12pm to 11pm and the Tapas & Wine Bar from 3pm to 7pm, the Vitrúvio Restaurant thus aims to bring a touch of excitement to early evenings, providing an alternative for meeting up with friends or for holding a business meeting. The initiative is joined by the recent proposal made to “Mini Chefs”, where children can learn the secrets behind pizza making in fun workshops.


GOLDEN LIFESTYLE 112

EVENTO | EVENT

Viagem de sabores VoyAge of flAVours o AngoLA food & drink festivAL reALizou-se peLA priMeirA vez nA iLhA de LuAndA, no restAurAnte tAMAriz, e contou coM A presençA de ALguns dos MeLhores chefes nAcionAis e internAcionAis the angoLa food & drink festivaL was heLd for the first tiMe on the isLand of Luanda, at the taMariz restaurant, and was attended by soMe of the best nationaL and internationaL chefs TEXTO | TEXT NéliA de ARAúJO FOTOS | PHOTOS NgOi sAluCOMBO

o

primeiro festival gastronómico internacional de Angola realizou-se entre os dias 31 de Outubro e 03 de Novembro de 2013, no Restaurante Tamariz, na Ilha de Luanda e contou com a presença de vários chefs nacionais e internacionais, entre os quais se destacaram o Chef Rui Sá ( Angola) e o Chef João Carlos Silva ( S. Tomé e Príncipe). Mas o convidado de honra deste evento foi o Chef Chakall, que no entender da organização, reúne consenso mundial na arte da culinária e confere ao festival um grande dinamismo. Mais do que um evento gastronómico, foi, na opinião dos chefs, uma fusão cultural. Nas palavras de Rui Sá,” a harmonia, a cumplicidade e a troca de conhecimentos não podia ter sido melhor, nem mais gratificante”. Não foi a primeira vez que o Chef João Carlos Silva veio a Luanda, mas continua a impressionar-nos com a sua viagem dos sabores, confeccionando pratos que nos deixam com água na boca. Grande conhecedor dos ingredientes africanos, João Carlos Silva partilhou com o Chef Rui Sá os coentros Selvagens enquanto o Chef Rui Sá o presenteou com os cogumelos gigantes angolanos. “Cada um trás uma mala cheia de ingredientes dos seus países de origem, mas é muito gratificante ver quando saem com uma mala cheia com os nossos”, diz-nos Hélia Dias, da organização. Chakall confecciona no seu “ laboratório” muitas experiências gastronómicas, mas sai de Luanda apaixonado pelo nosso Jindugo e pela Múcua, fruto que descobriu recentemente. Pela segunda vez de visita a Angola, a primeira foi em 1999, o Chef Chakall diz-se um apaixonado por áfrica. O mais importante para ele? As pessoas, porque são elas que fazem um país. No final, a opinião dos chefs foi unânime, o evento foi um sucesso!

T

he first international food festival of Angola was held between October 31st and November 3rd at the Restaurante Tamariz, on the Island of Luanda, welcoming several national and international chefs, including Rui Sá (Angola) and João Carlos Silva (São Tomé and Príncipe). But the guest of honour at this event was chef Chakall, who, according to the organisers, is renowned the world over for his culinary arts, and brought great dynamism to the festival. More than a food event, it was, according to the chefs, a cultural fusion. In the words of Rui Sá, “the harmony, bonding and exchange of expertise couldn’t have been better, nor more gratifying”. This wasn’t chef João Carlos Silva’s first visit to Luanda, but he remains impressed as ever with this journey of flavours, preparing mouthwatering dishes. A great connoisseur of African ingredients, João Carlos Silva shared his wild coriander with chef Rui Sá, while in return Rui Sá presented him with some Angolan giant mushrooms. “Everyone comes with their suitcases overflowing with ingredients from their country of origin, but it is very enjoyable to see them leaving with them full of our ingredients,” event organiser Hélia Dias tells us. Chakall produced a series of gastronomic experiences in his “laboratory”, but he left Luanda a fan of the nation’s Jindugo and of its Múcua fruit, which he has only just discovered. Visiting Angola for the second time, his first visit was in 1999, chef Chakall reveals he is a great fan of Africa. For him, the most important part is the people, because they are what make a country. In the end the chefs were unanimous in their opinion – the event was a great success!


GOLDEN LIFESTYLE 114

ChAMPAGNE

sede deouro thirst for goLd

por Muitos denoMinAdo coMo o “rei dos vinhos”, não existe ceLebrAção de vuLto onde o chAMpAgne não estejA presente, é o vinho dAs festAs por exceLênciA. A MArcA frAncesA Luxor criou o chAMpAgne perfeito referred to by Many as the «king of wines», there is no ceLebration worth its saLt where chaMpagne is not present, as the party wine par exceLLence. the french brand Luxor has created the perfect chaMpagne TEXTO | TEXT ema BraNco

o

fascínio do Homem pelo ouro faz parte da natureza humana desde os tempos mais remotos. Considerado um dos metais mais preciosos do mundo, contém uma carga histórica que envolve símbolos de pureza, valor e realeza. A marca francesa Luxor uniu dois elementos de excelência e criou um champagne onde o ouro dança entre as bolhas. Produzido em França, este champagne com 24 quilates de ouro revive em muito o espírito das exuberantes festas no Palácio de Versailles. Com uma edição limitada, o Luxor Brut e o Luxor Rosé são considerados uma das bebidas mais deliciosas do mundo. Encontra-se disponível e em exclusivo na Desenhabitado Gourmet, em Lisboa.

m

an's fascination with gold has been part of human nature since ancient times. Considered one of the world's most precious metals, it boasts a historic notoriety, as a symbol of purity, value and royalty. The French brand Luxor has combined two elements of excellence and created a champagne in which gold dances among the bubbles. Produced in France, this champagne with 24-carat gold brings back to life the spirit of the exuberant parties of Versailles Palace. With a limited edition, the Luxor Brut and the Luxor Rosé are considered one of the world's most delicious drinks. Available, exclusively at Desenhabitado Gourmet, in Lisbon.


PUBLIREPORTAGEM

mesas de eXCelênCia DINING EXCELLENCE

COM CONCEITOS DISTINTOS, O GRUPO SOL MAIOR DETÉM QUATRO DOS MAIS CONSAGRADOS RESTAURANTES DE LUANDA. EXPERIêNCIA, QUALIDADE E EFICIêNCIA SãO ALGUNS DOS ADJECTIVOS QUE CARACTERIZAM ESTES ESPAçOS eaCh featuring different ConCepts, the grupo sol maior oWns four of luanda’s most renoWned restaurants. eXperienCe, QualitY and effiCienCY are some of the Words that desCriBe these eateries

Luanda tornou-se numa capital de sabores. Comer bem na cidade não é difícil, basta encontrar os melhores restaurantes da empresa Sol Maior, que opera no mercado angolano desde 2010. Experiência, qualidade, eficiência e um atendimento personalizado e atencioso são alguns dos “ingredientes” que pode encontrar no menu destes restaurantes.

Luanda has become a capital of flavours. Eating well in the city is made easy, just look for the best restaurants from Sol Maior, operating in Angola since 2010. Experience, quality, efficiency and personalised service are some of the ingredients peppering the service menu of these restaurants.


MESAS DE EXCELÊNCIA I DINING EXCELLENCE

O espaço luanda, localizado na ilha de Luanda, caracteriza-se por um ambiente informal e descontraído cuja decoração é inspirada nas raízes angolanas e africanas, criando uma atmosfera quente e acolhedora para os clientes que o visitam. Com uma exuberante vista, aqui encontra refeições confeccionadas com paixão a partir dos produtos mais frescos e da maior qualidade. Desde as melhores carnes seleccionadas aos mariscos mais frescos da costa, passando por uma grande variedade de saladas, peixes, massas e sobremesas, o objectivo do restaurante é a total satisfação de todos os seus clientes. Nada fica ao acaso no Espaço Luanda, e a pensar em noites descontraídas e animadas pode usufruir da sua bebida preferida ao som da melhor música ao vivo.

Espaço Luanda enjoys an informal and relaxed setting, with décor inspired in Angolan and African roots, producing a warm and welcoming atmosphere for guests. With a stunning view, here you’ll find meals made with passion from the freshest and finest quality products. With the finest cuts of meat or the freshest of costal-caught shellfish, joined by a huge variety of salads, fish, pasta and desserts, the restaurant’s purpose is to ensure the full satisfaction of every customer. Nothing is left to chance at Espaço Luanda, where relaxed, fun evenings can be enjoyed to the sound of great live music.

Com um conceito ligeiramente diferente destaca-se o emporium bistrô. Localizado no primeiro piso do edifício Luanda, no Belas Business Park, é o único deste segmento em Talatona. Um espaço moderno e único que inclui na sua carta um menu variado da cozinha de fusão do Chef Miguel Borges, que dirige com excelência o restaurante desde a sua inauguração. No Emporium Bistrô pode deliciar-se com os melhores risottos ou soufflés e vale a pena adoçar o final da sua refeição com um cheesecake de frutos silvestres ou com um foundue de chocolate. Todos os dias o Chef sugere um prato diferente, agradando assim a todos os palatos, e, todos os meses, o espaço transforma-se num festival gastronómico que já se tornou um sucesso em Talatona.

With a slightly different concept, the Emporium Bistrô is another highlight. Located on the first floor of the Luanda building in Belas Business Park, it is Talatona’s only restaurant in this segment. A modern and unique space featuring a varied menu of fusion cuisine from chef Miguel Borges, who has excelled at running the restaurant since it was opened. At Emporium Bistrô you can enjoy the finest risottos and soufflés, while dessert treats include fruits of the forest cheesecake or chocolate fondue. Every day the chef has a different suggestion, thus appealing to every palate, while, every month, the venue is transformed into a food festival, which is already a success in Talatona.


PUBLIREPORTAGEM

A esplanada grill é um restaurante especializado no rodízio de carnes grelhadas onde vai encontrar sabores de Angola, Portugal e Brasil e onde também pode disfrutar dos melhores peixes e mariscos que a costa angolana oferece. Para os clientes que querem saborear uma refeição autêntica e descontraída, e a preços mais acessíveis, o Buffet Executivo é uma excelente opção. Com 20 variedades de saladas frias e excelentes pratos quentes, cada refeição termina com uma variedade de sobremesas sempre frescas e deliciosas. Se optar pelo Rodízio de Carnes, para além do buffet disponível prepare-se para um autêntico mundo de sabores: 25 tipos de carne da melhor qualidade confeccionadas por uma equipa de profissionais qualificados.

The Esplanada Grill is a restaurant specialised in grilled meats, in which you’ll find flavours from Angola, Portugal and Brazil and where you can also enjoy the finest fish and shellfish the Angolan coastline has to offer. For guests wanting to sample an authentic and relaxed meal at more affordable prices, the Executive Buffet is an excellent option. With 20 varieties of cold salads and tasty warm dishes, each meal ends with a variety of fresh and delicious desserts. If you choose the meat rodízio, in addition to the buffet available, a world of flavours awaits you: 25 types of quality meat prepared by a team of qualified professionals.


MESAS DE EXCELÊNCIA I DINING EXCELLENCE

Com uma localização privilegiada na zona da Chicala, que permite escapar à confusão da Ilha do Cabo, o restaurante Shogun transporta-nos através da sua decoração para um ambiente calmo e sereno. Com base numa culinária de inspiração oriental, o restaurante oferece as habituais propostas da cozinha japonesa como o sushi, sashimi e o teppan yaki. Contudo, a oferta do restaurante vai bem mais além e tem agradado muito aos clientes. Numa proposta ousada de inovação, o Chef Zé Luís trabalha os ingredientes angolanos servindo-se de técnicas tradicionais japonesas cujo resultado são pratos de fusão verdadeiramente originais. O Shogun é ainda uma boa opção para quem gosta de praia. Camas confortáveis com cortinas transparentes, substituindo as tradicionais cadeiras de praia, conduzem-nos para ambientes mais próximos do Mediterrâneo permitindo-nos desta forma desfrutar do mar e da tranquilidade do espaço ao mesmo tempo que nos deliciamos com as iguarias do Chef.

With its prime location in the Chicala neighbourhood, which allows you to escape the confusion of the Ilha do Cabo, the Shogun restaurant takes us to a calm and serene atmosphere through it décor. Featuring oriental inspired cuisine, the restaurant offers the usual suggestions of Japanese cooking, such as sushi, sashimi and teppan yaki. Nevertheless, the restaurant has much more to offer, to the great enjoyment of its guests. In a daringly innovative suggestion, chef Zé Luís uses Angolan ingredients and Japanese techniques to create truly original fusion dishes. The Shogun is also a great option for beach lovers. Comfortable beds with diaphanous curtains, replacing the traditional beach chairs, make you think more of a Mediterranean setting, and thus allow you to experience the sea and the peacefulness of the space while enjoying the chef’s delights.


GOLDEN LIFESTYLE 120

RESTAURANTE | RESTAURANT

no topo do mundo on top of the world

há Muito que espAnhA se AfirMou no pAnorAMA gAstronóMico. depois do reinAdo do eL buLLi de ferrAn Adrià, os irMãos roccA destronArAM o dinAMArquês noMA e L ceLLer de cAn rocA é o nº1 do Mundo spain has Long proved its worth in the cuLinary arena. after the reign of ferran adrià’s eL buLLi, the roca brothers have dethroned denMark’s noMa and eL ceLLer de can roca is the worLd no.1

TEXTO | TEXT saNdra NoBre


GOLDEN LIFESTYLE 121

F

oi a dona Montse a responsável por este fenómeno familiar. Três irmãos, no mesmo restaurante desde 1986, os mesmos valores e um profundo respeito pela comida. Joan, Jordi e Josep conseguiram juntos escalar até ao topo das listas gastronómicas mais exigentes, conquistando o apurado paladar dos críticos mais temidos. Assim, a juntar às três estrelas do guia Michelin, alcançaram também o estatuto de melhor restaurante do mundo da lista dos 50 melhores da San Pellegrino, ultrapassando o Noma de Rene Redzepi, que se manteve nesse lugar do pódio durante dois anos. E o mundo voltou a estar de olhos postos

d

ona Montse is responsible for this phenomenal family. Three brothers in the same restaurant since 1986, with the same values and deep respect for food. Joan, Jordi and Josep have managed together to scale the gastronomic heights on the most discerning lists, winning over the perceptive palates of the most feared critics. Thus, joining their three Michelin stars, they have also been given the status of the world’s best restaurant on San Pellegrino’s list of the 50 best, overtaking Rene Redzepi’s Noma, which had held the top spot for two years. Once again the world turns its gaze to Catalonia, a region


GOLDEN LIFESTYLE 122

RESTAURANTES | RESTAURANTS

eM poucAs ocAsiões os críticos de todo o Mundo são unâniMes, MAs no que tocA A eL ceLLer de cAn rocA todos gArAnteM que vALe A penA A esperA

critics froM around the worLd seLdoM agree, but when it coMes to eL ceLLer de can roca aLL of theM agree that it is weLL worth the wait

na Catalunha, região habituada a estar no epicentro mediático por conta de Ferran Adrià e do El Bulli, que fechou temporariamente as portas em 2012, mas que promete reabrir no próximo ano. Não são os prémios e os títulos que movem os irmãos Roca. Joan, o mais velho, que assume a cozinha, sabe que o que importa “é que o cliente saia satisfeito e tenha vontade de voltar, independentemente se o restaurante é o número um ou o número dois, três ou cinquenta, tenhamos três estrelas ou duas”. Tem sido sempre assim, desde que começaram a fazer as primeiras experiências. Cresceram entre tachos e panelas, sempre com aromas de comida de conforto no ar, para “alimentar”, como a sua mãe sempre fez questão de sublinhar, em Taialà-Germans Sàbat, num bairro pouco recomendável nos subúrbios de Girona, no Norte de Espanha, onde os pais gerem um restaurante, que ainda mantém e onde eles vão comer muitas vezes. Hoje estão à frente do seu negócio, cada um com as suas responsabilidades: Joan na cozinha, Josep na sala, onde contagia os comensais com a sua paixão pelos vinhos, e Jordi, o mais novo, adoça as refeições com as sobremesas. Continua na página 124

used to being under the media spotlight thanks to Ferran Adrià and El Bulli, which temporarily closed its doors in 2012, but which promises to reopen next year. Awards and titles are not what guide the Roca brothers. Joan, the oldest, in charge of the kitchen, knows what matters: “that the guest leaves satisfied and with the desire to return, independent of whether the restaurant is number one or number two, three or fifty, of whether we have three stars or two”. This is how it has always been, ever since they first began. They grew up among pots and pans, with the aromas of comfort food filling the air, to “feed”, as their mother always insists on stressing, in Taialà-Germans Sàbat, in an unremarkable neighbourhood in the suburbs of Gerona, in Northern Spain, where their parents run a restaurant, which they still have and where the brothers often go to eat. Today they head their own business, each with their own responsibilities: Joan in the kitchen, Josep front of house, where he contaminates the guests with his passion for wine, and Jordi, the youngest, who sweetens the meals with his desserts. Continued on page 124


GOLDEN LIFESTYLE 124

RESTAURANTES | RESTAURANTS

três estrelas michelin e no topo da lista dos 50 melhores da san pellegrino three michelin stars and at the top of the World's 50 Best restaurants Procuram a perfeição, o que para eles significa apenas: “o máximo sabor no mínimo espaço”. Verdadeiros alquimistas misturam ingredientes de forma teatral, proporcionam experiências, respeitam o ciclo da natureza, as colheitas, praticam uma cozinha de vanguarda assente no saber de várias gerações e fazem tudo com o mesmo amor que aprenderam da sua mãe. O restaurante fica localizado numa casa de campo que data de 1911, mistura de estilo modernista e colonial, com um espaço generoso, dividido de igual forma pela cozinha, adega e sala de linhas depuradas, a que se junta um jardim. Girona passou a ser o centro do mundo e marcar mesa no restaurante tornou-se um desafio. Actualmente, conta com uma lista de espera de… um ano. Em poucas ocasiões os críticos de todo o mundo são unânimes, mas no que toca a El Celler de Can Roca todos garantem que vale a pena a espera.

Their quest is perfection, which for them implies: “maximum flavour in the minimum space”. Authentic alchemists, they theatrically blend their ingredients, providing experiences, respecting the cycle of nature and harvests, and practicing cutting-edge cuisine based on the knowhow of several generations, doing everything with the same love they learned from their mother. The restaurant is located in a country house dating from 1911; a blend of modernist and colonial styles, with a generous interior, divided equally between the kitchen, cellar and the simple dining room, which is joined by a garden. Gerona has become the centre of the world and booking a table at the restaurant has become a challenge. There is currently a waiting list of... a year. Critics from around the world seldom agree, but when it comes to El Celler de Can Roca all of them agree that it is well worth the wait.


GOLDEN LIFESTYLE 126

NEWS

colecção de luxo luxury collection

a

nova colecção Verão 2014 da Portofino vai buscar a sua inspiração à elegância vivida nos anos 70 na Riviera Francesa. Com linhas casual chic, a colecção desenvolveu as suas peças com base nas matérias primas mais nobres existentes no mercado. A loja, situada em Talatona, tem disponível um corner dedicado à marca Versace onde se encontram as tendências mais arrojadas da marca, e também da Brioni, marca reconhecida pela sua alfaiataria tradicional italiana, cujos fatos são produzidos artesanalmente para o cliente mais exigente e requintado.

T

he new summer 2014 collection from Portofino finds its inspiration in the elegance experienced during the 1970s along the French Riviera. Casual chic in style, the collection features pieces made with the finest of prime materials available on the market. The shop, located in Talatona, has a corner dedicated entirely to Versace, where you can find the most daring trends from the brand, and also from Brioni, known for its traditional Italian tailoring, and whose suits are handmade for the most discerning and refined of customers.

omegA lAdymAtic

a

OMEGA acaba de lançar uma nova selecção de relógios de luxo para a sua colecção feminina Ladymatic. Atraente e elegante, os modelos combinam o ouro amarelo ou rosa 18K e aço e estão equipados com um extraordinário movimento mecânico. A apresentação dos novos modelos decorreu num evento em Viena com toda a pompa e circunstância. No centro da nova campanha está Nicole Kidman, uma das actrizes mais respeitadas do mundo, o que vem provar que este relógio distinto irá encontrar um lugar entre as mulheres mais exigentes e sofisticadas de todo o mundo.

OMEGA has just launched a new range of luxury watches within its Ladymatic collection. Attractive and elegant, the models combine yellow or pink 18-carat gold with steel and are fitted with an extraordinary mechanical movement. The presentation of the new models took place with all pomp and circumstance at an event in Vienna. At the heart of the new campaign stands Nicole Kidman, one of the most respected actresses in the world, which proves that this distinctive watch is sure to be coveted by the world’s most discerning and sophisticated women.


GOLDEN LIFESTYLE 128

NEWS

Hästens, sonHos personalizados customised dreAms

F

undada em 1852, a Hastens sabe conceber camas como ninguém. E o modelo Vividus é a prova disso. Inteiramente construída à mão por mestres-artesãos cujas técnicas de alta qualidade foram passando de geração em geração ao longo de 161 anos de experiência, esta cama topo de gama integra na sua composição apenas materiais naturais. A sua base de pinho, proveniente das florestas do círculo polar ártico, confere-lhe características de fiabilidade e durabilidade ímpares. O seu interior é forrado com linho e comporta um sistema de molas Bonell. O resultado é uma cama que suspende o corpo e que lhe proporciona suporte, ao mesmo tempo que o recebe com toda a suavidade, em descontração total. Cada Vividus é assinada pelo mestre artesão responsável pela sua construção e pode ser personalizada através de placa identificadora do seu proprietário, para além da escolha entre 16 cores disponíveis.

F

ounded in 1852, Hastens produces beds like no one else. The Vividus model is clear proof of this. Entirely hand made by master craftsmen, whose high quality techniques have been passed down through the generations over 161 years of experience, this top-of-the-range bed uses only natural materials in its construction. Its pine frame, sourced from forests north of the Arctic Circle, ensures unrivalled properties of reliability and durability. The inside of the frame is lined with flax before the Bonell spring system is installed. The result is a bed that carries the weight of your body, allowing it to sink down where needed and thus provide perfect support for the entire body, retaining its form and ensuring many good nights of sleep. Available in 16 colours, each Vividus is signed by the master craftsman responsible for its construction and features a personalised engraved plaque showing the bed has been made especially for its owner.

preservAr A NAturezA preserVing nAture imagine um jardim natural em sua casa ou no seu escritório. E agora imagine este ambiente único, elegante e distinto sem qualquer tipo de manutenção e totalmente ecológico. A empresa Nature Concept oferece-lhe a solução perfeita. Com uma grande variedade de produtos da mais alta qualidade, entre bonsais e palmeiras ou flores e ramagens, o conceito da empresa tem como base a preservação de plantas, um conceito existente há mais de 30 anos que compreende em substituir a seiva da planta natural por uma substância ecológica que, mantendo o seu aspecto original, não requer qualquer tipo de manutenção, água ou luz. i magine a natural garden inside your home or your office. And now

imagine this unique, elegant and distinctive environment without any kind of maintenance and fully ecological. The company Nature Concept brings you this perfect solution. With a large variety of products of the very highest quality, featuring bonsais, palms or flowers and foliage, the company’s concept is based on preserving plants, a concept in existence for more than 30 years, which involves replacing the natural plant sap with an ecological substance, which, maintains its original look and requires no kind of maintenance, water or light.


GOLDEN LIFESTYLE 130

NEWS

ceu ABerto oh hAppy dAy!

a

Chopard apresentou a nova colecção de anéis de noivado Happiness. Com o símbolo do coração como denominador comum, estes modelos são uma homenagem ao tema do amor e à criação e partilha de momentos felizes. Os anéis estão disponíveis em platina ou ouro branco, ambos com diamantes, e reflectem o espírito da Happiness: andar de mãos dadas e viver cada segundo com alegria, para todo o sempre e até ao fim do mundo.

c

hopard has unveiled its new Happiness engagement ring collection. With the heart symbol as their common denominator, these models pay tribute to the theme of love and to the creation and sharing of happy moments. The rings are available in platinum and white gold, both featuring diamonds, and reflecting the spirit of happiness: walking hand-in-hand and living every joyful moment, forever and ever and until the end of the world.

aromas cintilantes ALLuriNg AromAs

a

Frédéric Malle acaba de lançar a edição limitada Joyeux Noël, uma vela que reflecte com a sua fragrância o conforto do ambiente familiar natalício através da associação de aromas como o pinho, âmbar, canela e algodão doce. Desenhada por Dominique Ropion, esta edição é parte integrante da linha de luxo “Candle”. As velas, incorporadas em elegantes copos de vidro fundido à mão, acolhem 12 aromas distintos e exclusivos e estão disponíveis na “Frédéric Malle Pop in Store” instalada na loja Oitoemponto, no Porto.

F

rédéric Malle has just launched the Joyeux Noël limited edition, a candle infused with a fragrance that reflects the comfort of family Christmases, through the combination of aromas such as pine, amber, cinnamon and candyfloss. Designed by Dominique Ropion, this edition is part of the luxury “Candle” range. The candles, contained in elegant handcrafted glasses, come in 12 distinct and exclusive aroma varieties and are available from the “Frédéric Malle Pop in Store” located in the Oitoemponto store in Oporto.


GOLDEN LIFESTYLE 131


GOLDEN

BRIDGE AUTOMATIC

Relรณgio com carga automรกtica lineal. Caixa em ouro vermelho 18kt com lados e fundo de vidra de safira. Primeiro movimento CORUM automรกtico baguette, em ouro e gravado.

www.corum.ch

Rua Carlos Testa, 1 - R/C A - 1050-046 LISBOA - Tel./Fax.: 217950424 - camanga@camanga.com - www.camanga.com

Golden Lifestyle n05  

Dezembro é o mês do Natal, o momento do ano para encontros familiares, celebrações e trocas de presentes. É também o mês em que ocorre o sol...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you