Page 1

FEVEREIRO 2017

/ Ano XI - Edição 74

DESTAQUES Palavra do Pastor

Visão Celular

Crise: A melhor hora para acontecer um milagre Pág. 3

Minha célula não me segue, e agora, o que faço? Pág. 5


AGENDA DO MÊS DE

FEVEREIRO Dias 3 e 4 Conferência do Espírito Santo Casa de Deus - Jundiaí

À partir do dia 19 Inscrições para a Convenção G12

“Assim como a peneira separa o trigo da palha, a aflição purifica a virtude." (Richard E. Burton)

Extravagante 2


Na Crise Também Acontece Milagre Texto: 2 Reis 4:1-7

conseguiria vasilhas o suficiente para coletar o azeite necessário para pagar as dívidas do marido. INTRODUÇÃO 4) O TAMANHO DO MILAGRE É PROPORCIONAL AO TAMANHO DA NOSSA FÉ Existe uma frase muito conhecida e usada (v.3b) pelas pessoas que diz: "Na crise, CRIE". Deus poderia, simplesmente, entregar a bênPorém, eu prefiro usar: "Na crise, CONFIE". ção àquela família para que ela saísse da Todos nós passamos por momentos difíceis crise. Porém, Ele mandou o seguinte recado: na vida, mas, infelizmente, poucos sabem "Peça muitas vasilhas". Ao fazer isso, Deus lidar com essas situações e confiar que Deus queria provar a fé da viúva, Ele queria saber pode operar um milagre. se ela realmente acreditava que o número de vasilhas seria proporcional ao tamanho do Diante do milagre que Deus fez na vida da milagre a ser realizado. família relatada no texto, podemos aprender seis coisas muito importantes sobre os mo5) A FONTE DO MILAGRE É INESGOTÁVEL mentos de crise. Vejamos: (v.6) Quando não havia mais nenhuma vasilha 1) PROBLEMAS SÃO MEIOS para ser cheia, essa passagem QUE DEUS USA PARA conta que o azeite PAROU de CRESCERMOS (v.1) correr. Ele não ACABOU. Se É no momento de crise que houvesse mais recipientes, nós deixamos de ser "bebês" Deus certamente continuaria na fé e amadurecemos. Esse derramando mais bênçãos versículo nos mostra que naquela casa, porque o poder aquele marido temia a Deus, Dele é ilimitado. mas passava por uma crise financeira muito grave. Foi preciso ela deixar 6) NO MILAGRE, EXISTE A NOSSA PARTE a zona de conforto (já que o marido era o E A PARTE DE DEUS responsável por cuidar dos assuntos da casa) Vemos aí um grande exemplo de obediência e tomar a atitude de procurar o profeta em à Palavra de Deus e de trabalho. As vasilhas busca de uma solução para o seu problema. de azeite não se venderiam sozinhas; a muIsso mostra que a crise nos ensina a coisas lher e os seus filhos tiveram que bater de que não aprenderíamos de outra maneira. porta em porta para vender aquele óleo. O 2) O MILAGRE DEPENDE DA NOSSA ENTREGA A DEUS (v.2) Assim como o Senhor livrou aquela família da crise através de uma simples vasilha com um pouco de azeite, Ele pode fazer o mesmo por você. Basta você entregar a Ele tudo o que tem e confiar Nele.

fruto dessa atitude foi o dinheiro que quitou as dívidas da família e livrou os filhos da escravidão. Por isso, se você estiver em crise, peça sabedoria a Deus para que possa enxergar o melhor caminho e fazer a sua parte.

CONCLUSÃO Esse relato bíblico nos ensina que, tempos de crise, devemos bater na porta certa! Por mai3) DEUS PODE USAR AS PESSOAS PARA or que seja o problema, não negocie com o NOS ABENÇOAR (v.3a) diabo, pois ele deseja te escravizar, como Para sair da crise, aquela viúva teve que queria fazer com os filhos daquela viúva. pegar vasilhas emprestadas de seus vizinhos. Antes procure a Deus e fale com Ele sobre as Agora imagine se ela não tivesse um bom coisas que te afligem. Não se acomode com relacionamento com eles! Se não houvesse uma vida derrotada! harmonia entre eles, dificilmente a mulher Extravagante 3


Vivendo em Amor A natureza da Igreja de Jesus não é culto, não é pregação. Sua essência é o amor, e ele se ma-nifesta no cuidado de uns pelos outros. O grande segredo para alcançarmos uma vida cristã abun-dante, de serviço, de doação, de entrega e de renúncia é termos Cristo habitando em nós (Gl. 2.20). A Bíblia registra em João 13.12- 30 que, sentado à mesa com Seus discípulos, Jesus disse: “façam uns com os outros como eu fiz com vocês. Lavem os pés uns dos outros. Dêem a vida uns pelos ou-tros. Renunciem uns pelos outros. Eu vos ensinei, agora façam vocês a mesma coisa.” O que me impressiona no cristianismo não são as grandes reuniões, não são as movimentações de um gigantesco número de pessoas, e nem os grandes preletores do mundo moderno. O que me impressiona no cristianismo é o simples, o pequeno, a pessoa que abre as portas da sua casa para receber o necessitado, a viúva, o órfão, o aflito, o desesperado. Para que servem nossas células? Por que somos uma igreja que prioriza as células? Porque é a úni-ca maneira de cuidarmos bem uns dos outros. Os líderes cuidam das pessoas, ajudam, fortalecem, edificam, animam, amam, servem, lavam os pés. Essa é a visão da célula. Não se trata de um programa, é a própria Igreja. Porque é lá que as pessoas se reúnem. Jesus fazia isso, se reunia com 12 homens. E Ele disse: “viram como eu fiz? Façam o mesmo uns aos outros”. Mas eles não entenderam direito o que significava aquilo. Naquela refeição com Seus discípulos, Jesus foi muito claro sobre quem o iria trair – aquele a quem daria o pão molhado -, mas nenhum daqueles que o ouviram entenderam. Isto é preocupante: andar com Jesus, ouvi-lo, e não entender nada. A nossa falta de percepção, de sensibilidade para compre-ender que um irmão não está bem, que está em crise, sendo tentado e que pode cair e se afastar de Deus, é devastadora. Judas não tinha com quem falar. Se não tivermos a quem confessar nossa ten-tação, teremos, no futuro, que confessar o pecado. E nenhum dos discípulos se aproxi-mou dele para lavar seus pés, servi-lo, ouvi-lo, consolá-lo, corrigi-lo. Se o coração de Judas estivesse cheio de amor, o diabo entraria? Alguns creem na teologia da predestinação fatalista, e afirmam que Judas nasceu para trair Jesus, esse era seu propósito de vida. Mas eu não creio nisso. Eu creio no poder do arrepen-dimento, que pode mudar a história de vida de qualquer pessoa. Se ele tivesse se arrependido, teria sido perdoado também. Mas ninguém cui-dou dele, nenhum dos outros 11 se aproximou. Será que não corremos o risco de fazer a mes-ma coisa que os discípulos? Será que já não o fizemos? Esses homens andavam juntos e não se conheciam. Um precisava de ajuda e ficou só. Faltou amor e sensibilidade. O projeto eterno de Deus é o de ter uma família com muitos filhos semelhantes a Jesus. Por isso esta família não pode viver de qualquer jeito, de modo que as pessoas se relacionem “umas com as outras” segundo os princípios que vigoram no mundo. O Senhor quer que a Sua glória, nature-za e maneira de ser sejam vistas pelos homens através da maneira como nos relacionamos (Jo. 17.22-23), e a grande ênfase destes relaciona-mentos deve ser o amor (Jo. 13.35 e 1 Jo. 3.23). Os mandamentos recíprocos nada mais são do que maneiras práticas de expressarmos o amor do Pai uns pelos outros (Ef. 5.1-2), e eles apenas poderão ser praticados por aqueles que genuina-mente nasceram de novo e são guiados e contro-lados pelo Espírito Santo.

Extravagante 4


MINHA CÉLULA NÃO ME SEGUE Eu creio que ainda é tempo de resgatá-las, mas as outras ovelhas precisam ver essa atitude partindo do seu pastor. Isso certamente trará segurança a elas, pois saberão que se algum dia estiverem em crise e se perderem do aprisco o bom pastor irá atrás para encontrá-las Texto: João 10:3-5 O capítulo de 10 de João, vers. 3 a 5 serve para refletirmos sobre como está nossa relação com as ovelhas. Mais adiante no versículo 11, Jesus diz que Ele é o bom pastor e que o bom pastor dá a vida pelas ovelhas. Será que temos sido pelo menos pastores? Conhecemos as nossas ovelhas? Sabemos os nomes dessas ovelhas? Essas perguntas devem gerar em nós uma reflexão. O que está e o que não está funcionando? Vou apresentar cinco princípios do líder de célula como pastor baseado no livro Treinamento de Líderes de Célula, dos Prs. Abe Huber, que irão ajudar sua voz ser reconhecida pelas ovelhas:

4. O líder deve alimentar as ovelhas Tenha o que dar. Se não nos alimentarmos de Deus como poderemos oferecer alimento de qualidade para nossas ovelhas? Aproveite cada situação, cada momento com sua ovelha para encher o seu coração com fé. A fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem é ouvida mediante a Palavra de Cristo. Romanos 10:17.

Compartilhe o que Deus tem ministrado ao seu coração nas reuniões de célu“Tenha o que dar. Se não la. Ensine princípios. Incentive nos alimentarmos de a leitura da Palavra e de literaque edificarão suas oveDeus como poderemos turas lhas. Descubra quais assuntos oferecer alimento de ela mais se interessa no Reino qualidade para nossas de Deus e converse sobre isso. Encoraje-a. Sonhe com ovelhas?” ela ministerialmente.

1. O líder deve cuidar das ovelhas Devemos estar atentos às necessidades de nossas ovelhas. Proporcionar discipulado. Orar, diariamente, por elas. Visitar. Aconselhar. Se existem necessidades materiais elas também devem ser sanadas, falta de recursos financeiros para alimentação, higiene, ir à igreja, desemprego, vestuário. 2. O líder deve conhecer as ovelhas É fundamental que conheçamos cada ovelha individualmente, fora do contexto de célula. Então promova atividades com essa ovelha, chame-a para sair, orar, almoçar em sua casa. Frequente a casa dessa ovelha e invista tempo conversando, conhecendo a história de sua vida, seus familiares. 3. O líder deve procurar as ovelhas Em Lucas 15, Jesus nos conta a parábola da ovelha perdida. Temos que ter a atitude daquele pastor. Não podemos desistir de uma ovelha sequer. Quantas pessoas já passaram por nossa célula e hoje já não estão mais?

5. O líder deve proteger as ovelhas Existem duas origens de ameaças que podem vir contra as nossas ovelhas, as externas e as internas. Contra as ameaças externas lutamos ensinando os princípios da Palavra, orando, jejuando, formando valores e levando-as à maturidade. Em alguns casos existem as ameaças internas, perigos que vem de outras ovelhas e podem acabar contaminando todo o rebanho. Temos que proteger o rebanho sem isolar ou rejeitar essas pessoas. Espero que esses aspectos sejam observados por você, líder, e se ainda não são coloque-os em prática. Creio que farão total diferença em sua célula. Não há nada mais gostoso do que chamarmos nossas ovelhas e elas reconhecerem a nossa voz.

Extravagante 5


Retiro G12

Visita na Igreja Palavra Revelada (Americana-SP)

Pr. Glauco ministrando na Igreja AssemblĂŠia de Deus Renascer

Extravagante 6

Em 2017 074 fev  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you