Page 1

ANO I EDIÇÃO #5

ANDRÉ x

ALMADA TWO DOOR CINEMA CLUB

DAS BALADAS INDIES ÀS RÁDIOS

O COLÍRIO FEDERICO DEVITO

MAGAZ I N E

CUIDADOS COM A PELE NO VERÃO

AS BELEZAS DE PERNAMBUCO ENSAIO EXCLUSIVO

JONAS

SULZBACH 1


2


3


4


5


s

Edicoes anteriores: www.gladmagazine.com.br


Carta ao Leitor

A

Caros leitores GLAD Magazine,

inda no mês de setembro, os funcionários da Empresa de Correios e Telégrafos, a ECT, entraram em greve em 19 estados brasileiros e no Distrito Federal. Por conta disso, houve um atraso generalizado nos serviços prestados pelo órgão. Assim, em respeito a vocês, nossos leitores, pedimos desculpas pelo atraso na entrega das revistas, muito embora não tenhamos nenhuma parcela de responsabilidade. Para compensá-los, garantimos que a revista virá com conteúdo e uma leitura extremamente prazerosa. Nesta edição os nossos agradecimentos serão especialmente dedicados ao empresário André Almada, que é capa do mês de outubro e, com exclusividade, gentilmente abriu as portas de sua casa pela primeira vez a um veículo deste segmento, concedendo-nos um descontraído bate-papo. Passamos o dia todo com Almada e mostraremos um pouco do seu dia a dia. Queremos também agradecer a nossos talentosos e profissionais colaboradores, aos quais devemos o sucesso da GLAD Magazine. São eles que fazem com que nossa revista, já em sua quinta edição, alcançasse todo este reconhecimento em âmbito nacional. Assim, iniciamos a revista com um breve agradecimento a cada um deles que aqui fazem (com excelência) a sua parte.

Esse reconhecimento se dá por entendermos o leitor e por procurarmos atender aos seus anseios, razão pela qual, atendendo a pedidos, resolvemos trazer novamente o modelo e ex-BBB Jonas Sulzbach, que estampou nossa capa na primeira edição e participou de todas as festas de lançamento onde foram realizadas. Preparamos um belíssimo ensaio com exclusividade para todos que o admiram. Além disso, você, leitor, poderá conferir: um roteiro turístico pelo estado de Pernambuco; um bate-papo com o prodígio Federico Devito, uma das personalidades mais influentes do mundo; dica de um best-seller; atualidades do mundo da internet; dicas de como cuidar da pele no verão; Entrevista com Diego Cruz, famoso bailarino, empresário e produtor; explicações da Dra. Patrícia Garrote sobre a licença-natalidade; o famoso e admirado estilista André Lima; uma saborosa e saudável receita para a próxima estação; os DJs que estão estourando nas baladas; um pouco da história do universo romano; tudo sobre os jovens irlandeses do Two Door Cinema Club; a opinião de Bernardo Bittar sobre autoafirmação; os mais importantes eventos pela sociedade GLAD e editoriais de moda que vão causar. Tenho certeza de que você vai se deliciar com o que preparamos. Confira!

EDITOR-CHEFE


COLABORADORES

Allan Costa EXPEDIENTE DIRETOR EXECUTIVO Marcelo Machado EDITOR-CHEFE Wender Helmer editor-chefe@gladmagazine.com.br REDAÇÃO Aldemi Junior EDIÇÃO DE ARTE Bruno Álvaro Pires

Natural de Goiânia e hoje residindo em São Paulo, é jornalista e trabalha como editor. Gosta da profissão e do que faz. @AllanCoxta

FOTOGRAFIA André De Andrade | André Gagliardo | Lëo Castro Vanessa Lippelti

COLABORADORES Allan Costa | André Gagliardo | Bernardo Bittar Caio Barbieri | Fernando Lackman | Flávio Resende Henri Thiago | Isa Sousa | Israel Batista | Leonardo Dalla Luiz Prisco | Marcus Barozzi | Patrícia Garrote Pedro Pitanga | Rick Hudson | Tágide Péres

gagliardoart.com

Andre Gagliardo

AGRADECIMENTOS Alex Ferrer | Andi Pereira | Anjo da Guarda Celso Pinto | Jonas Sulzback | Letícia Acorssi Lëo Castro | Marlon Portugal | Márcio Garcês

ANUNCIE comercial@gladmagazine.com.br +55 61 4141-1525

CONTATO +55 61 4141-1525 SRTVS 701 Bl 01 Sala 717 - Brasília|DF contato@gladmagazine.com.br www.gladmagazine.com.br

Um dos nomes que vem despontando na fotografia de moda no Brasil. Já ganhou duas vezes o “Prêmio Avon”, considerado o Oscar da maquiagem.

Bernardo Bittar

2012 - GLAD Magazine A GLAD Magazine é uma publicação mensal. Todos os direitos são reservados. É expressamente proibida a sua reprodução ou cópia dos textos, fotos, ilustrações e outros elementos contidos nesta revista sem a sua expressa autorização.

Errata - A edição #4 da GLAD Magazine não publicou os créditos do editorial - Destaque do mês. Seguem os créditos: Modelo: Ramon Dürr @ Piva Assessoria Fotógrafo: Alexandro ADDS Styling: Paulo Zelenka Beleza: Monique Caetano Produção Executiva: Alexandre Piva Agradecimentos: Instituto de Laser , Nandi Spa&Hair

Jornalista que vai fundo em seus pensamentos e aborda assuntos sobre opinião que todo mundo conhece, mas pouca gente se empenha em discutir. @bebittar


Caio Barbieri

Henri Thiago

Nasceu no Rio, mas virou brasiliense por opção. É jornalista, redator e muito feliz por seguir sua profissão com paixão. @caio_barbieri

Realizar-se é a meta de qualquer profissional. Em busca do diferencial, Henri entra de cabeça só no que acredita. Feliz é sua melhor definição. @htlfp

Fernando Lackman

Isa Souza

Moda, pessoas, festas, glamour e lifestyle. Tudo que é bom e pode ser melhor deve ser visto na editoria assinada por ele, a Sociedade GLAD. @FernandoLackman

Chef e apresentadora do programa de culinária “Isa Vida y Sabor” nos Estados Unidos e América Central. Assina a coluna de gastronomia. @isavidaysabor

Flavio Resende

Israel Batista

Nasceu com faro para notícia e com espírito empreendedor no sangue. Há mais de 15 anos escreve sobre varejo e negócios, sua grande paixão. @FlavioResende77

Leciona História, é cientista político formado pela UnB e deputado distrital representante da juventude do DF. Assina a coluna de História. @profisrael


Leonardo Dalla

Jornalista e acompanha as atualidades. Atuou em organismo internacional e de autoridades. Atualmente é consultor em comunicação. @leonardodalla

Luiz Prisco

Jornalista brasiliense, viciado em novidades musicais do mundo todo. Do pop ao indie, de Gaga a Foster, não tem preconceito na nora de ouvir. @luizprisco

patriciagarrote@hotmail.com

Patricia Garrote

Advogada com OAB-DF 28400, especialista em Direito de Família, Sucessões e Consumidor, com experiência em Conciliação, Mediação e Arbitragem.

omegahitz.com.br

Pedro Pitanga

Editor-chefe do portal Ômega Hitz, o maior no seguimento eletrônico LGBT no Brasil. Também atua como produtor de algumas personalidades da noite. @pedropitanga

Marcus Barozzi BCQ ( Rick Hudson e Tagide Peres)

Leonino, e como a descrição do signo sugere, é bastante intenso e faz tudo com paixão. O teatro foi a porta de entrada para a moda. Tem grande senso estético e se interessa por tudo que envolve beleza. @marcusbarozzi

A dupla BCQ comanda o universo pop de um jeito irreverente e único. Rick e Tágide são os responsáveis por levar o universo das divas pop e informações das celebridades até você. @BCQuerida


inhos MĂşsica, Cinema,TV e Quadr /Divertees

11


Sumário

OUTUBRO 2012 ANO1 EDIÇÃO Nº 5

14 Corpo e Saúde

Verão: cuide de sua pele

18 Turismo

Os encantos de Pernambuco

28 Opinião

Autoafirmação: quem nunca?

42 Sociedade GLAD

Tudo que se espera de outubro é seguir o que foi ditado nas temporadas que antecederam este mês

46 História

Universo romano

48 GLAD Hitz

Dj Shine se consagra como uma das maiores Djs da cena paulista

52 Gastronomia

Primavera no ar pessoal

54 Capa

Além da noite

68 Personalidades

Colírio Federico Devito

76 Música

Two door - mais maduros e consistentes

84 Direito

Licença-natalidade

98 Business

Na busca constante pela inovação

102 Atualidades

O famoso e o ridículo na internet

116 Perfil

A arte de costurar o destino com o talento

120 Especial

O desafio de ser multifacetado


Editorial pág. 86

urban

prays

ANO I EDIÇ ÃO #5

MAG AZ I N E

Foto Lëo Ca s stro Capa André Almad a

Agrade ciment os Marlon Portug al

ANDRÉ x

ALMAD A

TWO D OOR CINEM A

CLUB DAS BA LA ÀS RÁDI DAS INDIES OS

O COLÍR IO FEDERIC O DEVIT O

CUIDAD A PELE OS COM NO VER ÃO

AS BEL EZAS D E PERNA MBUCO ENSA EXCLUSI IO VO

JONA

SULZBA S CH

13


Verão: cuide da sua pele

O verão está chegando e com ele a exposição prolongada aos raios solares. Saiba como manter seu bronze por mais tempo, evitar o envelhecimento precoce causado pelo sol e, de quebra, proteger seu rosto na estação mais esperada do ano

Por Leonardo Dalla

Acabe com a oleosidade e mantenha o bronze

Existem algumas cápsulas com substâncias que, se tomadas um mês antes e um mês depois do período em que ficamos expostos ao sol, podem prolongar o nosso bronze, além de proteger a pele. “O betacaroteno, vendido em pílulas, é um antioxidante que beneficia a visão noturna, aumenta a imunidade, dá elasticidade à pele, aumenta o brilho dos cabelos, fortalece as unha e 14

Corpo e Saúde

A

s altas temperaturas e a incidência de raios ultravioletas são os maiores inimigos para a pele no verão, principalmente para o rosto. Manchas, envelhecimento e oleosidade excessiva são apenas alguns dos inúmeros efeitos que sentimos quando não nos protegemos corretamente. Cuidar do rosto no verão protege contra o envelhecimento e outros incômodos causados pelo sol e calor. E como estamos bem próximos da temporada mais esperada do ano, vale a pena começar a se proteger desde já.

atua no metabolismo de gorduras. No verão, o betacaroteno também é favorável na obtenção do bronzeamento da pele. Quando transformado em vitamina A em nosso organismo, auxilia na formação de melanina, pigmento responsável por proteger a pele dos raios ultravioletas e manter o bronze”, explica a esteticista Neia Lourenço, da Clínica Jardim. Se o problema é o brilho excessivo, nada como um bom sabonete que contenha triclosano, ácido salicílico ou enxofre. Sem esfregar a pele, pois o atrito tende a aumentar a oleosidade, esses sabonetes auxiliam a manter a pele limpa sem deixar o brilho indesejado. Mas se sua pele é seca, existem bons hidratantes no mercado que auxiliam na manutenção da hidratação do rosto.


Cuidado com o cancer

Não adianta se bronzear sem se proteger dos raios solares. Hoje, no mercado de cosméticos, existem produtos que bronzeiam e protegem seu rosto ao mesmo tempo. O ideal é passarmos o filtro solar no corpo e rosto duas horas antes da exposição solar e reaplicar a cada duas horas, se você estiver na piscina ou praia, ou logo após os mergulhos. Mas aposte no protetor todos os dias, mesmo no inverno e na cidade, sem a exposição direta ao sol. Para os que têm a pele clara, o ideal são os filtros com fator de proteção solar (FPS) número 30. Para as peles mais escuras, pode-se começar com o FPS 15. No entanto, se você já possui histórico familiar de câncer de pele, aposte nos protetores com FPS 60. Para todos eles, o importante é aplicar principalmente no rosto. Corpo e Saúde

15


Mantenha-se jovem Um grande problema da exposição aos raios solares é o envelhecimento precoce. Da mesma forma que podemos proteger a pele contra doenças causadas pelo sol, hoje é possível nos protegermos também do envelhecimento provocado pela exposição ao sol. Mesmo antes do verão, após consultar o seu médico de confiança, considere tomar algumas pílulas que prometem te manter jovem por mais tempo. Um exemplo é o Licopeno, “substância carotenoide e antioxidante que, quando absorvido pelo organismo, ajuda a impedir e reparar os danos às células causados pelos radicais livres”, explica Neia. Do mesmo modo, algumas vitaminas, se tomadas todos os dias ou utilizadas na forma de creme ou gel, têm um poderoso papel antioxidante. A esteticista explica que a vitamina C tem um importante papel antienvelhecimento, além de ter um potencial grande contra algumas doenças, assim como a vitamina E, que “também tem função antioxidante e demonstra ter efeitos contra a deterioração das células e contra o envelhecimento”, comenta.

Procure um profissional

Procurar um médico dermatologista ou uma esteticista sempre faz bem para o ego e para a saúde. Manter-se jovem e com a pele bonita e saudável é necessário para mantermos nossa qualidade de vida. 16

Corpo e Saúde

Nossa esteticista afirma que “os produtos existentes no mercado da estética melhoram a cada dia, seja para reduzir ou amenizar manchas, seja para rejuvenescer a pele”. Ela explica também que neste mercado, alguns tratamentos estimulam a produção de substâncias que nosso organismo, naturalmente, deixa de produzir, como o colágeno ou a elastina. ■ Fotos: Reprodução Serviço: Clínica Jardim - (61) 3244-9903


17


Os encantos de

PERNA 18

â–ź

Turismo


MBUCO Turismo

19


Os cenários convidativos de praias paradisíacas são alguns dos inúmeros atrativos

Porto de Galinhas

Por Allan Costa

P

ernambuco é o destino certo para quem procura o melhor das belezas naturais do Nordeste, com um extenso e apreciado litoral de águas mornas e cristalinas. Sua capital, Recife, é, atualmente, uma das cidades brasileiras que mais investem no turismo e se consolida na preferência dos viajantes por sua variada opção para os que buscam lazer, cultura, gastronomia, saúde, sol, mar e muita história. A cidade guarda grandes riquezas histórico-culturais, além de belas praias urbanas, atraindo assim turistas de todo o mundo. 20

Turismo

Recife tornou-se um ponto de encontro de povos de várias culturas e um mosaico de costumes, o que proporcionou à cidade uma das maiores diversidades culturais do País. A cidade se tornou a “Capital Multicultural”, título que ostenta com orgulho como “Capital do Frevo”, ritmo de dança e música secular autenticamente pernambucano. Seguindo o litoral do estado, os cenários convidativos de praias paradisíacas, como Tamandaré e Porto de Galinhas, são apenas alguns dos inúmeros atrativos que predominam na proporção e importância histórica das tradições pernambucanas. O estado é conhecido também por ser o principal polo gastronômico nordestino e


Tamandaré

Uma das principais vocações econômicas do estado, o turismo gera emprego e renda em todas as regiões. São praias paradisíacas de norte a sul, monumentos, cidades, calor e frio. Um estado rico que contempla todos e recebe seus turistas sempre com o maior prazer. o terceiro do Brasil em quantidade, variedade e qualidade de bares e restaurantes. Opções para todos os gostos é o que não falta. Desde o amante da comida vegetariana, até os que apreciam os sabores mais diversificados, como a cozinha mexicana, baiana, francesa, italiana, portuguesa, japonesa, peruana, dentre outras opções, além dos restaurantes com pratos típicos locais, como é o caso da Peixada Pernambucana, a Galinha à Cabidela e o Arrumadinho. E não podemos nos esquecer da grande variedade de frutas que são encontradas, seja em formato de sucos, ou em sua forma natural. Marcado pela grande diversidade, Pernambuco é conhecido no País pela cena cultural viva, construída a partir da contribuição de índios, portugueses, holandeses, judeus e africanos, além de ser um celeiro de poetas, artistas plásticos e músicos reconhecidos em todo mundo.

Além da música, Recife é conhecida por suas belezas arquitetônicas. Uma delas é o Teatro Santa Isabel, um dos 14 teatros-monumento do País, reconhecido como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, inaugurado em 1850. O teatro fica ao lado de outros pontos turísticos como o Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do estado; da Praça da República, com esculturas de deusas gregas, palmeiras imperiais e baobá centenário; da Sinagoga Kahal Zur Israel, a primeira das Américas, fundada durante o período holandês em que era permitido o livre culto; a Oficina Cerâmica Bren-

Turismo

21


Teatro Santa Isabel nand, onde é exposto o trabalho do renomado artista Francisco Brennand; e o Instituto Ricardo Brennand (IRB), maior acervo de obras de Frans Post sobre o Brasil holandês. Recife é também o segundo maior polo de saúde do Brasil, atraindo pacientes de várias partes do Brasil e do mundo. Na cidade, a assistência hospitalar detém um alto padrão de desempenho, sejam nos hospitais, clínicas médicas, laboratórios e centros de diagnósticos. A cidade também ganhou notoriedade pela qualidade do parque de tecnologia da informação, o Porto Digital, que exporta talentos e conhecimentos. Sem dúvidas, o estado encanta os visitantes ao oferecer uma programação dinâmica, sete

dias por semana, para todas as idades. A tradição junina forte com um São João animado e um réveillon festivo, com shows e grandes participações são destaques da capital. Além disso, o frevo é a principal marca de Recife, mais evidenciada durante o Carnaval. No período, orquestras de frevo, acompanhadas de passistas, fazem a alegria dos foliões. Sem contar que de dois em dois anos Recife recebe a Bienal do Livro, que leva milhares de leitores ao Centro de Convenções de Pernambuco. São todos esses ritmos, cheiros, sabores e cores que rodeiam Pernambuco que inspiram poetas do presente e do passado e atraem os turistas a conhecer esse lindo cartão postal do Brasil.

Turismo Gay Considerado pelo Ministério do Turismo um dos cinco destinos gay friendly no Brasil, Pernambuco está se consolidando como destino turístico GLS graças ao trabalho do governo do estado. Para melhor atender a esse público, a Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) lançou o Guia GLS Pernambuco – Um estado de felicidade, mostrando os principais atrativos do estado desde a gastronomia, passando pelos pontos turísticos, até as baladas. O material é dividido em dez seções: Desti22

Turismo

nos, Gastronomia, Compras, Bem-estar, Eventos, Baladas, Passeios, Endereços, Hotéis e Serviços – e cada uma delas conta com resumo e sugestões de estabelecimentos relacionados ao tema. Os locais contam ainda com selos de identificação para o turista saber se aquele determinado local é 100% gay, gayfriendly (ambiente misto, onde gays são sempre bemvindos) ou straight friendly (ambiente gay, onde não-gays são bem- vindos). Tem mapa, telefone, horário e dia de funcionamento e dicas para o turista não perder o fervo de Recife.


Praia de Boa Viagem A praia mais famosa do Recife possui aproximadamente 7 km de extensão, onde se estende uma bela orla de mar tranquilo, edifícios elegantes, bares, restaurantes e hotéis. A qualquer hora do dia ou da noite a água de Boa Viagem, que está sempre morna, em torno dos 26ºC, convida para um mergulho, o que é possível graças à iluminação especial que permite os banhos noturnos. Toda a praia é protegida por uma barreira de arrecifes naturais, os quais deram nome à cidade. Na maré baixa, formam-se várias piscinas naturais e também é possível andar sobre os arrecifes, que são relativamente planos e largos, no entanto escorregadios. Quando a maré sobe, eles ficam completamente cobertos pela água. As autoridades recomendam não nadar além dos arrecifes, para evitar ataques de tubarões. Ao norte e ao sul de Boa Viagem, outras praias de diferentes paisagens e atrativos ampliam o leque de opções oferecidas ao visitante.

“A qualquer hora do dia ou da noite, a água da praia de Boa Viagem convida para um mergulho”

Turismo

23


Olinda

Banhada por praias do litoral norte do estado, a primeira capital da então capitania de Pernambuco situa-se a apenas 6 km do centro da cidade do Recife. Olinda é uma das cidades históricas mais bem preservadas do Brasil e é tombada como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade. Entre os edifícios coloniais, as matas de coqueiro e um mar de infinito azul, a cidade encanta por possuir um imenso acervo de belezas naturais.

24

Turismo


Voe com nossas asas!

mcD TraVel: leVa Você aTé onDe sua imaginação não poDe alcançar. A MCD Travel é uma agência de viagens especializada no público GLBT. Oferece viagens e serviços para os maiores e mais luxuosos eventos e festivais de música, além de pacotes customizados para viagens entre amigos e lua de mel. Festas, cruzeiros, roteiros internacionais, paradas e muito mais. Aqui você encontra atendimento personalizado, comprometimento, dedicação e muita diversão. Programe sua próxima viagem com a MCD Travel by Cecilia Diniz e viva momentos de sonhos.

11 3459 3679 . 11 7891 9469 / ID: 55*9*60496 . contato@mcdtravel.com.br . f mcdtravel . mcdtravel.com.br

25


Fernando de Noronha Pertencente ao estado de Pernambuco, Fernando de Noronha é considerada um paraíso da Terra e não deixa de ser o sonho de muita gente que deseja conhecer o lugar. Lá existem inúmeras piscinas naturais que permitem o contato direto com a variada e exuberante fauna marinha do local. Tartarugas gigantes, cardumes coloridos e golfinhos escolheram como habitat as águas do arquipélago mais bonito do Brasil. Noronha recebeu em 2002 o título de Patrimônio Mundial da Humanidade, concedido pela UNESCO. Formado por 21 ilhas e ilhotas, o local é um dos destinos turísticos mais preservados do País, constituindo um parque nacional marinho. Suas 16 belas praias são o maior atrativo. As águas são ricas em peixes, corais, moluscos, esponjas e algas. As piscinas naturais em águas rasas proporcionam contato direto com essa exótica fauna marinha. Em terra, na ilha de Fernando de Noronha, há trilhas, fortalezas antigas, vegetação exuberante e morros. A agitada Vila dos Remédios concentra todo o movimento turístico, além das interessantes formações rochosas como Dois Irmãos, cartão postal de lá. No arquipélago, o turismo é desenvolvido de forma sustentável, criando a oportunidade para o encontro equilibrado entre homem e natureza em um dos santuários ecológicos mais importantes do mundo. Apenas 450 visitantes podem entrar em Noronha por dia, desembolsando, para isso, a Taxa de Preservação Ambiental (TPA). Hospedar-se no arquipélago tem seu preço e as próprias casas (que boa parte dos 2.600 moradores transformou em pousadas) são as opções mais econômicas. ■ 26

Turismo


“O local é um dos paraísos mais preservados do País e compõe um parque nacional marinho”

Turismo

27


quem nunca? Autoafirmação:

É complicado sair por aí sem que o mundo te note, mas perceba que nem sempre vale a pena simular alguém que você simplesmente não se interessa em ser. Afinal, olhares de reprovação são tudo o que recebe em troca

Por Bernardo Bittar

E

ntão aconteceu algo que eu havia jurado a mim mesmo que nunca aconteceria: interessei-me por alguém com quem já tinha tido um caso, um amigo meu. Depois de muito papo e alguma relutância (não sou de ferro, vai. Sem julgamentos) começamos a ensaiar algo que, eventualmente, tornar-se-ia um casal, já que um espécime de primeira linha formatado em tudo aquilo que te atrai é difícil de resistir. Resumindo a ópera, eu fiz quatro sessões de terapia inteiramente 28

Opinião

dedicadas a esse assunto até entender que eu estava buscando uma espécie de autoafirmação, que poderia me custar bem mais que uma experiência negativa. Afinal, via-me perdendo um irmão a cada beijo que eu trocava com meu date. Quando recebi a missão de perceber tudo o que eu fazia, muitas vezes sem vontade, apenas para conferir uma satisfação moral de gente que eu nem conhecia, me vi torrando um salário mí-

nimo por final de semana em duas ou três garrafas de vodca e alguns jantares a que eu não queria comparecer. É típico de quem sofre alguma insegurança satisfazer não apenas suas necessidades, mas também tentar passar pela aprovação do público que está ao redor e, em raras oportunidades, essa trabalheira toda rende alguma coisa além de inveja, comentários maldosos e, vez por outra, grandes ressacas morais e financeiras, as quais só você tem acesso. Mesmo assim,


não é fácil deixar de lado essa “aparição pública” que é exigida nas baladas. Há de se concordar que a sensação de liberdade e poder, mesmo quando se está preso a algum status social ou regra de comportamento, seja ética ou profissional, facilita as coisas na hora de atacar alguém da pista, mas notar olhos arregalados seguidos de comentários maldosos sobre você é a pior visão que qualquer cara poderia ter. Simpatia e popularidade deveriam ser conquistadas dentro de casa, em pequenos círculos que realmente fazem a diferença para você. Lugares onde estar à vontade não significa papear com a festa inteira, mas andar descalço ou acordar descabelado me mostraram que nenhuma garrafa ou camarote, sexo casual ou namorico, alfinetada ou fofoquinha, grife ou dinheiro, poderia jamais atrapalhar. Certa vez, ouvi dizer que é muito melhor conviver comigo quando estou fora das pistas. Que essa montagem de mim mesmo tinha o efeito contrário ao que eu acreditava estar estimulando nas pessoas. Mudar alguns hábitos e parar de tentar mostrar para o mundo alguma coisa que eu até poderia, mas não queria ser, fez com que as noites se tornassem mais leves, menos artificiais e, finalmente, divertidas. Seja extravagante o quanto quiser: pule, grite, beba, se vista de mulher e saia por aí beijando todo mundo, mas faça com vontade! Você estará no caminho certo quando perceber que, cada vez menos, pessoas desinteressantes, aquelas que você tenta evitar, te ligarem no dia seguinte.■ Opinião

29


30


Summer fling

Fotos Vanessa Lippelt Edição de moda Márcia Rocha

31


i olcc o C zo i lorid Avanz omen o ic g lt mu linho Fra Top a de Flavia Cal莽 ss贸rio Ace

32


33


zzo lcci van Co ja A Top a sar lรกtex, lรง Ca a de mais Bols o e de s ni cint ssรณrio gome ace via Fra la F

34


Regata e calテァa Colcci Acessテウrios Flテ。via Fragomeni テ田ulos Chilli Beans

35


Top Sca e cal Ace rpin A ça flo r Câ ssóri rezzo al Ava m o nzz (ac era s Fla o erv Dia via o) na F r a F+ gom eni

36


37


zzo van e a A ada d s i m s Ca a plis 4 via i Sa ro 28 s Fla o u co ss贸ri ni Ace gome Fra

38


39


Vestido de cetim Avanzzo Sandรกlia Arezzo

40


Camisa Avanzzo Óculos Chilli Beans Colar e relógio Flávia Fragomeni

Modelo: Isabela Schott, da Glam Model Management, fone: 61 3965-9933 | Assistente de produção: Ana Lídia Monteiro | Beleza: Reginela Gomes (make up) , Ana Luzia Silva (cabelo) e Maria de Jesus (design de unhas), da Equipe HelioDiff Lago Sul, fone: 61 3364-2000 | Roupas e acessórios: Arezzo, fone: 61 3352-2958; Avanzzo, fone: 61 3242-5872; Chilli Beans, fone: 61 3033-6634; Colcci, fone: 61 3352-7208; 284, fone: 61 3047-4310 e Flavia Fragomeni, fone: 61 3346-2812

41


GLAD

GLAD

Sociedade

GLAD Por Fernando Lackman

GLAD

T

udo que se espera de outubro é seguir o que foi ditado nas temporadas que antecederam este mês. Fora isso, outubro é marcado pelo Dia das Crianças. Portanto, nada mais digno que voltar à infância e renovar atitudes fofas de quando +éramos pequenos indivíduos e não tínhamos tantas “obrigações”. Que tal resgatar um pouco da inocência que o mundo adulto nos roubou e curtir a vida com olhos brilhantes e atentos a tudo o que é novo? Que tal voltar a sentir todo aquele frio na barriga como se estivéssemos aprontando uma travessura? Então, sejamos crianças novamente!■

A abertura da Casa Cor Brasília é uma das festas mais aguardadas em todos os anos. Por lá passam os grandes nomes do design, arquitetura e da sociedade. Em 2012, a mostra foi instalada na sede de um antigo colégio no bairro nobre do Lago Sul. A 21ª edição do evento mostra o quão consolidado está o mercado e o quanto as tendências mundiais estão em alta na Capital Federal. Na Imagem, Kelly Piquet, Vivianne Piquet e Moema Leão na noite que marcou a abertura da mostra. 42

Sociedade GLAD

IFF Fotografia/Divulgação

Todas as cores


s

Revelacao torceram por mim e muito feliz por saber que meu trabalho foi reconhecido e visto por muitas pessoas em todo o País”. Romildo teve votos da atriz Juliana Paes e da super model Fernanda Motta. Além de ter sido ovacionado pela crítica especializada. Agora, é esperar para conferir os próximos passos e looks que virão da mente criativa de Romildo.

Juliana Ávila/Divulgação

Romildo Nascimento é o nome do estilista que mais dá orgulho no momento. Ele desafiou mais de mil inscritos no quadro “Estilista Revelação” do programa TV Xuxa. O pernambucano que abraçou Brasília como sua casa persistiu em seu sonho e chegou à segunda colocação no reality global. “Estou muito feliz com essa conquista. Sou muito grato a todos os que

Fotografias

Thomas Faquini/Divulgação

Uma exposição que deu o que falar. A mostra coletiva da Galeria FotoPonto reuniu em sua abertura vários adoradores do resultado de cliques. São fotos assinadas por Celso Júnior, Elyeser Szturm, João Campello e Luiz Clementino. Sem tema definido, a mostra passeia por variados resultados obtidos por meio do olhar criativo de cada fotógrafo. Na foto feita no coquetel de abertura, estão os jovens e promissores empresários da Lumini Consultoria, Pedro Camargo, Marina Roriz e Felipe Buhler. Sociedade GLAD

43


Fashion Concept sarela um desfile do estilista Walter Rodrigues, que recentemente decidiu deixar as passarelas por um mercado de consultoria em moda. Mariza de Macedo-Soares e Theodoro Cochrane assinaram a curadoria da exposição com looks de Walter que fazem parte da história da moda brasileira.

Natália Vaz e Jackson Araújo

Walter Rodrigues, Mariza de Macedo-Soares e Thedoro Cochrane

Cristiano Sérgio/Fotoforum/Divulgação

O tema “Jardim das Delícias” serviu como pano de fundo para que Jackson Araújo, Karlla Girotto, Reginaldo Fonseca e Natália Vaz pudessem mostrar aos brasilienses as tendências Primavera-Verão do ParkShopping. O Parkfashion Connection inovou mais uma vez ao trazer para a pas-

Uma cerimônia de casamento diferente dos padrões, em que o amor se sobressaiu. Assim foi o enlace entre o empresário Ricardo Lucas e o designer Armando Abranches, ambos com 26 anos. O local escolhido para a união foi um romântico gazebo no jardim da capela e uma cerimônia tradicional para celebrar o enlace em Las Vegas, nos Estados Unidos. Seis amigos estavam presentes e centenas de pessoas assistiram à transmissão pela Internet. “No dia seguinte fomos ler e ver toda a repercussão no Instagram, Facebook e Twitter. As pessoas nos mandaram muitas fotos e prints. Eram muitas e muitas mensagens. Ficamos muito surpresos com o tamanho da repercussão e do carinho dos que estavam longe, mas partilhando do nosso momento. Foi emocionante! Até hoje somos surpreendidos por gente que nos encontra dizendo que assistiu ao vivo”, contou Ricardo à GLAD. Um dos momentos mais marcantes foi quando a celebrante declarou em vez do tradicional “marido e mulher”, disse 44

Sociedade GLAD

Divulgação

s

Uniao

que os jovens eram “parceiros na vida ou para toda a vida”. No ano que vem, o casal deverá oficializar união também em terras brasileiras e pedir a validação do casamento, como já fizeram muitos casais homoafetivos que têm conseguido transformar suas uniões em casamento, desde que o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a união homoafetiva, em maio de 2011.


Telmo Ximenes/Divulgação

Temporada

Conforme a coluna publicou na edição passada sobre a Temporada IESB, Fashion-Design-Beauty, não poderíamos deixar de mostrar como foi este mais novo evento de moda brasiliense. A reunião de estudantes de moda, novos talentos da cidade e perso-

nalidades da alta-costura, design e beleza, rendeu uma porção de elogios e críticas. Muitos críticos ficaram embasbacados com a ousadia de reunir nomes como o do estilista Alexandre Herchcovitch e do badalado designer Rodri-

go Rosner sobre uma passarela vermelha. No brunch de lançamento, fashionistas se reuniram para celebrar mais uma boa ideia. Na imagem, Marco Antônio Vieira, Sandra Moser, Will Maia, Eda Machado, Elizabet Campos e Solange Bittar.

Michael Melo/Divulgação

Muitos mares

O empresário Marcelo Ferreira, proprietário da Setemares, resolveu inovar mais uma vez e criou uma campanha diferente de tudo o que a marca já havia feito. O Haras

da Lenda, na saída para Goiânia, foi o cenário perfeito para um “fashion vídeo” divertido e com takes gravados com muitos esportes radicais. Para lançar o novo trabalho e reinaugurar uma de suas lojas mais movimentadas, a do Conjunto Nacional, Marcelo recebeu convidados e parceiros. À coluna, ele adiantou que a marca passa por um momento deveras importante. O plano de expansão está indo de vento em popa e, em breve, a Setemares estará em todo o Brasil. Ah! E a próxima campanha será gravada e fotografada na Aldeia Setemares, na cidade baiana de Itacaré. No clique, Guilherme Guimarães, Marcelo Ferreira e Rodrigo Moura. Sociedade GLAD

45


Universo romano Um ponto, no mínimo intrigante, é a mentalidade dos romanos, fortemente influenciada pela cultura grega, inclusive no campo do amor

Por Israel Batista

(Professor de história, cientista político e deputado distrital)

R

oma foi a maior cidade- estado do mundo antigo. Chegou a ter um milhão de habitantes. É, ao menos, pertinente como a cidade cresceu, conquistando as terras vizinhas e depois, pelo mar Mediterrâneo, construindo um império de proporção “tri-continental”. Não, não vamos começar uma tradicional aula de Roma. Decidimos ir por outro caminho... Um ponto, no mínimo intrigante, é a mentalidade dos romanos, fortemente influenciada pela cultura grega, inclusive no campo do amor. Claro que com suas peculiaridades, a exemplo da complacência em relação às mulheres, retratada por Ovídio na obra “A Arte de Amar”, e à homossexualidade. Na república romana, quando comparado com o universo grego, o componente hierárquico no homoerotismo era mais 46

História

forte. A relação do cidadão com estrangeiros e escravos se restringia à satisfação sexual. A cidadania plena era garantida ao jovem romano aos 14 anos, o que inibia a prática homossexual nos moldes gregos, uma vez que a convenção social não permitia a passividade ao adulto. Enquanto na Grécia o homoerotismo envolvia os socialmente iguais, de idades diferentes, em Roma acontecia entre homens de diferentes camadas sociais. Na perspectiva do direito romano, os escravos e as mulheres eram propriedades e, então, objetos sexuais. Mas, no século 1 a.C., com a assimilação da cultura grega, as relações homoeróticas nos moldes gregos apareceram em Roma, pois o senhor romano buscava no jovem escravo, estrangeiro ou servo, além da satisfa-


ção sexual, o amor de Eros. E nesse contexto, uma relação polêmica foi a de Júlio César e Nicomedes IV, rei da Bitínia. Júlio César, ainda com 19 anos, pediu ajuda militar e encantou com sua beleza o rei bárbaro, que o fez conselheiro particular e ainda lhe ofereceu os aposentos reais. Alguns chegaram a afirmar que Júlio César foi visto servindo a mesa de Nicomedes, juntos dos eunucos do rei, assim como Ganimedes oferecia néctar a Zeus. Outra testemunha afirmou ter visto os dois desnudos na cama. O próprio Cícero relatou que Júlio César foi levado ao quarto do rei por seus soldados e, vestido de púrpura, deitou-se no leito de ouro e “prostituiu a flor da sua juventude”.

Para o universo grego de Nicomedes, Júlio César era um eromenos e eles viviam o amor de Eros. Já os romanos consideravam um escândalo não pelo caráter do relacionamento, mas por Júlio César ter se submetido passivamente a um bárbaro e por usar da situação para auferir vantagens políticas. A polêmica não foi o suficiente para ofuscar e diminuir o poder e o prestígio de Júlio César, e muito menos os feitos militares e políticos desse exímio orador, advogado, questor, cônsul e general que chegou a liderar nove legiões ao mesmo tempo e venceu batalhas simultâneas. Herói que conquistou a Gália e a Bretanha, até então desconhecidas. Atacou ainda os germânicos depois de construir uma ponte sobre o Reno e ao derrotar seus inimigos, foi senador vitalício e ditador perpétuo até a conspiração que tirou-lhe a vida, mas nunca o seu triunfo.■ História

47


D Dj Sh

Dj S Dj Shine

se consagra como uma das maiores DJs da cena paulista

48

笆シ

GLAD Hitz

A QUERIDINHA

D

EM Sテグ PAULO GANHA O BRASIL


Dj Shine Dj Sh DJ hine Dj Shine Por Pedro Pitanga

Shine (Ômega Hitz)

, cantora, loira e com uma legião de fãs, essa é a DJ Shine, um dos maiores nomes presentes na cena eletrônica nacional. Residente do clube paulistano FlexX, a DJ chamou atenção da cena ao lançar “Live This Life”, single produzido por Mister Jam e que ganhou a atenção do público gay em todo Brasil. A Faixa, que já contabiliza mais de 90 mil visualizações para o clipe oficial, ganhou remixes de nomes como da dupla ALTAR e transformou a DJ em uma referência nacional. Com download gratuito na web, Live This Life, chegou ao mercado no final de 2011 e atravessou o semestre como um dos principais lançamentos.

Dj Sh Dj Shine

“Às vezes não consigo acreditar quando vejo todos cantando minha musica. Me sinto muito feliz e realizada” revela Shine.

Diferente de outras cantoras, Shine atua em suas apresentações como DJ e suas performances ao vivo são exclusivas para seus singles. Com cinco anos de carreira, a DJ se tornou uma das queridinhas em São Paulo e conquistou a atenção do público ao se apresentar com placas exibindo frases inusitadas. Hoje, forma parceria com o também DJ Fagner Becker, com quem viaja o Brasil fazendo back to back, nome dado para apresentações com dois DJs ao mesmo tempo no set. Para os próximos meses, a DJ cantora promove seu novo single, lançado em parceria com o grupo virtual +QVIP, “More Than VIP”. A nova faixa é uma produção assinada pelo DJ John W e conta com o vocal de Ge Porto. A música estará disponível através do facebook oficial da DJ (www.facebook. com/ShineSingerOficial)

Dj Shine

GLAD Hitz

49

Dj Shin


M i s M t e Mister Jam Ja

m

O produtor musical Fabianno Almeida, conhecido nacionalmente como Mister Jam, é a principal referência em música eletrônica no Brasil. Responsável pelo sucesso de Lorena Simpson com os singles “Brand New Day”, “Revolution of Love” e “Breathe Again”, o produtor foi quem trouxe Wanessa para o público LGBT ao lançar “Falling For You”, single que ganhou as pistas em 2011 e consagrou Wanessa para o mercado pop nacional. Além das pistas, Mister Jam brilha em trilhas de novelas da TV Globo, com “Deep In My Heart”, “Walkin’ On Air (Burn)” e “Bring On the Nite”, que se consagrou na telinha. Para o público gay, Jam lançou o selo JamBoxX ao apresentar os “Can´t Be Without U” e “Rock The Night” parceria com Natalia Damini e Andie. Até o final do ano, o produtor prometeu um novo single novamente em parceria com Wanessa. O lançamento está previsto para novembro, quando a cantora dele gravar em São Paulo seu novo DVD.

Fotos: Reprodução

50

GLAD Hitz

J


M er ister M i s t e r Ja figura na trilha sonora de Lado a Lado

O DJ revelação emplaca singles nas pistas e promete virar uma referência comercial

Um novo nome no cenário eletrônico promete estar presente diariamente na casa de milhões de brasileiros. Isso porque uma de suas produções faz parte da trilha sonora de Lado a Lado, novela exibida pela TV Globo. Olhos Castanhos é título do single lançado em parceria com o cantor Daniel Peixoto, um misto eletrônico com batucada. Além de “Olhos Castanhos” (George comemora o sucesso da parceria com C´Damore) o single “Perfect Start” ganhou remixes de nomes consagrados como Paulo Pacheco, Mauro Mozart, DJ Morais e Tommy Love, ganhou destaque nos principais charts e se tornou um dos projetos eletrônicos mais populares da atualidade. Paralelo ao sucesso de “Perfect Start”, outro single da dupla começa a se destacar no set dos DJs brasileiros. “Skin” foi lançada no dia primeiro de agosto e conta com os remixes de Edson Pride, Tomy Love, Pacheco e Fabricio Lampa, porém o remix que chama atenção do público gay é o assinado pelo mineiro Mauro Mozart. Todas as faixas, estão compiladas em um EP virtual promocional, publicado no SoundCloud oficial do produtor (www.soundcloud. com/georgemdj). Além de “Skin” e “Perfect Start”, os hits “You Don´t Even Know My Name”, “Divadrag” e “Fired Up” compõem o álbum e estão disponíveis para vendas através do i-Tunes.■

m

Top 10 Agulhari

Um dos DJs mais populares em São Paulo possui 25 anos de carreira e já passou pelos principais clubes do Brasil. Paulo Agulhari é, há sete anos, o residente da tradicional BUBU Lounge Disco e faz parte da equipe de DJs que formam o programa Freedom, exibido pela rádio Energia 97 FM para capital paulistana. Agulhari também reside o festival “Spirit of London”, além do maior cruzeiro gay do Brasil, o Freedom On Board.

Divulgação

George M

01 – Ivan Gomez & DJ Suri feat Soraya – Looking For Love (Paulo Agulhari & Tommy Love Remix) 02 – Peter Rauhofer – Casa Caliente (Original MIx) 03 – Loreen – Euphoria (Nacho Chapado & Ivan Gomez Mix) 04 – Nacho Chapado & Smaz feat Patricia Leidig – Trust In The Universe (Paulo Agulhari & Tommy Love Remix) 05 – Kylie Minogue – Timebomb (Steve Redant & Phil Romano Remix) 06 – Th Moy – Cool Dela (Original Mix) 07 – Soulconnection & Adam Truby – The Drums We Feel (Dub Mix) 08 – Monica X, Hector Rivera – I See You (Hector Rivera Remix) 09 – Scissor Sisters – Let’s Have A KiKi (Danny Verde Remix) 10 – Tommy Love feat Natalia Damini – Pisces (Big Room Mix) GLAD Hitz

51


Primavera no ar, pessoal!!! A

Por Isa Souza

natureza é mesmo maravilhosa. Ela é capaz de, no inverno, em apenas 3 meses, acabar com tudo: plantas, flores, jardins... e, na estação seguinte, tudo volta a renascer e florescer lindamente na bela PRIMAVERA. Você já parou para pensar o quanto isso tudo é mágico? Ao mesmo tempo, no entanto, nós podemos criar um inverno nas nossas vidas e, principalmente, em nosso corpo. Vamos falar francamente: três meses são suficientes para você detonar os seus hábitos alimentares e destruir com seu guarda-roupa, sua imagem física e até mesmo com a sua autoestima. Se isso aconteceu com você, levante-se desse sofá (depois de ler a matéria, obviamente) e vamos fazer uma primavera no seu bem-estar. Temos várias dicas que podem lhe ajudar, mas você vai ter que se dedicar, porque a mãe natureza já fez você direitinho e não se responsabiliza pelas suas crises de temporadas. Então vamos lá. Comecemos com você mentalizando o verão chegando: praia, piscina, festas ao ar livre... e isso tudo lotado de gente bonita. Imaginou? Então agora imagine você desfilando com aquele modelito maravilhoso e todos ao seu redor só de olho em você. Arrasou! Não? Se você acredita que não está preparada para essa cena, temos que tomar algumas providências. Segue algumas dicas.

52

Gastronomia


Dica

Procur e coar. A beber o su do ge s fibras da c co sem ngibre enour condu a tores são excelen e digest p ão. Alé ara uma tes boa ter co m de e m cos, c ponentes sse suco o ativa s mo o geng energétiu ib aceler a circulaçã re, que a o a ceno o seu met e assim a grand ura entra c bolismo, e subs om a tância sua teno) (b q com a ue vai deixa etacaroquela bela c r sua pele or.

alfa r a sal e a r pe e tem tada d o. e i d p o imã ê p uma s de l c o V om inha fa c as got um

Dica

Ingredientes para o sanduíche

Ingredientes para o suco energético

- 03 fatias de pão integral fatiado - 03 colheres de requeijão light - 02 fatias de queijo branco ou queijo minas light - 02 fatias de peito de peru light - 01 xícara de alfafa - 02 rodelas de tomate - 02 rodelas de cebola escaldadas

- 01 cenoura grande sem casca e picada - 01 colher de sopa de gengibre ralado (sem a pele) - suco de 1 limão siciliano - suco de 2 laranjas - 01 colher de sopa de mel - 01 copo de gelo

Montagem do sanduíche

Modo de preparar

Unte um lado de cada fatia de pão. Comece com a cebola e o tomate. Adicione a segunda fatia de pão e sobreponha as fatias de queijo e as de peito de peru. Adicione também a alfafa e finalize com a última fatia de pão. Pressione um pouco e corte na diagonal para fazer uma bela apresentação no seu prato.

Desfrute com moderação. Seguindo essas dicas direitinho, certamente você vai arrasar na primavera e ainda mais no verão.

Misture todos os ingredientes em um liquidificador e bata bem até ficar bem homogêneo. Beba acompanhando o sanduíche.

GASTRONOMIA

53


54

CAPA


Alem da noite.. O jovem André Almada, considerado um dos grandes empresários da noite paulistana e das casas mais agitadas do País, abre as portas de seu belo e aconchegante apartamento, no bairro Bela Vista, na cidade de São Paulo, para uma entrevista exclusiva à GLAD Magazine

Por Wender Helmer CAPA

55


Perfil

Nome: André Almada. Idade: 39 anos.

Naturalidade: Nasci em Araçatuba, mas fui criado, desde pequeno, em Birigui, cidade que tenho como natal. Signo: Peixes. Um perfume: No verão, Creed-Vetiver e, no inverno, Penhaligon’s-English Fern. Solteiro ou namorando? Solteiro. Par perfeito: “Até o imperfeito é perfeito...” Uma cidade: Paris. Não tem outra. Uma cor: Azul marinho. Um livro: “A Arte de Viajar”, de Alain de Botton. Um filme: Minhas Tardes com Margueritte. Uma bebida: Suco de frutas vermelhas com lavanda fresca. Um prato: Tagliarini ao molho de tartufo bianco. Um sonho a ser realizado: Dirigir um filme (um curta). Para ser seu amigo é necessário... Ser leal. O que você diria para quem está começando um negócio? Acreditar sempre. Uma frase: “Nunca se esqueça das suas origens.”

56

CAPA


CAPA

57


58

CAPA


A

companhamos André e conhecemos um pouco mais sobre o seu dia a dia e sua intimidade. Ele nos contou sobre seus sonhos e projetos. Amante da boa música, o empresário nos recebeu ao som de uma belíssima canção da série The Rio – In Jazz. Enquanto cozinhava e degustava um bom vinho na companhia de seu fiel companheiro Guigo, um cachorro da raça spitz alemão, que ele, carinhosamente, chama-o de filho.

CAPA

59


Para recarregar suas energias da intensa carga de trabalho, André gosta de pedalar pelo bairro, onde, costumeiramente, vai à padaria, ao jornaleiro, e, quando

possível, ao parque Ibirapuera. Ele também não dispensa seu passeio diário com Guigo. Os dois estão sempre juntos e demonstram muito carinho um pelo outro. Ao final de nossa visita, precisamente às 21h, despedimos-nos de André, que tinha hora marcada com seu personal...

60

CAPA


CAPA

61


62

CAPA


... se existem hoje no País pessoas com características dos mitológicos príncipes encantados, André é um deles. Jovem, bonito, famoso, bem sucedido, educado, simpático, muito bem relacionado e sempre com um belo sorriso estampado no rosto. O sonho de consumo de muitos que ainda desejam encontrar o par perfeito. E para os que ainda não o encontraram, nosso príncipe, André Almada, encontra-se solteiro.

Fotos: Lëo Castro CAPA

63 63


Confira a entrevista exclusiva que a GLAD Magazine preparou com André Almada: Quanto tempo no ramo como empresário da noite?

Atuo como empresário desde 2004, quando inaugurei a The Week SP.

Qual a formação acadêmica? Já trabalhou em outro ramo?

Sou formado em Administração Hoteleira, área em que atuei durante sete anos, inclusive na Venezuela, onde morei durante um ano. Também trabalhei por algum tempo como assessor de imprensa e relações públicas.

Como é o dia a dia do Almada? A rotina?

Considero-me um cara da noite e do dia (risos). Nunca durmo antes das 3h, nem acordo depois das 9h. Vou para o escritório durante o dia e de quarta a domingo trabalho durante a noite. Odeio academia (risos), mas me esforço para ficar em forma. No meu tempo livre adoro curtir minha casa, ouvindo boa música e curtindo meu filho, o Guigo - um cachorro da raça spitz alemão. Também gosto de pedalar pela cidade aos finais de semana e estar na companhia dos amigos.

Pratica esportes? Quais e com que frequência?

Eu malho de 3 a 4 vezes por semana e, sempre que posso, pedalo pela cidade. Adoraria praticar outras modalidades de esporte, porém me falta tempo. 64

CAPA


O que gosta de fazer nas horas vagas?

Gosto de ficar em casa e na companhia de poucos e bons amigos. Minha vida profissional é muito corrida e sempre estou rodeado de muitas pessoas. Quando posso estar sozinho, aproveito.

Como e onde surgiu a tão famosa The Week? Há quanto tempo?

Após receber um convite do meu amigo César Semensato para promover uma noite em um clube de SP, percebi que esse mercado demandava por eventos diferentes do que já existia na cena noturna da cidade. Assim, inspirado nas grandes labels parties internacionais, criei a Festa Toy, que deu origem ao clube The Week, ao lado do meu sócio Klaus Ebone, em 2004.

Hoje já são 3 casas-selo (The Week, The Society e Metrópole). Como e onde surgiram? Conte-nos.

Com o sucesso da The WEEK SP, muitos cariocas passaram a vir a São Paulo frequentar o clube. Não demorou muito para que o público demonstrasse desejo de abertura de uma filial no Rio de Janeiro. Atendendo aos pedidos, resolvemos apostar no Rio. No início, ficamos um pouco apreensivos, pois muitas pessoas questionavam se um clube do tamanho da The Week teria público, ainda mais localizado no Centro, uma vez que na época havia certo “preconceito” contra essa área da cidade. Mas os cariocas nos receberam de braços abertos, o que contribuiu muito para que a The Week se desenvolvesse na cidade ao longo destes anos. Felizmente, posso afirmar que deu super certo. Como a The Week SP abre apenas aos sábados, percebemos que o nosso público estava carente de

projetos durante a semana. Disto surgiu o The Society, em 2011, em um espaço menor e com uma programação diversificada. Procuramos um lugar que contasse uma história e encontramos um casarão antigo no Baixo Augusta, que serviu por si mesmo de fonte de inspiração para a decoração. A casa inaugurou abrindo as portas duas vezes por semana e foi tão bem aceita que hoje funciona de quarta-feira a domingo, com propostas diferentes a cada noite. O surgimento do Metrópole teve início em 2007, quando buscávamos um espaço que pudesse abrigar nossas festas especiais no centro da cidade, especificamente um cinema antigo. Quando nos deparamos com o Cine Metrópole, ficamos tão encantados com o local que decidimos transformá-lo num grande espaço de eventos que pudesse comportar não somente os eventos da The Week, mas de terceiros. O prédio é tombado pelo Patrimônio Histórico, parte viva da história de São Paulo.

A TW é conhecida no mundo inteiro. Em quais países já foram realizadas festas com o selo TW? Onde, quando, em quais países e como aconteceu? Já tivemos a oportunidade de levar nosso selo para países como Argentina, Inglaterra, México, Colômbia, Espanha, França, Israel, entre outros. Com isso, propagamos cada vez mais nosso selo “The Week - Made in Brazil”.

A TW é considerada uma das, ou talvez a melhor/maior casa LGBT do Brasil. Há alguma pesquisa que ratifica essa informação de maior e/ou melhor, casa noturna LGBT do País?

A The Week foi eleita uma das 5 melhores casas da América Latina pelo canal Discovery Travel and Leisure e também foi considerada, no ano passado, a melhor boate fora dos Estados Unidos pelo portal circuitparties.com.

Há estratégias ou pretensão de abrir mais casas em São Paulo ou em outros estados ou até mesmo fora do Brasil?

Sim, mas por enquanto minhas prioridades são concluir as obras do Metrópole, em SP, e da nova The Week Rio de Janeiro. Como projetos futuros, tenho a intenção de levar o formato The Society para outras capitais do Brasil e continuar investindo no ramo de entretenimento. Um sonho: abrir uma The Week fora do Brasil.■ CAPA

65


O sócio-diretor do grupo The Week (Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis), que engloba as casas The Society e o mais recente espaço para eventos e shows, o Metrópole, é uma das principais referências no entretenimento nacional. Uma palavra norteia seus trabalhos: inovação. “As pessoas que frequentam nossos eventos buscam o novo, o moderno. Por esta razão, procuramos sempre trazer o que há de mais inovador, desde a ambientação, serviços, sistema de som e luz, até os DJs que se apresentam nas casas”, afirma. Os clubes de André serviram de inspiração para roteiros de novelas, foi palco de gravação de filmes como “Se Eu Fosse Você I e II”, e “Divã”, além de sediar eventos que movimentam a cidade. Adepto de um estilo de vida saudável, o empresário sempre tenta colocar um contraponto à noite, associando sua imagem a práticas como a

Andre X Almada: ´

“Todos os que desfrutam acreditam que, na árvore, o que importa é o fruto, quando na verdade o que importa é a semente: eis a diferença entre os que desfrutam e os que creem.”

66

CAPA


bicicleta, por exemplo. Em 2010, ele promoveu um passeio ciclístico na capital paulista, o São Paulo Bike Circuit, que reuniu mais de mil pessoas. Além disso, defende e realiza projetos socioambientais, como a reciclagem de materiais consumidos em suas casas noturnas, tais como vidros, papéis e alumínios; e campanhas de agasalho e brinquedos. Por todas as virtudes que citamos no início de nossa matéria, pudemos ratificar que André Almada realmente é um príncipe. Essas mesmas virtudes o levaram à posição que hoje ocupa e que, decerto, o levarão ainda mais longe. Com isso, todos que frequentam ou frequentarão as casas com selo The Week – Made in Brazil, seja em são Paulo, Rio de Janeiro ou nas capitais para onde o empresário pretende expandir seus negócios, ganharão em entretenimento.

Almada X Andre: ´

“A fórmula para minha felicidade: um sim, um não, uma linha reta, uma meta.”

Fotos: Lëo Castro CAPA

67


O garoto prodígio

Federico Devito

O talento e a influência deste jovem excepcional em âmbito internacional

Por Henri Thiago

68

Personalidades

B

Por Henri Thiago

oas surpresas são sempre bem-vindas, principalmente quando um anônimo se vê com visibilidade internacional. Claro que se tratando do meio virtual, o alcance vai além da nacionalidade ou de qualquer outro critério. Basta ter a empatia dos internautas. Morador da cidade de Balneário Camboriú (SC), Frederico Devito foi surpreendido com a notícia de estar em 14º lugar, dentre os 20 mais influentes do mundo no ranking anual da revista Forbes, ficando à frente de personalidades como Katy Parry e José Serra. O jovem argentino de 20 anos que veio para o Brasil ainda bebê tem como preferência justamente a plataforma que o projetou. “O Twitter é mais rápido e prático: pensou twittou”, afirma. A instantaneidade do fato ocorrido e postado no momento com a objetividade da ferramenta é o que mais lhe atrai na rede e, apesar de se identificar com o Twitter, foi no Orkut que a popularidade entre os colegas começou a dar sinais mais evidentes. Sua rede virtual cresce a cada dia e, em alguns casos, torna-se real. Maior que ela, só sua virtude de conservar todas as amizades. Independente da rede social escolhi-


da, seu uso é o mesmo: ele conta sua rotina com direito às situações inusitadas ou engraçadas, divide suas alegrias, seja por fatos ou fotos, e ainda dá dicas do que ouve ou ao que assiste. Sua liderança nata lhe rendeu bons frutos e ele não desperdiça, bem como não desperdiça seus momentos de lazer com os amigos e até mesmo sua programação mais reservada quando se dedica a navegar na internet.

Federico Devito conquistou visibilidade graças a um hábito, até então, muito natural para ele, mas que pode ser primordial na concretização de suas metas, entre elas a de estar envolvido com as artes mundo afora. Adora assistir a filmes e sabe escolher os melhores momentos para assistir a eles, em casa ou no cinema. Sua paixão pela arte é comprovada pela sua dedicação como estudante de interpretação, violão, teclado e técnica vocal. Tudo isso para se tornar ator, de preferência mesclando o humor com drama. Mas enquanto essa meta não se concretiza, Federico relembra como se tornou uma celebridade instantânea. Após se declarar para uma garota na sala de aula, o registro em vídeo foi parar na internet. “Não esperava. Simplesmente foi postado sem esperança de retorno e gerou muitos outros momentos marcantes na minha vida. Realmente, me pegou de surpresa e alavancou uma série de acontecimentos”, recorda. Tantos momentos, mas alguns especiais, como ser apresentador de prêmios em canais de TV a cabo e assim ter um amplo contato com o meio artístico, fez com que logo uma dessas emissoras o elegessem como finalista da categoria ‘Gato do Ano’. Tornar-se ‘Colírio Capricho’ foi apenas mais uma consequência da recepti-

vidade conquistada perante o público. Atualmente, Federico Devito mostra que a aparência é secundária. Ele conseguiu, através do blog ‘Vida de Garoto’, agregar conteúdo aos leitores de faixas etárias semelhantes. E seu retorno vai além dos acessos ao blog: “Despertou uma paixão pela escrita. Tanto que escrevi um livro com meu amigo Rogério Mendonça recentemente, O Preço de Uma Lição. Outros livros estão por vir, frisa. Tudo que vivencia, Federico diz que vai para o seu “currículo pessoal”, para resgatar o aprendizado de hoje no futuro, quando necessário. Aprender com a internet então, é o que o jovem mais faz. O fato é que, após uma votação feita com base na influência dos eleitos na mídia social e o impacto causado por suas opiniões, a vida de Federico Devito dificilmente será a mesma. Que venham os novos seguidores!■ Personalidades

69


Sensation of

COLORS

Camisa Anjo da Guarda Sunga Marcelu Ferraz

70


Fotografia André De Andrade Beleza Cláudio Germano Edição de moda Jordana Rosa Modelos Caetana Santos Meda Model Allan Lanfredi Ten Models Regata Anjo da Guarda Bermuda Marcelu Ferraz Hot Pant Teodoro e Anita Body e Camisa Lança Perfume 71


Body Coca-Cola Biquini e Bolero Teodoro e Anita Sapato Martinez Brincos Lanรงa Perfume

72


Blusa Anjo da Guarda Sunga Marcelu Ferraz

73


Calรงa Teodoro e Anita Top K2B Turbante Lanรงa Perfume

74


Calรงa e Regata Anjo da guarda

75


76

Música, Arte e Cultura


Mais maduros e consistentes Jovens irlandeses do Two Door Cinema Club ostentam a fama de banda indie mais conhecida e apostam em um som mais maduro no novo ĂĄlbum Por Luiz Prisco

MĂşsica, Arte e Cultura

â–

77


U

m orgulho dos hipsters é gostar daquela banda que ninguém conhece ou, como eles preferem definir, que não toca na rádio. Mas até mesmo os bigodudos vintages têm que dar o braço a torcer algumas vezes. Isso acontece com a banda irlandesa Two Door Cinema Club, apontada como o grupo indie mais mainstreaming do mundo. Apesar de o título ser questionável (The Gossip, Justice, Kings of Leon são exemplos de nomes mais conhecidos do cenário), o sucesso desses três britânicos tem chamado atenção do público. O rock indie proposto por Alex Trimble, Sam Halliday e Kevin Baird é marcado 78

Música, Arte e Cultura

pelo uso dos sintetizadores eletrônicos sobre as tradicionais batidas de guitarra e baixo. Durante os dois anos de carreira, os jovens construíram um estilo próprio: um som que investe pesado em experimentações com o universo da mixagem e da pós-produção, mas sem perder de vista os elementos básicos da música (vocais, ritmo e letras). Tudo baseado em referências que se alimentam de bandas como The Smiths, Keane e Foals. No último mês, eles lançaram Beacon, o segundo álbum de estúdio da carreira, que mostra um trabalho mais maduro tanto do ponto de vista da produção quanto das músicas em si. Navegando no sucesso de Tourist History (2010), pri-


Crescimento musical

meiro CD do grupo, os jovens irlandeses aproveitaram para dar um tom mais pessoal ao novo disco. Em linhas gerais, o trio não pareceu muito preocupado em emplacar hits no topo das paradas e focaram em composições mais complexas e experimentais. Quem estava acostumado com os singles de sucesso do primeiro álbum, como What You Know e Something Good Can Work, talvez demore um pouco a entender as faixas de Beacon. No entanto, os admiradores mais atentos do grupo vão notar que alguns elementos do atual álbum já estavam presentes em outras faixas. Canções como Undercover Martyn e Cigarettes in The Theatre já apontavam para algo mais, assim digamos, sintético.

De certo modo, o Two Door Cinema Club aprimorou a experimentação e, sobretudo, o uso intensivo de sintetizadores eletrônicos no segundo álbum. Canções como Handshake, Wake Up e Sleep Alone exploraram o recurso ao máximo, porém ele aparece de maneira orgânica, integrado à música. Esse é um dos principais méritos do grupo: inovar, mas sem grandes rupturas, com um álbum que traz ao público uma continuação melhorada do que havia para trás. A evolução não é exatamente uma surpresa para quem acompanha mais de perto a carreira dos jovens. Atualmente, junto ao Metronomy, o Two Door Cinema Club é um dos nomes mais destacados nos trabalhos com sintetizadores. Não é à toa que eles foram convidados para produzir um remix de Eletric Chapel, no álbum de remixes de Lady Gaga. À época, Alex Trimble qualificou a experiência como uma “inacreditável surpresa.” Sem dúvidas, musicalmente, o novo disco dos irlandeses é um material mais refinado que Tourist History. A temática do álbum também é boa e mostra que a última turnê do grupo influenciou as principais composições. Em Next Year, umas das mais melódicas de Beacon, os jovens deixam claro que a turbulência dos shows afetou a vida do grupo. A versão I Don’t Know Where I Am Going to Rest My Head Tonight (Eu Não Sei Aonde Eu Vou Descansar Minha Cabeça Hoje à Noite, em português) deixa isso claro. Somam-se a essa linha temática as faixas The World Is Watching e Sleep Alone. No entanto, os dramas amorosos adolescentes continuam presentes no álbum. E aqui talvez esteja a principal crítica a Beacon: apesar de estar reconhecidamente mais maduro musicalmente, a temática ainda apresenta umas músicas bobinhas como Sun e Pyramid. Mesmo assim, é impossível não notar como Someday consegue explorar o melhor dos dois mundos do Two Door Cinema Club, com uma rica produção musical e uma baladinha animada. Música, Arte e Cultura

79


80


Meninos de valor

O sucesso alcançado por esses jovens irlandeses é realmente impressionante. Neste mês, os rapazes estarão em turnê nos Estados Unidos e tiveram que marcar uma segunda data por conta da alta procura de ingressos. Inclusive, uma informação de que o presidente Barack Obama teria comprado todas as entradas para os funcionários da Casa Branca circulou na internet e em revistas. Mesmo tendo sido negada, o factoide mostra como a banda tem se destacado no mundo todo. Outra conquista que serve para mostrar como os moços irlandeses estão cada vez mais fazendo sucesso é a participação confirmada na trilha sonora do game Fifa 2013. O single Sleep Alone, do novo álbum, está na lista do jogo de futebol mais popular dos videogames. Eles estarão juntos de nomes como Kasabian, Bloc Party, Miike Snow e Passion Pit. Os três jovens que compõem o Two Door Cinema Club também seguem à risca a cartilha do estilo indie de se vestir. Jaquetas de couro, óculos de armações grossas, blusas xadrez e listradas fazem parte do repertório fashion dos irlandeses. O tradicional filtro à la instagram também é uma constante nos clipes produzidos por Alex Trimble, Sam Halliday e Kevin Baird. ■

Avaliação Beacon ( 4 estrelas)

Gravado pelo selo francês Kitsune e produzido por Jacknife Lee, o álbum abusa de sintetizadores e traz um trabalho mais maduro e de qualidade refinada em comparação ao anterior. 81


Por Luiz Prisco

Romance fraco,

mas sensual

A

literatura erótica não é uma novidade. Os contos proibidos do Marquês de Sade remontam ao século XVIII e fazem as histórias de Bruna Surfistinha - em O Doce Veneno do Escorpião - parecerem parábolas infantis. Se escrever sobre “aquilo que ocorre entre quatro paredes” é antigo, o atual é um fenômeno literário que explora o universo do sexo e está fazendo a cabeça de todos e todas. O livro 50 Tons de Cinza (e suas continuações 50 Tons Mais Escuros e 50 Tons de Liberdade) da escritora E. L. James, é um dos maiores sucessos de vendas em livraria de todo o mundo. Já foram mais de 40 milhões de cópias vendidas no mundo inteiro. No Brasil, a obra lidera importantes rankings de vendas na categoria ficção. Mas qual o porquê de tanto sucesso? Essa é uma pergunta difícil de responder, entretanto alguns elementos ajudam a esclarecer. No primeiro plano, é evidente que histórias de sexo tendem a chamar muita atenção - ainda mais quando os personagens são pessoas comuns, jovens e de classe média. Soma-se a isso o elemento fetichista e, por fim, chega-se à relação com uma obra que já é um best-seller. Isso mesmo. 50 Tons de Cinza é uma fanfic (uma continuação feita pelos fãs e, em geral, postada na internet) da saga Crepúsculo. O leitor mais atento das duas séries talvez já tenha percebido algumas proximidades entre as histórias. A virgindade e a estranha dependência da mocinha em relação ao homem da história deixam clara a ligação com as aventuras (menos sensuais, é verdade) de Bella e Edward. 82

Música, Arte e Cultura

Historia fraca

Bom, Crepúsculo à parte, a história do livro é centrada na relação entre Christian e Anastasia, que acabam se conhecendo quando a garota substitui uma amiga que iria entrevistá-lo. Após um jogo de sedução, os dois partem para uma maratona de sexo. Aqui vem o terceiro elemento, o protagonista curte um BDSM (Bondage, Disciplina, Sadismo e Masoquismo). Juntando todos esses elementos, fica mais fácil perceber porque 50 Tons de Cinza é um sucesso editorial. Sexo, fetiche e um romance “água com açúcar” são quase uma receita infalível para criar um fenômeno de vendas. Ao mesmo tempo em que o principal mérito da obra mora na combinação desses fatores, a falha mais grave também. E.L. James descreve seus personagens de forma superficial e simplória. A autora não se aprofunda em temas curiosos, como as razões pelo apreço do par de oposição dominação/submissão fazer tanto a cabeça dos protagonistas. O enredo também não é dos melhores. Acontecimentos vão se atropelando e a história deixa buracos que não são explicados. E, quando parecem fazer falta, a autora vai lá e sapeca uma cena de sexo quente para preencher o vazio. Dessa forma, o livro se torna uma leitura simples e fácil, daquelas que não coloca o leitor para pensar. Resultado: o maior fenômeno de vendas de 2012. Porém, é sempre bom lembrar que sucesso nas livrarias nem sempre é sinônimo de qualidade.■


83


Licenca-natalidade

Por Dra. Patricia Garrote (OAB-DF 28400)

C

om muita propriedade a sempre brilhante, Maria Berenice Dias sugeriu trocar o nome da licença-maternidade para “licença-natalidade”. Como se sabe, licença-maternidade era o benefício concedido à mulher empregada por ocasião do parto, da adoção ou da guarda judicial, pelo período de 120 dias. Hoje, o direito à licença não é mais exclusivamente feminino – homens adotantes já podem contar com o benefício. Desde agosto o Ministério da Previdência Social reconhece o direito dos homens de receber salário-maternidade. Por essa razão, é inegável a necessidade de alteração do nome para licença-natalidade. Diga-se de passagem, a licença não é 84

Direito

voltada para a mãe ou para o cuidador, mas para a criança, garantindo-lhe atenção, carinho e convivência familiar plena em seus primeiros meses de vida. No caso de adoção ou guarda judicial, também visa oportunizar a formação de laços de afeto, extremamente importantes para a estruturação do caráter e da personalidade do menor, assegurando-lhe proteção, segurança e conforto, o que, sem dúvida, o seio familiar oferece de forma natural e eficiente. Como atualmente a união homoafetiva é reconhecida como entidade familiar e o casamento entre pessoas do mesmo sexo está permitido, nada mais justo que a licença-maternidade ser estendida a quem


adota ou obtém a guarda de uma criança, independentemente de sexo ou de orientação sexual, nos termos da Lei Maior de nosso País, que veda qualquer forma de discriminação. Assim, é conclusão lógica que a troca do nome do benefício para licença-natalidade se faz necessária e muito bem pontuada pela renomada jurista acima referida, que hoje preside a Comissão de Diversidade Sexual do Conselho Federal da OAB e tenta, bravamente, aprovar o Estatuto da Diversidade Sexual, que tem entre suas metas assegurar a licença-natalidade pelo período de 180 dias, sendo que nos 15 primeiros dias o direito será estendido a ambos os pais como forma de estimular o afeto e garantir que a criança se sinta muito amada, querida e bem-recebida.■

Com a palavra, o Tribunal de Justica Mesmo sem previsão legal, foi concedido o benefício ao pai com base no argumento de que “ a finalidade do salário-maternidade é a proteção da criança e não do ascendente”. (Juiz Federal Guy Vanderley Marcuzzo, Processo 500221794.2011.404.7016). O artigo 227 da Constituição Federal estabelece que “é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão”.

Direito

85


86


urban

prays Fotos André Gagliardo Styling André Phergom Modelo Fábio Parolim 87


Batina Walério Araújo Shorts Ellus Botas Zara Cintos e crucifixos Vintage Deluxe 88


Jeans Ellus 89


T-shirt A Versรฃo Pรกgina ao lado T-shirt Tony Jr. 90


91


92


Regata Ferrugem Vintage Jeans Tony Jr. Cueca A Vers達o Moleton Zara

93


94


Fraque de couro Walério Araújo Bermuda Iódice 95


96


97


Na busca constante pela inovação

O diretor de uma das franquias mais importantes do Brasil revela como o Spoleto tem se tornado referência com o seu jeito moderno e criativo de se posicionar no mercado

A

Por Flavio Resende

ntônio Moreira Leite é o tipo de profissional competente, carismático e dinâmico – características que utiliza, com propriedade, na condução de suas atividades como diretor de Marketing e Franchising do Spoleto, empresa da qual se orgulha em trabalhar desde fevereiro de 2005. Tom, como é conhecido, tem 35 anos e carrega a responsabilidade de dirigir uma das áreas mais estratégicas da firma, premiadíssima pelo modelo de negócio e pe-

98

Business

Antônio Moreira Leite, diretor de Marketing e Franquias do Spoleto

las ações de marketing que promove. Formado em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), possui MBA em Marketing pela PUC-RJ. Ele já atuou em área comercial no banco Brascan, foi gerente de produto nas Lojas Renner e chegou ao Grupo Trigo (do qual o Spoleto faz parte) como gerente de Marketing no Domino’s Pizza, em 2005. Em seguida, assumiu a Diretoria de Marketing do Spoleto Franchising em fevereiro do mesmo ano. Antônio foi, ainda, premiado como “Colunista Propaganda em 2010” pela Campanha de Pratos Arte Urbana e como melhor lan-


çamento de produto do ano pela Domino’s Pizza International, em 2006. À Glad Magazine, o diretor nos contou um pouco sobre o segredo do sucesso do Spoleto, uma das franquias que mais cresce no Brasil. Como começou a história do Spoleto? Iniciou em 1999, no Rio de Janeiro, fruto da amizade e trabalho de Eduardo Ourivio e Mário Chady. Após oito anos atuando juntos no ramo de varejo alimentício, os dois perceberam uma grande necessidade por parte das pessoas que se alimentavam fora de casa: uma refeição saborosa, rápida e de alta qualidade, servida através de um ótimo atendimento e que as deixassem à vontade. Nascia, assim, o inovador conceito do Spoleto, onde o cliente é o chef e, como em casa, tem a liberdade de escolher ingredientes e criar suas próprias receitas. Uma inovação que possibilitou a união da qualidade de um restaurante com a rapidez de um fast food. Desta maneira, o conceito Spoleto surgia como excelente opção de alimentação fast+casual. O primeiro restaurante Spoleto foi aberto ainda em 1999, com a proposta inovadora - “Restaurante de Culinária Italiana, Rápido e Saudável, como você quer”. Logo ganhou um público fiel e se destacou no mercado. Após dois anos estudando e aprimorando a operação e o mix de produtos do restaurante, Eduardo e Mário se dedicaram a um novo desafio: levar este modo diferenciado de refeição a um maior número de pessoas. Por meio do sistema de franchising, a Rede Spoleto cresceu e hoje possui quase 300 restaurantes situados em praticamente todo o Brasil, além de lojas na Espanha e no México. Com o passar do tempo, o Spoleto ganhou reconhecimento e conquistou os prêmios Abrasce e Alshop, o Selo de Qualidade da Associação Brasileira de Franquias - ABF, além de outros prêmios importantes. Ainda fomos selecionados como empreendedor Endeavor. Onde o Spoleto está presente hoje? Líder no segmento de culinária rápida italiana no Brasil, o Spoleto possui atualmente 316 restaurantes (16 próprios e o restante, franquias). São 292 no Brasil (266 abertos) e 24 no exterior - 20 no México, dois na Espanha e, em breve, dois na Costa Rica (ambas serão

inauguradas até o final de 2012). Presente em quase todos os estados brasileiros (menos em Sergipe e no Mato Grosso) e no Distrito Federal, a maior concentração de lojas está em São Paulo (103) e no Rio de Janeiro (65). Atualmente, conta com 950 funcionários. O conceito de o cliente ser o próprio chef é tão simples, mas tudo começou com vocês. Como a marca lida hoje com a cópia deste conceito por outras empresas? O Spoleto sempre inovou, desde o seu nascimento. Fomos pioneiros na introdução de pratos de Business

99


porcelana e talheres de inox no ambiente fast food. Até hoje, nos mercados internacionais, esses elementos são barrados pelos shoppings onde entramos e temos sempre que negociar e trazer todo o histórico da marca no Brasil. De todas as maneiras, não nos preocupamos com o fato de nossos competidores adotarem práticas similares às nossas. Temos foco total em nosso desenvolvimento e sabemos que o jogo nunca está ganho. Somos muito flexíveis e abertos a mudanças, que muitas vezes vêm de sugestões de nossos próprios franqueados. Essa é a beleza do franchising, o processo de melhoria contínua e natural desta relação faz parte de nossa cultura empresarial. Nos questionamos o tempo inteiro para tentar identificar onde podemos inovar e fazer algo diferente em nosso segmento. A internet tem nos ajudado muito nesse sentido, pois os clientes, assim como a nossa rede interna, estão ávidos por contribuir para a construção de um Spoleto melhor. Como foi o ano de 2012 para o Spoleto? Seguimos crescendo dois dígitos anualmente. Neste ano, a marca Spoleto cresceu 15% no acumulado até agosto. Qual a expectativa para o ano que vem? Estamos no caminho para atingir essa meta de dobrarmos o valor de mercado até 2013. Há previsão de inauguração de quantas lojas até o fim do ano? Onde? Hoje, o Grupo Trigo conta com mais de 450 restaurantes no Brasil e no exterior e o objetivo é inaugurar 72 novos pontos para as três marcas, ultrapassando 520 lojas. A projeção é alcançar o faturamento de R$ 590,7 milhões, regis100

Business

trando crescimento de 20% em 2012. Sobre a expansão internacional, começamos em 2005, quando chegamos ao México. Em 2012, o grupo conquistará mais uma capital internacional, San José, com projeto de expansão de 15 lojas nos próximos cinco anos. A previsão é de alcançar outros novos mercados na América Latina, como Argentina, Chile, Peru e Equador.■

Curtas Agora é oficial. A IMX – empresa de esportes e entretenimento de Eike Batista, em sociedade com IMG Worldwide – associou-se agora ao Cirque du Soleil. Isso depois de comprar parte do Rock in Rio, obter os direitos do Ultimate Fighting Championship (UFC) e assinar contrato para assessorar o jogador Neymar. A joint venture, em que cada empresa deterá fatia de 50%, vai ter sede no Rio de Janeiro e explorará as apresentações do grupo canadense em toda América do Sul.

A Caixa acaba de anunciar a criação do Moveiscard, um cartão para financiamento de móveis, eletrodomésticos e eletroeletrônicos. O novo cartão será comercializado a partir do dia 1º de outubro nas agências da instituição financeira e poderá ser utilizado em diversas lojas credenciadas em todo País.


101


O famoso e o ridiculo

na internet

Na linha tênue entre ser famoso e ser ridículo, a internet é o ambiente perfeito para que desconhecidos ganhem alguns minutos de fama

E

Por Leonardo Dalla

xiste uma linha tênue na internet entre quem é famoso, reconhecido por mostrar algum talento, e o famoso ridículo, que ganhou sucesso por ter postado algo caricato na internet. Ambos os casos se transformam rapidamente em um vírus que percorre a internet, chega às redes sociais e é compartilhado por milhares e até milhões de pessoas. Praticamente todo meme acontece por acaso. Começando pelos famosos, uma ideia pode render sucesso e dinheiro, mesmo se for ruim. Quem não se lembra da Stefhany do Cross Fox? Ela ficou famosa em 2009 com um vídeo postado no Youtube, com música, cenário e letra que, rapidamente, conquistaram uma multidão. A cantora do Piauí aproveitou a fama e lançou CD e turnê, além de ter participado de diversos programas de televisão e ter ganhado uma boa quantia de dinheiro. Ridícula? Não, ela responderia: absoluta. Outro caso é o de Jesuton, descoberta pelo apresentador global Luciano Huck. A inglesa, filha de um nigeriano e de uma jamaicana, casou-se com um argentino e, juntos, mudaram-se para o Brasil. Em um vídeo postado na internet, Jesuton cantava no Largo da Meme é um termo criado por Richard Dawkins no livro O Gene Egoísta, de 1976, e descreve um conceito “viral” de algo que se espalha rapidamente na Internet.

102


Carioca, centro do Rio, e conquistou Luciano, que a levou ao palco de seu programa. Depois disso sua carreira só deslanchou. Shows com famosos, contratos e apresentações fizeram da artista uma febre na internet. Hoje ela conta com gravadora, empresária e um CD em fase de produção. Desde que apareceu na mídia, Jesuton alcançou mais de 25 mil pessoas que “curtiram” sua página no facebook. Ela se tornou um viral, ficou famosa, não fez nada ridículo e ganhou fama e dinheiro. E nas tentativas de alavancar uma fama repentina, hoje é possível encontrar de tudo no mundo virtual: pessoas que falam mal de empresas, empresas que tentam difundir produtos ou ideias e gente que faz de tudo por um minuto de fama. Mas como saber se, ao postar alguma coisa, nós iremos alcançar sucesso ou se seremos ridículos? A resposta é simples: o bom senso. Nissim Ourfali, que canta em cima de uma baleia, Cecília Giménez que tentou restaurar uma pintura famosa de Jesus Cristo, na Espanha, ou a página no facebook Gina Indelicada, feita por um rapaz que ganhou inúmeras propostas de emprego, são alguns exemplos de famosos e ridículos da internet. Para muitos falta o bom senso. Para poucos, sobra talento. Os casos mencionados servem para ilustrar um espaço cada vez mais importante no mundo virtual. Afinal ser um meme rende alguma coisa para pessoas e organizações. Nissim continua na lista dos ridículos, Cecilia ganhou fama mundial e quer fazer dinheiro com sua “obra”, e o criador de Gina indelicada, no facebook, está cercado de oportunidades profissionais. Já a antiga Stephany ainda é considerada por muitos uma figura ridícula que deu certo, mas que ainda irrita olhos e ouvidos, diferente da atual Jesuton, considerada mais profissional, mais artística, e que tem feito enorme sucesso. Discordâncias à parte, Stephany e Jesuton ficaram famosas, mas apenas uma é ridícula. Qual será a linha tênue entre as duas? 103


Fotos Lëo Castro Produção Marlon Portugal Modelo Jonas Sulzback - Ten Models Agradecimentos Academia V10 e Anjo da Guarda 104


Jonas Sulzbach 105


106


107


108


109


110


111


112


113


114


115


Ade costurar arte Foi Belém do Pará a cidade responsável por exportar um dos principais nomes da moda brasileira. Criador de vestidos e peças que nutrem o desejo de mulheres bem sucedidas, André Lima tem atraído olhares internacionais para as passarelas brasileiras. E com todo esse talento, a GLAD Magazine não poderia deixar de dedicar algumas linhas a ele, um dos mais conceituados estilistas da atualidade

Por Caio Barbieri 116

Perfil


o destino com D

espertar o desejo das mulheres com seu trabalho é um dom de André Lima, hoje um dos estilistas mais badalados da moda brasileira. Também, pudera. Aos 41 anos, já ganhou o carinhoso apelido de “rei das festas” devido aos imponentes vestidos que desenha. Não importa o estilo: sejam micro, colados, longos e exuberantes, com decotes profundos, fendas e tecidos gostosos de vestir, seu talento pode ser reconhecido de longe em uma bem frequentada festa noturna. Foi em Belém (PA) que esta história começou a ser escrita. Como um predestinado, André nasceu neto de uma costureira e filho de um comerciante de tecidos, que fazia questão de levar o filho a todas as vendas. Foi lá também que André acompanhou o surgimento da cena underground dos anos 1980, quando decidiu dedicar-se à moda. Mas seu talento tornou-se maior que a capital do Pará e, por isso, mudou-se para São Paulo, onde passou a trabalhar como produtor de figurinos para televisão.

o talento

Na capital paulista, o estilista revelou sua primeira coleção, primeiramente masculina, no Mundo Mix, um mercado alternativo da cidade. Passou um tempo em Paris e, ao voltar para o Brasil, fez escola em grifes como Equilíbrio, Blue Man e Cavalera. Foi nesta última que o estilista ficou conhecido no mundo da moda e adquiriu uma irreverência única. Como ele mesmo diz, a experiência serviu para fortalecer as criações: suas clientes hoje adoram seu olhar masculino nas peças, que sempre valoriza o feminino. A criatividade do estilista chamou a atenção do público que acompanhava seu trabalho. Brincou com ícones da moda como Louis Vuitton, Chanel e Prada. Nessa época, também desenvolvia suas criações para o público feminino, que acabou sendo o centro do seu trabalho. Nessa fase, o trabalho doestilista acabou se fixando sinônimo de exuberância e Perfil

117


luxo ao criar peças com tecidos ricos, com cores vibrantes e até discretas, e recortes que valorizam as formas femininas. Um primor incomparável, herança da convivência em meio a uma família de mulheres fortes. No verão de 2001, estreou no SPFW e logo depois abriu o seu ateliê, onde recebe encomendas de vestidos. Paralelamente, mantém cerca de 40 pontos de venda pelo Brasil. Seu desfile feminino de estreia contou um pouco de sua história: desde pequeno, ele colecionava restos de tecidos vendidos por seu pai e com eles criou vestidos, sempre valorizando as cores. “O cuidado com a modelagem resume que André Lima é impecável em sua construção”, escreveu a crítica de moda AleOugata. O bom humor também foi um grande aliado em sua vida e na carreira profissional. Em 2003, o estilista André Lima brincou com as críticas negativas à sua produção pela letra da música “Baile de Peruas”, criada juntamente com a dupla No Porn e o conhecido DJ e amigo Zé Pedro. O talento misturado com o lado descontraído foi bem aceito e costumeiramente atrai personalidades para seus desfiles, como a conterrânea Fafá de Belém, Deborah Secco, Camila Pitanga e Preta Gil, todas admiradoras declaradas do trabalho do estilista. Desde que estreou no São Paulo Fashion Week, André Lima religiosamente apresenta coleções que fogem do clichê e atraem sempre uma atenção maior do público da moda. Tanto que, em apenas um exemplo dos elogios a seu trabalho, chegou a ser escolhido pela conhecida blogueira Cris Guerra como um dos desfiles favoritos da temporada verão 2013 do SPFW. “Por sua entrada na alfaiataria, por seu refino com as estampas em roupas tão sofisticadas”, declarou ela.■ 118

Perfil


Tres perguntas para Andre Lima Qual foi o momento mais difícil e o mais gostoso de sua carreira? O momento difícil sempre é quando começamos, quando não conhecemos ninguém. Mas esse também é um dos momentos mais gostosos, que é a prova de que aquele é o caminho que você realmente quer seguir. No começo, você faz por liberdade, por expressão. Depois, você tem compromissos comerciais, a liberdade responsável. A grande arte é conseguir fazer tudo isso com a liberdade responsável. Houve mais dificuldade por você ter nascido no Norte do País? Ter vindo do Norte me trouxe uma visão que as pessoas de São Paulo não tinham. Há 20 anos, existia um preconceito em relação ao Brasil, não com relação o Norte-Nordeste. Existia um preconceito que não era só comigo, mas com qualquer expressão que fosse muito comprometida com a vanguarda. Isso torna tudo mais difícil, delicado. Mas ao mesmo tempo, hoje eu acredito que ter vindo de lá, crescido no mato, ao lado de tanta cor, tanta natureza, me trouxe outra visão que aqui não teria e que outras pessoas não têm. Existe um estereótipo feminino para usar suas roupas? Não existe um estereótipo. Faço roupas sob medida e visto mulheres de 20 a 80 anos. Trabalho para que elas sintam a qualidade de minhas roupas. Já me disseram que são quase uma cirurgia plástica, já que a mulher veste a roupa e se sente mais poderosa, com suas características mais ressaltadas. É como se fosse dilapidar a forma da roupa e valorizar os contornos femininos. Muito do segredo da minha roupa está aí.

Em Brasilia Frequentemente, o estilista André Lima deixa seu ateliê em São Paulo e dá uma fugida a Brasília. Gosta de visitar e conversar com as empresárias que revendem seus vestidos para ter um feedback do seu trabalho. Divertido e brincalhão, André Lima não perde a chance de sempre incluir o bom humor em seus encontros, o que vira receita fácil para cativar qualquer pessoa que se aproxime do talentoso artista.■ Perfil

119 119


O desafio de ser multifacetado A ousadia do novo talento faz do jovem um grande representante da arte

Por Henri Thiago 120

â–ź

Especial


A

passos largos, bem coreografados por sinal, Diego Cruz já possui uma trajetória de sucesso. Ele trabalha feito gente grande desde os nove anos de idade e, de lá pra cá, ninguém segura mais esse jovem talento da terra da garoa. Nascido em São Paulo, o multi-talento acumula atividades, cuja melhor definição para o próprio Diego é única: prazer. “Conciliar a vida como empresário, produtor e dançarino é o meu combustível para que tudo aconteça”, descreve. A arte está no sangue e seu envolvimento com ela só cresce, assim como o jovem. Prestes a completar 25 anos, essa evolução se tornou evidente aos 17, após ter feito comerciais e desfiles. Foi neste momento, ainda na adolescência, que o interesse pelo balé clássico e contemporâneo gerou sua maior paixão: a dança. Do convite para integrar a noite do parque de diversões Playcenter, em São Paulo, no ano de 2007, até seu primeiro trabalho como coreógrafo, não demorou muito e, após o convite para coreografar as apresentações da cantora Joe Welch, seu grande salto na carreira foi consequência do profissionalismo nato. Nascia aí uma parceria, quase um casamento (profissionalmente falando) com Marcelo Chagas (responsável pela agência The Keep Music Agency) da qual, desde então, Diego Cruz é sócio. Paralelamente, ele criou o grupo FaceOnFace Música & Arte. Nesse momento, o então dançarino se tornava produtor de grandes eventos e empresário. Foi exatamente nesta última função que Diego encontrou seu maior desafio: “O Diego Empresário veio a surgir no final do ano

de 2011. É a faceta que, no momento, me dá mais trabalho e exige mais dedicação. Essa atividade é novidade pra mim e o aprendizado vem com o tempo, exige extremo cuidado e jogo de cintura na relação contratado-contratante”, explica. Atualmente, Diego cuida da carreira de três cantoras e um cantor: Paula Bencini, Twiggy Vilela, Aisha Blanco e Junior Hallex, além dos DJs da cena eletrônica; Roberta Twiggy (Fortaleza), Jonnas Nuch (São Paulo) e o internacional Luis Erre (Venezuela). Apesar de estar ciente da responsabilidade que carrega, sua maior motivação é não medir esforços para desempenhar bem todas as suas facetas, pois, para ele, “Se uma não for bem, a outra, consequentemente, não irá também”. A resposta do público também é determinante em sua vontade de conciliar tudo com dedicação máxima para sempre superar expectativas. Realizado como bailarino, um dos poucos reconhecidos pelo País inteiro, recentemente atravessou as fronteiras brasileiras e, após sete anos de empenho, ele conta com mais uma experiência em sua carreira. Teve a oportunidade de mostrar o talento na dança em Punta Del Leste: “Uma viagem que me ajudou a rever alguns conceitos e pré-conceitos sobre mim mesmo”, descreve Diego. Sem medo dos obstáculos da vida, sua segurança faz com que ele tenha a certeza de que um trabalho feito com amor, seja qual for, será sempre reconhecido e o tempo de espera pelos resultados faz parte do processo. Os fatos estão aí para comprovar alguns êxitos do profissional: sua primeira viagem ao exterior lhe deu uma visão ampla da vida em todos os aspectos. Diego Cruz consegue, desde então, aliar a visão empreendedora de um empresário à sensibilidade artística que carrega dentro de si. A aposta do momento é tocar o grande público com todo seu profissionalismo em sua mais recente produção: o clipe Masochist da cantora Paula Bencini. ■

Diego Cruz Especial

121


122


M A G A Z

I

N

E

www.gladmagazine.com.br /gladmagazine

@gladmagazine

gladmagazine

gladmagazine

123


modelo: Jessica Lima foto: Vanessa Lippelt

124

(61)39659933| 39659934

www.glammodel.com.br

GLAD Magazine edição #5  

André x Almada Almada x André

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you